Eu Não Tenho Idéia Do Que Aconteceu - Confissões de Ester ao Rei Xerxes

Você usava uma túnica e governava um reino. Passei noite após noite olhando para você no meio da multidão se sentindo cada vez pior, porque você nunca me notou. Você estava andando de alto a baixo na sala, misturando-se, rindo, festejando, fretando, e eu estava sempre ao lado tentando me posicionar no melhor ângulo para vislumbrar você sempre que eu pudesse sem você perceber.

Muitas vezes eu sentava lá fora por um tempo, quando o nervosismo ficava a flor da pele. Mas teve uma noite em que você saiu e sentou-se ao meu lado, você me perguntou se eu estava bem, e isso me deixou tão nervosa que eu não conseguia responder, eu só queria me distanciar, mas você continuou me perguntando uma e outra vez e, finalmente, deixei escapar que eu não conseguia nem falar com você porque você era incrível. Seus sorrisos e olhares e lábios...

Você tocou em meus cabelos e depois no meu pescoço, pegaste na minha mão e começamos a caminhar em direção à praia, eu não disse muita coisa, mas você continuou me contando sobre sua família, sobre a festa, sobre o que você gostou naquela noite longa, e eu mal podia ouvir tudo o que disse, porque eu tinha muito medo de me fazer de boba perto de você.

E tudo que eu poderia realmente ouvir era o som de seus pés contra o chão, as pedras e depois a areia debaixo de nós. Nós nos sentamos na areia e nenhum de nós disse uma palavra, você tocou meu rosto. Eu estava tremendo. Eu mal via a hora de beijá-lo, mas não ousei. Você me disse que eu era bonita, que eu fiz sentir-lhe nervoso. Mas não acreditei em uma palavra que disse. A energia em torno de nós era quase surreal. Você me derrubou e encheu meu corpo de areia.

Eu disse que queria nadar para tirar a areia do meu corpo, e só me acalmei um pouco quando percebi você um pouco assustado. Você me seguiu e logo estávamos com água pela cintura, os seus dentes batiam de tanto frio, foi quando percebi que eu poderia ver sua pele arrepiada, mas mesmo assim você sorriu e nós apenas ficamos lá, olhando um para o outro por aquilo que eu denomino do instante que se transformou num século ao seu lado.

E foi isso...

Eu ainda não tenho idéia o que isso significava...

Ester (Futura mulher do rei Xerxes)
Texto Base: Et 2.7-18 (Uma História de Ficção)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.