LIÇÃO 9 – O AVIVAMENTO PENTECOSTAL NO BRASIL

  TEXTO ÁUREO  “E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e...

 


TEXTO ÁUREO

 “E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus. E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam. ” (At 19.5,6)

VERDADE PRÁTICA

Deus derramou o grande avivamento pentecostal no Brasil. Ele pode avivar mais uma vez o seu povo.

LEITURA DIÁRIA

Segunda – Atos 1.8 A missão da Igreja Cristã se faz de dentro para fora

Terça – Ap 3.7 Quando Deus abre uma porta ninguém fecha

Quarta – Mt 5.10 São bem-aventurados os perseguidos pelo Evangelho

Quinta – Mc 16.18 Sinais e maravilhas são as marcas do avivamento espiritual

Sexta – Mc 16.20 A pregação avivada é seguida de sinais e maravilhas

Sábado – 1 Co 2.4 O avivamento se confirma “em demonstração do Espírito e de poder”.



LEITURA BÍBLICA EM CLASSE

Atos 19.1-7

1- E sucedeu que, enquanto Apolo estava em Corinto, Paulo, tendo passado por todas as regiões superiores, chegou a Éfeso e, achando ali alguns discípulos,

2- disse-lhes: Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes? E eles disseram­-lhe: Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo.

3- Perguntou-lhes, então: Em que sois batizados, então? E eles disseram: No batismo de João.

4- Mas Paulo disse: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento, dizendo ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo.

5- E os que ouviram foram batizados em nome do Senhor Jesus.

6- E, impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam.

7- Estes eram, ao todo, uns doze varões.

Hinos Sugeridos: 24, 122, 440 da Harpa Cristã


==========================================

📥 ADQUIRA O SLIDE DA AULA: CLIQUE AQUI

Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você.
Ajude-nos 🙏. Não leva nem 30 segundos.

Basta clicar em qualquer ANÚNCIO e você estará colaborando para que esse blog continue trazendo conteúdo exclusivo e de edificação para a sua vida. Pode ser também uma oferta voluntária no pix: pecadorconfesso@hotmail.com


==========================================

PLANO DE AULA

1- INTRODUÇÃO

Na lição desta semana, estudaremos a respeito do Avivamento Pentecostal no Brasil. Veremos como que o que ocorreu ao longo do livro de Atos dos Apóstolos, repetiu-se em terras brasileiras, como que Deus chamou um povo no Brasil para viver na plenitude do Espírito Santo. Ele o capacitou com a mensagem pentecostal, o equipou com autoridade e o estabeleceu com dons espirituais para que, em meio a perseguições, crescesse exponencialmente. Deus fez uma grande obra em nosso país por meio do Avivamento Pentecostal.

2- APRESENTAÇÃO DA LIÇÃO

A) Objetivos da Lição:

I) Mostrar que o movimento de Atos se repete no Brasil;

II) Pontuar o nascimento do novo movimento;

III) Explicar a expansão do avivamento pentecostal.

B) Motivação: Ao olhar para o passado é possível perceber uma grande obra que os pioneiros pentecostais plantaram. A obra de um pioneiro revela desprendimento pessoal para o bem de um projeto espiritual. O que você tem feito de modo que sua obra possa ser semelhante a de um pioneiro?

C) Sugestão de Método: Pesquise a história de um pioneiro de sua igreja local. Aponte a época da obra, as pessoas que se reuniram pela primeira vez, e as primeiras dificuldades para plantar uma igreja. Após fazer a sua pesquisa, organize-se para apresentar como introdução a lição em classe. Relacione o que você pesquisou com a motivação da lição.

3- CONCLUSÃO DA LIÇÃO

A) Aplicação: Deus chama um povo para andar na plenitude do Espírito. Na dependência do Espírito Santo é possível fazer uma grande obra. É vontade do Santo Espirito usar pessoas com o seus instrumentos a fim de que haja crescimento no Reino de Deus. Estamos nos colocando à disposição para ser esses instrumentos?

4- SUBSÍDIO AO PROFESSOR

A) Revista Ensinador Cristão. Vale a pena conhecer essa revista que traz reportagens, artigos, entrevistas e subsídios de apoio a Lições Bíblicas Adultos. Na edição 92, p.40, você encontrará um subsídio especial para esta lição.

B) Auxílios Especiais: Ao final do tópico, você encontrará auxílios que darão suporte na preparação de sua aula:

1) Para aprofundar o segundo tópico, o texto “Pontos pentecostais importantes” destaca as principais ênfases do Movimento Pentecostal ao longo da história;

2) Para aprofundar o terceiro tópico, o texto “Um Novo Movimento” traz uma reflexão a respeito do caráter de movimento que o Avivamento Pentecostal obteve desde sua origem.



INTRODUÇÃO COMENTÁRIO

        A chegada do Movimento Pentecostal ao Brasil mudou a realidade espiritual deste país de forma inquestionável e irreversível em termos de liturgia, proclama­ção do Evangelho, manifestação do poder de Deus com sinais, prodígios e maravilhas. Vindo dos Estados Unidos, os missionários Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram em terras brasileiras em 1910.

Por instrumentalidade desses servos, Deus iniciou o maior avivamento espiritual em terras brasileiras. O Avivamento Pentecostal no Brasil é o que estudaremos nesta lição.



COMENTÁRIO

        Em termos espirituais, o Brasil começou sob o manto do catolicismo romano no dia do seu descobrimento, em 22 de abril de 1500, com a chegada dos portugueses naquilo que se chamaria mais tarde de terras brasileiras. O acontecimento fez parte das grandes navegações empreendidas por Portugal em várias partes do mundo. Como diz a História do Brasil, Pedro Álvares Cabral (1467–1520) aqui chegou com 13 embarcações com cerca de 1200 homens. A expedição avistou um monte na Bahia que foi chamado de Monte Pascoal, que recebeu este nome por ter sido avistado na época da Páscoa. Após o contato inicial com os habitantes do Brasil — os indígenas —, os portugueses pacificamente, inclusive com troca de presentes, resolveram realizar uma missa num domingo, dia 26 de abril, celebrada pelo frei Henrique de Coimbra.

Os portugueses imaginavam ter chegado a uma grande ilha, a que deram o nome de Ilha de Vera Cruz, depois denominada Terra de Santa Cruz, inspirado na cruz, símbolo da fé católica que se implantou na nova terra descoberta. Segundo alguns historiadores, havia cerca de sete milhões de indígenas vivendo no Brasil. Como Portugal era uma nação de população católica, os seus governantes, além do objetivo de colonizar as novas terras por eles descobertas, tinham a ideia de disseminar a fé católico-romana nas novas colônias. Aos poucos, com o passar dos anos, as crenças católicas foram-se misturando com as crenças dos escravos negros e as dos indígenas, gerando uma espécie de sincretismo religioso que descaracterizou completamente a fé católico-romana.

Na introdução do catolicismo no Brasil, teve grande importância a ação dos Jesuítas, padres pertencentes à Companhia de Jesus, criada em 1534 pelo padre Inácio de Loyola (1491–1556). A sua atuação fazia-se através de intensa evangelização e catequese. Os Jesuítas surgiram dentro do movimento contra a Reforma Protestante, e a sua missão mais importante em termos estratégicos era a de dificultar e até impedir o crescimento do protestantismo no Brasil e em outras colônias portuguesas. Em 1759, os jesuítas foram expulsos pelo Marquês de Pombal (1699–1782), por motivo de terem-se tornado absolutistas, não respeitando a separação da religião do Estado, objetivando fortalecer o catolicismo como religião oficial.

Os protestantes sempre foram malvistos pelos portugueses. Os primeiros protestantes que tiveram permissão para construir um templo foram os ingleses, em 1817, mas só podiam pregar “para funcionários da embaixada, comerciantes, marinheiros e viajantes de passagem pela cidade”. Não era uma congregação, mas uma capelania apenas. Em 1823, na Assembleia Constituinte, um orador católico disse que o Brasil era feliz por “não contar no seio de sua grande família nem uma só seita, das infinitas que há no protestantismo”.

O primeiro culto evangélico realizado no Brasil ocorreu em Nova

Friburgo em 1824, no dia 3 de maio, dirigido pelo pastor que acompanhava os imigrantes. Em 1835, igrejas norte-americanas enviaram missionários, mas voltados para dar assistência a americanos que estavam no país, onde não constava nenhuma conversão de brasileiros. Somente em 1858 foi aberta a primeira igreja protestante no Brasil em língua portuguesa (atualmente chamada Igreja Evangélica Fluminense) quando o Dr. Robert R. Kalley (1809–1888), médico e pastor, iniciou a pregação e o ensino da Bíblia em língua portuguesa. Em 1862, foi fundada a primeira Igreja Presbiteriana Brasileira, também no Rio de Janeiro. Há, porém, outra informação de que a primeira igreja evangélica no Brasil teria sido a “Igreja Reformada Potiguara”, fundada em 1630 na Paraíba, no tempo da ocupação holandesa.

Anos depois, instalaram-se os irmãos metodistas, batistas, luteranos, em geral, por meio de igrejas reformadas, seguidoras dos ensinos dos teólogos que adotaram os princípios e propostas da Reforma Protestante do século XVI. Como foi visto em capítulo anterior, as igrejas reformadas não valorizaram a ação do Espírito Santo no seu meio, conforme diz a Palavra de Deus. Não aceitaram e nem aceitam ainda hoje as manifestações espirituais do batismo no Espírito Santo com evidência inicial de línguas estranhas, nem valorizam a atualidade dos dons espirituais nos dias presentes, mantendo a sua liturgia formal, sem espaço para expressões de adoração avivada, como em Atos dos Apóstolos.

A realidade espiritual do Brasil mudou, de forma inquestionável e irreversível, em termos de liturgia, proclamação do evangelho e manifestação do poder de Deus com sinais, prodígios e maravilhas, com a chegada do movimento pentecostal, vindo dos Estados Unidos, com os missionários Daniel Berg (1884–1963) e Gunnar Vingren (1879–1933) em 1911. Sem saber sequer falar português, foram chamados e enviados por Deus para o Pará, onde teve início o maior avivamento espiritual no Brasil, que se espalhou pelo Nordeste e por todas as regiões do país. Vamos meditar neste assunto de grande importância para a compreensão das mudanças no cenário denominacional depois do pentecostalismo.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.



