Público chama Thalles de mercenário por não ir a show mesmo depois de receber 42 mil reais.

Nesta quinta-feira, 18 de julho, o cantor Thalles Roberto estava agendado como principal atração de um show gospel em União dos Palmares, uma cidade no interior de Alagoas a 80 km de Maceió/AL.

Por volta do meio dia, Thalles e toda sua equipe já estavam na cidade, até chegou a postar no twitter.

A participação do cantor estava prevista para as 20 horas, o que não aconteceu. As 22h, Thalles Roberto ainda continuava no hotel, enquanto isso, as pessoas começaram a sentir que algo estava errado.

Quase as 23h, Cacau Santos e banda chegam ao local do evento, no caso, um estádio de futebol. Porém, Thalles Roberto continuava no hotel, a cinco minutos do local. Finalmente o organizador do evento, Pastor Abraão, sobe ao palco e pede calma ao pessoal, e diz que Thalles vai chegar em pouco tempo. 10 minutos depois, o mesmo pastor volta ao palco e anuncia que Thalles Roberto não vai se apresentar, o pastor explica que contratou o cantor pra se apresentar pelo valor de 65 Mil Reais, mais 15 mil de despesas aéreas. Os organizadores esperavam 20 mil pessoas no evento, no entanto, não passava de quinhentos o número de pagantes, devido a fortes chuvas na região.

O pastor Abraão informou ao público presente, que já teria pago ao cantor a quantia de 42 mil Reais, mas mesmo assim, Thalles se negou a ir até o local do evento se apresentar.

Ao explicar aos presentes o motivo pelo qual Thalles Roberto não se apresentaria, todos começaram a gritar: Thalles Mercenário! Depois de uma oração, todos saíram pelas ruas da cidade em direção ao hotel em que Thalles estava hospedado.

O vídeo abaixo relata o esclarecimento do porque de Thalles Roberto não ter ido ao show que foi explicado como uma quebra de cláusula de contrato, em outras palavras, pouco dinheiro:



Oziel Alves, assessor de imprensa do Cantor Thalles, esclarece o fato. Confira:


Livres DT, o seu canal de notícias do Diante do Trono e do Mundo Cristão.

Fonte desta publicação: Livres DT - Por Wallysson Canuto

COMPARTILHE ESSE POST NO FACEBOOK E TWITTER BOTÕES EM BAIXO.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. O FÃ e o IDIOTA / SEM "PAPAS" NOS DEDOS

    Atire a primeira pedra aquele que não tem dentro de seu coração UMA PESSOA, seja ela artista ou não, conhecida ou anônima, que seja alvo de sua admiração!

    Eu tenho. Há dentro de mim pessoas cujas vidas me serviram e continuam servindo de modelo nas diversas áreas de minha vida. Tenho o meu panteão.

    Diz o dicionário on line da Língua Portuguesa que FÃ, é uma “Pessoa que tem grande admiração por artistas (de cinema, teatro, televisão) ou figuras populares (campeões esportivos, jogadores de futebol etc.). Admirador.”

    Nos parece até que a palavra FÃ, tem sua origem em outro termo de conotação um pouco negativa, “FANÁTICO”.

    Vivemos em virtude de nossos modelos. Foi assim quando aprendemos a falar, andar ou as outras coisas próprias de crianças.

    Quando comecei a levar a leitura um pouco mais a sério, engantinhei no livro O TROVÃO GENTIL de MAX LUCADO. Digamos que virei fã, do referido escritor. Nenhum problema até então, Max escreve muito bem, e já chega à marca de 80 milhões de livros vendidos... MAS EU ERA FÃ, e não IDIOTA.

    Quando Max Lucado concordou com George W. Bush, à favor da guerra no Iraque, eu fique morrendo de vontade de “esganar” o Max. Ainda o amo. Já havia lido pelo menos 20 livros dele, mas depois do dia que ví o autor do livro, “Aprenda a Compartilhar um Amor que Vale a Pena”, concordando com uma guerra inventada por um imbecil como o diretor Michael Moore, comprovou em seu aplaudidíssimo documentário, “Farenhait 11/9” (disponível no You Tube), confesso que NUNCA MAIS TIREI DINHEIRO DO MEU BOLSO PARA COMPRAR UM LIVRO DELE, mas se alguém me pergunta se o “cara é bom” eu digo, sim... o cara é bom, seus livros são excelentes!

    Milhares de cristãos em nosso Brasil, não sabem “ser fã”.

    Eles acham que ser fã, é concordar com o apóstolo que paga 60 milhões de reais numa fazenda à vista em nome de Pessoa Física, e até hoje não explicou...

    Eles acham que “ser fã” é aplaudir a bispa que escondeu dinheiro dentro da bíblia...

    Eles acham que “ser fã”, é comprar todos os produtos que tiver a assinatura do referido “nome da música gospel”.

    Eles acham que “ser fã”, é ser cego para as besteiras de nossos artistas, e surdos para suas declarações imbecis.

    EU NÃO DUVIDO, se um desses artistas do “Bilionário Mundo Gospel”, chegar em um dos nossos cultos e tiver tido dor de barriga, e infelizmente estiver todo "CAGADO", alguns de nossos irmãos irão até ele chorando de emoção, tirarão uma foto para postar no facebook e dirão ao mesmo, “nossa como você tem um cocô cheiroso!”.

    Seja fã, de quem você quiser... MAS PELO AMOR DE DEUS... NÃO SEJA UM IDIOTA!
    Por Sá de Barros

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.