Desconstruindo a bagagem

 Quando sua vida começa,  você tem apenas uma mala pequenina de mão... À medida em que os anos vão passando,  a bagagem vai aumentando. Porque existem muitas coisas  que você recolhe pelo caminho... Você pensa que elas são importantes. 

A um determinado ponto do caminho começa a ficar insuportável carregar tantas coisas. Pesa demais! Então você pode escolher: Ficar sentado à beira do caminho, esperando que alguém o ajude, o que é muito difícil... Todos que passarem por ali já terão sua própria bagagem. E você poderá ficar a vida inteira esperando ...ou você pode aliviar o peso, esvaziando a mala. 

Mas, o que tirar?  Comece tirando tudo para fora, e vendo o que tem dentro... Tem bastante... amizade, não pesa nada!!! amor, amor, amizade, amizade, amor. 

Mas tem algo pesado... Você faz força para tirar... Aí você começa a tirar, derrepente aparece, é a raiva - como ela pesa!!! a incompreensão, o medo, o pessimismo... 

Nesse momento, o desânimo quase te puxa pra dentro da mala... Mas você puxa-o para fora com toda a força, e aparece um sorriso que estava sufocado no fundo da sua bagagem... Pula para fora outro sorriso e mais outro, e aí sai a felicidade... 

Você coloca as mãos dentro da mala de novo e agora, você vai ter que procurar a paciência dentro da mala, pois vai precisar bastante... tira pra fora a tristeza... Procure então o restante: Tire a preocupação, também, e deixe de lado. Depois você pensa o que fazer com ela.

Uffa! ela está vazia. Desta vez, pense bem no que vai colocar lá dentro!!! Agora é com você... Sua bagagem está pronta para ser arrumada de novo! E não se esqueça de fazer isso mais vezes... Pois o caminho é muito, muito longo e sua bagagem pode pesar novamente. Jesus disse: "o meu jugo é suave e meu fardo é leve" 

Autoria: anônima com algumas acrescentações da bíblia.
Texto: http://www.meu.cantinho.nom.br/mensagens/bagagem.asp

Postado por Hubner Braz
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

19 Milhões de Confessos:

  1. Estou pensando em esvaziar a minha mala. A mágoa tem sido um fardo muito pesado.
    Amei este post!!!

    Beijocas!!!

    ResponderExcluir
  2. Hubner

    Nossa viagem pelas estradas da vida é tão curta que não vale apena carregar bagagens tão pesadas por um tempo tão grande.

    Precisamos a cada dia mesmo, tornar nossa viagem por aqui mais suavel e leve.

    Gostei da postagem, abraços.

    ResponderExcluir
  3. Hubinho, muito boa postagem, digna de ser refletida para podermos olhar o que tem demais em nossa bagagem da vida e que não vale a pena carregar.

    Abraços

    ResponderExcluir
  4. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  5. Valéria,

    As nossas bagagens tem muito peso, mais só carregaremos ela se quisermos.

    É momento de esvaziar a sua bagagem amiga.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  6. Márcio,

    Fiquei surpreso por você ter gostado. O importante é que o "fardo de Jesus é leve".

    Abraços

    ResponderExcluir
  7. Edu. M.

    A amargura é a grande vilã das bagagens, ela é um peso grande. Temos que liberar perdão e esquecer quem nós ofendeu.

    Realmente tem coisas na vida que não vale a pena!

    Até maiss

    ResponderExcluir
  8. Rô,

    Tem coisas na nossa bagagem que nunca poderemos tirar... Mas poderemos modificar. Sempre estamos em metamorfose.

    Mas os cotéudos dentro da bagagem, muitas das vezes não depende de nós para mudar e sim dos próprios coteúdos.

    Bjs e volte sempre

    ResponderExcluir
  9. Hubner o que você fez com sua postagem na confraria, que o blog não está conseguindo abrir???

    ResponderExcluir
  10. Adorei seu post Hubner. Obrigada pela visita. Sabe, tenho retirado muitas coisas pesadas da bagagem, mas ainda faltam algumas um tanto difíceis. Mas sempre carrego comigo o amor, a amizade e a solidariedade, que nao pesam nada e ainda me ajudam a me desfazer do pesado e desnecessário. Um abraço amigo. Fica com Deus!

    ResponderExcluir
  11. Pois é meu caro amigo, quantas coisas levamos em nossa bagagem que são desnecessárias...
    Devemos realmente nos desfazer do que não nos é útil e apenas pesa e deixar o que realmente importa. Deixemos o egoísmo, as mágoas, assim sobra mais e mais lugar para o amor, a bondade, a amizade e os bons sentimentos.

    Seu blog é lindo!

    Abraços com carinho.

    ResponderExcluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Rossana,

    É um prazer ter uma delegada nesta blogosfera. E você disse tudo, tem bagagens que é dificil de esvaziar, pois existe coisas e coisas, que vai além das coisas descoisadas.

    Bjsss

    ResponderExcluir
  14. Kira,

    Primeiramente, obrigado por está aqui. E segundo, dois pesos importantissímos você citou no seu comentário, o egoismo e as mágoas. É essencial retiramos este peso, póis creio que no campo da mente estes pesos são possiveis ser retirados.

    BJsss e volte sempre.

    ResponderExcluir
  15. Rô,

    Agora entendi, tem sentimentos que são um peso pra nós, e não conseguimos retirar do coração porque foi inesqueciveis e bons os momentos juntos dos pesos.

    See you later.

    ResponderExcluir
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde!

    Boa reflexão. Felizes dos que se permitem sentir o Senhor Jesus. A bagagem de fato é leve, tenho vivido essa experiência, desde que corri para os braços do Pai, através de seu filho Jesus. Em minha bagagem hoje, agora só permito leva o seu amor por onde quer que vá. Sim, há sentimentos miseráveis que querem fazer parte dessa bagagem, mas o vento do Espírito do Pai, os sopram para longe desse território sagrado conhecido como coração.

    Deus o abençoe

    ResponderExcluir
  18. Hubner levei este post para meu blog ok
    Paz!

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.