Lição 09 - Uma Visão Biblica do Corpo | 3° Trimestre de 2023 | EBD ADULTOS

TEXTO ÁUREO (subsídio atualizado diariamente) “Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.” (1 Co 6...


TEXTO ÁUREO(subsídio atualizado diariamente)

“Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.” (1 Co 6.13b)

COMENTÁRIO EXTRA

Deus criou o ser humano para o louvor da sua glória (1 Co 6.20). Em vista disso, o homem deve viver em santidade (1 Pe 1.15). Contudo, os conceitos secularistas propagam uma forma de vida independente dos preceitos divinos. Neste capítulo, estudaremos a criação do homem do pó da terra e as características do corpo humano nas Escrituras, além de correlacionar esse tema com a visão secular na atualidade. O objetivo é apresentar a visão bíblica a respeito do corpo, o seu propósito e a sua glorificação final.
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.

- A influência do dualismo filosófico pode ter contribuído para a ideia de que a relação entre homem e mulher era puramente biológico, visto que tornava mal apenas o corpo; portanto, o que alguém faz fisicamente não podia ser evitado, e assim, era irrelevante. Como a relação entre esses dois era puramente biológica e temporária, os coríntios, como muitos de seus amigos pagãos, provavelmente usavam essa analogia para justificar a imoralidade sexual.

- Paulo rejeita a conveniente analogia justificadora. Corpos e alimento são relações temporárias que perecerão. O corpo do cristão e o Senhor têm um relacionamento eterno que nunca perecerá. Ele está se referindo ao corpo do cristão que será modificado, ressuscitado, glorificado e tornado celestial (1Co 15.35-54; Fp 3.20-21). Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

VERDADE PRÁTICA

O corpo e o templo do Espírito Santo e, por isso, deve ser conservado em santificação até a volta de Cristo

COMENTÁRIO EXTRA

O corpo é o templo do Espírito Santo e, por isso, deve ser conservado em santificação até a volta de Cristo.

Uma visão materialista do corpo despreza a perspectiva bíblica que eleve o corpo ao propósito da vontade de Deus. Na Bíblia, a doutrina bíblica da glorificação final do corpo do crente tem muito a nos dizer a respeito do corpo terreno. Há um propósito divino no corpo para vivermos de acordo com a Palavra de Deus diante de uma cultura que tende a descartá-lo e desvalorizá-lo. Que o Senhor nos ensine a como servi-Lo por meio do nosso corpo.

"Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo." (1 Co 6.13b)

A Bíblia usa a imagem do templo para se referir ao corpo como uma habitação do Espírito Santo. Essa imagem revela o propósito de Deus para o corpo do cristão e o quanto se deve levar em conta o cuidado com ele.

Deus criou o ser humano para o louvor da sua glória (1 Co 6.20). Em vista disso, Ele espera do homem regenerado uma vida de santidade (1 Pe 1.15). Contudo, os conceitos secularistas propagam uma forma de vida independente dos preceitos divinos. Nesta lição, vamos estudar a criação do homem e as características do corpo humano nas Escrituras e correlacionar esse tema com a visão secular do corpo hoje. Nossa finalidade é apresentar a visão bíblica do corpo, seu propósito e sua glorificação final.

Vimos que a família do rei Davi era disfuncional, o que trouxe problemas de longo prazo para toda a família. Por isso, é preciso cultivar os valores da Palavra em nossos lares, que os pais exerçam seus papéis em casa, transmitindo esses valores e acompanhando de perto os seus filhos; que os cônjuges tenham um relacionamento que traga equilíbrio e segurança aos filhos. A vida cristã em família é a maior prevenção contra os desajustes da atualidade. Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)


LEITURA DIÁRIA

Segunda – Gn 2.7 O homem recebeu o fôlego da vida diretamente de Deus
Terç– 1 Ts 5.23 O ser humano é constituído de espírito, alma e corpo
Quarta – 1 Co 6 .20 Devemos glorificar a Deus em nosso corpo
Quinta – 1 Co 6.19; Ef 1.13 O corpo do crente salvo é templo e morada do Espírito Santo
Sexta – Rm 8.23; Fp 3.21 A transformação do corpo mortal conforme o corpo glorioso de Cristo
Sábado – Ec 12.14 Todos os nossos atos estarão sob o juízo divino


Hinos Sugeridos:
 5,159, 581 da Harpa Cristã
--------------------------------------------------------------
📥 ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI

Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você. 

Ajude-nos 🙏. Não leva nem 30 segundos.

Basta clicar em qualquer ANÚNCIO e você estará colaborando para que esse blog continue trazendo conteúdo exclusivo e de edificação para a sua vida. Pode ser também uma oferta voluntária no pixpecadorconfesso@hotmail.com

--------------------------------------------------------------

LEITURA BÍBLICA EM CLASSE
1 Coríntios 6.12-20

12 – Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.
13 – Os manjares são para o ventre, e o ventre, para os manjares; Deus, porém, aniquilará tanto um como os outros. Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo. 
14 – Ora, Deus, que também ressuscitou o Senhor, nos ressuscitará a nós pelo seu poder. 
15 – Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo. 
16 – Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz faz -se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne. 
17 – Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito. 
18 – Fugi da prostituição. Todo pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo. 
19 – Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? 
20 – Porque fostes comprados por bom preço; glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus


PLANO DE AULA

1- INTRODUÇÃO
Uma visão materialista do corpo despreza a perspectiva bíblica que eleve o corpo ao propósito da vontade de Deus. Na Bíblia, a doutrina bíblica da glorificação final do corpo do crente tem muito a nos dizer a respeito do corpo terreno. Há um propósito divino no corpo para vivermos de acordo com a Palavra de Deus diante de uma cultura que tende a descartá-lo e desvalorizá-lo. Que o Senhor nos ensine a como servi-lo por meio do nosso corpo.

2- APRESENTAÇÃO DA LIÇÃO
A) Objetivos d a Lição:
I) Ensinar a criação do ser humano;
II) Expor a visão bíblica do corpo;
III) Contrapor a visão secular do corpo.
B) Motivação: A Bíblia usa a imagem do templo para se referir ao corpo como um a habitação do Espírito Santo. Essa imagem revela o propósito de Deus para o corpo do cristão e o quanto se deve levar em conta o cuidado com ele. Esta lição nos estimula a cultivar uma visão bíblica e elevada a respeito do nosso corpo.
C) Sugestão de Método: Introduza o segundo tópico com a seguinte pergunta: O que é glorificação final do corpo? Deixe que os alunos respondam. Ouça-os com atenção. Em seguida exponha o segundo tópico, enfatizando o subtópico que trata o assunto da ressurreição, trabalhando a imagem do corpo que o nosso Senhor apareceu aos discípulos por ocasião da sua ressurreição. É uma imagem muito poderosa para consolidar o entendimento da glorificação final do corpo.

3- CONCLUSÃO DA LIÇÃO

A) Aplicação: Há uma doutrina bíblica a respeito do corpo. Essa doutrina tem a ver com a esperança que cultivam os para o dia de nossa completa redenção. O corpo que temos hoje será transformado. Por isso, o apóstolo Paulo nos exorta: “ todo vosso espírito, alma e corpo sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1 Ts 5-23).

4- SUBSÍDIO AO PROFESSOR

A) Revista Ensinador Cristão. Vale a pena conhecer essa revista que traz reportagens, artigos, entrevistas e subsídios de apoio à Lições Bíblicas Adultos. Na edição 94, p.40, você encontrará um subsídio especial para esta lição.

🥅  *REVISTA ENSINADOR CRISTÃO* 

*LIÇÃO 09 UMA VISÃO BÍBLICA DO CORPO*

✅ Diferentemente do que a Bíblia ensina quanto ao corpo, a sociedade materialista e secularizada afirma que o corpo foi feito para ser explorado e ter as suas necessidades satisfeitas. Nesse pretexto, muitos entregam seus corpos ao hedonismo, à erotização e à libertinagem. Nesta lição, veremos que tais práticas são condenadas pelas Sagradas Escrituras e resultam na condenação eterna daqueles que compartilham desse entendimento distorcido.

✅ A linguagem metafórica, adotada pelo apóstolo Paulo, de que o nosso corpo é o Templo do Espírito Santo, destaca a finalidade para a qual o Criador fez o corpo humano. Infelizmente, a Queda do homem corrompeu o propósito divino para o corpo e o fez estar sujeito à natureza pecaminosa. Entretanto, uma vez sendo alcançados pela graça de Deus, devemos disciplinar a nossa vida para obediência ao Evangelho. Como afirma o apóstolo Paulo, "Falo em termos humanos, por causa das limitações de vocês. Assim como ofereceram os seus membros para que fossem escravos da impureza e da maldade que leva à maldade, assim ofereçam agora os seus membros para que sejam servos da justiça para a santificação" (Rm 6.19). Logo, a vitória sobre as obras mortas da carne está em submeter continuamente o corpo físico À santificação e à prática da justiça.

✅ Stanley Horton, na obra A Doutrina do Espírito Santo no Antigo e Novo Testamento (CPAD, 1993), declara: "Não temos o direito de usar o nosso corpo ou nossa vida para a gratificação da carne ou para a exaltação do próprio eu. Tanto nosso corpo como nosso espírito pertencem ao Senhor. Por isso, nosso objetivo deve ser usar os dois para glorificar a Deus (1Co 6.20). Isso significa também que devemos cuidar do corpo. Mas não devemos usar esse fato como desculpa para atender aos impulsos e aos desejos que provêm da natureza humana. Nem sequer o prazer legítimo deve tornar-se a nossa razão para viver. Temos algo mais maravilhoso para fazer, ao glorificarmos a Deus no serviço e no sacrifício" (p. 222).

✅ Nesse sentido, uma vida concentrada no exercício contínuo da vontade de Deus e em sua Obra não encontrará tempo para os cuidados desta vida material, ainda que sujeita às tentações e distrações deste mundo. Portanto, o cuidado com o corpo envolve nutrir uma vida espiritual forte para que o "andar em Espírito" (Gl 5.16) prevaleça sobre as inclinações irracionais da carne.

(ENSINADOR CRISTÃO)



B) Auxílios Especiais: Ao final do tópico, você encontrará auxílios que darão suporte na preparação de sua aula:

1) O texto “A Cura da Alienação” ampliá o primeiro tópico com uma reflexão a respeito de uma perspectiva não alienante das coisas;

2) O texto “Glorificando a Deus no Corpo ”amplia o segundo tópico com uma reflexão a respeito de como a Bíblia se refere ao corpo.

INTRODUÇÃO

Deus criou o ser humano para o louvor da sua glória (1 Co 6.20). Em vista disso, Ele espera do homem regenerado uma vida de santidade (1 Pe 1.15). Contudo, os conceitos secularistas propagam uma forma de vida independente dos preceitos divinos. Nesta lição, vamos estudar a criação do homem e as características do corpo humano nas Escrituras e correlacionar esse tema com a visão secular do corpo hoje. Nossa finalidade é apresentar a visão bíblica do corpo, seu propósito e sua glorificação final.

COMENTÁRIO EXTRA

ANTROPOLOGIA BÍBLICA – ESTUDO SOBRE O HOMEM - Gn 1.26,27; 2.7

Pergunta feita ao longo da historia da humanidade: Que é o homem? Jó 7. 17,18; Sal 8. 4; Sal 144. 3
“O pensador”, obra escultural do artista francês Augusto Rhodin, configura o homem em constante busca da resposta às perguntas: “quem sou eu?” “de onde vim?” “porque estou aqui?” “Para onde vou?”.


O substantivo homem no hebraico e no grego (ãdãm, antropos) aparece 2.615 vezes.
Ora significa Adão, o primeiro homem criado por Deus, ora é indefinido, significando assim toda a raça humana (Gn 2.7; 3.24; 6. 5). No total são 28 palavras hebraicas e gregas traduzidas como homem, e têm o significado de Adão, mortal, homem poderoso, ser humano.

O homem foi criado à imagem de Deus em relação ao seu espírito e a sua alma. Ele é essencialmente espiritual; tem um aspecto invisível e imortal (Ec 12.7; Mt 10.28). Outros elementos desta imagem são: A mente e a vontade; a integridade intelectual e moral (o homem foi criado com verdadeiro conhecimento, justiça e santidade). O corpo era visto como órgão adequado para compartilhar a imortalidade com a alma do homem e o meio pelo qual o domínio sobre a criação era exercido. Em Genesis 9.6 vemos que o homem não perdeu totalmente a imagem de Deus, porém ela ficou muito doente, ou desfigurada, pois seus pensamentos, que era uma característica da imagem de Deus no homem, a Bíblia diz que era má continuamente (Gn 6.5; 8.21).

Os ingredientes do seu corpo (Sal 8.4)

Carbono - 23% - 16 quilos
O que é a vida? O efeito colateral de uma propriedade dos átomos de carbono. Eles se juntam naturalmente em cadeias grandes e complexas. E seu corpo, em última instância, é uma dessas cadeias. Se o DNA fosse uma árvore, o carbono formaria os galhos. E esses galhos somos nozes: os vemos na forma de músculos, pele, cabelos...
Cálcio - 1,4% - 1 quilo
Não é só de dentes e ossos que se faz o cálcio no corpo humano. Ok, 99% é. O minério mais abundante do organismo (e das salas de aula, já que giz é cálcio puro) tem outras funções tão importantes quanto: sem ele, o sangue não coagularia e não conseguiríamos mover os músculos.
Fósforo - 0,83% - 580 gramas
No nosso corpo, o fósforo está longe de causar explosões. O que ele faz é armazenar e transportar energia dentro das células (e entre elas). Mesmo assim, só 20% do fósforo do organismo está nas células e no fluido em que elas boiam. Os outros 80% combinam-se com o cálcio para formar ossos e dentes.
Nitrogênio - 2,6% - 2,22 litros
O nitrogênio se junta com carbono para formar o ácido nucleico, coisa que você conhece como DNA, a supermolécula que organiza todos os ingredientes destas páginas na forma de uma estrutura bem especial, capaz de criar cópias de si mesmas, se reproduzir. Em outras palavras, uma estrutura viva.
Água (H2O) - 55% - 38,5 litros
Sem água não há vida porque é boiando na água que as moléculas do corpo se encontram e reagem quimicamente - a transformação de ar em energia via respiração é uma dessas reações. E claro: os 6 litros de sangue correndo aí para transportar nutrientes são 92% água (quase uma Coca-Cola, que é 95%).
Enxofre - 0,2% - 140 Gramas
O enxofre não deve ser subestimado e reduzido a um gás fedorento - pelo menos não quando está no organismo. Aqui ele não aparece na forma gasosa, mas sempre ligado a outros átomos. E compõe proteínas como a insulina, que transporta a glicose do sangue para servir de combustível às células.
Cloro e sódio - 0,27% - 195 Gramas
Juntos, o cloro e o sódio formam o sal. Mas no corpo eles trabalham separados. São como válvulas: não deixam faltar nem sobrar água nos tecidos do organismo. O sódio também é uma das peças envolvidas na contração muscular - para isso ele atua com o elemento aqui embaixo.
Potássio - 0,2% - 140 Gramas
Quando o sistema nervoso envia um sinal para que um músculo seja contraído, começa um movimento dentro das células: o potássio sai e o sódio entra. Essa troca da guarda gera o movimento. Por isso, a deficiência (ou o excesso) de potássio pode
Metais - 0,009% - 6 Gramas

Ferro, zinco, cobre... Você também é feito de metal. O corpo usa 7 deles para funcionar. Ferro é o mais abundante (4,2 g): ele se junta com proteínas para formar nossos glóbulos vermelhos, os veículos que transportam oxigênio pelo corpo. O zinco, 2º mais presente (2 g), entra na receita dos glóbulos brancos, os soldados do sistema imunológico.

