Vigésimo Terceiro Dia - Gratidão II - Os 36 Dias De Pureza Sexual

Medite em Lucas 11:28

Existem alguns que vão falar: "Devo ser grato pelo quê? Minha vida é nada mais do que uma bagunça total. Sou absolutamente infeliz. Sinto-me pressionado a abandonar hábitos que não consigo deixar. Minha esposa está cansada de mim. Não tenho prazer no mundo, mas também não sou feliz como cristão. Do que exatamente tenho de ser grato?"

Nunca lhe ocorreu que grande parte do motivo por que está em tal condição é devido a seu espírito ingrato e mesquinho? Que perspectiva diferente da velhinha que vivia na pobreza, que olhou para o pedaço de pão seco e o copo de água em cima da mesa à sua frente e exclamou: "O quê, tudo isso e Cristo também?!“

Uma olhada rápida nas Escrituras revelam somente algumas coisas que Deus dá a Seus filhos. Ele deu Seu Filho, o presente mais precioso que tinha para oferecer, para morrer na cruz por nós: "Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito, para que todo aquele que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna" (Jo 3.16). Ele concede a vida eterna (Rm 6.23) e nos dá tudo o que diz respeito à vida e a piedade (2 Pe 1.3). Nos da as chaves do Reino dos céus (Mt 16.19) e concede-nos o poder de pisar serpentes (Lc 10.19). Ele distribui dons espirituais (1 Co 12) e nos dá o direito de sermos feitos filhos de Deus (Jo 1.12). Concede-nos um espírito de poder, amor e moderação (2 Tm 1.7) e nos dá a vitória por intermédio de Jesus (1 Co 15.57). Ele nos dá toda a sabedoria de que precisamos (Tg 1.5). O Senhor nos dá o Espírito Santo (At 2.38). Para os cristãos, não há limite para nossa lista de gratidão. Se um cristão não é grato, é porque voluntariamente escolhe não ser.

A gratidão é uma disposição da vida que deve ser encorajada e nutrida. Se um cristão espera até que se sinta agradecido, isso pode nunca acontecer. Ele deve fazer disso uma prioridade, desenvolver o hábito de ser grato, não importando as circunstâncias. Existem duas atitudes básicas que podem ser tomadas para ajudar. Primeiro, a pessoa precisa se arrepender do ato de reclamar. Isso significa pedir ao Senhor que lhe perdoe por seu espírito de ingratidão. Ele deve assumir o compromisso de parar de murmurar. Terá de se arrepender da auto piedade, porque é o que está abaixo promovendo a ingratidão. Ele também deve se arrepender de ser exigente e egoísta na vida.
Se arrepender de acreditar que tem direitos a exigir de Deus.

Você consegue ser grato pela sua vida?
_____________________________________________________
_____________________________________________________
Responda as questões no comentário, ou no seu caderno de P.S., ou email, ou se preferir no Confesse Seu Pecado

Clique No Cronograma Dos Dias Para Não Se Perder => DESAFIO 36 DIAS DE PUREZA SEXUAL

Postado por Pecador Confesso
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.