LIÇÃO Nº 6 – A PEREGRINAÇÃO DE ISRAEL NO DESERTO ATÉ O SINAI - 09 DE JANEIRO DE 2014 - EBD - CPAD


INTRODUÇÃO
Há muitos crentes que fazem a seguinte indagação: “Por que estudaras lições do Antigo Testamento, sendo nós cristãos da Nova Aliança?” A resposta a esta pergunta se encontra na Primeira Epístola aos Coríntios, capítulo 10, versículos 1 a 12. Os fatos do Antigo Testamento são como figuras (1 Co 10.6,11), nos alertando para que não venhamos a cometer os mesmos erros que o povo de Deus cometeu no passado. Então, estude com afinco cada lição deste trimestre e jamais siga os caminhos da desobediência, rebeldia e idolatria trilhados por Israel no deserto.
Na lição de hoje, estudaremos a caminhada do povo de Deus até o Sinai. Veremos como Deus guiou e sustentou seu povo que foi infiel, murmurador e idólatra. O Senhor permaneceu fiel e cuidando dos israelitas.

HINOS SUGERIDOS 302, 467, 515.

TEXTO ÁUREO
“Ora, tudo isso lhes sobreveio como figuras, e estão escritas para aviso nosso, para quem já são chegados os fins dos séculos” (1 Co 10.11).

VERDADE PRATICA

Os erros e pecados de Israel servem
.já, nos de alerta para que não venhamos a cometer os mesmos enganos.

LEITURA DIARIA

Segunda       - Rm 15.4                 A Bíblia toda nos ensina
Terça             - Hb 2.1-3                 Vigiemos em todo o tempo
Quarta           - Hb 12.1,2               O crente e a carreira cristã
Quinta            - Rm 9.28                 Deus cumpre fielmente a sua Palavra
Sexta             - Cl 2.16,17              Sombras do Antigo Testamento
Sábado          - Hb 13.17                Obediência em Cristo

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Êxodo 19.1-6; Números 11.1-3
Êxodo 19
1 -Ao terceiro mês da saída dos filhos de Israel da terra do Egito, no mesmo dia, vieram ao deserto do Sinai.
2 - Tendo partido de Refidim, vieram ao deserto do Sinai e acamparam-se no deserto; Israel, pois, ali acampou-se defronte do monte.
3 - E subiu Moisés a Deus, e o SENHOR o chamou do monte, dizendo: Assim falarás à casa de Jacó e anunciarás aos filhos de Israel:
4 - Vós tendes visto o que fiz aos egípcios, como vos levei sobre asas de águias, e vos trouxe a mim;
5 - agora, pois, se diligentemente ouvirdes a minha voz e guardardes o meu concerto, então, sereis a minha propriedade peculiar dentre todos os povos; porque toda a terra é minha.
6 - E vós me sereis reino sacerdotal e povo santo. Estas são as palavras que falarás aos filhos de Israel.
Números 11
1 - E aconteceu que, queixando- se o povo, era mal aos ouvidos do SENHOR; porque o SENHOR ouviu-o, e a sua ira se acendeu, e o fogo do SENHOR ardeu entre eles e consumiu os que estavam na última parte do arraial.
2 - Então, o povo clamou a Moisés, e Moisés orou ao SENHOR, e o fogo se apagou.
3 - Pelo que chamou aquele lugar Taberá, porquanto o fogo do SENHOR se acendera entre eles.

INTERAÇÃO

Deus libertou Israel da escravidão. Livre,
o povo de Deus iniciou a sua jornada rumo à Terra Prometida. O percurso escolhido pelo Senhor não foi o mais fácil, porém, com certeza foi o melhor para os israelitas naquela ocasião, pois eles não estavam preparados para enfrentar o inimigo. Deus é fiel e sempre cuidou com zelo do seu povo, todavia, os israelitas a cada dificuldade sempre murmuravam contra o Senhor. Nesta lição, veremos a chegada do povo de Deus ao deserto de Sur, sua passagem por Mara e Elim até a chegada ao Sinai. O povo precisava ser lapidado e o deserto foi uma escola para os israelitas. Os hebreus tropeçaram muitas vezes até chegarem a Canaã, contudo Deus nunca os abandonou. O Senhor é fiel!

OBJETIVOS

Após esta aula, o aluno deverá estar apto a:
Analisar a peregrinação de Israel pelo deserto.
Saber como foi a chegada e a permanência no monte Sinai.
Conscientizar-se de que a idolatria é pecado.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Professor, reproduza o mapa da página seguinte. Utilize-o para mostrar aos alunos a trajetória dos israelitas até o Sinai. Explique que Deus conduziu o povo até o deserto de Sur (Êx 1 5.22). Depois eles partiram em direção a Mara, onde as águas eram amargas. Depois os israelitas se deslocaram em direção a um oásis chamado Elim. Mostre que o povo estava seguindo em direção ao Sinai.

PALAVRA-CHAVE Peregrinação: A jornada longa e exaustiva que os israelitas fizeram até chegarem a Terra Prometida.

1º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O AD Londrina ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


2º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor Caramuru ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


3º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor Fábio Segantin ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


4º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor da CPAD ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


5º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O TV Escola Dominical ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


6º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor da CNPTVHD ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


7º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor Natalino das Neves ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


8º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor Luiz H. Silva ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.



