Resenha do Livro: O Jesus que eu nunca conheci - Philip Yancey


         Graça e paz no nome Santo de Jesus. Amém!? Amados, como é bom aprender mais de Jesus, da sua vida. Tenho grande prazer e alegria em poder compartilhar com vocês à respeito desse maravilhoso livro do autor Philip Yancey, "O Jesus que eu nunca conheci". A intimidade que se cria com o personagem principal deste estudo é contagiante. O autor nos apresenta um Jesus que - muito além da manjedoura, em Belém; e, antes da cruscificação, em Jerusalém - viveu como um homem na terra, entre nós. E mesmo que tenha se passado mais de dois mil anos desde o seu nascimento, causa transformações em muitas vidas por meio da fé, ainda hoje.

          Este é o melhor livro sobre Jesus que já li. Talvez o melhor livro do século sobre Jesus. Com toda a delicadeza, Yancey retirou as vendas dos meus olhos e desbravou uma trilha em meio aos meus temores e dúvidas.
Lewis B. Smedes, Fuller Theological Seminary

          Como já foi dito, Yancey faz um estudo aprofundado sobre a vida de Jesus. O livro é subdividido em três partes: "Quem Ele era", "Por que Ele veio" e "O que Ele deixou para trás". De modo que não nos dispercemos, e sim, nos envolvendo, o autor nos proporciona inúmeros momentos de reflexão. A magnitude dos propósitos de Deus sendo mais expandidos diante dos nossos olhos como nunca havia sido. Conhecer o Deus ao qual servimos de tal forma que nos firma ainda mais na fé pela qual somos libertos e VIVOS.


          Tipo.. demorei alguns dias até chegar ao fim da leitura.. não que eu estivesse com pressa de terminar, mas é que já estavam me cobrando isso (kkkk.. né SDJCRR!?). Minha vontade era desfrutar de cada palavra (não que eu não tenha desfrutado, mas eu queria mais.. mais.. mais.. tipo complementei na bíblia, em oração). É incrivel, porque eu lia, lia, lia.. e não chegava ao fim (hauhauha). Yancey faz inúmeras citações desde livros, filmes, frases à histórias reais, da bíblia ou não.

         O que vem à sua cabeça quando falamos de Jesus Cristo?

         O Filho de Deus que veio ao mundo, morreu por nossos pecados e ressuscitou ao terceiro dia.. basicamente isso, né!?

         Pois é.. nas entrelinhas dos evangelhos, Philip Yancey conseguiu enxergar profundamente e basicamente tudo o que cada palavra revelava sobre esse homem, Jesus. Ele nos apresenta um Jesus querido por seus discípulos, um Jesus humano e, diferente de todos os humanos. Humilde, cativante, educado. Com personalidade incomparável, um carisma absurdamente inigualável, a ponto de fazer multidões ficarem ouvindo seus ensinamentos por dias e dias seguidos, sem comer, sem dormir... Será que era bom ouvir Ele falar?? Daqui uns dias no céu, poderemos ouví-lo. Aleluia!

          Tudo em Cristo me deixa perplexo. Seu espírito me intimida, e sua vontade me confunde. Entre ele e qualquer outra pessoa do mundo não existe termo possível de comparação. Ele é verdadeiramente um ser por si mesmo [...] Procuro em vão na história encontrar o semelhante a Jesus Cristo, ou qualquer coisa que se possa aproximar do evangelho. Nem a história, nem a humanidade, nem os séculos, nem a natureza me oferecem qualquer coisa com a qual possa compará-lo ou explicá-lo. Aqui é tudo extraordinário.
Napoleão

          Na segunda parte, Yancey aborda basicamente três pontos-chave da vinda de Jesus ao mundo: o Sermão do Monte (conhece? Se não, deveria!), a morte e a ressurreição de Jesus. Nessa parte não vou me aprofundar, não que não seja importante, mas é que vai ser bem melhor se você ler o livro, senão perde a graça né!?

          O que Ele deixou? Nos deixou mandamentos, mensagens de conforto, promessas.. Nos deixou uma vida de amor. A maior demonstração de amor que o mundo ousou conhecer, aconteceu por meio dEle. Nos deixou ainda a certeza de vida eterna. Para isso, basta crermos no seu sangue derramado por nós, no livramento do pecado e na sua ressurreição, enfim, na sua vida. E também que vivamos em novidade de vida, como novas criaturas, filhos de Deus e co-herdeiros com Cristo.. até a segunda (e última) vinda ao mundo. Estamos preparados?

          Por que Deus está aterrissando disfarçado neste mundo ocupado pelo inimigo e dando início a uma espécie de sociedade secreta para solapar o diabo? Por que não está aterrissando com força e invadindo-o? Será que não é suficiente forte? Bem, os cristãos pensam que Ele vai aterrissar com força; não sabemos quando. Mas podemos imaginar por que está demorando: quer dar-nos a oportunidade de nos juntarmos a Ele livremente [...] Deus vai invadir. Mas fico imaginando se as pessoas que pedem que Deus interfira abertamente em nosso mundo entendem bem como será quando o fizer. Quando isso acontecer, será o fim do mundo. Quando o autor caminha pelo palco, a peça acabou.
C. S. Lewis

          E aí.. estamos mesmo preparados? Isso é sério! Jesus vai voltar. Ele prometeu! Temos vivido de forma que estaremos entre os que herdarão o céu? Temos confiado em suas promessas?Pelo menos eu, se antes de ler esse livro eu já admirava a vida desse homem, o que ele fez por mim.. se já sentia arrepio, chorava.. agora então.. nem se compara. Pude conhecer o Jesus que nunca conheci, de verdade.Indico a leitura à todos.

          Meu desejo é que todos vocês possam também conhecê-lo e que possamos confiar em Deus, no Seu amor, na vida, na morte e ressurreição do Seu Filho, Jesus. E que à partir de hoje vivamos como a senhora descrita por Yancey no fim deste livro:

          A negra sexta-feira do Gólgota só pode ser chamada de santa pelo que aconteceu no domingo de Páscoa, um dia que dá uma pista da charada do universo. A Páscoa abriu uma rachadura na corrida do universo para a entropia e o declínio, selando a promessa de que um dia Deus vai alargar o milagre da Páscoa em escala cósmica.

          É uma boa coisa lembrar que, no drama cósmico, vivemos nossos dias no sábado, no dia intermediário sem nome. Conheço uma mulher cuja avó jaz sepultada sob um carvalho de 150 anos de idade no cemitério de uma igreja episcopal no interior de Lousiana. De acordo com as instruções da avó, apenas uma palavra se encontra gravada na pedra tumular: "Esperando".
Philip Yancey

          Que isso faça sentido a todos os que leram e entenderam a mensagem. Deus abençoe você, meu queridos!
          No amor de Jesus que segurou Suas mãos naquela cruz
          Fonte: Mensageiro de Jesus Cristo o Pão da Vida

E-Book do livro em PDF para Download Click Aqui - O Jesus Que Eu Nunca Conheci
Compartilhar no Google Plus

Sobre Hubner Braz

Criador, colunista e administrador do Pecador Confesso. Fascinado e apaixonado por DEUS!! Formado Bacharel em Teologia pela FATESP e F. Mêcanica pela FATEC-SP e Presbítero na A.D. Belem-Missão em Sorocaba, onde o Pastor Presidente é o Rev. Osmar José da Silva - CGADB, Tenho 1João 1:7-9 injetado na veia!.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

7 Milhões de Confessos:

  1. Muito legal... Que Deus continue te abençoan6do... Muito bom os seus textos.. Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Afosso, o seu blog é muito bom tbm, com aquelas poesias de sua autoria... Otimooo!

    ResponderExcluir
  3. Shalom!

    Uma alegria conhecer seu ótimo blog. O Eterno resplandeça o rosto Dele sobre ti.

    Medite no Sl 36.8,9

    Feliz 2010!

    Nele, Pr. Marcello

    Visite>> http://davarelohim.blogspot.com/

    e participe do concurso do 1º ano do meu blog. É simples e rápido. Os 3 primeiros ganharão presentes. Um deles é meu novo livro: Mensagens que Transformam, prefaciado pelo ilustre Rev. Hernandes Dias Lopes.

    Não perca a oportunidade!

    ResponderExcluir
  4. Hubner, obg pela visita ao GRAÇA PLENA. O livro de Yancey é uma boa leitura, faz tempo que o li. Parabens pelo blog e volte sempre. Deus o abençoe.

    Joelson Gomes
    http://gracaplena.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Que lindo este texto.Estou mais apaixonada por jesus.....quero dizer eu o amo.

    ResponderExcluir
  6. Graça e Paz, Hubner!

    Vim aqui ler as suas indicações, aprender com você e apreciar o seu cantinho.

    Que Deus continue dando a você sabedoria e conhecimento para falar de salvação.

    Abraços!
    Chris Amag

    ResponderExcluir
  7. Boa tarde!

    O que vem à sua cabeça quando falamos de Jesus Cristo?

    Digo que mais que vir à cabeça, vem primeiramente ao coração. Jesus, é o ponto de partida, a direção certa, é o amor puro.

    Um abraço fraternal

    ResponderExcluir

Não deixe de participar, a sua opinião é de extrema importância!

Críticas são bem vindas quando a pessoa se identifica.