O HOMEM POSSUE

1. 206 ossos na fase adulta
2. 639 músculos;
3. 100,000 Km de veias, isto é, cerca de duas voltas e meia em torno da terra;
4. 400 papilas gustativas na língua;
5. 20 mil pelos nos ouvidos para as diferentes tonalidades de sons;
6. 18 quilos de pressão na mandíbula;
7. 10 mil nervos e terminações;
8. 3.500 poros de suor para cada 2,5 cm2 de pele;
9. 20 milhões de poros que absorvem o alimento ao longo do intestino;
10. 300 milhões de alvéolos nos pulmões que inspiram 10.800 litros de ar por dia;
11. Um sistema nervoso que transmite ao cérebro qualquer sabor, som, cheiro, toque ou visão;
12. Um coração que bate 4.200 vezes por hora e bombeia 10 toneladas de sangue por dia.


NOMES QUE SE APLICAM AO CORPO NA BÍBLIA

a. Casa ou Tabernáculo (2Co 5.1). É a tenda na qual a alma do homem, qual peregrina, mora durante sua viagem do tempo para a eternidade. Com a morte do corpo, a tenda é desarmada e a alma parte para sua eterna morada (Is 38.12; 2Pe 1.13,14). Alguém disse: “O homem é um embrulho postal que a parteira despachou ao coveiro”;
b. Templo (1Co 3.16,17; 6. 19,20; 2Co 6. 16). O templo é um lugar consagrado pela presença de Deus. Um lugar onde a onipresença de Deus é localizada (1Rs 8.27,28);
c. Vaso: (1Ts 4.4). Há vasos de honra e vasos para a desonra (2Tm 2.20,21).

· Apesar de muitos filósofos pagãos, tratarem o corpo com desprezo, e o considerarem como um empecilho ao aperfeiçoamento da alma, contudo a Bíblia, em toda parte trata o corpo do homem como obra de Deus, que pode ser apresentado a Deus (Rm 12.1), e que deve ser usado para a gloria de Deus (1Co 6. 20).
· É através do corpo (gr SOMMA), que mantemos o contato com o mundo físico.
· O corpo do homem, criado por Deus (Gn 2.7), é essencial para a existência humana.
· Assim, o corpo é o elemento essencial do existir, viver, conhecer, desejar, fazer, e, sem ele o homem não seria capaz de alimentar, reproduzir, aprender, comunicar, trabalhar, etc.
· É através do corpo que o homem se torna um ser social. Será pelas obras praticadas por meio do corpo que o homem será um dia julgado (2Co 5.10).

O NOVO TESTAMENTO DEFINE A CONSTITUIÇÃO DO HOMEM

1. “E não temais os que matam o corpo não podem matar a alma; Temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo” (Mt 10.28);
2. “E o mesmo Deus de paz vos santifique em tudo; e todo vosso espírito, e alma, e corpo, sejam plenamente conservados irrepreensíveis para a vinda de nosso Senhor Jesus Cristo” (1Ts 5.23);
3. “Porque a Palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que espada alguma de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração” (He 4.12);
4. “Porque, assim como o corpo sem o espírito está morto, assim também, a fé sem obras é morta” (Tg 2.26);
5. “Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está” (At 20. 10).

· Podemos dizer que: Sendo o homem ESPÍRITO, é capaz de ter conhecimento de Deus e comunhão com Ele; Sendo ALMA, tem conhecimento de SI mesmo; Sendo CORPO, tem conhecimento do mundo em que vive através dos sentidos.
1. Audição: Reside na Cóclea – ouvido interno
2. Visão: Reside na retina dos olhos
3. Olfato: Reside na pituitária – dentro no nariz
4. Paladar: Reside nas papilas gustativas da língua
5. Tato: Reside nas terminações nervosas da pele

Há ainda pelo menos mais dois sentidos pouco ensinados que são:

1. Propriocepção: Mesmo com os olhos fechados posso tocar em meu joelho por exemplo. Percepção própria do meu corpo. O deficiente visual desenvolve muito esse sentido.
2. Equilíbrio: Posso me curvar e sei que estou curvado ou torto.
· Tudo isso através do corpo. E sobre o ele está escrito: “Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo” (1Co 6.13b).

A ALMA DO HOMEM (hebraico ‘nephesh’, grego ‘psyché’)

1. A alma junto com o espírito forma o “homem interior” “Por isso não desfalecemos; mas ainda que o nosso homem exterior se esteja consumindo, o interior, contudo, se renova de dia em Dia” ( 2Co 4. 16). Ler ainda o versículo 18. Mesmo que essa parte imaterial esteja inseparavelmente unida, há uma diferença entre ambas.

2. A alma orienta a vida do corpo, e, estabelece o contato com o mundo ao seu redor, usando para isso os sentidos do corpo, enquanto o espírito é o órgão do homem que lhe dá a possibilidade de ter relações com Deus. É assim, a alma diz: “Tenho sede de Deus” (Sal 42.1,2), então o espírito prontamente faz o desejo da alma e procura saciar essa sede (Lc 1. 46,47). É como um órgão do corpo que ajuda o outro em suas limitações, Ex. O estomago grita de fome, porém se faz necessário alguns órgãos do corpo para alimentar o estômago, como: Mãos, boca, esôfago, etc.

3. A alma é a Sede dos sentimentos. Todos os sentimentos que pensamos ser do corpo, na verdade, são sentimentos da alma, e, ela se expressa por meio do corpo. A Bíblia diz: “E a alma dos feridos clama” (Jó 24.12). “A minha alma tem sede de Deus” (Sl 42.2); “A minha alma se alegrará” (Sl 35.9); “A minha alma está quebrantada de desejar” (Sl 119.20); “A minha alma está profundamente triste até a morte” (Mc 14. 34); “Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma,...” (Mt 22.37).

4. A alma é a Sede do intelecto com as suas faculdades: Pensamento, entendimento e saber (Sl 139.14; Pv 19.2; Is 53. 11;). À alma pertencem também os desejos e as paixões em relação à vida natural e física (Lc 12.19; Ap 18.14).

5. A alma do homem não é o sangue, como alguns afirmam. (Lv 17. 11). A palavra alma está sendo usada como sinônimo de vida (Dt 12.23; Gn 9.4). A palavra aqui traduzida é do hebraico ‘nephesh’, que pode ser traduzida por alma ou por vida. A interpretação de que o sangue é a alma, abrem-se portas par contradições como em Apocalipse 6.9-11, onde almas estão clamando e dizendo que seja vingado o seu sangue. Jamais aconteceria isso se de fato o sangue fosse a alma do homem.

6. A Bíblia fala da salvação da alma. (Mt 10.28; Tg 5.20). Jesus disse que não adianta o homem ganhar o mundo inteiro e perder a sua alma (Mc 8.36,37). Devemos, pois encomendar nossas almas ao Deus Criador (1Pe 4.19).

7. A origem da alma. Sabemos que a primeira alma, a de Adão foi dada pelo sopro do Criador (Gn 2.7), e as demais? Os estudiosos se dividem em dois grupos: Os que entendem que é uma criação direta de Deus, baseando-se, portanto nos livros de Isaias 57.16; Ec 12.7; Hb 12.9; Zc 12.1, e, os que dizem que provem dos pais, e citam João 1.13, 3.6; Rm 5.12; 1Co 15.22; Hb 7.10. O pastor Myer Pearlman diz assim: “A origem da alma pode explicar-se pela cooperação tanto do Criador como dos pais”. Continua ele “No principio duma nova vida, a Divina criação e o uso criativo de meios agem em cooperação”. “O homem gera o homem em cooperação com o Pai dos espíritos, pois o poder de Deus permeia o mundo” (At 17.28; He 1.3). O que sabemos é que a origem de todas as formas de vida está encoberta por um véu de mistérios (Ec 11.5; Sl 139. 13-16; Jó 10. 8.12).

O ESPÍRITO DO HOMEM

1. O Espírito é a parte imaterial, invisível no homem, que, juntamente com alma, compõem o homem inteiro.
a. O espírito do Homem é a janela aberta para o céu, lhe dando condições de sentir a realidade de Deus (1Co 2.10,11; Jo 4. 23,24);
b. O espírito do homem é a sede das suas relações com Deus (Pv 20.27, ARA);
c. O espírito distingue o homem das demais criaturas, pois o mesmo foi criado segundo a imagem e semelhança de Deus (Gn 2.7).
d. O espírito é o primeiro lugar que chega a santidade (1Ts 5.23).

2. O espírito do homem não renovado pelo Espírito Santo é morto.
a. A separação que o homem não renovado tem de Deus, faz que o seu espírito esteja morto, inativo (Lc 15.24,32; Col 2.13; 1Tm 5. 6;);
b. Esse homem não tem a vida de Deus (Ef 4. 18; Tt 1.15);
c. Ele não pode ver a gloria de Deus (2Co 4.4).

3. Com a salvação o espírito do homem é vivificado.
a. Um despertamento começa no seu interior (Ef 2.5; Col 2.13);
b. O Espírito Santo o convence (Jo 16. 8-10);
c. Jesus que é a vida (Jo 14.6), lhe dá vida (Rm 6.23; Jo 20. 31);
d. Tudo se faz novo (1Co 5.17);
e. O véu é tirado (2Co 3.16);
f. O seu espírito passa a orar (1Co 14. 15,16);

4. Uma das mais importantes faculdades do espírito do homem é a consciência. Ela é como uma janela, pela qual Deus olha para o interior do homem (Rm 2.15,16). É como uma espiã de Deus, que persegue o homem quando faz o mau, mas que lhe fala com uma voz elogiosa quando faz o bem ( At 24.16).
Fonte: Comentários Apostila Homem - Ser Imagem e Semelhança de Deus - Corpo, alma e espírito do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

PALAVRA-CHAVE: CORPO


I- A CRIAÇÃO DO SER HUMANO

1- A origem da raça humana. O homem é o único ser vivo criado à imagem e semelhança de Deus (Gn 1.26,27). Por isso, nossa Declaração de Fé ensina que fomos criados por um ato sobrenatural, imediato, e não por um processo evolutivo. Assim, o homem (adham) foi formado do pó úmido da terra (Gn 2.7). Interessante notar que o uso do hebraico adham denota nome próprio, mas também genérico, significando “homens” e “ humanidade” (SI 73 5; Is 31.3). Logo, Adão foi o primeiro homem a ser criado (Gn 2.15,19,20); e Eva, a primeira mulher, formada do corpo de Adão (Gn 2.22; 3.20). Além disso, homem e mulher são descritos como criaturas da terra, porém , Deus “soprou em seus narizes o fôlego da vida” (Gn 2.7b). Ele não fez isso com os animais. O sopro de Deus foi a outorga do nosso espírito e isso nos distingue dos demais seres criados.

COMENTÁRIO EXTRA

        O homem é o único ser vivo criado à imagem e semelhança de Deus (Gn 1.26,27). Nossa Declaração de Fé (SOARES, 2017, p. 21) ensina que o Deus Trino criou todas as coisas que há nos céus e na terra, visíveis e invisíveis, e, de maneira especial, os seres humanos, por um ato sobrenatural e imediato, e não por um processo evolutivo (Dt 6.4; Mt 28.19; Mc 12.29; Gn 1.1; 2.7; Hb 11.3 e Ap 4.11).

        A Teologia Sistemática Pentecostal (2008, p. 87-88) corrobora que: A raça humana teve a sua origem em Deus, através de Adão: “o primeiro homem, Adão, foi feito em alma vivente” (I Co 15.45); “de um só fez toda a geração dos homens para habitar sobre toda a face da terra” (At 17.26). [...] O ser humano não é meramente um animal racional, mas um ser espiritual, criado à imagem e semelhança de Deus. O homem recebeu diretamente de  Deus o sopro de vida em suas narinas (Gn 2.7). [...] Portanto, não há, nas Escrituras Sagradas, nada que apoie o darwinismo e as suas várias interpretações inverídicas. O homem e os animais surgiram na Terra da mesma forma como eles são hoje.

        Salienta-se que temos duas narrativas a respeito da criação da humanidade no livro de Gênesis. Ressalta-se que não existe contradição entre elas; ao contrário, uma passagem complementa a outra.

        Dessa forma, a primeira narrativa declara resumidamente a intenção de Deus em criar a sua obra-prima, os seres-humanos e o propósito deles em governar as demais criaturas (Gn 1.26,27). Logo após, o escritor bíblico ortografa em detalhes a criação do homem (Gn 2.7) e da mulher (Gn 2.21,22).

        Nessa compreensão, ratifica-se que Adão foi o primeiro homem a ser criado (Gn 2.15,19,20). A primeira mulher, Eva, foi formada do corpo de Adão (Gn 2.22; 3.20). O homem (adham) foi formado do pó úmido da terra (Gn 2.7). O uso do hebraico adham denota nome próprio, mas também é genérico, significando “homens” e “humanidade” (Sl 73.5; Is 31.3). Assim, homens e mulheres são descritos como criaturas da terra, porém Deus “soprou em seus narizes o fôlego da vida” (Gn 2.7b). O Senhor não fez isso com os animais. O sopro dEle foi a outorga do espírito, e isso distingue a humanidade dos demais seres criados.
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.


- Muitas das palavras usadas no relato da criação do homem em Gn 2.7 retratam um artesão mestre em atividade formando uma obra de arte à qual ele dá vida (1Co 15.45). Isso acrescenta detalhes às afirmações encontradas em 1.27 (1Tm 2.13). Feito de barro, o valor do ser humano não está nos componentes físicos que formam o seu corpo, mas na qualidade de vida que forma a sua alma (Jó 33.4).

- “O termo bíblico "pó da terra", em uma consideração simples, significa o conjunto ou a totalidade de todos os elementos químicos que constituem o planeta terra com tudo o que nela há, desde o núcleo interno até a sua crosta. Deus já havia criado tudo quando formou Adão. Atente para o fato de que Ele, Deus, formou Adão dos elementos da natureza que havia criado previamente. Quando Deus criou Adão, Ele formou o seu corpo físico com os elementos químicos da natureza. Isto é, deu forma a um corpo como Ele projetou. Deus não fez, por assim dizer, um boneco de barro. Ele fez o seu corpo tal como o conhecemos, como se estivéssemos observando um corpo humano, natural e inerte, da mesma forma e aparência como se vê hoje. Com cabelos, unhas, globo ocular, massa encefálica, lágrimas, saliva, pele, sangue, muco nasal, ossos, coração, rins, fígado, unhas, pâncreas, duodeno, etc. Ou seja, Deus tomou átomos (prótons, elétrons, neutrons) nas porcentagens ideais de elementos químicos da natureza, tais como sílica, alumina, ferro, cálcio, magnésio, sódio, potássio, carbono, titânio, fósforo, hidrogênio, oxigênio, etc., formou as moléculas necessárias e adequadas, juntou-as e construiu o corpo humano. Fez o corpo do ser humano de carne, pelos, ossos, cartilagem, pele e sangue. Todos os órgãos foram compostos com os elementos químicos da natureza.

