Ao Novo Amor - Confissões de Felipe, o apóstolo.

“O amor que você tinha para o seu ex "o mundo" não é o mesmo com um novo alguém, cada amor é diferente. Eu acho que os amores podem tornar apenas “inativos”, não se pode excluir alguém que você realmente amou. É quase como uma roda de amigos, você pode simplesmente ignorar seu amigo, mas nunca excluí-lo. Se você quiser e for à hora certa você poderá reativar, mas as páginas da vida foram alteradas e isso você tem que aprender a lidar.”

Eu realmente pensei que você fosse o amor da minha vida. E talvez, no futuro, possamos estar juntos novamente. Então eu inativei você, tentei enterrar os meus sentimentos por você. Porque tenho o direito de saber o que realmente você sente por mim, mas deste que te aceitei não consigo abandonar o meu novo amor, você...

Para sempre seu,

Felipe, o apostolo (Uma História de Ficção)

Referência: Em fim, antes da Última Ceia (Jo 14,8), Felipe pede: “Senhor, mostra-nos o Pai e isso nos basta”. Jesus lhe responde: “Há tanto tempo estou convosco e tu não me conheces, Filipe? Quem me vê, vê o Pai”.
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

2 Milhões de Confessos:

  1. Lido seu texto:
    "eu inativei você, tentei enterrar os meus sentimentos por você. Porque tenho o direito de saber o que realmente você sente por mim"

    Super tocante!!!

    ResponderExcluir
  2. Camila,

    Amo a sua presença aqui neste espaço de confissões. Estou devendo uma visita no seu blog e mais uma vez, obrigaduuuu...

    bjs

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.