Lição 5: A Instituição da Monarquia em Israel - 27 de Outubro de 2019 - EBD ADULTO - CPAD

TEXTO ÁUREO “Então, todos os anciãos de Israel se congregaram, e vieram a Samuel, a Ramá, e disseram-lhe: Eis que já estás velho, e t...


TEXTO ÁUREO
“Então, todos os anciãos de Israel se congregaram, e vieram a Samuel, a Ramá, e disseram-lhe: Eis que já estás velho, e teus filhos não andam pelos teus caminhos; constitui-nos, pois, agora, um rei sobre nós, para que ele nos julgue, como o têm todas as nações.” (1 Sm 8.4,5)

VERDADE PRÁTICA

Antes de tomar uma decisão, o crente precisa buscar a orientação de Deus, para que não venha a sofrer dolorosas consequências.

LEITURA DIÁRIA

Segunda – Ef 1.6,7
Procure corresponder à sua vocação espiritual
Terça – Nm 27.15-18
Deus é quem escolhe a liderança de sua Igreja
Quarta – Mt 9.37,38
Para uma liderança de qualidade é preciso orar
Quinta – Lc 6.12-14
Jesus escolheu os seus discípulos em oração
Sexta – Lc 4.18
Para fazer a obra de Deus é preciso unção do Espírito Santo
Sábado – Js 1.8
Alimentar-se da Palavra é o segredo para o sucesso do ministério

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
1 Samuel 8
4- Então, todos os anciãos de Israel se congregaram, e vieram a Samuel, a Ramá,
5- e disseram-lhe: Eis que já estás velho, e teus filhos não andam pelos teus caminhos; constitui-nos, pois, agora, um rei sobre nós, para que ele nos julgue, como o têm todas as nações.
6- Porém essa palavra pareceu mal aos olhos de Samuel, quando disseram: Dá-nos um rei, para que nos julgue. E Samuel orou ao SENHOR.
7- E disse o SENHOR a Samuel: Ouve a voz do povo em tudo quanto te disser, pois não te tem rejeitado a ti; antes, a mim me tem rejeitado, para eu não reinar sobre ele.

1 Samuel 10
1- Então, tomou Samuel um vaso de azeite, e lho derramou sobre a cabeça, e o beijou, e disse: Porventura, te não tem ungido o SENHOR por capitão sobre a sua herdade?
2- Partindo-te hoje de mim, acharás dois homens junto ao sepulcro de Raquel, no termo de Benjamim, em Zelza, os quais te dirão: Acharam-se as jumentas que foste buscar, e eis que já o teu pai deixou o negócio das jumentas e anda aflito por causa de vós, dizendo: Que farei eu por meu filho?
3- E, quando dali passares mais adiante e chegares ao carvalho de Tabor, ali te encontrarão três homens, que vão subindo a Deus a Betel: um levando três cabritos, o outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho.
4- E te perguntarão como estás e te darão dois pães, que tomarás da sua mão.
5- Então, virás ao outeiro de Deus, onde está a guarnição dos filisteus; e há de ser que, entrando ali na cidade, encontrarás um rancho de profetas que descem do alto e trazem diante de si saltérios, e tambores, e flautas, e harpas; e profetizará
6- E o Espírito do SENHOR se apode-rará de ti, e profetizarás com eles e te mudarás em outro homem.
7- E há de ser que, quando estes sinais te vierem, faze o que achar a tua mão, porque Deus é contigo.

OBJETIVO GERAL
Mostrar que para tomar decisões, o crente deve pedir orientação a Deus.

HINOS SUGERIDOS: 78, 207, 342 da Harpa Cristã

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Abaixo, os objetivos específicos referem-se ao que o professor deve atingir em cada tópico. Por exemplo, o objetivo I refere-se ao tópico I com os seus respectivos subtópicos.

I - Conceituar monarquia;
II - Explicitar a escolha de Saul como rei;
II - Especificar o rei que o povo escolheu.

INTERAGINDO COM O PROFESSOR

A vida cristã passa pela tomada de decisões. Tomá-las sem buscar a direção de Deus pode nos trazer grandes prejuízos. Assim, a lição desta semana trata de um tema importante do Antigo Testamento. O povo de Israel pediu um rei para ser igual às outras nações. A decisão do povo foi marcada pela aparência humana e dados superficiais. Tal pedido, mais adiante, trouxe graves consequências espirituais ao povo de Israel através do rei Saul. Aqui, encontra-se uma ótima oportunidade para refletirmos acerca do grau de dependência que temos do Senhor. Boa aula!

INTRODUÇÃO

Ao tratar da instituição da monarquia em Israel, não podemos ignorar a soberania de Deus ao estabelecer essa forma de governo. Embora a monarquia fosse um desejo nacional, Deus interveio e, segundo a sua vontade, estabeleceu essa forma de governo. Outrora, Ele levantava juízes em diversas regiões, mas agora Ele levantaria uma monarquia em Israel. Nesse sentido, estudaremos a razão da monarquia, a escolha do rei Saul, o primeiro rei de Israel e o mérito dessa escolha.

- O termo ‘monarquia’ significa ‘governo de uma só pessoa’, o rei é o soberano, possuindo toda a autoridade em suas mãos. É ele quem legisla ao mesmo tempo em que é o juiz que decide e dá a sentença. A monarquia em Israel não aconteceu do dia para a noite, mas foi conseqüência das inúmeras deficiências do sistema tribal (leia mais aqui). Quando Israel entrou na Terra Prometida, encontrou cidades-estado dos cananeus que eram governadas por reis (Js 12.7-24). Além disso, durante o período de juizes, Israel foi escravizado pelas nações que eram governadas por reis (Jz 3.8,12; 4.2; 8.5; 11.12). Contudo, na época de Juizes não havia um rei em Israel (Jz 17.6; 18.1; 19.1; 21.25). Como Israel vivia numa terra cercada por nações que tinham reis, isso também contribuiu para o desejo por um rei. De acordo com Dt 17.14, Deus sabia que esse seria o desejo do povo e permitiria que assim o fosse. No entanto, o v. 20 revela um motivo que era definitivamente contrário à vontade do Senhor: “fazer as nossas guerras”. Até esse ponto, o próprio Senhor havia lutado as batalhas por Israel e lhe dado vitórias contínuas (Js 10.14; 1Sm 7.10). Israel já não queria que o Senhor fosse seu guerreiro, o desejo de Israel era substituí-lo por um rei. Foi assim que Israel rejeitou o Senhor. O problema não era ter um rei, mas sim a razão pela qual o povo queria um rei, ou seja, para ser como as outras nações. De maneira insensata; também achavam que haveria mais poder se tivessem um rei para liderá-los nas batalhas. Bom estudo e crescimento maduro na fé cristã!

PONTO CENTRAL
O crente deve pedir direção a Deus para tomar qualquer decisão.

I – POR QUE A MONARQUIA?

1. Um sentimento de orgulho nacional (8.4,5).
O desvio de Israel teve origem em sua desobediência a Deus. Os israelitas só o buscavam em tempos de crise; então, davam ouvidos à mensagem divina. Segundo a Bíblia, Deus chamou Israel para ser líder espiritual do mundo (1 Cr 17.21; Jo 4.22), mas a nação enveredou pelo mesmo caminho das outras nações. Assim, por meio do orgulho nacional, os israelitas foram levados a pedir um rei antes da hora. Nesse caso, adotar o regime monárquico, segundo o modelo pagão, significava rejeitar a liderança divina representada por Samuel. Dessa forma, os israelitas escolheram uma política meramente humana, fugindo de sua real vocação sacerdotal e profética.

Há perigo quando o povo de Deus deixa a sua verdadeira vocação para imitar as instituições terrenas. Embora seja bíblico cumprir nossas obrigações políticas e sociais, a vocação da Igreja é espiritual, como afirmou Jesus: “O meu Reino não é deste mundo; se o meu Reino fosse deste mundo, lutariam os meus servos, para que eu não fosse entregue aos judeus; mas, agora, o meu Reino não é daqui” (Jo 8.36).

- Todo desvio tem seu início na desobediência - o ato de alguém se rebelar contra a autoridade, ser insubmisso, quebrar princípios, desrespeitar, afrontar. A desobediência a Deus é um pecado que leva à morte. Adão caiu, e com ele toda a humanidade, pela desobediência à Palavra de Deus.
- Por qual razão Deus Deus chamou Israel para ser Seu povo?

  “Falando da nação de Israel, Deuteronômio 7:7-9 nos diz: “Não vos teve o SENHOR afeição, nem vos escolheu porque fôsseis mais numerosos do que qualquer povo, pois éreis o menor de todos os povos, mas porque o SENHOR vos amava e, para guardar o juramento que fizera a vossos pais, o SENHOR vos tirou com mão poderosa e vos resgatou da casa da servidão, do poder de Faraó, rei do Egito. Saberás, pois, que o SENHOR, teu Deus, é Deus, o Deus fiel, que guarda a aliança e a misericórdia até mil gerações aos que o amam e cumprem os seus mandamentos.” Deus escolheu a nação de Israel para ser o povo através do qual Jesus Cristo iria nascer – o Salvador do pecado e da morte (João 3:16). Deus prometeu o Messias pela primeira vez após a queda de Adão e Eva no pecado (Gênesis capítulo 3). Deus mais tarde confirmou que o Messias viria da linhagem de Abraão, Isaque e Jacó (Gênesis 12:1-3). Jesus Cristo é a razão final pela qual Deus escolheu Israel para ser o Seu povo escolhido. Deus não precisava ter um “povo escolhido”, mas decidiu fazer as coisas dessa forma. Jesus tinha que vir de alguma nação, e Deus escolheu Israel. No entanto, a razão pela qual Deus escolheu a nação de Israel não foi unicamente para o propósito da vinda do Messias. O desejo de Deus para com Israel era o de que eles ensinassem aos outros sobre Ele. Israel deveria ser uma nação de sacerdotes, profetas e missionários para o mundo. O intento de Deus era que Israel fosse um povo distinto, uma nação de pessoas que guiassem os outros em direção a Deus e a Sua providência prometida do Redentor, Messias e Salvador. Em sua maior parte, Israel falhou nessa tarefa. No entanto, o propósito final de Deus para Israel, o de trazer o Messias e Salvador, foi cumprido perfeitamente – na Pessoa de Jesus Cristo”. (THEGOTQUESTIONS?)
- O erro não foi “Nesse caso, adotar o regime monárquico, segundo o modelo pagão, significava rejeitar a liderança divina representada por Samuel”. É fato que Deus já havia planejado um rei para Israel e estabeleceu regras para a nação escolher um rei (Dt 17.14-20). Entretanto, quando o povo de Israel pediu a Samuel que constituísse um rei, o Senhor disse a Samuel que o povo “não te rejeitou a ti, mas a mim, para eu não reinar sobre ele” (1 Sm 8.7). Israel errou na motivação e no método na busca de um rei. Quando o povo pediu a Samuel um rei, não foi porque quisessem ter um homem de Deus reinando sobre a nação, mas porque queriam que um homem reinasse sobre eles. Eles consideraram erroneamente como atos de Samuel a administração que Deus vinha operando através dele. Israel ignorou completamente o fato de que era Deus quem os protegia e reinava sobre eles, eles não estavam rejeitando a Samuel, mas sim a Deus. Também não buscaram a orientação do Senhor no que diz respeito ao rei que governaria Israel. Deuteronômio 17.15 afirma que Deus determinara especificamente que o povo estabeleceria um rei, “aquele que o Senhor… escolher”.
- Ao fazer esta escolha eles não estavam “Dessa forma, os israelitas escolheram uma política meramente humana, fugindo de sua real vocação sacerdotal e profética”; sua vocação independeria da forma de governo, ela estava atrelada mais à obediência, no estabelecer um relacionamento correto com Deus, sendo o exemplo para as demais nações. Deus queria que a formosura da santidade de Israel atraísse para Ele o restante das nações. Israel seria um exemplo vivo do poder e da graça de Deus para com os povos.
- Quando “o povo de Deus deixa a sua verdadeira vocação para imitar as instituições terrenas” não há mais ‘perigo’, porque ele já estará desviado!
- Em Jo 18.36, a resposta de Jesus é dupla, declarando:
(1) que Ele não é um Rei no sentido político; e

(2) que ele é um rei no sentido moral. Por "deste mundo", devemos entender que a natureza e a origem de Seu reino não são deste mundo, e que o Seu reino não se estenderá neste mundo. (Jo 8.23; Jo 10.16). Ele afirma que é Rei e mais, declara que não há desacordo entre seu reino e governo político ou ordem, qualquer que seja.

2. O fracasso dos filhos de Samuel.
Este era o contexto dos israelitas: a Arca da Aliança não estava mais com o povo; havia ameaças constantes dos filisteus e os filhos de Samuel não andavam em caminhos retos. Nesse sentido, o pedido dos anciãos tocou o coração do profeta; pois ele sabia que os seus filhos não tinham condições morais nem espirituais para substituí-lo. Samuel era um líder fiel, sincero, verdadeiro e, embora fosse duro ouvir, ele sabia que os anciãos falavam a verdade.

Biblicamente, não há problema em um filho de pastor vir a substituir o pai no ministério. Entretanto, isso não pode se dar por causa do amor paterno, mas pela vocação dada por Deus e confirmada pela Igreja de Cristo (1 Tm 3.1-7; Tt 1.5-9). O dono da obra é o Senhor!

- “    “Porém seus filhos não andaram pelos caminhos dele; antes, se inclinaram à avareza, e aceitaram subornos.. 1Sm 8.3 O nascimento de Samuel foi um milagre, sua vida foi um portento e sua morte, o fi de uma era. Samuel foi o maior profeta, o maior sacerdote e o maior juiz do período dos Juízes. Sua mãe orou por ele antes dele ser concebido e ele tornou-se um homem de oração. Sua conduta foi irrepreensível. Jamais deixou de exortar o povo e até mesmo de confrontar o rei. Nas turbulências da nação, nunca se esqueceu de orar pelo povo. Ninguém, jamais, conseguiu encontrar em sua vida qualquer brecha para acusá-lo ou desmerecer seu ministério. Seus fihos, porém, não andaram em seus caminhos. Houve uma falta de conexão entre a vida do pai e a vida dos fihos. Mesmo tendo um pai piedoso, profeta e intercessor, os fihos de Samuel colocaram os pés em veredas sinuosas. Eles se inclinaram à avareza, aceitaram subornos e perverteram o direito. Esses fihos jogaram fora o legado do pai. Às vezes, os fihos deliberadamente rejeitam seguir as pegadas de seus pais. Houve um tempo em que os fihos de Samuel deixaram de seguir seu conselho e abandonaram o caminho que o pai trilhou. Samuel começou bem sua carreira e a terminou bem, mas seus fihos escolheram outra carreira e deixaram uma desditosa herança e uma triste marca. Seus fihos têm andado nas veredas da justiça?” (Fonte: Devocionário Cada Dia - Hernandes Dias Lopes).
A sucessão pastoral não deve ser ‘hereditária’, mas sim, segundo os preceitos bíblicos para tal!

A sucessão pastoral é uma fase decisiva e, portanto, é imprescindível que toda a igreja esteja unida, orando e participando do processo, ao invés de dividir-se em grupos partidários como na Igreja que Corinto, onde não se tratava de sucessão, mas alguns membros passaram a considerar certos ministros do evangelho mais do que o próprio evangelho (1 Co 1.10-31). Em sua missiva o apóstolo Paulo repudia e condena essa atitude que pode levar os irmãos à infidelidade aos princípios cristãos, e à divisão da Igreja de Cristo”. (SEARANEWS)

3. Rejeitando os planos de Deus (10.6,7).
Escolher a monarquia, naquele contexto, era rejeitar o propósito divino. Foi algo deliberado do povo contra o plano estabelecido por Deus desde quando Israel ocupou a Terra de Canaã. Deus é onisciente. Ele sabia que esse momento chegaria (Dt 17.14). Assim, no tempo certo, o próprio Deus daria um rei com as qualidades necessárias. É preciso seguir essa diretriz no processo de sucessão de líderes. Não podemos perder a perspectiva de que é Deus que dá seus líderes à Igreja (Mt 9.38; Lc 10.2).

- A rejeição, como já tratado acima, não foi a escolha pela monarquia naquele momento, isso por que já havia planos do Senhor para tal (Dt 17.14). O ofício real já havia sido antecipado por Moisés no Pentatêuco (Gn 17.16; 35.11;49.9-12; Nm 24.7,17). De fato, Moisés previu o tempo em que o povo pediria um rei e instruiu explicitamente o povo a respeito das qualificações do futuro rei!

- Quanto à escolha de líderes, sabemos que é o Senhor quem levanta e confere os dons espirituais necessários para o desempenho do chamado, sempre que observamos a escassez de líderes cheios do Espírito Santo, devemos levantar nossos olhos para que Ele ofereça o remédio.

SÍNTESE DO TÓPICO I

O sentimento de orgulho nacional, o fracasso dos filhos de Samuel e a rejeição do plano de Deus contribuíram para o estabelecimento da monarquia.

SUBSÍDIO DIDÁTICO - PEDAGÓGICO

Ao introduzir a lição de hoje, que tem como tema a instituição do primeiro reinado de Israel, faça uma síntese a respeito de como Deus conduzia o seu povo até aquele derradeiro momento. Como sugestão para essa síntese, use o seguinte texto como auxílio: “[...] Desde os dias de Moisés Deus governava Israel através de sacerdotes e juízes especialmente dotados com poder e habilidade. Quando Samuel, o último dos juízes, envelheceu, o povo pediu um rei para que eles fossem como as nações que estavam ao seu redor. O repúdio que demonstravam estava dirigido a Deus e a uma caminhada de fé. Eles desejaram imitar as nações não simplesmente no governo, mas também no espírito, dependendo de suas próprias possibilidades e poder ao invés de depender do Senhor (1 Sm 8)” (Dicionário Bíblico Wycliffe. Rio de Janeiro: CPAD, 2010, p.1775).

II – A ESCOLHA DE SAUL COMO REI

1. Por que Saul?
Quando lemos o livro de 1 Samuel, logo percebemos que o foco do autor sagrado é Davi, e não Saul. Se Saul foi o primeiro rei de Israel, por que o foco da narrativa não recaiu sobre ele? Podemos considerar que, num primeiro momento, o rei Saul foi ungido pela soberana vontade de Deus. Entretanto, ele reinou indiferente aos mandamentos divinos; era um rei falho, egoísta e ciumento. O propósito do autor sagrado é contrastá-lo com Davi, um homem segundo o coração de Deus.

- O benjamita Saul, filho de Quis, foi o primeiro rei de Israel. Interessante notar que a raiz hebraica para ‘Saul’ significa ‘pedido a Deus’. No capítulo 8.10, o "povo... lhe pedia um rei”, e embora Deus tivesse indicado Saul, na verdade ele era mesmo a escolha do povo, dado pelo Senhor em resposta ao seu pedido. A escolha do Senhor teria sido da tribo de Judá (Gn 49.10). Deus identificou Saul para Samuel assegurando que não havia qualquer engano quanto ao escolhido de Deus para ser o rei (1Sm 9.17). O povo havia clamado para serem libertos dos filisteus, seus rivais de longa data, do mesmo modo que clamaram para serem libertos da escravidão no Egito (Êx 2.25; 3.9). Deus levanta Saul porque ele livraria Israel das mãos dos filisteus, o rei escolhido por Deus de acordo com o desejo do coração dos israelitas.

2. A unção de Saul por Samuel (10.1).
Na unção de Saul, alguns detalhes devem ser destacados. Samuel o beijou em sinal de afeição e admiração pessoal. A unção era feita com azeite de oliva. A cerimônia simbolizava a investidura divina para o exercício do cargo.

Os que são separados, por Deus, para a sua Obra, têm a unção do Espírito Santo – a capacidade que vem do alto para o exercício do Santo Ministério (Ef 4.11-14). Hoje, não necessitamos do azeite para a separação de obreiros para o ministério da Palavra; basta a imposição de mãos do presbitério (1 Tm 4.14; 2 Tm 1.6).

- O Senhor escolheu Saul para ser o líder de Israel e comunicou sua escolha por meio de uma unção privada feita por Samuel, separando-o para o ministério de Deus. Note que o capítulo 10.1 afirma que Deus pôs Saul por rei sobre a ‘Sua herança’ - a herança era a nação de Deus, Israel, no sentido de que esta pertencia exclusivamente ao Senhor (Dt 4.20; 9.26).
- A unção com óleo, despejado sobre a cabeça do sumo sacerdote, seus descendentes e dos reis, simbolizava a separação como santos para o Senhor (Êx 25.6; Lv 8.30, Nm 4.16). Este óleo ou os ingredientes tinham qualquer poder sobrenatural. Pelo contrário, o rigor das diretrizes para a criação do óleo era um teste da obediência dos israelitas e uma demonstração da absoluta santidade de Deus. Os reis eram ungidos como libertadores para o povo de Israel e para governar sobre o povo como seu pastor (1Sm  9.16).

- Imposição das Mãos era a cerimônia que confirmava a idoneidade e aceitação para o ministério, procedia da prática do Antigo Testamento de impor as mãos sobre um animal que seria sacrificado com o fim de identificar-se com ele (Êx 29.10,15,19; Lv 4.15; Nm 8.10; 27.18-23; Dt 34.9; Ml 19.15; At 8.17-18; 9,17; Hb 6.2).

3. Os sinais de confirmação da unção (10.2-7).
Três são os sinais que confirmaram a unção de Saul como o rei de Israel: (1) Saul encontra as jumentas perdidas de seu pai;
(2) ele encontra três homens no Monte Tabor, um levando três cabritos, outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho;
(3) a capacidade de profetizar pelo Espírito de Deus.

O primeiro sinal representava o trabalho que o rei teria; o segundo apontava para o sustento divino para a tarefa de Saul; e o terceiro, o rei reinaria sob o Espírito de Deus e, assim, salvaria Israel de seus inimigos.
Quem é chamado para o ministério precisa aplicar-se ao trabalho (Jo 5.17); sustentar-se pelo alimento sagrado, a Palavra de Deus (Dt 8.3; Mt 4.4); e estar cheio do Espírito Santo (Ef 5.18).  A jornada ministerial é pesada; por isso, é preciso estar centrado em Deus em todo o exercício ministerial.

- Além de ungir Saul, Samuel disse tudo o que ele encontraria pelo caminho e até que as jumentas do pai dele já tinham sido achadas. quando Saul recebeu a unção de Deus a bíblia diz que o Espírito do Senhor se apossou de Saul, e ele profetizou entre os profetas (1Sm 10.10). O Espírito Santo capacitaria Saul a declarar a Palavra do Senhor junto aos profetas e seria mudado em outro homem. Com essa capacitação pelo Espírito Santo, Saul surgiria como outro homem (cf. 10.9), preparado da mesma maneira que Gideão e Jefté para obras de bravura (cf. v. 9; |z 6.34; 11.29).

SÍNTESE DO TÓPICO II

Saul foi ungido rei por Samuel pela vontade soberana de Deus.

SUBSÍDIO BÍBLICO-TEOLÓGICO

“[...] Quando Saul se virou para partir em direção à sua casa, Deus lhe mudou o coração em outro (9). O humilde trabalhador rural estava a caminho de tornar-se um líder militar e civil. O Espírito de Deus se apoderou dele (10) e os seus conhecidos, ao vê-lo, perguntavam uns aos outros: Está também Saul entre os profetas? (11), uma frase destinada a tornar-se famosa em uma época posterior, sob as mais extremas manifestações de 19.23-24. Tornou-se provérbio (12) não significa necessariamente a partir daquele momento, mas pode ter sido na época posterior narrada no capítulo 19. Os versos 6-11 mostram ‘A criação de um novo homem’, pois Samuel disse a Saul: te mudarás em outro homem, 6. Aqui temos (1) Redenção – Deus lhe mudou o coração em outro, 9; (2) Renovação – O Espírito de Deus se apoderou dele, 10; e (3) Reconhecimento – todos os que dantes o conheciam viram que eis que com os profetas profetizava; então disse o povo, cada qual ao seu companheiro: Que é o que sucedeu ao filho de Quis?” (Comentário Bíblico Beacon:2 Josué a Ester. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p.197).

III – O REI QUE O POVO ESCOLHEU

1. Uma escolha pautada na aparência.
Saul rejeitou a Palavra do Senhor, assim, brevemente, Deus daria ao povo um rei segundo o Seu coração (1 Sm 13.13; 15.23). Entretanto, para o povo, Saul era um candidato que enchia os olhos. Fisicamente, era um homem notável (1 Sm 9.2). O povo não via nada além que a aparência humana; mas Deus, que sonda todas as coisas, conhecia o coração de Saul. Mesmo não sendo o rei ideal do ponto de vista divino, Deus o designou e o nomeou.

- O capítulo 9.2 diz que a ênfase era colocada na aparência exterior dos líderes, como no caso de Davi no capítulo 16.18 “sabe tocar... de boa aparência”.

Embora a Bíblia descreva Saul como um homem muito bonito fisicamente, o rei tinha alguns defeitos morais e espirituais. A princípio ele foi um bom rei e excelente chefe militar. Dominado pelo Espírito de Deus, Saul foi capaz de derrotar alguns inimigos de Israel. Porém, tornou-se orgulhoso e desobediente a Deus, além de muito ciumento. Vale lembrar que, embora o povo houvesse desafiado a Deus ao lhe pedir um rei, Deus estava pronto a abençoá-los juntamente com seu rei, se eles e o rei o temessem e o obedecessem (12.13-15). Infelizmente, isso não aconteceu.” (EBDBELASARTES)

2. Os direitos do novo rei.
O profeta Samuel esclareceu que o rei teria os seguintes privilégios: todos estariamsob o poder do novo rei e prontos para servi-lo na guerra, no trabalho do campo e da cozinha real, na implantação de impostos, no confisco de escravos para o trabalho, na produção de perfumes, e na cobrança dos dízimos da produção  – no Antigo Testamento essa é a única vez que se trata de dízimo cobrado pelo rei (1 Sm 8.10-17).

Assim, as exigências descritas por Samuel faziam parte do novo sistema político que o povo tanto desejava, um padrão desenvolvido pelas nações gentílicas. No Novo Testamento, há recomendação evangélica de como o cristão deve se portar na forma de governo político-temporal vigente (Rm 13.1-7; 1 Pe 2.13-17).

- Samuel advertiu o povo que ainda viveriam para se arrepender da decisão de ter um rei e que mais tarde clamariam pela libertação de seu governo (1Rs 12.4). ‘Mas o Senhor não vos ouvirá’, diferentemente da resposta do Senhor a Israel durante o período do juízes (Jz 2.18), Deus não se compadeceria e, portanto, não livraria o povo das mãos do rei que os oprimia.
- Não há autoridade que não proceda de Deus, Ele é o único onipotente, governador soberano do universo (Sl 62.11; 103.19; 1Tm 6.15), e instituiu quatro autoridades na terra:
1 )o governo sobre todos os cidadãos;
2) a igreja sobre todos os cristãos;
3) os pais sobre todos os filhos; e
4) os senhores sobre todos os empregados.

- A autoridade do governo humano procede de Deus e é por ele definida. O governo humano foi instituído para recompensar o bom e reprimir o pecado em um mundo mal e caído e quem resiste às autoridades, resiste  ordenação de Deus, uma vez que toda autoridade é ordenada por Deus, a desobediência é uma rebeldia para com Deus.

3. O novo sistema político e o aspecto teológico.
Deus sempre cuidou de Israel; deu-lhe mandamentos, escolheu lideranças para representá-lo em momentos ímpares, fez com que o povo se arrependesse e se voltasse para Ele muitas vezes. Agora, não seria diferente. O Senhor não se afastaria da nação. Se originalmente esta não era a vontade de Deus, o Criador usaria esse modelo para guiar o seu povo. Ele já preparara um rei segundo o coração dEle (1 Sm 13.14).

Neste novo modelo, a liderança seria centralizada na pessoa do rei; sacerdotes e profetas representariam o conselho de Deus para o governo monárquico. Assim, o Altíssimo conduziria o seu povo pela história.

- “A remoção da família de Saul de uma dinastia permanente na liderança de Israel abriu a possibilidade para outro rei. E Davi foi o homem escolhido por Deus. Davi era notável, tanto por seu amor a Deus quanto por sua aparência física. (I Sm 16.12). Depois que Saul foi rejeitado por seus atos de desobediência, o Senhor incumbiu Samuel da tarefa de ungir um dos filhos de Jessé. Os mancebos passaram um por vez diante de Samuel, mas nenhum deles foi aprovado por Deus. Depois que os sete mais velhos foram apresentados a Samuel, ele não entendeu porque o Senhor o enviara a ungir um rei naquela casa. O profeta procurava um candidato que se qualificasse por sua estatura física. Afinal, anteriormente tinha dito ao povo que Saul preenchia a todos os requisitos devido à sua bela aparência física (I Sm 10.24). Jessé disse a Samuel que seu filho mais novo chamado Davi, ainda cuidava dos rebanhos. Depois que foi trazido diante do profeta, ele teve  certeza de que aquele jovem atendia aos padrões de Deus. Davi recebeu duas confirmações de sua eleição: Samuel o ungiu numa cerimônia familiar e o Espírito do Senhor veio sobre ele de maneira poderosa.” (EBDBELASARTES)

- Independente do sistema escolhido, Deus continua no comando, Ele é Soberano e governa todo o universo, independente do que pensem os homens. Usou Saul, o rei ‘pedido a Deus’, para libertar o povo da opressão dos filisteus, depois que Saul, por sua desobediência, recebeu um recado do Senhor por meio do profeta Samuel indicando que o seu reino havia terminado (1Sm 15.26), Deus levanta Davi, que apesar de suas imperfeições, cumpriu aquilo que Deus havia planejado para a nação e por isso, foi um homem segundo o coração de Deus.

SÍNTESE DO TÓPICO III

A escolha do rei Saul foi pautada pela aparência. Ele tinha privilégios e estabeleceu o novo sistema político em Israel.

SUBSÍDIO BÍBLICO-TEOLÓGICO

“Todos os anciãos de Israel (4) vieram até Samuel, para demonstrar uma ampla insatisfação com a situação. A sua exigência de um rei se baseava em duas razões: já estás velho, e teus filhos não andam pelos teus caminhos (5), além do desejo de que o rei pudesse ser o seu juiz ou líder e de que eles pudessem ser como todas as nações. Este desejo de adequar-se aos outros, rebelando-se contra as características divinas, foi uma fonte de problemas para o povo de Deus em todas as épocas.

O descontentamento de Samuel (6) não ocorreu porque o povo julgou que ele estava velho e que os seus filhos não eram dignos de sucedê-lo, mas porque pediram um rei – fato no qual ele via claramente implicações profundas com envolvimentos morais e espirituais. Os seus receios se confirmaram quando o Senhor lhe disse: o povo não te tem rejeitado a ti; antes, a mim me tem rejeitado, para eu não reinar sobre ele (7). A nação já tinha uma triste história de rebelião e idolatria, e estava, agora, apenas fazendo a Samuel o que já havia feito ao Senhor (8). Esperava-se que o profeta concordasse com o pedido, mas ele protestou e claramente informou os líderes do resultado da sua escolha (9)” (Comentário Bíblico Beacon:2 Josué a Ester. Rio de Janeiro: CPAD, 2005, p.193).

CONCLUSÃO

Deus é o Senhor da história. Muitas vezes não conhecemos seus caminhos nem propósitos, mas sabemos que sua vontade é sempre a mais perfeita e agradável. Não podemos perder de vista que o Pai é quem governa a nossa vida. Como cristãos, devemos buscar a bênção de que a nossa vontade e escolhas estejam sempre bem alinhadas com as de Deus.

- “O meu conselho permanecerá de pé, farei toda a minha vontade” (Isaías 46.9-10). Deus não é um vidente, ou um adivinho, ou um mero prognosticador. Ele não tem uma bola de cristal. Ele sabe o que está por vir porque planeja o que ocorrerá e executa o que ele planeja. Deus tem a autoridade, a liberdade, a sabedoria e o poder legítimos para cumprir tudo o que ele pretende que aconteça. Deus governa!

Destacamos duas promessas muito preciosas que recebemos de Deus. A primeira é: “Sabemos que todas as coisas cooperam para o bem daqueles que amam a Deus, daqueles que são chamados se­gundo o seu propósito” (Rm 8.28) – essa promessa tem a ver com o nosso sofri­mento. Deus está garantindo que todas as coisas cooperam para o nosso bem. Ele não está garantindo que compreen­deremos tudo por que passamos, nem que nos alegraremos com tudo, mas que tudo está cooperando para o nosso bem. Se essa promessa estiver firme e bem arraigada em seu coração, você terá êxito em levar a vida de maneira mais piedosa e temente a Deus. A outra promessa diz respeito ao futuro glorioso: “ a vontade do meu Pai é que todo homem que vir o Filho e nele crer tenha a vida eterna; e eu o ressuscitarei no último dia” (Jo 6.40). Essa promessa é maravilhosa, pois nos apresenta a garantia de que não permaneceremos na morte. Mais do que isso, à semelhança do nosso Senhor, ressuscitaremos para viver plena e eternamente com ele e com todos aque­les que creram em seu nome. Por isso, não devemos temer aqueles que podem matar o corpo ou nos fazer mal porque isso é o máximo que eles podem fazer (Lc 12.4). Como pertencemos a Deus, e estamos assegurados nas suas mãos, o futuro de glória é certo e verdadeiro.” (ULTIMATO)

PARA REFLETIR
A respeito de “A Instituição da Monarquia em Israel”, responda:

1) Onde teve origem o desvio de Israel?
O desvio de Israel teve origem em sua desobediência a Deus.

2) Qual era o contexto dos israelitas quando pediram um novo rei?
Este era o contexto dos israelitas: a Arca da Aliança não estava mais com o povo, havia ameaças constantes dos filisteus, os filhos de Samuel não andavam em caminhos retos.

3) Qual o propósito do autor sagrado ao enfatizar o rei Davi e não o rei Saul?
O propósito do autor sagrado é contrastá-lo as atitudes do rei Davi, que mostram um comportamento completamente diferente do de Saul.

4) Cite os três sinais que confirmaram o reinado de Saul.
Três são os sinais que o texto menciona para confirmar a unção de Saul como o rei de Israel: (1) Saul encontraria as jumentas perdidas de seu pai; (2) ele encontraria três homens no Monte Tabor, um levando três cabritos, outro, três bolos de pão, e o outro, um odre de vinho; (3) a capacidade de profetizar pelo Espírito de Deus.

5) Cite, ao menos, três privilégios do rei de Israel.
Todos estariam sob o poder do novo rei e prontos para servi-lhe na guerra, no trabalho forçado na terra, no trabalho da cozinha real, na apropriação de terras para que fossem dadas aos ministros do rei.






COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor e blogueiro. Formado Bacharel em Teologia pela FATESP, graduando em Mecânica pela FATEC. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras para jovens, casais, obreiros e missões urbanas.

Doações Missionárias Aqui!!


Nome

#desafio42dias,2,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,1º Trimestre,2,1º Trimestre 2018,1,2º Trimestre,2,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,24,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,9,A Raça Humana,1,Abuso Sexual,4,AD em BH,2,Adolescente,1,Adoração,3,Adulto,49,Agostinho,1,Air,1,Ajuda do Alto,2,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,alegria,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,2,Amar,14,Amasiado,1,Amém,1,Amigo,6,Amizade,12,Amnon e Tamar,2,Amor,44,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,9,amostra grátis,1,Ana,3,Ananias,1,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,1,Anjo de Luz,2,Anjos,2,Anonimo,1,Anrão,1,Antigo Testamento,1,Ao Vivo,1,Apaixonado,1,Aplicativo,1,Apocalipse,5,Apologia,3,Apostasia,1,Apostolo,3,apóstolo Paulo,5,App,1,Apple Store,1,apreço imenso,1,Arrebatamento,3,Arrependimento,1,Artesão,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,2,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,4,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Ataque,1,Ateísmo,2,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitute,1,Atos,2,atriz,1,Auto Escola,1,autoajuda,2,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avó,1,bailarina,1,Balada Gospel,1,Balzac,1,Bangu,1,Barack Obama,2,Base Bíblica,1,Batalha Espirítual,4,Batismo,3,Batista,1,Batom Vermelho,1,BBB,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Benhour Lopes,1,best-seller,4,BETEL,7,Bíblia,15,Bíblia Diz,1,Bíblias,1,Bíblica,25,biblicas,1,Bienal do Livro,1,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,1,Bispa,1,BléiaCamp,1,BLOG,5,BlogNovela,9,Boaz,1,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,bom-humor,6,Bombom,1,Bons Sonhos,1,Borboleta,1,Brasil,1,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,1,Briga,1,Brincadeira,1,Busca,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,canal,1,Canção,1,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantor,2,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,Carência,4,Carismático,1,Carne,1,carreira,1,Carta de Amor,14,Cartas,1,Cartaz,3,Casa,1,Casa Branca,1,Casamento,9,Catarina Migliorini,1,CD,1,CDHM,1,Cesto,1,CGADB,2,Chamada,1,Champions League,1,Charges,8,Cheios,1,Chuva,1,Cinco,1,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,1,Cláudia,1,Clipe Oficial HD,2,Cocaína,1,com Pedro Bial,1,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,2,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,1,Compreender,1,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,10,Conhecer,2,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conselhos,8,Contra Mão do Mundo.,1,Conversão,3,Copa America,1,Copimismo,1,Coreografia,1,Cortinas,1,CPAD,94,Crack,1,Cracolândia,3,crescimento,2,Cristão,12,Cristianismo,1,Cristo,1,Cronograma da Bíblia,2,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,1,Cuide do Coração,4,Culto,2,Culto da Virada de Ano Novo,1,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,3,Davi e Bate-Seba,2,Davi e Jônatas,1,Davi e Mical,3,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Decisão,1,declaração,5,Degeneração,1,Delírios,1,demissão,1,demônio,1,Denominação,1,Denúncias,5,Deputado Federal,1,Desabamento,1,Desafio,8,Desafio Insano,2,Desapaixonar,3,Descobertas,1,Desculpas,1,Desejo,1,Despedida,1,Deus,22,Deus está Morto,1,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,Devaneios,3,Devocional,57,Dez passos,6,Dia dos Namorados,11,Dia dos Pais,2,Diabo,1,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,1,Dicas,1,Diferente,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinheiro,4,Discernimento,1,Discipulado,1,Discipulos,1,Discípulos,1,discussão,1,Distância,1,Divino,1,divórcio,1,Dízimos,2,Doação,1,Doação de Bebê,1,Doença,3,doença física,1,Dom,1,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,1,Dons de Maravilhas,1,Dores,1,Download,7,Download Livros e E-books,60,Doze,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,6,EBD,96,Ecumenismo,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,Elcana,3,Eleição,5,Elizabeth Gilbert,1,Ellan Miranda,6,Elogios,1,Email,2,empresa,1,Empresa.,1,Enchente,1,Encontro,7,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensinos,1,entender Deus,3,Entrevista,4,Epístolas,1,Esboço Pregação,1,Escatologia,2,Escola,32,Escola Bíblica Dominical,177,Escolha,4,Escritor,1,Espaço,2,esperança,1,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,1,Espírito,1,Espírito Santo,7,Espiritual,3,Estado de São Paulo,1,Estevão,1,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estudo Bíblico,16,Estudos Bíblicos,159,Estupro,1,Eternidade,1,Eu ainda te amo,1,evangelho,3,EVANGÉLICA,4,Evangélicos,1,Evangelismo,2,Evento,2,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exílio,2,Experiência de vida,25,Exupéry,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,1,Falecimento,1,Falsos,1,familia,4,Fat Family,1,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,2,Felipe,1,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,8,Festa Junina,1,Festividade,1,Fiel,1,Filho de Deus,1,Filho do Homem,1,Filho Pródigo,2,Filhos,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim de Relacionamento,2,Fim do Mundo,4,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,2,Firme,1,firmeza,1,Firmino,1,Fletar,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Fúnebre,1,funk,1,gadareno,1,Galaxy,1,Galileu,1,Ganhe Um Livro,1,Gay,8,genro,1,Geração,1,Gestos,1,Gideões,12,Gideões Missionários da Última Hora,9,Gilberto Carvalho,1,GLBS,2,Globo,1,Glória,1,GMUH,9,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Grátis,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,2,guerra,1,Halloween,1,Haxixe,1,Hedonismo,1,Heresia,3,Historia Real,1,Holocausto,1,Homenagem,1,Homens,1,Homofobia,14,homosexualismo,10,Homossexual,8,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Hubner Braz,23,Humanas,1,Humor,9,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,idioma,1,Igreja,4,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,1,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Imoral,1,Impressora,1,Incas.,1,Infantil,1,Inferno,2,inglês,1,Inicio,1,injustiça,1,Insegurança,1,Instituição,1,Internação,1,Internacional,1,intertestamentários,1,Intimidade,2,iPad,1,iPhone,1,Irmã Zuleide,1,Islâmismo,1,Israel,2,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jeito,1,Jerusalém,1,Jesuíta,1,Jesus,6,Jesus Cristo,4,Jesus de Nazaré,1,João,2,João Batista. Ossada,1,John Piper,1,Joquebede,1,Jornal da Record,1,José,2,Josh McDowell,1,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,96,Jovens,36,Judá e Tamar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,1,Justiça,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,1,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,1,Léia e Jacó,1,Leilão,2,Leis,1,Leitora,1,Leitura,2,LeNovo,1,Ler a Bíblia em 42 dias,1,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Libertinagem,1,Lição,14,Lições Bíblicas,3,Lições Bíblicas da BETEL,179,Lições Bíblicas da CPAD,392,Lições de Vida,26,Líder,1,Líder Adolescente,20,Líder Jovem,21,Liderança,1,Lídia,1,Lino,1,Lista,1,Litoral,1,Liverpool,1,Livre Arbítrio,2,Livres,1,Livros - Comentarios,78,Livros Evangelicos,37,Logos,1,Loide,1,Loira,1,Louco,1,Louvor,9,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,1,Lucifer,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,4,Luz do mundo,1,Lya Luft,1,MacBook Air,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,1,‪Magia,1,Maias,1,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,2,Mãos,1,Maquiagem,2,Marcas,1,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,1,Mardoqueu,1,Maria Madalena,1,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,1,Mártires Cristãos,2,Massacre,1,Masturbação,6,Matrimonio,2,maturidade cristã,7,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,3,Melhores Blogs,1,Melhores Sites,1,Meninos de Rua,1,Mensagem,3,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Milagres,2,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério Público Federal,1,Miriã,1,Misericórdia,1,Missão,3,Missões,4,Mitologia,1,MMA,1,Mobilização,2,Moisés,1,Monarquia,2,Monte,1,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,8,Mordomo,1,morte,4,Motivos,1,Mulçumano,1,Mulher de Potifar,1,Mulheres,2,multiplicação,1,Musica,8,Nacional,1,Namorado,9,Namorar,22,Namoro,46,Não Prometeu,1,Nascimento,1,Negar,1,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,1,NetFlix,1,Nigéria,1,No Fundo Do Poço,1,Noruega,1,Nota,1,Notícia gospel,15,Notícias Gospel,153,Nova,1,Novas Lições,1,Novela,2,Novo,2,Nuvem,1,NX Zero,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,1,O Bom Travesti,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obede-Edom,1,Obras,2,Odio,1,Ofertas,2,Oficial,1,Olhar,1,Onde Estiver,1,ônibus,1,Online,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oração,11,Orar,1,Orfanato,1,Origem,2,Os Melhores Livros,19,Oséias,1,Oséias e Gomer,1,Outra Chance,3,Pai,1,Paixão,3,Palavra,1,Pânico,1,pão,1,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papo,1,Paquera,1,Paradoxo,1,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,1,Pastor,7,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,1,Pastores,1,Patrick Greene,1,Pb. Renan Pierini,1,PDF,1,Pecado,13,Pecador Confesso,10,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedras,1,Pedro,2,peixe,1,Pensamento,3,Pentecostal,1,Perda,3,Perdão,4,Perigos,1,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Pesquisa,2,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Planeta Terra,2,Play Back,1,playboy,1,Poder,1,Poema,3,Poesia,3,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,3,Posse,1,Posto,1,Pr Napoleão Falcão,1,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Praia,1,Praticar,1,Preço,1,Predestinação,1,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,10,Pregadores,1,Premier,1,Preocupar,1,presidente,4,Presídio,1,previdência,1,primeiro,1,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,1,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,1,Profecia,3,Profeta,2,Profeta Jeremias,1,Profética,1,Profético,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Projeto Cura Gay,2,Promoção,4,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,2,Prosperidade,1,Prostituta,2,Protesto,1,PSDB,1,Pv 4.23,1,Queda,1,Quem Sou?,1,Querer,2,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,1,Raquel,2,Rebeldia,1,Receber,1,Reconciliação,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,1,Redenção,1,reflexão,21,Regininha,1,Rei,1,Rei Xerxes,1,Reino de Deus,1,Rejeição,1,Relacionamento,18,Relatos,5,Relógio da Oração,3,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,72,Reservado,2,Resplandecer,1,Responde,1,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,1,Restauracionismo,1,Resumo,6,Rev. Augustus Nicodemus,1,Revista,24,Rezar e Amar,1,Riscos,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Rubem Alves,1,Rute,1,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sacerdócio,1,Sacerdotal,1,Sacrifício,2,Safira,1,Salomão,9,Salvação,7,Samuel,3,Samuel Mariano,1,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,1,Sarah Sheva,1,Saudades,3,Saul,2,Saulo,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Segundos,1,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Seleção Brasileira,1,Sem Garantia,1,Seminário,1,Senhor,1,Sentido da Vida,4,Sentimentos,2,Separação,2,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Dicas de Como Liderar,19,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,1,Sex,1,Sexo,5,Sexual,2,Sidney Sinai,1,Significados,1,Silas Malafaia,4,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Sistema,1,Slide PC,2,Slider,464,slides,2,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Sofrimento,1,Sogra,1,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,1,Sonhos de Valsa,1,Sorrir,3,Sorteio,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Submissão,1,Subsídio,18,Sujeição,1,Sulamita,5,suprema,1,Surface Pro 2,1,Tabernáculo,2,Tablet,1,Talentos Cristãos,1,Tarado,1,Tatuagem,3,Tecido,1,Tecnologia,1,Tela Cinza,1,Temas,1,Tempo,2,Tempo de Viver Coisas Novas,1,Tentação,1,Teologia,6,Termino de Namoro,3,Término do Namoro,1,Terra,2,Terremoto,1,Testemunho,20,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,1,Timna,1,Timóteo,2,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,Tomas de Aquino,1,Top,1,Top Blogs,1,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,1,Top5,2,TPM,1,Trabalho,1,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transfer,1,Tratando de uma leucemia,1,Trimestre,2,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Uma História de Ficção,78,Unção,1,Ungido,1,Universo,1,Urias,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,3,Velho Testamento,1,Velório,1,Vendedor de Droga,1,Vento,1,Ver Deus,1,Verdade,1,Verdadeira História,1,verdades,1,Viagem,1,Vício,1,Vida depois da morte,3,Vídeo,24,vinda,1,Violência,1,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,You Tube,1,youtuber,1,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 5: A Instituição da Monarquia em Israel - 27 de Outubro de 2019 - EBD ADULTO - CPAD
Lição 5: A Instituição da Monarquia em Israel - 27 de Outubro de 2019 - EBD ADULTO - CPAD
https://1.bp.blogspot.com/-7xTvfigbJhs/Xbg6dBH2kQI/AAAAAAAAVls/2hyZ1S5kLDQ30sc8puxyprP7y6zuXZ-pQCLcBGAsYHQ/s1600/images.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-7xTvfigbJhs/Xbg6dBH2kQI/AAAAAAAAVls/2hyZ1S5kLDQ30sc8puxyprP7y6zuXZ-pQCLcBGAsYHQ/s72-c/images.jpg
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2019/10/licao-5-instituicao-da-monarquia-em.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2019/10/licao-5-instituicao-da-monarquia-em.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy