Você ocupa um grande espaço dos meus pensamentos.


Foi um grande erro. Por que não consigo parar de pensar em você? Tudo isso... Um erro que consome meu juízo, você havia me cativado e fascinado pela situação.

Quem diria que uma boa menina mostraria o seu potencial debaixo dos lençóis, você foi muito além do eu imaginava. No transpirar do seu corpo ativavam os meus desejos insanos, atos irresponsáveis não conseguiam anular a sua responsabilidade e confiança diante da situação.

Seria incoerente perguntar se, “Você me teve por inteiro”? - Porque você me teve!

Eu estava atraído por você como uma droga e desde a primeira noite que passamos juntos, eu fiquei viciado. Você era a fuga perfeita, você me libertava da timidez, aspectos prazerosos da realidade nos consumiam.

Gostaria de realizar novamente o que pra mim parecia um sonho. Quando tocou e vi o seu nome no meu celular, acendeu a esperança de vê-la. Fui ao lugar onde te encontrei pela primeira vez.

Tudo começou tão inocente, as medidas tinham limites, um romance comum em ascendência, tudo era mágico.

Foi então que você quebrou meu coração e me fez tornar um outro homem, obrigou-me a desafiar todas as regras escritas da irmandade e da decência. Eu não sabia do seu caso... Caí numa rede bem tecelada.

Com esta nova informação eu tentei ficar longe de você e ser maduro sobre o que tinha acontecido ignorando o fato de que você me usou, o fato de que havia se aproveitado da minha ingenuidade, das minhas confissões.

Só que, em todo lugar que eu olhava você se encontrara, em todo lugar que eu ia você estava lá para me seduzir, na verdade, me enrolar com promessas vazias e falas doces.

Por que você disse que eu era o cara certo? Por que você disse que eu era uma das pessoas mais fascinantes que já conheceste? Sabe no que isso se transformou... Transformou em círculos inúteis e dolorosos.

Se você quisesse não me machucaria, mas você não me deixou ir. Você me iludiu de tal maneira que eu fiquei estagnado, acreditando na sua idéia insana, acreditando que era apenas um passeio.

Até hoje eu ainda não sei se acertei, não sei se fiz o certo de convidá-la pra sair.

Será minha a culpa? O que eu poderia ter feito pra evitar isso? Vou passar anos contemplando aqueles momentos prazerosos, ou poderia ser aquela burrada que fiz.

O fato é que aprendi, e isso tem me feito crescer a cada dia - você tirou minha inocência e me deixou nu.

As coisas têm sido difícil ao longo desses anos, o incrível é que você ainda obtém um grande espaço em meus pensamentos e eu necessito apaga-los.

Se eu conseguisse apagar meus pensamentos... Seria como uma conclusão final a este capítulo na minha vida que sempre me tormenta.

Então é isso. Estou decidido em lhe dizer adeus, e que você seja feliz com está pessoa. Considere isso como um perdão.

Pena que eu deixei você me machucar, e o pior que isso voltará a acontecer.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

5 Milhões de Confessos:

  1. 'Se eu conseguisse apagar meus pensamentos... Seria como uma conclusão final a este capítulo na minha vida que sempre me tormenta.'
    Uauuu,gostei desse trecho,vou guardar comigo!
    Triste quando não temos força para lutar contra o que nos machuca...
    Lindo fim de semana pra ti!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. olá,

    Amei seu blog, adorei os posts...
    vou voltar mais vezes para continuar lendo.. rsrs
    e vou por o link no meu blog tbm...
    Parabens!!!
    bjo

    http://mundodeluu.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. oi, adorei seu texto, me deu até umas idéias aqui. Dê uma olhada na minha ultima postagem, fique a vontade.
    http://otaviomsilva.blogspot.com/2011/05/apredendo-com-o-coracao.html

    Forte abraço. Otávio.

    ResponderExcluir
  4. oi, adorei seu texto, me deu até umas idéias aqui. Dê uma olhada na minha ultima postagem, fique a vontade.
    http://otaviomsilva.blogspot.com/2011/05/apredendo-com-o-coracao.html

    Forte abraço. Otávio.

    ResponderExcluir
  5. Oi,
    Estou repassando para os seguidores do Blog *E Ai?! Vai Ficar Nessa!?! o novo endereço, ele mudou de nome e casa!
    *Entre Lã & Off!
    http://entrelaeoff.blogspot.com/

    Abç!

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.