Um Sábio notável pouco notado. Pv. 30: 1


“Palavras de Agur,... a Itiel e a Ucal” Provérbios, 30:1
Hubner Braz

          Imagine agora, você espiando o ismaelita Agur pela fresta da porta do seu escritorio, sentado numa cadeira feita artesanalmente com as madeiras do Líbano, a melhor da época, seus pés calejados fixados no chão, suas roupas envolvia o quadril como se fosse uma fralda, ou uma saia cheia de poeira do deserto. Por um momento ele eleva a sua mão sobre o rosto, cosa, e pensa, “Aquilo que escrevemos será lembrado”. Ele olha para as folhas de papiro na sua frente, pega a pena, molha no tinteiro e começa a escrever no papiro os primeiros rascunhos. Confesso que fiquei maravilhado, quando espiei o que estava escrevendo. Os meus olhos tiveram a possibilidade de ler palavras simples e de grande relevância nas entre linhas das folhas de papiro, li sobre o segredo da humildade, o aprendizado com coisas simples, o controle dos atos, o mistério da vida e como viver uma comunhão profunda e intensa na presença do Senhor.

          Muitos sábios são relatados na bíblia, eles se destacam pela grandeza, reinado, habilidade e a agudeza, eles tinham qualidades precisas para enfrentar com êxito as contingências da vida, quaisquer que sejam. Como por exemplo, Salomão, Jô e os três sábios de Edom, “- quem não conhece essa historia?” Também temos a Hemã e a Etã que são sábios de Canaã (1Rs 4.31), os conselhos da mãe do Rei Lemuel (Pv. 31.1-9), destinado para preservá-lo dos vícios e firmá-lo nos princípios da justiça ensinando a encontrar o seu pilar mais precioso a esposa ideal. Vale ressaltar que os livros apócrifos relatam sobre alguns sábios que eram contemporâneo na antiguidade, o mais conhecido entre eles é Aicar de origem assíria, (Tb: 22.17-23.11) e tem estreita relação com as máximas do faraó Amenemope “Amenemope foi o quarto faraó da XXI dinastia. Governou o Egito durante o Terceiro Período Intermediário entre 993 e 984 a.C.. Pensa-se que seria filho de Psusennes I, o seu antecessor. A sua mãe teria sido a rainha Mutnedjemet. Embora fosse faraó, assumiu o título de sumo sacerdote de Amon, o que seria uma tentativa de evitar a influência sacerdotal no estado. Foi sepultado num pequeno túmulo em Tânis, mas mais tarde a sua múmia foi movida pelo faraó Siamon para um túmulo mais digno, originalmente pensado para a rainha Mutnedjemet. A sua múmia foi encontrada num caixão de madeira colocado num sarcófago de quartzito amarelo.“.

          E se você perguntar: - Quem é este tal de Agur? O que ele fazia? Onde ele morava? Qual é a sua formação? Como é sua família? Fui muito questionado sobre este Sábio nos meses que antecederam esse livro.

          O seu nome significa colecionador, ele nasceu numa região remota na parte oriental do Jordão à aproximadamente 1000a.C. exatamente em massa. Massa é uma cidade localizada ao norte da Arábia, (Gn 17.20). Oriundo de uma família pobre relegada aos tributos daquela cidade (Ec: 4.13 / 9.15-18), sua mãe a Jaque era descendente de Ismael, filho de Abraão, Ela sabia instruir o menino no caminho que deveria andar (Pv: 22.13), este menino pouco notado, mais tarde nós iria revelar através das suas palavras que era um sábio notável que deixou jóias significativas de sabedoria em apenas um capitulo do livro de provérbios.

          Hoje percebemos que a vários estudos acerca do livro de provérbios, também vemos estudos sobre a pessoa de Salomão e o rei Lemuel, mais pouco se fala de Agur. Varias traduções bíblicas mostram até controvérsias acerca da tradução do primeiro versículo, e alguns estudiosos incluindo Perdue defendem que o autor foi Salomão e não Agur. Não quero ignorar os estudos deles baseando em outras traduções e nem me extender sobre outros significados acerca do nomes Jaque, Itiel, Ucal, Massa e oraculo. sabendo que a escrita hebraica é um pouco obscuro, levando a varias possibilidades de tradução da palavra. Considere a base biblica nas traduções de João Ferreira de Almeida "Revista e Corrigida, edição 1995, tradução Nova Versão Internacional (NVI) e da biblia na versão King James Version, considerada uma das mais fieis traduções da biblia.

          Entre os sábios da época, Agur era considerado uma formiga perante os batalhões de Saúvas, mais conseguiu destaque por ter uma qualidade simplesmente indescritível. E olhe que a escola que ele freguentava não era semelhante a de Moises, um academico nas escolas egipcias, nem nas escolas do profeta Eliseu a beira do rio Jordão, muito menos a escola que Paulo estudou com o sábio Gamalieu. A escola dele chama-se Vida. Com o auxilio do Espirito Santo, ele soube reconhecer o seu poder limitado perante o Poder ilimitado de Deus.

          Podemos ter a mesma simplicidade e clareza nesta vida passageira. Deus com sua infinita misericórdia e poder concedeu a cada um de nós a oportunidade de adquirir a Sabedoria. Você quer saber como? a bíblia relata que “o temor do Senhor é o principio da sabedoria”, bem verdade é que existem vários estudos, estilos e graus de sabedoria pelo mundo mais a única sabedoria genuína vem do alto. (Tg. 1.17, 3.17)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.