Um "deus" que se deixa engarrafar

Alguém disse que gosta das coisas que escrevo, mas não gosta do que penso sobre Deus. Não se aflijam. Nossos pensamentos sobre Deus não fazem a menor diferença. Nós nos afligimos com o que os outros pensam sobre nós. Pois que lhes digo que Deus não dá a mínima. Ele é como uma fonte de água cristalina. Através dos séculos os homens tem sujado essa fonte com seus malcheirosos excrementos intelectuais. Disseram que ele tem uma câmara de torturas chamada inferno onde coloca aqueles que lhe desobedecem, por toda a eternidade, e ri de felicidade contemplando o sofrimento sem remédio dos infelizes.

Disseram que ele tem prazer em ver o sofrimento dos homens, tanto assim que os homens, com medo, fazem as mais absurdas promessas de sofrimento e autoflagelação para obter o seu favor. Disseram que ele se compraz em ouvir repetições sem fim de rezas, como se ele tivesse memória fraca e a reza precisasse ser repetida constantemente para que ele não se esqueça. Em nome de Deus os que se julgavam possuidores das idéias certas fizeram morrer nas fogueiras milhares de pessoas.

 Mas a fonte de água cristalina ignora as indignidades que os homens lhe fizeram. Continua a jorrar água cristalina, indiferente àquilo que os homens pensam dela. Você conhece a estória do galo que cantava para fazer nascer o sol? Pois havia um galo que julgava que o sol nascia porque ele cantava. Toda madrugada batia as asas e proclamava para todas as aves do galinheiro: “Vou cantar para fazer o sol nascer”. Ato contínuo subia no poleiro, cantava e ficava esperando. Aí o sol nascia. E ele então, orgulhos, disse: “Eu não disse?”. Aconteceu, entretanto, que num belo dia o galo dormiu demais, perdeu a hora. E quando ele acordou com as risadas das aves, o sol estava brilhando no céu. Foi então que ele aprendeu que o sol nascia de qualquer forma, quer ele cantasse, que não cantasse. A partir desse dia ele começou a dormir em paz, livre da terrível responsabilidade de fazer o sol nascer.

Pois é assim com Deus. Pelo menos é assim que Jesus o descreve. Deus faz o sol nascer sobre maus e bons, e a sua chuva descer sobre justos e injustos. Assim não fiquem aflitos com minhas idéias. Se eu canto não é para fazer nascer o sol. É porque sei que o sol vai nascer independentemente do meu canto. E nem se preocupem com suas idéias . Nossas idéias sobre Deus não fazem a mínima diferença para Ele. Fazem, sim, diferença para nós. Pessoas que tem idéias terríveis sobre Deus não conseguem dormir direito, são mais suscetíveis de ter infartos e são intolerantes. Pessoas que têm idéias mansas sobre Deus dormem melhor, o coração bate tranqüilo e são tolerantes.

Fui ver o mar. Gosto do mar quando a praia está vazia da perturbação humana, Nas tardes, de manhã cedo. A areia lisa, as ondas que quebram sem parar, a espuma, o horizonte sem fim. Que grande mistério é o mar! Que cenários fantásticos estão no seu fundo, longe dos olhos! Para sempre incognoscível! Pense no mar como uma metáfora de Deus. Se tiver dificuldades leia a Cecília Meirales, Mar Absoluto. Faz tempo que, para pensar sobre Deus, eu não leio teólogos; leio os poetas. Pense em Deus como um oceano de vida e bondade que nos cerca. Romain Rolland descrevia seu sentimento religioso como um “sentimento religioso”. Mas o mar, cheio de vida, é incontrolável. Algumas pessoas têm a ilusão que é possível engarrafar Deus. Quem tem Deus engarrafado tem o poder. Como na estória de Aladim e a lâmpada mágica. Nesse Deus eu não acredito. Não tenho respeito por um Deus que se deixa engarrafar. Prefiro o mistério do mar... Algumas pessoas não gostam do que penso sobre Deus porque elas deixam de acreditar que suas garrafas religiosas contenham Deus...

Autoria do texto:  Rubem Alves
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

10 Milhões de Confessos:

  1. Olá leitores,

    Torno as palavras do meu amigo Rubem, as minhas palavras.

