Pastor Marco Feliciano pretende processar Xuxa por declaração no facebook criticando ele.


O presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), pretende processar Xuxa Meneghel.

Eleito para o cargo na última quinta-feira (7), o deputado e pastor evangélico provocou protestos em todo o país. Ele é acusado de ser racista e homofóbico, e responde a dois processos no STF (por homofobia e estelionato).

"Sobre o que disse Xuxa, minha assessoria jurídica prepara o processo. Durmam em paz", escreveu o pastor em seu perfil no Twitter no domingo (10).

Indignada com a eleição de Feliciano para presidente da Comissão dos Direitos Humanos, Xuxa Meneghel se pronunciou em seu perfil no Facebook, na última sexta-feira (8).



Indignada com a eleição de Marco Feliciano para presidente da Comissão de Direitos Humanos, Xuxa se manifestou em seu perfil oficial no Facebook.

"Vamos fazer alguma coisa!", instou aos fãs. "Meu Deus. Eu tava lendo agora sobre esse 'pastor'. Que Deus nos ajude, gente! Socorro!"

"Esse 'deputado' disse que negros, aidéticos e homossexuais não têm alma", se indignou a apresentadora. "Existem crianças com AIDS. Para este senhor elas não tem alma?"

"E hoje tá nos jornais que ele ainda, durante uma pregação, disse a um fiel que doou o cartão, mas não a senha, e que 'aí não vale'. Todo mundo sabe o quanto eu respeito todas as religiões, mas esse homem não é um religioso, é um monstro. Em nome de Deus ele não pode ter poder", pediu Xuxa. "Como vamos nos proteger desse tipo de pessoa?"

"Esta pessoa não pode ser presidente da Comissão de Direitos Humanos. Ele não pode ter este espaço para usar, pisar e denegrir o ser humano", encerrou.

O deputado federal Marco Feliciano (PSC-SP), que é pastor evangélico, foi eleito ontem presidente da Comissão dos Direitos Humanos e Minorias da Câmara.

Manifestantes protestaram em Brasília, alegando que Feliciano é racista e homofóbico. Diversas declarações polêmicas do deputado foram trazidas à tona para comprovar as acusações. Ele é alvo de dois processos no STF.

A apresentadora pediu aos fãs que se unissem para "fazer alguma coisa" a respeito da eleição do deputado, que teria dito que "negros, aidéticos e homossexuais não têm alma."

"Existem crianças com Aids. Para este senhor elas não tem alma?", questionou Xuxa.

"Todo mundo sabe o quanto eu respeito todas as religiões, mas esse homem não é um religioso, é um monstro. Em nome de Deus ele não pode ter poder", disse a apresentadora.

Procurada pelo "F5", a assessoria de Xuxa ainda não comentou o caso.

Fonte: F5
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.