Casamentos desfeitos podem ser consertados - Conselhos de Jetro à Moisés

A história do meu genro começa em Êxodo (2), onde ele cometeu assassinato, deixou o Egito e correu para o leste de Midiã. Então, tal como aconteceu em várias histórias anteriores, ele encontrou um poço onde as mulheres estavam tendo problemas para regar os seus animais. Ajudou-as, foi convidado para minha casa e acabou se casando com minha filha a Zípora.

Eles tiveram dois filhos juntos, mas depois, em uma circunstância estranha, meu genro era para ser morto por Deus (Êxodo 4). Ele deixou a minha filha e foi para o Egito para libertar os filhos de Israel. Era semelhante aos outros pais que tem um casamento desenfreado.

Confesso que fiquei perturbado quando a minha filha e os meus dois netos voltaram para morar comigo. Ouvi sobre todas as pragas através do qual os filhos de Israel foram libertados do Egito e sabia que meu genro estava acampado em Refidim.


Assim, (Êxodo 18), fiz uma jogada de mestre. Chamei toda a família e disse mais ou menos assim: “Zípora, vamos sentar aqui com seus filhos. Quero falar com vocês.” Ela olha para mim e com mãos tremulá diz: “Por que, papai?”
Eu segurei a sua mão e falei: “Seu marido chegou a este status com o trabalho que ele passou a realizar. Agora é hora de você ir morar com ele.”Talvez acusações fossem levantadas pelos dois filhos bem crescidos: "Ah, vovô, nós gostamos daqui." Em todo caso, lá se foram nós avô, filha e netos. Casamentos desfeitos podem ser consertados.

Estes meninos não eram de minha responsabilidade. Eles pertenciam a seu próprio pai. Então decidi escrever uma carta ao meu genro dizendo: "Eu, Jetro o seu sogro, estarei levando a sua esposa e seus dois filhos para morar com você..." (Êxodo 18.6). Não lembro se ele estava exultante por ter lido a carta. Mas, ele precisava de mim. E foi por um lapso que dei sábios conselhos para ele e disse: "O que você está fazendo não é bom. Seu trabalho é pesado demais para você" (Êxodo 18.17). Eu passei a recomenda-lhe a partilhar o seu trabalho com os anciões.

E tirei uma grande conclusão com tudo isso, meu genro fez o que foi recomendado e, conseqüentemente, teve mais tempo para sua esposa e família. Que bom é estar ao seu lado Moisés.

Jetro, sacerdote de Midiã e seu sogro.                      
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. Que dia lindo está lá fora, vamos aproveitar este dia que foi doada por Deus.

    Voltei para explicar ao menos duas lições que são claras a partir desta história.

    Primeiro, um homem que traz as crianças para o mundo deve ser responsável por elas. Em João 1:13, lemos que Jesus é o único filho nascido sem a vontade de um pai humano, daí que, até os pais de filhos ilegítimos devem assumir os cuidados físicos e financeiros de sua prole. Os pais, em nossos dias, por vezes, demasiado macio em pé de padrões morais?

    Em segundo lugar, o conselho de anciãos, pais, mães podem ser muito valiosos. Jetro encarregou-se de trazer a família unida, e também pode ver que a carga de trabalho de Moisés estava levando ao esgotamento. Ele não teve medo de dar conselhos.

    Que essas lições sejam úteis para este inicio de semana.

    Ótimo inicio de semana pra ti.

    BJs e Abçs

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.