         Em junho de 2001, tive o privilégio de participar, na acalorada e encantadora Belém do Pará, das comemorações dos noventa anos de fundação das Assembléias de Deus no Brasil. Em meio a tantos monumentos históricos e espaços de memória; em meio às recordações que os antigos diluíam entre os mais novos; em meio àquelas caravanas vindas do Sul, chegadas do Nordeste, procedentes do Centro-Oeste e do Sudeste; em meio àqueles homens, mulheres e crianças que marchavam pela cidade que, no início do Século XX, acolhera Daniel Berg e Gunnar Vingren, senti-me como se estivesse no Cenáculo quando da descida do Espírito Santo.

Durante aqueles dias de intensas celebrações, dei-me conta da grandeza, do alcance e da pujança do Avivamento Pentecostal. Aliás, que avivamento não é pentecostal?

Noventa anos se haviam passado desde que Daniel Berg e Gunnar Vingren chegaram a Belém dispostos a implantar, em terras brasileiras, o Evangelho Pleno de Nosso Senhor, proclamando a todos que Jesus Cristo salva, batiza no Espírito Santo, cura os enfermos, opera maravilhas e, em breve, virá buscar a sua Igreja. Embora os historiadores seculares não o reconheçam, o Avivamento Pentecostal imprimiu novo ritmo ao Brasil. Desde aquele já distante junho de 1911, começamos a desvencilhar-nos das amarras do Catolicismo Romano, a fim de vivermos uma nova realidade espiritual.

As raízes do Avivamento Pentecostal remontam ao cenáculo em Jerusalém. Ao contrário do que dizem os cessacionistas, o batismo no Espírito Santo, os dons espirituais e as maravilhas do Senhor não se limitaram ao período apostólico; são tão atuais hoje quanto há dois mil anos.

O pentecostes jamais deixou de existir; são recursos que sempre estiveram à disposição da Igreja.

Neste capítulo, veremos um pouco da história dos grandes avivamentos que, reprisando a efusão do Espírito Santo em Jerusalém, vêm despertando a Igreja, impulsionando-a a agir como a agência por excelência do Reino de Deus.

Andrade. Claudionor Corrêa de,. Fundamentos Bíblicos De Um Autêntico Avivamento. Editora CPAD. 1ª edição: 2014. pag. 9-10.





PALAVRA-CHAVE: PENTECOSTES

I- O MOVIMENTO DE ATOS SE REPETE NO BRASIL

1- Pentecostes entre os salvos.

        Em Atos 19.2 há uma pergunta do apóstolo Paulo para os discípulos em Éfeso: “Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes?”. Essa pergunta também pode ser feita assim: “Tendo crido, recebestes o Espírito Santo?”; e, também: “Recebestes já o Espírito Santo depois que crestes?”.

As modalidades da mesma pergunta revelam um fato de acordo com o contexto do trecho de Atos 19.1-7: os discípulos de Éfeso foram batizados em nome do Senhor Jesus, isto e, já tinham a fé salvífica; em seguida, receberam o batismo no Espírito Santo por imposição de mãos.



COMENTÁRIO

        A pergunta de Paulo a este grupo de efésios enfatiza a verdade de que sem o Espírito Santo, não há salvação (Rm 8.9,16; 1Co 12.13; Ef 1.13). O Espírito é aquele que dá a vida (Jo 3-5). Talvez os homens não soubessem que a ocasião do derramamento do Espírito tinha, por fim, chegado. Seja como for, como Apolo (18.24-26), estes homens precisavam de mais instrução sobre a mensagem e o ministério de Jesus Cristo.

Comentário do Novo Testamento Aplicação Pessoal. Editora CPAD. 2a Impressão: 2010. Vol. 1. pag. 712.

        O Livro de Atos não sustenta a opinião que faz passar os doze discípulos como grupo completamente distinto e separado da comunidade cristã. Com ou sem artigo, Lucas usa consistentemente “discípulos” {matbetai) para se referir a cristãos (At 6.1,7; 9.1,19,26; 11.26; 14.21,22). Além disso, a palavra grega tines não provê um comentário sobre o estado espiritual desses homens. Lucas usa o mesmo pronome em três passagens para se referir a cristãos conhecidos: Ananias (At 9-10); Tabita (At 9-36) e Timóteo (At 16.1). Quer singular ou plural, o pronome indefinido descreve os seguidores de Cristo. Estes doze homens eram cristãos pré-pentecostais. Eles eram convertidos, mas não tinham sido cheios com o Espírito.

O batismo de João ainda era prescrito e praticado em alguns lugares, mas não havia uniformidade de experiência entre os que tinham sido influenciados por esta tradição. Pela razão de Paulo se dirigir a estes discípulos efésios como crentes (pisteusantes, v. 2), sabemos que eles, como Apoio, já eram cristãos antes da chegada de Paulo. Contudo, eles não tinham recebido subsequente à salvação a unção do Espírito para o ministério.

Paulo percebe a necessidade da unção e pergunta: “Recebestes vós já o Espírito Santo quando crestes?” (v. 2). Esta pergunta lida com a experiência que eles tinham no Espírito. O particípio aoristo (pisteusantes), que foi traduzido por “quando crestes”, também pode ser traduzido por “depois que crestes”. A pergunta de Paulo não trata com o fato de eles receberem o Espírito Santo no momento da conversão. Do instante em que os doze efésios foram convertidos, o Espírito Santo passou a habitar neles, como ocorre com todos os cristãos (Rm 8.9) Assim, a pergunta não é sobre receber o Espírito na salvação, mas sobre o que é básico para Lucas-Atos e para o contexto imediato, quer dizer, a unção do Espírito com poder subsequente à experiência de salvação.

Não sabemos exatamente o que instiga Paulo a fazer a pergunta. Os sermões e conversações em Atos são resumos, e o propósito de Lucas é enfocar o poder do Espírito em vez de apresentar relatos exaustivos. Presumivelmente a pergunta de Paulo a estes discípulos foi precedida por uma conversa mais longa. Em todo caso, a resposta que dão à pergunta de Paulo é negativa. Eles não ouviram falar do derramamento do Espírito no Dia de Pentecostes. Os discípulos efésios, sem dúvida, tinham ouvido falar do Espírito Santo, visto que Ele é discutido proeminentemente no Antigo Testamento e na pregação de João Batista. O que eles desconhecem é a unção específica do Espírito para o ministério subsequente à conversão. Influenciados pela tradição de João Batista, eles tinham ouvido falar de Jesus e creram nEle, mas não tinham sido cheios com o Espírito.

Paulo reconhece que os doze efésios carecem do dom carismático do Espírito. Como Paulo lhes explica, a pregação de João Batista foi um ministério salvador e estava de acordo com o plano de Deus. Ele chamava as pessoas ao arrependimento e à fé em Jesus, aquele que vem. O propósito desta pregação era que aqueles que a ouvissem cressem em Jesus, o mesmo foco e meta da pregação de Paulo. João administrou o batismo como símbolo da lavagem de pecados pelo Espírito Santo.

Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. Editora CPAD. 4 Ed 2006. pag. 739.

        Esses discípulos admitiram sua ignorância nesse assunto: “Nós nem ainda ouvimos que haja Espírito Santo (v. 2). Essa informação nos é desconhecida. Pelas Escrituras do Antigo Testamento, sabemos – e não duvidamos – que há a promessa do Espírito Santo, e que essa promessa se cumprirá em seu devido tempo. Mas, por tanto tempo, estivemos fora do fluxo de informações sobre essa questão que não ficamos sabendo se o Espírito Santo já foi dado como espírito de profecia”. Eles sabiam (como observa o Dr. Lightfoot) que, de acordo com a tradição da nação judaica, depois da morte de Esdras, Ageu, Zacarias e Malaquias, o Espírito Santo partira de Israel, subira ao céu e, depois, nunca mais ouviram falar que Ele voltara. Pelo modo como falavam, percebe-se que o esperavam, tentavam imaginar por que não ouviram falar da sua volta e estavam prontos a receber essa nova bênção.

A luz do evangelho, como a luz da aurora, foi brilhando mais e mais, gradualmente (Pv 4.18). A descoberta de verdades ainda não ouvidas iluminou mais e desencadeou mais informações a pessoas que nunca haviam ouvido falar sobre isso.

HENRY. Matthew. Comentário Matthew Henry Novo Testamento ATOS A APOCALIPSE Edição completa. Editora CPAD. 1Ed 2008. pag. 207.

2- A plenitude do Espírito Santo.

Como vimos em lição anterior, há duas experiências distintas no livro de Atos dos Apóstolos:

1) a experiência de salvação;

2) o batismo no Espírito Santo.

Em Atos 19, vemos essas duas experiências de maneira muito clara: primeiro, os discípulos foram batizados em águas e, depois, receberam o Espírito Santo com imposição de mãos. Esse recebimento teve evidências físicas de línguas e profecias (At 19.3). A Experiência do Batismo no Espírito Santo é tão distinta da salvação que aquela pode ser identificada fisicamente por meio de línguas como confirmação do “dom de Deus”. Foi o que aconteceu com os discípulos em Éfeso.

COMENTÁRIO

        Tendo ouvido a explicação de Paulo sobre o batismo, os discípulos efésios querem ter a certeza que sua relação espiritual com o Senhor apoia-se numa fundação adequada. Eles pedem o batismo. Lucas faz apenas um breve relato deste acontecimento, mas muito provavelmente a mensagem de Paulo instiga os discípulos efésios a fazer o pedido. Paulo concorda e os batiza. Este é o único lugar onde é mencionado um rebatismo no Novo Testamento.

Da mesma maneira que Ananias impôs as mãos sobre Paulo e o apóstolo foi cheio com o Espírito (At 9.17), assim Paulo impõe as mãos nos doze homens e eles também são cheios com o Espírito: “Veio sobre eles o Espírito Santo; e falavam línguas e profetizavam” (At 19.6).

Comentário Bíblico Pentecostal Novo Testamento. Editora CPAD. 4 Ed 2006. pag. 739.

        Paulo se encontrou em Éfeso com homens que eram cristãos, mas em forma incompleta. Tinham recebido o batismo de João, mas nem sequer sabiam que existia o Espírito Santo no sentido cristão do termo.

