Um Real Conto de Fadas - Conselhos de Noemi à Rute

-->
Minha amada Rute,

Parece conto de fadas, mais você perdeu um marido, um cunhado e um sogro que era o meu esposo. Chegamos ao fundo do poço. O que resta é um fio de esperança. O nosso conto se tornará realidade...

Lembra do conto da Cinderela, ela perdeu um sapatinho de cristal para não passar vergonha na frente do seu amor. E a Bela Adormecida, ela deixaria toda a sua vida passar no sono eterno se o seu amor não despertasse. Também temos a Bela que se apaixonou por uma fera, a Pocahontas que arriscou sua vida por um estrangeiro, a Jasmine que poderia ter tido qualquer pessoa, mas ela escolheu um homem pobre. E o caso da Ariel que caminhou na terra motivada pelo amor.

Assim, muitas pessoas não gostam de contos de fadas porque nos faz acreditar no amor, acredita que um príncipe virá salvar-nos quando algo dá errado. Mas eu vim perceber que em cada conto de fadas, cada menina levou um risco. Assumiu um risco para o amor, assumiu um risco em nome do amor. Nós, por exemplo, perdemos três homens maravilhosos.

Então, como saberemos se o nosso próprio conto de fada não irá realmente acontecer se não tentarmos, se deixamos de acreditar no amor?

Eu sei que, às vezes, é difícil abaixarmos as nossas guardas e aprender a confiar em alguém. Eu sei, já passei por isso. Pessoas como nós, têm reações de distanciar das pessoas que realmente gostam, só porque estão com medo de se machucar. Eu abandonei a terra dos moabitas por estar machucada. Mas será que construindo estas paredes, em última instância nos salvará das feridas?

Ajo que não.

Temos que saber que essas pessoas que nós bloqueamos por causa das nossas próprias inseguranças um dia vão deixar está terra. Deixar para algo melhor. Todo mundo vai lhe causar dor e mágoa e lágrimas, mas você tem que decidir o que vale a pena. E quando você tomar essa decisão, a felicidade virá até você.

Bem, as horas são passadas, pense bem no que eu disse. Agora vou ao meu aposento dormir.

Beijos minha nora predileta (Noemi).
Texto Base: Rute: 1.14-18; 2.22; 3.1-5 (Uma História de Ficção nos moldes da atualidade)

Autoria do Texto: Hubner Braz
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.