Como criar um blog cristão ou site gospel, siga as dicas - Parte 1

Atendendo a inúmeros pedidos que recebo  por e-mails, mensagens, comentários, ask e etc, resolvi criar um mega tutorial para ajudar a vocês que querem criar um blog cristão ou ainda são iniciantes nesse meio.

É muito comum eu ouvir perguntas do tipo:

- Como você fez para divulgar o blog? 
- Como que você fez esse layout? Onde você conseguiu ele?
- Que dicas você dá para quem quer um blog como o PGC ou Pecador Confesso?
- Quero criar um blog me ajuuuuuuuuuda?

De todas as perguntas a mais complicada e mais frequente é a última. Por mais que eu quisesse ajudar é impossível eu fazer isso com todo mundo que me pede e infelizmente eu não tenho tempo para ficar ajudando vocês de forma individual. Além disso, existem muitas coisas na criação de um blog que são vocês que devem decidir e não eu. Também é impossível eu ensinar todo o processo de criação de um blog em poucas linhas. 

Por esses motivos eu já estava planejando a fazer postagens sobre isso a algum tempo e começaremos hoje =)

Quero que todas vocês tenham em mente que eu vou abordar todas as fases do processo de criação, divulgação, layout e tudo mais que vocês me perguntam, mas lembrem-se que somos um blog cristão, então tudo o que eu falar aqui será através da ótica cristã voltada para a criação de blogs cristãos, apesar de muitas das coisas também se aplicarem a blogs voltados para outros assuntos.

Reforçando, não será possível eu abordar tuuuuudo em uma única postagem. Serão várias, talvez uma por semana, então tenham paciência =) Maaas vocês podem sugerir assuntos nos comentários que estarei inserindo eles nas próximas postagens a medida do possível.

IMPORTANTE: Para o PGC e o Pecador Confesso utilizamos a plataforma BLOGGER (www.blogger.com), apesar de muitas das coisas que falaremos se aplicar a outras, quando eu for falar especificamente sobre o layout estarei usando ela. Não mexo com outras plataformas como a wordpress.

O mais legal desse mega tutorial é que depois de ensinar, vamos fazer a parte prática juntos. Falarei o que vocês devem fazer e nos comentários vocês me deixam as respostas para o que eu pedi e nos próprios comentários vou responder vocês, se está certo ou errado fazer desse jeito, o que falta, essas coisas. Assim eu ajudo todo mundo ao mesmo tempo,  um pouco de cada vez =)


   1) UM BLOG É COMPROMISSO   

Quantos e quantos blogs cristãos não são criados todos os dias, mas quantos deles não encontramos abandonados? 

Ter e manter um blog não é a tarefa mais fácil do mundo. É claro que você pode fazer algo mais pessoal e despreocupado, fazer uma postagem de vez em quando no dia que estiver com vontade, porém saiba que seu crescimento vai ser referente ao tempo de dedicação ao blog. Se você se dedica bastante e posta com frequência o crescimento é muito mais rápido. Se você fica muito tempo sem postar nada o número de visitas cai drasticamente.

Lembre-se: é teu esforço que determina onde você vai chegar. Não pense que terá milhares de visitantes por dia de uma hora para outra, porque sinceramente você não vai. Tudo leva tempo e dedicação.

Às vezes nos comentários encontro pessoas irritadas porque não respondi essa ou aquela pergunta deles, porque esquecem o quanto o blog exige tempo. O blog em alguns momentos pode não ser atualizado, mas nesse meio tempo estou atualizando nossa fanpage, respondendo e-mails, respondendo perguntas na Ask. Eu tenho que me dividir em várias Bruna's e muitas vezes abrir mão dos meus planos e vontades para fazer algo para vocês.

Você está disposto a abrir mão do seu tempo e se esforçar? Porque se não está não adianta nem começar, você não vai chegar muito longe sem isso.


   2) UM BLOG CRISTÃO É RESPONSABILIDADE   

Hoje virou moda ter um blog cristão. É claro que quanto mais blogs cristãos, mais o evangelho de Jesus é pregado, mas ao mesmo tempo tenho sentido nisso um grande problema.

Blogs cristãos estão sendo criados por pessoas que não tem qualquer tipo de intimidade com Deus. Querem ter um blog cristão por acharem legal, mas elas mesmas não são espiritualmente fortes ainda para aconselhar outras pessoas. É claro que estamos em constante aprendizado e nunca ninguém vai saber tudo, mas já peguei vários blogs de garotas querendo dar uma de conselheiras e só falarem besteira quando olhamos biblicamente.

Para falar do amor de Deus é necessário viver o amor de Deus, conhecer o amor de Deus. Suas postagens devem ser reflexo da sua vida espiritual. Tudo aquilo que você escrever terá impacto na vida das outras e se você falar algo errado estará induzindo outras pessoas ao erro.

