Lição 03 - Hermenêutica bíblica | 3º TRIMESTRE 2023 | Central Gospel

TEXTO BÍBLICO BÁSICO - Atos 8.26-35 26 - E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te e vai para a banda do Sul, ao caminho que ...


TEXTO BÍBLICO BÁSICO - Atos 8.26-35
26 - E o anjo do Senhor falou a Filipe, dizendo: Levanta-te e vai para a banda do Sul, ao caminho que desce de Jerusalém para Gaza, que está deserto.
27 - E levantou-se e foi. E eis que um homem etíope, eunuco, mordomo-mor de Candace, rainha dos Etíopes, o qual era superintendente de todos os seus tesouros e tinha ido a Jerusalém para adoração,
28 - regressava e, assentado no seu carro, lia o profeta Isaías.
29 - E disse o ESPÍRITO a Filipe: Chega-te e ajunta-te a esse carro.
30 - E, correndo Filipe, ouviu que lia o profeta Isaías e disse: Entendes tu o que lês?
31 - E ele disse: Como poderei entender, se alguém me não ensinar? E rogou a Filipe que subisse e com ele se assentasse.
32 - E o lugar da Escritura que lia era este: Foi levado como a ovelha para o matadouro; e, como está mudo o cordeiro diante do que o tosquia, assim não abriu a sua boca.
33 - Na sua humilhação, foi tirado o seu julgamento; e quem contará a sua geração? Porque a sua vida é tirada da terra.
34 - E, respondendo o eunuco a Filipe, disse: Rogo-te, de quem diz isto o profeta? De si mesmo ou de algum outro?
35 - Então, Filipe, abrindo a boca e começando nesta Escritura, lhe anunciou a JESUS.

OBJETIVOS
Ao término do estudo bíblico, o aluno deverá ser capaz de: 
- Entender o significado e a função da hermenêutica bíblica;
- Perceber que a interpretação correta da Bíblia depende das ferramentas hermenêuticas;
- Dominar os princípios e as regras da hermenêutica.


--------------------------------------------------------------
📥 ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI

Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você. 
Ajude-nos 🙏. Não leva nem 30 segundos.

Basta clicar em qualquer ANÚNCIO e você estará colaborando para que esse blog continue trazendo conteúdo exclusivo e de edificação para a sua vida. Pode ser também uma oferta voluntária no pixpecadorconfesso@hotmail.com

--------------------------------------------------------------


ORIENTAÇÕES PEDAGÓGICAS
Prezado professor, segundo estudiosos, o termo “hermenêutica” surgiu de Hermes, entidade da mitologia grega, o mensageiro dos deuses olímpicos, que, acreditava-se, tinha a função de interpretar os deuses e os homens. Foi somente com o Código Napoleônico, surgido após a revolução francesa, que a hermenêutica se tornou realmente uma ciência e um meio legítimo de fundamentar o trabalho de sistematização da interpretação. O ESPÍRITO SANTO é o divino intérprete das Escrituras; no entanto, há o lado humano na busca do entendimento correto dos textos sagrados. Exceto pela operação do divino Consolador, a compreensão segura dos textos bíblicos não acontece por milagre, nem cai de paraquedas na cabeça das pessoas. Como disciplina, a hermenêutica exige um processo trabalhoso e complexo de interpretação, para que se traga à tona a clareza original da mensagem bíblica. Excelente aula!

TEXTO ÁUREO
Antes, santificai a CRISTO, como Senhor, em vosso coração; e estai sempre preparados para responder com mansidão e temor a qualquer que vos pedir a razão da esperança que há em vós.
1 Pedro 3.15

ESBOÇO DA LIÇÃO

1. A ABRANGÊNCIA DA HERMENÊUTICA
1.1. A relação entre hermenêutica e exegese bíblicas
1.2. O campo de atuação da hermenêutica bíblica 1.3. A necessidade da hermenêutica bíblica
1.4. O que a Bíblia não faz por si mesma

2. DEFINIÇÃO E FOCO
2.1. Leitores-intérpretes

3. A REVELAÇÃO DE DEUS NA HISTÓRIA
3.1. A inspiração das Escrituras 3.2. A atualidade das Escrituras 3.3. A compreensão das Escrituras 3.4. O auxílio eficaz

4. REGRAS E PRINCÍPIOS DA HERMENÊUTICA
4.1. A Bíblia interpreta a própria Bíblia
4.2. Não se deve interpretar o texto a partir de passagens isoladas 4.3. É preciso determinar o estilo do texto
4.4. O texto deve ser analisado de maneira imparcial
4.5. Apenas um sentido deve ser procurado no texto

Palavra introdutória
A palavra hermenêutica é oriunda do idioma grego e tem íntima relação com a ciência, a arte e a técnica de interpretar textos. No estudo das Escrituras, é ela quem define os princípios ou métodos para interpretação do significado dado por um autor específico em sua mensagem. A hermenêutica bíblica fornece ao leitor as informações necessárias para a compreensão das Escrituras. Isso inclui situações históricas, geográficas ou culturais específicas, que não se apresentam de forma explícita no texto, mas estão ali de forma implícita. Desse modo, pela pesquisa e pelo estudo, podem ser encontradas.

1. A ABRANGÊNCIA DA HERMENÊUTICA
A Bíblia é a Palavra de DEUS para a humanidade em qualquer momento da história; no entanto, ela foi, em primeiro lugar, a Palavra de DEUS para os seus destinatários originais. A hermenêutica tem como objetivo principal, ajudar na elucidação tanto do que o texto significava à época em que foi escrito, como o que ele pode significar hoje.

1.1. A relação entre hermenêutica e exegese bíblicas
No estudo da Bíblia, hermenêutica e exegese são conceitos que caminham juntos. Enquanto a exegese dedica-se ao estudo gramatical (ao sentido) das palavras nas línguas originais, a hermenêutica ocupa-se da interpretação dessas palavras (do significado do texto bíblico) para os dias atuais.

1.2. O campo de atuação da hermenêutica bíblica
Em termos gerais, a hermenêutica trabalha com a contextualização, isto é, com a comunicação do texto bíblico e sua aplicação às realidades da vida atual. Este fato é muito importante porque preserva a Bíblia de tornar-se antiquada e irrelevante e permite que ela continue sendo, infinitamente, o livro de todas as épocas e de todos os povos.

1.3. A necessidade da hermenêutica bíblica
Apesar de inspirada por DEUS, a Bíblia foi escrita em linguagem humana, dentro dos limites impostos por culturas igualmente temporais. Pela própria natureza da linguagem, as verdades absolutas das Escrituras correm no mesmo leito das linguagens e culturas — humanas — dos antigos hebreus e gregos. Assim, é absolutamente necessário o conhecimento de tais culturas — em seus usos, costumes e leis —, para que se chegue a uma adequada interpretação dos textos bíblicos.

1.4. O que a Bíblia não faz por si mesma
A Bíblia não ultrapassa — sozinha — barreiras culturais para comunicar seu significado. Ela necessita do princípio hermenêutico de interpretação — e da ação de pessoas — para fazer com que sua mensagem singre as águas do Cronos e alcance o ser humano em seu espaço-tempo cultural, indistintamente. As verdades do evangelho são simples, mas a tarefa de desvendar o significado original de textos específicos é uma ocupação humana revestida de complexidade e exige trabalho árduo.

2. DEFINIÇÃO E FOCO
É necessário focalizar a mensagem de um texto bíblico, à luz da situação histórica na qual foi gerada, para sua perfeita compreensão.

2.1. Leitores-intérpretes
Ao aproximar-se da Escritura, o leitor deve lembrar-se da máxima de Martinho Lutero, quando afirmou que todo leitor da Bíblia é, também, o seu intérprete. Assim, como um repórter moderno, algumas perguntas — dentre outras — precisam ser feitas (e respondidas):
- Quem escreveu o texto — nome, família, nacionalidade, ocupação, condição social)?
- Era um erudito ou uma pessoa do povo?
- A quem, inicialmente, a mensagem foi endereçada? - - Em que tempo histórico foi escrito — datas?
- A partir de qual localidade foi escrito — espaço geográfico?
- Em que contexto histórico, social, econômico, religioso foi escrito?
-Com que objetivo foi escrito — finalidade?
- Qual é a mensagem central do livro ou do texto?
- O que o autor queria dizer originalmente — significado?
- Qual é o gênero do livro em estudo — narrativa histórica, leis, poesia, parábolas?
- O sentido do texto é figurado ou literal?
As respostas a essas perguntas levarão o leitor à compreensão do fundo histórico-cultural do texto, o que facilitará, em muito, o seu entendimento, transposição, e aplicação da mensagem para os dias atuais.

SUBSÍDIO 2.1
De modo geral, a hermenêutica é entendida como a arte de interpretar os livros sagrados e os textos antigos. A regra básica da hermenêutica é quem está falando; para quem está falando; para que tempo está falando; e em que sentido está falando.

3. A REVELAÇÃO DE DEUS NA HISTÓRIA
Os manuais de Teologia Sistemática afirmam que a
Bíblia é a revelação de DEUS à humanidade. Ela fala do amor do Senhor pelo ser humano em estado de Queda (Jo 3.16; 1 Jo 4.9,10). Em face da limitação humana, a tarefa principal da hermenêutica é interpretar, da forma mais fidedigna possível, esta revelação.

