Reconhecida a Igreja do Ctrl C + Ctrl V na Suécia - Kopimism


Um grupo de “piratas radicais” conseguiu ganhar o reconhecimento oficial do seu próprio sistema religioso na Suécia no dia 5 de janeiro de 2012. Os fundadores da Igreja Missionária de Kopimismo (que tem a tecla CTRL + C e CTRL + V como símbolos sagrados) esperam que junto com esse reconhecimento nacional, venha à harmonia, não apenas uns com os outros, mas também com a polícia.

O estranho é que está religião vai totalmente contra a uma lei dos Dez Mandamentos, "Não roubarás". Embora este mandamento tenha âmbito cristão, sua mensagem é universal e atravessa a maioria das fronteiras religiosas. E é fato que este mandamento seria contra tudo o que eles acreditam fundamentada no compartilhamento de arquivos pessoais.

O versículo base desta religião está em 1 Coríntios 11:01 “Sede meus imitadores, como também eu de Cristo”. Esta frase foi traduzida pelo Kopimismo como: “Copie-me, meus irmãos, assim como eu copio o próprio Cristo”. Com as leis da EUA contra a pirataria como a SOPA e a PIPA os esforços antipirataria pode em breve ser rotulados como perseguição religiosa para a igreja do Ctrl + C, Ctrl + V...


  • Reprodução
    A pirâmide com a letra "K" é símbolo do Kopimismo: existem dezenas de variações no desenho, já que os seguidores são encorajados a criar seus próprias representações.

O universitário e pastor Isak Gerson é o mentor de tudo isso. Gerson fundou a Igreja Missionária de Kopimism em 2010, e entrou com um pedido junto às autoridades para aceitar oficialmente o seu sistema de crenças, a fim de evitar perseguições aos fieis seguidores. De acordo com os jornais nacionais da Suécia, após as duas primeiras tentativas, a Igreja foi convidada a formalizar a sua crença, a fim de ser reconhecida.

A religião tem uma classe sacerdotes chamada Oparnas. Aqueles que desejam se tornar parte da fé Kopimista deve passar por um rito de divulgar seus dados pessoais para a organização, professarem a fé na informação e copiar e fazer o download do logotipo do site.

Atualmente, a Igreja tem cerca de 3.000 membros oficiais, triplicando a partir de 1000 na última metade do ano. Embora o pais sueco ter reconhecido o Kopimismo como religião, a violação de direitos autorais ainda não é legalmente permitido. Isak Gerson disse em uma entrevista, “ainda há um estigma em torno da cópia legal para muitos. Muita gente ainda tem medo de ir para a cadeia ao copiar e compartilhar algo. Espero que em nome da religião Kopimista isso mude.”

Conheça melhor sobre está religião e seu fundador no site da UOL

Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. Aff!!!! Esse simbolo da suposta "Igreja" é da Nova Era, ou seja, anti Cristo e a meu ver isso está mais para Seita que para "Igreja"!!!!!

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.