Lição 7: A Queda do Ser Humano - 16 DE FEVEREIRO DE 2020 - EBD adulto - CPAD

Texto Áureo "Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos o...


Texto Áureo
"Pelo que, como por um homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, por isso que todos pecaram." (Rm 5.12)
Verdade Prática
Ao pecar contra Deus, o homem perdeu o completo domínio sobre a criação e tornou-se vulnerável à morte; em Cristo, porém, temos o Reino e a vida eterna.

Leitura diária
Segunda - Gn cap. 3: A história da queda
Terça - 2 Co 11.3: A estratégia de Satanás
Quarta -1 Tm 2.14:  Eva é enganada por Satanás
Quinta - Jo 8.44:  O Diabo é o pai da mentira
Sexta - Rm 5-12:  Adão, o responsável pela queda
Sábado - Rm 6.23: A consequência da queda

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
Gênesis 3.1-7
1 - Ora, a serpente era mais astuta que todas as alimárias do campo que o Senhor Deus tinha feito. E esta disse à mulher: É assim que Deus disse: Não comereis de toda árvore do jardim?
2 - E disse a mulher à serpente: Do fruto das árvores do jardim comeremos,
3 - mas, do fruto da árvore que está no meio do jardim, disse Deus: Não comereis dele, nem nele tocareis, para que não morrais.

4 - Então, a serpente disse à mulher: Certamente não morrereis.
5 - Porque Deus sabe que, no dia em que dele comerdes, se abrirão os vossos olhos, e sereis como Deus, sabendo o bem e o mal.
6 - E, vendo a mulher que aquela árvore era boa para se comer, e agradável aos olhos, e árvore desejável para dar entendimento, tomou do seu fruto, e comeu, e deu também a seu marido, e ele comeu com ela.
7 - Então, foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais.

HINOS SUGERIDOS: 192, 334, 471

OBJETIVO GERAL
Conscientizar acerca da gravidade da queda do ser humano.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.
I - Relacionar o livre-arbítrio com a soberania divina;
II - Apresentar a Queda como um evento histórico e literal;
III - Pontuar as consequências da queda de Adão.

• INTERAGINDO COM O PROFESSOR

Alguma coisa deu muito errado com a natureza humana. A Palavra de Deus diz que isso aconteceu por meio do advento da Queda. A doutrina bíblica da queda humana é realista quanto à natureza humana. Ela testemunha a maldade no interior do homem. Essa maldade só pode ser removida por meio de Cristo Jesus. Assim, esse ensinamento é um antídoto para qualquer filosofia ou sistema de pensamento que tenta impor-se alegando que a natureza humana é boa e agradável. Pelo contrário, a Palavra de Deus mostra que o ser humano pode fazer as piores maldades, embora seja capaz de executar empreendimentos maravilhosos.


PONTO CENTRAL
A queda humana representou a perda do completo domínio do homem sobre a criação.

INTRODUÇÃO
Estudaremos, hoje, o capítulo mais trágico da História: a queda do ser humano. No transcorrer da aula, mostraremos que a narrativa do pecado de Adão e Eva, longe de ser uma parábola, foi um evento real, cuja literalidade não pode ser questionada, pois acha-se referendada em toda a Bíblia.

Inicialmente, examinaremos o livre-arbítrio e as suas implicações na experiência humana. Em seguida, averiguaremos a queda em si. E, depois, focaremos as consequências da rebelião adâmica. Trata-se, pois, de uma temática imprescindível ao estudo da doutrina do homem, conforme a encontramos na Bíblia Sagrada.

Que o Espirito Santo nos ilumine a compreender esta aula.

- Esta lição é longa e seu assunto complexo, então, não espere esgotar o tema em apenas 45 minutos. No entanto, tentarei, mesmo que resumidamente, tocar cada subtópico, a fim de esclarecer os pontos propostos. Iniciando com o tema livre-arbítrio, trago não apenas a visão Arminiana, mas apresento também uma breve explicação da visão Reformada (livre-agência). De início, a Queda do primeiro casal foi devastadora para a posteridade humana. Para qualquer um de nós é algo completamente impossível supor o que tenha sido o conhecimento prático da queda. Como projetar a experiência da perda da perfeição original? Nada, em nossa existência, serve de parâmetro para isso. Até onde tentamos imaginar o Éden, partimos de nossa realidade caída e, efetuando alguma modalidade de matemática espiritual, aplicamos o maior exponencial que a nossa mente pode conceber, e temos um lugar paradisíaco aos nossos olhos. Todavia, segundo o que afirmam as Escrituras, ainda assim tal realidade está muito aquém da realidade que aguarda os filhos de Deus: ...mas, como está escrito: Nem olhos viram, nem ouvidos ouviram, nem jamais penetrou em coração humano o que Deus tem preparado para aqueles que o amam (1 Co 1.29) Jair de Almeida, em O Padrão Éden: Modelo De Restauração Da Criação. Disponível em:http://www.mackenzie.br/fileadmin/Mantenedora/CPAJ/revista/VOLUME_XII__2007__2/jair.pdf. A ordem original do meio ambiente do ser humano na terra deve ser distinguida do que ele veio a tornar-se após o impacto da queda do homem, a maldição e o posterior dilúvio. Na carta aos Romanos, Paulo afirma que toda a humanidade está por natureza sob a culpa e o poder do pecado, sob o reino da morte e sob a inescapável ira de Deus (Rm 1.18-19;3.9,19;5.17,21). Ele relaciona a origem desse estado ao pecado de um homem – Adão, que ele descreve como o nosso ancestral comum (At 17.26; Rm  5.12-14). Apocalipse 12.9 identifica a serpente como o próprio Satanás, aqui em forma corpóreaVamos pensar maduramente a fé cristã?

I - LIVRE-ARBÍTRIO DO SER HUMANO
Neste tópico, definiremos o livre-arbítrio. Em seguida, veremos o seu relacionamento com a soberania divina, e, finalmente, trataremos da responsabilidade humana frente às ordenanças divinas.

1. O livre-arbítrio.
É o dom que recebemos de Deus, através do qual podemos, desimpedidamente, escolher entre o bem e o mal (Dt 28.1; Js 24.15; 1 Rs 18.21; Hb 4.7). Sem o livre-arbítrio, não seríamos o que hoje somos: seres autônomos, conscientes da própria existência e de nosso lugar no Universo criado por Deus.


