Andar na Chuva - Termino de um Amor e inicio de uma Vida.

Fui surpreendido..., num dia chuvoso, dia do meu aniversário. A sua decisão de terminar com o nosso relacionamento me pegou com a calça na mão, o futuro parecia sombrio para mim. Eu não sabia o que fazer, eu não sabia o que pensar ou sentir. 

Por dentro me sentia bagunçado. Eu queria arrumar tudo, mas não sabia como começar - muitas coisas foram ditas e feitas sem pensar. 

Tem se passado quatro meses após a separação e adivinhem? Estou de pé sobre meus próprios pés e as pessoas dizem que eu estou melhor do que quando eu estava com você.

Às vezes doí sentir a sua falta, mesmo assim, estou em paz e no meu mundo nunca me senti tão bem..., tão certo..., tão apegado a Deus...

Levei quase um ano para te conquistar, mas você levou apenas alguns segundos para acabar comigo. Pergunto-me como eu suportei? Eu acho que realmente não tinha escolha senão fazer-me forte e confiar em Deus. Se eu fizesse de outra forma, eu provavelmente seria o garoto mais amargo do mundo...

As coisas que você fez para mim eram insondáveis. Mas num instante, você engoliu-me, você me colocou para baixo, e no final tratou como se eu não me importasse com isso. Qualquer um que tivesse que passar por isso provavelmente não teria a mesma reação que eu, talvez a reação fosse bem pior.

Foi naquela noite que você terminou comigo e me fez andar na chuva, eu percebi que eu não poderia desempenhar o papel de vítima. Eu estava doente e cansado de sofrer por alguém que não merecia...

Agora decidi temperar o meu coração, a minha mente. Eu me tornei amigo de mim mesmo, disse a mim mesmo que eu não merecia isso. Assim, nos últimos quatro meses têm valido a pena.  Tratei de me encontrar e permitir amar-me a mim mesmo, meus entes queridos, e o mais importante por Deus.

Você me desmoronou durante a relação e eu não iria permitir que acontecesse novamente... Então, eu construí o meu mundo. Um mundo diferente dos demais, porque estou com Deus, e continuo a construi-lo com Ele.

Embora você tivesse conseguido me machucar como ninguém, eu ainda amo e sinto sua falta. Eu queria que tudo fosse diferente, mas não foram. Desta vez, tudo bem. Só espero que um dia possamos ser grandes amigos novamente - como da maneira que tínhamos começado.

Nesse meio tempo, eu vou orar por você desejando tudo de bom para sua vida. E quanto a mim, eu vou me dar ao luxo que mereço. Isso é o que os sobreviventes, guerreiros e lutadores fazem. Nós nos levantamos e continuamos a viver porque Cristo tem sustentado.

Sempre,

Pecador Confesso 
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.