Sabemos, a grosso modo, que mais de 75% do corpo humano é composto de água; ou seja, de átomos de Hidrogênio e Oxigênio. Esses elementos químicos, juntamente com, pelo menos, outros 19 (já vi uma lista com 60 elementos), constituem, compõem o corpo humano.

A palavra "formou", no texto bíblico, tem, entre outros, os seguintes significados ou sinônimos:

1. dar origem a; fazer existir.
2. dar forma a; conferir um feitio ou uma configuração a.
3. conceber; imaginar.
4. constituir; produzir.
5. organizar; dispor numa dada ordem.
6. fundar; criar.
7. transmitir conhecimentos que permitem exercer uma dada atividade; instruir.
8. estabelecer; fixar.
9. descrever; traçar.

Tudo isso representa um pouco do que Deus fez.

Lembre-se: Deus é O Autor, Originador e Criador da ciência de tudo, de todas as ciências, inclusive os ramos Química, Física e Biologia. Será que Ele saberia lidar com esses elementos materiais para formar e fazer o que quisesse para atender seus propósitos?

Ele formou, ou construiu o corpo humano, tal como ele é hoje. Com a mesma aparência. Só que sem vida, sem respiração. Isso mesmo! Dessa forma!Nada de evolução, nem ascendência, nem tampouco o ser humano é descendente de qualquer ancestral primata. Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

Deus, o Criador, para formar o corpo físico completo de Adão, construiu todos os sistemas necessários ao seu funcionamento normal, tais como o sistema nervoso, o circulatório, o digestivo, o urinário, o muscular, o reprodutor, o ósseo, o respiratório, etc. Ato contínuo, soprou nele o fôlego de vida. Isto é, colocou nele o espírito humano e a sede das emoções, dos pensamentos e da vontade; ou seja, a sua alma. De maneira simplificada mas verdadeira, isso é o que significa ter o Senhor Deus formado do pó da terra o homem que Ele criou”. Texto extraído de: https://www.ultimato.com.br/comunidade-conteudo/a-formacao-de-adao. Acesso em: 26 julho 2023.

- “O homem é a obra-prima da criação de Deus, em que o Criador imprimiu a sua imagem e como parte disso somos convocados para dominar e cuidar de toda a criação do Senhor. O ser humano possui uma relação inegável com a criação e é através do seu corpo que ele cumpre os mandatos de Deus. Mas, devido à sua desobediência, pelo desejo de autonomia, o ser humano pecou e recebeu em si mesmo os efeitos do pecado que distorceu esta imagem de Deus em nós, em todos os aspectos, estrutural e funcional. Pecado que afetou inclusive o corpo humano e foi a porta de entrada para doenças, problemas hormonais e anomalias genéticas. E de forma oposta como alguns pensam, isto não é o mau de uns, este é o problema de todos que nascem dia após dia. Sendo que a solução para este problema não é capaz de ser realizada por mãos unicamente humanas. Somente Deus pode remover a prisão da morte eterna em nosso corpo e nos dar vida novamente. E foi exatamente o que fez, quando Ele mesmo se encarnou e se tornou um de nós na pessoa de Jesus Cristo que, sem pecado, venceu a morte e todos os seus efeitos, que garante vida novamente a todo o que n’Ele crer, através do seu grande sacrifício vicário. Hoje temos a responsabilidade na condição de salvos, de nos unir a toda criação, nos entregando por inteiro em honra e glorificar a Deus, inclusive com nosso corpo, por entendermos que Ele é nossa origem e nosso destino”. Texto extraído de: https://dspace.mackenzie.br/handle/10899/31202. Acesso em: 26 julho 2023.


2- A constituição do ser humano.
 Nossa Declaração de Fé professa que a natureza humana consiste num a parte externa, o corpo ou a carne (Gn 6.3; SI 78.39), chamada de “homem exterior”; e uma parte interna, denominada de “ homem interior”, composta de espírito e alma (2 Co 4.16; 1 Ts 5 23). Essa constituição humana é denominada de tricotomia, isto é, três substâncias: espírito, alma e corpo (Hb 4.12). Exemplo dessa estrutura pode ser observada na pessoa de Cristo (Lc 23.46; 24.39). A Bíblia de Estudo Pentecostal leciona que o nosso espírito é o componente pelo qual se tem comunhão com o Espirito de Deus. E a alma é definida pelos aspectos da mente, emoções e vontade. O corpo é a parte que volta ao pó e que, no caso dos salvos, será transformado no dia da ressurreição (1 Co 15.42).

COMENTÁRIO EXTRA

    Elinaldo Renovado (apud GILBERTO, 2008, p. 289) reitera que Deus fez todas as coisas do nada e, no caso do ser humano, tomando a matéria inanimada, “do pó da terra”, ou das substâncias químicas existentes na argila, pelo seu poder fez o homem, com a sua extraordinária complexidade espiritual, mental, moral e biológica. E assim o fez composto de espírito, alma e corpo.

    Esequias Soares (2017, p. 78) corrobora que a natureza humana consiste numa parte externa, o corpo ou a carne (Gn 6.3; Sl 78.39) chamada “homem exterior”, e uma parte interna, denominada “homem interior”, composta do espírito e da alma (2 Co 4.16; 1 Ts 5.23). Essa constituição humana é denominada de tricotomia, isto é, três substâncias: espírito, alma e corpo (Hb 4.12).

        A parte “exterior” do ser humano veremos de modo específico, a seguir, no ponto II deste capítulo, com o subtítulo “O Corpo Humano na Bíblia”. Quanto à parte “interior”, nossa Declaração de Fé (SOARES, 2017, p. 78) leciona que: Praticamente tudo o que a Bíblia diz a respeito da alma fala também do espírito, pois ambos deixam o corpo por ocasião da morte e sobrevivem a ela (Ec 12.7; Ap 6.9). Às vezes, o ser humano é tido como “corpo e alma” (Mt 10.28) e, outras vezes, “corpo e espírito” (Tg 2.26). Deus é revelado como espírito (Jo 4.24) e alma (Is 42.1). Essa interligação, às vezes, confunde os termos alma e espírito (Lc 1.46,47). Entretanto, eles são distintos entre si. O Espírito Santo opera por meio do espírito humano (Rm 8.16); mas isso nunca se diz com respeito à alma humana. A Bíblia fala sobre o homem perder a sua alma (Mt 16.26); essa linguagem, todavia, nunca é usada a respeito do espírito. A alma e o espírito são substâncias espirituais incorpóreas e invisíveis. Apesar dessas características comuns, são entidades distintas, porém inseparáveis; são os dois lados da substância não física do ser humano, o “homem interior” (Ef 3.16). 

        Com essa assertiva, a tricotomia honra as Escrituras e harmoniza-se com elas, pois, de acordo com a Bíblia, o homem tem uma constituição tríplice.
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.

ALMA

psuche (iJjux1!) denota “a respiração, a respira­ção de vida”, então, “alma”, em seus vários significados. 

Os usos do Novo Testamento “podem ser analisados mais ou menos assim: 

✓ (a) a vida natural do corpo (Mt 2.20, ‘m orte’; Lc 12.22, ‘vida’; At 20.10; Ap 8.9; 12.11; 
cf. Lv 17.11; 2 Sm 14.7; Et 8.11); 

✓(b) a parte imaterial, invisível do homem 
(Mt 10.28; A t 2.27; cf. 1 Rs 17.21); 

✓(c) o homem desencarnado — ou ‘despido’, ou ‘desnudo’, 2 Co 5.3,4 (Ap 6.9);

✓(d) o lugar da personalidade (Lc9.24 [explicado em Lc 9.25 como igual a ‘a si
 mesmo’]; Hb 6.19; 10.39; cf. Is 53.10 com 1 Tm 2.6); 

✓(e) o lugar do elemento consciente no homem, pelo qual ele percebe, reflete, sente, deseja 
(Mt 11.29; Lc 1.46; 2.35; A t 14.2,22; cf. SI 84.2; 139.14; Is 26.9);

✓(f) o lugar da vontade e dos propósitos (Mt 
22.37; At 4.32; E f 6.6; Fp 1.27; Hb 12.3;
Nm 21.4; Dt 11.13);

✓(g) o lugar dos apetites (Ap 18.14;  SI 107.9; Pv 6.30; Is 5.14; 29.8);

✓(h) as pessoas, os indivíduos (At 2.41,43;
Rm 2.9; Tg 5.20; 1 Pe 3.20; 2 Pe 2.14; cf. Gn 12.5; 14.21; Lv 4.2, ‘algum’; Ez 27.13); 
de corpos mortos (Nm 6.6, literalmente, ‘alma morta’); e de animais (Lv 24.18,) literalmente, ‘alma por alma’); 

0 o equivalente do pronome pessoal, usado para ênfase e efeito: 

primeira pessoa (Jo 10.24; Hb 10.38; Gn 12.13;  
Nm 23.10; Jz 16.30; SI 120.2); 

segunda pessoa
(2 Co 12.15; Hb 13.17; Tg 1.21; 1 Pe 1.9; 2.25; Lv 17.11; 26.15; 1 Sm 1.26);

 terceira pessoa
(1 Pe 4.19; 2 Pe 2.8; Êx 30.12; Jó 32.2),

no hebraico, ‘alma’, na Septuaginta,
‘si mesmo’); 

✓ (i) a criatura animada, humana ou outra 
(1 Co 15.45; Ap 16.3; Gn 1.24; 2.7,19); 

✓ (j) ‘o homem interior’, o lugar da nova vida
 (Lc 21.19 [cf. Mt 10.39]; 1 Pe 2.11; 3 Jo 2).

“Com a letra compare o termo a-psuchos,
“sem alma, inanimado”, 
encontrado em 1 Co 14.7.1

“Com a letra ‘/ , compare o termo di-psuchos,
“de duas almas”, encontrado em Tg 1.8; 4.8;! oligo psuchos, “de alm a fraca”, usado em 1 Ts 5.14; iso-psuchos, “como alma”, que verificamos em Fp 2.20;^ sum-psuchos, 
“de alma junta”  (“de comum acordo”), encontrado em Fp 2.2.

“A linguagem de Hebreus 4.12 indica a extrema dificuldade em fazer uma distinção entre alma e espírito, semelhantes em sua natureza e atividades. 

Falando de modo geral, o espírito é o elemento mais alto, a alma, o mais baixo.

O espírito pode ser reconhecido como o princípio de vida dado por Deus ao 
homem; a alma, como a resultante vida constituída no indivíduo, 

sendo o corpo o organismo material animado pela alma e pelo espírito. [...]“Corpo e alma são os componentes do homem, segundo Mt 6.25; 10.28; Lc 12.20; A t 20.10; corpo e espírito, de acordo com Lc 8.55; 1 Co 5.3; 7.34; Tg 2.26.

Em Mt 26.38, as emoções estão associadas com a alma, em Jo 13.21, com o espírito
 (também o SI 42.11 com 1 Rs 21.5). 
No SI35.9, a alma se regozija em Deus, em Lc 1.47, é o espírito.

"Portanto, as relações podem ser aparentemente resumidas assim: ‘sõma, ‘corpo’, e pneum a, ‘espí­rito ’, podem ser separados, pneum a e psuche,'aim a\ só podem ser distinguidos’ (Cremer)” 

(extraído de Notes on Thessalonians, de Hogg e Vine, pp. 205-207).

- A alma é a parte que forma nossa personalidade. A alma tem os sentimentos, a vontade e o raciocínio. Não é uma coisa física mas está ligada ao nosso corpo. A alma interpreta a informação sensória do corpo e influencia suas ações. Na Bíblia a alma também significa a essência da vida individual (Gn 2.7 – fôlego e alma são a mesma coisa). As criaturas que têm alma estão vivas e coisas mortas não têm alma. Sem a alma, o corpo morre. Na morte a alma é separada do corpo. Na ressurreição, quem ama Jesus receberá um novo corpo para sua alma (1Co 15.42-44).

- Nosso espírito é nossa ligação com as coisas espirituais. Deus é espírito. O espírito é aquilo que dá vida, porque toda a vida vem de Deus. O espírito define as grandes influências da nossa vida. É o espírito que recebe a influência do Espírito Santo, que convence do pecado, da necessidade de arrependimento e da salvação e que dá acesso a um relacionamento pessoal com Deus (Rm 8.16). Por outro lado, o espírito, quando está em rebelião contra Deus, pode receber influências malignas. Quando o espírito está afastado do Espírito de Deus, é como se estivesse morto, porque Deus é a fonte de toda a vida. Só podemos conhecer Deus espiritualmente e o verdadeiro louvor vem da ligação do espírito com o Espírito Santo (Jo 4.24). A Bíblia também diz que o espírito tem emoções e toma decisões, como a alma. É importante lembrar que a alma e o espírito estão intimamente interligados, junto com o corpo. Algumas de suas funções se sobrepõem e trabalham todos em conjunto (1Ts 5.23). O corpo, a alma e o espírito formam um todo, que é a pessoa, não são três coisas separadas. Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

- “Antes de Moisés tratar da criação do homem com maiores detalhes, ele nos leva a conhecer o decreto de Deus quanto a essa criação, nas seguintes palavras: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Gn. 1.26). A Igreja geralmente tem interpretado o verbo “façamos”, no plural, para provar a autenticidade da doutrina da Trindade. Alguns eruditos, porém, são da opinião que esta palavra expressa o plural de majestade; outros a tomam como plural de comunicação, no qual Deus inclui os anjos em diálogo com Ele; todavia, outros o consideram como o plural de auto-exortação. Tem-se verificado, porém, que estas três últimas afirmações são contrárias àquilo que pensam e expressam os pensadores e teólogos mais conservadores, que creem que o plural “façamos” é uma alusão direta à Trindade Divina, reunida em conselho para a formação do homem.” Fonte: [http://www.cacp.org.br/antropologia-biblica/]

“Com respeito aos demais seres vivos, tais como os peixes, as aves, as bestas da terra e dos mares, lemos que Deus os criou “segundo a sua espécie”, isto quer dizer que eles possuem formas tipicamente próprias de suas espécies. O homem não foi criado assim, e muito menos conforme o tipo de criaturas inferiores. Com respeito a ele disse Deus: “Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança” (Gn. 1.26). Assim, em todo o relato bíblico, o homem surge como um ser que recebeu de Deus cuidados especiais na sua criação. Em Gênesis 2.7 vemos a distinção clara entre a origem do corpo e da alma. O corpo foi formado do pó da terra, um material pré-existente. Na criação da alma, no entanto, não foi necessário o uso de um material pré-existente, mas sim de uma nova substância. Isto quer dizer que a alma do homem foi uma nova criação de Deus. A Bíblia diz que o Senhor Deus soprou nas narinas do homem “o fôlego de vida, e o homem passou a ser alma vivente” (Gn. 2.7). Outras passagens das Escrituras que falam da dupla natureza do homem são: Ec. 12.7; Mt. 10.28; Lc. 8.55; 2Co. 5.1-8; Fp. 1.22-24; Hb. 12.9. O homem é apresentado nas Escrituras como a obra prima de Deus. Criado o homem, a criação estava coroada (Gn. 1.26-28; SI. 8.5-8). Como tal, foi dever e privilégio do homem fazer com que toda a natureza, e todas as demais coisas criadas colocadas debaixo do seu governo, servissem à sua vontade e a seu propósito, para que ele e todo o seu glorioso domínio glorificassem o Todo-poderoso Criador e Senhor do universo”. Fonte: [http://www.cacp.org.br/antropologia-biblica/]


3- Queda e restauração humana. 
A Bíblia revela que todas as áreas de nosso ser foram afetadas pelo pecado (Rm 7.20-23). Conforme a Teologia Sistemática: uma perspectiva pentecostal, embora constituída de três substâncias, se o ser humano for afetado em um elemento de sua constituição humana, ele será afetado inteiramente. Nessa perspectiva , a vida espiritual não pode estar desassociada de seu corpo: “glorificai, pois, a Deus no vosso corpo e no vosso espírito, os quais pertencem a Deus” (1 Co 6.20). Desse modo, a conduta irrepreensível do cristão é requerida no espírito quanto na alma e no corpo (1 Ts 5.23). Isso quer dizer que a santificação deve atingir a parte material e imaterial do homem. Contudo, essa restauração somente é possível por meio do sangue de Cristo, pela ação do Espírito e pela Palavra de Deus (1 Pe 1.15-25).

COMENTÁRIO EXTRA

- É preciso entender que todo cristão deve trazer em si a marca de “santidade ao Senhor”, à semelhança do sacerdote da lei mosaica, que trazia esta inscrição na mitra (Êx 28.36-39). A santificação do corpo é assunto urgente, uma vez que vivemos dias em que a imoralidade que impera no mundo tem entrado pelos portões da Igreja.

- Em I Tessalonicenses 5.23, Paulo fala sobre Deus nos santificar “completamente”, o nosso ser inteiro, que é composto de espírito, alma e corpo.

- Seu espírito é a parte de si que tem consciência de Deus e das coisas espirituais. Sua alma é a parte de si que tem consciência de si mesmo. Já seu corpo é a parte de si que tem consciência das coisas naturais. A salvação divina atinge cada uma destas três partes da seguinte maneira:

ESPÍRITO – já passou pela santificação inicial que se deu na ocasião da regeneração (2Co 1.21; Tg 1.18; 1Pe 1.21). Agora se desenvolve mediante o processo de crescimento (1Pe 2.2; Ef 5.15) que corresponde ao crescimento natural (1Co 3.1-3; Hb 5.13,14);

ALMA – é a nossa personalidade; sede das emoções, intelecto e vontade. Não é regenerada, mas restaurada (Tg 1.21) pela Palavra de Deus. Enquanto a santificação do espírito é inicial e imediata, a santificação progressiva tem seu lugar na alma e no corpo. É o processo de mudança de valores (Lc 5.33-39; Ef 4.23; Jr 18.1-6; Rm 12.1,2) que também chamamos de desenvolver a salvação (Fl 1.6 e 2.12) e despir-se do velho homem (Ef 4.20 a 5.21);

CORPO – nosso corpo só será totalmente santificado depois de transformado (Rm 8.23; Fl 2.21; 1Co 15.50-53). Até que isto aconteça, a santificação do corpo é o processo contínuo de sujeitar a carne (1Co 9.27), guardar-se da imoralidade (1Co 6.13-20; 1Ts 4.1-8) e usar adequadamente os membros do corpo. A santificação do corpo abrange ainda a nossa forma de falar e de vestir (Ef 4.25,29; 1Tm 2.9,10).

- O que aconteceu em nosso espírito – a regeneração – é o que chamamos de santificação inicial. Porém o processo de restauração da alma e sujeição da carne é o que chamamos de santificação progressiva. Ao destacar cada uma das três partes que compõem nosso ser enquanto falava da santificação, o apóstolo Paulo estava nos mostrando a necessidade de trabalharmos com cada parte em separado. Escrevendo aos Coríntios, ele falou sobre nos purificarmos das imundícies tanto da carne como do espírito (2Co 7.1). Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)


SINOPSE I

Deus criou o ser humano e o constituiu de corpo, alma e espírito.

AMPLIANDO O CONHECIMENTO

“A POSITIVIDADE DO CORPO
[…] Paulo não fala também do ‘corpo do pecado’ (Rm 6.6)? E isso não significa que o corpo é a fonte do mal? Não. O contexto deixa claro que Paulo está falando que o corpo pode tornar-se um instrumento do pecado – mas pode também se tornar um instrumento de justiça: ‘Não sabeis vos que a quem vos apresentardes por servos para lhe obedecer, sois servos daquele a quem obedeceis, ou do pecado para a morte, ou da obediência para a justiça?’ (v.16). O problema não é o corpo, mas o pecado. O corpo é apenas o lugar onde a batalha entre o bem e o mal é encarnada.” Amplie mais 0 seu conhecimento, lendo a obra Ama Teu Corpo, Editora CPAD, p.45.

AUXÍLIO APOLOGÉTICO

“A CURA DA ALIENAÇÃO
Devemos, portanto, responder com uma defesa bíblica do corpo. Devemos encontrar maneiras de curar a alienação entre corpo e pessoa. O ponto de partida é uma filosofia bíblica da natureza. A Bíblia proclama o profundo valor e dignidade do mundo material — incluindo o corpo humano — como obra das mãos de um Deus amoroso. É por isso que a oralidade bíblica coloca grande ênfase no fato da encarnação humana. O respeito pela pessoa é inseparável do respeito pelo corpo. Afinal de contas, Deus poderia ter escolhido fazer-nos como os anjos — espíritos sem corpo. Ele poderia ter criado um mundo espiritual onde flutuássemos por aí. Pelo contrário, Ele criou cada um de nós com corpos materiais e em um universo material. Por quê? Claramente, Deus valoriza a dimensão material e quer que a valorizemos também. A Bíblia trata corpo e alma como dois lados de uma mesma moeda. A vida interior da alma é expressa por intermédio da vida exterior do corpo. Isso é destacado pelo paralelismo característico da poesia hebraica: (A minha alma tem sede de ti; a minha carne te deseja muito’ (Sl 63.1); ‘Pois a nossa alma está abatida até ao pó; o nosso corpo, curvado até ao chão” (SI 4 4.25); ‘Guarda [as minhas palavras] no meio do teu coração. Porque são vida para os que as acham e saúde, para o seu corpo’ (Pv 4.21,22); ‘Enquanto eu m e calei [me recusei a me arrepender], envelheceram os meus ossos pelo meu bramido em todo o dia” (SI 32.3). Em certo sentido, o nosso corpo tem primazia diante de nosso espírito. Afinal de contas, o corpo é a única maneira que temos para expressar a nossa vida interior ou para conhecer a vida interior de outra pessoa. O corpo é o meio pelo qual o invisível é feito visível” (PEARCEY, Nancy. Ama Teu Corpo: Contrapondo a cultura que fragmenta 0 ser humano criado à imagem de Deus. Rio de Janeiro: CPAD, 20 21, p.36).


II – A VISÃO BÍBLICA DO CORPO

1- Parte exterior do homem. O termo corpo (do grego, soma) normalmente identifica a parte exterior do ser humano (Mt 10.28; 1Co 15.38). O termo carne (do grego, sarx), quando se refere ao homem físico, inclui a sua dimensão exterior (Lc 24.39 ; At 2.31). Ambos os termos indicam a parte visível e material da natureza humana. o corpo é o invólucro da parte imaterial do ser humano; ele envelhece e morre, ocasião em que alma e espírito o deixam (Gn 35.18; Tg 2.26). A carne (corpo) geralmente é descrita em sentido negativo: “na minha carne, não habita bem algum” (Rm 7.18). Entretanto, esse tom depreciativo diz respeito à natureza pecaminosa do homem e não especificamente ao corpo físico. Assim sendo, nossa Declaração de Fé rejeita a ideia de ser o corpo uma prisão da alma e do espírito ou de ser inerentemente mau e insignificante.


COMENTÁRIO EXTRA

        Nossa Declaração de Fé (SOARES, 2017, p. 78) traz a seguinte definição: O corpo é o invólucro do espírito e da alma [Gn 35.18; Dn 7.15]. É a parte física, o homem exterior, que se corrompe, ou seja, envelhece e é mortal. O homem é carne como criatura perecível: “porque toda a carne é como erva” (1 Pe 1.24). Rejeitamos a ideia de ser o corpo a prisão da alma e do espírito ou de ser inerentemente mau e insignificante, pois ele é templo do Espírito Santo e templo de Deus, uma vez que o Espírito Santo habita em nós [1 Co 3.16,17; 6.19]. O corpo é importante, pois Deus o ressuscitará [...] (1 Co 15.42).

        Myer Pearlman (1898–1943) (2006, p. 108) descreve o corpo com três características: (i) Casa, ou tabernáculo, (2 Co 5.1). É a tenda na qual a alma do homem, qual peregrina, mora durante sua viagem do tempo para a eternidade. À morte, desarma-se a barraca e a alma parte; (ii) Invólucro, (Dn 7.15). O corpo é a “bainha” da alma. A morte é o desembainhar da espada. (iii) Templo. O templo é um lugar consagrado pela presença de Deus, um lugar onde a onipresença de Deus é localizada. Quando Deus entra em relação espiritual com uma pessoa, o corpo dessa pessoa torna-se um templo do Espírito Santo (1 Co. 6.19).

        Esses conceitos não reduzem o corpo humano a um simples “tabernáculo”, e nem tampouco o corpo é “coisificado”, como argumentam alguns. Reitera-se que o credo oficial das Assembleias de Deus “rejeita a ideia de ser o corpo a prisão da alma e do espírito ou de ser inerentemente mau e insignificante”.
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.

- Soma e Sarx dizem respeito a partes distintas do ser humano. A Bíblia também cita, em diversas passagens, Sarx como sinônimo de Soma (ex: Ef 5.29-30), mas também, ao se tratar de inclinação ao pecado, parece distinguir as duas partes. Às vezes, a palavra se refere claramente ao corpo físico, mas, em outras ocasiões, à natureza humana caída.

- De acordo com o léxico de Strong, sarx se refere à carne como a substância tenra do corpo vivo, que cobre os ossos e é permeada com sangue, tanto de seres humanos como de animais; entretanto, referindo-se à simples carne material, o termo é usado apenas uma vez, em 1Co 15.39. STRONG, LÉXICO DE. Léxico Hebraico, Aramaico e Grego de Strong. Versão eletrônica (Libronix). Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 2005.

- A carne é parte da tríade de inimigos de Lutero: o mundo, a carne e o diabo.

Assim, é bom saber que o termo sarx é usado como o corpo físico, como designação genérica de humanidade, como designação de relacionamentos humanos, como designação genérica da existência humana, e como uma realidade antagônica a Deus.

- “Paulo fala sobre uma guerra contínua entre a carne e o Espírito. “Digo, porém: andai no Espírito e jamais satisfareis à concupiscência da carne”. Porque a carne milita contra o Espírito, e o Espírito, contra a carne, porque são opostos entre si; para que não façais o que, porventura, seja do vosso querer. Mas, se sois guiados pelo Espírito, não estais sob a lei. Ora, as obras da carne são conhecidas e são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, ciúmes, iras, discórdias, dissenções, facções, invejas, bebedices, glutonarias e coisas semelhantes a estas, a respeito das quais eu vos declaro, como já, outrora, vos preveni, que não herdarão o reino de Deus os que tais coisas praticam. (Gl 5.16-21). 

O contraste aqui não é entre a carne e o espírito humano, mas entre a vida que serve à carne, isto é, à natureza humana caída, e a vida guiada pelo Espírito. Aqui vemos o nítido contraste entre a carne e Espírito. Não é um conflito entre o corpo e a alma, mas entre o velho homem, que é guiado pela sua natureza humana degenerada, e o novo homem, cheio do Espírito de Deus. Carne e Espírito estão em conflito irreconciliável. 

Nossa natureza caída resiste ao domínio do Espírito Santo e procura dominá-lo. Da mesma maneira, o Espírito é inimigo da carne. Ele anseia pela glória de Deus, que a carne abomina, e procura gerar seu fruto, que também é apresentado em uma lista em Gálatas 5.22-23: “Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão, domínio próprio”. O contraste é visto claramente nas duas listas (Gl 5.20-21; 22-23).  

A segunda lista, que apresenta o fruto do Espírito, é bem conhecida pelos cristãos. Por enquanto, porém, vamos manter nossa atenção na primeira lista, que apresenta as obras da carne. Quando examinamos a lista das obras da carne, um elemento não deve passar despercebido. A lista inclui pecados que envolvem nosso corpo e pecados que são de caráter não físico. Na lista encontramos prostituição e bebedice. Esses são pecados que cometemos com nossos apetites físicos e funções corporais. Na mesma lista encontramos referência a ciúme, inveja, idolatria e coisas semelhantes, que são pecados do coração. Concluímos, então, que, quando o Novo Testamento fala da carne em contraste com o Espírito, a referência não é ao nosso corpo físico, mas à nossa natureza pecaminosa, que inclui a pessoa toda. É o conflito entre dois estilos de vida: a vida da carne, que é controlada pela tendência ao pecado; e a vida do Espírito, que nos leva à retidão, a agradar a Deus.” Extraído de: https://ultimato.com.br/sites/estudos-biblicos/assunto/etica/a-batalha-contra-a-carne/. Acesso em: 26 julho 2023.


2- Templo do Espírito Santo. 
A Escritura declara que “o corpo não é para a prostituição, senão para 0 Senhor” (1 Co 6.13b). Isso significa que o corpo pertence ao Criador e a Ele deve estar unido (1 Co 6.17). Nesse sentido, essa parte material do salvo deve ser santa e usada para glorificar a Deus (1 Co 6.20b). Em 1 Coríntios 6, lemos que o s corpos dos salvos são metaforicamente membros do Corpo de Cristo (1 Co 6.15; cf. Rm 12.4,5). Por isso, eles não devem praticar atos imorais (Rm 6.13,19; 1 Co 6.15,16). Aqui, o cristão é exortado a não pecar contra o próprio corpo (1 Co 6.18), pois um resgate de alto preço foi pago por Cristo (1 Co 6.20a) tornando o crente templo e morada do Espírito Santo (1 Co 6.19; Ef 1.13). Portanto, como santuário, o corpo nunca deve ser profanado por impureza alguma.

COMENTÁRIO EXTRA

        A passagem sinaliza que é inconcebível alguém em uma união tão próxima com Cristo viver ao mesmo tempo unido à luxúria e à licenciosidade.

        O Comentário de Aplicação Pessoal (2009, vol. 2, p. 131) avalia que: Paulo queria que os seus leitores enxergassem a perversão que seria usar um corpo dado por Deus para cometer o pecado sexual com uma prostituta (talvez até uma prostituta do templo pagão, o que tornaria o pecado sexual uma forma de idolatria). Estes pecados não são meramente físicos; eles têm um forte efeito sobre a vida espiritual da pessoa que os comete. Eles são profundamente emocionais e até místicos, no caso da união criada entre os parceiros sexuais. As consequências de tais pecados são profundas.

        Nessa compreensão, aquele que comete o pecado da imoralidade sexual junta-se ou “une-se” em conjunção carnal com um(a) parceiro(a) que não seja o seu cônjuge (1 Co 6.16). Em contraste, o cristão está unido ao Senhor em união com Cristo, sendo feito participante do seu Espírito pela fé (1 Co 6.17).

        A dádiva e o prazer da relação sexual possuem aprovação divina somente na união matrimonial (Gn 2.24).
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.

- O que significa ser templo do Espírito Santo?

(1) A primeira coisa que precisamos saber é a respeito da ideia bíblica sobre o templo. A ideia bíblica, principalmente do VelhoTestamento, onde temos a construção de um templo de adoração a Deus (o tabernáculo e posteriormente o templo de Salomão), é que o templo era sagrado: “porém eu, pela riqueza da tua misericórdia, entrarei na tua casa e me prostrarei diante do teu santo templo, no teu temor” (Salmos 5:7). Isso significa que este local de adoração era especial, era consagrado a Deus, continha a presença de Deus de uma forma especial, o que o tornava santo.

(2) No Novo Testamento a ideia de templo muda um pouco, pois esse templo sagrado passa a ser as próprias pessoas, ou seja, os servos de Deus: “Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos?” (1 Coríntios 6:19). Isso nos indica claramente que agora nós somos templo do Espírito Santo (santuário), ou seja, a presença viva de Deus está em nós de forma especial, somos consagrados a Deus, santos, dedicados a andar nos caminhos do Senhor, somos considerados sagrados: “…porque o santuário de Deus, que sois vós, é sagrado” (1 Coríntios 3:17).

Todas as pessoas são templo do Espírito Santo?

(3) A Bíblia diz que somente aqueles que se arrependeram de seus pecados e receberam Jesus como salvador são selados com o Espírito Santo: “em quem também vós, depois que ouvistes a palavra da verdade, o evangelho da vossa salvação, tendo nele também crido, fostes selados com o Santo Espírito da promessa” (Efésios 1:13). Isso nos mostra claramente que não são todas as pessoas que são templo do Espírito Santo, mas somente aquelas que de fato são convertidas de verdade.
Ser templo do Espírito Santo nos traz responsabilidades:

(4) Ser templo do Espírito Santo é um privilégio, mas também uma responsabilidade muito grande. A Bíblia diz claramente que o Espírito Santo habita em nós: “Não sabeis que sois santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós?” (1 Coríntios 3:16). E, por isso, devemos ter cuidado com diversas coisas:

a) Devemos ter uma vida santa diante de Deus e cuidar para o pecado não dominar o nosso corpo, pois ele é templo do Espírito Santo: “Fugi da impureza. Qualquer outro pecado que uma pessoa cometer é fora do corpo; mas aquele que pratica a imoralidade peca contra o próprio corpo” (1 Coríntios 6:18).

b) Devemos ainda cuidar para que o Espírito Santo não se entristeça por causa de nossa falta de temor a Deus e falta de zelo para com a nossa vida cristã: “E não entristeçais o Espírito de Deus, no qual fostes selados para o dia da redenção” (Efésios 4:30).

c) Devemos trabalhar para não sufocar, menosprezar, minimizar a ação do Espírito Santo em nossas vidas sendo negligentes e surdos à voz de Deus: “Não apagueis o Espírito” (1 Tessalonicenses 5:19).

d) Devemos, como templo do Espírito Santo, glorificar a Deus por meio de nossa vida, do nosso corpo, pois o custo da nossa salvação foi muito alto para nós menosprezarmos a ação Dele e Sua obra em nossas vidas: “Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo” (1 Coríntios 6:20). Fonte: Esboçando Ideias


3- Glorificado na ressurreição
. A ressurreição de Cristo aniquilou o império da morte (Hb 2.14,15) e garantiu a nossa ressurreição (1 Co 6.14; 2Co 4.14). Entre a morte e a ressurreição há um estado intermediário, onde a parte imaterial do ser humano subsiste de modo consciente (Lc 9.28-31; 16.22-31). Contudo, nosso corpo carnal não pode herdar o Reino de Deus (1 Co 15.50). Por isso, a última etapa de nossa salvação é a glorificação (Rm 8.30). Inclui a redenção e a transformação de nosso corpo mortal conforme o corpo glorioso de Cristo (Rm 8.23; Fp 3.21). Esse evento ocorrerá quando Jesus voltar (1Ts 4.13-17). Na ressurreição, a parte imaterial será reunida em um corpo incorruptível, glorificado, espiritual e imortal (1 Co 15.42-44,52-54). Assim, a morte é o último inimigo a ser vencido (1 Co 15.26).

COMENTÁRIO EXTRA

        O Comentário Bíblico Pentecostal do N.T. (2003, p. 1.056-1.057) leciona que: A mudança que acontece é mais do que uma reanimação ou ressurreição de um corpo morto. É a transformação pela qual o corpo é ressuscitado em incorrupção, isto é, não é mais sujeito a morte e a deterioração. [...] Paulo estaria então exortando os crentes a se amoldarem a imagem de Cristo, aconselhando-os a se prepararem para o futuro. 

        A conformidade completa à imagem de Cristo, porém, não pode ser alcançada nesta vida. Acontecerá na parousia. O apóstolo João disse que “quando Ele se manifestar seremos semelhantes a ele; porque assim como é o veremos” (1 Jo 3.2) 

        A salvação, portanto, começa com um ato jurídico (justificação), prossegue em processo vitalício de afastar-se do pecado (santificação) e culmina com nosso corpo transformado num corpo incorruptível e imortal (glorificação).
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.

- Quando Paulo nos fala sobre a redenção do nosso corpo, não fala do corpo físico apenas, mas de toda a corrupção ainda presente no homem (Rm 6.6,12; 7.5; 1Co 15.35-44; Fp 3.20-21; 2Pe 13-4; 1Jo 3.2). Glorificação é: o futuro recebimento de absoluta e definitiva perfeição (física + mental + espiritual) por todos os crentes (Ro 8.22-23; 1Co 15.41-44, 51-55; 2Co 5.1-4).

- A "glorificação" é quando Deus remove por completo o pecado da vida dos santos (isto é, todos os que são salvos) no estado eterno (Rm 8.18; 2Co 4.17). Na vinda de Cristo, a glória de Deus (Rm 5.2) – a Sua honra, louvor, majestade e santidade - será realizada em nós; em vez de sermos mortais sobrecarregados com a natureza pecaminosa, seremos transformados em imortais santos com acesso direto e irrestrito à presença de Deus, e vamos gozar da sagrada comunhão com Ele por toda a eternidade. Ao considerar a glorificação, devemos nos concentrar em Cristo, pois Ele é a "bendita esperança" de todo cristão; também podemos considerar a glorificação final como a culminação da santificação. Assim, a glorificação dos santos é o final da corrente de ouro da graça divina, é o futuro recebimento de absoluta e definitiva perfeição (física + mental + espiritual) por todos os crentes (Rm 8.22-23; 1Co 15.41-44,51-55; 2Co 5.1-4; 4.14-18; Jd 1.24-25). Pelas passagens de 1Co 15.51-53; 1Ts 4.13-18, entendemos que nossa glorificação começará no Arrebatamento e continuará através de toda a eternidade. Podemos, ainda, perguntar: Qual o propósito da glorificação? “O propósito da glorificação do corpo do crente é radiar o brilho da graça, das riquezas, do poder, da bondade e do amor, enfim de todos os atributos de Deus, para que, pelos séculos dos séculos, Ele (totalmente e exclusivamente) seja admirado, magnificado, adorado e louvado por todos os anjos, homens, e criação”. FONTE: Leia mais aqui na Lição 13: Glorificados em Cristo, Data: 24 de Dezembro de 2017.


SINOPSE II

A visão bíblica do corpo tem a ver com o exterior do homem, como imagem de templo do Espírito, com a ressurreição e a glorifica ao final.

AUXÍLIO APOLOGÉTICO

GLORIFICANDO A DEUS NO CORPO
“É possível quebrar o poder da escravidão do pecado: ‘Não reine, portanto, o pecado em vosso corpo mortal, para lhe obedecerdes em suas concupiscências’ (Rm 6.12). A única resposta apropriada a tal graça libertadora é: ‘glorificai, pois, a Deus no vosso corpo’ (1 Co 6.20), ou, de maneira mais completa: ‘apresenteis o vosso corpo em sacrifício vivo, santo e agradável a Deus, que é o vosso culto racional’ (Rm 12.1). É emocionante pensar que Deus quer mesmo se relacionar conosco em nosso corpo, amando nosso formato e tamanho específico, as nossas peculiaridades corporais, a nossa aparência física. Deus quer amar-nos e interagir conosco não apenas espiritualmente, mas também em nosso ser integral” (PEARCEY, Nancy. Ama Teu Corpo: Contrapondo a cultura que fragmenta o ser humano criado à imagem de Deus. Rio de Janeiro: CPAD, 2021, pp.45-46)


III – A VISÃO SECULAR DO CORPO

1- Hedonismo e narcisismo. Zelar e manter o corpo saudável é uma forma de glorificar a Deus (1Co 6.20). Contudo, em tempos pós-modernos de busca da felicidade, o hedonismo e o narcisismo são incutidos na sociedade. Com hedonismo, nos referimos ao estilo de vida em que a obtenção do prazer e a fuga do sofrimento são prioridades. Nesse aspecto, tudo é permitido. Com narcisismo, aludimos ao amor excessivo que uma pessoa tem por si própria. De acordo com essa abordagem, refere-se ao indivíduo que, de modo insensato, persegue o corpo ideal por meio da boa estética a qualquer custo e se porta com ostentação em busca da autorrealização e de ser admirado. Em oposição a essa cultura, Paulo ensina: “todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convém” (1 Co 6.12a).

COMENTÁRIO EXTRA

        O hedonismo alega que o objetivo da vida é a obtenção do prazer e a fuga do sofrimento. Essa mentalidade foi desenvolvida por Aristipo de Cirene (435 a.C.–356 a.C.), fundador da escola cirenaica. Na
ética hedonista cirenaica, cabem todos os excessos, visto que o fim da ação proposta é todo e qualquer prazer que resulta das sensações.

        Nesse aspecto, tudo é permitido, tais como a prática da imoralidade e dos vícios em geral. O narcisismo reflete o mito grego de Narciso. Relata a mitologia que, um dia, ao debruçar-se sobre um lago, Narciso viu o seu próprio rosto refletido na água. Sem saber que o reflexo era do seu próprio rosto, ele imediatamente se apaixonou pela imagem. Narciso ficou naquele lugar, hipnotizado, dias e dias sem comer nem beber, ficando cada vez mais fraco. Assim, acabou morrendo ali mesmo, com o rosto pálido voltado para as águas. Esse foi o castigo de Narciso, cujo destino foi amar a si próprio.

        Desse modo, narcisismo é a alusão à pessoa que tem amor excessivo por si mesma. Extremamente vaidosa e egocêntrica, tal conduta prima pela autoexaltação e sentimento de superioridade. No contexto dessa abordagem, refere-se ao indivíduo que persegue insensatamente o corpo ideal por meio da boa estética a qualquer custo e que se porta com ostentação em busca da autorrealização de ser admirado.
Fonte, livro de apoio às lições bíblicas adultos, CPAD, 3° Trimestre 2023. Pr. Douglas Baptista.

- O hedonismo é caracterizado como uma doutrina moral que defende que o único propósito da vida é a busca pelo prazer. É uma doutrina filosófica-moral que teve origem na Grécia, e seu fundador foi Aristipo de Cirene, contemporâneo de Sócrates. Em suas origens, o significado de hedonismo está voltado para a busca egoísta do prazer passageiro e momentâneo, fato que a tornou símbolo de decadência. Porém, o significado original do hedonismo como doutrina é a busca da felicidade. Ela possui dois pontos importantes como base: o prazer e a dor, que segundo Aristipo eram os dois estados da alma. Ele defendia ainda, que independente da origem do prazer a sensação é a mesma, por isso, para se alcançar a felicidade, é preciso aumentar o prazer e diminuir a dor.

- O grande problema do hedonismo não circunscreve-se em divinizar o prazer, mas sim, está na insaciabilidade da natureza humana, que sempre buscará mais e mais satisfazer suas vontades, acostumada à ideia de que a felicidade decorre do desprezo à ideia de disciplina e auto-controle. O homem precisa viver com equilíbrio, em tudo sendo moderado a fim de que o nome do Senhor seja exaltado mediante suas ações. Aliás, Epicuro não equiparou o termo hedonismo com indulgência desenfreada, como fazemos hoje. Ele instava a moderação e até o asceticismo, com base em que a maioria dos prazeres traz por conseqüência a dor (como beber demais). A principal característica de sua moralidade era que não estava baseada em padrão transcendente do bem; mas em nossa preferência natural por certas sensações. Atualmente, o significado popular de hedonismo é a busca pelo prazer e indiferença moral. Em 1 Timóteo 3.4 Paulo advertiu que nos últimos dias os homens seriam “mais amigos dos prazeres que amigo de Deus”, Certamente estamos nestes dias.

- Narcisismo: No enfrentamento da tendência egocêntrica do ser humano, é importante conhecermos o que a Palavra de Deus revela sobre a origem do ser humano, sua condição e o plano de divino de redenção.

- A Bíblia fala sobre o amor próprio: “Um dos mestres da lei achegou-se e os ouviu argumentando. Ao constatar como Jesus lhes houvera respondido esplendidamente, perguntou-lhe: “De todos os mandamentos, qual é o mais importante? ” Esclareceu Jesus: “O mais importante de todos os mandamentos é este: ‘Ouve, ó Israel, o Senhor, o nosso Deus é o único Senhor. Amarás, portanto, o Senhor, teu Deus, de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de toda a tua força’. E o segundo é: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo’. Não existe qualquer outro mandamento maior do que estes”(Mc 12.28-31). A Bíblia nos orienta a nos amar e amar ao próximo como nos amamos, logo, para amarmos ao próximo, torna-se vital que nos amemos. Amar a nós mesmos é bíblico e, portanto, saudável, desejável e de vital importância para que tenhamos uma vida alegre e vitoriosa. Sendo assim, não existe nenhum problema em cuidarmos da nossa aparência, do nosso corpo, alma e espírito, pois, como já afirmamos, somos Templo do Espírito Santo. “Ou não sabeis que o nosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos”? (1Co 6.19ARC).

A relação entre homem e mulher e sua prática sexual na antiguidade: Falar sobre a relação entre homem e mulher ou sua prática, tem sido um tabu até os dias de hoje. Muitos que se lançam ao assunto, mas nesse artigo, vamos expor todos os lados (com todas as informações), para que haja um entendimento e escolha para o leitor cristão ou não, que deseja viver, não como aquilo que acha ser o melhor, mas o que realmente é o melhor para a sua vida (física e espiritual).