Qual era a diferença entre o batismo de João e aquele que se realizava em nome de Jesus? Qualquer pessoa que leia os relatos da pregação de João (Mateus 3:7:12; Lucas 3:3-11) pode observar uma diferença radical entre ela e a pregação de Jesus. A pregação de João era uma ameaça; a de Jesus era as boas novas, era o evangelho. Ninguém podia considerar a pregação de João como boas novas por quanto ameaçava com morte e destruição. Mas se tratava de uma etapa no caminho. O mesmo sabia e tinha presente que estava anunciando àquele que havia de vir (Mateus 3:11; Lucas 3:16).

A pregação de João era um passo necessário, porque deve haver dois passos na vida religiosa. Primeiro, deve dar-se o momento em que despertamos à nossa insuficiência e ao nosso merecimento da condenação às mãos de Deus. Esta etapa está estreitamente relacionada com o momento em que tentamos nos comportar melhor e inevitavelmente fracassamos porque tentamos fazê-lo por nós mesmos. Segundo, há a etapa em que nos damos conta de que pela graça de Jesus Cristo deixamos de estar condenados. Bem ligado a este passo vem o momento em que encontramos que todos nossos esforços para melhorar ficam reforçados e fertilizados pela obra do Espírito Santo, através do qual podemos fazer o que não poderíamos nunca realizar por nós mesmos.

Aqueles cristãos incompletos conheciam a condenação; mas não a graça de Cristo nem a ajuda do Espírito Santo. Sua religião era inevitavelmente uma luta que não havia alcançado o momento da paz.

Todo este incidente nos mostra uma grande verdade: que sem o Espírito Santo não existe o cristianismo completo. Mesmo que vejamos o erro de nossos caminhos, e nos arrependamos e decidamos mudar, não poderemos obtê-lo nunca sem a ajuda que só o Espírito pode nos dar.

BARCLAY. William. Comentário Bíblico. Atos. pag. 126-127.

         Paulo investigou como esses discípulos foram batizados, se eles nem tinham ouvido falar sobre o Espírito Santo. Se eles tivessem sido batizados pelos ministros de Cristo, teriam sido informados a respeito do Espírito Santo e batizados em seu nome. “Vós não sabeis que Jesus, sendo glorificado, por conseguinte o Espírito Santo foi dado? Em que sois batizados, então? (v. 3). Isso é estranho e fora do comum. O quê? Vós sois batizados e ainda não sabeis nada sobre o Espírito Santol Se vós ainda não sabeis nada sobre o Espírito Santo, o vosso batismo certamente foi nulo, pois o significado e o selo da lavagem da regeneração é o recebimento do Espírito Santo.

Desconhecer o Espírito Santo é tão incompatível com a confissão sincera do cristianismo quanto é desconhecer Jesus Cristo”. Aplicando essa verdade a nós, dá a entender que todo aquele que não recebeu e se submeteu ao Espírito Santo foi batizado inutilmente e recebeu a graça de Deus em vão. Essa também é uma avaliação que devemos fazer frequentemente, não só para a honra de quem nos deu vida nova, mas para o serviço daquele que nos batizou, para que saibamos que resposta dar ao propósito de nosso nascimento e de nosso batismo.

Esses discípulos confessam que foram batizados no batismo de João – eis to Ioannou baptismo, (v. 3), ou seja, como entendo, eles foram batizados no nome de João e não pelo próprio João (ele estava muito longe de tal pensamento), mas por alguns dos seus discípulos fracos e bem-intencionados. Eles, inadvertidamente, mantiveram o nome de João como líder de um partido, retendo o espírito e a noção de outros discípulos que ficaram com ciúme do aumento do interesse das pessoas por Jesus Cristo e apresentaram a João queixa disso (Jo 3.26).

Um ou mais destes discípulos, que foram muito edificados pelo batismo de João de arrependimento, para o perdão dos pecados (Lc 3.3), não pensando que o Reino dos Céus do qual ele falara se encontrar próximo estava mesmo tão comprovadamente próximo, promulgaram aquela noção, se acomodaram ao que já possuíam e consideraram que não havia nada melhor que persuadir outros a fazer também o mesmo. Assim, por ignorância, num zelo cego pela doutrina de João, eles batizaram, aqui e ali, um ou outro em nome de João, ou, como foi narrado aqui, no batismo de João, não olhando além de si mesmos, nem dando mais nenhuma orientação aos que eles batizavam.

Paulo explica a esses discípulos a verdadeira intenção e significado do batismo de João, aplicando-o principalmente a Jesus Cristo. Dessa forma, ele corrige o erro das pessoas que os batizaram no batismo de João e que não os orientaram a procurar mais nada, senão a se acomodarem com isso. Esses que foram deixados na ignorância ou conduzidos ao erro por ineficiência da educação que tiveram não devem ser desprezados nem rejeitados pelos que são mais bem informados e ortodoxos, mas devem ser compassivamente instruídos e mais bem ensinados, como tais discípulos foram por Paulo.

(1) O apóstolo reconhece que o batismo de João foi uma coisa muito boa enquanto vigorou: Certamente João batizou com o batismo do arrependimento (v. 4). Por meio desse batismo, ele exigiu que as pessoas se arrependessem dos seus muitos pecados, os confessassem e deles se convertessem. E levar alguém até esse ponto é alcançar grande vitória. Mas: (2) O apóstolo mostra para esses discípulos que o batismo de João tinha referência mais ampla. João nunca designou que as pessoas que batizava deveriam se acomodar a esse nível, pois – explica Paulo – ele disse ao povo que cresse no que após ele havia de vir, isto é, em Jesus Cristo (v. 4), que o batismo de arrependimento tinha o desígnio único de preparar o caminho do Senhor e dispor as pessoas a receber alegremente Jesus Cristo, sobre quem ele pôs grandes expectativas e a quem se dirigiu: Eis o Cordeiro de Deus (Jo 1.39).

“João foi um grande e bom homem, mas ele foi apenas o arauto – Jesus Cristo é o Príncipe. O batismo de João foi a varanda para vós passardes, não a casa para vós repousardes.

Portanto, foi totalmente errado vós serdes batizados no batismo de João.

Quando Paulo mostrou a esses discípulos o erro em que estavam, eles aceitaram de bom grado a nova revelação e foram batizados em nome do Senhor Jesus (v.5). Quanto a Apoio, de quem se disse que conhecia somente o batismo de João (cap. 18.25), ele entendeu corretamente o significado desse rito quando batizado, embora conhecesse somente esse batismo. Contudo, quando compreendeu mais pontualmente o caminho do Senhor (cap. 18.26), ele não foi batizado de novo, assim como os primeiros discípulos de Jesus, que foram batizados com o batismo de João e sabiam que isso se referia à proximidade da vinda do Messias (e, tendo isso em vista, se submeteram ao rito), não foram batizados de novo.

Mas para estes discípulos que foram batizados tendo em vista João e nada mais, como se ele fosse o salvador deles, isso consistia num erro fundamental e tão fatal quanto houvessem sido batizados em nome de Paulo (1Co 1.13). Logo, quando vieram a entender melhor as coisas, eles desejaram e foram batizados em nome do Senhor Jesus, não pelo próprio Paulo, como temos razão para pensar, mas por alguns dos que o auxiliavam. Conclui-se, então, que não havia uma correspondência entre o batismo de João e o batismo de Jesus, ou que, em essência, eles não eram o mesmo. Muito menos se conclui que os que foram batizados em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo (que é a forma designada do batismo de Jesus, Mt 28.19), possam ser batizados de novo no mesmo nome, pois os que foram batizados em nome do Senhor Jesus nunca tinha sido batizados dessa maneira anteriormente.

HENRY. Matthew. Comentário Matthew Henry Novo Testamento ATOS A APOCALIPSE Edição completa. Editora CPAD. 1Ed 2008. pag. 207-208.



3- Chamados por Deus.

        Algo semelhante aconteceu aqui no Brasil por intermédio de Daniel Berg e Gunnar Vingren. Pela direção de Deus, os dois missionários suecos chegaram ao Brasil em 19 de novembro de 1910. No início do século XX, predominava a existência das igrejas históricas ou tradicionais. Consequentemente, havia muitos cristãos que experimentaram a salvação em Cristo, mas nunca haviam experimentado o Batismo no Espírito tal qual os primeiros crentes em Atos.

Deus usou Daniel Berg e Gunnar Vingren para mostrar a esses cristãos que eles não podiam mais ignorar a pessoa bendita do Espírito Santo. As experiências gloriosas de Atos dos apóstolos passaram a se repetir em terras brasileiras. Era possível ser um cristão com mais fervor espiritual.

COMENTÁRIO

A chamada de Gunnar Vingren

Quando jovem, o sueco Adolph Gunnar Vingren teve o chamado de Deus para a sua obra e viajou para os Estados Unidos em 1903. Vingren trabalhou como foguista, porteiro e jardineiro. Lá nos Estados Unidos, fez curso num seminário teológico sueco da Igreja Batista, concluindo os seus estudos em 1909. O movimento pentecostal no Brasil é fruto do Avivamento da Rua Azusa em 1906, em Los Angeles. Chicago foi uma cidade onde o “fogo” do Pentecostes incendiou muitas vidas. Em 1909, Gunnar Vingren, ex-aluno do Seminário Teológico Batista Sueco, tornou-se pastor da Igreja Batista Sueca em Menominee, Michigan. A igreja decidiu que ele seria enviado como missionário para Assam, na Índia, mas ele não sentiu paz no coração.

Vingren comunicou que não poderia aceitar o chamado, porque não sentia ser da vontade de Deus. Por esse motivo, a sua noiva rompeu o noivado, e ele disse: “Seja feita a vontade do Senhor”.

Indo a Chicago, foi a uma conferência da Primeira Igreja Batista Sueca, uma igreja histórica reformada. Ali, Vingren recebeu o batismo no Espírito Santo com evidência inicial de falar línguas estranhas. Em consequência, foi rejeitado pela igreja onde servia.

Em 1910, foi aceito pela Igreja Batista de South Bend, Indiana, que se transformou numa igreja pentecostal. Deus falou com Vingren que ele iria para um lugar de povo muito simples chamado Pará.

Fato interessante é que, nesse meio tempo, Deus também falou que ele iria casar-se com uma jovem chamada Strandberg. Anos depois, ele casou-se com Frida Strandberg. Isso é mais uma prova de que o Senhor dirige os passos de “um homem bom” (Sl 37.23).

