Influente blogueira americana abandona ateísmo e começa a acreditar em Deus





O portal Patheos é uma espécie de território livre na internet onde colunistas e pessoas podem transitar de um lado para outro, escrever e dialogar sobre questões de fé ou da falta dela de maneira respeitosa.

Uma das blogueiras (até recentemente) ateias era Leah Libresco, cujo blog se intitula “Unequally Yoked” (“Jugo Desigual”), e que se apresentava como alguém que queria entender a religião mesmo não aceitando a existência de Deus, mas ao mesmo tempo criticava os ateus que, segundo ela:
Muitos ateus se concentram em refutar evangélicos – afinal, eles tendem a ser a maior ameaça política – mas eu tenho mais problemas em encontrar pessoas que se interessam por ideias mais sofisticadas. O ateísmo gasta muito tempo jogando na defesa, então eu tenho ainda mais problemas em encontrar livros e blogs falando sobre o que nós deveríamos acreditar em vez do que rejeitar.



Parece, entretanto, que algo mudou radicalmente na forma como Leah entende o mundo e a fé. No último dia 18 de junho ela publicou seu último texto na porção ateísta do Patheos, e seu blog automaticamente migrou para a seção católica do portal.

É que Leah se converteu ao catolicismo, aceitando a existência de Deus, ainda que assuma que tem algumas questões pendentes com a ortodoxia cristã, que terá que lidar futuramente.

Segundo a blogueira, sua conversão se deu quando ela percebeu que tinha um forte instinto moral e que nenhuma filosofia conseguia dar suporte ao seu pensamento sobre a questão.

As melhores respostas ela encontrou em Santo Agostinho, São Tomás de Aquino, C. S. Lewis e G. K. Chesterton, e aí ela percebeu que aquilo que ela reverenciava como Moral era na verdade Deus.

O relato da conversão de Leah, que foi influenciada pelo seu namorado católico e aparentemente se processou de maneira suave apesar da radical mudança da descrença para a crença, está publicado em inglês no seu blog.

De qualquer maneira, é preciso muita coragem para um ateu assumir que se converteu, principalmente quando a pessoa se expõe publicamente como “água”, mas de repente se transforma em “vinho”.

Seja feliz, Leah Libresco!

Hélio Pariz  
Leia Mais em: Genizah
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 Milhões de Confessos:

  1. Hubinho, teu blog tá muito legal, tenho lido algumas matérias aqui. Tá sumidão, hein? Vê se aparece. Estamos tendo bons debates teológicos na logosemithos.blogspot.com (que você já segue). Quando tiver um tempinho, aparece pra tomar uma cerveja...ops, será que pecador confesso pode beber cerveja?? rsssss

    abraço.

    ah, achei interessante a matéria. Todo mundo pode mudar de opinião; assim como muitos crentes se tornaram ateus, alguns ateus tem se tornado crente. Cada um deve buscar a visão de mundo que lhe satisfaz.

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.