Jesus Na Balada - Confissões de Sadraque (Hananias)


A Balada de Nabucodonosor iniciaria em alguns segundos, ele convidara todos os jovens da região. Muitos jovens reunidos em um só lugar, para participar da “balada gospel”, do momento, da “adoração”. 

Alguns irmãos vieram vestidos a caráter com roupas de marcas, brincos, na orelha, gel no cabelo, cuecas aparecendo, tatuagens e piercing. As irmãs a fim de profanar o templo usavam saias curtas e calças apertadíssimas para mostrar a silueta do seu corpo.

Não acreditava que estava naquele meio, a princípio nunca fui influenciado pelos conceitos propagados pela sociedade onde vivia. Para mim era errado seguir conceitos que usam de sofismos. Tinha as minhas opiniões, mas eles achavam que deveriamos nos inserir na modernidade, e a balada gospel é um meio de abarcar os jovens no caminho do Senhor. Mesmo não querendo e com dúvidas, fui intimado à participar.

Uma pergunta paira em minha mente: Será que devemos, não de forma alienada, nos conformar e viver segundo o curso deste mundo, ou devemos nos comunicar com tais obras infrutuosas da carne?.

E o mais absurdo estava por vim, bem no meio da balada foi erguido uma estatua.  O “Dj Pastor” tinha as ovelhinhas em suas mãos, elas seguiam piamente as suas ordens. Iludidas no ritmo frenético e hipnotizante que mostrado na balada, as ovelhinhas rebolavam com ousadia usando e profanando o templo do Espírito. O som intrépido e os jogos de luzes se misturavam com o requebra dos irmãos em cristo.

Era de se notar que o intuito dos jovens não eram adorar e sim se divertir, mesmo que seja uma diversão sadia, passageira e sem pecado. Afinal nunca se viu uma balada gospel ser lugar de adoração. Lugar de adoração é nos templos.
 
Quando pausaram o som remixado, todos se ajoelharam... Estranhei tudo aquilo e não ajoelhei, os meus dois amigos Mizael e Azarias fizeram o mesmo. O dono da festa sendo alertado pelos fofoqueiros caldeus fez um pedido infernal, ele pediu para acender a fornalha do armazém em sete vezes mais..., e logo em seguida jogaram; eu e meus amigos na fornalha, com as mãos e os pés amarrados.

Eles catavam vitória antes do tempo, se divertiam, pois não perceberam que Jesus tinha acabado de chegar na balada... 

O Mestre surgiu derrepente em meio ao fogaréu, nós protegendo. Agora era nossa vez de dançar e adorar ao verdadeiro Deus em meio à fornalha ardente. A partir daí acabou a festa para Nabucodonosor.

Ao passar os efeitos dos energéticos, das bebidas fortes e das drogas alucinógenas. Eles ficaram sóbrios e tristes, sem razão para tal ação, não existiam lâmpadas para seus pés, a alegria era passageira. Foi ai que o dono da festa indagou aos seus convidados:

- Eu não tinha mandado jogar três na fornalha?

- Sim meu rei, dizia os puxa sacos de plantão.

- E porque eu vejo quatro homens soltos e ilesos dançando no meio do fogo e o quarto é semelhante ao filho dos deuses?

Att. Hananias Totalmente contra as baladas gospels! (Uma História de Ficção nos moldes da atualidade)

Texto Base: Dn: 3.1-30
Alguns fragmentos no texto estão relacionados aos versículos: 
Templo do Espírito (1Co 6.19); Afasta o intrépido dos cantos (Amos 5.23); Lâmpadas para os pés (Sl 119.105); Não vós conformeis com o mundo (Hb 12.2); Não viva o curso deste mundo (Ef 2.1-9); Obras infrutuosas (Ef 5.11); Edificação já (1 Co 10.23).

Fonte do video: PavaBlog
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

4 Milhões de Confessos:

  1. Sempre poderemos escolher entre Deus e o Mundo, o problema é que muitas pessoas fazem justamente a escolha errada.


    Boa semana Hubner!

    ResponderExcluir
  2. O que é o certo e o errado? Seguir o coração é seguir o Pai!

    ResponderExcluir
  3. Camila,

    Falou pouco, mais falou tudo. Nós erramos porque estamos sujeitos ao erro. E isso nós torna cada dia mais forte.

    BJss e volte sempre

    ResponderExcluir
  4. Poliana,

    Ninguém podem definir realmente o que é certo ou errado. O que podemos dizer sobre isso é o que nossos pais ensinaram "no que diz sobre bons modos".

    Tem também os dez mandamentos de Moises, fora os dois mandamentos de Jesus que resume tudo.

    Então, será que ficamos em cima do muro concernente ao erro.

    Sabemos que devemos ter cuidado do nosso coração porque delas e a saída da vida, também sabemos que a boca fala do que o coração está cheio, outra coisa que sabemos é que o coração é enganoso.

    Pra mim, se o coração não existisse, não existiria também os sentimentos. E o homem sem sentimentos seriam robores... E isso nem gosto de pensar.

    Por isso é inevitável errar... por isso aprendemos e muito...

    Volte sempre, bjkas...

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.