3.1. A inspiração das Escrituras
A Bíblia é a Palavra de DEUS revelada à humanidade por Ele mesmo. Essa revelação deu-se pelo ato da inspiração. O Altíssimo inspirou homens de contextos de vida muito distintos, em épocas diferentes — abrangendo um período de, aproximadamente, 1.600 anos —, para revelar Sua mensagem aos seres feitos à Sua imagem e semelhança. Os textos produzidos por esses escritores humanos — inspirados por DEUS — expressam de forma fidedigna Sua plena vontade às gentes, independentemente de onde vivem, como vivem e em que época vivem. Essa é a premissa básica da hermenêutica bíblica (2 Tm 3.16,17; 2 Pe 1.21).

3.2. A atualidade das Escrituras
A Escritura é composta por dois Testamentos: o Antigo e o Novo. O primeiro foi escrito em hebraico; o segundo, no grego popular — koiné — falado à época. Seus textos mais antigos foram redigidos há cerca de quatro mil anos; no entanto, o valor da Palavra de DEUS está em seu poder de comunicar-se com o ser humano de qualquer cultura, povo ou época.

SUBSÍDIO 3.2
Apesar de ser uma literatura antiga, não há livro mais atual do que a Bíblia. O célebre pregador norte-americano, Billy Graham, afirmou: “Ela é mais atual do que o jornal que sairá amanhã”.

3.3. A compreensão das Escrituras
As Escrituras Sagradas — mesmo compondo um livro que pode ser entendido tanto por iletrados, como por pessoas cultas — são compostas por textos de difícil compreensão. Isso é um fato. Nos escritos de Paulo, por exemplo, Pedro reconheceu haver partes de difícil entendimento (2 Pe 3.16). Se um contemporâneo de Paulo não pôde apreender tudo o que o apóstolo escreveu, não causa estranheza o fato de termos dificuldades para assimilar determinados assuntos, mesmo tendo sempre — e necessariamente — o auxílio de várias fontes de consulta e, sobretudo, a ajuda do ESPÍRITO SANTO.

3.4. O auxílio eficaz
Em face das dificuldades naturais de compreensão, será preciso lançar mão de ferramentas específicas para uma adequada compreensão do texto bíblico.
A oração, o estudo contínuo e persistente, o contexto e a consulta a bons comentários bíblicos serão de grande ajuda. De igual modo, a hermenêutica e a exegese têm colaboração fundamental no processo de compreender-se aquilo que permanece, em certo sentido, encoberto. A hermenêutica permite- nos sair do nível mais superficial do entendimento para cavar mais fundo o terreno do real sentido do texto bíblico, e, assim, encontrar os mais profundos e verdadeiros tesouros da verdade divina.

4. REGRAS E PRINCÍPIOS DA HERMENÊUTICA
Como Palavra de DEUS, a Bíblia fala a todas as gerações, cada uma com suas características. A relação entre o significado da mensagem bíblica para os seus primeiros destinatários e para a geração presente resume a tarefa da hermenêutica em três níveis:

- exegético — no sentido geral, o que esta passagem realmente significa? - devocional — o que este texto realmente significa para mim?

- homilético — como compartilhar com outras pessoas o que esta mensagem significou e significa para mim?

Não basta recriar o significado original pretendido de determinada passagem. Será necessário também elucidar sua significação para os dias atuais. A conexão indispensável entre significado e significação traduz a razão de ser do trabalho hermenêutico. A mensagem das Escrituras Sagradas só terá real valor, se puder ser aplicada, em seu sentido prático, às necessidades e aspirações do ser humano que vive na presente época. 

O ESPÍRITO SANTO é o divino intérprete das Escrituras. É preciso estar de coração aberto à Sua iluminação e revelação. No entanto, sem extremismos, é necessário estar munido dos princípios e regras para interpretar o texto bíblico e, assim, sanar dúvidas e evitar erros. Nos tópicos subsequentes, constam alguns princípios de hermenêutica bíblica.

4.1. A Bíblia interpreta a própria Bíblia
A Bíblia deve ser interpretada à luz do seu próprio contexto. Este princípio é chamado de regra áurea da interpretação bíblica. Assim, uma passagem das Escrituras é analisada a partir do conjunto de passagens que a ela estão inseparavelmente ligadas.

4.2. Não se deve interpretar o texto a partir de passagens isoladas
O uso de passagens isoladas para compreensão do texto levará a erros de interpretação, falseamento da verdade e desvios doutrinários.

4.3. É preciso determinar o estilo do texto
Embora seja muito importante considerar, em primeiro lugar, o sentido literal do texto, há um número abundante de figuras de linguagem e simbolismos nas Escrituras. O próprio Senhor JESUS utilizou-se amplamente desses recursos em Seus ensinos: Se o teu olho te escandalizar, lança-o fora (Mc 9.47). Eis que vos envio como ovelhas ao meio de lobos (Mt 10.16).

4.4. O texto deve ser analisado de maneira imparcial
Em outras palavras, significa dizer que é preciso analisar o texto sem subjetivismos ou crenças pré-concebidas. O trabalho de interpretação deve ser feito de coração aberto e disposto a encontrar a verdade. Devem-se evitar as amarras denominacionais, o misticismo e as visões fantasiosas e carentes de solidez.

4.5. Apenas um sentido deve ser procurado no texto
As passagens bíblicas têm um único sentido; e este deve ser o alvo a ser encontrado. O trabalho de interpretação pode ser simplificado quando o estudante da Bíblia tem acesso a um número maior de versões bíblicas. Uma simples consulta a versões diferentes de uma mesma passagem pode levar à solução de grandes dificuldades.

CONCLUSÃO
Martinho Lutero foi um monge agostiniano, Considerado o profeta e personagem principal da Reforma Protestante. Ele declarou que toda pessoa justificada em CRISTO é também um intérprete das Escrituras. Esta afirmação constitui-se não apenas em uma devolução das Escrituras à igreja e a seus Membros, mas, também, traz sobre os ombros de cada pessoa nascida de novo o compromisso pela busca do real e verdadeiro sentido da mensagem bíblica.

ATIVIDADE PARA FIXAÇÃO
1. A hermenêutica tem relação com quais áreas do saber?
R.: A palavra hermenêutica é oriunda do idioma grego e tem íntima relação com a ciência, a arte e a técnica de interpretar textos.

Lição 3 - Hermenêutica bíblica
LPD no 70 - Central Gospel PILARES DA TEOLOGIA PRÁTICA. COMENTARISTA: GILMAR CHAVES

   LPD nº 70 - Central Gospel : PILARES DA TEOLOGIA PRÁTICA. 

Lições Da Palavra De Deus. Professor: Fundamentos da Liderança Cristã - Pilares da Teologia Prática - Pr. Gilmar Chaves


Você que ama a Palavra de Deus e deseja se aprofundar nos estudos Teológicos, não deixe de conferir essa super novidade.

São 13 lições para elevar o seu conhecimento sobre os Pilares da Teologia e o melhor de tudo, será usado como livro de apoio o Best-Seller “O Manual da Teologia Prática” que é uma ferramenta indispensável para compreender a Palavra de Deus.

Nesta revista vamos desbravar temas importantes que vão aprofundar ainda mais os estudo bíblicos.
CONFIRA OS TEMAS DESSA EDIÇÃO:

LIÇÃO 01 – O MINISTÉRIO PASTORAL
LIÇÃO 02 – O MINISTÉRIO DIACONAL
LIÇÃO 03 – HERMENÊUTICA BÍBLICA
LIÇÃO 04 – HOMILÉTICA
LIÇÃO 05 – EXEGESE BÍBLICA
LIÇÃO 06 – LIDERANÇA CRISTÃ
LIÇÃO 07 – DISCIPULADO CRISTÃO
LIÇÃO 08 – PLENITUDE FÍSICA, EMOCIONAL E ESPIRITUAL
LIÇÃO 09 – PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
LIÇÃO 10 – PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO
LIÇÃO 11 – AS ORDENANÇAS DA IGREJA
LIÇÃO 12 – OS MINISTÉRIOS DA IGREJA
LIÇÃO 13 – OS DONS ESPIRITUAIS E DE SERVIÇO



Gostou do site? 
Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site: Nos abençoe e incentive está obra que demanda tempo com uma oferta voluntária pelo PiX/TEL (15)99798-4063 ou (pix/email) pecadorconfesso@hotmail.com – Seja um parceiro desta obra. “(Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )”

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Clique aqui para Download das:

SUBSÍDIOS DAS Revista – 3º Trimestre De 2023 | CLIQUE E ACESSE |






DISCUPULAR+      


PECC ADULTO        

---------------------------------------------------------

Acesse nossos grupos, clique, entre e tenha mais conteúdo:

Muito conteúdo sem sobrecarregar seu celular.
Acesse mais Conteúdo pelo Telegram
Mais conteúdo pelo WhatsApp
Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe Com Uma Oferta Voluntária pelo

PIX/e-mail: pecadorconfesso@hotmail.com
ou PIX/Tel: (15)99798-4063 ou PicPay: @pecadorconfesso

Seja um parceiro desta obra.
Clique também nas propagandas. Cada clique ajudará bastante.
“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. (Lucas 6:38)

---------------------------------------------------------


Como é que o processo de tradução se encaixa com a inspiração, inerrância e infalibilidade da Bíblia?