A relação entre homem e mulher na antiguidade: Os documentos da Idade Antiga, que vai de 4000 a.C. ao século 5 d.C. de acordo com a datação convencional, mostram curiosidades sobre a vida sexual de povos como gregos, romanos e egípcios entre outros:


Na Antiguidade, a prostituição era regulamentada, o divórcio começou a existir e surgiram os deuses da relação corpo a corpo!
Os romanos, por exemplo, prezavam tanto o a relação entre homem e mulher que havia uma lei para desincentivar o celibato: a solteirice e a falta de filhos eram punidos, e as pessoas cheias de herdeiros tinham privilégios. Foi também na Idade Antiga que os conhecimentos científicos sobre a relação começaram a se aprimorar com Hipócrates, considerado o pai da medicina.

Os romanos também estudavam o corpo humano e já conheciam algumas doenças venéreas, como a gonorreia, termo cunhado por Galeno no século II. Mesmo assim, algumas crenças sexuais permaneciam. Na Grécia, por exemplo, acreditava-se que o contato com uma mulher menstruada faria o vinho novo ficar azedo e faria as árvores não dar mais frutos.

À moda antiga: Prostituição e homossexualidade eram comuns, mas havia leis severas para punir abusos

Casamento: Os gregos e romanos eram monogâmicos - no império de Diocleciano, em Roma, a bigamia foi declarada ofensa civil. Foi nessa época que surgiu o divórcio. Na Roma arcaica, as mulheres adúlteras podiam ser condenadas à morte - isso só mudou após uma lei do imperador Augusto, que trocou a pena para o exílio.

Posições sexuais: Em Roma, as posições sexuais apareciam em pinturas, mosaicos e objetos de uso cotidiano, como lamparinas, taças e até moedas. Em uma face, ficava a posição sexual, e, na outra, um número. Para alguns historiadores, as moedas eram fichas de bordel, e as posições com penetração tinham números maiores, indicando que poderiam ser mais valorizadas.

Masturbação (Onanismo): Registros de que o Homo sapiens se masturbava são datados da era paleolítica há 10.000 a.C., com inscrições feitas por homens primitivos mostrando figuras de masturbação solitária, coletiva ou como parte de rituais.

Na Grécia Antiga, de moralidade sexual muito livre, comparada à Ocidental atual, a masturbação era um ato sexual usual e aceito como natural.

No Antigo Egito a masturbação era uma prática coletiva feita em santuários de adoração as divindades como o Atum e as mulheres quando morriam eram mumificadas com os objetos fálicos utilizados por elas, uma espécie de dildo de argila.

Os Maias também possuíam rituais de masturbação e desenhavam esses rituais em pedras que são encontradas hoje em ruínas.

Os Indianos tinham a crença de que a masturbação acarretava perda de energia vital e evitavam a prática para se sentirem mais fortes. O esperma era considerado o elixir da vida e deveria ser conservado dentro do corpo o maior tempo possível. Veio daí a crença de que a masturbação deixa as pessoas fracas e poderia levá-las até a morte. Nesse contexto se desenvolveu a relação tântrico e o onanismo tântrica.

No Império Romano, era comum o homem se masturbar horas antes da relação sexual para retardar a ejaculação no coito com a parceira. Esta prática é indicada até hoje para o tratamento de ejaculação precoce.

Autofelação: O académico americano David Lorton menciona que encontrou muitos textos religiosos da mitologia egípcia onde a prática da autofelação é mencionada e considerada sagrada.

Segundo referência encontrada nesses escritos, Rá, o deus do Sol, teria criado o deus Shu e a deusa Tefnut (irmã gémea de Shu) ao ter soltado o próprio sémen no solo depois de ter praticado a autofelação. Rituais de autofelação eram aparentemente realizados em honra ao nascimento de Shu e Tefnut.

Homossexualidade: Casais de homem com homem e mulher com mulher eram comuns na Grécia. Havia até mitos para explicar a origem da pederastia, a relação entre homens maduros e jovens: o primeiro dizia que Orfeu, um dos seres da mitologia grega, acabou se apaixonando por adolescentes depois que sua mulher, Eurídice, morreu. Outra lenda afirma que a pederastia começou com o músico Tamíris, que foi seduzido pelo belo Jacinto.

Ciência: O grego Hipócrates, pioneiro da medicina, achava que o útero poderia deslocar-se pelo corpo da mulher em busca de umidade e poderia chegar até o fígado! Ele também calculou a duração da gravidez em 10 meses lunares (cerca de 290 dias do nosso calendário), tempo parecido com os 9 meses atuais, e prescreveu semente de cenoura como anticoncepcional e abortivo.

Paquera: Os galanteios dos romanos seguiam um manual: o livro A Arte de Amar, do poeta Ovídio, escrito entre 1 a.C. e 1 d.C. Entre as dicas dadas pelo escritor, estava o uso da bebida: "O vinho prepara os corações e os torna aptos aos ardores amorosos". Ovídio também incentivava a melhorar o visual e o ato de mentir: "Esconda os defeitos e, o quanto possível, dissimule suas imperfeições físicas".

Legislação: A legislação sexual da Roma antiga era polêmica! Eram puníveis com a morte: adultério cometido pela esposa, incesto e relação sexual entre uma mulher e um escravo. No estupro, a punição sobrava até para a vítima - se não gritasse por socorro, a virgem poderia ser queimada viva! Entre as penas leves, estava a apreensão de propriedades de quem fizesse relação anal. No Egito, o adultério era mau negócio: os homens eram castrados e as mulheres ficavam sem o nariz.

Prostituição: Regras para relação pago eram diferentes na Grécia e em Roma

Grécia: As moças da vida não eram todas iguais - elas seguiam uma hierarquia. A maioria delas era escrava, mas havia também mulheres vendidas aos bordéis pelos pais ou irmãos.

Classe alta: Prostitutas de primeira classe, com treinamento intelectual e cultural.

Classe média: Tocadoras de flauta e dançarinas, especialistas em ginástica e relação oral. Eram imigrantes.

Classe baixa: Vendidas pela família, ganhavam mal e tinham poucos direitos.

Roma: Registradas e pagadoras de impostos, as prostitutas se vestiam com tecidos floridos ou transparentes, e, por lei, não podiam usar a estola, veste das mulheres livres, nem a cor violeta. Os cabelos deviam ser amarelos ou vermelhos. O lugar mais comum de trabalho delas era sob arcos arquitetônicos: a palavra fornicação vem do latim fornice, que significa arco. (continua no próximo comentário extra). Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

2- Erotização e libertinagem. Ao for­mar o ser humano, Deus também criou a sexualidade (Gn 1.27-28). Portanto, não se trata de algo impuro. O pecado não esta no sexo, mas na perversão de seu propósito. Nossa Declaração de Fé leciona que a relação sexual não só para procriar, mas também para o prazer dentro dos limites do matrimônio e do uso natural do corpo (Rm 1.26,27; Hb 13.4). Todavia, em nossos dias, a erotização do corpo é explorada nas mídias, artes, músicas e literaturas. O objetivo é seduzir e estimular as práticas sexuais ilícitas. Como resultado, a licenciosidade, isto é, a conduta sexual desregrada e imoral, prolifera assustadoramente (1 Co 6.10). Diante disso, o apóstolo Paulo adverte: “todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma” (1Co 6.12b).

COMENTÁRIO EXTRA

O que diz a Bíblia sobre a relação entre homem e mulher: Embora a mensagem da Bíblia seja a de mostrar o eterno amor de Deus, demonstrado na pessoa de Jesus, a Palavra de Deus nos dá parâmetros para que vivamos neste mundo de forma que honre o nome do Evangelho e venhamos a viver, inclusive nossa sexualidade, dentro dos planos traçados por Deus.

A Bíblia não é um 'guia sexual', mas com certeza tem muito a nos ensinar nesta área.

À luz da Palavra de Deus, podemos fazer algumas afirmações:

Deus é o criador da sexualidade humana - Deus ao criar o homem e a mulher, os criou com todos os seus órgãos sexuais:

Gênesis 1.31 – E viu Deus tudo quanto tinha feito, e eis que era muito bom; e foi a tarde e a manhã, o dia sexto.

Robinson Cavalcanti, no seu livro 'Libertação e Sexualidade' afirma: "Deus criou o ser humano com um corpo, indissociado de sua mente e de seu espírito. Para Deus, o corpo humano, obra de suas mãos, é bom. A sexualidade não veio com a Queda (pecado original). Ao contrário, a sexualidade estava nos planos originais de Deus".

Tim e Beverly LaHaye, no clássico da sexologia cristã, 'O Ato Conjugal', cita com muita propriedade as declarações do psicólogo cristão Henry Brandt, quando diz: "Deus criou todas as partes do corpo humano, e não criou algumas boas e outras más; Ele criou todas boas".

Compreendendo esta verdade, coloca-se uma pedra fundamental sobre compreensão da sexualidade humana. Todo o nosso corpo, com ele, nossos órgãos sexuais foram projetados por Deus. Esta visão é importante, porque a partir desta compreensão é que as pessoas começarão aceitar o a relação entre homem e mulher como um presente de Deus.

Pênis, testículos, ovários, vagina, útero, canais deferentes, próstata, clitóris e tantos outros pequenos órgãos que compõem os aparelhos reprodutores masculinos e femininos foram criados por Deus, sem exceção e perfeitos.

Muitos casais estão enfrentando problemas sérios na vida sexual porque não aceitam estas verdades. Têm vergonha dos órgãos genitais e acham que os mesmos não têm nada a haver com a criação divina.

As relações sexuais - Segundo a visão cristã, devem ser heterossexuais, isto é, entre um homem e uma mulher. Deus ao projetar a sexualidade humana, criou homem e mulher:

Gênesis 2.22 - E da costela que o Senhor Deus tomou do homem, formou uma mulher, e trouxe-a a Adão.

À luz dos relatos da criação, já podemos observar que Deus ao criar os seres sexuados, dentre eles o homem, que é a coroa da criação, planejou para que vivessem a heterossexualidade, isto é, a relação sexual entre macho e fêmea, no caso humano, homem e mulher.

Mais tarde, com a queda humana, homem e mulher começaram, como todos nós sabemos, a se distanciar dos planos de Deus, em todas as áreas da vida, incluindo em relação à sexualidade.

II Pedro 2.20 - Porquanto se, depois de terem escapado das corrupções do mundo, pelo conhecimento do Senhor e Salvador Jesus Cristo, forem outra vez envolvidos nelas e vencidos, tornou-se lhes o último estado pior do que o primeiro.

Conforme os relatos bíblicos, os pecados sexuais começaram a aparecer nas relações humanas, os quais vieram em ordem e o primeiro foi a poligamia - E tomou Lameque para si duas mulheres; o nome de uma era Ada, e o nome da outra, Zilá (Gênesis 4.19).

Posteriormente, Deus ao dar as leis ao seu povo, incluiu seu desagrado em relação à união sexual com pessoas do mesmo sexo, que é o homossexualismo, pedofilia - Com homem não te deitarás, como se fosse mulher; abominação é (Levítico 18.22);

Por isso Deus os abandonou às paixões infames. Porque até as suas mulheres mudaram o uso natural, no contrário à natureza. E, semelhantemente, também os homens, deixando o uso natural da mulher, se inflamaram em sua sensualidade uns para com os outros, homens com homens, cometendo torpeza e recebendo em si mesmos a recompensa que convinha ao seu erro (Romanos 1.26-27).

E com animais, que se dá o nome de bestialidade ou zoofilia - Nem te deitarás com um animal, para te contaminares com ele; nem a mulher se porá perante um animal, para ajuntar-se com ele; confusão é (Levítico 18.23).

Para nós cristãos, a despeito de todo o lobby gay que vemos nos meios de comunicação, tais expressões da sexualidade são pecaminosas e a Palavra de Deus se refere a essas práticas sexuais como abomináveis (Levítico 18.22b).

A relação entre homem e mulher, segundo a visão cristã - Deve ser praticado no contexto do casamento. Se no item anterior, falamos sobre a expressão correta, heterossexual, da união sexual, aqui queremos reafirmar o posicionamento bíblico em relação ao seu lugar, isto é, no contexto do casamento.

A Bíblia é clara quando afirma que a união sexual, aprovada por Deus, entre um homem e uma mulher, deve acontecer somente no contexto do casamento e não como o mundo (a sociedade) ensina, cria leis e exige as uniões que aos olhos de Deus são ilícitas e abomináveis, tais como:

A fornicação (que geralmente se refere à relação sexual antes do casamento) - Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte (Apocalipse 21.8).

Mas também à imoralidade em geral, bem como o adultério - Ouvistes que foi dito aos antigos: Não cometerás adultério. Eu, porém, vos digo, que qualquer que atentar numa mulher para a cobiçar, já em seu coração cometeu adultério com ela (Mateus 5.27-28).

A prostituição - Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo. Ou não sabeis que o vosso corpo é o templo do Espírito Santo, que habita em vós, proveniente de Deus, e que não sois de vós mesmos? (I Coríntios 6.18-19).

O incesto, isto é, união sexual com parentes chegados, como pai, mãe, madrasta, padrasto, irmão, irmã, tios, noras, genros, sogros, netos – (Levíticos18.1-18).

Relação sexual durante a menstruação (período de limpeza interna feminina) - E não chegarás à mulher durante a separação da sua imundícia, para descobrir a sua nudez (Levítico 18.19).

Estupro, que é uma relação forçada - E se algum homem no campo achar uma moça desposada, e o homem a forçar, e se deitar com ela, então morrerá só o homem que se deitou com ela (Deuteronômio 22.25).

A lascívia, que significa sensualidade, imoralidade, libidinagem, licenciosidade, impudícia - Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: adultério, prostituição, impureza, lascívia.... Acerca das quais vos declaro, como já antes vos disse, que os que cometem tais coisas não herdarão o reino de Deus (Gálatas 5.19 e 21).

E finalmente os abusos e fantasias sexuais anormais, como já foi exposto - Que, quando for outra vez, o meu Deus me humilhe para convosco, e chore por muitos daqueles que dantes pecaram, e não se arrependeram da imundícia, e prostituição, e desonestidade que cometeram (II Coríntios 12.21).

Estas dentre outras semelhantes a elas são condenados por Deus e distorcem o Seu plano original para a felicidade sexual das pessoas.

Tendo em vista estas verdades bíblicas, precisamos deixar bem claro para os jovens solteiros que quando têm relações sexuais ou mesmo carícias sexuais com os seus pares, enquanto namorados, contrariam a vontade de Deus (I Tessalonicenses 4.3-4).

Embora a cultura e os costumes modernos tentem passar para os cristãos que uma relação sexual entre solteiros ou fora do contexto do casamento não seja errada, devemos nos reportar a esses e tantos outros versículos bíblicos contrários a tais pensamentos de uma cultura sem Deus.

A relação entre homem e mulher, não é somente para a procriação - Mas também para o prazer. O ser humano, dentre todos os seres vivos criados por Deus, é o único a experimentar prazer nas relações sexuais. O orgasmo, o clímax do prazer numa relação sexual, é um privilégio dado por Deus somente ao ser humano.

