Deus odeia o pecado, mas ama o Pecador



Deus odeia o pecado, mas ama o Pecador! 

Em primeiro lugar, quero dizer que esse "versículo" NÃO está na Bíblia!


Bom, galera, vamos lá...

O que a Bíblia diz?

"O Senhor prova o justo, mas o ímpio e a quem ama a injustiça, a sua alma odeia." (Salmos 11:5)

"Há seis coisas que o Senhor odeia, sete coisas que ele detesta:
olhos altivos, língua mentirosa, mãos que derramam sangue inocente,
coração que traça planos perversos, pés que se apressam para fazer o mal,
a testemunha falsa que espalha mentiras e aquele que provoca discórdia entre irmãos."
                                                                                               (Provérbios 6:16-19)


"Os arrogantes não são aceitos na tua presença; odeias todos os que praticam o mal." (Salmos 5:5)

O versículos falam de pessoas que praticam iniquidade, não de pessoas que cometem um deslize na caminhada.

Considero questionável a afirmação: "Deus ama o pecador, mas abomina o pecado!"
Seria o mesmo que dizer: "Eu odeio pedofilia, mas amo quem pratica a pedofilia". Eu sou capaz de amar uma pessoa que se arrependeu e abandonou tal prática...

Como desassociar o pecado do pecador?
Apenas quando há arrependimento e mudança de atitude!
Portanto, Deus ama a pessoa que saiu da condição de pecador por meio do arrependimento, ou seja, Deus não ama o pecador!

Deus "... odeia todos o que praticam o mal", ou seja, pecadores.

Deus não ama o pecador. Ele ama o homem e deseja ter uma relacionamento com ele, o que somente é possível por meio do arrependimento.

Muitas pessoas usam algumas frases como desculpa para permanecer em pecado. Apenas querem aliviar a dor e amenizar a culpa...

É mais cômodo viver de aparência, utilizando frases que demonstrem uma certa espiritualidade, mas que não nos livrarão da morte, tanto espiritual, quanto existencial.

O pecado tira a verdadeira razão do porquê estamos aqui e qual é a nossa missão como cristãos...

Nesse momento você pode se perguntar: Como vencer o pecado?

1º Passo

Admita-o, pois se você não o reconhece, não haverá porque lutar.
Admita que você foi e é fraco!

 "Minha graça é suficiente para você, pois o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza". (II Coríntios 12:9)

Perceba que não significa que viveremos em pecado para que o poder de Deus se aperfeiçoe em nós, mas significa que nos consideramos fracos e, então, dependeremos do Espírito Santo para nos santificar!

2º Passo

Olhe um pouco para trás e veja onde você deu legalidade ao diabo. "Esvazie a mochila" de tudo aquilo que o diabo possa te acusar.

"Lembre-se de onde caiu! Arrependa-se e pratique as obras que praticava no princípio..." (Apocalipse 2:5a)

3º Passo

Arrependa-se por não ter vigiado e ter dado lugar ao diabo.
Troque de fardo com Jesus. Faça uma troca... Entregue seu fardo a Jesus e Ele trará a Paz!

"Pois o meu jugo é suave e o meu fardo é leve". (Mateus 11:30)

4° Passo

Livre sua mente da culpa, deixando o passado para trás!

"esquecendo-me das coisas que ficaram para trás e avançando para as que estão adiante," (Filipenses 3:13)

Deixe seu pecado e não volte atrás!

5º Passo

Muitos dizem: "Nunca mais farei isso!" e, em seguida, repete o mesmo erro... Isso aconteceu comigo!

Entenda que você só pode garantir vitória sobre o dia que está vivendo, ou seja, precisamos vencer um dia de cada vez!
Determine a cada manhã que vencerá por mais um dia. Acorde e diga: "Eu vou vencer esse pecado por mais um dia, pelo sangue de Jesus!"

Nada pode nos impedir de viver em paz e longe do pecado, a não ser nós mesmos!

Por último, deixo o trecho de uma música bem conhecida: "É Fácil demais viver em paz, agente é que complica tudo".


Valeu, galera!


I João 1:9. “Se confessarmos os nossos pecados, ele é fiel e justo para nos perdoar os pecados e nos purificar de toda injustiça”

Provérbios 28:13 “O que encobre seus pecados não prosperará, mas o que as confessa e deixa, alcançará misericórdia”




    Blogger Comment
    Facebook Comment