Não sei viver sem você - Confissões de Ana à Elcana (1°Parte)


Ontem de manhã quando eu acordei ainda estava chateada. Então eu decidi parar de pensar nele e ir na sua casa. Eu ia gritar, berrar, bater nele, fazer-lhe sentir uma merda. Tinha tudo planejado. Fui até sua casa e toquei a campainha. 

Ele abriu a porta com um olhar surpreso no rosto. "Oi...?" disse ele, e me deu um abraço. Porra, eu pensei. Por que ele tem que me abraçar? Senti-me desarmada. Eu não podia gritar ou chorar ou ficar zangada com ele. E tudo isso, por causa da tamanha influência que ele tinha sobre mim, isso é perturbador.

Ficamos na varanda e tivemos uma conversa longa. Não me lembro de tudo exatamente, mas disse-lhe quão horrível me fez sentir às vezes. Como eu me senti quando ele me substituía pela sua namorada em sua memória. Gostaria que ele tivesse novas memórias, não esquecendo as antigas também.

A certa altura comecei a chorar e por impulso o seu corpo se juntou ao meu confortando com um abraço. Então ele me disse, que a uns tempos atrás, eu também o fazia se sentir uma merda. Pedi para que ele contasse o que eu fiz de errado e porque estava com raiva de mim.

Então, ele retirou tudo que estava no seu peito, tudo saiu mesmo. Ele estava à beira das lágrimas. Ao retirarmos toda a raiva para fora, as coisas ficaram mais calmas. Nós falamos sobre como nós gostamos um do outro, como ele está com medo reatar o nosso namoro, porque ele não queria se machucar novamente.

Enquanto conversávamos, pairava no ar um tipo de flerte recíproco, gosto de provocar fazendo cócegas no seu pescoço. Em um ponto eu coloquei minha mão sobre o peito, à direita no coração. Percebi um ligeiro batido e soltei um pequeno riso.

 “O quê?” Ele perguntou...

Continua...  (Uma História de Ficção) (1Sm:1.1-28)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 Milhões de Confessos:

  1. Perfeito! Ai... Sim. São situações similares, estou falando de mim. Parabéns.

    ResponderExcluir
  2. Rebeca Obrigado pelo elogio. Volte sempre.

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.