Término de Namoro - Confissões de Mical à David



Está tudo terminado entre nós, tomei está decisão porque sabia que seria colocada em segundo plano. Você comprou um lindo cavalo, foi em minha casa mostra-lo. Convidou-me para cavalgar pelos campos verdes e áridos, e mesmo não me sentido bem eu aceitei o seu convite.

Você sabia de tudo, de tudo mesmo. Até dos problemas de saúde do meu avô.  E lembro como hoje, a sua resposta rude e fugaz. Será que a sua resposta rude tem a ver com o outro lugar que queria me levar e eu neguei... Ou será por causa da sua idolatria ao seu animal de locomoção... Ou será mais ainda, porque eu tentei me desabafar com você... Sinceramente, não compreendo. Quando eu disse que não estava me sentido bem, eu não agi com atitudes hipócritas e nem tão pouco fui demagogas. Eu estava expressando o que sentia. Mas você não me compreendeu, disse que eu só pensava no meu avô, nos meus problemas, em mim.

Mas olhe bem pra minha situação, eu não estava preparada psicologicamente para mais uma aventura. Naquele momento eu queria apenas desabafar com alguém. E esse alguém que eu achava que era, na verdade era a pessoa errada que eu achava. Você me deixou em casa, e grosso como foi disse “adeus”.

Tudo por causa do seu cavalo novo “Seu primeiro plano”, tudo por causa de um convite negado “Sua decepção”, tudo por causa dos meus problemas particulares que eu queria partilhar com você “Sua rejeição”. Por isso tomei esta decisão, pois você não é capaz de viver a dois. Definitivamente, você não está preparado para repartir o mesmo pão, o mesmo papo e a mesma cama.

Faz duas semanas que estamos separados, e eu vou ser sincera com você. No meio deste período percebi que não sinto a sua ausência, não sinto saudades, não sinto nada por você. E conclui que: “Se você não foi capaz de me completar, muito menos sentirei a sua falta em minha vida”.

Agora, sinto-me leve, livre e solta. Leve deste fardo pesado que tu fosses; livre deste namoro que me aprisionava e solta para uma nova aventura que surgirá em breve e o melhor de tudo, sem você.

Mical (Filha de Saul)
(Uma História de Ficção)

Referencia: 1Sm 25.42-44 “Abigail logo montou num jumento e, acompanhada por suas cinco servas, foi com os mensageiros de Davi e tornou-se sua mulher. Davi também casou-se com Ainoã, de Jezreel; as duas foram suas mulheres. Saul, porém, tinha dado sua filha Mical, mulher de Davi, a Paltiela, filho de Laís, de Galim”.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.