Esta pergunta lida com três questões muito importantes: inspiração, preservação e tradução.

A doutrina da inspiração da Bíblia ensina que a Escritura é "inspirada por Deus", isto é, que Deus pessoalmente supervisionou o seu processo de escrita, guiando os autores humanos de tal forma que a Sua mensagem completa 2 fosse gravada para nós. A Bíblia é verdadeiramente a Palavra de Deus. Durante o processo de escrita, os autores puderam expressar a sua personalidade e estilo; no entanto, Deus os dirigiu de tal forma que os 66 livros que produziram estavam isentos de erros e eram exatamente o que Deus queria que tivéssemos. Veja 2 Timóteo 3.16 e 2 Pedro 1.21.

Claro que quando falamos de "inspiração", estamos nos referindo apenas ao processo pelo qual os documentos originais foram escritos. Depois disso, a doutrina da preservação da Bíblia assume o controle. Se Deus fez tudo o que fez para nos dar a Sua Palavra, então certamente Ele também iria tomar medidas para preservá-la inalterada. O que vemos na história é que Deus fez exatamente isso.

As escrituras hebraicas do Antigo Testamento foram meticulosamente copiadas por escribas judeus. Grupos como os soferins, zugoth, tannains e massoretas tinham uma profunda reverência pelos textos que copiavam. Sua reverência era reforçada por regras rígidas pertencentes ao seu trabalho: o tipo de pergaminho usado, o tamanho das colunas, o tipo de tinta e o espaçamento das palavras – tudo isso era previamente prescrito. Escrever qualquer coisa de cabeça era expressamente proibido, e as linhas, palavras e até mesmo as letras individuais eram metodicamente contadas como um meio de precisão de duplo controle. O resultado de tudo isso foi que as palavras escritas pela pena de Isaías ainda estão disponíveis hoje. A descoberta dos pergaminhos do Mar Morto confirma claramente a precisão do texto hebraico.

O mesmo é verdadeiro para o texto grego do Novo Testamento. Milhares de textos gregos, alguns que datam de cerca de 117 d.C., estão disponíveis. As ligeiras variações entre os textos – nenhuma das quais afeta um artigo de fé - são facilmente conciliados. Estudiosos concluíram que o Novo Testamento que temos hoje é praticamente o mesmo que os escritos originais. O estudioso textual Sir Frederic Kenyon disse sobre a Bíblia: "É praticamente certo que a verdadeira leitura de cada passagem duvidosa tem sido preservada. . .

Isso não pode ser dito de qualquer outro livro da antiguidade". 3 Isso nos leva à tradução da Bíblia. De certa forma, a tradução é um processo de interpretação. Ao traduzir de uma língua para outra, certas escolhas devem ser feitas. Deve-se usar a palavra mais exata, mesmo se o seu significado não for claro ao leitor moderno? Ou deve-se usar o pensamento correspondente, à custa de uma leitura mais literal?

Como exemplo, em Colossenses 3.12, algumas traduções se referem a "ternos afetos de misericórdia." Outros tradutores escolheram termos não[1]literais: "coração compassivo" (o "coração" sendo o que o leitor de hoje pensa como a sede das emoções), "profunda compaixão" ou simplesmente "misericórdia".

Como vimos acima, algumas traduções são mais literais do que outras, mas todas certamente fazem justiça ao versículo. O significado central do comando em Colossenses 3:12 é ter sentimentos de compaixão.

A maioria das traduções da Bíblia são feitas por um comitê. Isso ajuda a garantir que nenhuma parcialidade ou teologia individual vai afetar as decisões de escolha de palavras, etc. Ter uma boa e honesta tradução da Bíblia é importante. Uma boa equipe de tradução se comprometerá ao estudo sério e vai deixar que a Bíblia fale por si.
Como regra geral, as traduções mais literais têm menos trabalho "interpretativo". As traduções "mais livres" por necessidade fazem mais "interpretação" do texto, mas são geralmente mais legíveis. Há também paráfrases que não são realmente traduções, mas um reconto da Bíblia.]

Então, com tudo isso em vista, são as traduções bíblicas inspiradas e inerrantes? A resposta é não, elas não são. Deus em nenhum lugar estende a promessa de inspiração às traduções de Sua Palavra. Embora muitas das traduções disponíveis hoje sejam excelentes em termos de qualidade, elas não são inspiradas por Deus e não são perfeitas. Será que isso significa que não podemos confiar na tradução? Novamente, a resposta é não. Através do estudo cuidadoso das Escrituras, com a orientação do Espírito Santo, podemos corretamente entender, interpretar e aplicá-las. Mais uma vez, devido aos esforços fiéis de tradutores cristãos dedicados (e, claro, à supervisão do Espírito Santo), as traduções disponíveis hoje são excelentes e confiáveis. O
fato de que não podemos atribuir infalibilidade a uma tradução deve motivar[1]nos ao estudo mais dedicado das Escrituras e a ficar mais longe de uma devoção cega a qualquer tradução em particular.
Fonte de busca: https://www.gotquestions.org/Portugues -

A necessidade da hermenêutica para a correta interpretação bíblica é de fundamental importância para sua compreensão de forma precisa. É o processo de interpretar textos bíblicos, e é importante para entender a mensagem original do autor. A hermenêutica bíblica é um campo vital para aqueles que desejam entender e aplicar a Palavra de Deus à sua vida.
Teólogos como Robert Stein e D. A. Carson, destacam a importância da hermenêutica bíblica, afirmando ser necessária para entender os textos bíblicos dentro do contexto histórico, literário e teológico. Ao mesmo tempo, ressaltam a importância de seguir princípios hermenêuticos bíblicos. E aqui podemos destacar a busca pela intenção original do autor e o uso de comparação com outros textos bíblicos.

O Que é Hermenêutica Bíblica
A hermenêutica bíblica é um processo crucial para aqueles que desejam entender e aplicar a Palavra de Deus à sua vida, por conseguinte, é o processo de interpretar os textos bíblicos, levando em conta os contextos histórico, literário e cultural. Ao mesmo tempo leva em conta a continuidade da Revelação Divina e a continuidade da história da salvação.
De acordo com o teólogo evangélico Gordon Fee, a hermenêutica bíblica é a ciência da interpretação da Bíblia. Ele afirma que a necessidade da hermenêutica deve estar presente, pois é crucial para entender sua mensagem original. Por isso, a importância de seguir princípios hermenêuticos precisos.
Dentre esses princípios temos a busca pela intenção original do autor, e o uso de comparação com outros textos bíblicos, para chegar a uma compreensão precisa da Bíblia.
Além disso, a hermenêutica também é destacada pela sua importância para aplicar a Palavra de Deus à vida diária, permitindo que os cristãos entendam e
sigam o que Deus está falando a eles através da Bíblia.

Exemplos de Análises Hermenêuticas
É importante analisarmos os textos bíblicos sempre a partir de uma visão hermenêutica, ou seja, utilizando princípios de interpretação eficazes e eficientes. Desse modo, garantimos que o resultado seja a exata intenção da mensagem transmitida pelo autor, afastando-nos de interpretações que pode gerar heresias e prejuízos espirituais aos ouvintes.
Só para exemplificar, cito alguns textos conhecidos, mas que muitos ainda não sabem como interpretá-los corretamente, exatamente pela necessidade da hermenêutica bíblica e de um conhecimento mais aprofundado dos seus princípios.

Mateus 13 – A Parábola do Semeador
A parábola do semeador (Mateus 13:1-9) deve incluir uma discussão sobre o significado da semente e do solo, bem como a mensagem geral da parábola sobre a disseminação do Evangelho.

John MacArthur, argumentam que a parábola ilustra como a Palavra de Deus pode cair em diferentes tipos de solo, representando diferentes tipos de corações, e como somente aqueles cujos corações são preparados pela graça de Deus irão produzir frutos. Salmos 23 – O Bom Pastor

O Salmo 23 inclui uma discussão sobre a imagem do Senhor como pastor e as implicações dessa imagem para a vida cristã.
Charles Spurgeon, argumentam que o salmo revela a verdadeira natureza de Deus como um pastor amoroso que cuida de seu rebanho e os guia pelas águas tranquilas. Eles argumentam que isso fornece consolo e esperança para os cristãos em momentos de dificuldade.

Romanos 12 – A Transformação Espiritual
A carta aos Romanos (Romanos 12:1-2) inclui uma discussão sobre a natureza da transformação espiritual e como essa transformação se relaciona com a oferta do corpo como sacrifício vivo e santo.
Matthew Henry, argumenta que esses versículos nos chamam para uma vida de consagração a Deus, renunciando ao nosso próprio egoísmo e buscando fazer a vontade de Deus.

Apocalipse 1 – A Simbologia
O livro de Apocalipse (Apocalipse 1) inclui uma discussão sobre o significado dos símbolos e imagens utilizadas no livro, bem como a mensagem geral sobre o retorno de Cristo e o fim dos tempos.
Comentaristas evangélicos, como David Guzik, argumentam que o livro de Apocalipse é uma visão profética do futuro, mostrando a vitória final de Cristo
e a derrota do mal. Eles argumentam que isso fornece uma mensagem de esperança e consolo para os cristãos em um mundo caído.

Mateus 5 – O Sermão da Montanha
O Sermão da Montanha (Mateus 5-7) pode incluir uma discussão sobre o significado das bem[1]aventuranças e as implicações dessas bem- aventuranças para a vida cristã.

