Eu Não Tenho Idéia Do Que Aconteceu - Confissões de Ester ao Rei Xerxes

Você usava uma túnica e governava um reino. Passei noite após noite olhando para você no meio da multidão se sentindo cada vez pior, porque você nunca me notou. Você estava andando de alto a baixo na sala, misturando-se, rindo, festejando, fretando, e eu estava sempre ao lado tentando me posicionar no melhor ângulo para vislumbrar você sempre que eu pudesse sem você perceber.

Muitas vezes eu sentava lá fora por um tempo, quando o nervosismo ficava a flor da pele. Mas teve uma noite em que você saiu e sentou-se ao meu lado, você me perguntou se eu estava bem, e isso me deixou tão nervosa que eu não conseguia responder, eu só queria me distanciar, mas você continuou me perguntando uma e outra vez e, finalmente, deixei escapar que eu não conseguia nem falar com você porque você era incrível. Seus sorrisos e olhares e lábios...

Você tocou em meus cabelos e depois no meu pescoço, pegaste na minha mão e começamos a caminhar em direção à praia, eu não disse muita coisa, mas você continuou me contando sobre sua família, sobre a festa, sobre o que você gostou naquela noite longa, e eu mal podia ouvir tudo o que disse, porque eu tinha muito medo de me fazer de boba perto de você.

E tudo que eu poderia realmente ouvir era o som de seus pés contra o chão, as pedras e depois a areia debaixo de nós. Nós nos sentamos na areia e nenhum de nós disse uma palavra, você tocou meu rosto. Eu estava tremendo. Eu mal via a hora de beijá-lo, mas não ousei. Você me disse que eu era bonita, que eu fiz sentir-lhe nervoso. Mas não acreditei em uma palavra que disse. A energia em torno de nós era quase surreal. Você me derrubou e encheu meu corpo de areia.

Eu disse que queria nadar para tirar a areia do meu corpo, e só me acalmei um pouco quando percebi você um pouco assustado. Você me seguiu e logo estávamos com água pela cintura, os seus dentes batiam de tanto frio, foi quando percebi que eu poderia ver sua pele arrepiada, mas mesmo assim você sorriu e nós apenas ficamos lá, olhando um para o outro por aquilo que eu denomino do instante que se transformou num século ao seu lado.

E foi isso...

Eu ainda não tenho idéia o que isso significava...

Ester (Futura mulher do rei Xerxes)
Texto Base: Et 2.7-18 (Uma História de Ficção)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

6 Milhões de Confessos:

  1. Andrea Soares,

    Prazer tee-la aqui.

    Bjss

    ResponderExcluir
  2. Valew Nina,

    Amo a sua presença neste espaço da blogosfera.

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Meu caro Hubner,
    Gostaria de agradecê-lo por ser seguidor do Blog Teologia Inteligente. É uma honra para mim que tenha decido acompanhar nosso Blog de Perto.
    Quero aproveitar para dizer que, graças ao apoio de nossos amigos, estamos no TOP 30 dos finalistas do Prêmio TOP BLOG 2010. Foi uma grande vitória para o nosso Blog, afinal de contas, temos apenas um ano de atividade.
    Mais uma vez, quero pedir o seu apoio e o seu voto, para que possamos passar por mais esta etapa do concurso.
    Para votar é muito simples e rápido. Basta acessar o nosso Blog, no link www.teologiainteligente.blogspot.com, lá você verá as instruções.
    Caso decida nos dar seu apoio, deixe-nos uma mensagem !!!
    Conto com você...
    Soli Deo Gloria !!!

    ResponderExcluir
  4. Wilson,

    Fico feliz em você estar entre os trinta... Votarei sim...

    Abraços

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.