- O livre-arbítrio é nosso poder de escolha, como consequência, cada pessoa é responsável por suas ações.
- O livre-arbítrio não é:
- livrar-se por si próprio do pecado;
- buscar a Deus por iniciativa própria;
- crer em Jesus por suas próprias forças;
- capacidade inata de escolher a salvação sem o Espírito Santo
- muito menos ver a fé como característica inata do homem;
- “Em Mateus 23.37, o Senhor Jesus afirmou, diante da dureza do coração dos judeus: “Jerusalém, Jerusalém, que matas os profetas e apedrejas os que te são enviados! Quantas vezes quis eu ajuntar os teus filhos, como a galinha ajunta os seus pintos debaixo das asas, e tu não quiseste!” Observe que Jesus “quis” ajuntar os filhos de Jerusalém, porém eles “não quiseram” que Ele assim o fizesse. Isso não deveria nos levar a refletir profundamente sobre a doutrina bíblica do livre-arbítrio? Afinal, nesse caso, o Senhor Jesus, que é Deus e estava em perfeita sintonia com o Deus Pai, queria que os judeus quisessem. E, mesmo assim, eles não quiseram!” (Pr Ciro Sanches Zibordi em CPADNews)
- Vamos entender também o que diz a teologia reformada sobre esse ponto: - “Podemos dizer que livre-arbítrio é a capacidade que o homem tem de fazer escolhas que podem ser contrárias ou não à sua natureza. O termo arbítrio diz respeito a julgar, isto é, o homem “teria” a capacidade de avaliar se vai tomar uma decisão contrária à sua natureza ou não, por isso o termo “livre”. Usei o verbo no futuro do pretérito (teria), porque, na realidade, segundo a Escritura, nenhum homem tem livre-arbítrio. O único homem que teve livre-arbítrio foi Adão. É importante entender que o homem foi criado segundo a imagem e semelhança de Deus, ou seja, em retidão e perfeita santidade. “Eis o que tão somente achei: que Deus fez o homem reto, mas ele se meteu em muitas astúcias” (Ec 7.29; cf. Gn 1.27; 2.7; 3.6; Sl 8.5; Mt 10.28; Rm 2.14-15; Cl 3.10). Quan­do o homem pecou, perdeu a condição de “arbitrar” sobre sua vontade, perdeu a possibilidade de escolher entre estas duas alternativas: praticar a vontade de Deus ou pecar. Para entender isso o esquema criado por Agostinho de Hipona sobre a condição do homem antes e depois do pecado é de grande ajuda.
Antes da Queda o homem era: 
  • posse non peccare (capaz de não pecar)
  • posse peccare (capaz de pecar)
Depois da Queda o homem é:
  • non posse non peccare (incapaz de não pecar)
Antes de pecar, o homem poderia obedecer à vontade de Deus e lhe ser agradável por meio da sua própria justiça e santidade. Após a Queda, ele tornou-se incapaz de não pecar. A relação entre a liberdade, responsabilidade e soberania será explorada mais à frente, nas lições desta revista. No momento, interessa-nos conhecer a devassidão causada pelo pecado para podermos compreender que, após a Queda, o homem conseguiu o que chamamos de “livre-agência””(ultimato)


2. A soberania divina.
É o direito absoluto, irrestrito e inquestionável, que possui Deus sobre toda a sua criação (Êx 9.29; Dt 10.14; Sl 135.6). Portanto, o Senhor age como lhe aprouver. Em suas mãos, somos o barro; Ele, o soberano oleiro (Jr 18.6). Não nos cabe questionar a soberania do Todo-Poderoso (Rm 9.20). Ele é Deus e Senhor!

Não devemos, por outro lado, ver a soberania divina como algo despótico e tirânico, porquanto todas as ações de Deus são fundamentadas em seu amor, justiça e sabedoria. O que Ele faz agora só viremos a compreender mais à frente (Jo 13.7). Descansemos, pois, na vontade divina (Sl 37.5).

- “A afirmação de que Deus é absolutamente soberano na criação, na providência e na salvação é básica à crença bíblica e ao louvor bíblico. A visão de Deus reinando de seu trono é repetida muitas vezes (1Rs 22.19; Is 6.1; Ez 1.26; Dn 7.9; Ap 4.2; conforme Sl 11.4; 45.6; 47.8-9; Hb 12.2; Ap 3.21). Somos constantemente lembrados, em termos explícitos, que o SENHOR (Javé) reina como rei, exercendo o seu domínio sobre grandes e pequenos, igualmente (Ex 15.18; Sl 47; 93; 96.10; 97; 99.1-5; 146.10; Pv 16.33; 21.1; Is 23.23; 52.7; Dn 4.34-35; 5.21-28; 6.26; Mt 10.29-31). O domínio de Deus é total: ele determina como ele mesmo escolhe e realiza tudo o que determina, e nada pode deter seu propósito ou frustrar os seus planos. Ele exerce o seu governo no curso normal da vida, bem como nas mais extraordinárias intervenções ou milagres.  As criaturas racionais de Deus, angélicas ou humanas, gozam de livre ação, isto é, têm o poder de tomar decisões pessoais quanto àquilo que desejam fazer. Não seríamos seres morais, responsáveis perante Deus, o Juiz, se não fosse assim. Nem seria possível distinguir – como as Escrituras fazem – entre os maus propósitos dos agentes humanos e os bons propósitos de Deus, que soberanamente, governa a ação humana como meio planejado para seus próprios fins (Gn 50.20; At 2.23; 13.26-39). Contudo, o fato da livre ação nos confronta com um mistério. O controle de De3us sobre os nossos atos livres – atos que praticamos por nossa própria escolha – é tão completo como o é sobre qualquer outra coisa. Mas não sabemos como isso pode ser feito. Apesar desse controle, Deus não é e não pode ser autor do pecado. Deus conferiu responsabilidade aos agentes morais, no que concerne aos seus pensamentos, palavras e obras, segundo a sua justiça. O Sl 93 ensina que o governo soberano de Deus (a) garante a estabilidade do mundo contra todas as forças do caos (vs. 1-4); (b) confirma a fidedignidade de todas as declarações e ensinos de Deus (v. 5) e (c) exige a adoração do seu povo (v. 5). O salmo inteiro expressa alegria, esperança e confiança no Todo-Poderoso.” Fonte: Bíblia de Estudo de Genebra, Nota Teológica, página 991.