Ferramentas para uma Análise Hermenêutica Equilibrada

Desta forma, para uma boa hermenêutica bíblica, é importante ter conhecimento das línguas originais da Bíblia (hebraico, aramaico e grego), bem como entender o contexto histórico, literário e cultural dos textos. Além disso, é essencial ter uma boa compreensão da teologia e da história da salvação, para entender como os textos se relacionam com a Revelação Divina.

Sendo assim, conhecimentos de gramática, sintaxe e estilística também são importantes para entender o significado preciso das palavras e frases. Do mesmo modo, um conhecimento sólido das doutrinas bíblicas e a capacidade de identificar as principais idéias de um texto são necessárias para uma boa hermenêutica.

Você já utiliza algumas destas ferramentas?

Com a finalidade de apresentar algumas ferramentas e recursos disponíveis para ajudar na análise hermenêutica da Bíblia Sagrada, incluo algumas delas aqui abaixo:

1. Dicionários bíblicos: Estes recursos fornecem definições e explicações de palavras e expressões utilizadas na Bíblia, bem como informações sobre contexto histórico e cultural.

2. Comentários bíblicos: Estes recursos fornecem comentários e explicações de passagens específicas da Bíblia. Eles podem incluir comentários de teólogos e estudiosos renomados.

3. Concordâncias bíblicas: Estes recursos permitem pesquisar palavras específicas na Bíblia e encontrar todos os lugares onde elas aparecem.

4. Estudos de contexto cultural: Estes recursos fornecem informações sobre a cultura e a sociedade da época em que a Bíblia foi escrita. Eles podem ajudar a entender as implicações de certas passagens.

5. Estudos de gênero literário: Estes recursos examinam a forma como a Bíblia foi escrita, incluindo gêneros literários como poesia, parábolas, histórias e cartas.
6. Bíblias de estudos: Estas edições da Bíblia incluem notas explicativas, comentários e mapas para ajudar na compreensão das passagens.

7. Aplicativos e softwares bíblicos: Existem aplicativos e softwares que podem ser baixados no celular ou computador, que oferecem recursos como traduções, comentários, estudos de contexto cultural, entre outros. Inegavelmente, essas são algumas das ferramentas e recursos disponíveis para ajudar na análise hermenêutica da Bíblia Sagrada. E, certamente, é bom lembrar que esses recursos são apenas ferramentas e devem ser usados junto com a busca pessoal da Palavra de Deus e da orientação do Espírito Santo.

A necessidade da hermenêutica para evitar os prejuízos espirituais
Portanto, sem uma boa hermenêutica, a interpretação de um texto bíblico pode ser distorcida ou equivocada. O resultado é a uma compreensão incorreta da mensagem bíblica para justificar opiniões pessoais ou ideologias, em vez de buscar a verdadeira intenção da Escritura. Como consequência, teremos uma aplicação inadequada à vida cristã.

Isso pode resultar em ensinamentos errôneos, práticas espirituais equivocadas e uma falta de crescimento espiritual. Por isso, são fundamentais as ferramentas hermenêuticas adequadas para garantir que a compreensão dos textos bíblicos seja precisa e fiel à intenção original dos autores.
__________________________________________________________

A hermenêutica bíblica é o estudo dos princípios e métodos de interpretação do texto bíblico. Segundo Timóteo 2:15 comanda os crentes a se envolverem na hermenêutica: "Procura apresentar-te a Deus aprovado, como obreiro que não tem de que se envergonhar, que maneja bem a palavra da verdade." O propósito da hermenêutica bíblica é nos ajudar a saber como interpretar, entender e aplicar a Bíblia corretamente.

A lei mais importante da hermenêutica bíblica é que a Bíblia deve ser interpretada literalmente. Devemos entender a Bíblia em seu significado normal ou simples, a menos que a passagem obviamente tenha a intenção de ser simbólica ou se figuras de linguagem estiverem sendo empregadas. A Bíblia diz o que quer dizer e quer dizer o que diz. Por exemplo, quando Jesus fala de ter alimentado "os cinco mil" em Marcos 8:19, a lei da hermenêutica diz que devemos entender cinco mil literalmente - havia uma multidão de cinco mil pessoas esfomeadas e que foram alimentadas com verdadeiros pães e peixes por um Salvador milagroso. Qualquer tentativa de "espiritualizar" o número ou negar um milagre literal é fazer injustiça ao texto e ignorar o propósito da linguagem, que é comunicar. Alguns intérpretes cometem o erro de tentar buscar nas entrelinhas das Escrituras significados esotéricos que não estão realmente no texto, como se cada passagem tivesse uma verdade espiritual oculta que devemos tentar decifrar. A hermenêutica bíblica nos mantém fiéis ao significado intencionado das Escrituras e longe de alegorizar versículos bíblicos que devem ser interpretados literalmente.

A segunda lei fundamental da hermenêutica bíblica é que passagens devem ser interpretadas historicamente, gramaticalmente e contextualmente. Interpretar uma passagem historicamente significa que devemos procurar compreender a cultura, pano de fundo e a situação que deu origem ao texto. Por exemplo, a fim de compreender plenamente a fuga de Jonas em Jonas 1:1- 3, devemos pesquisar como a história dos assírios se relaciona com a de Israel. Interpretar uma passagem gramaticalmente requer que sigamos as regras gramaticais e reconheçamos as nuances do hebraico e grego. Por exemplo, quando Paulo escreve sobre "nosso grande Deus e Salvador, Jesus Cristo" em Colossenses 1:13, as regras gramaticais afirmam que Deus e Salvador são termos paralelos e ambos estão em aposição a Jesus Cristo - em outras palavras, Paulo claramente chama Jesus de "nosso grande Deus." Interpretar uma passagem contextualmente envolve considerar o contexto de um versículo ou passagem ao tentar determinar o seu significado. 

O contexto inclui os versículos imediatamente anteriores e posteriores ao capítulo ou livro e, mais amplamente, toda a Bíblia. Por exemplo, muitas declarações enigmáticas em Eclesiastes tornam-se mais claras quando mantidas em contexto -- o livro de Eclesiastes é escrito a partir da perspectiva terrena "debaixo do sol" (Eclesiastes 1:3). Na verdade, a frase debaixo do sol é repetida cerca de trinta vezes no livro, estabelecendo o contexto para tudo o que é "vaidade" neste mundo.

A terceira lei da hermenêutica bíblica é que a Escritura é sempre a melhor intérprete da Escritura. Por esta razão, sempre devemos comparar Escritura com Escritura ao tentarmos determinar o significado de uma passagem. Por exemplo, Isaías condena o desejo de Judá de buscar ajuda do Egito. É importante saber que a sua dependência em uma cavalaria forte (Isaías 31:1) era motivada, em parte, pela proibição explícita de Deus de que Seu povo não deveria ir ao Egito para buscar cavalos (Deuteronômio 17:16).

Algumas pessoas evitam estudar a hermenêutica bíblica por acreditarem erroneamente que isso limitaria a sua capacidade de aprender novas verdades da Palavra de Deus ou sufocaria a iluminação das Escrituras por parte do Espírito Santo. Entretanto, os seus receios são infundados. A hermenêutica bíblica trata-se de encontrar a correta interpretação do texto inspirado. O propósito da hermenêutica bíblica é nos proteger da má aplicação da Escritura ou de que qualquer outra concepção influencie a nossa compreensão da verdade. A Palavra de Deus é a verdade (João 17:17). Queremos ver a verdade, conhecer a verdade e viver a verdade da melhor forma possível, e é por isso que a hermenêutica bíblica é vital.
Extraído de: https://www.gotquestions.org/Portugues/
FONTE: TESOURO fabricaebd.


A Hermenêutica é a ciência tanto bíblica quanto secular, que se ocupa dos métodos e técnicas da interpretação. E, basicamente, o estudo da compreensão de textos. A Hermenêutica tem sido considerada por muitos estudantes sérios da Bíblia uma ciência tanto necessária quanto hermética. Uns conferem às regras uma autonomia, e chegam a separar o texto e o contexto do pensamento do seu autor, como se o texto tivesse vida independente de quem o produziu. Por outro lado, há quem não creia na existência de qualquer regra válida de interpretação, ou que “interpretação boa é aquela que o Espírito revela no púlpito”; “a letra mata, mas o Espírito vivifica”, dizem eles. Acreditamos que o Espírito Santo é o agente funcional de toda interpretação bíblica genuína. Entretanto, não aceitamos o argumento de que se o Espírito revela o que está no texto, não é necessária uma metodologia para a interpretação e compreensão das Escrituras. Esta obra não valoriza qualquer um dos dois segmentos. 

Ao contrário, critica-os. Devo frisar, entretanto, que esta obra é resultado de minha experiência como professor de Hermenêutica na Faculdade Teológica Refidim, Escola Preparatória de Obreiros Siloé e nos diversos cursos e seminários promovidos pela Missão de Edificação Cristã (MECRI). Consequentemente, pretende ser mais prático do que teórico. Para isto, adotamos o moderno método de ensino integrado. Ao mesmo tempo em que procuramos adaptarmo-nos às condições do moderno conhecimento sobre a hermenêutica, colocamos ao alcance dos alunos blocos organizados de conceitos e afirmativas, capazes de mostrar a unidade do estudo teológico e secular, e a unidade do conhecimento interpretativo na multiplicidade de suas abordagens. 

