Lembranças nunca morrem - O passado de Lóide à Timóteo

Encontrei esta imagem entre as coisas da minha avó Lóide depois que ela faleceu. (Me desculpe pela má qualidade do papiro) Eu não tenho idéia de quem era o homem desenhado, nem mesmo seu nome. Mas o amor existente, o velho amor, é um verdadeiro encanto.

Nas costas se lê:

Desde que conheci no meio dos amigos,
Eu te senti e agora vivo o teu efeito em mim,
Uma parte de mim pode viver em ti
E te tornar um homem nobre.

Se a sua sombra cruzar os meus pensamentos,
É retirada a minha preciosa paz,
Então olho a sua afeição por horas, ficando mais calma.
Porque sempre me lembrarei da suas caricias sobre mim.

Espero que toque em alguém, como me tocou.

- Timóteo 

Nome retirado do texto: 2°Tm 1.5
(Uma historia de ficção)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 Milhões de Confessos:

  1. Amei a foto e o texto!!!!
    beijos
    www.sermulhereomaximo.com.br

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Muito bacana seu blog! Seria um prazer te-lo como amigo no meu:
    http://rose-brytto.blogspot.com
    Vivendo a fé!

    ResponderExcluir
  3. Valeu Rose,

    Já estou te seguindo...

    Bjs

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.