Resenha do Livro: Penetrado pela Palavra – John Piper

Este é a resenha do 38º livro do desafio Leitor Insano de 2013 que li, um pouco atrasado a resenha, mas aí vai!!!

Por que você quer ir para o céu?
Para que você quer o perdão de Deus?

“Essas questões são importantes por ser possível desejarmos perdão e vida eterna por motivos que comprovam que não os temos.”, diz Piper nesse livro (ênfase minha).

Não. Esse livro não é um livro sobre salvação e falsos crentes. Embora, direta ou indiretamente, ele aborde esses assuntos, “Penetrado pela Palavra” passa por muitos assuntos da vida cristã: oração, humildade, família, tentação sexual, medo, vergonha, fé, ira, etc.

O título do livro é inspirado no texto de Hebreus 4:12: “Porque a palavra de Deus é viva, e eficaz, e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração.” (Ênfase minha).

Através de 31 curtas meditações, uma para cada dia do mês ;) , o leitor vai ter a Palavra de Deus aplicada, de uma maneira muito prática, a diversos aspectos da vida. A Palavra de Deus revela quem nós somos realmente e quais são nossas intenções.

Os capítulos são bem curtos, independentes e são ótimos para iniciar, por exemplo, um momento devocional. Como disse antes, ele é muito prático também. Eis o título de alguns dos capítulos:

“Bebendo suco de laranja para a glória de Deus”;
“Como experimentamos o amor de Deus no coração?”;
“Orações à hora das refeições da família Piper”.

Quando eu falo que o livro é muito prático olhe o que eu quero dizer: “Quando você é tentado sexualmente, você luta em sua mente para dizer não à imagem e se empenha, com vigor, para pensar em imagens com outra conotação...não devemos dar mais do que 5 segundos a uma imagem ou um impulso sexual ... nos dois primeiros segundos, dizemos: ‘Não! Saia da minha mente’. Nos dois próximos segundos, clamamos: ‘Ó Deus, em nome de Jesus, ajuda-me. Livra-me agora. Eu sou teu’...”

O autor dispensa comentários e já é bem conhecido dos brasileiros. Por falar nele, Piper vem ao Brasil esse ano. Vai pregar na Conferência da Fiel, na Universidade Mackenzie em São Paulo e no Rio de Janeiro também.

Você pode baixar o livro gratuitamente em pdf (ebook) na área “vip” do site da Editora Fiel ou comprá-lo também na loja virtual da editora. Caso não consiga na área vip click no PDF aqui!!!

[Devocional] Extraído do livro Penetrado Pela Palavra de Deus por John Piper

Oh! Como precisamos conhecer a nós mesmos! Somos salvos? Estamos vivos em Cristo? Existe somente um instrumento que cria, detecta e confirma a vida eterna na alma do homem — ou seja, a Palavra de Deus. Portanto, o que Hebreus 4.12 afirma a respeito da Palavra é importantíssimo.

“A Palavra de Deus”

A expressão “Palavra de Deus” pode significar uma palavra falada por Deus sem um porta-voz humano. Mas, no Novo Testamento, esta expressão normalmente significa uma palavra ou mensagem que um homem fala como representante de Deus. Por exemplo, Hebreus 13.7 diz: “Lembrai-vos dos vossos guias, os quais vos pregaram a palavra de Deus; e, considerando atentamente o fim da sua vida, imitai a fé que tiveram”. Portanto, a expressão, “Palavra de Deus”, em Hebreus 4.12, provavelmente se refere à verdade de Deus revelada nas Escrituras e que homens falaram uns para os outros na dependência da ajuda de Deus para entendê-la e aplicá-la.

“Viva e eficaz”

A Palavra de Deus não é morta ou ineficaz. Ela tem vida. E, devido a isso, ela produz resultados. Existe algo sobre a Verdade revelada por Deus, que a conecta com Deus como a fonte de toda a vida e poder. Deus ama a sua Palavra. Ele tem predileção por sua Palavra. Ele a honra com sua presença e poder. Se queremos que nosso ensino e testemunho produza efeitos, devemos permanecer fiéis a Palavra revelada de Deus.
“Mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até ao ponto de dividir alma e espírito, juntas e medulas.”

O que faz esta Palavra viva e eficaz? Ela penetra. Com que propósito? Para dividir. O quê? Alma e espírito. O que isto significa?

O escritor sagrado nos dá uma analogia. É semelhante a dividir juntas e medulas. As juntas são a parte mais grossa, dura e exterior do osso. As medulas são a parte mais mole, macia, viva e interior do osso. Isso é uma analogia de “alma e espírito”. A Palavra de Deus é como uma espada bastante afiada, capaz de cortar diretamente da parte exterior, dura e grossa do osso até à sua parte interior, macia e viva. Algumas espadas, menos afiadas, podem atingir um osso, resvalar e não penetrar. Outras espadas penetram somente até ao meio das juntas grossas e duras de um osso. Mas uma espada pontuda, bem afiada, de dois gumes (afiados em cada lado da ponta), penetrará a junta até alcançar a medula. “Alma e espírito” são como juntas e medulas de ossos. “Alma” é aquela dimensão invisível da vida que somos por natureza. “Espírito” é aquilo que somos pelo novo nascimento sobrenatural. Jesus disse: “O que é nascido da carne é carne; e o que é nascido do Espírito é espírito” (Jo 3.6). Sem o poder vivificador, criador, regenerador do Espírito de Deus em nós, somos apenas um “homem natural”, e não um “homem espiritual” (1 Co 2.14-15). Por conseguinte, o “espírito” é aquela dimensão invisível de nossa vida que somos por meio da obra regeneradora do Espírito Santo.

Qual é o principal ensino da afirmativa de que a “Palavra de Deus” penetra até ao ponto de “dividir alma e espírito”? O principal ensino desta afirmativa é que a Palavra de Deus revela o nosso verdadeiro “eu”. Somos espirituais ou naturais? Somos nascidos de Deus e estamos espiritualmente vivos? Ou enganamos a nós mesmos e ainda estamos espiritualmente mortos? “Os pensamentos e propósitos” de nosso coração são espirituais ou apenas naturais? Somente a “Palavra de Deus” pode “discernir os pensamentos e propósitos do coração”, como afirma Hebreus 4.12.

Falando em termos práticos, quando lemos ou ouvimos a Palavra de Deus, sentimos que ela penetra em nós mesmos. O efeito deste penetrar é revelar se há espírito ou não. Existe medula e vida em nossos ossos? Ou somos apenas um esqueleto sem medula viva? Existe “espírito” ou somente “alma”? A Palavra de Deus penetra fundo o suficiente, para mostrar-nos a verdade de nossos pensamentos e motivos, e o nosso próprio “eu”.

Renda-se a esta Palavra de Deus, a Bíblia. Use-a para conhecer a si mesmo e confirmar sua própria vida espiritual. Se existe vida, haverá amor, gozo e um coração obediente à Palavra. Dedique-se a esta Palavra, de modo que suas palavras se tornem a Palavra de Deus para outros e revelem a condição espiritual em que eles estão. Então, sobre a ferida causada pela Palavra, derrame o bálsamo da Palavra.


Extraído do livro: Penetrado pela Palavra, de John Piper.
Copyright: © 
Editora FIEL 2009
O leitor tem permissão para divulgar e distribuir esse texto, desde que não altere seu formato, conteúdo e / ou tradução e que informe os créditos tanto de autoria, como de tradução e copyright. Em caso de dúvidas, faça contato com a Editora Fiel.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.