Para que essa metodologia cumpra o fim pretendido, o currículo adotado não espera o encerramento de um bloco de assuntos para somente iniciar outro; ao contrário, integra-os na medida em que se faz necessário para a compreensão multifocal do tema tratado. Na prática, usa a linha traçada pela natureza própria do texto considerado. 

O que define o método empregado não é diretamente a técnica para dentro do texto, mas o texto sugerindo as principais vias interpretativas. Com isto prevalece a visão cosmogônica, centrada na direção que o texto concebe, sobre a visão microscópica centrada na técnica externa do intérprete. O texto conduz a técnica ou método a ser empregado, em vez de o intérprete conduzir o texto por meio de sua perícia. O uso deste método em sala de aula, para o primeiro ano do curso teológico propiciou novo dinamismo e interesse por parte dos estudantes. Ja que em sala de aula há mais versatilidade e muitas outras técnicas didáticas envolvidas no ensino-aprendizagem do que no “autonomismo” que adquire o aluno autodidata através de um livro texto, esperamos que esta obra, se não atingir 12
Introdução os modestos objetivos delineados, ao menos desperte no leitor o interesse e comprometimento pela interpretação séria das Escrituras. Este livro não pretende substituir qualquer outro manual de hermenêutica cristã, senão, remetê-los. Este manual foi elaborado a partir de um contexto específico em nosso seminário. Inicialmente definimos o termo teologia e seus principais conceitos e ramos. Esta forma heterodoxa de iniciar uma obra de hermenêutica prende-se às circunstâncias que geraram a obra — muitos alunos em nossas aulas não conheciam os fundamentos básicos da teologia, sua história, ênfase e divisões. Portanto, caso esta obra seja usada na preparação formal, sem que o contexto acadêmico exija a explicitação introdutória, é só remeter-se para o capítulo seguinte. O assunto de inspiração e revelação não se objetiva a discorrer sobre as teorias a respeito do tema, mas apenas recapitular aquilo que o aluno já conhece. Na hermenêutica material nossa intenção é propiciar ao estudante obras de referência acadêmica, dicionários, enciclopédias e obras de hermenêutica bíblica e filosófica. Consideramos um pouco extensas essas referências bibliográficas, mas em nossa experiência, constatamos que muitos alunos não realizam um sério trabalho exegético por não saber usar fontes apropriadas. O método mostrou-se útil em sala de aula. Ao tratarmos das escolas tendenciosas de interpretação, estamos cônscios de que deveríamos incluir outras correntes; porém, a análise apenas da alegórica e literal justifica-se pelo fato de serem as mais usadas em nossas comunidades. No capítulo de hermenêutica contextual procuramos fornecer ao estudante bases contextuais para uma interpretação séria da Bíblia, tratando dos principais tipos de contextos e de suas regras principais. 

Os hebraísmos são tratados nesta obra por serem necessários ao conhecimento de todos aqueles que lidam com a exegese do texto bíblico. Na poética hebraica procuramos destacar os aspectos estruturais da poesia e as formas básicas de interpretação dos livros poéticos. Na sequência, ao tratar-se das figuras de linguagem, consideramos apenas as mais comuns. A guisa de epílogo, precisamos ressaltar que não tratamos sobre os aspectos teóricos da hermenêutica. A razão disto é que no currículo de nossa faculdade teológica temos a disciplina Hermenêutica Filosófica, onde consideramos os aspectos teóricos da hermenêutica. A transliteração dos termos hebraicos, sempre que possível, segue a do Dicionário Internacional de Teologia do Antigo Testamento. Os léxicos gregos usados foram o de Bauer e de Gingrich; a transliteração das palavras segue o da Gramática Coinê, de Francisco L. Schalkwijk, e a pronúncia é a erasmiana. Que o divino Espírito, em sua santa providência, dirija seu coração e mente no aprendizado da Palavra de Deus. Minha oração é que você seja ricamente abençoado através deste manual.
Esdras Costa Bentho

“O que é hermenêutica bíblica?”
É uma disciplina da Teologia que nos permite conhecer as regras para interpretar e aplicar as Escrituras corretamente. A hermenêutica tem como objetivo estabelecer regras gerais de interpretação, a fim de que tenhamos uma interpretação correta do texto bíblico. Diga que nós pentecostais também fazemos uso dessa ciência. Não interpretamos e aplicamos os textos bíblicos baseados apenas em emocionalismo e experiências pessoais como alguns fazem questão de afirmar alguns. O Movimento Pentecostal preza pela interpretação e aplicação correta dos textos bíblicos.
Existem vários métodos de interpretação das Sagradas Escrituras, porém não podemos nos esquecer de que precisamos compreender o texto sagrado corretamente e praticá-lo (Tg 1.22). Muitos veem o livro de Atos, e algumas partes da Bíblia, apenas como uma narrativa histórica com acontecimentos que fizeram parte somente de uma época da história da Igreja, como por exemplo, o batismo com o Espírito Santo. A falta de conhecimento leva as pessoas a rejeitarem e a falarem mal daquilo que não conhecem com profundidade. Que a aula de hoje venha contribuir para que seus alunos tenham uma visão correta a respeito do livro de Atos e da forma como o interpretamos. Pois, o Espírito Santo não é um mito, uma força, um vento. Ele é a Terceira Pessoa da Trindade que foi enviado a este mundo com uma missão específica: convencer o homem do pecado, da justiça, do juízo e edificar os crentes e a Igreja do Senhor mediante a concessão de dons espirituais.
Um dos maiores desafios dos grupos cristãos evangélicos tem sido a leitura da Bíblia e a sua correta interpretação. A forma como vão expor seus ensinos e principalmente aplicá-los, depende da maneira como leem e interpretam as Sagradas Escrituras. Por isso, há regras que norteiam a interpretação da Bíblia, dirigindo o leitor não apenas ao perfeito entendimento do texto bíblico, mas acima de tudo, motivando-o à aplicação correta. Se lermos o texto sagrado e o interpretamos de maneira imprópria, a aplicação também será imprópria. E de que forma os pentecostais leem a Palavra de Deus? Sua
interpretação acerca dos textos de Atos, sobre a vinda do Espírito Santo e o falar em línguas, é correta? Será que os dons espirituais seriam para os nossos dias? As respostas a essas perguntas passam pelo processo de leitura e interpretação corretas da Palavra de Deus.
I. POR QUE LER E INTERPRETAR A BÍBLIA CORRETAMENTE

1. Ler corretamente para entender corretamente. Um dos segredos para uma vida cristã sadia é o correto entendimento do texto sagrado. Se pensarmos que a Bíblia foi produzida em um contexto diferente do nosso, devemos então acatar princípios que nos ajudem a entendê-la. Para isso, a Teologia elaborou um método que direciona de forma acertada como um cristão deve ler a Bíblia. E por qual motivo isso foi feito? Para que todo cristão, em sua leitura, leve em conta os princípios que lhe permitirão aplicar a leitura bíblica às suas vidas. O desafio de ser um praticante da Palavra de Deus passa, portanto, pela interpretação correta. Não temos dúvida de que certos textos têm uma aplicabilidade imediata, pois não necessita de muitas explicações para a sua compreensão, já que a mensagem traz elementos que são conhecidos de praticamente todas as pessoas, como por exemplo, os Dez Mandamentos: “Não adulterarás”; “Não furtarás”; “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo” (Êx 20.14-16). Outros textos, como o que se refere a Melquisedeque em comparação ao Senhor Jesus, “rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz; sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida” (Hb 72.3), precisam de uma explicação, pois corremos o risco de entendermos que Melquisedeque surgiu do nada, que não teve pai ou mãe. Na verdade, a genealogia de Melquisedeque não é apresentada no texto sagrado, mas ele, como qualquer ser humano, tinha pai e mãe.
O entendimento correto de um texto passa pela sua leitura correta. Tais princípios não têm por objetivo cercear a leitura da Palavra de Deus, e sim fazer com que essa leitura se enquadre dentro do objetivo que o escritor tinha quando foi inspirado a materializar a revelação de Deus de forma escrita.

2. Ler corretamente para ensinar e aplicar. Um dos propósitos da leitura correta das Escrituras é o ensino correto dela. Se uma leitura e interpretação do texto sacro forem dirigidas por premissas equivocadas, tais premissas acarretarão um ensino equivocado da Palavra de Deus. Por sua vez, um ensino equivocado traz práticas equivocadas e danosas para a Igreja de Cristo. Não é à toa que, ao longo do texto sagrado, Deus se encarrega de usar seus servos para que exortem o seu povo a que pratiquem obras corretas e vivam uma existência que, efetivamente, agrada a Deus. Cremos que quando Deus inspirou os escritores a redigirem o texto sagrado, Ele o fez para que a sua vontade fosse praticada (2Tm 3.16,17).

3. O respeito para com o texto sagrado. Deus, ao inspirar seus servos a que escrevessem sua Palavra, o fez em um contexto diferente do nosso. A Bíblia não foi escrita em nenhuma versão em português do século XXI, no Brasil. Foi escrita em pelo menos três línguas diferentes: o hebraico, o grego e algumas porções em aramaico. Homens em posições sociais diferentes, lugares
diferentes e em tempos diferentes compuseram o texto que temos hoje em mãos, e para que haja uma correta interpretação desses textos é preciso que respeitemos essas observações. O cristão cuidadoso vai ler o texto sagrado estudando o contexto em que a Escritura foi produzida.

II. COMO O PENTECOSTAL LÊ A BÍBLIA

1. Privilegiando o texto primeiramente na sua literalidade. Crentes pentecostais valorizam a literalidade do texto. Se Jesus disse que em seu nome expulsaríamos demônios, pentecostais não discutem se é possível ou não a libertação de pessoas possessas por espíritos imundos em nossos dias. Simplesmente oram e, crendo nas palavras de Jesus, expulsam demônios. Se Jesus disse que em seu nome seus discípulos falariam em novas línguas, pentecostais entendem que tal evento seria cumprido por Deus (Mc 16.14-20).
É evidente que pentecostais não atribuem literalidade a um texto que não deve ser entendido literalmente. Há textos cujo sentido é figurado, como no caso em que Jesus disse que Ele era a porta, o caminho, o pão do céu. Entendemos que o Senhor se valeu de elementos conhecidos do seu tempo para comunicar verdades por meio de comparações, e que esses elementos não são sempre literais.
O que não se pode é acreditar que. no processo de interpretação da Bíblia, podemos mudar as regras conforme a nossa conveniência.

2. Respeitando o contexto histórico e os gêneros literários. A Palavra de Deus teve sua escrita encerrada há pouco menos de dois mil anos. Portanto, há um hiato de tempo entre nós e os acontecimentos descritos na Bíblia que deve ser observado na leitura e interpretação do texto, pois não se pode esquecer que o tempo, os costumes, a forma como viviam os homens e mulheres daquela época eram diferentes dos nossos. Na Bíblia há textos históricos que registram acontecimentos dentro e fora de Israel, para que fossem conhecidos pelas gerações seguintes (Dt 6.20,21). Há, na Bíblia, poesia descrita com sensibilidade por pessoas que registraram suas emoções com alegria, tristeza, desapontamento e contentamento, mas também confiança em Deus (Sl 42.10,11). Há textos proféticos nos quais Deus usa seus servos para declarar o que ocorrerá no futuro e advertir seu próprio povo a que viva uma vida justa o honre ao Senhor com uma adoração genuína e respeite seus irmãos (Mq 6.8). A Bíblia traz cartas dos apóstolos a pessoas e a igrejas, tendo em vista que os leitores, que agora professavam uma nova fé, precisavam ser instruídos sobre como poderiam viver neste mundo. Esses detalhes precisam ser respeitados no momento da leitura da Bíblia, ou faremos interpretações equivocadas da revelação divina.

3. Entendendo que a Bíblia é a Palavra de Deus. Crentes pentecostais consideram a Bíblia como a Palavra de Deus. Isso implica reconhecer igualmente que a chamada revelação escriturística se completou com o encerramento do Cânon, e que qualquer outra revelação trazida por meio intelectual ou por dons espirituais precisa se curvar à revelação inspirada por Deus em sua Palavra. Cremos que Deus, para a edificação da Igreja, concede dons espirituais que podem trazer, eventualmente, novas diretrizes a grupos ou pessoas, mas nenhuma revelação trazida em nossos dias, seja por profecia, seja pela palavra do conhecimento, pode ser entendida como sendo da parte de Deus se estiver contrária ao que o Senhor já declarou em sua Palavra.
___________________________________________________
Princípios básicos de Interpretação
Partindo do princípio da criação, desde o ministério de Moisés, o qual foi o primeiro grande autor dos livros que vieram a compor a Bíblia como hoje a conhecemos, entendemos que, Deus se deu a conhecer e, a Ele aprouve revelar-se aos homens de forma inteligível.
Em Sua sempiterna sabedoria com o mesmo Espírito com o qual soprou seu conhecimento aos homens por meio dos profetas, também deu ordens para que estas palavras viessem a se perpetuar na forma escrita. Quando o fiel leitor se dirige aos livros de Deus, se vê envolvido na nobre tarefa de interpretá-los para seu próprio crescimento, e, certamente, se a Deus aprouve o ato de se revelar, não foi ou é Sua intenção a de se ocultar por detrás de um conhecimento inalcançável ou elitizado como o queriam os gnósticos no passado e sacerdotes de variadas religiões atuais.
Em sua essência, o homem é um ser culturado, limitado ao tempo e espaço, e, consequentemente se inserido em uma história e pano de fundo que, de certa forma, o influencia continuamente.
Vemos, portanto que quando Deus se revelou aos homens, uniu em uma única dimensão o divino e o humano, o eterno e o passageiro, o inabalável e o destrutível. De Seu lado, os princípios de Deus são eternos, imutáveis e de aplicação plena em todas as eras, terras e culturas, porém, no ato da revelação, Ele utilizou homens inseridos em culturas específicas, e, O fez de forma a ser compreendido, pois do contrário seria um contrassenso ou no mínimo, um despropósito.
No decurso da Bíblia, veremos Deus tratando de situações específicas, com pessoas específicas, mas, refletindo claramente os traços de Seu caráter, propósitos, poder, enfim, características estas que lhe são inatas e imutáveis.
Como veremos, o protagonista de toda a Bíblia é o próprio Deus, sendo ela Sua autobiografia, e os homens Seus coadjuvantes deste grande teatro da vida real. A diferença, porém é que o próprio Deus se expôs ao juízo humano permitindo que este mesmo a escrevesse de forma que a tornasse inegável, pois sua participação foi ativa.
Aos homens, pois, coube a tarefa de receber os ensinamentos divinos, aplicando-os às suas vidas e ajudando os seus semelhantes a fazerem o mesmo, sendo, com isso, o primeiro beneficiário desta atitude.
Cabe ressaltar que, sendo Deus o “Construtor legítimo da vida”, Ele, mais do que ninguém, sabe o que deve ser feito para o bom desempenho da Sua criação, e, nos fornece através da Bíblia o verdadeiro “Manual do Fabricante” no que diz respeito à “ser” gente como se deve ser na plenitude do Seu propósito inicial desde a formação da humanidade.
Este manual, sendo Palavra de Deus, tem relevância eterna falando para todas as eras e em todas as culturas, mas, como o caminho para isto foram as palavras humanas, esta se encontra condicionada a particularidades históricas de sua revelação como: linguagem, época, eventos, tradições e, em alguns casos a história oral que precedeu a escrita.
(Por Júlio C Brasileiro)

Como os Pentecostais interpretam a Bíblia EXEGESE X EISEGESE

1. Etimologia de “exegese”. O vocábulo “exegese” significa “exposição, explicação”. O sentido de exegese é extrair, conduzir para fora como um comentário crítico que analisa o texto no contexto original e o seu significado na atualidade (Ne 8.8); não é simplesmente uma exposição textual. Os princípios da exegese são conhecidos como hermenêutica, a ciência da interpretação. A interpretação correta, por conseguinte, vem de dentro da Bíblia.

2. A falsificação chamada eisegese. A interpretação peculiar e tendenciosa de um texto bíblico vem de fora para dentro. As seitas são especialistas nisso. A eisegese, portanto, é o inverso da exegese. A preposição grega eis, “para dentro”, indica movimento de “fora para dentro”. Trata-se de uma maneira de contrabandear para o texto das Escrituras Sagradas as crenças e práticas particulares do intérprete. A serpente, no Éden, argumentou com Eva algo que Deus não havia falado (Gn 2.16,17; 3.1). Satanás citou fora do contexto o salmo 91.11 (Mt 4.5,6). Isso é o que se denomina de eisegese. Da mesma forma, são os artifícios atuais dos triunfalistas.

O ESTUDO DA PALAVRA DE DEUS
1. Interesse pela ignorância. A Igreja Católica proibiu a leitura da Bíblia aos leigos no Concílio de Toulouse, França, em 1222. Isso facilitou ao clero romano a manipulação do rebanho durante séculos. Hoje, essa história parece repetir- se, pois há campanha sistemática de alguns desses triunfalistas contra o estudo da Palavra de Deus, pois querem ensinar algo que não está de acordo
com a Bíblia. A vontade de Deus, com relação à Bíblia, é que seus filhos leiam, meditem e examinem as Escrituras Sagradas (Js 1.8; Sl 1.2; At 17.11).

2. O cuidado com o formalismo. Nossos pioneiros jamais manifestaram ojeriza pelo estudo da Palavra de Deus. Pelo contrário: eram os maiores incentivadores do conhecimento bíblico. Eles criaram as nossas conhecidas escolas bíblicas de obreiros para oferecer, a todos os interessados, o conhecimento das Escrituras Sagradas (2Tm 2.15). No entanto, preocupavam- se eles com o formalismo e a ordenação de ministros pelos simples fato de estes possuírem um diploma de teologia, pois o ministério quem dá é Deus (Ef 4.11).

3. O poder da Palavra de Deus. Muitos estão nesses movimentos com o propósito de servir a Deus. É verdade que se converteram a Cristo mediante o trabalho dos triunfalistas; isso ninguém pode negar. A Palavra é a semente (Mt 13.19), e a mão enferma ou infeccionada que a semeia não compromete a germinação nem o seu nascimento. Mas a verdade é que muitos lá estão por haverem recebido a promessa de ficar ricos e de ter seus problemas resolvidos, e não como resultado do novo nascimento em Cristo Jesus. Quem segue um evangelho errado pode também terminar num céu errado.
_______________________________________________________

“O que é hermenêutica bíblica?”
É uma disciplina da Teologia que nos permite conhecer as regras para interpretar e aplicar as Escrituras corretamente. A hermenêutica tem como objetivo estabelecer regras gerais de interpretação, a fim de que tenhamos uma interpretação correta do texto bíblico. Diga que nós pentecostais também fazemos uso dessa ciência. Não interpretamos e aplicamos os textos bíblicos baseados apenas em emocionalismo e experiências pessoais como alguns fazem questão de afirmar alguns. O Movimento Pentecostal preza pela interpretação e aplicação correta dos textos bíblicos.
Existem vários métodos de interpretação das Sagradas Escrituras, porém não podemos nos esquecer de que precisamos compreender o texto sagrado corretamente e praticá-lo (Tg 1.22). Muitos veem o livro de Atos, e algumas partes da Bíblia, apenas como uma narrativa histórica com acontecimentos que fizeram parte somente de uma época da história da Igreja, como por exemplo, o batismo com o Espírito Santo. A falta de conhecimento leva as pessoas a rejeitarem e a falarem mal daquilo que não conhecem com profundidade. Que a aula de hoje venha contribuir para que seus alunos tenham uma visão correta a respeito do livro de Atos e da forma como o interpretamos. Pois, o Espírito Santo não é um mito, uma força, um vento. Ele é a Terceira Pessoa da Trindade que foi enviado a este mundo com uma missão específica: convencer o homem do pecado, da justiça, do juízo e edificar os crentes e a Igreja do Senhor mediante a concessão de dons espirituais.
Um dos maiores desafios dos grupos cristãos evangélicos tem sido a leitura da Bíblia e a sua correta interpretação. A forma como vão expor seus ensinos e principalmente aplicá-los, depende da maneira como leem e interpretam as Sagradas Escrituras. Por isso, há regras que norteiam a interpretação da Bíblia, dirigindo o leitor não apenas ao perfeito entendimento do texto bíblico, mas acima de tudo, motivando-o à aplicação correta. Se lermos o texto sagrado e o interpretamos de maneira imprópria, a aplicação também será imprópria. E de que forma os pentecostais leem a Palavra de Deus? Sua interpretação acerca dos textos de Atos, sobre a vinda do Espírito Santo e o falar em línguas, é correta? Será que os dons espirituais seriam para os nossos dias? As respostas a essas perguntas passam pelo processo de leitura e interpretação corretas da Palavra de Deus.

I. POR QUE LER E INTERPRETAR A BÍBLIA CORRETAMENTE

1. Ler corretamente para entender corretamente. Um dos segredos para uma vida cristã sadia é o correto entendimento do texto sagrado. Se pensarmos que a Bíblia foi produzida em um contexto diferente do nosso, devemos então acatar princípios que nos ajudem a entendê-la. Para isso, a Teologia elaborou um método que direciona de forma acertada como um cristão deve ler a Bíblia. E por qual motivo isso foi feito? Para que todo cristão, em sua leitura, leve em conta os princípios que lhe permitirão aplicar a leitura bíblica às suas vidas. O desafio de ser um praticante da Palavra de Deus passa, portanto, pela interpretação correta. Não temos dúvida de que certos textos têm uma aplicabilidade imediata, pois não necessita de muitas explicações para a sua compreensão, já que a mensagem traz elementos que são conhecidos de praticamente todas as pessoas, como por exemplo, os Dez Mandamentos: “Não adulterarás”; “Não furtarás”; “Não dirás falso testemunho contra o teu próximo” (Êx 20.14-16). Outros textos, como o que se refere a Melquisedeque em comparação ao Senhor Jesus, “rei de justiça e depois também rei de Salém, que é rei de paz; sem pai, sem mãe, sem genealogia, não tendo princípio de dias nem fim de vida” (Hb 72.3), precisam de uma explicação, pois corremos o risco de entendermos que Melquisedeque surgiu do nada, que não teve pai ou mãe. Na verdade, a genealogia de Melquisedeque não é apresentada no texto sagrado, mas ele, como qualquer ser humano, tinha pai e mãe.
O entendimento correto de um texto passa pela sua leitura correta. Tais princípios não têm por objetivo cercear a leitura da Palavra de Deus, e sim fazer com que essa leitura se enquadre dentro do objetivo que o escritor tinha quando foi inspirado a materializar a revelação de Deus de forma escrita.

2. Ler corretamente para ensinar e aplicar. Um dos propósitos da leitura correta das Escrituras é o ensino correto dela. Se uma leitura e interpretação do texto sacro forem dirigidas por premissas equivocadas, tais premissas acarretarão um ensino equivocado da Palavra de Deus. Por sua vez, um ensino equivocado traz práticas equivocadas e danosas para a Igreja de Cristo. Não é à toa que, ao longo do texto sagrado, Deus se encarrega de usar seus servos para que exortem o seu povo a que pratiquem obras corretas e vivam uma existência que, efetivamente, agrada a Deus. Cremos que quando Deus inspirou os escritores a redigirem o texto sagrado, Ele o fez para que a sua vontade fosse praticada (2Tm 3.16,17).

3. O respeito para com o texto sagrado. Deus, ao inspirar seus servos a que escrevessem sua Palavra, o fez em um contexto diferente do nosso. A Bíblia não foi escrita em nenhuma versão em português do século XXI, no Brasil. Foi escrita em pelo menos três línguas diferentes: o hebraico, o grego e algumas porções em aramaico. Homens em posições sociais diferentes, lugares diferentes e em tempos diferentes compuseram o texto que temos hoje em mãos, e para que haja uma correta interpretação desses textos é preciso que respeitemos essas observações. O cristão cuidadoso vai ler o texto sagrado estudando o contexto em que a Escritura foi produzida.

II. COMO O PENTECOSTAL LÊ A BÍBLIA
1. Privilegiando o texto primeiramente na sua literalidade. Crentes pentecostais valorizam a literalidade do texto. Se Jesus disse que em seu nome expulsaríamos demônios, pentecostais não discutem se é possível ou não a libertação de pessoas possessas por espíritos imundos em nossos dias. Simplesmente oram e, crendo nas palavras de Jesus, expulsam demônios. Se Jesus disse que em seu nome seus discípulos falariam em novas línguas, pentecostais entendem que tal evento seria cumprido por Deus (Mc 16.14-20).
É evidente que pentecostais não atribuem literalidade a um texto que não deve ser entendido literalmente. Há textos cujo sentido é figurado, como no caso em que Jesus disse que Ele era a porta, o caminho, o pão do céu. Entendemos que o Senhor se valeu de elementos conhecidos do seu tempo para comunicar verdades por meio de comparações, e que esses elementos não são sempre literais.
O que não se pode é acreditar que. no processo de interpretação da Bíblia, podemos mudar as regras conforme a nossa conveniência.

2. Respeitando o contexto histórico e os gêneros literários. A Palavra de Deus teve sua escrita encerrada há pouco menos de dois mil anos. Portanto, há um hiato de tempo entre nós e os acontecimentos descritos na Bíblia que deve ser observado na leitura e interpretação do texto, pois não se pode esquecer que o tempo, os costumes, a forma como viviam os homens e mulheres daquela época eram diferentes dos nossos. Na Bíblia há textos históricos que registram acontecimentos dentro e fora de Israel, para que fossem conhecidos pelas gerações seguintes (Dt 6.20,21). Há, na Bíblia, poesia descrita com sensibilidade por pessoas que registraram suas emoções com alegria, tristeza, desapontamento e contentamento, mas também confiança em Deus (Sl 42.10,11). Há textos proféticos nos quais Deus usa seus servos para declarar o que ocorrerá no futuro e advertir seu próprio povo a que viva uma vida justa o honre ao Senhor com uma adoração genuína e respeite seus irmãos (Mq 6.8). A Bíblia traz cartas dos apóstolos a pessoas e a igrejas, tendo em vista que os leitores, que agora professavam uma nova fé, precisavam ser instruídos sobre como poderiam viver neste mundo. Esses detalhes precisam ser respeitados no momento da leitura da Bíblia, ou faremos interpretações equivocadas da revelação divina.

3. Entendendo que a Bíblia é a Palavra de Deus. Crentes pentecostais consideram a Bíblia como a Palavra de Deus. Isso implica reconhecer igualmente que a chamada revelação escriturística se completou com o encerramento do Cânon, e que qualquer outra revelação trazida por meio intelectual ou por dons espirituais precisa se curvar à revelação inspirada por Deus em sua Palavra. Cremos que Deus, para a edificação da Igreja, concede dons espirituais que podem trazer, eventualmente, novas diretrizes a grupos ou pessoas, mas nenhuma revelação trazida em nossos dias, seja por profecia, seja pela palavra do conhecimento, pode ser entendida como sendo da parte de Deus se estiver contrária ao que o Senhor já declarou em sua Palavra.

III. O LIVRO DE ATOS — DESCRITIVO OU PRESCRITIVO
1. A ação do Espírito Santo na Igreja. O livro de Atos recebe esse nome por ser o registro dos feitos dos apóstolos após a ascensão de Jesus, mas acima de tudo, é o registro dos atos do Espírito Santo na Igreja e por meio dela. Lucas não apenas se preocupa em registrar o crescimento da Igreja, mas também a forma com que Deus agia para que a mensagem do Evangelho transformasse pessoas e fizesse crescera Igreja (At 2.47b).

