Não acredito, ela vai casar (Confissões antes das Bodas da Galiléia) 2°Parte

-->
...Então, o que devo fazer?

Escrevi um bilhete para ela, disse-lhe como me sentia. Eu disse, "M, eu acho que isso é um erro. Eu sei que não é o momento para dizer isso, mas eu não tenho um bom pressentimento sobre o seu casamento."

Eu a conheço muito bem. Na infância brincávamos no parquinho da inocência. Na juventude bem..., teve um dia memorável, foi na festa do último ano na escola de profetas. Ela passeou ao lado deixando para traz o cheiro envolvente que de tal maneira não pude resistir. Desejos afroraram no meu ser, a pele arrepiou, a respiração acelerou, os olhos se fecharam e as defesas caíram...

Sei que somos amigos, mais naquele dia me senti fraco, molhei os lábios e fui...

A essa temperatura, a essa intensidade que faz com que tudo se encaixe perfeitamente: as mãos, o corpo, a boca..., fez sentir-nos desarmados e entregamos sem resistência a uma intimidade profunda. Os nossos sentidos ficaram alterados, e ainda que não possa dizer a realidade, ela sentiu a verdade do meu sentir. Foi à primeira e última noite, tudo recíproco, os nossos olhares se hipnotizaram e as minhas mãos fortes deixaram marcas como lembrança na sua pele... Quando acordei, ela estava lá, mais era a minha amiga, a minha melhor amiga.

As nossas experiências vividas... Através do amor, através das briguinhas (que por sinal era numerosa), através das tristezas, através de erros bobos, através das brincadeiras (inclusive as intimas). São inesquecíveis. É triste pensar que vou vê-la passar por outra fase na vida.

Ela é a metade que me completa. Eu nunca amei alguém assim, com a força com que eu a amo. É inevitavel pensar, como eu vou dar a minha “melhor amiga” a um homem que mal conheço? Que nem ao menos sabe uma fração das coisas que eu sei sobre ela?

Eu a amo. Tudo gira em torno do inesperado, do imprevisível. Já é tarde da noite, e aceitarei o pedido de ajuda-lá nos preparativos. Ela não tem idéia do que é necessário para realizar um casamento. Eu também não, mas é algo que estamos fazendo juntos. Esquecerei a tristeza, e a ajudarei. E mesmo que eu não sei o real valor deste casamento, eu estarei ao lado dela para sempre.

(Se ela pudesse me ver agora..., lagrimas deslizam no meu rosto... "a vida pode nós derrubar, mais a decisão é nossa de levantar ou não". Eu levantei!)

JC.
Texto Base: Jo 2.1-12 (Uma História de Ficção)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 Milhões de Confessos:

  1. Nossa é uma situação angustiante, acho que amar o melhor amigo(a), saber que é a pessoa certa para ti e de repente ele ou ela se casa com outro. Isso não me traz boas recordações confesso. =/

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.