A chamada de Daniel Berg

Gustaf Daniel Högberg, mais conhecido como Daniel Berg, era um jovem sueco cristão. Aos 18 anos, em 1902, emigrou da sua terra, a Suécia, para os Estados Unidos, por causa da crise econômica que assolou a Europa. A sua viagem fez com que passasse pela Inglaterra, onde tomou o navio em Liverpool em 11 de março de 1902. Foram 14 dias de viagem, chegando aos EUA em 25 de março. O seu primeiro emprego foi numa fazenda, onde cuidava de animais e carroças. Depois foi para a Pensilvânia, onde fez curso de fundidor e trabalhou numa fundição.

Durante oito anos, trabalhou como fundidor para a sua manutenção. As saudades do lar fizeram no voltar à Suécia por algum tempo. Ali encontrou um amigo crente, com quem ouviu sobre o batismo no Espírito Santo. Ambos conversaram sobre isso, oraram, mas Berg estava decidido a voltar aos Estados Unidos: “No ano de 1909, ao aproximar-se dos Estados Unidos, suas orações foram respondidas: recebeu o batismo com o Espírito Santo”. A sua vida mudou completamente. Cheio do Espírito Santo, passou a pregar com mais entusiasmo acerca da salvação em Cristo Jesus.

O encontro entre Vingren e Berg

Os dois jovens obreiros suecos encontraram-se na Igreja Batista de South Bend, onde se realizava uma conferência evangélica.

Compartilharam os seus anseios e projetos e entenderam que estavam sendo chamados por Deus para a sua obra; então, passaram a orar diariamente. Através do irmão Adolf Uldin, que já os conhecia, souberam que Deus iria enviá-los a um lugar chamado Pará, mas não sabiam onde se encontrava tal lugar. Foram a uma biblioteca pública e pesquisaram, constatando que o Pará era um Estado que ficava ao norte do Brasil, na América do Sul. Em oração, sentiram que essa era a vontade de Deus para as suas vidas. Ao comunicarem a sua decisão à igreja, não foram bem acolhidos.

A igreja comunicou que não tinha condições de enviá-los ao lugar indicado. Daniel Berg foi desestimulado pelo seu patrão a não ir para a missão, pois na cidade havia pessoas a ser evangelizadas. O que os dois tinham em dinheiro eram 90 dólares, que era o preço da passagem para o Pará. No entanto, de modo incompreensível, ouviram a voz de Deus que lhes ordenava que dessem os 90 dólares para um jornal pentecostal. Acharam estranho, mas obedeceram. E ficaram esperando o que o Senhor havia de fazer.

Para ir ao Brasil, precisavam deslocar-se até Nova Iorque. Na despedida, os irmãos deram-lhes oferta que permitia chegar ali.

A chegada ao Brasil

Ao chegarem a Belém em 19 de novembro de 1910, os dois missionários não conheciam ninguém e nem sabiam falar português.

Os dois com as suas respectivas malas caminharam e sentaram-se num banco na Praça da República, onde fizeram a primeira oração em terras brasileiras. Ali souberam que a cidade estava cheia de doentes, leprosos, portadores de febre bubônica, malária; eles viram a pobreza do povo que contrastava com a riqueza que viram na América.

Enquanto aguardavam na Praça da República uma resposta de Deus, passava por ali uma família que viera no navio e falava inglês.

Perguntaram se eles já tinham encontrado hotel, e eles responderam que não. Então, os dois foram convidados para ir ao hotel onde a família estava. Naquele hotel, encontraram outra pessoa que falava inglês e perguntaram se conheciam algum protestante na cidade. Indicaram-lhes o endereço de um pastor metodista, americano, e foram ao seu encontro. Era o irmão Justus Nelson. Este os apresentou ao pastor da Igreja Batista Brasileira.

Esse pastor permitiu que os missionários morassem no porão da igreja. Era um ambiente úmido, sem janelas, infestado de mosquitos, no intenso calor tropical. Nesse ínterim, conheceram o irmão Adriano Nobre, membro da Igreja Presbiteriana no Pará e comandante do Navio Port of Pará, que navegava pelo rio Amazonas. Como falava inglês, Adriano começou a conversar com os missionários e soube que vieram dos Estados Unidos.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.

        Agora, Daniel estava de volta à grande cidade exportadora de carne de porco, Chicago, e ao comércio do vendedor de frutas, que o recebeu de braços abertos. Ele tinha esperanças de que Daniel desta vez prosseguisse com ele, mas Daniel argumentava que caberia a Deus conduzir o seu futuro.

Durante o período de um ano que ele passou ali, a igreja Batista Sueca, que se tornara para ele lar espiritual, realizou uma conferência no mês de novembro de 1909. Pessoas de todas as bandas ali se reuniram. Desde então, já haviam passado alguns meses. Daniel guardava a especial lembrança de um rapaz sueco com quem conversara, que também morava nos Estados Unidos há alguns anos. Após haver se formado pelo Seminário Batista Sueco, atuava como bem-sucedido pastor na capital do estado vizinho, Indiana, na cidade de South Bend. Ele havia se revelado um ardente aspirante ao batismo com o Espirito Santo, e decidiu participar da conferência. Depois de inúmeras vigílias em oração, tornou-se também participante do Espírito do Pentecostes.

Seus antigos planos, de atuar como missionário em Siam, tiveram de ser renunciados. Seu chamado missionário, no entanto, permanecia intacto. Caberia a Deus decidir o lugar para onde ele deveria ir.

Gunnar Vingren era o seu nome. Fisicamente, ele e Daniel eram totalmente diferentes, pode-se dizer contrastantes, mas eram ambos jovens. Gunnar, na época, acabara de completar 30 anos, e Daniel tinha 25.

Durante as conversas sobre coisas espirituais, constatou-se que suas ideias coincidiam no principal, e ambos estavam cheios do Espírito.

Certa manhã, como de costume, Daniel estava a caminho da quitanda para trabalhar, quando ouviu dentro de si uma voz insistente a chamá-lo para ser instrumento seu em um campo missionário, e ir à procura de seu amigo no estado vizinho, com quem tivera tão edificante conversa.

Daniel contou a seu patrão e agora amigo os seus planos e as decisões que havia tomado, e agradeceu ao homem o tempo que passara ali. O patrão achava que Daniel deveria segurar sua vaga e servir ao Senhor durante o tempo livre em Chicago. Havia, de qualquer forma, uma necessidade a ser suprida a curto prazo. “Por que, então, procurar outros lugares?” Daniel explicou que levaria tudo até as últimas consequências, e que estava totalmente desimpedido para ficar à disposição do Senhor.

Esgotados os argumentos do patrão, este, decepcionado, entregou-lhe 25 dólares, uma banana e uma bolacha, como forma de dizer que jamais lhe faltasse o alimento, desejando-lhe tudo de melhor em sua jornada pela vida.

Daniel percorreu 100 quilômetros a caminho de South Bend para, juntamente com Gunnar, adorar a Jesus e pedir sua direção no tocante ao caminho que haveriam de seguir dali para a frente.

A alegria pelo reencontro foi grande. Daniel acompanhava o amigo aos cultos cheio de satisfação em poder testemunhar a todos sua maravilhosa conversão, e que a salvação poderia ser procurada por todos. Ele sentia como se Deus o chamasse a prosseguir testemunhando como missionário em terras estranhas. Ambos buscavam dia e noite a direção de Deus, para que Ele revelasse sua vontade em suas vidas.

Senhor, então, ordenou que fizessem uma visita a um irmão da congregação, batizado no Espírito Santo, chamado Adolf Ulldin, proprietário da casa onde Gunnar se hospedava.

Pouco tempo antes, um pequeno e perseverante grupo de oração havia se reunido em sua casa. Deus, ali, revelara a esse homem que Gunnar tinha um chamado missionário para o Brasil. Agora, algumas pessoas buscavam uma revelação do Senhor. Que Ele lhes mostrasse o caminho e travasse-lhes o futuro. Ali – na cozinha – o Espirito do Senhor veio de forma poderosa sobre Adolf Ulldin, usando-o para intermediar a mensagem sobre o chamado missionário de Daniel, também para o Brasil.

Claro como a luz, ele via a palavra “Pará”, que entendeu ser o nome de alguma cidade. Nenhum dos presentes escutara tal nome, sequer imaginavam sua possível localização.

Daniel e Gunnar foram à biblioteca da cidade, onde, pela primeira vez, puderam ver a palavra “Pará”, por escrito. Acharam-na em um país estrangeiro, logo ao sul da linha do Equador, na fronteira da selva quente e úmida.

Seria realmente possível servir ao Senhor em lugar tão longínquo, onde tudo era absolutamente estranho – o clima tropical, o idioma, a cultura e as pessoas? De que maneira manteriam contato com tais pessoas? Suportariam aquele clima, ao qual não estavam habituados, com o risco de febres e outras doenças?

Berg., David,. Daniel Berg. Enviado Por Deus. A história de Daniel Berg, um simples aldeão que ajudou a deflagrar o maior movimento pentecostal da história da Igreja, as Assembleias de Deus no Brasil. Editora CPAD. 1 Ed 1995.

Daniel Berg — Fiel companheiro

        Conheci Daniel Berg em novembro de 1909, em Chicago, quando eu estava buscando o batismo com o Espírito Santo. No ano seguinte, enquanto Berg estava trabalhando numa quitanda em Chicago, o Espírito Santo mandou que ele se mudasse para South Bend, Indiana, onde eu era pastor da igreja, para que juntos louvássemos o nome do Senhor. Ele deixou o seu trabalho, veio para South Bend e disse-me: “Irmão Gunnar, Jesus ordenou-me que eu viesse me encontrar com o irmão para juntos louvarmos o seu nome”. Eu lhe respondi: “Está bem!”

Daniel passou a participar comigo dos cultos, e a testificar e louvar ao Senhor por sua maravilhosa salvação.

 Um dia sentimos que era a vontade de Deus irmos à casa do irmão Adolfo Ulldin, o homem que Deus usara quando me chamou para o Brasil. Chegamos à sua casa num sábado à tarde, justamente quando ele estava chegando do trabalho. Quando entramos na cozinha, o poder de Deus veio sobre o irmão Ulldin, e ele foi arrebatado em espírito, como das outras vezes. E foi durante aquela poderosa reunião que Daniel Berg recebeu a sua chamada para me acompanhar ao Brasil.

