Um dom: ser amado por você. - Confissões de Salomão para Sulamita!

Sulamita,

Eu devia ter adivinhado que ficaria em apuros, quando congelei meu olhar no seu olhar. Tornei-me seu escolhido; no meio de tantos olhares e como uma corça a beira mar, você me escolheu, e fiquei perdido...

Não lembro quando me descontrolei, quando eu caí em sua feitura, mas lembro detalhes do jeito que fitou os seus olhos em mim, do jeito que me deixou toca-la, no dia que não havia mais ninguém na sala, mas ninguém, só eu e você.

Você costumava pegar minha mão, deslizar os dedos na sua pele, seus seios eram fartos, mas eles se encaixavam perfeitamente, e nós éramos perfeitos. Envolver-se em torno de ti era preciso, saborear este sentimento era prazeroso, você ficava tão segura em meus braços, tão invencível. Eu podia sentir o amor divino nos engolir, nos asfixiar e proteger dos perigos do mundo, nos se completava na presença de Deus.

(…) depois de tudo você me deixou. Você partiu, mas ainda permanece aqui a presença do seu odor.

Sinto falta das carícias, beijos, cheiro, tudo. Às vezes, tarde da noite, ainda posso sentir você dormindo ao meu lado, ainda posso sentir o seu calor e é como se você estivesse aqui, em casa, me envolvendo, num rito primaveril.

Às vezes, falávamos em diferentes idiomas, era um sorriso, um toque, um olhar, tudo traduzia em palavras. Perdíamos a noção do tempo, juntos, invencíveis tornamos.

Lembro-me da vez, que você me deixou num constrangimento gostoso, estávamos como crianças, sentados na calçada de casa. Foi no começo, e eu bem me lembro, eu lembro o quanto eu queria te dizer que te amava, mas me sentia apavorado e em vez de dizer, só saia sorrisos espontâneas dos meus lábios. Mais tarde, criei coragem e em sigilo confessei o meu amor por você, mas isso não durou por muito tempo. Você viajou, foi alem das fronteiras, pro outro lado do mundo. Mesmo assim desejava que todos soubessem que eu era seu, esse garoto, que te amava, que eu era a melhor coisa preparada por Deus pra você.

Meses depois, mesmo longe, nós ainda estamos juntos. Temos crescido e aprendemos muito. Bem que gostaria de atravessar o mar para estar com você, gostaria de lutar contra ursos e leões para te proteger.

Você é a melhor coisa que poderia ter acontecido, um presente de Deus. Nosso amor é um mistério, é um dom, ser amado por você, é um dom.

Eu sei minhas limitações, mas sempre estarei aqui, bem ao seu lado, bem certo que pertenço a você.

Atenciosamente,

Salomão filho de Davi (Uma história de Ficção nos moldes da atualidade)


Texto Base: Cantares de Salomão: 7.10 “Eu pertenço ao meu amado, e ele me deseja”.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. Não esqueçam de participar da promoção #PecadoresConfessos

    =D

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.