Cronicas ao avesso - Sá de Barros


"O segredo do êxito na vida de um homem está em preparar-se para aproveitar a ocasião, quando ela se apresenta." - Disraelli

          Este foi mais um livro do escritor e amigo Sá de Barros que compartilho com a minha mente e meu coração, na verdade é o quarto livro que leio dele. Vejo momentos nas entre linhas do livro que são relevantes para nossa vida cotidiana, ao ponto, de despertar uma pessoa do sono "morinbundo". O livro começa com reencontros entre amigos e uma descrição aplausiva do livro "Meus amigos... e seus porens" (o primeiro livro do autor), mas o surpreendente está no final do livro, onde termina com um comentario profundo sobre o dia da morte e as reflexões que traz neste evento marcante que todos irão passar (menos aqueles que forem arrebatados. é claro!).

          O que me chama bastante atenção neste livro está no segundo capitulo "Um mundo quase perfeito" o meu amigo faz uma descrição da fabula de Monteiro Lobado, onde conta que tinha um certo cavaleiro que matava as mutucas(moscas que alimentam-se de sangue) que pousavam no lombo do cavalo, detalhe ele só matava as mutucas grandes, no meio da viagem o cavalo diz "julgas que me prestas um serviço e no entando..." O cavaleiro ao ouvir a reclamação do cavalo ele fica injuriado, pois o cavalo não demostrava gratidão pelas mutucas que ele matava. Até que o cavalo se explica, "brnrficio seria se matasses as magras e poupasse as gosdas. Pois as gordas fartas que estão, nenhum malefício me fazem, ao passo que as outras, famintas, torturam-me sem dó".

          A grande lição tirada desta fabula é que não são todos que reflete nos seus atos ou obras praticados no dia-dia.

          Meu amigo Inácio Dantas já dizia... "Seja verdadeiro nos seus atos!
          Desde o mais pobre ao mais rico ambiente, quando o momento for de seriedade, mostre equilíbrio, compostura, integridade. Não deixe que em você depositem o olhar da desconfiança. A moral de um homem é depreciada quando sua palavra é falsa e a sua conduta é duvidosa. Tudo que é feito com falsidade é efêmero, desprezível. A falsidade é como a escuridão que dissipa-se ao primeiro raio de luz, a luz da verdade. 
Seja condutor de atos verdadeiros! Quem tem atitudes verdadeiras é respeitado, conceituado, valorizado. Naquele que repousa a verdade desperta o caráter imáculo. A verdade é uma árvore frondosa. Ventanias vêm, envergam seu tronco, mas sempre se mantém de pé. Suas flores são belas, seus galhos rígidos e suas raízes indestrutíveis!" 

          Seja uma pessoa equilibrada nos seus atos, pense duas ou  três vezes antes de agir. lembre-se que, com uma faisca você pode incendiar uma floresta. Agora querem saber se devem comprar este livro?? Sim devem, este livro é rico em literatura  brasileira e lições da vida.

Até a proxima,

Hubner Braz
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. Caro amigo Hubner

    Seu texto nos questiona a compreender melhor o significado dessa palavra refletir!Se pensamos rápido responderemos é o ato de pensar.fácil né,dar uma resposta pronta,mais há muito mais.Refletir nos leva a fazer retroceder,desfiando da direção inicial,meditar e espelhar-se.São uns dos significados que o dicionário nos apresenta.Particulamente acrescentaria que consiste em pensamos organizadamente com prudência.Como mensiona no texto acima...A grande lição tirada desta fabula é que não são todos que reflete nos seus atos ou obras praticados no dia-dia.
    creio que refleti melhor quem é ponderado,que se permite a viver a escolha pela verdade.
    Sabemos que a verdade nos liberta.O equilíbrio consiste em refletir e viver a verdade,ser saudável tanto no físico quanto no psíquico.
    Esses são elementos primordiais para se fazer boas reflexões no nosso dia-a-dia.

    Que a sabedoria que habita em te,ilumine as almas sedentas por reflexões as suas escolhas diárias.
    Fico por aqui aguardando uma nova postagem!

    Carpe diem

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.