Isto tudo aconteceu no verão de 1910. Deus nos revelou, quando estávamos orando em outra ocasião, que deveríamos sair de Nova Iorque com destino ao Pará. E para nos orientar mais ainda, nos revelou a data: 5 de novembro de 1910. Ainda não sabíamos se havia algum

Ivar Vingre. O Diário do Pinheiro: Gunnar Vingre. Editora CPAD. 5 Ed 2000. pag. 28-29.

SINOPSE I

No Brasil, houve um chamado de Deus para que um povo vivesse na plenitude do Espírito Santo.

AMPLIANDO O CONHECIMENTO *PENTECOSTES

        “O Espírito Santo fará a sua obra, se confiarmos e incentivarmos as pessoas a permiti-la. Tenho vibrado ao visitar diversos países e encontrar moças e rapazes inteligentes, espirituosos e cheios de zelo à volta de Jesus.

Cada um de nós deve estar grato a Deus por fazer parte desse movimento. Abra o coração ao Espírito Santo e permita-lhe fazer sua obra através de você”. Amplie mais o seu conhecimento, lendo a obra O Avivamento Pentecostal, editada pela CPAD, p.53.




II- O NASCIMENTO DE UM NOVO MOVIMENTO

1- A pregação do avivamento pentecostal.

        A pregação dos missionários chamou atenção das igrejas tradicionais, causando incômodo e preocupação. Eles não foram bem aceitos pelos pastores das igrejas históricas. A irmã Celina de Albuquerque, membro de uma igreja tradicional, aceitou a mensagem do Batismo no Espirito Santo e tomou a decisão de ficar em casa, orando a Deus para que Ele confirmasse se aquela doutrina estava correta.

Assim, a irmã Celina Albuquerque recebeu o dom de Deus e, por isso, é considerada a primeira brasileira batizada no Espírito Santo em nosso país. Outros irmãos se juntaram a ela e foram também batizados no Espírito Santo. Infelizmente, a direção da igreja da qual esses irmãos faziam parte, não concordou com aquele avivamento espiritual e promoveu uma reunião para confirmar quem estaria de acordo com a mensagem dos missionários.

Nessa reunião, 9 irmãos se levantaram e foram convidados a deixar a igreja. Assim, inicia uma história de perseguição que marcaria o Movimento Pentecostal no Brasil.

COMENTÁRIO

        Contudo, o revestimento de poder do alto foi a causa primordial do crescimento da obra pentecostal no Brasil nos seus primeiros anos e espalhou-se como fogo por meio da evangelização dinâmica e cheia de amor pelas almas. Os pregadores, no início, eram comumente pessoas simples, muitas indoutas, sem cultura formal, mas cheias do Espírito Santo. E foram usados como instrumentos poderosos nas mãos de Deus.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.

        Um dos visitados, Celina Albuquerque, vinha há vários anos dedicando-se à escola dominical. Ela se encontrava agora presa à cama. Conforme os médicos, sua doença era incurável. Os remédios, que se encontravam ao lado da cama, não faziam efeito.

Gunnar perguntou-lhe se acreditava que Jesus podia curá-la. Ela respondeu que sim, e todos os presentes oraram ao Senhor, o grande Médico. O Senhor interveio, e a curou completamente. Seu ardente desejo agora era que o Senhor a batizasse com o Espírito Santo. Decidiu-se, então, junto com sua amiga Maria Nazaré, a não sair de casa até que o Senhor viesse ao seu encontro conforme a sua promessa (At 2.39).

Depois de cinco dias em jejum e oração, numa quinta-feira, há uma hora da madrugada do dia 9 de junho de 1911, ela recebeu o dom do Espírito Santo, e foi a primeira no Brasil a confirmar a mensagem dos missionários.

Logo ao amanhecer, a irmã Nazaré se dirigiu depressa na avenida São Jerônimo, 224, onde morava o irmão José Batista de Carvalho a fim de lhe contar a boa nova. Lá estavam vários irmãos reunidos. Entre eles Manoel Rodrigues, diácono da igreja batista. Ele mesmo diz: “Foi nesse momento que ouvi falar e cri no batismo do Espírito Santo. Nessa mesma noite haveria culto, como de costume, na igreja batista.

Os presentes já sabiam do batismo de Celina Albuquerque no Espírito Santo. Disputaram entre si, e se dividiram em dois grupos. No calor da disputa houve membros que até ameaçavam os partidários das novas ideias. Depois do encontro, a maioria dos membros resolveram ir à casa da irmã Celina para verificar o que tinha acontecido. Entre aqueles que foram à rua Siqueira Mendes estavam José Plácido da Costa, Antônio Marcondes Garcia e esposa, Antônio Rodrigues e Raimundo Nobre.

Berg., David,. Daniel Berg. Enviado Por Deus. A história de Daniel Berg, um simples aldeão que ajudou a deflagrar o maior movimento pentecostal da história da Igreja, as Assembleias de Deus no Brasil. Editora CPAD. 1 Ed 1995. pag. 90-91.

        O diário do ano de 1914 contém, por razões desconhecidas, somente anotações de dois meses. Mas nele se encontra uma estatística muito interessante sobre pessoas que foram batizadas nas águas e com o Espírito Santo durante os anos de 1911 a 1914.

Eis a lista:

Portanto, foram batizadas, no total, 384 pessoas nas águas, e 276 receberam a promessa do Espírito Santo durante esses quatro primeiros anos de trabalho pioneiro na igreja em Belém do Pará. Podemos observar o progresso sucessivo ano após ano, tanto de batizados nas aguas como com o Espírito Santo.

Toda a luta, sofrimento, orações e trabalho zeloso que estão por trás desses números somente Deus conhece. As bases para um trabalho frutífero tinham sido colocadas. O trabalho pentecostal no Brasil, no princípio insignificante, cresceu, e agora é um dos maiores movimentos pentecostais do nosso tempo.

É interessante notar nesta estatística tão simples o número de batizados com o Espírito Santo. Três quartas partes daqueles dos que foram batizados nas águas receberam também a promessa do Espírito Santo. Isso era uma constante no movimento pentecostal no Brasil, desde o princípio. O poder de Deus foi derramado de tal maneira que causou grande admiração e surpresa, tanto entre os incrédulos como entre os crentes das denominações.

Um dos segredos do grande progresso dessa obra tem sido o fato de o Espírito Santo ter tido sempre um lugar importante na igreja, tanto na pregação da Palavra quanto no revestimento de poder dos crentes.

Ivar Vingre. O Diário do Pinheiro: Gunnar Vingre. Editora CPAD. 5 Ed 2000. pag. 71-72.

2- Crescimento e perseguição.

        As perseguições contra os pentecostais eram grandes, conforme Jesus disse (Mt 5.10). Elas se davam na esfera litúrgica entre outras. Por exemplo, nos primeiros batismos, no Pará, alguns inimigos da obra tentaram impedir o ato batismal. Há registro de que um deles até sacou um punhal para investir contra o missionário Gunnar Vingren.

Foi a irmã Celina que impediu o crime jogando-se na frente do meliante. Outros registros mostram que, em Mosqueiro, no interior do estado, uma casa de pregação foi cercada e apedrejada. Os crentes tiveram de sair para se proteger. Histórias como essas são abundantes no desdobramento do Movimento Pentecostal no Brasil. Entretanto, o Senhor deu muitos livramentos ao seu povo (Sl 34.7).

COMENTÁRIO

        O avivamento espiritual provocou mudanças significativas e visíveis na maneira de evangelizar. Os missionários continuaram a obra, realizando cultos ao ar-livre e pregando em muitos lugares. As perseguições eram grandes: “Os primeiros batismos no Pará foram feitos todos em segredo, geralmente às 11 horas da noite, pois não tinham nem igrejas nem tanques de batismos”. Num batismo, à beira-mar, os inimigos cercaram o local e quiseram impedir o ato batismal. Um deles sacou de um punhal e investiu contra Vingren.

A irmã Celina jogou-se na frente e impediu o crime. O batismo foi realizado sob ameaças, e, ao término, todos molhados, saíram às pressas sem trocar de roupa. Foram muitos os inimigos. Em Mosqueiro, no interior, a casa onde pregavam foi apedrejada. Tiveram que fugir acossados por cães de caça, mas Deus poderosamente os livrou.

O avivamento espiritual não permite a inação, a letargia ou o comodismo eclesiástico ou ministerial. É como “um vento impetuoso” sobre a calmaria das doutrinas cessassionistas nas igrejas históricas. O Pentecostes provoca movimento do Espírito Santo nas pessoas e nas igrejas. O batismo no Espírito Santo, que tem como evidência inicial as línguas estranhas, a ênfase nos dons espirituais, as curas divinas incontáveis, os prodígios e maravilhas operados por Deus mediante homens e mulheres humildes; a ênfase na vida de santidade, que era bem clara e indiscutível na separação do mundo não só em termos de doutrina, como também em termos de usos e costumes, que caracterizavam aos olhos dos estranhos que os pentecostais eram um povo diferente “por dentro e por fora”.

Com tais características, os crentes eram tachados de “os bíblias”, “os bodes”, os capa verdes, “fanáticos”, não só por parte dos romanistas, como também pelos crentes de outras denominações.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.

        Depois desse acontecimento, os crentes notaram que as oposições organizadas e agressivas de César haviam cessado. Os inimigos estavam aguardando, e o novo delegado temia o governador.

Mas o período de paz só durou até o dia em que dois rapazes decidiram fazer de tudo para perturbar o culto e impedir que fosse realizado.

Assim que os irmãos reunidos no salãozinho começaram a cantar o primeiro hino, vieram as primeiras pedras, acompanhadas por insultos e imprecações.

O barulho tornou-se tão insuportável que Daniel teve de interromper o culto para falar com eles, lá fora, enquanto os irmãos permaneciam em oração.

Ele falou aos garotos sobre o perigo de tentar opor-se à obra de Deus e convidou-os a entrar e ouvir, para que soubessem do que realmente se tratava aquela reunião. Disse-lhes que eram ambos bem-vindos a ouvir a jubilosa mensagem pregada ali dentro, porém não quiseram dar ouvidos.

