Assista na íntegra – Pastor Marco Feliciano Entrevistado no Programa do Ratinho: “Não tem um pai de família se manifestando contra mim”


O deputado e pastor Marco Feliciano participou nessa segundo feira (15) do “Programa do Ratinho”. O atual presidente da Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara estiveram no programa para discutir as polêmicas em torno de sua permanência na comissão. No programa, Feliciano respondeu a perguntas feitas pelo apresentador e, principalmente, a questionamentos enviados pelo público do programa através do Twitter.
A presença do pastor no programa foi amplamente divulgada pelas redes sociais.
- #MarcoFelicianoNoRatinho ao vivo no Ratinho, já estamos ligados. Larga a novela povo!!!! mande perguntas o programa é ao vivo @ratinhodosbt – escreveu a psicóloga Marisa Lobo, no Twitter e no Facebook.
Antes de chamar Feliciano para ser entrevistado, Ratinho afirmou ter chamado também os opositores do parlamentar para participar do programa, mas disse que nenhum deles havia respondido ao convite.
-Parece que gostam de aparecer só naqueles 30 segundos da Globo – afirmou o apresentador que afirmou que entrevistaria o deputado, e não o pastor, ressaltando também que seu programa está aberto para receber qualquer um que quiser manifestar sua opinião sobre a polêmica em torno da Comissão.
- Todas as vezes que me citam, citam o pastor. Sempre rotulando como se um pastor fosse iletrado e intolerante – afirmou Feliciano logo ao entrar no programa, explicando que seus opositores usam sua religião como forma de diminuí-lo.
Logo no início da entrevista, Ratinho comentou que ninguém nunca havia comentado sobre a comissão antes da polêmica em torno da presença do evangélico na comissão. Ao questionar o parlamentar sobre o porquê do surgimento de tal polêmica, a resposta de Feliciano foi de que ele incomodou grupos ligados ao movimento LGBT, que tinham a comissão como seu “quartel general”, e a usavam unicamente para defender seus interesses.
- Eu sempre bati de frente com algumas coisas que esse grupo defende – justificou o pastor, afirmando que é a favor dos direitos dos homossexuais, mas não de privilégios para os mesmos.
- Direitos sim, privilégios não – declarou.
Ao falar sobre as manifestações contrárias ao parlamentar, o programa mostrou uma série de imagens de protestos contra ele, e também contra seu partido, o PSC. Feliciano comentou tais manifestações afirmando que as mesmas não tem participação de “pais de família”, e que seriam esses pais de família as pessoas que ele representa e defende.
- Não tem um pai de família se manifestando contra mim, porque um pai de família tem que estar trabalhando para alimentar sua família – destacou.
Feliciano afirmou ainda que muitos dos protestos feitos contra ele desrespeitam sua família, citando manifestantes que tiraram a roupa em torno de seu carro no qual ele carregava duas crianças. Ele citou também protestos feitos em frente e até mesmo dentro de igrejas evangélicas usando até mesmo “rituais de feitiçaria”.
Questionado se quem segue a palavra de Deus poderia incitar o ódio, Feliciano respondeu que ódio é o que fazem contra ele, tolhido de seu direito ir ao shopping com sua família, ou até mesmo a um culto sem ser perseguido.
Feliciano reafirmou também que não irá renunciar ao cargo, e afirmou ter sido eleito legitimamente ao congresso e escolhido da mesma forma para presidir a Comissão.
- Estou firme inabalável como os Montes de Sião – respondeu, sobre sua permanência na Comissão. Ele afirmou ainda que se saísse abalaria a confiança do Congresso Nacional, pois “qualquer grupinho [de manifestantes] comprado com 2 mil reais” manipularia as comissões.
Comentando sobre a possibilidade de a polêmica em torno de sua permanência no cargo ser uma forma de desviar a atenção de questões maiores, o deputado confirmou ter dito que renunciaria em troca da saída dos deputados João Paulo Cunha (PT-SP) e José Genoíno (PT-SP), condenados no julgamento do mensalão, da CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania), mas ressalta que os líderes petistas “não aceitaram a proposta”.
Outro assunto comentado pelos espectadores foi o apoio que os opositores do deputado têm recebido da classe artística, ao que Feliciano respondeu que não pauta seus atos pela vida desregrada e fantasiosa destes.
- Eu não sou pautado pela vida dos artistas. A maioria dos artistas vive em uma vida de faz de conta. (…) existem artistas que trocam de família como quem troca de roupa – afirmou.
Ainda sobre seus opositores, o parlamentar destacou que são poucos os políticos que se manifestaram abertamente contra ele, listado os nomes de seus principais algozes.
- Dos 513 são só 4 deputados: Jean Wyllys, Erika Kokay e Domingos Dutra e mais um ou dois deputados que estão lá.
Outro questionamento que sempre é apresentado ao deputado, e que também foi levantado no programa foi sobre suas polêmicas afirmações, feitas pelo Twitter, de que a África seria um continente amaldiçoado. De acordo com Feliciano tais afirmações foram retiradas de seu contexto para alimentar uma imagem negativa de sua pessoa.
- Não se pode julgar um homem por 140 caracteres. (…) Pinçaram isso para me acusar de racista – se defendeu, afirmando que tais declarações foram retiradas de seu contexto para serem divulgadas, mostrando assim uma interpretação equivocada de sua visão teológica.
- Existe uma tendência a desmerecer aquilo que eu falo, até porque a mídia me apresenta como um vilão e como se o Brasil inteiro estivesse contra mim – completou.
Ao fim do programa, o apresentador Ratinho ressaltou a Feliciano que, apesar das oposições, existem gays que o apoiam.
- As pessoas de bem, as pessoas coerentes, elas fazem isso – respondeu Marco Feliciano.
Ratinho ressaltou por várias vezes ter chamado o deputado e ativista gay Jean Wyllys, principal opositor de Feliciano, para participar do programa, mas disse nunca ter tido uma resposta do parlamentar.
Assista a entrevista na íntegra:
Fonte: Por Dan Martins, para o Gospel+
Postado por Pecador Confesso

Confira também o vídeo do Silas Malafaia no Super Pop e Pânico na TV da Band Clicando aqui: Silas Malafaia no SuperPop da Rede Tv e Pânico na Band


Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

3 Milhões de Confessos:

  1. Levítico 18:19ss
    19 ¶ E não chegarás à mulher durante a separação da sua imundícia, para descobrir a sua nudez,
    20 Nem te deitarás com a mulher de teu próximo para cópula, para te contaminares com ela.
    21 E da tua descendência não darás nenhum para fazer passar pelo fogo perante Moloque; e não profanarás o nome de teu Deus. Eu sou o SENHOR.
    22 Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é;
    23 Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é.
    24 Com nenhuma destas coisas vos contamineis; porque com todas estas coisas se contaminaram as nações que eu expulso de diante de vós.

    Deus está abominando o homem se deitar com outro homem como se ele fosse uma mulher, praticando o homossexualismo, da mesma forma ele repreende a mulher de fazê-lo.

    ResponderExcluir
  2. Provérbios 4:23. "Guarda com toda a diligencia o teu coração, porque dele procedem as fontes da Vida". Introdução:

    Série Edificação. Rev. Julio Cesar Carmo Leitão, da Igreja Evangélica El-Shaddai.

    Tudo o que somos, e tudo o que queremos ser, são frutos de nosso Coração;

    " ... O que sai do homem, isso é que o contamina. Pois é do interior, do coração dos homens, que procedem os maus pensamentos, as prostituições, os furtos, os homicídios, os adultérios, ... , a libertinagem, ... , e todas estas más coisas procedem de dentro e contaminam o homem". Mc 7:20-23.

    " O coração do homem propõe o seu caminho; mas o Senhor lhe dirige os passos". Pv 16:9.

    I - O conceito Bíblico para o Homossexualismo:

    1) - Homossexual - " E o indivíduo que apresenta um desvio moral em sua conduta sexual ":

    Quando da Criação, Deus fez Homem e Mulher, Macho e Fêmea, Gênesis 1:27
    Com a finalidade de procriarem e gerarem muitos filhos, Gênesis 1:28 e 2:16-17;
    O Homem, por livre escolha, resolveu mudar esta "Ordem de Deus", Romanos 1:26-27.
    2) - Homossexualidade - " É uma atração erótica entre indivíduos do mesmo sexo ":

    Os praticantes, não herdarão o Reino de Deus, I Corintios 6:9-10;
    Pois, os impuros não poderão estar com Deus, Efésios 5:5;
    Na verdade, Deus se ira contra este tipo de atitude, Romanos 1:18.
    3) - Um relacionamento Homossexual é totalmente, errado, Romanos 1:24-32:

    É um Pecado da Imoralidade, além de ser prostituição, I Corintios 6:12-20;
    Este tipo de atitude, sexual, desrespeita as Leis de Deus, são trevas, II Corintios 6:11-18, 7:1;
    O Senhor nosso Deus, nos coloca o seguinte, Provérbios 16: 2, 6, 9.
    II - O Homossexual é um Escravo do seu Erro, do seu próprio Pecado:

    Nós somos Escravos de quem servimos, Romanos 6:11-13;
    Temos de ter domínio sobre o Pecado, Romanos 6:14-16;
    Tomar um Novo Rumo, uma Nova Direção na Vida, Romanos 6:17-22.

    ResponderExcluir
  3. a pergunta feita pelo ratinho quanto a um casal homossexual entrarem de mãos dadas na igreja foi de bom tamanho casais costumam entrar nas igrejas de mãos dadas, agora beijar dentro da igreja não é vista por nenhum tipo de pessoa independente de sexo, ou seja é visto como desrespeito por qualquer tipo de casais esse tipo de comportamento tenho mais de 20 anos de igreja e nunca vi ninguém se beihando dentro da igreja, e comportamento erado de casais dentro de igreja ,já ouvi dizer de serem repreendidos,nao é o tipo de casal,mas o comportamento errado que deve ser visto, jesus nunca bateu palmas para os erros e muito pelo contrario ele assumiu nossa culpa pra nos fazer andar no caminho da verdade e da salvação.
    parabenizo ao programa do ratinho a imparcialidade do mesmo e o espaço dado com respeito e profissionalismo de alto nivel muito bomm.

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.