A Cegueira da Paixão - Confissões de Amnom a Tamar

Eu costumava observar você. Passavam dias a fio, parado naquele palácio te esperando para apenas ouvir um oi seu, e só de ouvir este “oi” eu ignorava todos os sinais de rejeição que você me fazia passar e dava valor ao tempo que gastei em te esperar.

Às vezes esqueço que existem pessoas melhores que você. Às vezes esqueço-me das necessidades de ser elogiado e cuidado por alguém, preciso de alguém que me adore, que me ame completamente, assim como eu amo você. E sei que eu nunca conseguirei isso de você.

Eu nunca vou conseguir roubar a sua atenção, ou comprimentá-las porque as minhas mãos são inábeis na sua presença. Eu nunca vou poder te abraçar de novo, te beijar e passar meus dedos ao longo do seu corpo, você é simplesmente má. Eu não posso lidar com a insensibilidade e as piadas dos amigos da corte. Eu não posso lidar com o comportamento degradante sabendo que você está preso dentro de mim.

Estou arrependido de amá-la... Você é maravilhosa, e não olhara pra mim, eu não aceitarei as suas desculpas, não tem motivos. Desejava uma mudança no seu comportamento, uma mudança nas atitudes, mas não vou pedir isso para você, porque eu te conheço muito bem. Trata-se de quem você é, é assim que você é, e eu não tenho direito de mudar isso. Eu te aceito conforme você é, venha e vamos seguir em frente. Seguir em frente eu e você.

Eu estou cego de amor. 

- Amnom (Filho do rei Davi)
Texto de referência ao nome: 2 Sm 13
(Uma História de Ficção)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

5 Milhões de Confessos:

  1. Olha eu aqui novamente,

    Estou apaixonado, apaixonado pelas letras, pela vida, pela existencia e por você. É um amor platônico, mas e gostoso de sentir...

    Bem..., dei uma pausa sobre o post do "Sentido da Vida" mais continuarei em breve a 2°Parte. Vou mimi agora para ir a aula amanhã cedo.

    Bjkas

    At.Hubner Braz

    ResponderExcluir
  2. A Paz do Senhor Hubner!
    Muito obrigada pela visita, e tbm estou seguindo o seu blog!

    "Porque dEle, por Ele.. para Ele, são todas as coisas..."

    Deus o abençoe grandemente!
    =D

    ResponderExcluir
  3. Gostei demais daqui, cheio de luz!

    Beijo.

    =)

    ResponderExcluir
  4. Karine Melo,

    É um prazer saber que gostou deste espaço na blogosfera.

    Bjsss

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.