Portanto se vocês mesma não ora todos os dias, não lê a Bíblia, não medita, não estuda a palavra de Deus, não tem intimidade com Cristo, o que e que você quer ensinar às outras pessoas? Ninguém precisa ser perfeito para falar de Jesus, mas o mínimo que se espera é que você conheça e viva aquilo que você fala, ou estará sendo hipócrita.

Cuidado com aquilo que você for postar e a maneira que você falar. Tenha conhecimento daquilo que você está falando e seja prudente para não escandalizar a nome de Cristo. Em vez de levar as pessoas até Ele, você poderá as afastar se não souber medir suas palavras.
A Bíblia é bem clara na forma que trata isso:
Ai do mundo, por causa dos escândalos; porque é mister que venham escândalos, mas ai daquele homem por quem o escândalo vem!
(Mateus 18:7)


  3) DEFINA UM "POR QUÊ?", UM "O QUÊ?" , UM "COMO?"  E UM "PARA QUEM?" 
Por que você quer criar um blog cristão? Se você não conseguir responder essa pergunta é bom nem começar a fazer um.

Já tive muitos blogs antes do PGC que falavam dos mais variados assuntos. A minha parte preferida era criar um layout e eu passava horas, dias fazendo isso, mas depois não sabia ao certo o que postar. 

As pessoas criam blogs cristãos no impulso mas depois não sabem o que fazer com eles, não sabem o que escrever. Por quê? Porque não definiram um objetivo ou suas metas.

Um objetivo é o lugar onde você quer chegar, seu alvo. Suas metas são as ações que você vai realizar para chegar ao seu objetivo. Seu público alvo é para quem você vai escrever.

Não adianta você falar "meu objetivo é levar a palavra de Deus".  Certo, mas e aí? Esse é o seu  motivo de criar um blog, o seu "por quê" (o "por quê" de quase todo mundo que cria um blog cristão), mas não o seu objetivo. Ele não mostra onde você quer chegar. Como você vai fazer isso, de que forma você vai fazer isso? O que você vai falar? Levar a palavra de Deus para quem? Essas coisas devem estar definidas. 

Por exemplo, o objetivo do PGC é:

Oferecer um lugar onde garotas cristãs aprendam a desenvolver um relacionamento pessoal com Deus e possam encontrar respostas a seus questionamentos de forma simples e de fácil entendimento.

Agora vamos examinar as três coisas importantes nesse objetivo:

- (...)garotas Cristãs (...)
 Esse é o meu "para quem". Apesar de muitas mensagens falarem para qualquer gênero, tudo o que eu crio é pensando no público feminino jovem. Não apenas isso, eu defini que além de ser para "garotas" seria um blog para garotas "cristãs". E o que torna isso diferente? Bem, o blog é para garotas que já tem um certo conhecimento da palavra de Deus, que já se converteram. As mensagens dele visam o relacionamento com Deus, imaginando que a pessoa que está lendo já conhece esse Deus. Não é para pessoas ainda não convertidas.

- (...) aprendam a desenvolver um relacionamento pessoal com Deus e possam encontrar respostas a seus questionamentos (...)
 Essa parte é o meu "o quê" e fala sobre aquilo que as minhas postagens dizem. Falamos de assuntos que tem a ver com o relacionamento com Deus e respondemos aquelas dúvidas que todo mundo já teve uma vez na vida. Podem reparar que TODAS as postagens desse blog se encaixam aqui dentro. As postagens de música, livros podem não falar diretamente uma mensagem, mas o intuito dessas dicas é incentivar o relacionamento com Deus através da musica e da leitura dos livros. As roupas, moda e beleza? Bem, não é porque você é cristã que você não gosta dessas coisas e é por isso que essa categoria está aqui também, incentivando a todas a darem valor a si mesmas, mas ao mesmo tempo fazer isso dentro dos princípios cristãos, dentro do seu relacionamento com o Pai.

- (...) simples e de fácil entendimento (...)
O meu "como".  Sabendo que o público alvo é jovem decidi que iria utilizar uma linguagem mais informal com vocês, sem palavras rebuscadas. Apesar de hoje em dia a linguagem do blog estar menos informal que antes, ainda assim procuro ser bem clara naquilo que escrevo, com bastante exemplos para que qualquer um que esteja dentro do meu público alvo (garotas cristãs) consiga entender.


Entenderam um pouco como funciona o objetivo do PGC? Vamos explicar melhor sobre cada uma dessas coisas.

 A) O " POR QUÊ?".
Essa é a principal pergunta. Ao criar um blog cristão seus motivos devem ser cristãos. Você tem a vontade de criar um blog ou criou um por quê? Quais foram os motivos que levaram você a ter esse desejo?

Se essa sua vontade vem apenas de ter visto blogs cristãos e querer fazer um igual, então faça um blog pessoal e não um blog cristão. Ter e manter um blog cristão está atrelado ao anseio de levar a palavra de Deus, de compartilhar o amor dEle. Se esse não é o seu desejo ao ter um blog cristão, então algo está errado.

Um blog cristão é acima de tudo para Cristo e não para nós mesmos.

Se você quer ter um blog cristão pensando apenas nos números, apenas em fazer sucesso com ele, ou ganhar dinheiro com propagandas, então não tenha um blog cristão. O SUCESSO deve ser de Cristo e não seu. 

B) O "PARA QUEM?"
Ao definir quem será o público alvo das suas postagens fica muito mais fácil escrevê-las pois você sabe quem irá ler. É mais fácil das pessoas se identificarem com um blog onde a maioria das postagens fala coisas do interesse delas. 

Por exemplo, se eu entro em um blog cristão feminino eu espero encontrar postagens voltadas para mulheres e não homens. Podem ser que algumas sirvam para os dois, mas eu espero que eu seja o foco delas. 

Ou então se eu sou jovem e eu entro em um blog que fala de assuntos para todas as idades. Vou encontrar postagens do meu interesse? Vou. Mas nem todas vão me interessar. Não é todo dia que entrarei ali, pois eu saberei que não é todo dia que haverá uma postagem voltada para mim, do meu interesse. Agora se o blog é só para jovens, então eu sei que sempre que eu entrar terá algo para mim.

Definir que tipo de leitor você quer ter no seu blog vai determinar a forma como você vai escrever essas postagens e isso é extremamente importante para que ele dê certo, para que você ganhe a fidelidade do seu leitor.

Quando eu defini escrever para "garotas cristãs" isso me dá uma direção de que todas as postagens que eu escrever serão para elas. Você PRECISA de uma direção, ou você vai acabar atirando para todos os lados e não atingindo ninguém.

Quem será o seu "para quem"? Jovens, adultos, homens, mulheres, adolescentes, casais, famílias, não cristãos, pessoas que entendem bastante da Bíblia, pessoas que ainda não entendem tanto?

C)O " O QUÊ?"
Depois de definir para quem você escreverá, quem será o seu leitor, é hora de definir o que você vai falar.Vai ser um blog de música cristã, de ajuda espiritual, de namoro cristãos, de mensagens cristãs, de notícias cristãs, de livros cristãos, um pouquinho de cada?

Lembre-se também que aquilo que você falar tem que ser do interesse do seu "quem". Não adianta nada você fazer um blog para homens e depois postar dicas de maquiagem. Não faz muito sentido, faz? Então, aquilo que você escreve tem que ser específico para aquele que você deseja atingir.

D) O "COMO?"
Como serão as mensagens que você vai escrever? Grandes, pequenas, profundas, mais superficiais, vai usar bastante imagens, vai usar vídeos, vão ser simples e diretas, vão ser mais complexas, quais recursos você vai utilizar?

O "como" você faz é tão importante quanto o "o quê?". Se você quer criar um blog com devocionais diários, por exemplo, aquilo que você escreve deve ser curto, pois as pessoas que entrarem nele estarão procurando mensagens mais rápidas, de reflexão instantânea e não texto muito longos.




   AGORA É A SUA VEZ   

Depois de ter lido tuuuudo isso vamos colocar na prática o que você aprendeu hoje e chegou o momento de eu ajudar todas vocês com seus blogs.

Independente se vocês já possuem um blog ou não podem participar disso aqui. Aquelas que já tiverem um vão aplicando o que for aprendido nos seus blogs e quem não tem vamos criando juntos =)

A tarefa de hoje é definir o seu "para quem?", o seu "o quê?" e o seu "como?"

Primeiro ore a Deus e peça a orientação à Ele para aquilo que você quer fazer. É hora de ouvir a voz dEle e pedir uma direção. Talvez você não chegue a definir essas coisas hoje, não tem problema, o importante é que você ore, medite nos motivos que te levaram a querer fazer um blog cristão e pare para ouvir a voz de Deus sobre isso. Não tenha pressa. O seu relacionamento com Deus é o essencial e será a base de tudo.

Depois disso, defina esses 3 itens e deixe nos comentários aí em baixo da seguinte forma:

Endereço do blog: (se você já tiver um)
Para quem?
(aqui você coloca o seu "para quem?")
O quê?
(aqui você coloca o seu "o quê")
Como?
(aqui você coloca o seu "como?")


Se baseando em tudo o que eu já falei defina essas coisas. Não é obrigatório deixar nos comentários, pode ser para você mesmo, mas seria legal que você deixasse, assim eu posso corrigir e dizer para você se falta alguma coisa ou se há algo errado =)

Se você já tiver um blog, se baseie nisso que você mesma criou para fazer as próximas postagens e depois me contem os resultados!

Por hoje é só. Nossa próxima postagem, que será na quarta que vem, falaremos sobre COMO DEVER SER UM BLOG CRISTÃO.  Até a parte 2.

Beijos!

Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.