Que Decisão Devo Tomar? - O Bilhete de Rute e a decisão de Boaz.

Recebi este bilhete hoje, eu estava chegando à minha casa e abri a caixa dos correios, quando me deparei com a confissão da minha amiga mui especial. E estava escrito assim...

[Sei que somos amigos. Mas várias vezes, quando estou na tua casa, eu tenho dormido entrelaçada com você. Rostos colados, até mesmo boca a boca, só sentindo sua respiração na minha pele. Sabia que não iríamos mais longe que isso.

Amei a nossa caminhada depois de um vertido verão, e eu podia sentir o vapor quente ascendente das ruas. Agora, esta noite, eu durmo sozinha. É talvez saudável, porque quando eu estou colada em você eu mal posso dormir.

Passei a noite inteira em chamas, ardendo em meio ao silêncio na maior parte do tempo. Exceto quando você me puxava para perto e passeava o seu nariz suave próximo ao meu pescoço descendo aos meus seios fazendo movimentos para cima e para baixo. Exceto quando você me pegava próximo a saliência do quadril e apertava seus dedos aprofundando em minha carne, sentia arrepios eletrizantes por todo o meu corpo. Exceto quando você me pegava de jeito, deslizando seus dedos pela minha espinha até arrepiar a minha costa, “que friozinho”. Exceto quando seus lábios encontravam a parte de trás do meu pescoço e você sussurrava sobre o quão bom é meu cheiro. Essas são as vezes que as chamas dá lugar a uma descida fumegante de prazer e tudo o que posso fazer é esperar para tirar uma soneca ansiando a calmaria do dia seguinte.

Agora não sentirei nada, não hoje. Você está lá e eu estou aqui. Eu nunca poderia dizer isso, mas todas as noites, eu sinto falta do seu corpo aquecendo o meu, e para saciar a sua falta eu tenho que apegar as almofadas e abraçá-las, só assim consigo adormecer. Infelizmente nós somos apenas amigos, e tenho certeza que você dorme bem sem mim.]

Confesso que ela me surpreendeu, não sabia que as nossas brincadeiras infantis levassem a algo tão profundo, e agora estou confuso, não sei o que fazer em meio à turbulência da minha alma, do meu coração e da minha vida. E agora... Que decisão tomar? Que decisão tomar?

- Boaz (O bisavô do rei Davi)
Texto Referência: Rute: 3.7-15 (Uma história de ficção para os dias atuais)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 Milhões de Confessos:

  1. Todos nos sabemos que Rute durmiu com Boaz antes do casamento e não ficaram contato sexual porque o livro dela diz que ele a conheceu quando casaram. Então fica um suspense no ar. O que eles fizeram no verão passado? Parece ate nome de filme mas aconteceu e poderia acontecer com você tambem.

    Peco descupas pelos erros ortográficos porque não estou escrevendo do meu PC e sim do Celular.

    Desejo pra ti um ótimo fim de semana.

    Bjss

    ResponderExcluir
  2. ERRATA: Em vez de "ficaram contato" lê "tiveram contato"

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.