“Eu também não atirei a pedra”

Uma mulher é trazida pelos cabelos
Arrastada pelas ruas de terra
Os homens ignoravam seus apelos
É assim que tratavam a quem erra
A jogaram aos pés dele...de joelhos
Só então ela se viu livre das feras

Uma dúvida surgiu na mente dele
Onde estava o homem também flagrado?
Que julgamento estranho era aquele?
Que num delito a dois...só há um culpado
Ele desconfia que aquilo fosse um joguete
Que tudo aquilo estava sendo forjado

Tramaram contra o Galileu
A mulher era apenas um instrumento
Mas aquilo que sucedeu
A todos espantou no momento
E apenas com um ato seu
Acabou com o fingimento

Escreveu algo na areia
Mas só estava ganhando tempo
Precisava escapar da teia
E evitar um apedrejamento
Levantou-se com uma cara feia
E desferiu o seu argumento

“Aquele que não tem “pecado”
Que atire a primeira pedra
Mas cuidado que este ao seu lado
Tem segredos que não revela
Por fora ele está caiado
Mas por dentro é uma favela”

Todos foram saindo
Revoltos e decepcionados
Não puderam pegar o rabino
No plano arquitetado
A mulher lhe agradeceu a ajuda
E ele lhe deu um recado

Onde estão os que te condenam?
E aquele que a comprometeu?
Se eles não atiram as pedras...
Também não as atiro eu
Porque os “pecados” deles
Também podem ser os meus.

Ainda que este texto possa agredir alguns corações, eu não hesitei um momento sequer em escrevê-lo, até porque eu jamais escreveria algo que não ousasse assinar.

Por: Edson Moura
Link/Fonte: http://cpfg.blogspot.com/2010/04/eu-tambem-nao-atirei-pedra.html
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 Milhões de Confessos:

  1. Como hoje eu estou um pouco cansado e a meta é postar um texto a cada dois dias, postei o texto polêmico do meu amigo Edson Moura.

    Esse texto teve 203 comentários no blog da confraria dos pensadores fora da gaiola.

    Mesmo entre intrigas e amores. Coloco este texto diferente para diversificar pensamentos.

    Ótimo Fim de Semana pra ti.

    BJs e Abçs

    ResponderExcluir
  2. Olha só, já ia me esquecendo...

    Amanhã estarei postando um texto bem romântico, veio uma inspiração na minha mente.

    See you later!

    ResponderExcluir
  3. Onde estão os que te condenam?
    E aquele que a comprometeu?
    Se eles não atiram as pedras...
    Também não as atiro eu
    Porque os “pecados” deles
    Também podem ser os meus.

    Maravilhoso, maravilhoso, muito bom, vc podia colocar seus textos no Recanto das letras, são bons demais. Posso copiar e colocar no meu blog? se puder me dê um alô lá no blog ok
    Paz!

    ResponderExcluir
  4. Hubner, você não tem jeito mesmo né moleque? Rsss

    Entre mortos e feridos, estamos nós aqui novamente. Valeu pela homenagem.

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.