Experimentando Deus Através da Oração


          Há diferença entre orar a Deus e experimentar a Deus através da oração…

          Este é o ultimo livro que acabei de ler... ele é focado para os famintos e sedentos que procuram a presença de Deus. Madame Jeanne Guyon descobriu a grande diferença entre orar a Deus e experimentar Deus através da oração. Ela compartilha os segredos deste mais elevado plano de comunhão na esperança que você avançará em sua jornada individual com Deus.

          Em um momento em que a igreja está focada em obras externas, Madame Guyon olhou para o coração da matéria e descobriu que é a oração da alma que Deus deseja. Este princípio revolucionou sua vida, trazendo a alegria de um novo principio de devoção a Deus, em que, ela compartilhou com todos que quisessem ler.

          Como ela cresceu em meios aos críticos? Ela diz, que aprendeu, que o amor verdadeiro não pode ser silenciada.

          Trezentos anos se passaram desde que os livros de Madame Guyon foram impressos, e suas palavras ficaram tão influente como quando eles foram escritos.

          Gigantes espirituais, tais como John Wesley, Watchman Nee, e Hudson Taylor testemunhou a seu trabalho, mas que pode contar com as centenas de milhares de almas tocadas pela natureza de mudança de vida de suas idéias? Experimente a paixão que teve por Madame Guyon seu Criador.

          Você, ao lee este livro, aprenderá como sobreviver aos seus períodos "áridos" de oração, e ficará contente onde Deus o colocou.

       Enfim, Madame Guyon encontrou o caminho para Deus através da oração no meio de uma civilização denegrida. Suas palavras ecoam uma mensagem intempestiva na medida que pavimenta o caminho para nós, para também encontrarmos Deus através de suas abençoadas instruções.

          Leia algumas palavras que ela escreve neste livro. "Aqui  tudo é o estado contemplativo é Deus. Deus está em toda parte e em todas as coisas." (Senhora Guyon) 

          "Que me apresso a dizer que o tipo de oração que eu estou falando não é uma oração que vem a sua mente. É uma oração que começa no coração... A oração que sai do coração não é interrompida pelo pensamento!" (Senhora Guyo) 

Por: Hubner Braz
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

12 Milhões de Confessos:

  1. Graça e paz, Hubner.

    Obrigada pelo carinho...

    Creio que está se tornando uma pessoa de bençãos por meio dos livros que lê, como se abastecesse a alma.

    Este trecho que citou "A oração que sai do coração não é interrompida pelo pensamento!" (Senhora Guyo)

    É verdade, muitas vezes, quando oramos, os nossos compromissos, o trabalho, os problemas se misturam e nos desconcentram. No momento em que conseguirmos orar com o coração, sentiremos Deus mais próximo de nós.

    Com carinho,
    Chris Amag

    ResponderExcluir
  2. Chris Amag,

    Você descobriu a alma do texto. Esse ensinamento é impar no meio de nossa confraria.

    Beijos,

    Hubner Braz

    ResponderExcluir
  3. HUBNER não sabia que você estava vendendo livro no seu blog. kkkkkkkkkkkkkkkk

    Brincadeiras a parte, legal a sua postagem propaganda do livro, mas minha heretica opinião é que isto não passa de sentimentalismo barato, pois sentir deus é muito mais uma questão psicologica do que real, claro que será real para quem diz ter sentido, mas é que a mente tem poderes extraordinários, de a tal ponto provocar essas sensações "espirituais".

    Em relação a buscar a presença de deus, eu não busco pois sei que é muito mais uma questão de consciencia do que sensorial, ou seja, para mim basta saber que deus esta em mim e eu nele, então logo não preciso neuroticamente buscar ele, como se ele estivesse fora de mim.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Ué Hubner você resolveu agora por aprovação de comentários????

    Assim não tem graça, pois dependendo dia, se você estiver muito ocupado, o comentário ficará varios dias sem aparecer.........

    Mas porque você resolveu colocar aprovação mano???

    ResponderExcluir
  5. "Navigare necesse; vivere non est necesse"

    Abraço,

    João

    ResponderExcluir
  6. Há os que estão famintos
    procurando de deus a presença
    não sabendo, pobres coitados,
    a sua própria natureza e essência!

    Respeito profundamento todos esses "gigantes da oração" do passado. Mas a minha "carência de deus" é satisfeita em mim sem eu precisar dizer nenhuma palavra.

    Se eu quiser falar com Deus basta eu olhar para dentro de mim mesmo.

    ResponderExcluir
  7. Sr. Alves,

    "Esse texto pobre e barato" é necessario para a humanidade deste século, está humanidade que diz ser inteligente e ao mesmo tempo se faz de superficial.

    Concordo com você que Deus está em toda parde, até dentro de nós. Mas é necessario busca-lo. Pode ser paradoxal a sua busca, mas é essencial.

    Obrigado pela presença no meu blog. E seguindo a sua reclamação, rsrsrs. Coloquei para ser aprovados os textos em post de 20 dias a mais.

    Abraços amigão heretico, rsrsrs.

    ResponderExcluir
  8. Sr. João Ferreira,

    A sua presença neste blog é de uma consideração impar. Gosto dos seus textos em Latim, e tenho acompanhado.

    Obrigado pelos comentarios.

    Abraços fraternos.

    ResponderExcluir
  9. Sr. Medeiros,

    O seu comentario, me mostra uma mensagem eco-cêntrica, sei que Deus está dentro e fora do homem, ele é onipresente.

    E entendo o seu grau de espiritualidade, Há de concordar comigo, muitas pessoas que olham para dentro de si não reconhece Deus, e sim os traumas que enraizaram dentro do coração.

    Abraços Sr. Eco-cent. rsrsrs

    ResponderExcluir
  10. HUBNER eu quero saber onde é que você leu que eu disse que seu texto era pobre e barato???

    O que eu disse é que este tipo de busca em sentir deus, não passa de sentimentalismo barato, mas jamais eu iria dizer, mesmo que fosse verdade, que um determinado texto é barato e pobre.

    ResponderExcluir
  11. HUBNER eu quero saber onde é que você leu que eu disse que seu texto era pobre e barato???

    O que eu disse é que este tipo de busca em sentir deus, não passa de sentimentalismo barato, mas jamais eu iria dizer, mesmo que fosse verdade, que um determinado texto é barato e pobre.

    ResponderExcluir
  12. Ta bom Marcio, talvez eu entendi mal, Mas os sentimentos a Deus nunca serão baratos, Deus merece muito mais alem dos sentimentos. Afinal Ele e Deus.

    Abraço amigao.

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.