    O homem do presente século quer receber glória de Deus e não querem dar Glória a Ele.

    Pensa que pode engarrafar Deus, mas mau sabem eles, que os "engarrafatos" são eles próprios.

    See later...

    ResponderExcluir
  2. O Deus de Rubem Alves não criou o inferno, não permitiu o terremoto do haiti, não penalisa o pobre infiel com mais desgraça e miséria; também não criou o céu para os justos, nem a natureza só para os bons. O Deus de Rubem Alves não precisa receber glória de ninguém pois só quem deseja glória são os egoístas, mesquinhos, megalomaníacos, inseguros, déspotas, soberanos tiranos e esses são todos sentimentos nascidos da condição humana. O Deus do Rubem é poesia, é contemplação. Gosto desse Deus. Eu também quando penso em Deus não me vem à cabeça compêndios de teologia, mas a imagem do sorriso de uma criança feliz.

    ResponderExcluir
  3. Acredito que Deus está muito além daquilo que possamos compreender, mas contudo ele se mostra sempre e em todos os lugares. Ele se manifesta nos momentos mais inesperados e são nos pequenos detalhes que estão contidos os segredos de Deus. Eu não sou religiosa e nem fanática, mas coloco Deus onde eu vou e em tudo que faço, porque sou criação dele, ele está dentro de mim. Portanto, entendo que para ver Deus, basta pensar na imensidão dos céus e do mar, observar nossa flora e fauna.
    Ao deitar-me, fecho os olhos e respiro muito profundamente e logo, sinto gratidão, por ter vencido mais um dia, por ter aprendido novas lições. Pela manhã, antes de abrir os olhos, agradeço pela oportunidade de viver um novo dia, logo sinto felicidade, por estar viva.
    Eu poderia estudar uma vida inteira, tornar-me mundialmente conhecida, mas para que, se são nos pequenos detalhes que estão as maiores e verdadeiras riquezas?
    Estamos no mundo mas não somos do mundo e nada do que tem aqui nos pertence, logo entendo que tudo é privilégio e oportunidade. Somos lapidados diariamente pelo sofrimento, mas eu não passo a vida a lamentar, pois não há tempo a perder com auto-piedade e o tempo não pára quando sofremos. Deus está em tudo que vejo e toco e posso senti-lo nas coisas que não posso ver nem tocar. Será que existe alguém capaz de engarrafar tamanho poder e força?

    Beijocas!!! :)

    ResponderExcluir
  4. Dudu,

    Ótimo comentário que você expos sobre Deus, ele é tudo de mais belo na face da terra e vai muito além do obvio.

    Abraços

    ResponderExcluir
  5. Valéria,

    Amei seu comentário, e quero destacar onde você diz: "Eu poderia estudar uma vida inteira, tornar-me mundialmente conhecida, mas para que, se são nos pequenos detalhes que estão as maiores e verdadeiras riquezas?"

    E isso é uma verdadeira reflexão, é nos pequenos detalhes que percebemos a imensidão de um Deus presente.

    BJsss

    ResponderExcluir
  6. Maravilhoso texto. Adoro Rubens Alves!
    lindo demais!

    ResponderExcluir
  7. Mesmo alguns tbm que não acreditam que Deus existe, ele não vai deixar de existir, só porque alguns acham que ele não existe! paz! adorei este texto!

    ResponderExcluir
  8. Amado amigo,

    Eis fidedigno. Confesso que gosto de sua ousadia.
    Gosto do humor que vem de ti! (Risos)

    Não pare amigo diante daqueles que não te trazem Deus, que não te ajudam a ser mais de Deus, a olhar como Jesus.

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  9. Rô,

    Sou com você, quando você diz: "Mesmo alguns tbm que não acreditam que Deus existe, ele não vai deixar de existir, só porque alguns acham que ele não existe!"

    Os ateus existe, porque Deus existe. E Deus sempre irá existir.

    Obrigaduu pela maestral presença.

    ResponderExcluir
  10. Edjane,

    Thanks por está aqui, minha amiga de infância.

    Bjss

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.