Somente o ser humano é que experimenta todas as sensações características do orgasmo. A mulher, é a única fêmea, segundo os estudiosos, que possui o clitóris, órgão projetado por Deus exclusivamente para dar prazer sexual.

Muitos cristãos ainda pensam, apesar de toda a informação que tem recebido, que a relação entre homem e mulher é somente para a procriação. O lado procriativo é de suma importância para a reposição da espécie (Gênesis 1.27-28), mas não se restringe somente a este propósito. Devido a uma forte influência platônica sobre os pensadores cristãos, especialmente, nos primeiros séculos, ainda hoje muitas vezes temos, como cristãos, a tendência de associar o prazer físico, especialmente o sexual, ao pecado.

Somente nos últimos anos é que os estudiosos bíblicos têm feito uma leitura correta do livro de Cantares de Salomão. Este livro, com certeza, foi incluído no cânon, isto é, no conjunto de livros sagrados do Velho Testamento, para mostrar que, no contexto do casamento, homem e mulher devem experimentar, no seu máximo, o prazer que o a relação entre homem e mulher e a sensualidade podem proporcionar.

Aqui, vale frisar, que quando usamos o termo 'sensualidade' não queremos nos referir ao 'sensualismo' apregoado pela mídia e que tanto prejuízo tem trazido à sexualidade humana. Os casais cristãos precisam repensar e explorar a sensualidade que um pode oferecer ao outro. Muitas vezes, e isto tem sido extremamente prejudicial, se associa a 'sensualidade' a algo pecaminoso.

Quando um casal cristão explora a sensualidade para enriquecer a relação conjugal grandes benefícios irão colher. Os casais cristãos precisam valorizar mais os toques físicos (abraços, afagos afetuosos, massagens sexuais e não-sexuais, beijos), o olfato (perfumes, velas perfumadas), a audição (música romântica, palavras de admiração), a visão (pessoal e do ambiente) e o paladar na relação a dois.

Quando uma relação sexual é desprovida da sensualidade, acontece apenas uma união de órgãos sexuais masculinos e femininos e reduz a relação somente à área genital. Muitos casais estão cansados e vivendo uma vida sexual burocrática porque acham que essas coisas, até mesmo dentro do contexto matrimonial, são pecaminosas.

Um bom caminho para os casais cristãos 'reinventarem' suas vidas sexuais é fazerem, a dois, uma releitura do livro de Cantares de Salomão e verificarem em cada linha todos os recursos sensoriais que aqueles amantes (no bom sentido da palavra) utilizaram para terem um relacionamento sexual enriquecedor.

Quando ambos, marido e esposa, experimentarem todo o prazer que a relação entre homem e mulher pode oferecer não precisarão querer beber de outras cisternas - Bebe água da tua fonte, e das correntes do teu poço. Derramar-se-iam as tuas fontes por fora, e pelas ruas os ribeiros de águas? Sejam para ti só, e não para os estranhos contigo. Seja bendito o teu manancial, e alegra-te com a mulher da tua mocidade (Provérbios 5.15-18).

Pois a 'água' que Deus projetou para que bebessem no contexto conjugal (Marido e mulher somente) é suficientemente o bastante para saciar o apetite sexual.

Não sabeis vós que os vossos corpos são membros de Cristo? Tomarei, pois, os membros de Cristo, e fá-los-ei membros de uma meretriz? Não, por certo. Ou não sabeis que o que se ajunta com a meretriz, faz-se um corpo com ela? Porque serão, disse, dois numa só carne. Mas o que se ajunta com o Senhor é um mesmo espírito (I Coríntios 6.15-17).

Conclusão: Diante do que vimos até agora, podemos concluir que a Bíblia fala literalmente sobre algumas práticas sexuais.

E pelos escritos sagrados, artigos médicos e depoimentos, entendemos que diante dos perigos apresentados e danos que causam ou podem causar a integridade física e espiritual do parceiro ou parceira, que a prática a relação entre homem e mulher não sendo dentro dos princípios matrimoniais é condenada diante dos olhos de Deus, a saber:

Venerado seja entre todos o matrimônio e o leito sem mácula; porém, aos que se dão à prostituição, e aos adúlteros, Deus os julgará (Hebreus 13.4).

Venerado - adj. Que foi alvo de veneração; aquilo que se venera. Que inspira respeito; que merece ser reverenciado; respeitado ou reverenciado.

Mácula - s. f.: mancha, estigma, ferrete (marca produzida por ferro em brasa, com que antigamente se marcavam escravos, criminosos etc.), sinal infamante, nódoa; labéu (nota infamante); infâmia; defeito, imperfeição, descrédito, vergonha, deslustre, desdouro, mancha na reputação, ignomínia.

- Foi ideia de Deus criar as pessoas como machos e fêmeas e uni-las através da relação entre homem e mulher(Gn 2.24). Tanto os homens quanto as mulheres foram criados com desejo sexual. O propósito de Deus para os seres humanos é que os homens e as mulheres vivam um relacionamento vitalício, fiel, permanente e responsável. Estas condições são satisfeitas dentro do contexto do casamento. É nele que Deus abençoa e aprova esta união.

- o avanço da imoralidade sexual é uma consequência do pecado e também já é uma forma de “punição” ao pecador (Rm 1.24). Paulo faz uso de um termo judicial em Rm 1.24 <<Deus entregou>> grego usado para entregar um prisioneiro para que cumpra a sentença que recebeu. Quando, de modo consistente, os seres humanos abandonam a Deus, ele os abandonará (Jz 10.13; 2Cr 15.2; 24.20; SI 81.11-12; Os 4.17; Mt 15.14; At 7.38-42; 14.16). Ele faz isso: 1) indireta e imediatamente, retirando o seu controle sobre e eles e permitindo que os pecados deles sigam o seu curso inevitável, e 2) direta e consequentemente, por ações específicas do julgamento divino e punição. Ainda no mesmo texto é usado outro termo, <<imundícia>>, muito usado para material em decomposição, como o conteúdo de uma sepultura. Aqui, trata-se de imoralidade sexual (2Co 12.21; Cl 5.19-23; Ef 5.3; 1Ts 4.7), a qual começa no coração e torna-se a vergonha do corpo. Assim, a degradação moral que descamba em erotização e libertinagem, já é uma ‘paga’ e uma demonstração de que Deus já retirou o ‘pé do freio’.

- A libertinagem representa o contrário do perfeccionismo. Na prática, a libertinagem pode ser substituída por “dissolução”. Tudo é permitido; é abusar da liberdade, fazendo coisas erradas e irresponsáveis. O libertino não reconhece limites nem regras e usa sua liberdade para pecar. Libertinagem parece liberdade mas na verdade escraviza. Libertinagem é uma revolta contra as regras. Existem regras que escravizam e sufocam mas também há regras muito importantes, que nos protegem. O libertino rejeita todas as regras e vive satisfazendo todos os seus desejos sem se preocupar com as consequências. Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

3- Liberdade e autonomia. A Bíblia atesta que o homem é dotado de livre-arbítrio (Gn 2.16,17). Isso indica autonomia para tomar as próprias decisões e se autogovernar. Somos livres, porém, todos os nossos atos serão alvo do juízo divino (Ef 12.14). Não obstante, no atual cenário, ideias secularistas promovem a banalização do corpo. O existencialismo ateu, por exemplo, afirma que para descobrir o sentido da vida, o homem deve usufruir de liberdade incondicional. Nesse aspecto, livre de qualquer moral divina, o indivíduo passa a exercer total controle sobre o corpo. Desse modo, seus adeptos atuam contra o corpo na legalização do aborto, da prostituição, das drogas, do suicídio assistido, dentre outros. Contrário a esse ativismo, o apóstolo Paulo assevera: “não sabeis […] que não sois de vós mesmos?” (1 Co 6.19).

COMENTÁRIO EXTRA

Quando é realizado um casamento, os noivos prometem diante de Deus, do Juiz ou do Pastor se respeitarem, serem fiéis e cuidarem um do outro - O CORPO TORNA-SE UM (Ou seja, uma só carne).

Mas ao adotarem as práticas da relação da modernidade (anal, oral, grupal, virtual, bukkake, barebacking, sadomasoquismo etc), expondo a sua própria carne ao perigo das doenças, a humilhação e posteriormente a destruição do próprio corpo, que é a morte, invalidam a palavra de Deus e se colocam na posição de réu.

II Coríntios 5.10 - Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem, ou mal.

É importante entender que Deus se importa com a sexualidade dos humanos, caso contrário não teria colocado tantas restrições sexuais como mandamentos. Para aqueles que gostam de imaginar que Deus não deixou interferências nas questões sexuais, é bom lembrar das restrições a relação íntima durante a menstruação, a fornicação ( a relação íntima antes do casamento), entre outras que já vimos.

Na anatomia humana, o ânus e o reto, são partes do aparelho intestinal para eliminar as fezes; e esses compartimentos biológicos e o material fecal que ali está, é muito rico em bactérias.

Pesquisadores da Universidade Estadual de San Diego, nos Estados Unidos, descobriram que há cerca de 1,2 mil vírus diferentes no intestino humano e que mais da metade deles é desconhecida pela ciência. Em artigo publicado no Journal of Bacteriology, os pesquisadores disseram que o intestino contém até 500 tipos de bactérias que desempenham um papel crucial na digestão de alimentos e na saúde intestinal.
Perguntas frequentes: A Bíblia recomenda que o romance e o dom de sexualidade sejam usados no contexto do casamento.

No homem o câncer de próstata pode estar relacionado às infecções causadas por essas bactérias, mas também por outros fatores.

Anatomicamente, o ânus não suporta a fricção do ato sexual, causa fissuras e pode comprometer o esfíncter anal, dependendo de como a relação íntima é praticado. Esse tipo de penetração não traz prazer à mulher, pois não existem plexos nervosos de estímulo ao prazer nesta região do intestino. O prazer vem de estímulos secundários à penetração de outras zonas erógenas.

I Coríntios 3.16-17 - Não sabeis vós que sois o templo de Deus e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.

Mas há situações imaginativas em que o homem apenas pensa ter maior prazer, e essas correções precisam ser feitas pelo próprio indivíduo.

Estamos vivendo dias semelhantes aos de Sodoma e Gomorra. As fantasias e aberrações sexuais atingiram o seu apogeu. Essas alternativas sexuais são fruto do hedonismo, esta corrida louca em busca do prazer, tão características desta geração.

Provérbios 5,22-23 - Quanto ao ímpio, as suas iniquidades o prenderão, e com as cordas do seu pecado será detido. Ele morrerá, porque desavisadamente andou, e pelo excesso da sua loucura se perderá.

A relação íntima oral e anal, embora tenha seus defensores ou aqueles que são tolerantes, não é recomendável do ponto de vista da saúde.

O modo natural é a relação íntima vaginal. A vagina tem forma, dimensões e elasticidade próprias para o coito; tem inervação capaz de despertar na mulher, o desejo e o prazer sexuais. No casamento monogâmico, a vagina não oferece risco de contágio infeccioso; é a via natural para o início de uma gravidez.

A relação íntima é pecado? -  A relação íntima é um dom que Deus dá às pessoas casadas para o prazer de ambos. A Bíblia diz:

Provérbios 5.18-19 “Seja bendito o teu manancial; e regozija-te na mulher da tua mocidade. Como corça amorosa, e graciosa cabra montesa saciem-te os seus seios em todo o tempo; e pelo seu amor sê encantado perpetuamente.

Deus criou  a relação íntima como parte do casamento. A Bíblia diz:

I Coríntios 7.5 - Não vos priveis um ao outro, senão por consentimento mútuo por algum tempo, para vos aplicardes ao jejum e à oração; e depois ajuntai-vos outra vez, para que Satanás não vos tente pela vossa incontinência.

Ou seja, devemos como casados ter sempre relações sexuais e não ficarmos muito tempo sem (o que muitos casais fazem e assim criam o mal estar na relação), pois traz muitos e ótimos benefícios a saúde.

Um casal sem a relação íntima abre portas para muitos males, como a masturbação, prostituição, voyeurismo, adultério, dentre outros e assim inicia a traição e depois a separação e o lar e a família destruídos.

Para que não causemos danos a nós mesmos, os desejos e as atividades sexuais devem ser mantidas sob o controle de Cristo. O pecado sexual é destrutivo mesmo que não se vejam as consequências imediatamente.

I Coríntios 6.18 - Fugi da prostituição. Todo o pecado que o homem comete é fora do corpo; mas o que se prostitui peca contra o seu próprio corpo.

A relação íntima antes do casamento é pecado? - Não existe uma palavra hebraica ou grega usada na Bíblia que precisamente se refira ao relação íntima antes do casamento. A Bíblia inegavelmente condena o adultério e imoralidade sexual, mas é  a relação íntima antes do casamento considerado sexualmente imoral? De acordo com o texto sagrado, a resposta é sim:

I Coríntios 7.2 - Mas, por causa da prostituição, cada um tenha a sua própria mulher, e cada uma tenha o seu próprio marido.

Neste versículo, Paulo declara que o casamento é a "cura" para a imoralidade sexual. Ele está essencialmente dizendo que, porque as pessoas não conseguem se controlar e por isso muitas estão tendo a relação íntima imoral fora do casamento, elas devem se casar. Só então poderão satisfazer as suas paixões de uma forma moral.

Este versículo claramente inclui  a relação íntima antes do casamento na definição de imoralidade sexual, todos os versículos bíblicos que condenam a imoralidade sexual como sendo pecaminosa também condenam  a relação íntima antes do casamento como pecado. Existem inúmeras Escrituras que declaram  a relação íntima antes do casamento como sendo um pecado:

I Coríntios 5.1 - Geralmente se ouve que há entre vós fornicação, e fornicação tal, que nem ainda entre os gentios se nomeia, como é haver quem abuse da mulher de seu pai.

I Coríntios 6.13b - Mas o corpo não é para a prostituição, senão para o Senhor, e o Senhor para o corpo.

Efésios 5.3 - Mas a prostituição, e toda a impureza ou avareza, nem ainda se nomeie entre vós, como convém a santos.

A Bíblia promove a abstinência completa antes do casamento. A relação íntima entre o marido e sua esposa é a única forma de relações sexuais que Deus aprova (Hebreus 13.4).

Muito frequentemente nos concentramos no aspecto de "recreação" da relação íntima sem reconhecer que há um outro aspecto - o da procriação.  A relação íntima no casamento é prazeroso, e Deus o projetou dessa maneira. Deus quer que homens e mulheres desfrutem da atividade sexual dentro dos limites do casamento.

O Cântico dos Cânticos e várias outras passagens bíblicas como:

Provérbios 5.19 - Como cerva amorosa, e gazela graciosa, os seus seios te saciem todo o tempo; e pelo seu amor sejas atraído perpetuamente.

Descrevem claramente o prazer  da relação íntima. No entanto, o casal deve entender que a intenção de Deus para  a relação íntima inclui produzir filhos. Assim, para um casal praticar  a relação íntima antes do casamento é duplamente errado -- estão desfrutando de prazeres que ainda não lhes pertencem e estão tendo uma chance de criar uma vida humana fora da estrutura familiar que Deus planejou para todas as crianças.

Se a mensagem da Bíblia sobre  a relação íntima antes do casamento fosse obedecida, haveria bem menos doenças sexualmente transmissíveis, abortos, mães solteiras e gestações indesejadas, assim como existiriam bem menos crianças crescendo sem ambos os pais em suas vidas. A abstinência é a única política de Deus quando se trata d a relação íntima antes do casamento. A abstinência salva-vidas, protege bebês, dá às relações sexuais o valor adequado e, mais importante, honra a Deus.

Quais as posições praticar? – Não existe limites para posições, desde que seja com penetração vaginal e proporcione prazer e satisfação ao casal. Quem não tem muita criatividade pode consultar o Kama Sutra (livro que mostra inúmeras posições) e reter apenas o que é bom.

Quais carícias praticar? – Você pode observar o livro de Provérbios, Cânticos (Cantares) de Salomão, que para muitos é uma apologia  a relação íntima oral pervertido, mas na verdade não é bem assim.

O livro fala sobre o carinho no tocar ou massagear o corpo ou as partes intimas (pênis, vagina, seios) com as mãos e dedos; o uso da boca para beijar partes do corpo, como os seios, pescoço, orelhas, tórax, pernas, joelhos, mãos, bumbum e até a virilha (região do corpo dos animais ou humanos que fica situado entre as coxas e o ventre), desde que seja observada a higiene e a inexistência de manchas ou ferimentos no local, o que pode indicar alguma patologia.

Quanto a questão de darmos vazão aos desejos carnais e mundanos, e seguir o modismo ou porque fulano faz e diz que é bom, tenho que fazer também. Temos que nos lembrar que somos espirituais:

João 1.12-13 - Mas, a todos quantos o receberam, deu-lhes o poder de serem feitos filhos de Deus, aos que crêem no seu nome; Os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas de Deus.

E que após o renascimento com Cristo, temos que buscar as coisas que são espirituais e não as que são carnais:

Colossenses 3.1-3 - Portanto, se já ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas que são de cima, onde Cristo está assentado à destra de Deus. Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; Porque já estais mortos, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus.

E outra vez, como a apostolo Paulo disse:

Gálatas 2.20 - Já estou crucificado com Cristo; e vivo, não mais eu, mas Cristo vive em mim; e a vida que agora vivo na carne, vivo-a na fé do Filho de Deus, o qual me amou, e se entregou a si mesmo por mim.

Caso a prática da relação íntima anal, oral ou outra, seja agradável aos olhos de Deus e nós como cristãos não a praticamos, seremos salvos, mas se a prática da relação íntima anal, oral ou outra, não seja agradável aos olhos de Deus e nós não a praticamos seremos salvos da mesma maneira.

O que perdemos? Absolutamente nada, além de evitarmos patologias que danificariam a nossa saúde e a perda da nossa salvação.

Salmo 24.3 - Quem subirá ao monte do Senhor, ou quem estará no seu lugar santo? Aquele que é limpo de mãos e puro de coração, que não entrega a sua alma à vaidade, nem jura enganosamente.

Mas é claro que a cada um de nós é ofertado o bônus da escolha e o tomamos com liberdade, mas ao fazermos uso, teremos que viver com o ônus de suas consequências. Portanto, escolha com muita atenção.

- Embora a queda de Adão tenha afetado seriamente a natureza humana, as pessoas não ficaram num estado de total incapacidade espiritual. Todo pecador pode arrepender-se e crer, por livre-arbítrio, cujo uso determinará seu destino eterno. O pecador precisa da ajuda do Espírito, e só é regenerado depois de crer, porque o exercício da fé é a participação humana no novo nascimento, assim é entendido o livre-arbítrio na perspectiva arminiana.

- O livre-arbítrio é o poder que temos de tomar uma decisão, sem sermos obrigados a escolher uma determinada opção. O livre-arbítrio é nosso poder de escolha. Por causa do livre-arbítrio, cada pessoa é responsável por suas ações. Deus nos deu o livre-arbítrio O que é o livre-arbítrio?; Disponível em: https://www.respostas.com.br/o-que-e-o-livre-arbitrio/. Acesso em: 13 nov, 2017.. 

O site do Ministério Apologético CACP traz o artigo ‘O que diz a bíblia sobre o livre arbítrio?’, onde defende a existência do livre-arbítrio em toda a Bíblia (Leia aqui). Em contra-ponto, o Calvinismo afirma que não há livre-arbítrio depois da queda, o que mais se aproxima é a livre-agência. 

C. H. Spurgeon pregando em João 5.40 “Mas não quereis vir a mim para terdes vida”, afirma: “...Geralmente quando o texto é empregado, ele é dividido desta forma: primeiro, o homem tem uma vontade. Segundo, ele é inteiramente livre. Terceiro, os homens tem que querer por sua própria vontade vir a Cristo, de outra maneira eles não serão salvos....”9. SPURGEON, c. H. ‘Livre-Arbítrio - Um Escravo’. Disponível em: http://www.monergismo.com/textos/chspurgeon/Livre_Spurgeon.htm. Acesso em 13 nov, 2017

- Para os convertidos a Cristo, o corpo do cristão pertence ao Senhor, é um membro de Cristo (1Co 6.15) e templo do Espírito Santo. Todo ato de fornicação, adultério ou qualquer outro pecado é cometido pelo cristão no santuário, o Santo dos Santos, onde Deus habita. No Antigo Testamento, o sumo sacerdote entrava lá apenas uma vez por ano, e somente após uma extensiva limpeza, caso contrário ele seria morto (Lv 16).

- Note, ainda, que espiritualmente falando, o homem é sempre escravo: do pecado ou de Deus. A servidão do pecado torna o homem cativo das paixões; a servidão a Deus o torna livre. É conhecida a expressão de Agostinho: “Quanto mais escravo de Cristo sou, tanto mais livre me sinto”. A escravidão de Deus é liberdade; a liberdade do pecado é escravidão. E impossível ser escravo de dois senhores ao mesmo tempo (Mt 6.24). Somos servos de Deus ou do pecado. Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)


SINOPSE III

O hedonismo, o narcisismo, a erotização e a libertinagem fazem parte de uma visão secular do corpo.

CONCLUSÃO

Criado da terra, a imagem e semelhança divinas, o homem é constituído de três substâncias: espírito, alma e corpo (1Ts 5.23). Nessa concepção, não podemos pecar com o corpo sem afetar o espírito e a alma (1Co 6.15-17). O corpo é morada do Espírito, que não habita em santuário impuro (1Co 6.18,19). Na vinda de Cristo, o corpo dos santos será glorificado (1 Co 15.52). Assim, o corpo não deve ser tratado como algo pejorativo. O princípio de cuidado e santidade do corpo deve ser observado pelos que pertencem a Deus (1 Co 6.20).


COMENTÁRIO EXTRA

- Nesta conclusão, a família de Davi sofreu as consequências do pecado de Davi. O profeta Natã sentenciou que as consequências das ações de Davi afetariam Davi, sua família e todo o reino. Em cumprimento das profecias de Natã, os tumultos e as contendas ocorridos na família de Davi levaram a uma guerra civil que ameaçou destruir o reino de Israel. O pecado pode ser confessado; mas as consequências virão. “Não erreis: Deus não se deixa escarnecer; porque tudo o que o homem semear, isso também ceifará” (Gl 6.7).

- O ser humano, apesar de ainda viver ‘na carne’, não está mais condenado a ‘viver segundo a carne’; a existência de inimizade com Deus foi abolida. Mas apenas em obediência ao Espírito de Deus é possível, em vez de praticar as obras da carne, praticar as do Espírito. Temos de entender que lidar com o Deus vivo é coisa séria. Tratamos o pecado com o maior pouco caso; somos tomados pela indiferença e achamos que podemos pecar e sair impunes. Mas o Livro de Deus avisa: “Tenha certeza de que seu pecado irá alcançá-lo” (Nm 32.23). Fonte: Comentários do Pr. Hubner Braz (@pecadorconfesso)

REVISANDO O CONTEÚDO

1- Como a nossa Declaração de Fé expressa nossa constituição humana? Nossa Declaração de Fé professa que a natureza humana consiste num a parte externa, o corpo ou a carne (Gn 6.3; SI 78.39 ), chamada de “ homem exterior”; e uma parte interna, denominada de “ homem interior”, composta de espírito e alma (2 Co 4.16 ; 1 Ts 5.23). Essa constituição humana é denominada de tricotomia, isto é, três substâncias: espírito, alma e corpo (Hb 4 12 ).
2- Como é requerida a irrepreensível conduta do cristão? Conduta irrepreensível do cristão é requerida no espírito, na alma e no corpo (1 T s 5.23).
3- Como o corpo é identificado na Bíblia? O termo corpo (do grego, soma) normalmente identifica a parte exterior do ser humano (Mt 10.28; 1Co 15.38). O termo carne (do grego, sarx), quando se refere ao homem físico, inclui a sua dimensão exterior (Lc 24-39; At 2.31). Ambos os termos indicam a parte visível e material da natureza humana.
4- Por que os corpos dos salvos não devem praticar atos imorais? Porque a parte material do salvo deve ser santa e usada para glorificar a Deus (1 Co 6.20b). Em 1 Coríntios 6, lemos que o s corpos dos salvos são metaforicamente membros do Corpo de Cristo (1 Co 6.15; cf. Rm 12.4,5).
5- No atual cenário, o que as ideias secularistas promovem? Hedonismo, narcisismo, erotização, libertinagem etc.

VOCABULÁRIO

Outorga: De outorgar: dar como favor; dar poderes a; facultar, conceder, conferir.


SAIBA MAIS SOBRE
 ESCOLA DOMINICAL:

Gostou do site? Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site: Nos abençoe com uma oferta voluntária pelo PiX/TEL (15)99798-4063 ou (pix/email) pecadorconfesso@hotmail.com – Seja um parceiro desta obra. “(Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )”

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Clique aqui para Download das:

SUBSÍDIOS DAS REVISTAS – 3º Trimestre De 2023
| CLIQUE E ACESSE |

---------------------------------------------------------

Acesse nossos grupos, clique, entre e tenha mais conteúdo:

Muito conteúdo sem sobrecarregar seu celular.
Acesse mais Conteúdo pelo Telegram
Mais conteúdo pelo WhatsApp
Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe Com Uma Oferta Voluntária pelo

PIX/e-mail: pecadorconfesso@hotmail.com
ou PIX/Tel: (15)99798-4063 ou PicPay: @pecadorconfesso

Seja um parceiro desta obra.
Clique também nas propagandas. Cada clique ajudará bastante.
“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. (Lucas 6:38)

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------
SEJA UM PROFESSOR DA EBD PREPARADO NO ENSINO. LEIA OS ARTIGOS:


----------------------------------

    COMMENTS

    BLOGGER

    Sobre o Autor:
    Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

    Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

    A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

    NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

    Nome

    #desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,104,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,12,2º Trimestr,1,2º Trimestre,101,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,98,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,190,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,73,Adolescentes,16,adolescer+,7,Adoração,9,Adulto,115,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,53,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,15,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,8,As Bodas do Cordeiro,1,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,37,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,36,Batalha Espirítual,31,Batismo,8,Batismo nas Águas,2,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,4,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,145,Betel Adulto,81,Betel Jovem,40,Bíblia,82,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,4,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,7,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,11,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,16,Casamento Misto,4,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,26,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,Céu,8,Céus,5,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,2,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,467,CPAD Adolescentes,56,CPAD Jovem,113,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,10,Cristão,28,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,4,Cruz,7,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,8,Culto da Virada de Ano Novo,3,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,1,Cultura,1,Cura,4,Curado,2,Curso,4,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,104,Deus é Amor,20,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,9,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,86,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,2,Diáconos,12,Diante do Trono,2,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,9,Dinheiro,7,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,10,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,14,Dons de Maravilhas,14,Dores,1,Doutrina,16,Doutrinas Fundamentais,27,Download,80,Download Livros e E-books,143,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,36,EBD,688,EBF,1,Eclesiastes,12,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,3,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,38,Escavação,1,Escola,33,Escola Bíblica Dominical,874,Escola Dominical,85,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,5,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,34,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,202,Estudos Bíblicos,495,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,15,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,49,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,10,Falta,1,familia,46,Família,46,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,21,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,2,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,1,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,2,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,19,Hermenêutica,3,Hernandes,1,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,39,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,51,Inferno,3,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,1,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,45,Jesus Cristo,52,Jesus de Nazaré,9,Jezabel,1,Jó,15,João,9,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,8,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,227,Jovens,179,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,22,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,2,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,8,Lições Bíblicas da BETEL,399,Lições Bíblicas da CPAD,580,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,28,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,37,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,10,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,2,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,9,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,5,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,105,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,1,Notícia gospel,67,Notícias Gospel,214,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,6,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,1,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,12,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,5,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,8,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,24,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,21,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,21,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,64,Pecado,37,Pecador Confesso,14,PECC,50,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,3,Perigos,1,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,2,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,28,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,12,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,5,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,14,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,1,Revelação,5,Revelado,1,Revista,92,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,3,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,14,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,17,Salvador,10,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,9,Santificação,11,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,6,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,2,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,2,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,5,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,6,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,2,Subsídio,90,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,5,Teologia,15,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,2,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,2,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,2,Ver Deus,1,Veracidade,1,Verdade,2,Verdadeira,4,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
    ltr
    item
    Pecador Confesso: Lição 09 - Uma Visão Biblica do Corpo | 3° Trimestre de 2023 | EBD ADULTOS
    Lição 09 - Uma Visão Biblica do Corpo | 3° Trimestre de 2023 | EBD ADULTOS
    https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgqoaFnwG2-U0bI35FQYWg0bGywecfaqgdJ5L40CK4vaHOEOKW2nD71ygBwpBW_upZJAWEUZg0Mvlurd-FQDkZMEIyRtoo3sbozVMbVScnGucnIXt0sMBXjHjCmDcrP1bN1Su7GuZeRFSyGB_cYkilV8Yib-WIBsDMnnW8YMh2ASon6oT4G4DMw7b3nLjBz/w640-h360/Lic%CC%A7a%CC%83o%2009-Subsi%CC%81dio-Adulto-3%20Trimestre-PDF-Slide.webp
    https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgqoaFnwG2-U0bI35FQYWg0bGywecfaqgdJ5L40CK4vaHOEOKW2nD71ygBwpBW_upZJAWEUZg0Mvlurd-FQDkZMEIyRtoo3sbozVMbVScnGucnIXt0sMBXjHjCmDcrP1bN1Su7GuZeRFSyGB_cYkilV8Yib-WIBsDMnnW8YMh2ASon6oT4G4DMw7b3nLjBz/s72-w640-c-h360/Lic%CC%A7a%CC%83o%2009-Subsi%CC%81dio-Adulto-3%20Trimestre-PDF-Slide.webp
    Pecador Confesso
    https://www.pecadorconfesso.com/2023/08/licao-09-uma-visao-biblica-do-corpo-3.html
    https://www.pecadorconfesso.com/
    https://www.pecadorconfesso.com/
    https://www.pecadorconfesso.com/2023/08/licao-09-uma-visao-biblica-do-corpo-3.html
    true
    4561833377599058991
    UTF-8
    Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy