Às vezes - Confissões de Pedro, O apóstolo


Às vezes parece que estou pregado numa cruz, espremido firmemente entre a madeira e a minha clavícula. Delicadamente uma dor surda se espalha por todo o meu peito sufocando a minha garganta...


Essa sensação, as vezes, acontece a qualquer momento e lugar, muitas vezes quando estou sozinho, embora ocorra também em torno de outras pessoas.

Parece que eu estou estalando por dentro, minha respiração fica mais fraca, todos os meus músculos se enrijecem, meu estômago se transforma e um cansaço crônico que rola ao longo do tempo. Tudo que eu quero fazer é rastejar debaixo da minha cama e fingir que chegou uma nova era glacial.

Às vezes, e graças a Deus, só às vezes.

Mas,

Às vezes eu sinto falta de nós, é como aquilo que poderia se tornar eterno e crescer junto.

Pedro, O apostolo (sem dormir)
[Uma História de Ficção]




“E Pedro o seguiu de longe, até ao pátio do sumo sacerdote e, entrando, assentou-se entre os criados, para ver o fim.” (Mateus 26:58)
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.