2. A interpretação de Pedro. Por ocasião da descida do Espírito Santo no cenáculo, com o sinal de falar outras línguas que transmitiam as grandezas de Deus, o apóstolo Pedro não hesitou em atribuir o fato à profecia de Joel, de que o Espírito de Deus seria derramado em toda a carne. É curioso o fato de que haja crentes em nossos dias que não veem problema na forma como Pedro aplicou a passagem de Joel ao que havia acontecido no Dia de Pentecostes, mas rejeitam que esse derramamento do Espírito de Deus é para os nossos dias. Se examinarmos bem as Escrituras, veremos que tanto Jesus quanto os discípulos conheciam a Palavra e a interpretavam de forma correta.

3. Atos é descritivo ou prescritivo? Essa é uma questão que precisa ser entendida, a fim de que olhemos o livro de Atos como mais do que um livro de história. Quando dizemos que o livro de Atos é meramente uma descrição do que se passou nos primeiros 35 anos da Igreja, queremos dizer que a sua narrativa serve somente de registro histórico, e que não tem a intenção de indicar que os eventos iniciados pelo Espírito Santo devem se repetir em nossos dias. De acordo com essa possibilidade de interpretação, as línguas, as curas, as operações de milagres, revelações e outras ocorrências não deveriam ser correntes na Igreja de nossos dias, pois o livro de Atos tem caráter meramente descritivo. Mas se o livro de Atos tiver o caráter descritivo e prescritivo, então podemos crer que as experiências relatadas por Lucas podem se repetir em nossos dias e o Espírito de Deus é o responsável por milagres, curas e manifestação dos dons operados tanto na Igreja quanto no ministério pessoal.

CONCLUSÃO
Ler e interpretar corretamente a Palavra de Deus é um requisito necessário para que todo cristão cresça na vida espiritual e pessoal. Pentecostais leem as Sagradas Escrituras com zelo e esclarecimento, de maneira que busquem sempre a interpretação correta do texto sagrado. Esse cuidado se dá pela certeza de que a correta interpretação do texto gerará a correta aplicação, e esta redundará na vivência debaixo da vontade e da bênção de Deus.
ESTANTE DO PROFESSOR MENZIES, Robert. Pentecostes: Essa História é a Nossa História.

   LPD nº 70 - Central Gospel : PILARES DA TEOLOGIA PRÁTICA. 

Lições Da Palavra De Deus. Professor: Fundamentos da Liderança Cristã - Pilares da Teologia Prática - Pr. Gilmar Chaves


Você que ama a Palavra de Deus e deseja se aprofundar nos estudos Teológicos, não deixe de conferir essa super novidade.

São 13 lições para elevar o seu conhecimento sobre os Pilares da Teologia e o melhor de tudo, será usado como livro de apoio o Best-Seller “O Manual da Teologia Prática” que é uma ferramenta indispensável para compreender a Palavra de Deus.


Nesta revista vamos desbravar temas importantes que vão aprofundar ainda mais os estudo bíblicos.
CONFIRA OS TEMAS DESSA EDIÇÃO:

LIÇÃO 01 – O MINISTÉRIO PASTORAL
LIÇÃO 02 – O MINISTÉRIO DIACONAL
LIÇÃO 03 – HERMENÊUTICA BÍBLICA
LIÇÃO 04 – HOMILÉTICA
LIÇÃO 05 – EXEGESE BÍBLICA
LIÇÃO 06 – LIDERANÇA CRISTÃ
LIÇÃO 07 – DISCIPULADO CRISTÃO
LIÇÃO 08 – PLENITUDE FÍSICA, EMOCIONAL E ESPIRITUAL
LIÇÃO 09 – PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
LIÇÃO 10 – PANORAMA DO NOVO TESTAMENTO
LIÇÃO 11 – AS ORDENANÇAS DA IGREJA
LIÇÃO 12 – OS MINISTÉRIOS DA IGREJA
LIÇÃO 13 – OS DONS ESPIRITUAIS E DE SERVIÇO



Gostou do site? 
Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site: Nos abençoe e incentive está obra que demanda tempo com uma oferta voluntária pelo PiX/TEL (15)99798-4063 ou (pix/email) pecadorconfesso@hotmail.com – Seja um parceiro desta obra. “(Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )”

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Clique aqui para Download das:

SUBSÍDIOS DAS Revista – 3º Trimestre De 2023 | CLIQUE E ACESSE |






DISCUPULAR+      


PECC ADULTO        

---------------------------------------------------------

Acesse nossos grupos, clique, entre e tenha mais conteúdo:

Muito conteúdo sem sobrecarregar seu celular.
Acesse mais Conteúdo pelo Telegram
Mais conteúdo pelo WhatsApp
Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe Com Uma Oferta Voluntária pelo

PIX/e-mail: pecadorconfesso@hotmail.com
ou PIX/Tel: (15)99798-4063 ou PicPay: @pecadorconfesso

Seja um parceiro desta obra.
Clique também nas propagandas. Cada clique ajudará bastante.
“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. (Lucas 6:38)

---------------------------------------------------------

COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,121,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,19,2º Trimestr,1,2º Trimestre,154,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,104,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,195,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,88,Adolescentes,31,adolescer+,8,Adoração,9,Adulto,145,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,58,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,24,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,14,As Bodas do Cordeiro,2,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,38,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,45,Batalha Espirítual,38,Batismo,17,Batismo nas Águas,4,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,5,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,161,Betel Adulto,96,Betel Jovem,40,Bíblia,84,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,6,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,18,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,14,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,19,Casamento Misto,6,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,28,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,CETADEB,1,Céu,12,Céus,9,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,7,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,501,CPAD Adolescentes,71,CPAD Jovem,126,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,14,Cristão,29,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,8,Cruz,11,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,17,Culto da Virada de Ano Novo,6,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,4,Cultura,1,Cura,10,Curado,2,Curso,5,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,106,Deus é Amor,25,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,12,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,93,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,3,Diáconos,12,Diante do Trono,3,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,10,Dinheiro,8,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,11,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,17,Dons de Maravilhas,20,Dores,1,Doutrina,30,Doutrinas Fundamentais,41,Download,87,Download Livros e E-books,150,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,38,EBD,755,EBF,1,Eclesiastes,15,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,editora crista evangelica,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,4,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,40,Escavação,1,Escola,34,Escola Bíblica Dominical,950,Escola Dominical,88,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,6,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,42,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,230,Estudos Bíblicos,526,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,20,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,50,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,13,Falta,1,familia,52,Família,51,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,22,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,7,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,2,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,5,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,22,Hermenêutica,3,Hernandes,3,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,42,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,54,Inferno,6,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,2,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,56,Jesus Cristo,57,Jesus de Nazaré,10,Jezabel,1,Jó,18,João,19,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,9,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,232,Jovens,194,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,23,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,4,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,11,Lições Bíblicas da BETEL,418,Lições Bíblicas da CPAD,597,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,29,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,39,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,13,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,3,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,15,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,6,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,106,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,2,Notícia gospel,73,Notícias Gospel,221,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,10,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,2,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,15,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,15,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,9,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,29,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Osiel Gomes,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,30,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,24,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,79,Pecado,42,Pecador Confesso,14,PECC,63,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,9,Perigos,7,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,5,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,29,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,15,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,8,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,18,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,3,Revelação,5,Revelado,1,Revista,108,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,5,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,17,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,29,Salvador,19,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,13,Santificação,15,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,7,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,9,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,7,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,9,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,7,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,5,Subsídio,96,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,9,Teologia,16,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,4,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,3,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,5,Ver Deus,1,Veracidade,10,Verdade,7,Verdadeira,8,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 03 - Hermenêutica bíblica | 3º TRIMESTRE 2023 | Central Gospel
Lição 03 - Hermenêutica bíblica | 3º TRIMESTRE 2023 | Central Gospel
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgPE343Id4OXmvLxlsPD4Wid-N7GMgM18cyE6BIELUyoDexSALhYd6qmsEW59D9VzrzbhLWCES9VMTFyPH81KX8PzthpSCnfxEMyGBkFamEBCak1Vpc-N8_Yoh3G1T8dgYUTzzn68NuhilOGwNqALkiPlLA52SSnrYXg_cjXRO6_uWGW_sDfXYDbupxDIpp/w640-h360/REVISTA-CENTRAL-GOSPEL-ADULTOS-3-TRIMESTRE-2023-LICAO-3.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgPE343Id4OXmvLxlsPD4Wid-N7GMgM18cyE6BIELUyoDexSALhYd6qmsEW59D9VzrzbhLWCES9VMTFyPH81KX8PzthpSCnfxEMyGBkFamEBCak1Vpc-N8_Yoh3G1T8dgYUTzzn68NuhilOGwNqALkiPlLA52SSnrYXg_cjXRO6_uWGW_sDfXYDbupxDIpp/s72-w640-c-h360/REVISTA-CENTRAL-GOSPEL-ADULTOS-3-TRIMESTRE-2023-LICAO-3.webp
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2023/07/licao-03-hermeneutica-biblica-3.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2023/07/licao-03-hermeneutica-biblica-3.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy