Correr Riscos Podem Valer a Pena. – Confissões do Rei Salomão a Rainha de Sabá.


Tomei por iniciativa, descrever o dia mais feliz da minha vida, faltavam 2 dias > 48 horas > 2880 minutos para acabar minhas férias, mas foi o tempo necessário para se tornar inesquecível...


Quem diria que essas 48 horas ficariam eternas. Minhas férias com os amigos estavam chegando ao fim e ficava pensando; “será que não vai acontecer nada nesses 2 dias que restam...” Fomos caminhar a beira mar. Cansados paramos próximo ao bar para saborear uma água de coco. E quando eu admirava o luar, alguém atraiu minha atenção, e ela sentou bem na minha frente. Logo em seguida, ela olhou para trás e eu respondi com um sorriso maroto.

Então no dia seguinte eu a vi novamente, sentada na praia. Mais uma vez ela olharia para trás e eu sorriria desejando aquela coragem de dizer algo, mas do que apenas um simples → oi ←.

Finalmente eu decidi ir, e serei sempre grato por isso. Ela estava sentada e eu fui falar com ela. Nós rimos e conversamos por horas... Eu nunca ri assim na minha vida e nunca me senti tão à vontade. Se eu pudesse voltar no tempo, seria este momento que gostaria de voltar.

À noite, nós nos encontramos de novo, eu, ela e um grupo de pessoas que conhecemos, fizemos um circulo amigável a beira mar, e rimos muito das coisas engraçadas da vida. Eu não teria palavras para expressar como me senti naquela noite.

Quando eu tive que voltar para o meu quarto, eu não conseguia parar de pensar nela. Peguei o livro sagrado escrito por Moisés, abri e aonde caiu eu li: “E o homem estava admirado de vê-la, calando-se, para saber se o SENHOR havia prosperado a sua jornada ou não”. (Gênesis 24:21)

No dia seguinte eu estava ansioso para encontrá-la e queria falar com ela mais um pouco. E nós se encontramos, no mesmo ponto de sempre. Era quase hora de ir embora quando começou a chover, e nós andávamos na chuva sem ligar para a transparência da roupa.

Finalmente, quando íamos se despedir, eu a peguei e puxei para os meus braços, e nós nos beijamos loucamente, por uma hora, sem parar... Isto pode soar como apenas uma simples história, mas ela perpetuará nas minhas lembranças... Despedimos-nos, e quando eu estava indo embora, me virei para vê-la acenando e soprando um beijo ao ar, com endereço certo, o meu coração.

Esse momento único ficou cravado, e eu segurei aquele sorriso precioso, como o mais genuíno que eu pude ver em toda minha vida.

Eu, às vezes, penso nela. Querendo saber se ela pensa em mim. Mas eu não tenho tanta certeza sobre isso. A única certeza que tenho é que esta experiência me ensinou algo que levarei para o resto da minha vida. Que correr riscos, podem valer a pena.

- Salomão (Rei de Israel)
(Uma História de Ficção nos moldes da atualidade)

Texto de inspiração: "E o rei Salomão deu à rainha de Sabá tudo o que ela desejou, tudo quanto pediu, além do que dera por sua generosidade; então voltou e partiu para a sua terra, ela e os seus servos". (1 Reis 10:13)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. Não deixe de participar da promoção #PecadoresConfessos!!!

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.