Apesar da gritaria que continuava do lado de fora, Daniel deu continuidade ao culto, durante o qual oraram pelos rapazes, pedindo ao Senhor que agisse de forma que eles se conscientizassem do que estavam fazendo.

O alarido e o apedrejamento continuaram, agora com maior intensidade.

Após o culto, os dois garotos seguiram os irmãos até suas casas, ofendendo-os com palavras torpes e ameaçando-os de futuras visitas. As mãos cerradas e os porretes erguidos davam ênfase ao seu ódio.

A perseguição continuou por um tempo. Os garotos tinham posto as suas ameaças em ação, e adultos e crianças sofreram.

Quando a situação parecia haver passado dos limites, os irmãos decidiram fazer um culto extra a fim de pedir ao Senhor uma solução para o problema. Que Ele convertesse o coração dos perseguidores ou que os afastasse para longe. Na sua sabedoria e justiça, o Senhor era aquEle que deveria mostrar o caminho, pois sozinhos não chegariam a lugar algum.

Quando os garotos souberam do culto que estava sendo realizado em favor deles, elaboraram um plano para perturbar.

Apareceram no início do culto, dando a entender que haviam se convertido e que não iriam perturbar dali para frente. Estavam aparentemente dispostos a fazer as pazes e depois seguir os seus caminhos.

O pequeno grupo muito se alegrou e deu graças ao Senhor, mas, qual não foi a sua surpresa, lá estavam eles de volta no fim do culto.

Deram pontapés na porta da igreja; entraram correndo, com porretes erguidos, gritando mais alto do que nunca.

Muitos foram atingidos por seus golpes devastadores.

Outros, que estavam sentados, inclinaram-se para frente com as mãos sobre a cabeça, procurando se proteger.

Com ar de vitória, desapareceram tão de repente quanto surgiram. O filho de um dos irmãos silenciosamente seguiu-os à distância para acompanhar as suas atividades.

Eles foram para a beira do lago, desataram o barco de um dos irmãos e, após um simulado gesto de desistência, remaram até determinado lugar e começaram a pescar com as varas que havia a bordo. Nem sequer olharam para a terra.

O menino à espreita logo compreendeu que a intenção dos rapazes era passar a impressão de haverem desistido de perseguir a igreja, quando, na realidade, eles retornariam assim que os crentes começassem a se sentir seguros novamente.

Entretanto, eles não voltaram, nem mais cedo, nem mais tarde. Algo que eles não haviam previsto aconteceu.

Deus determinou diferente.

No dia seguinte, o barco foi encontrado virado em uma enseada, e uma vara de pescar flutuava próximo à embarcação. Dos garotos não havia sinal algum. Possivelmente tinham sido vítimas das piranhas ou dos jacarés que armavam ciladas nos arredores.

Esse acontecimento teve forte impacto sobre todos os membros da igreja e as autoridades. Mais pessoas se converteram, e aqueles que já eram da fé renovaram suas forças. Todos ficaram cientes de que o Senhor não se deixa escarnecer.

Berg., David,. Daniel Berg. Enviado Por Deus. A história de Daniel Berg, um simples aldeão que ajudou a deflagrar o maior movimento pentecostal da história da Igreja, as Assembleias de Deus no Brasil. Editora CPAD. 1 Ed 1995. pag. 158-160.

        A poderosa mão de Deus

Esse título foi escrito pelo próprio Gunnar Vingren quando ele contou sobre a poderosa intervenção de Deus na vida de algumas pessoas, tanto para salvação como para juízo. Esse relato original, palavra por palavra, está sendo utilizado neste capítulo. É um testemunho poderoso de um grande e forte Deus e do que Ele pode fazer. Assim Vingren escreveu:

“Realizamos batismo certa vez num lugar chamado Rio de Ouro. Depois de concluído, um rapaz incrédulo queria zombar dos crentes e do batismo. Ele entrou na água, pôs as mãos sobre o seu peito e se lançou para trás, como se estivesse batizando a si mesmo, e desta maneira ele zombava desse ato santo e dos que o praticavam. O inesperado e horrível que aconteceu foi que após uma dessas imitações, o moço não apareceu mais na água. Depois de um certo tempo seu cadáver foi encontrado e levado para sua casa, para ser enterrado. Isto aconteceu no mês de junho de 1928”.

“Num outro lugar chamado São Pedro, um homem incrédulo quis também zombar dos crentes e do que eles faziam. Ele fingiu que estivesse dando a santa ceia para seus companheiros. Arrumou um prato com pão e começou a distribuí-lo entre os presentes. Porém, de repente sentiu-se terrivelmente mal, quase à morte. Quando melhorou um pouco, os seus amigos perguntaram outra vez se ele não queria dar-lhes a santa ceia como antes estava fazendo. Ele respondeu: ‘Nunca mais falarei contra este povo ou zombarei dele!

“Um irmão que estava a caminho do culto, foi picado por uma cobra. Quando ele chegou ao local da reunião, a sua perna estava inchada e totalmente dormente. Ele sentia como se houvesse fogo no local da picada. Oramos por ele uma vez e a dor desapareceu. Oramos a segunda vez, e desapareceram todos os sintomas da picada da cobra. Aquele irmão está são até o dia de hoje”.

“O evangelista Archias de Oliveira tem sido usado por Deus de maneira maravilhosa em todos os lugares onde ele vai pregar o Evangelho. Deus tem realizado grandes milagres e manifestado o seu poder contra os inimigos do Evangelho através desse irmão.

“Um jovem que estava à morte ouviu falar de Jesus pela sua própria mãe que lhe testificou. Quando a igreja orou por aquele moço e ele ficou completamente curado.

Ivar Vingre. O Diário do Pinheiro: Gunnar Vingre. Editora CPAD. 5 Ed 2000. pag. 182-184.

3- Curas divinas.

        Se houve perseguições e dificuldades no início da obra, também houve intervenções gloriosas de Deus na vida do seu povo. No Diário de um Pioneiro, obra escrita pelo Missionário Gunnar Vingren, veja o seguinte relato: “uma irmã foi curada de uma enfermidade incurável no lábio.

Um homem paralítico que estava moribundo, e não podia mais falar, foi curado e veio depois para nossos cultos. Uma criança, que estava moribunda com febre, foi curada. Um homem de idade que sofreu com hérnia por nove anos foi curado. Um outro homem, que havia estado enfermo muitos meses com febre e tinha todo o seu corpo inchado, foi tanto curado, como batizado com o Espírito Santo.

Ele também recebeu o dom de profecia […] um homem que viu seu filho morrer, tomou-o imediatamente nos braços e começou a invocar o nome do Senhor. Imediatamente, a criança voltou à vida. A esposa, quando viu o que aconteceu, se entregou ao Senhor”. Esses são alguns dos muitos sinais poderosos que marcaram o Avivamento Pentecostal no Brasil. Eram os sinais de Deus confirmando a pregação dos nossos pioneiros (Mc 16.20).

COMENTÁRIO

        Como em Atos dos Apóstolos, o avivamento espiritual fez-se sentir em sinais e maravilhas. Conta Ivar Vingren:

Um irmão foi curado de enfermidade muito grave na perna. Uma irmã foi curada de uma enfermidade incurável no lábio. Um outro que tivera dor de cabeça, durante dez anos, foi curado. Um homem paralítico que estava moribundo, e não podia mais falar, foi curado e veio depois para nossos cultos. Uma criança que estava moribunda com febre, foi curada.

Um homem de idade, que sofrera com hérnia por nove anos, foi curado.

Um outro homem, que havia estado enfermo muitos meses com febre e tinha todo o seu corpo inchado, foi tanto curado, como batizado com o Espírito Santo, além de ter recebido o dom de profecia.

O relato conta que uma irmã que era cega foi curada:

Um homem que viu seu filho morrer, tomou-o nos braços e começou a invocar o nome do Senhor. Imediatamente a criança voltou à vida. A esposa, quando viu o que aconteceu, se entregou ao Senhor.

Avivamento é isto: impactos espirituais na vida das pessoas. A doutrina tradicional das igrejas reformadas não demonstrava nenhum sinal de poder na vida dos que aceitavam a Cristo; já com o avivamento pentecostal, as coisas extraordinárias aconteciam.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.

        Daniel dirigiu o culto e falou sobre como o Senhor o havia ajudado no decorrer de toda a sua jornada. Muitas pessoas doentes vieram pedir oração a fim de que o grande Médico as curasse. Muitos que também estiveram doentes e haviam sido curados, vieram render graças ao Senhor e dar o seu testemunho. Um irmão testemunhou que tinha sido mordido por uma cobra, e que a carne ressecada pelo veneno cresceu novamente até desaparecer completamente a ferida. Quando este fato ficou conhecido nos arredores, um grande número de pessoas veio procurar ajuda de Deus para si.

Berg., David,. Daniel Berg. Enviado Por Deus. A história de Daniel Berg, um simples aldeão que ajudou a deflagrar o maior movimento pentecostal da história da Igreja, as Assembleias de Deus no Brasil. Editora CPAD. 1 Ed 1995. pag. 217.

        Mais ou menos seis meses após a nossa chegada, os diáconos da Igreja Batista me disseram: “Irmão Vingren, na próxima terça-feira o irmão dirigirá o culto de oração.” Isto foi em maio de 1911. Eu atendi o pedido. Li alguns versículos no Novo Testamento que falam sobre o batismo com o Espírito Santo, e disse algumas palavras. Durante todo o tempo os diáconos mantiveram suas Bíblias abertas para conferir se eu estava lendo e interpretando corretamente. Parece que ficaram satisfeitos com o que eu disse.

Durante aquela semana realizamos cultos de oração todas as noites na casa de uma irmã que tinha uma enfermidade incurável nos lábios. Ela não podia assistir aos cultos na igreja. A primeira coisa que fiz foi perguntar- lhe se cria que Jesus podia curá-la. Ela respondeu que sim. Dissemos-lhe então que deixasse de lado todos os remédios que estava tomando. Oramos por ela, e o Senhor Jesus a curou completamente!

Nos cultos de oração que se seguiram, aquela irmã começou a buscar o batismo com o Espírito Santo. O seu nome era Celina Albuquerque. Na quinta-feira, depois do culto, ela continuou orando em sua casa, juntamente com outra irmã. A uma hora da madrugada a irmã Celina começou a falar em novas línguas, e continuou falando durante duas horas. Foi, portanto, a primeira operação de batismo com o Espírito Santo feita pelo Senhor Jesus em terras brasileiras.

No dia seguinte, a outra irmã que presenciara tudo, foi e contou o que vira aos outros membros da igreja batista. O seu nome era Nazaré. Na sexta-feira, após o termino do culto na igreja, irmã Nazaré e outras irmãs vieram para o nosso culto de oração. Nessa mesma noite Jesus batizou-a com o Espírito Santo, e ela cantou um hino espiritual.

Ivar Vingre. O Diário do Pinheiro: Gunnar Vingre. Editora CPAD. 5 Ed 2000. pag. 40-41.

SINOPSE II

        O nascimento do novo Movimento no Brasil teve pregação pentecostal, crescimento, perseguição e curas divinas

 AUXÍLIO TEOLÓGICOS HISTÓRICO

PONTOS PENTECOSTAIS IMPORTANTES

“Os pentecostais enfatizam uma experiência pós conversão conhecida como ‘batismo no Espírito Santo’. A singularidade do ensino dos pentecostais, contudo, e que os dons do Espirito (ou charismata) devem normalmente acompanhar esta experiência de batismo e con­tinuar a ser manifestados na vida do crente e na igreja.

Os dons mais frequentemente enfatizados pelos antigos pentecostais era o falar em linguas e os dons de curar. O ensino da ‘evidencia inicial’ e o ponto central da teologia da maioria das igrejas pentecostais clássicas em todo o mundo. Este ensino enfatiza que o falar em línguas (glossolalia) desco­nhecidas do falante e o primeiro sinal, necessário para se saber que alguém recebeu a experiência pentecostal.

Este ensino é baseado no fato de que as línguas apareceram quando o Espírito foi derramado na Igreja Primitiva, em Atos 2, 10 e 19, e estão implícitas em Atos 8 e 9″ (Dicionário do Movimento Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 2007, p.567)









III- A EXPANSÃO DO AVIVAMENTO PENTECOSTAL

1- Um Modelo Centrífugo.

        O avivamento espiritual fez com que a nossa igreja no Brasil buscasse um modelo de crescimento centrífugo, ou seja, de dentro para fora. Começaram cultos numa casa, num pequeno salão, num bairro, numa cidade; os pentecostais evangelizavam pelas ruas, casas, escolas, hospitais. Mais adiante, os irmãos buscavam um local mais amplo para atender a expansão da obra.

E o Senhor salvava, curava, batizada no Espírito Santo. O Avivamento Pentecostal foi crescendo de maneira nunca vista em nosso país. Estava acontecendo o que Jesus prometeu: “Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judéia e Samaria e até aos confins da terra” (At 1.8).

COMENTÁRIO

        O avivamento espiritual fez com que as Assembleias de Deus no Brasil buscassem realizar o modelo de crescimento centrífugo, ou seja, de dentro para fora, do centro para a periferia. Os pentecostais iniciam os seus trabalhos num pequeno salão, numa casa, num bairro, numa cidade; começam a evangelizar pelas ruas, pelas casas, pelas escolas, pelos hospitais, e o trabalho cresce. Depois, procuram um local mais amplo para atender ao crescimento da igreja e buscam seguir o que Jesus prometeu:

“Mas recebereis a virtude do Espírito Santo, que há de vir sobre vós; e ser-me-eis testemunhas tanto em Jerusalém como em toda a Judeia e Samaria e até aos confins da terra” (At 1.8). Ou seja: Jerusalém foi o centro inicial da pregação do evangelho; dali se expandiu para Judeia e Samaria e, por meio da obra missionária, tem chegado a todos os lugares do mundo. Trata-se de um modelo de crescimento diferente das igrejas históricas. Estas crescem de forma centrípeta, de fora para dentro. Não saem para buscar as almas lá fora, onde os pecadores estão. E ainda há aquelas, mesmo pentecostais ou neopentecostais, que procuram crescer — ou melhor, “inchar” — com crentes de outras igrejas. Esse não é o modelo das Assembleias de Deus.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.

Geziel Gomes

Quando Daniel Berg dormiu no Senhor, no ano de 1963, a geração pioneira da Assembleia de Deus no Brasil sentiu profundamente a ausência do inesquecível líder e companheiro que, durante mais de meio século, foi usado por Deus como um ganhador de almas incomum, o verdadeiro evangelista, que aprendera com o Mestre a procurar uma comida superior: fazer a vontade daquele que o enviou.

Os que aprenderam com Daniel Berg beberam de uma fonte cristalina e insuspeita. Ele nunca se queixava das provações que experimentava, nunca discutia assuntos de ordem política, nunca perdia tempo ou oportunidades, jamais negligenciou seus deveres de pai e de pastor.

O surgimento da terceira geração de pentecostais em nossa pátria induz-nos a uma meditação mais séria e profunda sobre o significado do estilo de vida dos que vieram antes de nós. Eles foram homens simples, sem afetações, ambições ou sutilezas. Sua visão era a da constante e interminável expansão do Reino de Deus na terra. Tais foram os caminhos que nos legaram, e que merecem ser seguidos.

Ao mesmo tempo que não poucos, desavisados e desorientados, começavam a predizer o declínio do movimento pentecostal no Brasil, em virtude de haver ultrapassado o seu primeiro cinquentenário, o Espírito do Senhor iniciava um novo movimento de poder, entusiasmo, ação evangelística e maravilhas, para demonstrar à sociedade que esta época, em seu caráter eminentemente escatológico, já não comporta flutuações em torno do avivamento, pois estamos a caminhos dos dias últimos, e devemos aguardar a chuva serôdia que ele enviará sobre a terra, na véspera feliz do arrebatamento da Eleita.

O que urge ressaltar, todavia, é que a continuação do avivamento não se firma em novas táticas, ou novas doutrinas, ou novo estilo, senão na manutenção firme e convicta dos princípios que foram lançados pelos pioneiros Daniel Berg e Gunnar Vingren.

Eles foram homens de oração e de poder, homens que liam a Bíblia diuturnamente para colher os ensinamentos preciosos para entregar à igreja que hoje enche as cidades de nossa pátria e começa a conquistar as terras mais distantes.

Homens como Daniel Berg não podem jamais ser esquecidos. Os filhos devem ouvir-lhe o nome através dos pais, para que a futura geração saiba que nos primórdios desta obra houve homens robustos na fé e gigantes na ação, que nunca puseram em segundo plano o cumprimento dos seus deveres para com Deus e sua santa Igreja.

A história dos últimos dias de Daniel Berg é a um tempo comovente e inspirativa. Estava ele hospitalizado em sua terra natal, quando se aproximaram os dias finais de sua peregrinação. Todos temos o nosso dia de partir.

O sol de nossa existência tem que se pôr um dia. Bem aventurados os que encontram, no crepúsculo da vida terrena, a aurora da existência com Deus, Daniel Berg mal podia mover-se, mas saía de enfermaria enfermaria para distribuir folhetos, espalhar literatura e orar pelos que se decidissem.

Berg., David,. Daniel Berg. Enviado Por Deus. A história de Daniel Berg, um simples aldeão que ajudou a deflagrar o maior movimento pentecostal da história da Igreja, as Assembleias de Deus no Brasil. Editora CPAD. 1 Ed 1995. pag. 259-261.

2- Um crescimento acentuado.

        Os pentecostais no Brasil não crescem porque buscam pessoas em outras igrejas, mas crescem porque as evangelizam e as discipulam por meio do Evangelho de Cristo. Segundo dados do IBGE em 2010, os evangélicos eram constituídos de aproximadamente 42 milhões de pessoas. Desse número, a esmagadora maioria é de tradição pentecostal. Certamente, a próxima pesquisa do IBGE confirma a tendência de alta. Tudo isso foi fruto do poderoso Avivamento Pentecostal que Deus enviou para a nossa nação.

COMENTÁRIO

        Ao longo da história das Assembleias de Deus no Brasil, a obra começou pequena, mas foi crescendo a olhos vistos; não apenas em termos numéricos, mas, acima de tudo, “em demonstração do Espírito e de poder” (cf. 1 Co 2.4). Esse é o modelo de crescimento assembleiano. Não cresce buscando ou “pescando” almas noutras igrejas.

Cresce porque evangeliza, discipula e cuida das vidas alcançadas pelo evangelho de Cristo, como dito no item 1. Um pouco da história do avivamento pentecostal através das Assembleias de Deus no Brasil mostra como se desenvolveu a nova igreja. Os dados não foram atualizados, mas o padrão de crescimento tem sido constante, sempre com base no modelo bíblico, ordenado por Jesus: “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado” (Mc 16.15,16).

Segundo Burlton (pp. 232–234), em 1960, as Assembleias de Deus passaram a responder por 70% do evangelismo nacional, congregando 50% dos evangélicos brasileiros, principalmente no interior e entre as camadas mais humildes da população. A sua influência tem sido de tal monta que grande parte das igrejas históricas, tradicionais, voltou-se para a busca da fé pentecostal. Em 1970, as Assembleias de Deus contavam com 62,6% dos evangélicos brasileiros, que chegavam a 2,6 milhões (Kessler e outros, pp. 11,12). Em 1980, o censo do IBGE dava conta de que, no Brasil, havia 7.885.846 evangélicos. Os pentecostais participavam com cerca de 48%. Segundo os últimos dados do IBGE (dados ente 1991 e 2001), os evangélicos, em 2002, eram 26 milhões de adeptos, e as Assembleias de Deus constituíam-se, naquela época, na maior denominação evangélica do Brasil, passando de 2,4 para 4,5 milhões de fiéis; com 22 mil templos e 21 mil pastores. O jornal Mensageiro da Paz (Junho de 2002) informounos de que os assembleianos contavam com mais de 8 milhões (dados atualizados), somando 32% dos evangélicos ou 5% da população brasileira. Não devemos esquecer que tudo isso é fruto das raízes pentecostais, fincadas pelos pioneiros do Movimento Pentecostal no Brasil.

Renovato. Elinaldo,. Aviva a Tua Obra. O chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus. Editora CPAD. 1ª edição: 2023.

        Evangélicos devem ultrapassar católicos no Brasil a partir de 2032

Estudo diz que as duas religiões deverão empatar em 40% do total de fiéis do país cada uma; pelos últimos dados oficiais, vantagem católica é de 64% a 22%

A população que se declara evangélica deve ultrapassar pela primeira vez o total de católicos no país a partir de 2032, quando o número absoluto de seguidores de cada uma das duas religiões deve ficar em torno de 90 milhões – de acordo com os últimos dados oficiais, há aproximadamente 22 milhões de evangélicos (22% do total) contra 125 milhões de adeptos do catolicismo (64%).

Os números constam em estudo do demógrafo José Eustáquio Alves, professor aposentado da Escola Nacional de Ciências Estatísticas do IBGE. Segundo o especialista, o número de brasileiros adeptos da religião evangélica cresce em média 0,8% ao ano desde 2010, enquanto a quantidade de católicos diminui 1,2% no mesmo período.

Com isso, a progressão geométrica aponta para que cada uma das duas religiões correspondam a cerca de 40% da população em 2032 (veja quadro abaixo). Se a curva se mantiver, a partir daquele ano, portanto, os evangélicos devem se tornar maioria no país.

“Estamos vivendo uma transição religiosa nos últimos anos”, diz Eustáquio Alves, que estende sua avaliação para todos os países da América Latina.

A alteração mais emblemática no quadro religioso do Brasil, porém, deve ser confirmada em 2022, quando há previsão de os católicos representarem, pela primeira vez, menos de 50% da população.

Para o pesquisador, os resultados das últimas eleições gerais, que ampliaram a presença de evangélicos no Congresso, são o reflexo mais direto deste fenômeno no Brasil.

Nos Estados Unidos, onde está a maior população absoluta de evangélicos do mundo, o fenômeno é diferente, segundo Alves. “Os que se declaram sem religião são os que mais crescem lá”, diz o pesquisador.

Por Mariana Zylberkan Atualizado em 4 fev 2020, 18h46 – Publicado em 4 fev 2020, 17h28

Fonte: https://veja.abril.com.br/brasil/evangelicos-devem-ultrapassar-catolicos-no-brasil-a-partir-de-2032/

SINOPSE III

Houve um modelo de crescimento centrífugo e, por isso, o movimento pentecostal obteve um crescimento acentuado

AUXÍLIO TEOLOGICOS HISTÓRICO

UM NOVO MOVIMENTO

 “Os antigos pentecostais não se consideravam como uma nova denominação, mas preferiram ser vistos como um movimento de avivamento que tinha uma mensagem para o Corpo de Cristo como um todo. A primeira igreja pentecostal foi fundada em Copenhague, em 1912. Consequentemente, algumas outras igrejas locais foram fundadas. Essas igrejas independentes organizaram-se em uma associação livre.

Embora as igrejas dinamarquesas mantiveram laços estreitos com outros grupos pentecostais da Escandinávia, o Movimento Pentecostal não prosperou na Dinamarca como na Noruega e Suécia” (Dicionário do Movimento Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 2007, p.569).

CONCLUSÃO

        Antes do Avivamento Pentecostal em solo brasileiro, o que dominava o cenário religioso era o sistema de doutrina das igrejas históricas que não admitia o batis­mo no Espírito Santo, com sinal evidente de falar em novas línguas, bem como o exercício dos dons espirituais. Essas manifestações espíritas, fundadas na Palavra de Deus, são marcas do verdadeiro Avivamento Pentecostal no Brasil.

REVISANDO O CONTEÚDO

1- Que fato é revelado de acordo com o contexto de Atos 19.1-7?

Os discípulos de Éfeso foram batizados em nome do Senhor Jesus, isto é, já tinham a fé salvífica; em seguida, receberam o batismo no Espírito Santo por imposição de mãos.

2- O que se repetiu em terras brasileiras?

As experiências gloriosas de Atos dos apóstolos passariam a se repetir em terras brasileiras 

3- Com que a pregação dos missionários chamou atenção?

A pregação dos missionários chamou atenção das igrejas tradicionais, causando incômodo e preocupação. Eles não foram bem aceitos pelos pastores das igrejas históricas.

4- Cite um caso de cura divina descrito no Diário de um Pioneiro.

Um homem que viu seu filho morrer, tomou-o imediatamente nos braços e começou a invocar o nome do Senhor. Imediatamente, a criança voltou à vida.

5- Que modelo de crescimento esteve presente em nossa igreja no Brasil?

O avivamento espiritual fez com que a nossa igreja no Brasil buscasse um modelo de crescimento centrífugo, ou seja, de dentro para fora.

Descrição

O currículo de Escola Dominical CPAD é um aprendizado que acompanha toda a família. A cada trimestre, um reforço espiritual para aqueles que desejam edificar suas vidas na Palavra de Deus.

Neste 1º trimestre de 2023, estudaremos:
Tema: Aviva a Tua Obra
O Chamado das Escrituras ao quebrantamento e ao poder de Deus
Comentarista: Elinaldo Renovato

1- O Avivamento Espiritual
2- O Avivamento no Antigo Testamento
3- O Avivamento no Novo Testamento
4- O Ministério Avivado de Jesus
5- O Avivamento na Vida da Igreja
6- O Avivamento no Ministério de Pedro
7- Estêvão – Um Mártir Avivado
8- O Avivamento Espiritual no Mundo
9- O Avivamento Pentecostal no Brasil
10- O Avivamento na Vida Pessoal
11- O Avivamento e a Missão da Igreja
12- Vivendo no Espírito
13- Aviva, Ó Senhor, a tua Obra

Características

ISBN1678-6823
Altura21
Largura13,5
AcabamentoGrampeado
PeriodicidadeTrimestral
Faixa EtáriaAdultos
TipoEscola Dominical

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clique aqui: Para Download das Revistas e Livros Para Auxiliar na EBD 1º Trimestre 2023

-------------------------------------------------------------------------------------

Acesse nossos grupos e tenha mais conteúdo:

Muito conteúdo sobre Os Valores do Reino de Deus sem sobrecarregar seu celular.
Grupo no Telegram
Acesse mais Conteúdo pelo Telegram
Grupo no WhastsApp
Mais conteúdo pelo WhatsApp

Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site.

Nos abençoe Com Uma Oferta Voluntária pelo 

PIX e-mail: pecadorconfesso@hotmail.com 

ou PIX Telefone: (15)99798-4063 ou PicPay: @pecadorconfesso

 Seja um parceiro desta obra.

Clique também nas propagandas. Cada clique ajudará bastante.

“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. (Lucas 6:38) 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Clique aqui: Para Download das Revistas e Livros de Apoio Para Auxiliar na EBD 2º Trimestre 2023

-------------------------------------------------------------------------------------


COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,104,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,12,2º Trimestr,1,2º Trimestre,101,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,98,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,190,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,73,Adolescentes,16,adolescer+,7,Adoração,9,Adulto,115,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,53,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,15,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,8,As Bodas do Cordeiro,1,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,37,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,36,Batalha Espirítual,31,Batismo,8,Batismo nas Águas,2,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,4,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,145,Betel Adulto,81,Betel Jovem,40,Bíblia,82,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,4,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,7,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,11,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,16,Casamento Misto,4,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,26,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,Céu,8,Céus,5,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,2,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,467,CPAD Adolescentes,56,CPAD Jovem,113,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,10,Cristão,28,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,4,Cruz,7,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,8,Culto da Virada de Ano Novo,3,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,1,Cultura,1,Cura,4,Curado,2,Curso,4,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,104,Deus é Amor,20,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,9,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,86,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,2,Diáconos,12,Diante do Trono,2,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,9,Dinheiro,7,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,10,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,14,Dons de Maravilhas,14,Dores,1,Doutrina,16,Doutrinas Fundamentais,27,Download,80,Download Livros e E-books,143,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,36,EBD,688,EBF,1,Eclesiastes,12,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,3,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,38,Escavação,1,Escola,33,Escola Bíblica Dominical,874,Escola Dominical,85,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,5,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,34,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,202,Estudos Bíblicos,495,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,15,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,49,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,10,Falta,1,familia,46,Família,46,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,21,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,2,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,1,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,2,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,19,Hermenêutica,3,Hernandes,1,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,39,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,51,Inferno,3,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,1,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,45,Jesus Cristo,52,Jesus de Nazaré,9,Jezabel,1,Jó,15,João,9,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,8,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,227,Jovens,179,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,22,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,2,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,8,Lições Bíblicas da BETEL,399,Lições Bíblicas da CPAD,580,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,28,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,37,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,10,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,2,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,9,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,5,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,105,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,1,Notícia gospel,67,Notícias Gospel,214,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,6,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,1,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,12,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,5,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,8,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,24,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,21,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,21,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,64,Pecado,37,Pecador Confesso,14,PECC,50,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,3,Perigos,1,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,2,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,28,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,12,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,5,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,14,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,1,Revelação,5,Revelado,1,Revista,92,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,3,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,14,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,17,Salvador,10,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,9,Santificação,11,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,6,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,2,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,2,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,5,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,6,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,2,Subsídio,90,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,5,Teologia,15,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,2,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,2,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,2,Ver Deus,1,Veracidade,1,Verdade,2,Verdadeira,4,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: LIÇÃO 9 – O AVIVAMENTO PENTECOSTAL NO BRASIL
LIÇÃO 9 – O AVIVAMENTO PENTECOSTAL NO BRASIL
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEizaeOrR60yd9doDHvAOjsbrBPCETYvGR7boy_JZHPCCviidJ_mfVBS3_BeP6OC86QtlYAEJWWb0yElP5-eAtWvyY-YJHsYbcNS17H8mpDQ8Gu1_bOHF_CfgL7KLS1Cee9m5HX2S0yDu4h-50YVoAYwqpVjpqbAIpl3wyHco2GhKVRbUFpGwly6Ry3hWQ/w640-h360/ADULTO-LICAO-9.png
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEizaeOrR60yd9doDHvAOjsbrBPCETYvGR7boy_JZHPCCviidJ_mfVBS3_BeP6OC86QtlYAEJWWb0yElP5-eAtWvyY-YJHsYbcNS17H8mpDQ8Gu1_bOHF_CfgL7KLS1Cee9m5HX2S0yDu4h-50YVoAYwqpVjpqbAIpl3wyHco2GhKVRbUFpGwly6Ry3hWQ/s72-w640-c-h360/ADULTO-LICAO-9.png
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2023/02/licao-9-o-avivamento-pentecostal-no.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2023/02/licao-9-o-avivamento-pentecostal-no.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy