O Despertar do Amor - Confissões de Moisés à Zípora

Quando eu andei sozinho, eu não queria nada com ninguém, ninguém para me dizer o que fazer e ninguém para mandar em mim.

Mas quando eu te encontrei me senti seguro e pra mim o mundo agora é você.

E mesmo que os outros não queiram a nossa união, não ligarei para as diversas opiniões, porque pertenço a você e agora ninguém vai retirar este sentimento que sinto por você, tenho esperança em fazer parte da sua vida.

Zípora eu te amo, tenho medo de te perder, há tanto tempo escondendo esse amor aqui no meu coração sem saber como me declarar..., agora que me declarei quero aproveitar cada segundo ao seu lado, e guardarei o que sinto aqui comigo para sempre.

Sempre terei você perto de mim.
Com amor,
Moisés
Texto baseado em: Êxodo: 2.21-22 (Uma História de Ficção)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

6 Milhões de Confessos:

  1. Amar é sempre maravilhoso!!!

    Beijos de passarinho!!!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado pela sua presença aqui Valéria, amar é bom demais...

    Bjss

    ResponderExcluir
  3. Lindo texto...
    Se fosse imaginar como seria essa confissão de Moisés para Zípora, seria desse jeitinho :)

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.