3. A responsabilidade humana.
Entre o livre-arbítrio e a soberania divina encontra-se a nossa responsabilidade (Jr 35.13). Não resta dúvida de que Deus permite-nos o direito de obedecer-lhe ou nãos aos mandamentos (Dt 11.13). Todavia, Ele nos chamará, um dia, a prestar contas quanto às nossas escolhas (Ec 11.9; 12.14). O Juízo Final não é ficção; é a realidade que aguarda a espécie humana na consumação de todas as coisas (Ap 20.11-15).

-A Bíblia ensina de forma clara que Deus é soberano e também que, o homem é responsável pelos seus atos. Essas são verdades bíblicas encontradas ao longo de todo o texto, ensinadas de Gênesis a Apocalipse. “Se eu não viera, nem lhes houvera falado, não  teriam pecado, mas agora não tem desculpa do seu pecado”(Jo 15.22). Neste texto o Senhor não diz que, se ele não tivesse vindo, eles estariam sem pecado, mas que a sua vinda havia incitado o pecado mais severo e mais mortal, o pecado da rejeição a Deus e de rebelião contra Deus e contra a verdade de Deus. Foi o pecado decisivo da rejeição, da escolha deliberada e fatal das trevas em vez da luz, da morte em vez da vida da qual Jesus falou. Ele havia feito tantos milagres e dito incontáveis palavras para provar que era o Messias e o Filho de Deus, mas eles foram hostis no seu amor pelo pecado e na rejeição do Salvador (Hb 4.2-5; 6.4-6; 10.29-31). Aqui entra a responsabilidade humana, o pecado marcante dos judeus, o pecado que agravou suas iniquidades anteriores acima de qualquer outra, foi sua recusa em receber Jesus Cristo como o Messias. gora, o pecado dos judeus é repetido todos os dias pelos gentios; aquilo que eles fizeram uma vez, muitos continuam a fazer dia após dia.

SÍNTESE DO TÓPICO I
Entre o livre arbítrio e a soberania divina encontra-se a nossa responsabilidade humana.

SUBSÍDIO DIDÁTICO-PEDAGÓGICO
A soberania de Deus anula a responsabilidade humana? A soberania de Deus e o livre-arbítrio são excludentes? Estas são perguntas que você pode fazer para introduzir este tópico. A relação entre soberania divina e livre-arbítrio está presente nas Escrituras Sagradas. Para enriquecer a exposição deste primeiro tópico, consequentemente respondendo às perguntas acima elaboradas, leve em conta o seguinte fragmento textual: "Há os que perguntam, por exemplo, como pode Deus saber quem há de se perder, e mesmo assim, permitir que os tais se percam. 0 conhecimento prévio de Deus, porém, não predetermina as escolhas individuais, porquanto Ele respeita nosso arbítrio. Em Efésios 1.3-14, temos o esboço da história predeterminada do mundo. Mas esse vislumbre da predestinação do Universo não elimina as 'ilhas da liberdade' que Deus nos reservou, pois Ele nos fez indivíduos e livres. Ele permite que as pessoas escolham o próprio destino; Céu ou inferno" (MENZIES, William W. (Ed.). Doutrinas Bíblicas: Os Fundamentos da Nossa Fé. Rio de Janeiro: CPAD, 1995, p.41).

ll – A QUEDA, UM EVENTO HISTÓRICO E LITERAL

A apostasia de Adão e Eva deu-se em consequência do conflito entre o livre-arbítrio humano e a soberania divina. Nesse episódio, houve a possibilidade da queda, a realidade da tentação e a historicidade da queda.

1. A possibilidade da queda.
Em sua inquestionável soberania, Deus criou Adão e Eva livres, permitindo-lhes o direito de obedecê-lo ou não. Todavia, a ordem do Senhor, concernente à árvore da ciência do bem e do mal, era bastante clara (Gn 2.16,17). Se eles optassem por ignorá-la, teriam de arcar com as consequências de seu ato: a morte espiritual seguida da morte física.

- Na afirmativa “A apostasia de Adão e Eva deu-se em consequência do conflito entre o livre-arbítrio humano e a soberania divina”, há algo que não é esclarecido nos subtópicos seguintes. A queda não foi conseqüência de conflito entre responsabilidade do homem e soberania divina, aliás, nem havia conflito ainda, visto que tudo que foi criado, foi declarado que era ‘bom’. Na Queda, Eva achou que Satanás estava dizendo a verdade e que ela havia entendido Deus erroneamente, não sabia, porém, o que estava fazendo. Não foi uma rebelião manifesta contra Deus, mas sedução e engano para fazer com que a mulher acreditasse que seu ato era a coisa certa a fazer. O Novo Testamento confirma que Eva foi enganada (2Co 11.3; 1Tm 2.14; Ap 12.9). Após cair e ser confrontada por Deus, Eva empenha-se num esforço desesperado de passar a culpa para a serpente, o que em parte era verdade (1Tm 2.14), no entanto, essa meia verdade não a absolveu da responsabilidade de ter desconfiado de Deus e desobedecido a Ele. Por fim, a responsabilidade pela queda ainda é de Adão, uma vez que ele optou por desobedecer a Deus sem ter sido enganado (Rm 5.12-21; 1Co 15.21-22).

2. A realidade da tentação.
Ao ser tentada pela serpente, Eva deixou-se enganar pela velha e bem arquitetada mentira de Satanás - a possibilidade de o homem vir a ser um deus (Gn 3.1-6; 2 Co 11.3). No instante seguinte, Adão e Eva pecaram contra Deus (1 Tm 2.14). Tendo em vista a representatividade de Adão, foi ele responsabilizado pela entrada do pecado no mundo (Rm 5.12).

- Adão foi colocado sob provação. O teste consistia de obediência à ordem do seu Criador. Ele foi proibido de comer o fruto de certa árvore. Não foi um pecado em particular, mas a propensão inerente ao pecado que entrou no âmbito humano; os seres humanos tornaram-se pecadores por natureza, condição essa, herdada. Essa natureza está presente a partir do momento da concepção (Sl 51.51.5). Foi Satanás, o pai do pecado quem levou a primeira tentação a Adão e Eva, e como nós estávamos nele,por conseguinte, toda humanidade pecou com ele (Rm 5.18; Hb 7.7-10).

3. A historicidade da queda.
A narrativa da queda do ser humano tem de ser acolhida de forma literal, pois o livro de Gênesis não é uma coleção de parábolas mitológicas, mas um relato histórico confiável (2 Co 11.3; Rm 15.4). Tratemos, com temor e tremor, a Bíblia Sagrada - a inspirada, inerrante, infalível e completa Palavra de Deus.


- A Queda do Homem foi um evento histórico, e não existe espaço na Bíblia para outro tipo de interpretação. Algumas pessoas insistem em tentar interpretar a história da Queda do Homem como uma alegoria ou um mito. Mas a Bíblia é clara ao afirmar a historicidade desse evento. Qualquer interpretação que desconsidera essa realidade contradiz as Escrituras.
- “Entre os mais caluniados, desacreditados e distorcidos trechos da Bíblia encontram-se os três primeiros capítulos de Gênesis. A alguém que frequentasse qualquer universidade secular, ou alguma igreja liberal ou modernista, lhe seria dito que os primeiros capítulos de Gênesis não relatam fatos reais. O professor de uma faculdade secular humanista e o pastor modernista argumentariam que essas primeiras narrativas são mitos, lendas, contos ou parábola. Em outras palavras, que não existiu um Adão e uma Eva literais, ou uma queda literal e histórica no tempo e no espaço. Devido à frequente e largamente divulgada negação de um Adão e de uma Eva literais e históricos (e sua conexão com a exposição do evangelho no Novo Testamento), é muito importante compreender os ensinos bíblicos sobre a historicidade de Adão. Para examinar a historicidade de Adão, precisamos considerar os seguintes tópicos:
Em primeiro lugar, precisamos considerar o fato de que a rejeição modernista e neo-ortodoxa da historicidade de Adão é fundamentada em axiomas seculares e apóstatas. Cristãos liberais e barthianos (seguidores da filosofia de Karl Barth - um neo-ortodoxo) chegaram às suas posições sobre Adão não por causa de cuidadosos estudos exegéticos da Bíblia, mas devido às suas pressuposições modernistas, racionalistas e antibíblicas. Não podemos esquecer que esses homens não formulam suas teorias de forma isolada e objetiva. Eles têm seus pontos de partida, suas pressuposições. Por isso, ignoram as abundantes e claras evidências bíblicas de que Adão foi uma figura histórica, real e literal.
Em segundo lugar, precisamos examinar resumidamente os argumentos usados para negar a historicidade de Adão. Isso provará que tais argumentos não passam de falácias, que são, tanto fundamentados sobre mentiras grosseiras (macroevolução, posições sobre o Pentateuco baseadas na Alta Crítica, etc.) como sobre pura especulação humana.
Em terceiro lugar, devemos considerar a impressionante evidência bíblica de que Adão realmente existiu. Então, veremos que a historicidade de Adão e de uma queda literal, ocorrida no tempo e no espaço, são tão teologicamente interligadas com o ensino do evangelho e do segundo Adão (Jesus Cristo), que negar a historicidade do primeiro Adão logicamente conduz à negação do próprio cerne do evangelho”. (A historicidade de Adão, Por Brian Schwertley - Mestrado em divindade pelo Seminário Reformado Episcopal de Philadelphia (EUA). Disponível em ICP.com)

SÍNTESE DO TÓPICO II
No episódio da Queda humana houve a possibilidade da queda, a realidade da tentação e a historicidade da queda.

SUBSÍDIO-TEOLÓGICO
“Um erro comum é considerar o pecado substância. Mas se o pecado fosse uma substância ou coisa, então, sem dúvida, teria sido criado por Deus, e, assim sendo, seria essencialmente bom. Mestres cristãos, através dos séculos, em vista do ódio de Deus contra o pecado na Bíblia como um todo, têm rejeitado a ideia de que o pecado tenha sua origem em Deus. Embora o pecado não seja uma substância, não significa que seja destituído de realidade. As trevas são a ausência da luz. Embora o pecado e o mal sejam, algumas vezes, comparados com as trevas, eles são mais que a mera ausência do bem. O pecado também é mais que um defeito. É uma força ativa, perniciosa e destruidora" (MENZIES, William W. (Ed.). Doutrinas Bíblicas: Os Fundamentos da Nossa Fé. Rio de Janeiro: CPAD, 1995, p.73).

Ill - AS CONSEQUÊNCIAS DA QUEDA DE ADÃO


Devido à sua rebelião contra o Senhor, a raça humana teve de arcar com pesados encargos: a consciência do pecado, a perda da comunhão com Deus, a transmissão do pecado às gerações subsequentes, a enfermidade da terra e, finalmente, a morte física.

1. A consciência do pecado.
Ao tentar a mulher, a antiga serpente prometeu-lhe a onisciência divina, mas o que os nossos pais herdaram foi uma consciência pecaminosa geradora de obras mortas (Gn 3.1-6; Tt 1.15; Hb 9.14). O pecado leva-nos a perder o brilho do rosto e o vigor físico (Sl 31.10; Sl 32.3). Eis porque o homem precisa nascer da água e do Espírito (Jo 3.5).

- Após o pecado foram dominados por um sentimento de vergonha. Antes tinham consciência da nudez, mas não tinham vergonha - “Ora um e outro, o homem e sua mulher, estavam nus e não se envergonharam” (Gn 2.25).  Então foram abertos os olhos de ambos, e conheceram que estavam nus; e coseram folhas de figueira, e fizeram para si aventais” (Gn 3.7). O resultado de terem comido o fruto proibido, não foi a aquisição da sabedoria sobrenatural, como satanás havia dito, ao contrário, agora eles descobriram que foram reduzidos a um estado de miséria.

2. A perda da comunhão com Deus.
Em consequência de seu pecado, Adão e Eva foram expulsos da presença de Deus (Gn 3.23,24). De agora em diante, não poderiam mais viver no jardim do Éden, onde, diariamente, conversavam com o Senhor (Gn 3.8). Mas, apesar de haverem ofendido a Deus, continuaram a ser alvo de seu imenso, eterno e infinito amor (Jo 3.16).

Desde a queda, o ser humano, para reatar a comunhão com Deus, tem de aproximar-se dele pela fé (Hb 11.6). Nesse retorno, não estamos sós. Jesus Cristo é o nosso medianeiro eficaz (Rm 5.1). Ele é o Verdadeiro Deus e o Verdadeiro Homem (1 Tm 2.5).

- Após o pecado, tiveram medo e fugiram: “E ouviram a voz do Senhor Deus que passeava no jardim pela viração do dia; e esconderam-se Adão e sua mulher da prsença do Senhor Deus, entre as árvores do jardim. E chamou o Senhor Deus a Adão e disse-lhe: Onde estás? E ele disse: Ouvi a Tua voz soar no jardim, e temi, porque estava nu, e escondi-me” (Gn 3.8-10). Adão e Eva se escondem ao chamado de Deus. Consciência culpada sempre produz medo e fuga. Pecaram e agora têm medo da sentença condenatória que Deus pode proferir contra eles. O pecado os separou de Deus, rompeu a comunhão com Deus. E é sempre assim. A menos que a obra de Cristo seja realizada em nosso favor, estaremos frente a frente com o juízo de Deus (Hb 2.3).

3. A transmissão do pecado à espécie humana.
Sendo Adão o pai de toda a raça humana, o seu pecado acabou por alcançar a todos os homens (Rm 3.23; 5.12). Aquilo que chamamos de “pecado original" contaminou universalmente a humanidade. Até mesmo o recém-nascido já traz consigo essa semente (Sl 51.5). Embora a criança, na fase da inocência, não tenha a experiência do pecado, a iniquidade adâmica acha-se impregnada em seu interior, prestes a ser despertada. Somente em Cristo podemos vencer tanto o pecado original como o experimental (1 Jo 1.7).

Muitas crianças são recolhidas por Deus, na fase de inocência, apesar da iniquidade dos pais (1 Rs 14.13). Entre os que morreram sem a experiência do pecado acham-se os inocentes assassinados por Herodes (Mt 2.16).


- A nudez de Adão e Eva é a perda da justiça original da imagem de Deus. Todos os seres humanos nascem agora (após a Queda ) nesta condição e as Escrituras dizem que é necessário que recebamos as "vestes brancas" (Ap 3.18); "vestes de salvação" (Is 61.10), que é a justiça original que Cristo nos traz de volta.
- “No último versículo do capítulo 3 de Gênesis, lemos que Adão e Eva foram expulsos do jardim do Éden. Eles também foram impedidos de se aproximarem novamente da árvore da vida. A partir dali, as consequências da desobediência não ficariam isoladas ao primeiro casal. A sentença proferida por Deus atingiu toda a humanidade! O pecado se tornou universal, e todos foram separados de Deus. Na Queda do Homem com Adão, todos pecam. O apóstolo Paulo escreveu que “todos morrem em Adão” (1 Coríntios 15:22; Romanos 5:12-19). Isto significa que o homem já nasce contaminado pelo pecado. É exatamente esse conceito que alguns estudiosos chamam de “Pecado Original”, porque é derivado da raiz da humanidade. Todo indivíduo já nasce com ele, e, consequentemente, esse primeiro pecado é a origem de todos os outros pecados cometidos pelos homens.”(estiloadoracao)

4. A enfermidade da Terra.
Por causa do pecado de Adão, até a própria Terra adoeceu. Expulso do Éden, Adão teria de trabalhar, com redobrado esforço, a fim de prover o seu sustento cotidiano (Gn 3.17). Desde então o nosso planeta vem sofrendo com fomes, tremores de terra e inundações (Mt 24.7).

Em sua Epístola aos Romanos, o apóstolo Paulo descreve a Terra como que gemendo por causa das expectativas quanto às últimas coisas (Rm 8.22). Mas, quando o Reino de Deus manifestar-se, logo após a Grande Tribulação, o planeta será curado de todas as suas enfermidades (Is cap. 35).


- Por causa do pecado do homem a terra e toda a criação sofreram a maldição e isso se agrava a cada dia, porque o mesmo homem que causou a maldição da terra, tudo tem feito para destruí-la. Veja o que está escrito: “Porque sabemos que toda a criação geme e está juntamente com dores de parto até agora.” (Rm 8.22). Deus amaldiçoou o objeto do trabalho do homem e fê-lo relutantemente, ainda que ricamente, obter o seu alimento por meio do trabalho árduo.  A natureza sofre junto com a humanidade, compartilhando assim as conseqüências da queda. As Escrituras descrevem esta maldição em três maneiras:
a) O sustento será obtido com fadiga: Assim como a mulher terá seus filhos com dor, o homem haverá de comer o fruto da Terra por meio de trabalho penoso. Antes da queda, o trabalho de Adão no jardim era prazeroso e agradável, mas de agora em diante, seu trabalho, bem como o dos seus descendentes será seguido de cansaço e tribulação.
b) A Terra produzirá cardos e abrolhos: O cultivo da terra seria mais difícil do que antes. Cardos e abrolhos aqui significam: plantas indesejáveis, desastres naturais, enchentes, insetos, secas e doenças. A natureza foi subvertida com o pecado do homem. (Rm 8:20-21).
c) No suor do rosto comerás: O trabalho árduo se tornaria a porção do homem. A vida não seria fácil.

5. A morte física.
O homem não foi criado para experimentar a morte física. Nesse sentido, podemos dizer que fomos criados imortalizáveis; com a possibilidade de viver indefinidamente (Gn 2.17). Não somente a eternidade, mas de igual modo a imortalidade, achavam-se no ser humano.

A morte é a mais triste consequência do pecado (Rm 6.23). Todavia, a pior morte que alguém pode experimentar é a separação eterna de Deus; a segunda morte (Ap 2.11; 20.6). Quanto a nós, os que já recebemos Jesus Cristo como o nosso Senhor e Salvador, a morte não terá efeito, porque Ele é a ressurreição e a vida (Jo 11.25).


-  Pela desobediência aos termos do seu governo, o homem cai, experimentando assim a perda do seu domínio. Desta forma, o homem perde o poder da vida, essencial ao governo no Reino de Deus. Foram postos dois querubins para guardar a Árvore da Vida para prevenir que o homem dela comesse e, portanto, viesse a viver para sempre. Agostinho, seguindo Paulo, vê um elo entre o pecado e a morte. Todos os homens morrem porque todos tem pecado. Na criação, Adão foi feito com a posse mori e apose non mori. Isto refere-se à capacidade para morrer e para não morrer. Adão não foi feito intrinsecamente imortal. Ele continuaria a viver apenas enquanto se refreasse do pecado. Ele poderia ou não morrer dependendo da sua resposta ao comando de Deus.
- A palavra “morte” ocorre na Bíblia, com 3 sentidos diferentes, embora o conceito de separação seja comum aos três:
a) Morte Física: Ec 12.7
b) Morte Espiritual: Rm 6.23; 5.12
c) Morte Eterna: Mt 25.46
- Deus não criou o homem para que viesse a morrer. Pelo contrário, Ele o fez imortal (Gn 2.17). Se Adão e Eva não tivessem pecado, ainda estariam vivos, e nós não precisaríamos conviver com a morte.
Deus não criou o homem para que viesse a morrer. Pelo contrário, Ele o fez imortal (Gn 2.17). Se Adão e Eva não tivessem pecado, ainda estariam vivos, e nós não precisaríamos conviver com a morte.

SÍNTESE DO TÓPICO III
As consequências do pecado foram: a consciência do pecado, a perda da comunhão com Deus, a transmissão do pecado às gerações subsequentes, a enfermidade da terra e, finalmente, a morte física.

SUBSÍDIO-TEOLÓGICO
"O pecado de nossos primeiros pais teve diversas consequências. Eles entraram em estado de culpa. E não somente se tornaram cônscios de seu ato e da separação de Deus na qual haviam incorrido, mas sabiam que estavam sujeitos à penalidade atrelada ao mandamento de Deus, em caso de desobediência. Alguns, atualmente, confundem sentimento de culpa com a própria culpa. São crentes que aceitaram o perdão outorgado por Cristo, mas ainda conservam restos de sentimento de culpa. O sentimento de culpa resulta de uma consciência maculada. A própria culpa é a responsabilidade legal pelo erro praticado aos olhos de Deus, o que incorre em penalidade" (MENZIES, William W. (Ed.). Doutrinas Bíblicas: Os Fundamentos da Nossa Fé. Rio de Janeiro: CPAD, 1995, p.73).

CONCLUSÃO
Dois fatos marcam a doutrina do homem nas Sagradas Escrituras: a criação e a queda. À primeira vista, o pecado de Adão trouxe graves consequências a Criação. No entanto, Deus jamais foi surpreendido por qualquer fato. Ele não é um ser reativo, nem vive de improvisos. Nenhum processo, quer nos Céus, quer na Terra, jamais o surpreendeu, porquanto Ele é o Ser Supremo por excelência. Ele é o que é: o Deus bendito eternamente.

A fim de sanear o pecado do homem. Deus, em sua presciência, já havia separado o Imaculado Cordeiro, desde a fundação do mundo, para redimir-nos de todos os pecados (Ap 13.8).

- Deus criou o homem para a Sua glória (Is 43.7). Ele é a Sua imagem e glória (1Co 11.7). Deus não precisava mostrar a Sua glória ao homem, pois Ele já a tem e ninguém a pode tirar. No homem, Sua eterna majestade é demonstrada nos atos da criação, queda e redenção. O Senhor Jesus que morreu para adquirir a salvação para os perdidos estava cumprindo o plano eterno, desde a fundação do mundo. De acordo com o propósito eterno de Deus antes da criação, a morte de Cristo sela para sempre a redenção daqueles que crêem (At 2.23; 4.27-28). Diante de tudo isto, a conclusão que podemos chegar é que a fé que temos abraçado não é uma quimera ou uma falácia, mas sim, a fé tem uma firme âncora: Deus. Nossa confiança está firmada numa verdade que tem saído incólume de todas as batalhas ao longo dos séculos. As teorias humanas vêm e vão-se e caem no esquecimento e se cobrem com a poeira do tempo, mas a Palavra de Deus permanece para sempre!

PARA REFLETIR
A respeito de "A Queda do Ser Humano", responda:

•          O que é o livre-arbítrio?
É o dom que recebemos de Deus, através do qual podemos, desimpedidamente, escolher entre o bem e o mal.

•        Há alguma incompatibilidade entre o livre-arbítrio e a soberania divina?
Não, pois entre o livre-arbítrio e a soberania divina encontra-se a nossa responsabilidade (Jr 35.13).

•        O que está entre o livre-arbítrio e soberania divina?
A responsabilidade humana.

•        O homem foi criado imortalizável. Discorra sobre o assunto.
O homem não foi criado para experimentar a morte física. Nesse sentido, podemos dizer que fomos criados imortalizáveis; com a possibilidade de viver indefinidamente (Gn 2.17). Não somente a eternidade, mas de igual modo a imortalidade, achavam-se no ser humano.

•        Deus foi surpreendido pela queda do homem?
Deus jamais foi surpreendido por qualquer fato. Ele não é um ser reativo, nem vive de improvisos. Nenhum processo, quer nos Céus, quer na Terra, jamais o surpreendeu, porquanto Ele é o Ser Supremo por excelência.






COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor e blogueiro. Formado Bacharel em Teologia pela FATESP, graduando em Mecânica pela FATEC. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras para jovens, casais, obreiros e missões urbanas.

Doações Missionárias Aqui!!


Nome

#desafio42dias,3,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,1º Trimestre,21,1º Trimestre 2018,1,2º Trimestre,19,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,24,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,12,A Raça Humana,1,Absalão. EBD,1,Abuso Sexual,4,Acepção,1,AD em BH,2,Adão,1,Adolescente,1,Adoração,3,Adulto,54,Agostinho,1,Air,1,Ajuda do Alto,2,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,3,Amar,14,Amasiado,1,Amém,1,Amigo,6,Amizade,12,Amnon e Tamar,2,Amor,45,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,9,amostra grátis,1,Ana,3,Ananias,1,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,1,Anjo de Luz,2,Anjos,2,Anonimo,1,Anrão,1,Antigo Testamento,1,Ao Vivo,1,Apaixonado,1,Aplicativo,1,Apocalipse,6,Apologia,3,Apostasia,1,Apostolo,4,apóstolo Paulo,5,Apóstolos,1,App,1,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprovação,1,aquecimento,1,Arrebatamento,4,Arrependimento,1,Artesão,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,3,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,4,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Ataque,1,Ateísmo,2,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,2,Atributos,1,atriz,1,Auto Escola,1,autoajuda,2,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avó,1,bailarina,1,Balada Gospel,1,Balzac,1,Bangu,1,Barack Obama,2,Base Bíblica,1,Batalha Espirítual,4,Batismo,3,Batista,1,Batom Vermelho,1,BBB,1,Beber,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,1,Benhour Lopes,1,best-seller,4,BETEL,7,Bíblia,16,Bíblia Diz,1,Bíblias,1,Bíblica,25,biblicas,1,Bienal do Livro,1,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,1,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,6,BlogNovela,10,Boaz,1,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,1,bom-humor,6,Bombom,1,Bons Sonhos,1,Borboleta,1,Brasil,1,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,1,Briga,1,Brincadeira,1,Busca,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,1,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantor,2,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,Carência,4,Carismático,1,Carne,1,carreira,1,Carta,1,Carta de Amor,14,Cartas,1,Cartaz,3,Casa,2,Casa Branca,1,Casamento,10,Catarina Migliorini,1,CD,1,CDHM,1,Centurião,1,Cerebral,1,Cesto,1,CGADB,2,Chamada,1,Chamado,1,Champions League,1,Charges,8,Cheios,1,Chuva,1,Cinco,1,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,1,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,1,Civilização,1,Clara Tannure,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,1,Clipe Oficial HD,2,Cocaína,1,Código,1,com Pedro Bial,1,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,2,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,1,Compreender,1,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,1,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,10,Conhecer,2,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,2,Conquistas,1,Conselhos,8,Consequências,1,Contra Mão do Mundo.,1,Conversão,4,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,1,Coreografia,1,Corona Vírus,1,Corpo,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,139,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,1,crescimento,2,Criação,2,Cristão,12,Cristianismo,1,Cristo,9,Cronograma da Bíblia,2,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,1,Cuide do Coração,4,Culto,3,Culto da Virada de Ano Novo,1,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,1,Cultura,1,Cura,3,Cuxe,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,6,Davi e Bate-Seba,2,Davi e Jônatas,1,Davi e Mical,3,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Decisão,1,declaração,6,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,1,demônio,1,Demônios,1,Denominação,1,Denúncias,5,Deputado Federal,1,derrotando,1,Desabamento,1,Desafio,9,Desafio Insano,3,Desapaixonar,3,Descobertas,1,Desculpas,1,Desejo,1,Despedida,1,Destinatários,1,Deus,27,Deus está Morto,1,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,Devaneios,3,Devocional,62,Dez passos,6,Dia dos Namorados,12,Dia dos Pais,2,Diabo,1,Diante do Trono,1,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,1,Dicas,2,Diferente,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinheiro,4,Discernimento,1,Discipulado,1,Discipulos,1,Discípulos,1,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,1,Divino,1,divórcio,1,Dízimos,2,Doação,1,Doação de Bebê,1,Doença,3,doença física,1,Dom,1,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,1,Dons de Maravilhas,1,Dores,1,Download,9,Download Livros e E-books,62,Doze,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,6,EBD,137,ecológico,1,Ecumenismo,1,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,Efésios,1,Elcana,3,Eleição,6,Eleita,1,Elizabeth Gilbert,1,Ellan Miranda,6,Elogios,1,Email,2,empresa,1,Empresa.,1,Enchente,1,Encontrar,1,Encontro,8,Eneias,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensinos,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Epístolas,1,Esboço Pregação,1,Escatologia,3,Escola,32,Escola Bíblica Dominical,226,Escolha,4,Escritor,1,Espaço,2,esperança,1,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,1,Espírito,1,Espírito Santo,8,Espirituais,1,Espiritual,4,Estado de São Paulo,1,Estevão,1,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estudo Bíblico,21,Estudos Bíblicos,164,Estupro,1,Eternidade,1,Ética,1,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eva,1,evangelho,4,EVANGÉLICA,4,Evangélicos,1,Evangelismo,2,Evento,2,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exílio,2,Experiência de vida,25,Exupéry,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,1,Falecimento,1,Falsos,1,familia,4,Família,1,Fat Family,1,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,3,Felipe,1,feminista,1,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,8,Festa Junina,1,Festividade,1,Ficar,1,Fiel,1,Filha,1,Filho de Deus,1,Filho do Homem,1,Filho Pródigo,2,Filhos,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim de Relacionamento,3,Fim do Mundo,4,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,2,Firme,1,firmeza,1,Firmino,1,Fletar,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,gadareno,1,Galaxy,1,Galileu,1,Ganhe Um Livro,1,Gay,8,genro,1,Gentios,1,Geração,2,Gestos,1,Gideões,12,Gideões Missionários da Última Hora,9,Gilberto Carvalho,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,1,GMUH,9,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Grátis,1,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,2,guerra,1,Halloween,1,Haxixe,1,Hedonismo,1,Helena Tannure,1,Heresia,3,História,1,Historia Real,1,Holocausto,1,Homem,5,Homenagem,1,Homens,1,Homofobia,14,homosexualismo,10,Homossexual,8,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Hubner Braz,23,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,1,Humano,3,Humor,9,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,idioma,1,Igreja,5,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,1,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,Imoral,1,Impressora,1,Incas.,1,Infantil,1,Inferno,2,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,1,injustiça,1,Insano,1,Insegurança,1,Instituição,1,Internação,1,Internacional,1,intertestamentários,1,Intimidade,2,iPad,1,iPhone,1,Irmã Zuleide,1,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,2,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jeito,1,Jerusalém,1,Jesuíta,1,Jesus,12,Jesus Cristo,11,Jesus de Nazaré,1,João,2,João Batista. Ossada,1,John Piper,1,Joquebede,1,Jornal da Record,1,José,2,Josh McDowell,1,Josue,2,Josué,3,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,121,Jovens,56,Judá e Tamar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,1,Justiça,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,1,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,1,Léia e Jacó,1,Leilão,2,Leis,1,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,2,LeNovo,1,Ler a Bíblia em 42 dias,1,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Libertinagem,1,Libertos,1,Lição,16,Lição 5,1,Lições Bíblicas,3,Lições Bíblicas da BETEL,204,Lições Bíblicas da CPAD,419,Lições de Vida,26,Líder,2,Líder Adolescente,20,Líder Jovem,21,Liderança,1,Lídia,1,Lino,1,Lista,1,Litoral,1,Liverpool,1,livre,1,Livre Arbítrio,3,Livres,1,Livro,2,Livros - Comentarios,80,Livros Evangelicos,39,Logos,1,Loide,1,Loira,1,Louco,1,Louvor,9,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,1,Lucifer,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,4,Luz,1,Luz do mundo,1,Lya Luft,1,MacBook Air,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,1,‪Magia,1,Maias,1,Malala,1,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,2,Mãos,1,Maquiagem,2,Marcas,1,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,1,Mardoqueu,1,Maria Madalena,1,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,1,Mártires Cristãos,2,Massacre,1,Masturbação,6,Matrimonio,2,maturidade cristã,7,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,3,Melhores Blogs,2,Melhores Sites,1,Meninos de Rua,1,Mensagem,3,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Milagres,2,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,2,Ministério Público Federal,2,Miriã,1,Misericórdia,1,Missão,3,Missões,4,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moisés,2,Monarquia,2,Monte,1,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,8,Mordomo,1,morte,4,Motivos,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,1,Mulher de Potifar,1,Mulheres,2,multiplicação,1,Musica,8,Nacional,1,Namorado,11,Namorar,23,Namoro,49,Não Prometeu,1,Nascença,1,Nascimento,1,Natureza,1,Necessidade,1,Negar,1,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,1,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noé,1,Noruega,1,Nota,1,Notícia gospel,19,Notícias Gospel,157,Nova,2,Novas Lições,1,Novela,2,Novo,3,Nuvem,1,NX Zero,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,1,O Bom Travesti,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obede-Edom,1,Obediência,1,Obra,2,Obras,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,1,Ofertas,2,Oficial,1,Olhar,1,Onde Estiver,1,ônibus,1,Online,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oração,11,Orar,1,Orfanato,1,Origem,3,Os Melhores Livros,19,Oséias,1,Oséias e Gomer,1,Outra Chance,3,Pagãos,1,Pai,1,Paixão,3,Palavra,1,Pânico,1,pão,1,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papo,1,Paquera,1,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Paradoxo,1,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,2,Pastor,7,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,1,Pastores,2,Patrick Greene,1,Paulo,2,Pb. Renan Pierini,1,PDF,1,Pecado,21,Pecador Confesso,10,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedras,1,Pedro,3,peixe,1,Pensamento,3,Pentecostal,1,Perda,3,Perdão,4,Perfeito,1,Perigos,1,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Pesquisa,2,pessoas,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Planeta Terra,2,Play Back,1,playboy,1,Poder,1,Poema,3,Poesia,3,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,3,Posse,1,Posto,1,Povos,1,Pr Napoleão Falcão,1,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Praia,1,Praticar,1,Preço,1,Predestinação,2,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,10,Pregadores,1,Premier,1,Preocupar,1,Preparativos,1,presidente,4,Presídio,1,previdência,1,Primeira,1,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,2,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,1,Profecia,3,Profeta,2,Profeta Jeremias,1,Profetas,1,Profética,1,Profético,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Projeto,1,Projeto Cura Gay,2,Promoção,4,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,3,Prosperidade,1,Prostituta,2,Protesto,1,PSDB,1,Pv 4.23,1,Queda,2,Quem Sou?,1,Querer,2,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,1,Raptare,1,Raquel,2,Rebeldia,1,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,1,Redenção,1,Redentora,1,reflexão,21,Regininha,1,Rei,1,Rei Xerxes,1,Reinado,1,Reino de Deus,1,Rejeição,1,Relacionamento,21,Relatos,5,Relógio da Oração,3,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,72,Reservado,2,Resplandecer,1,Responde,1,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,2,Restauracionismo,1,Resumo,6,Rev. Augustus Nicodemus,1,Revelação,1,Revelado,1,Revista,26,Rezar e Amar,1,Riscos,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Rubem Alves,1,Rute,1,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sacerdócio,1,Sacerdotal,1,Sacrifício,2,Safira,1,Salomão,9,Salvação,8,Salvador,1,Samuel,4,Samuel Mariano,1,Sangue,1,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,1,Sarah Sheva,1,Saudações,1,Saudades,3,Saul,2,Saulo,1,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Segunda,1,Segundo,1,Segundos,1,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Seminário,1,Senhor,2,Senhorio. Jesus,1,Sentido da Vida,4,Sentimentos,2,Separação,2,Separar,1,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Dicas de Como Liderar,19,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,1,Sex,1,Sexo,5,Sexual,2,Sexualidade,1,Sidney Sinai,1,Significados,1,Silas Malafaia,5,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Sistema,1,Slide PC,2,Slider,464,slides,3,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Sofrimento,1,Sogra,1,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,1,Sonhos de Valsa,1,Sorrir,3,Sorteio,1,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,1,Subsídio,18,Sueca,1,Sujeição,1,Sulamita,5,suprema,1,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Tabernáculo,2,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,1,Tarado,1,Tatuagem,3,Tecido,1,Tecnologia,1,Tela Cinza,1,Temas,1,Tempo,4,Tempo de Viver Coisas Novas,1,Tentação,1,Teologia,6,Termino de Namoro,4,Término do Namoro,1,Terra,2,Terra Prometida,1,Terremoto,1,Testemunho,20,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,1,Timna,1,Timóteo,2,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,1,Top Blogs,2,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,1,Top5,2,TPM,1,Trabalho,1,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transfer,1,Tratando de uma leucemia,1,Trevas,1,Trimestre,2,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Uma História de Ficção,78,Unção,1,Ungido,1,Unidade,2,Universo,1,Urias,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,3,Velhice,1,Velho Testamento,1,Velório,1,Vencendo,1,Vendedor de Droga,1,Vento,1,Ver Deus,1,Verdade,1,Verdadeira História,1,verdades,1,Viagem,1,Vício,1,Vida,1,Vida depois da morte,3,Vídeo,24,vinda,2,Vinho,1,Violência,1,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,1,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,You Tube,1,youtuber,1,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 7: A Queda do Ser Humano - 16 DE FEVEREIRO DE 2020 - EBD adulto - CPAD
Lição 7: A Queda do Ser Humano - 16 DE FEVEREIRO DE 2020 - EBD adulto - CPAD
https://1.bp.blogspot.com/-vcLhRbvJgII/XkOCQ-1KpuI/AAAAAAAAYgI/-kh0MnF7nUEhfMjbyNRbmKx6dPxUjkFWgCLcBGAsYHQ/s320/Lic%25CC%25A7a%25CC%2583o%2B7%2B-%2BA%2BQueda%2Bdo%2BSer%2BHumano.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-vcLhRbvJgII/XkOCQ-1KpuI/AAAAAAAAYgI/-kh0MnF7nUEhfMjbyNRbmKx6dPxUjkFWgCLcBGAsYHQ/s72-c/Lic%25CC%25A7a%25CC%2583o%2B7%2B-%2BA%2BQueda%2Bdo%2BSer%2BHumano.jpg
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2020/02/licao-7-queda-do-ser-humano-16-de.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2020/02/licao-7-queda-do-ser-humano-16-de.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy