Atenção, Jovens! Não Namore Um Cristão…


se o único critério que este cristão preenche em sua vida é o de estar enquadrado no mandamento bíblico que condena o jugo desigual (2°Coríntios 6.14-18): seu namoro produzirá um jugo de sofrimento, mesmo ao lado de um cristão – simplesmente porque ele não significa nada além disso para você;

se esse “cristão” é apenas um frequentador de Igreja, sem vida com Deus – aliás, nem dá para chamar uma pessoa assim de cristão – seria a mesma coisa que namorar um incrédulo e você estaria sujeita ao jugo de alguém não regenerado;

se, apesar deste crente ser um verdadeiro homem de Deus, não há amor entre vocês – não basta apenas um homem e uma mulher de Deus para construir um relacionamento feliz: é necessário que eles se amem;

se sua decisão está baseada no que ele faz ministerialmente (louvar, pregar, exercer dons espirituais), mas deixa de considerar a pessoa por trás da ministração;

se você deseja fazer de seu namorado não um companheiro, mas uma muleta espiritual, desonerando a si mesma de uma vida de crescimento e comunhão com o Senhor;

se você está fazendo isto apenas para fugir da solidão ou de seus problemas (namoro não é terapia ocupacional);

se este cristão, que você pensa em tornar seu namorado, não for capaz de te aceitar, respeitar, compreender e te fazer bem;

se este cristão for incapaz de ser seu melhor amigo e vocês forem incapazes de conversar e desabafar sobre todos os assuntos.

Ou seja, moça: tem de ser mais que crente.

Tem de ser mais do que alguém que evita jugo desigual.

Tem de alguém capaz de, lado a lado com você e com o Senhor, construir um relacionamento abençoado e abençoador!

Fonte: Vitor Gadelha.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 Milhões de Confessos:

Postar um comentário

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.