10 dicas para saber se seu namoro ou namorado (a) é de Deus


Será que meu namoro é de Deus? Será que Deus aprova o meu relacionamento com o fulano (a)? Estou tão em dúvida se devo ou não continuar esse namoro, se essa é a pessoa certa, pois não tenho uma resposta clara de Deus a esse respeito! Será que devo começar um namoro com aquele rapaz ou esperar outro?

Essas são algumas das dúvidas que recebo todos os dias pedindo aconselhamento. Realmente nem sempre é tão fácil sabermos, ou melhor, percebermos se aquele relacionamento é ou não da vontade de Deus. Porém, existem formas claras de avaliarmos isso sem qualquer revelação sobrenatural. Existem sinais que podem nos orientar a tomar melhores decisões sobre a nossa vida amorosa. Por isso, preparei 10 dicas que te ajudarão a avaliar se seu relacionamento ou futuro relacionamento é algo de Deus para sua vida ou não.

namoro-10-dicas-para-saber-se-seu-namorado-ou-namoro-e-de-deus

1-) Seu relacionamento ou parceiro te afasta de Deus?

Esse é um grande sinal a se observar. Tome muito cuidado quando conhecer alguém que, ao invés de te ajudar a crescer na presença de Deus, te guia para longe da presença de Deus. Será que Deus aprova um relacionamento com alguém que te leva para longe Dele?

2-) Seu relacionamento ou parceiro te incentiva a pecar?

Sabemos que existem muitas tentações envolvidas em um namoro e que um casal terá que vencê-las lutando bastante. Quando avaliar se seu relacionamento ou pessoa é de Deus ou não, tente avaliar se ele (a) te incentiva a pecar ou se está junto com você lutando para preservar a santidade do namoro. Uma pessoa de Deus te ajudará a se aproximar ainda mais do Pai, colaborando com a sua santidade e não te ajudando a destruí-la.

3-) O que seu futuro namorado (a) pensa sobre alguns assuntos importantes da vida?

Se ainda não começou a namorar ou mesmo se já estiver namorando, converse antes com seu futuro namorado (a) a respeito da opinião dele sobre assuntos importantes como sexo antes do casamento, sobre participar da igreja, sobre servir a Deus, família, dinheiro, etc. Alguns podem achar isso sem importância, mas esse cuidado pode te dar a direção a respeito de que tipo de pessoa você está pensando em seu relacionar. As respostas dele (a) te ajudarão a ver se ele (a) realmente é algo de Deus para você. Gosto muito do texto bíblico de Amós 3:3: “Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?”. É importante que o relacionamento seja bem claro quanto ao que cada um pensa para que andem juntos de verdade.

4-) Ele (a) é convertido?

Eu sou bem claro em meus aconselhamentos. Relacionamento entre crentes e não crentes não é algo que a Bíblia aprova. Já expliquei aqui no site a respeito do que a Bíblia diz sobre jugo desigual e também se convém ao crente se relacionar com pessoas de outras religiões. Antes de entrar em um relacionamento priorize a sua condição com Deus e não os seus sentimentos, pois sentimentos são enganosos. Use a razão. Muitas pessoas sofrem graves crises porque na área espiritual estão separadas de seus parceiros.

5-) Deus é o centro do relacionamento?

Um sinal muito importante que mostra se um relacionamento está nos caminhos do Senhor é a avaliação do lugar que Deus ocupa no relacionamento. Há casais que não oram juntos, que não buscam a Deus juntos, que não tem planos sobre a sua vida com Deus juntos. Deus simplesmente não faz parte do namoro. Com Deus no centro um relacionamento sempre caminhará na busca de glorificar a Deus em tudo. Mas se Deus não estiver no centro, eu me pergunto: para onde esse relacionamento caminha?

6-) O namoro está começando com objetivos futuros claros?

Para que serve o namoro que você está querendo começar ou que já começou? Qual o objetivo dele? Se o namoro não servir para uma evolução do relacionamento para um futuro noivado e casamento, talvez seja melhor que termine ou nem comece. Namorar só para passar o tempo, só para dizer que está com alguém não é algo que agrada a Deus. Bons relacionamentos têm planos claros que incentivem o casal a avançar, a construir sua vida juntos como homem e mulher e, claro, com Deus.

7-) Como ele (a) te trata como pessoa?

Já aconselhei muitas pessoas que tinham dúvidas se deveriam casar porque o namorado (a) as tratavam mal, fazia pouco caso delas e, às vezes, era até violento (a). A paixão cegava essas pessoas, que acreditavam que com o casamento ou com um compromisso mais sério essas pessoas as trataria melhor. Um engano! Fuja de relacionamentos com pessoas que não te respeitam. O motivo é claro: com o tempo e a maior convivência a situação tende a piorar ainda mais. Se ele (a) não te trata bem, não te respeita, é violento, com o tempo irá piorar ainda mais. O momento de sair desse barco furado é agora.

8-) Como é o comportamento dele (a) em casa com a família?

A nossa casa é o lugar certo para que se saiba quem nós somos de verdade, pois é lá que temos a maior liberdade possível. Um bom sinal para verificar se aquela pessoa é de Deus para você é observar as relações familiares dela. Pessoas desobedientes aos pais, rebeldes, egoístas, que não amam a sua família, certamente, são pessoas que devem ser evitadas por quem deseja um relacionamento de namoro e futuro casamento abençoado e saudável.

9-) Ele (a) tem objetivos de vida ou “trabalha” na VASP (Vagabundos anônimos sustentados pelos pais?

Tudo bem que a paixão e o amor são ingredientes importantes em um relacionamento, mas não são os únicos. Pessoas sem objetivos na vida vão empatar a sua vida. Fuja de relacionamentos com esse tipo de gente. Procure pessoas que tenham objetivos profissionais, pessoais e espirituais bem definidos. Esse tipo de pessoa vai te ajudar a crescer na vida em todos os sentidos e não te fazer andar para trás na vida.

10-) Como é o passado amoroso dele (a)?

Evidentemente ninguém é perfeito. Mas o passado de uma pessoa em contraste com o presente dela poderá nos mostrar muito se ela é alguém que busca não cometer os mesmos erros ou se gosta de cometer os mesmos erros. Um exemplo: se você deseja um namorado de Deus para sua vida e encontra uma pessoa que nos últimos anos teve vários relacionamentos, será que essa pessoa é para você? Você encontra alguém que teve vários relacionamentos curtos, sem duração, que largava uma pessoa e já estava com outra rapidamente. Alguém que já teve vários históricos de traição, etc. Enfim, avalie muito bem isso, pois você não quer ser mais um (a) nas estatísticas dessa pessoa, quer? E tenho certeza que Deus também não deseja que você seja mais um objeto que outra pessoa vai usar por um tempo e descartar.

CONCLUSÃO

Não adianta nada buscar uma pessoa e um relacionamento da vontade de Deus se você também não contribui fazendo a sua parte. Você é uma pessoa que passaria por todos os questionamentos acima? Evidentemente não existe pessoa perfeita, porém, as pessoas precisam estar em busca do crescimento. Você faz isso? Seja alguém que pode ser uma bênção na vida de outro e Deus vai abençoar seu relacionamento. Muitas pessoas são hipócritas com relação ao que querem. Querem, por exemplo, uma pessoa que as respeitem, mas não respeitam; querem alguém que tenha visão de futuro, mas nunca pensaram no que querem no futuro.

IMPORTANTE: Muitas vezes as pessoas procuram sinais extraordinários para terem uma direção de Deus em seus relacionamentos. Mas, como pudemos ver, existem sinais bem claros que Deus nos dá para tomarmos as melhores decisões sobre nossos relacionamentos. Às vezes Deus está nos mostrando a vontade Dele, mas nós não queremos vê-la.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.