9º Vídeo Pré-Aula - Dicas da CPAD para que o professor possa dar uma boa aula: O pastor EBD FORA DA CAIXA ajuda você na preparação da sua aula de Escola Dominical.


ESBOÇO Nº 6
LIÇÃO Nº 6 – A PEREGRINAÇÃO DE ISRAEL NO DESERTO ATÉ O SINAI                  
Na caminhada até o monte Sinai, Israel perdeu a oportunidade de receber a promessa de Abraão.
INTRODUÇÃO
- Na sequência do estudo do livro de Êxodo, estudaremos hoje desde o final do capítulo 15 até o capítulo 18, como também, por força da opção feita pela CPAD, também o capítulo 32.
Na caminhada até o monte Sinai, Israel perdeu a oportunidade de receber a promessa de Abraão.
I – A PARTIDA DO MAR E A PASSAGEM NO DESERTO DE SUR. O TESTE DE MARA
- Na lição anterior, vimos como o Senhor arruinou o exército dos egípcios e, deste modo, tornou irreversível a libertação do povo de Israel, com o milagre da travessia do mar.
- Como vimos também na lição anterior, assim que Israel partiu do Egito, onde fora tirado com mão forte, o povo começou a ser provado pelo Senhor e, nas duas primeiras oportunidades, não obteve aprovação. Com efeito, quando houve a aproximação do exército dos egípcios, os israelitas, em vez de clamarem a Deus, começaram a murmurar e a dizer que preferiam a morte à vida, a escravidão à liberdade (Ex.14:10-12).
- Em seguida, após terem atravessado o mar, a primeira reação dos israelitas foi a de ir até a praia, para se certificarem que os egípcios haviam sido mesmo destruídos, como dissera Moisés, demonstrando aqui, uma vez mais, sua incredulidade, pois tiveram de ver “com os próprios olhos que a terra havia de comer” os corpos dos egípcios (Ex.14:30). Só, então, creram em Deus e em Moisés (Ex.14:31). Por isso, o salmista afirma que os israelitas foram rebeldes no Mar Vermelho (Sl.106:7).
- O Sábio Talmúdico Rabi Judá enumera as dez vezes em que o povo de Israel não obedeceu à voz do Senhor, tentou-O, como está escrito em Nm.14:22, sendo duas delas as que acabamos de enunciar. Diz ele: “…Com dez tentações nossos antepassados tentaram o Santíssimo, bendito seja Ele: duas no mar, duas por causa de água, duas por causa do maná, duas por causa das codornizes, uma em conexão com o bezerro de ouro e uma no deserto de Parã. ‘Duas no mar’: uma na descida e outra na subida. ‘Na descida’, como está escrito: ‘Não havia sepulcros no Egito (para nos tirares de lá, para que morramos neste deserto? [Ex.14:11]. ‘Na subida’, o que está de acordo com o que ensinou Rabi Huna, pois ele disse: os israelitas desta geração estão entre aqueles que têm pouca fé; como Rabbah ben Mari se expressou, dizendo: Está escrito: mas eles foram rebeldes no mar, mesmo no Mar Vermelho, ainda que Ele os tenha salvado por amor do Seu nome[Sl.106:7]. Ele ensina que Israel foi rebelde naquela hora em que disse: já que passamos para este outro lado do mar, então os egípcios devem também tê-lo feito. O Santíssimo, bendito seja Ele, disse, então, ao príncipe do mar: lance os egípcios para fora do mar, em terra seca! Ele respondeu: Soberano do Universo, há algum escravo que tenha recebido um presente do seu senhor e depois o devolva a ele? O Senhor disse a ele: Eu lhe darei um [mais tarde]  uma vez e meia mais do que eles. O príncipe disse ao Senhor: há algum escravo que possa clamar contra o seu senhor? O Senhor disse: O riacho de Quisom será a garantia. Imediatamente, ele lançou os egípcios na terra seca, pois está escrito: e Israel viu os egípcios mortos na praia [Ex.14:30]…” (Tratado Aruchin 15a. Disponível em:http://halakhah.com/pdf/kodoshim/Arachin.pdf  Acesso em 10 dez. 2013) (tradução nossa de texto em inglês).
OBS: Como explica a nota 16 do referido trecho traduzido, os egípcios tinham 600 carros quando perseguiam Israel e, posteriormente, como nos relata Jz.4:3, ao proporcionar a vitória de Israel sobre o rei Jabim, de Canaã, o Senhor destruiu 900 carros, ou seja, uma vez e meia o número dos carros do Egito, que foram arrastados no ribeiro de Quisom (Jz.5:21).

Confira a Resenha do Livro que auxiliará na EBD deste 4° Trimestre - Click na Resenha abaixo.


Colaboração para o Site Pecador Confesso.

- Ev. Dr. Caramuru Afonso Francisco
- Presbítero Eudes L Souza
- Ev. Natlino das Neves
- Luciano de Paula Lourenço
- Fábio Segantin
- TV Escola Dominical
- EBD Fora da Caixa
- AD Linhares
- AD Londrina
- Portal CPAD

Texto Editado e Postado por Hubner Braz - Twitter @PecadorConfesso – Facebook www.facebook.com\pecadoresconfessos
COMPARTILHE ESSE POST NO FACEBOOK E TWITTER - BOTÕES EM BAIXO...

Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.