Lição 10 - 2 Samuel 1 a 7 - Davi, O Novo Rei de Israel

  Objetivos Reconhecer  que Deus cumpre suas promessas. Ressaltar  o perigo de opor-se à vontade de Deus.  Descansar no agir e trabalhar de ...

 


Objetivos

Reconhecer que Deus cumpre suas promessas.

Ressaltar o perigo de opor-se à vontade de Deus. 

Descansar no agir e trabalhar de Deus. 

TEXTO ÁUREO (ATUALIZAÇÕES DIÁRIAS)

Em Hebrom, reinou sobre Judá sete anos e seis meses; em Jerusalém, reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá.
- 2 Samuel 5.5


COMENTÁRIO EXTRA
Comentário de teologia simples: O significado de 2 Samuel 5 relata o inicio do reinado de Davi sobre todo Israel. Todas as tribos de Israel agora enviaram uma força representativa de soldados a Hebrom para se apresentarem a Davi, seu novo rei (1 Crônicas 12:23-40). A guerra civil de dois anos havia terminado e, nos cinco anos e meio seguintes, Davi reinou em Hebrom sobre um Israel unificado (2 Samuel 5:1-5; cf. 2:10-11).

+ Comentário extra: Davi começou seu reinado aos 30 anos, idade em que os sacerdotes começaram a servir na presença de Deus. Depois de sete anos e meio em Hebrom, David decidiu mudar a capital. Sua provavelmente foi política, pois ele decidiu por Jerusalém, uma cidade na fronteira entre Judá e as tribos do norte. Perceba que no texto, o autor cita Israel e Judá, isso indica que 2 Samuel foi escrito depois que a nação foi dividida em 931 a.C. nos Reinos do Norte e do Sul. Embora curto, este trecho bíblico é carregado de significado, e me ensina algumas coisas:
  • Quando perseveramos em viver o plano de Deus para nossa vida, experimentamos o cumprimento dela;
  • Só é capaz de desfrutar das promessas de Deus, quem acredita, e continua acreditando, apesar das adversidades;
  • O processo que separa a promessa e o cumprimento dela, é fundamental para a nossa preparação;
  • O texto diz que Davi começou a reinar, reinou e continuou reinando;
  • O nome dele foi escrito na História bíblica e secular, enquanto ele fazia aquilo que Deus lhe chamou para fazer;

Embora tenha cometido muitos e graves erros, a melhor versão de Davi, se revela quando ele está no trono.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O versículo 2 Samuel 5.5 é uma passagem importante do Antigo Testamento que descreve o início do reinado de Davi como rei sobre Israel. Para um comentário profundo e exegético sobre esse versículo, é fundamental considerar o contexto histórico, as raízes hebraicas das palavras e a interpretação tradicional fornecida por estudiosos e teólogos cristãos.

Este versículo marca um momento crucial na história de Israel, quando Davi se tornou o rei unificado de todo o povo de Israel e Judá. Antes disso, ele havia reinado apenas sobre a tribo de Judá em Hebrom por sete anos e seis meses. Agora, ele estava governando sobre todo o território, incluindo Jerusalém, a cidade que ele havia conquistado dos jebuseus.

É importante analisar as raízes hebraicas das palavras-chave neste versículo para obter uma compreensão mais profunda.

"Hebrom" (חֶבְרוֹן) - É uma cidade que desempenha um papel importante na história bíblica, situada na região montanhosa de Judá.

"Jerusalém" (יְרוּשָׁלַיִם) - A cidade que se tornaria a capital unificada de Israel sob o reinado de Davi.

"Reinou" (מָלַךְ) - Esta palavra denota o ato de governar ou liderar, e Davi estava estabelecendo sua autoridade sobre todo o povo.

A interpretação tradicional deste versículo é que ele demonstra a progressão do reinado de Davi. Inicialmente, ele governou apenas sobre Judá, e depois, com a conquista de Jerusalém, tornou-se o rei de todo o Israel e Judá. Isso é importante porque estabelece Davi como o rei unificado, uma figura messiânica em algumas interpretações cristãs.

Comentários bíblicos e escritos de teólogos cristãos podem fornecer uma ampla gama de interpretações e insights sobre este versículo. Autores como Matthew Henry, John Gill e Charles Spurgeon podem oferecer uma análise detalhada sobre o contexto, significado espiritual e implicações teológicas deste versículo.

Além do contexto histórico, muitos estudiosos também destacam o aspecto espiritual dessa passagem. Para os cristãos, isso pode ser visto como um tipo de Cristo, já que Davi, o ungido de Deus, unificou as tribos de Israel, prefigurando a unificação espiritual em Cristo.

Em resumo, 2 Samuel 5.5 é um versículo que marca um ponto crucial na história de Israel e tem implicações espirituais significativas. A análise das raízes hebraicas, o contexto histórico e as interpretações tradicionais e teológicas contribuem para uma compreensão mais profunda deste versículo e de seu significado dentro da tradição bíblica.


VERDADE PRÁTICA 

Davi notabilizou-se por sua confiança em Deus, senso de justiça, capacidade de liderança e destreza militar.



LEITURA BÍBLICA PARA ESTUDO - 1 Samuel 24:1-22

#  Davi é ungido rei de todo o Israel
¹ Então, todas as tribos de Israel vieram a Davi, a Hebrom, e falaram, dizendo: Somos do mesmo povo de que tu és.
² Outrora, sendo Saul ainda rei sobre nós, eras tu que fazias entradas e saídas militares com Israel; também o Senhor te disse: Tu apascentarás o meu povo de Israel e serás chefe sobre Israel.
³ Assim, pois, todos os anciãos de Israel vieram ter com o rei, em Hebrom; e o rei Davi fez com eles aliança em Hebrom, perante o Senhor. Ungiram Davi rei sobre Israel.
⁴ Da idade de trinta anos era Davi quando começou a reinar; e reinou quarenta anos.
⁵ Em Hebrom, reinou sobre Judá sete anos e seis meses; em Jerusalém, reinou trinta e três anos sobre todo o Israel e Judá.
#  Davi conquista Sião
⁶ Partiu o rei com os seus homens para Jerusalém, contra os jebuseus que habitavam naquela terra e que disseram a Davi: Não entrarás aqui, porque os cegos e os coxos te repelirão, como quem diz: Davi não entrará neste lugar.
⁷ Porém Davi tomou a fortaleza de Sião; esta é a Cidade de Davi.
⁸ Davi, naquele dia, mandou dizer: Todo o que está disposto a ferir os jebuseus suba pelo canal subterrâneo e fira os cegos e os coxos, a quem a alma de Davi aborrece. (Por isso, se diz: Nem cego nem coxo entrará na casa.)
⁹ Assim, habitou Davi na fortaleza e lhe chamou a Cidade de Davi; foi edificando em redor, desde Milo e para dentro.
¹⁰ Ia Davi crescendo em poder cada vez mais, porque o Senhor, Deus dos Exércitos, era com ele.
#  O reinado de Davi reconhecido por Hirão
¹¹ Hirão, rei de Tiro, enviou mensageiros a Davi, e madeira de cedro, e carpinteiros, e pedreiros, que edificaram uma casa a Davi.
¹² Reconheceu Davi que o Senhor o confirmara rei sobre Israel e que exaltara o seu reino por amor do seu povo. 
2 Samuel 5:1-12

Vale a pena repetir essa tabela sobre a vida de Davi vs a vida de Saul


--------------------------------------------------------------
📥 ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI

Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você. 
Ajude-nos 🙏. Não leva nem 30 segundos.

Basta clicar em qualquer ANÚNCIO e você estará colaborando para que esse blog continue trazendo conteúdo exclusivo e de edificação para a sua vida. Pode ser também uma oferta voluntária no pixpecadorconfesso@hotmail.com

--------------------------------------------------------------


INTRODUÇÃO

    A morte de Saul é a dobradiça que abre o livro de 2 Samuel. Nesse novo volume temos a entronização e estabelecimento do reinado de Davi (1010-970aC). Veremos nesta lição três fatos marcantes nesse processo: a queda da casa de Saul; a transferência da arca e o Pacto Davídico.


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Aqui está a transição crucial do livro de 1 Samuel para 2 Samuel, destacando três eventos significativos: a queda da casa de Saul, a transferência da arca e o Pacto Davídico. Vamos fazer um breve comentário profundo e exegético sobre cada um desses aspectos, considerando a base bíblica, raiz hebraica das palavras, fontes literárias e escritores cristãos relevantes.

A queda da casa de Saul marca o fim de uma era em Israel. Isso é fundamental para entender o contexto de 2 Samuel, pois Saul representou a primeira dinastia real em Israel. Sua morte na batalha de Gilboa, conforme relatada em 1 Samuel 31, trouxe o fim de seu reinado turbulento e preparou o terreno para a ascensão de Davi.
As raízes hebraicas, como o nome "Saul" (שָׁאוּל), podem ser exploradas para entender possíveis significados, mas o foco principal aqui é o impacto dessa transição na liderança de Israel.


A transferência da Arca da Aliança é um evento notável que reflete a importância da presença de Deus em Israel. A Arca era o símbolo da presença divina, e sua transferência para Jerusalém, conforme narrada em 2 Samuel 6, representa a centralização do culto religioso em torno da capital unificada de Davi.
Estudar a raiz hebraica da palavra "Arca" (אָרוֹן) pode revelar insights sobre seu simbolismo e importância na tradição judaica.
Escritores cristãos como C. S. Lewis em "O Cristianismo Puro e Simples" podem fornecer insights sobre a importância simbólica da Arca na teologia cristã.


O Pacto Davídico, estabelecido em 2 Samuel 7, é um dos momentos mais significativos em toda a Bíblia. Deus promete a Davi uma linhagem real eterna, cujo ponto culminante é a vinda do Messias.
A raiz hebraica da palavra "pacto" (בְּרִית) é fundamental para entender a natureza deste acordo e seu vínculo com os pactos anteriores, como o Pacto Abraâmico e o Pacto Mosaico.
Escritores cristãos como John Piper em "Alegria na Presença de Deus" podem oferecer uma visão mais profunda das implicações teológicas do Pacto Davídico na perspectiva cristã.

Em resumo, essa introdução ressalta a importância da transição de 1 Samuel para 2 Samuel, enfocando eventos cruciais. Uma análise exegética, incluindo a compreensão das raízes hebraicas, o contexto bíblico e o pensamento de escritores cristãos, enriquece a compreensão desses eventos e sua relevância tanto no contexto histórico quanto na teologia bíblica.



I. DAVI ACLAMADO REI - 2 Sm 2 a 3

Abner, comandante do exército de Saul, tomou a iniciativa de estabelecer Is-Bosete como sucessor ao trono, pois este era o único filho de Saul que havia sobrevivido ao combate em que seus três irmãos mais velhos perderam a vida.


1. 
Uma nova configuração de poder
 - 2 Sm 2.10

"Da idade de quarenta anos era Isbosete, filho de Saul, e reinou dois anos; somente a casa de Judá seguia a Davi".


Depois de muitos anos sendo perseguido, finalmente Deus exalta Davi cumprindo suas promessas. Ele é fiel à sua palavra e a cumpre sem precisar de ajuda humana.


Chama nossa atenção que durante um período de dois anos houver dois reis (2Sm 2.10). Davi reina em Judá e Is-bosete reina sobre Israel.


Então apesar de confirmado como rei, Davi precisa continuar confiando que o Deus que começou sua obra irá terminá-la.


O tempo inteiro nós seremos confrontados e tentados a tomar as nossas histórias em nossas mãos e achar que elas dependem de nós. Mas não.


A história está nas mãos de Deus. O mapa-múndi está em permanente mudança. O governo e autoridade pertence ao nosso Deus.


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Essa parte aborda um momento significativo na vida de Davi e na história de Israel. Vamos fazer um breve comentário exegético, considerando os elementos mencionados, incluindo base bíblica, contexto hebraico das palavras e perspectiva teológica.

  1. Contexto Bíblico:

    • Este trecho se encontra no início de 2 Samuel 2, após a morte de Saul e de seu filho Jônatas na batalha do monte Gilboa (1 Samuel 31). Nesse ponto, Davi já havia sido ungido rei por Samuel, mas a nação ainda estava dividida, com Is-Bosete (também conhecido como Is-Baal ou Eshbaal) sendo estabelecido como rei sobre Israel.
  2. Base Hebraica:

    • É interessante observar a raiz hebraica do nome "Isbosete" (אִשְׁבְּשֶׁת), que é semelhante à palavra "homem de vergonha" ou "homem sem glória", refletindo a difícil situação desse rei perante a morte de seu pai, Saul.
  3. Interpretação Teológica:

    • O comentário destaca a fidelidade de Deus em cumprir Suas promessas a Davi. Embora tenha sido ungido como rei, Davi não se apressa para tomar o trono à força, mostrando sua confiança em Deus e em Seu timing.
    • Essa passagem ressalta a importância da espera paciente e da confiança em Deus. Davi poderia ter tomado medidas precipitadas para se tornar rei, mas ele optou por esperar que Deus cumprisse Sua promessa de exaltá-lo.
  4. Perspectiva Cristã:

    • Escritores cristãos como Charles Spurgeon, em seus sermões sobre Davi, frequentemente enfatizam a paciência e a confiança de Davi como características dignas de emulação na vida dos crentes.
    • A ideia de que Deus é soberano e que a história está em Suas mãos é uma doutrina importante no cristianismo, refletida nesse trecho.

Em resumo, essa passagem de 2 Samuel 2.10 nos ensina valiosas lições sobre confiança em Deus e a importância de esperar em Seu tempo. Ela também destaca a fidelidade de Deus em cumprir Suas promessas, um tema central na narrativa bíblica e na teologia cristã. A raiz hebraica das palavras e a interpretação teológica acrescentam profundidade ao entendimento.

2. O reino não é conquistado pela força - 2 Sm 3.1

"Durou muito tempo a guerra entre a casa de Saul e a casa de Davi; Davi se ia fortalecendo, porém os da casa de Saul se iam enfraquecendo".


Davi não conquista o reino, Deus o entrega em suas mãos. Quem ele era? Um simples pastor de ovelhas, rejeitado até pela sua família. Mas Deus exalta quem quer e escolhe pessoas mesmo não sendo elas favoritas em termos humanos. Não é Davi que conquista tudo pela sua força e poder, mas Deus que faz segundo sua vontade, apesar dos desmandos humanos.


Em 4.10 é dito que o engrandecimento de Davi estava relacionado com a ação e o tempo de Deus.


Quantas pessoas que, não sabendo esperar o tempo de Deus e até sendo alheias à Sua vontade, vão forçando portas, tomando atalhos e destruindo reputações em manobras pecaminosas só para depois descobrirem que sem a bênção de Deus nada vale a pena. De que vale ter vitória se, no processo de chagar lá, a pessoa piora?


Mais do que nos fazer triunfar, Deus está preocupado com o tipo de pessoas que estamos nos tornando.



COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O trecho de 2 Samuel 3.1 é repleto de significado teológico e moral. Vamos fazer um breve comentário exegético considerando o contexto, as raízes hebraicas, e a perspectiva cristã.

  1. Contexto Bíblico:

    • Nesse ponto da narrativa, a guerra civil entre a casa de Saul e a casa de Davi estava em andamento. A situação era tensa, e Davi estava gradualmente fortalecendo sua posição, enquanto a casa de Saul enfraquecia.
  2. Base Hebraica:

    • A palavra "fortalecendo" (הִתְחַזֵּק) em hebraico traz a ideia de Davi ganhando força, aumentando em poder e influência gradualmente. Isso não ocorreu por suas ações isoladas, mas em conformidade com o plano de Deus.
  3. Interpretação Teológica:

    • Esse trecho reflete uma importante lição teológica sobre o poder de Deus na exaltação de indivíduos. Davi, apesar de ser inicialmente um simples pastor de ovelhas, foi escolhido por Deus para ser o rei de Israel. Sua exaltação não foi resultado de sua força pessoal, mas da vontade divina.
    • O comentário destaca a ideia de que Deus não apenas dá vitória, mas também está preocupado com a transformação de caráter dos indivíduos. A jornada de Davi não foi apenas sobre conquistar o trono, mas sobre tornar-se um homem segundo o coração de Deus.
  4. Perspectiva Cristã:

    • Essa lição transcende o Antigo Testamento e é relevante para os cristãos. Muitos escritores cristãos, como A.W. Tozer em "Em Busca de Deus", enfatizam a importância de esperar e confiar no tempo e na vontade de Deus em vez de buscar a exaltação pessoal a qualquer custo.
    • O ensinamento cristão também destaca a importância da transformação de caráter e santidade na vida dos crentes, em vez de buscar apenas vitórias externas.

Em resumo, 2 Samuel 3.1 oferece uma lição profunda sobre a soberania de Deus na exaltação de indivíduos e a importância da transformação de caráter ao longo da jornada. Isso é aplicável tanto ao contexto bíblico quanto à vida cristã contemporânea, enfatizando a confiança no tempo e na vontade de Deus em vez da busca desenfreada pelo poder pessoal.

3. O perigo de opor-se a Deus - 2 Sm 3.30 

"Joabe, pois, e seu irmão Abisai mataram Abner, por ter morto seu irmão Asael na peleja, em Gibeão".


Abner, o velho general de Saul acha que pode se tornar um "fazedor de reis" e assim apoia Is-Bosete, o filho de Saul, na contramão da vontade de Deus. Essa foi uma manobra temerária de Abner pois, ao assim fazer, ele se coloca em rota de colisão com aquilo que Deus estava fazendo.


Não são poucas as vezes em que pessoas sem sintonia com o Espírito Santo acham que podem fazer o que querem na obra de Deus. Contra Ele não valem astúcias, politicagem e manobras de bastidores de gente sedenta de poder.


No fim, tanto Abner como Is-Bosete acabam mortos e isso sem nenhuma conivência ou ordem de Davi.


Em todo o processo Davi mantém suas mãos limpas e sua consciência tranquila. Deus já havia dito que Davi seria rei. Essa era a sua vontade. Quem não se submete, sofre. Como a obra de Deus tem sofrido devido pessoas que querem impor a Deus a sua vontade. Abner, como se diz popularmente, estava dando "murro em ponta de faca".


A lição maior a assimilar é a importância de nos rendermos e submetermos à vontade de Deus. Quando assim fazemos nossa vida avança, somos abençoados e abençoamos.

.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O trecho de 2 Samuel 3.30 traz à tona uma série de importantes lições teológicas e morais, destacando o perigo de opor-se à vontade de Deus. Vamos explorar esse tema através de uma breve análise exegética, levando em consideração o contexto bíblico, as raízes hebraicas e a perspectiva cristã.

  1. Contexto Bíblico:

    • Este versículo faz parte do relato da morte de Abner, o general de Saul, que se tornou um apoiador de Is-Bosete (também conhecido como Is-Baal ou Eshbaal), o filho de Saul, na contramão da vontade de Deus de exaltar Davi como rei.
  2. Base Hebraica:

    • A palavra-chave aqui é "oposição" ou "colisão". A raiz hebraica para "colisão" ou "embate" é "koshet" (כּוֹשֶׁת), que indica uma situação de conflito e oposição.
  3. Interpretação Teológica:

    • O trecho ilustra vividamente o perigo de resistir à vontade de Deus. Abner estava tentando manobrar politicamente para estabelecer Is-Bosete como rei, em desacordo com o plano divino que havia ungido Davi.
    • A narrativa também destaca como a oposição à vontade de Deus pode ter consequências graves. Abner e Is-Bosete acabaram mortos, mesmo sem nenhuma ordem direta de Davi para isso. Isso sugere que quando estamos em oposição à vontade de Deus, as consequências podem ser inevitáveis.
  4. Perspectiva Cristã:

    • Essa lição transcende o Antigo Testamento e é altamente relevante para os cristãos. A Bíblia está repleta de exemplos de pessoas que enfrentaram dificuldades por se oporem à vontade de Deus, e escritores cristãos como John Piper em "Desiring God" enfatizam a importância de submeter-se à soberania de Deus para experimentar a verdadeira alegria e bênçãos espirituais.

Em resumo, 2 Samuel 3.30 nos ensina a importância de nos submetermos à vontade de Deus e a evitar a oposição teimosa a Seus planos. O trecho ilustra as consequências que podem advir da resistência à vontade divina e nos lembra de buscar alinhar nossas vidas com os propósitos de Deus para experimentar verdadeira bênção e paz espiritual.



II. 
PRIMEIRAS CONQUISTAS - 2 
SM 4 - 6

A tomada de Jerusalém e a posterior transferência da arca para lá marca um ponto extremamente importante na história de Israel.


1. 
A conquista de Jerusalém - 2 Sm 5.9

"Assim, habitou Davi na fortaleza e lhe chamou a Cidade de Davi; foi edificando em redor, desde Milo e para dentro"


Dos grandes sucessos de Davi, um dos maiores foi a conquista de Jerusalém. É impossível exagerar a importância dessa cidade para os descendentes de Abraão. Ela significa muito mais do que Paris para os franceses, Buenos Aires para os argentinos ou Roma para Itália.


Seu nome inicial parece ter sido Salém (Gn 14.18). A tradição rabínica diz que antes do nascimento de Abraão, Sem, filho de Noé, lhe dera esse nome.


Os cananeus que ali habitavam, chamados de jebuseus, tinham tanta confiança na força dos seus muros que possuíam até um ditado a respeito:"Cegos e aleijados bastarão para defender esta cidade" (2Sm 5.6).


Davi a conquista por volta do ano 1000 a.C. Após isso, deixa Hebrom, a antiga capital de Israel, e se instala na cidade que acabara de conquistar. Mas não foi o poder de Davi que fez isso. Foi Deus que o capacitou e fortaleceu conforme sua promessa.


Por isso é dito que "Davi ia se engrandecendo cada vez mais, porque o Senhor Deus dos exércitos era com ele" (2Sm 5.10). Davi sabia disso e nunca trouxe nenhuma glória para o seu nome. Sua imensa gratidão é explicita num lindo e maravilhoso salmo em 2 Samuel 22.




COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O relato da conquista de Jerusalém por Davi, conforme registrado em 2 Samuel 5.9, é de fato um marco importante na história de Israel, e oferece uma série de insights significativos quando explorado sob uma perspectiva exegética e histórico-teológica.

  1. Importância de Jerusalém:

    • O texto destaca a imensa importância de Jerusalém para os descendentes de Abraão e, por extensão, para a história da salvação registrada na Bíblia. A cidade já era significativa desde os tempos de Melquisedeque (Gn 14.18) e tornou-se o epicentro da adoração a Deus.
  2. Os Jebuseus e a Conquista:

    • A menção aos jebuseus e seu ditado sobre a invulnerabilidade de Jerusalém ressalta a desafiante natureza da conquista. A citação do ditado "Cegos e aleijados bastarão para defender esta cidade" demonstra a confiança equivocada dos habitantes da cidade em sua fortaleza.
  3. A Capacitação Divina:

    • É crucial enfatizar que a conquista de Jerusalém não se deveu apenas à habilidade militar de Davi, mas, como você mencionou, à capacitação divina. O texto diz: "Davi ia se engrandecendo cada vez mais, porque o Senhor Deus dos exércitos era com ele" (2Sm 5.10). Isso ressalta a importância da presença e bênção de Deus na vida de Davi.
  4. Gratidão de Davi:

    • A referência a um "lindo e maravilhoso salmo em 2 Samuel 22" destaca a profunda gratidão de Davi pela intervenção divina em sua vida. Este salmo é uma composição poética que celebra a fidelidade e a proteção de Deus, e é semelhante ao Salmo 18 no Livro de Salmos.
  5. Perspectiva Cristã:

    • O entendimento da conquista de Jerusalém por Davi tem implicações teológicas e espirituais para os cristãos. Jerusalém continua a ser uma cidade de grande significado, pois é associada à vida, morte e ressurreição de Jesus Cristo. A promessa de Deus de estar com Seu povo é uma verdade fundamental na fé cristã.
  6. Autores Cristãos:

    • Escritores cristãos como Warren W. Wiersbe em "Be Victorious" exploram a conquista de Jerusalém por Davi em seu contexto bíblico e histórico, destacando suas implicações espirituais.

Em resumo, a conquista de Jerusalém por Davi é um evento de profundo significado tanto histórico quanto teológico. Ela demonstra a capacitação divina, a importância da presença de Deus na vida de Seu povo e a gratidão que deve acompanhar os momentos de vitória. Esse relato também tem relevância significativa na teologia cristã, especialmente em relação à importância de Jerusalém na história da redenção.


| ACESSE SUBSÍDIO EXTRA: O QUE A BÍBLIA DIZ SOBRE A MORTE


2. 
A Arca de Deus - 2 Sm 6.9

"Temeu Davi ao Senhor, naquele dia, e disse: Como virá a mim a arca do Senhor?".


A arca da Aliança era uma caixa de madeira de acácia (um baú retangular) revestido por dentro e por fora de ouro puro. Possui 1 metro e 10 centímetros (2,5 côvados) de comprimento e 70 centímetros (1.5 côvados) de largura e altura.


O conteúdo da arca consistia em alguns "lembretes" daquilo que Deus havia feito: a) As duas tábuas com a inscrição dos dez mandamentos; b) Um vaso com maná; c) A vara de Arão que floreceu.


O significado maior da Arca era simbolizar a majestade e o pacto de Deus com Israel. Não apenas isso, mas passou a ser uma referência e sinal da presença divina entre o seu povo.


É importantíssimo compreendermos que hoje não mais precisamos da Arca da Aliança seja a original ou réplicas pois a plenitude daquilo para o qual ela apontava se cumpriu na pessoa e obra de Cristo (Hb 9.24).


Isso é muito importante hoje, pois há agora os que tentam rejudaizar o cristianismo. Vivemos sob o legado de uma nova e superior aliança. O que preferimos, a sombra ou a realidade? (Cl 2.17).


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz


O episódio da Arca da Aliança em 2 Samuel 6.9 oferece uma oportunidade para uma análise exegética e reflexão teológica profundas sobre o significado da Arca no Antigo Testamento e sua relação com o cristianismo. Vamos explorar isso considerando o contexto bíblico, o simbolismo da Arca e a perspectiva cristã.

  1. Contexto Bíblico:

    • O versículo faz parte do relato da tentativa de Davi de trazer a Arca da Aliança de volta a Jerusalém após um incidente no qual Uzá foi ferido ao tocar na Arca. Esse evento destacou a santidade da Arca e o temor a Deus.
  2. Simbolismo da Arca:

    • A Arca da Aliança era um símbolo central na adoração e na história de Israel. Ela continha os Dez Mandamentos, o maná e a vara de Arão que floresceu. Ela representava a presença e a aliança de Deus com o Seu povo. A Arca também era o trono de Deus na Terra, onde Sua glória repousava (Êxodo 25.22).
    • O temor de Davi ao perceber a santidade da Arca reflete o entendimento da importância de reverenciar a presença de Deus.
  3. Cumprimento em Cristo:

    • Como mencionado, a Arca e seu simbolismo encontram seu cumprimento na pessoa e obra de Cristo no cristianismo. Cristo é visto como a "Arca" que contém a nova aliança em Seu sangue (1 Coríntios 11.25). Ele é a presença viva de Deus entre Seu povo.
    • Escritores cristãos como John Owen, em "The Glory of Christ," exploram a relação entre a Arca e Cristo como o cumprimento e a realidade superior à sombra que a Arca representava.
  4. Relevância Contemporânea:

    • O ponto sobre a "rejudaização" do cristianismo é relevante. Os cristãos não precisam da Arca física, pois a plenitude da aliança e da presença de Deus está em Cristo. O cristianismo é a nova e superior aliança, e nossa adoração é espiritual em Cristo (João 4.24).

Em resumo, 2 Samuel 6.9 destaca o temor de Davi diante da santidade da Arca da Aliança, que simboliza a presença e a aliança de Deus. Essa passagem aponta para o cumprimento em Cristo e ressalta a superioridade da nova aliança. Ela também serve como um lembrete para os cristãos de que nossa adoração é centrada em Cristo, não em símbolos ou sombras do Antigo Testamento.



COMENTÁRIO EXTRA  
>> CORREÇÃO DA FIG.<<

Comentário de @EBDinteligente


No início do trimestre recomendamos aos professores usarem as ótimas ilustrações do tabernáculo, feitas por Marcus Nati da página Brother Bíblia. Entretanto, nesta imagem específica queremos proceder a correção de dois equívocos na legenda (a ilustração está boa e é realmente aproveitável, mas o texto carece de reparos).

1°. O ilustrador diz que a arca não era só uma representação, mas era a própria presença de Deus. Bem, consideramos isso um exagero, especialmente quando o ilustrador nega o valor simbólico da arca, confundindo-a com a própria presença de Deus, que na verdade não era a arca, mas manifestava-se sobre a arca e nela estava representada. É tanto o que se pode inferir do texto bíblico (Lv 16.2), como é o que dizem os melhores comentaristas e dicionaristas bíblicos. Assim como o pão e o vinho da ceia são simbolicamente o corpo e o sangue de Cristo, mas não o são realmente (ao menos não para nós que descartamos o dogma da transubstanciação). Se dissesse apenas que a arca era a presença de Deus entre o povo, poderíamos dar o desconto ao ilustrador e imaginar que ele estava falando em termos simbólicos; mas ao negar explicitamente que a arca representava a presença e que ela era a própria presença, julgamos que tal declaração faz-se merecedora desta correção.

2°. O ilustrador descreve a tampa da arca - o propiciatório - como sendo de madeira de acácia revestida de ouro. Parece-nos que este é mesmo um erro comum até entre comentaristas bíblicos, como já apontamos noutro post aqui na página. Todavia, conforme o texto bíblico que descreve a construção dessa peça da arca, ela era feita apenas de "ouro puro" (Êx 25.17). Ou seja, A arca era de madeira revestida de ouro; a tampa da arca era de ouro puro. Veja o vers. 17 | Se parar apenas em Ex. 25:10 imaginaríamos que era apenas de madeira. Atentar a isso!!! (acréscimo do autor do blog) 

Nossas correções feitas aqui na página não têm o propósito de desmerecer nem o trabalho dos comentaristas bíblicos, dos comentaristas das Lições da EBD ou dos ilustradores que têm dedicado suas habilidades à propagação da Palavra de Deus. Longe de nós esse espírito contencioso! Apenas queremos evitar que os materiais que aqui indicamos para pesquisa e uso em sala de aula se constituam, inadvertidamente, motivo de discussões e controvérsias nas aulas dominicais. Por isso, "seguindo a verdade em amor" (Ef 4.15), procedemos as correções. Diga-se de passagem, qualquer dentre os mais abalizados e bem intencionados mestres pode falhar!


3. A transferência da Arca - 2 
Sm 6.15 

"Assim, Davi, com todo o Israel, fez subir a arca do Senhor, com júbilo e ao som de trombetas".


Depois de Siló, a Arca teve uma desastrosa estadia de sete meses entre os filisteus e, por fim, foi deixada na casa de Abinadabe. Conquanto ela não tivesse poder inerente em si mesma, o seu simbolismo era muito forte e lembrava ao povo que Deus estava entre eles. A santidade de Deus também estava representada na arca, visto que ninguém poderia tocá-la (1Sm 6.19; 2Sm 6.7).


Assim a transferência devia ser feita com duas varas revestidas de ouro e isso depois da arca ter sido coberta com couro de animais marinhos e um pano azul (Nm 4.6).


Apenas os levitas do clã de Coate podiam carregar a Arca. Para demonstrar sua imensa gratidão e piedade, Davi decide transferir a Arca para jerusalém.


Há muito significado nisso. A transferência da arca para Jerusalém tem um importante ponto teológico: a presença de Deus agora habitaria com o povo na capital da terra de Israel. Assim Deus seria visto como o cabeça da nação.


Assim Deus seria visto como o cabeça da nação. Junto a isso devemos destacar o entusiasmo, o temor e a contagiante alegria com que Davi tinha realiza e celebra esse ato. Davi tinha profundo respeito e zelo para com Deus, sempre tributando a ele todas as suas conquistas.


O texto mostra que quando os que levavam a arca davam seis passos, a marcha litúrgica era interrompida e Davi sacrificava um boi e um novilho gordo (v.13). Tudo isso mostra a profunda reverência e cuidado de Davi para com a Arca e seu Deus.


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz


O relato da transferência da Arca da Aliança para Jerusalém, conforme registrado em 2 Samuel 6.15, é um momento significativo na história de Israel e oferece lições profundas quando analisado exegética e teologicamente. Vamos explorar esse evento importante, considerando vários aspectos:

  1. Contexto Bíblico:

    • A Arca da Aliança havia passado por várias situações difíceis antes de sua transferência para Jerusalém, incluindo sua estadia entre os filisteus e seu período na casa de Abinadabe.
    • O simbolismo da Arca como a presença de Deus entre o povo de Israel e Sua santidade é fundamental para entender a importância desse evento.
  2. Detalhes da Transferência:

    • O texto destaca cuidados específicos tomados durante a transferência da Arca, incluindo o uso de varas revestidas de ouro, a cobertura com couro de animais marinhos e um pano azul, e a restrição para que apenas os levitas da família de Coate a transportassem (Números 4.6).
    • Esses detalhes enfatizam a santidade e a reverência de Deus na presença da Arca.
  3. Teologia da Presença de Deus:

    • A transferência da Arca para Jerusalém simboliza a habitação da presença de Deus na capital de Israel, tornando-O o cabeça da nação. Isso tem implicações teológicas importantes, indicando a liderança divina sobre Israel.
    • Esse conceito de Deus como o líder soberano de Israel é relevante tanto para a teologia do Antigo Testamento quanto para a compreensão cristã da liderança de Deus na vida dos crentes.
  4. Atitude de Davi:

    • A atitude de Davi durante a transferência da Arca é notável. Ele demonstra entusiasmo, temor e alegria. A interrupção da marcha litúrgica a cada seis passos para realizar sacrifícios mostra sua profunda reverência a Deus.
    • Isso ressalta a importância da adoração e do respeito a Deus na vida de Davi, que atribuía a Deus todas as suas conquistas.
  5. Relevância Contemporânea:

    • Esse evento também destaca a importância da reverência e do cuidado com as coisas sagradas na adoração cristã. Embora a Arca física não seja mais relevante no cristianismo, a adoração e o temor a Deus permanecem fundamentais.

Escritores cristãos como John MacArthur, em suas exposições sobre o Antigo Testamento, frequentemente exploram a transferência da Arca e seu significado teológico. Também, autores como A.W. Tozer em "The Knowledge of the Holy" abordam a santidade de Deus, um tema central nesse contexto.

Em resumo, a transferência da Arca da Aliança para Jerusalém é um evento de profundo significado teológico e espiritual, enfatizando a presença e a liderança de Deus na vida do Seu povo. Isso também destaca a importância da reverência e do temor a Deus na adoração e na vida cristã.




III. 
O PACTO DAVÍDICO - 2 
SM 7

Deus é o Deus de alianças. As escrituras mencionam ao todo sete alianças, entre elas a Davídica.


1. 
O Templo de Jerusalém - 2 Sm 7.2

"Disse o rei ao profeta Natã: Olha, eu moro em casa de cedros, e a arca de Deus se acha numa tenda".


Parece-nos que neste ponto a história de Davi dá uma desacelerada. Ele já estava estabelecido como rei, era famoso, poderoso e gozava agora de uma relativa paz.


Tudo parece estável e Davi estava como que no "topo do mundo". Ele então intenciona fazer uma casa para Deus.


No fundo, o coração agradecido de Davi estava sentindo um certo incômodo porque, enquanto ele mesmo habitava num palácio, Deus "morava" numa tenda.


Isso se torna como que um sonho no coração do rei.


O tabernáculo era uma espécie de templo móvel, transítório e compatível com a época da peregrinação. Fazer um templo permanente e glorioso para Deus era o desejo de Davi. Deus, todavia, não permite.


Não havia nada de errado em assim desejar, exceto que não era o tempo e não seria ele a pessoa que o faria e sim seu filho, Salomão.


A razão era que Davi, como guerreiro, derramara muito sangue. Algo bonito em Davi era sua capacidade de ouvir e ser corrigido.


Quando esteve no deserto, ele aceitou a sugestão de Abigail para não se vingar de Nabal com suas próprias mãos (1Sm 25).


Agora, aceita a palavra do profeta por ordem de Deus. Somos assim? Somos corrigíveis?

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz


O episódio da intenção de Davi em construir um templo para Deus, conforme relatado em 2 Samuel 7.2, oferece insights valiosos sobre a natureza da adoração, a humildade diante de Deus e a importância da obediência. Vamos analisar isso mais profundamente, considerando os elementos exegéticos e teológicos.

  1. Contexto Bíblico:

    • Este evento ocorre em um momento em que Davi já estabeleceu seu reinado em Israel e desfruta de estabilidade e prosperidade. Ele sente o desejo de construir um templo permanente para Deus, que atualmente reside na tenda (tabernáculo).
  2. O Desejo de Davi:

    • O desejo de Davi de construir um templo para Deus reflete seu coração agradecido e reverente. Ele sente que não é apropriado que ele mesmo habite em um palácio enquanto a presença de Deus permanece em uma tenda.
  3. A Vontade de Deus:

    • A resposta de Deus à proposta de Davi é essencial. Deus não rejeita o desejo de Davi de adorá-Lo, mas Ele declara que não será Davi quem construirá o templo, mas seu filho Salomão. Isso se deve ao fato de Davi ter derramado muito sangue como guerreiro.
  4. Aceitação da Correção:

    • Um aspecto notável deste episódio é a humildade de Davi em aceitar a correção. Ele poderia ter insistido em seu desejo, mas em vez disso, ele ouve a palavra do profeta Natã e se submete à vontade de Deus.
  5. Lições Teológicas:

    • Esse episódio ilustra a importância da humildade diante de Deus e da obediência à Sua vontade, mesmo quando nossos desejos são bons e piedosos.
    • Também enfatiza que a adoração a Deus não se baseia em edifícios grandiosos, mas no coração e na atitude reverente do adorador. Deus não habita em templos feitos por mãos humanas (Atos 7.48).
  6. Aplicação Contemporânea:

    • Essa passagem é relevante para os cristãos hoje, lembrando-nos de que nossa adoração a Deus não está condicionada a edifícios suntuosos, mas é uma questão de coração e obediência à Sua vontade.

Escritores cristãos, como A.W. Tozer em "The Pursuit of God", frequentemente exploram temas relacionados à humildade e à adoração verdadeira, usando exemplos como a atitude de Davi como um guia espiritual.

Em resumo, 2 Samuel 7.2 nos lembra da importância da humildade diante de Deus e da obediência à Sua vontade, mesmo quando nossos desejos são bons e piedosos. Isso também ressalta que a verdadeira adoração não depende de edifícios grandiosos, mas da atitude reverente do coração diante de Deus.


2. 
Deus viaja com seu povo - 2 Sm 7.6

"Porque em casa nenhuma habitei desde o dia em que fiz subir os filhos de Israel do Egito até ao dia de hoje; mas tenho andado em tenda, em tabernáculo".


Um princípio importante a se notar aqui é esse: Deus anda com seu povo. Deus esclarece a Davi que através dos séculos ele "habitava" em tendas porque Ele mesmo quis assim.


Era opção Dele. Era como se Deus dissesse ao seu ungido:"Davi, eu estou em tendas porque Eu quero. Meu povo habitava em tendas e eu caminho junto com eles. É intencional Davi".


Deus diz que nunca em nenhum lugar pediu casa. Ele é o Deus que viaja com seu povo, especialmente nos tempos difíceis.


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz


O entendimento de que Deus escolheu habitar em tendas ao longo da jornada do povo de Israel é uma perspectiva rica e significativa que pode ser explorada em termos exegéticos e teológicos. Vamos examinar essa passagem considerando esses aspectos:

  1. Contexto Bíblico:

    • O contexto da passagem é o diálogo entre Deus e o rei Davi, no qual Davi expressa seu desejo de construir um templo para Deus, e Deus responde afirmando que Ele nunca pediu uma casa para Si.
  2. Habitar em Tendas:

    • A frase "habitar em tendas" ressalta a natureza nômade e transitória da jornada de Israel desde o êxodo do Egito até a época de Davi. Durante esse período, o povo de Israel habitava em tendas, tanto durante sua peregrinação pelo deserto como na ocupação da Terra Prometida.
  3. A Escolha Deliberada de Deus:

    • Deus enfatiza que a decisão de habitar em tendas era Sua escolha deliberada. Ele estava presente no tabernáculo, uma tenda móvel que acompanhava o povo de Israel em sua jornada.
    • Isso revela a compaixão de Deus, Sua disposição de estar presente e próximo de Seu povo, mesmo em situações difíceis e transitórias.
  4. A Lição Teológica:

    • Essa passagem ensina que Deus viaja com Seu povo e escolhe estar presente em todas as circunstâncias. Ele não está restrito a templos ou edifícios grandiosos. Seu desejo é estar no meio de Seu povo, compartilhando suas alegrias, tristezas e desafios.
  5. Relevância Contemporânea:

    • A lição de que Deus viaja com Seu povo tem implicações significativas para os cristãos hoje. Isso enfatiza a importância da presença de Deus em nossa jornada espiritual e nos lembra que Ele está conosco em todas as fases de nossas vidas, não apenas nos momentos de adoração formal.

Escritores cristãos, como Eugene Peterson em "A Long Obedience in the Same Direction," frequentemente exploram o tema da jornada espiritual e da presença de Deus na vida cotidiana dos crentes.

Em resumo, 2 Samuel 7.6 destaca que Deus escolheu habitar em tendas ao longo da jornada de Seu povo como um símbolo de Sua proximidade e presença constante. Isso tem implicações teológicas e espirituais importantes para os crentes, lembrando-nos de que Deus viaja conosco em nossa jornada espiritual e cotidiana.


Legenda: ruinas da Cidade de Davi (derrubando a teoria teísta, que ele era um mito).

3. O grande é Deus - 2 Sm 7.8 

"Agora, pois, assim dirás ao meu servo Davi: Assim diz o Senhor dos Exércitos: Tomei-te da malhada, de detrás das ovelhas, para que fosses príncipe sobre o meu povo, sobre Israel".


Deus lembra a Davi que o grande era Ele, não Davi. Isso é muito importante de ser lembrando, especialmente em tempos de vitória e prosperidade. Deus diz: "Não é você que fará casa para mim Davi.


Sou Eu que farei uma casa para você" (2Sm 7.16). Deus diz que vai fazer uma casa duradoura para Davi. Há uma mudança proposital na terminologia.


Deus parte da ideia de Davi em querer fazer uma casa e diz que a "casa" dele (sua linhagem e dinastia) seria para sempre. Então quem está fazendo casa para quem?

Não era uma retribuição pelo que Davi fizera, é graça e bondade.


Os pactos de Deus estão alicerçados, não nos méritos humanos, mas na sua misericórdia e unilateral bondade.


Nossa relação com Deus não pode ser utilitária. Não é porque somos "bons meninos" que Deus nos abençoa. Claro que não. Ele nos abençoa porque sua natureza é assim.


Deus é poderoso para fazer o que quiser, inclusive sem nós. O fato de nos usar nos faz pessoas úteis e isso é bom, mas ninguém é imprescindível. O único imprescindível é Deus.


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz


O diálogo entre Deus e Davi registrado em 2 Samuel 7.8-16 é uma passagem rica em significado teológico e oferece importantes lições sobre a soberania de Deus e Sua fidelidade aos Seus pactos. Vamos explorar mais profundamente esses aspectos:

  1. Deus é o Grande e o Principal Ato:

    • Deus inicia a conversa com Davi reafirmando Sua grandeza e soberania. Ele lembra a Davi que foi Ele quem o escolheu, tirando-o da pastagem de ovelhas para torná-lo príncipe sobre o povo de Israel.
    • Essa ênfase destaca que a iniciativa e a ação principal estão com Deus, não com o homem. Davi não se elevou por suas próprias realizações; foi Deus quem o exaltou.
  2. A Promessa de Uma Casa Duradoura:

    • Deus responde ao desejo de Davi de construir uma casa para Ele de uma maneira surpreendente. Ele promete construir uma casa duradoura para a linhagem de Davi, estabelecendo uma dinastia eterna. Isso aponta para Jesus Cristo, descendente de Davi, como o cumprimento final dessa promessa.
  3. A Graça e Bondade de Deus:

    • A promessa de Deus a Davi não é baseada em méritos humanos, mas na Sua graça e bondade. Ele escolhe abençoar Davi e Israel de acordo com o Seu propósito soberano.
    • Isso ressalta a natureza graciosa e fiel de Deus em cumprir Suas promessas, independentemente do mérito humano.
  4. Relação com Deus não Utilitária:

    • A passagem destaca que nossa relação com Deus não deve ser utilitária, baseada em recompensas por boas ações. Deus abençoa e age de acordo com Sua vontade soberana e Sua natureza amorosa.
    • É importante reconhecer que somos abençoados e usados por Deus não por nossa própria grandeza, mas por Sua graça.
  5. A Soberania de Deus:

    • Essa passagem enfatiza que Deus é soberano e pode agir de acordo com Seu plano divino, independentemente do papel humano. Ele é o único imprescindível, e Sua vontade prevalece.

Escritores cristãos, como John Piper em "Desiring God," frequentemente abordam a soberania de Deus e a graça como temas teológicos centrais relacionados a passagens como essa.

Em resumo, 2 Samuel 7.8-16 destaca a soberania de Deus, Sua fidelidade aos pactos e Sua graça abundante. Isso nos lembra que nossa relação com Deus é baseada em Sua iniciativa e misericórdia, não em nossos próprios méritos, e que Ele é o único verdadeiramente imprescindível.


Legenda: Um dos portões da Cidade de Davi encontrado em Betsaida.
Aplicação Pessoal

As promessas de Deus sempre se cumprem, mesmo quando parecem ter falhado.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz


A afirmação de que as promessas de Deus sempre se cumprem, mesmo quando parecem ter falhado, é um princípio fundamental na teologia cristã, baseado em uma compreensão profunda da natureza de Deus e Sua fidelidade. Vamos explorar essa ideia com base em elementos exegéticos e teológicos:

  1. A Natureza de Deus:

    • A base para essa afirmação reside na natureza de Deus. Ele é eterno, imutável e soberano. Sua palavra é confiável e Sua vontade é infalível. Deus não mente nem quebra Suas promessas (Números 23:19; Hebreus 6:18).
    • Isso está fundamentado na raiz hebraica das palavras para os atributos de Deus, como "Emet" (verdade) e "Hesed" (lealdade amorosa), que destacam a fidelidade e a veracidade divinas.
  2. Exemplos Bíblicos:

    • A Bíblia está repleta de exemplos de promessas divinas que foram cumpridas, muitas vezes de maneiras surpreendentes ou aparentemente improváveis. Por exemplo, a promessa de um filho para Abraão e Sara, a libertação dos israelitas da escravidão no Egito e o nascimento do Messias, Jesus Cristo.
    • A narrativa bíblica frequentemente ressalta que Deus cumpre Suas promessas no tempo e no modo que Ele determina, muitas vezes além do entendimento humano.
  3. A Aparência de Falha:

    • Às vezes, pode parecer que as promessas de Deus falharam devido às circunstâncias aparentemente desfavoráveis. No entanto, isso geralmente reflete nossa limitada perspectiva humana.
    • O exemplo da morte de Jesus na cruz pode ser visto como uma aparente falha das promessas messiânicas, mas, na realidade, foi o cumprimento supremo dessas promessas, que incluíam a redenção da humanidade.
  4. A Fé e a Esperança:

    • A compreensão de que as promessas de Deus sempre se cumprem é um fundamento sólido para a fé e a esperança dos cristãos. Isso nos encoraja a confiar em Deus mesmo nas dificuldades, sabendo que Ele está trabalhando em nossas vidas e no mundo de acordo com Seu plano divino.

Escritores cristãos, como Charles Spurgeon em seus sermões e John Piper em "Future Grace," frequentemente enfatizam a confiabilidade das promessas de Deus e a importância de confiar nelas em nossa jornada de fé.

Em resumo, a convicção de que as promessas de Deus sempre se cumprem é uma pedra angular da teologia cristã, ancorada na natureza divina, apoiada por exemplos bíblicos e vital para a fé e esperança dos crentes. Mesmo quando as circunstâncias parecem desfavoráveis, a fidelidade de Deus é inabalável e Sua palavra é infalível.


RESPONDA

1) Conforme a lição a perseguição de Saul era fruto de que?


A perseguição de Saul a Davi era principalmente fruto de dois fatores:

  • Ciúmes e Inveja: O primeiro e principal fator foi o ciúmes e a inveja que Saul sentia em relação a Davi. Quando as pessoas começaram a cantar que "Saul matou os seus milhares, porém Davi, os seus dez milhares" (1 Samuel 18:7), isso despertou um sentimento de inveja em Saul. Ele se sentiu ameaçado pelo sucesso e popularidade crescente de Davi, o que o levou a ver Davi como um rival em vez de um aliado.
  • Influência de um Espírito Maligno: Em alguns momentos, a Bíblia menciona que um espírito maligno afligia Saul. Esse espírito o atormentava e o levava a agir de maneira irracional e violenta. Embora a Bíblia não forneça muitos detalhes sobre a origem ou natureza desse espírito maligno, ele contribuiu para a perseguição de Davi.

Portanto, a perseguição de Saul a Davi era uma combinação do seu ciúmes e inveja pessoal, juntamente com a influência de um espírito maligno que o perturbava emocionalmente e o levava a tomar ações prejudiciais.


2) Mencione as atitudes de Davi frente às perseguições sofridas.

Davi demonstrou várias atitudes notáveis diante das perseguições que sofreu por parte de Saul:

  • Respeito pela Autoridade de Saul: Mesmo quando Davi teve a oportunidade de matar Saul, ele se recusou a fazê-lo, mostrando respeito pela autoridade e posição de Saul como o ungido do Senhor (1 Samuel 24:6; 1 Samuel 26:9).
  • Não Espiritualizou o Problema: Davi não caiu na armadilha de espiritualizar cada circunstância, reconhecendo que nem todas as situações eram planos divinos específicos para ele (1 Samuel 24:4).
  • Recusa do Ódio: Davi recusou o ódio e a vingança, mesmo quando estava sendo perseguido injustamente. Ele não nutriu ressentimento em relação a Saul ou buscou vingança (1 Samuel 24:9).
  • Entregou a Deus: Davi entregou a situação nas mãos de Deus e confiou que Deus faria a justiça. Ele disse: "Julgue o SENHOR entre mim e ti e vingue-me o SENHOR a teu respeito" (1 Samuel 24:12).
  • Perdão e Misericórdia: Em várias ocasiões, Davi demonstrou perdão e misericórdia para com Saul. Ele não odiou Saul, mesmo quando Saul o perseguia implacavelmente. Isso é evidente no episódio da caverna e na ocasião em que Davi poupou a vida de Saul enquanto ele dormia (1 Samuel 24 e 1 Samuel 26).
  • Dependência de Deus: Davi continuou a buscar a orientação e a dependência de Deus em meio às perseguições. Ele não confiou apenas em suas próprias habilidades, mas confiou em Deus para proteção e direção.

Essas atitudes de Davi destacam sua humildade, respeito pela autoridade divina e sua confiança em Deus como o verdadeiro juiz e vingador. Davi é frequentemente lembrado como um exemplo de como um indivíduo deve lidar com perseguições e adversidades, confiando em Deus e evitando o ódio e a vingança.


3) Segundo a lição qual o remédio para o ressentimento?

    De acordo com a lição, o remédio para o ressentimento é o perdão. O ressentimento é uma emoção negativa que surge quando alguém se sente magoado ou injustiçado por ações ou palavras de outra pessoa. Essa mágoa pode se transformar em ressentimento, que é como "sentir a mesma dor repetidamente", como mencionado na lição.

        O perdão é a cura para o ressentimento. Em vez de nutrir a mágoa e o desejo de vingança, o perdão envolve liberar esses sentimentos negativos. Ao perdoar, uma pessoa decide não mais se apegar à dor passada, à raiva ou ao ressentimento. O perdão não significa necessariamente esquecer o que aconteceu, mas sim escolher não permitir que esses sentimentos negativos continuem a dominar a mente e o coração.

        O perdão não beneficia apenas a pessoa que está perdoando, mas também alivia o fardo emocional daquele que foi perdoado. É um ato de misericórdia e compaixão que reflete princípios cristãos de amor, graça e perdão.

Portanto, segundo a lição, o remédio para o ressentimento é o perdão, que libera a pessoa da prisão emocional do ressentimento e permite que ela siga em frente com uma atitude de compaixão e amor.


SUBSÍDIO EXTRA: BÔNUS

2 Samuel 5 Estudo: 4 PRINCÍPIOS para a PLENITUDE da promessa


Em 2 Samuel 5 todos os líderes das tribos de Israel que eram lideradas por Isbosete, vieram a Davi, pedir que ele reinasse sobre eles. O motivo deles para isso, é que reconheciam que mesmo nos dias em que Saul era rei, Davi era o grande guerreiro que protegia Israel.

Além disso, eles tinham conhecimento da promessa de que Deus faria de Davi, rei sobre todo o Seu povo.

Diante da palavra do povo, Davi aceitou ser o rei de Israel, e foi ungido em Hebrom pelo anciãos e diante de Deus. Neste dia a promessa se cumpriu e Davi ainda hoje é o rei mais amado do Israel moderno.

No Antigo Testamento, Davi é um tipo do rei Jesus, porém o reinado do filho de Deus é muito superior, por sua santidade e justiça absolutas.

É o Senhor Jesus que nos livra dos nossos inimigos, Satanás e seus demônios, e os derrotou de maneira definitiva na Cruz do Calvário. Ele nos chama de irmãos (Hebreus 2:17), nos incluindo na família de Deus e se tornou Soberano, por decreto de Deus Pai, que o ungiu como rei sobre todo o Seu povo, para sempre (Salmos 2:6).

Esboço de 2 Samuel 5:

2 Sm 5.1–3: O pleno cumprimento da promessa

2 Sm 5.4–5: “Começou a reinar, e reinou”

2 Sm 5.6–9: “Você não entrará aqui”

2 Sm 5.6–9: “Você não entrará aqui”

Sm 5.10-12: “Cada vez mais poderoso”

2 Sm 5.17–19,22-25: Deus nos dirige nas batalhas

Estudo de 2 Samuel 5 em vídeo

2 Samuel 5.1–3: O pleno cumprimento da promessa

Representantes de todas as tribos de Israel foram dizer a Davi, em Hebrom: “Somos sangue do teu sangue . 2 No passado, mesmo quando Saul era rei, eras tu quem liderava Israel em suas batalhas. E o Senhor te disse: ‘Você pastoreará Israel, o meu povo, e será o seu governante’ ”. 3 Então todas as autoridades de Israel foram ao encontro do rei Davi em Hebrom; o rei fez um acordo com eles em Hebrom perante o Senhor, e eles ungiram Davi rei de Israel. (2 Sm 5.1–3 NVI).

Em 2 Samuel 4 vemos que Isbosete, filho de Saul, é covardemente assassinado (Se você ainda não assistiu a esse vídeo, vou deixar o card no final pra você conferir).

Com isso, o caminho estava livre para Davi afirmar sua soberania sobre as tribos do norte de Israel, assim como já havia estabelecido sobre Judá.

Houve um reconhecimento geral no Norte de que isso deveria ser feito, então uma delegação de todas as tribos foi a Hebrom para encorajar o governo de Davi sobre eles.

Eles disseram a Davi que eram seus parentes, sua própria carne e sangue, ou seja, todos eram descendentes de Jacó. Eles declararam publicamente que reconheciam Davi como um herói de Israel.

E o mais importante de tudo, eles estavam conscientes do chamado e unção do Senhor ao trazer Davi ao poder para pastoreá-los.

Sem hesitar, eles o declararam como rei de toda a nação. Davi retribuiu o reconhecimento fazendo aliança com eles.

A aliança de Davi provavelmente envolvia um juramento no qual ele se comprometia a seguir os requisitos mosaicos para a realeza (Deuteronômio 17:14-20).

A unção anterior de Davi feita por Samuel em 1 Samuel 16:13, deixou claro a escolha de Deus. A segunda unção, em Hebrom, lhe estabeleceu como rei sobre Judá (2 Samuel 2:4), e foi a confirmação do povo dessa escolha e um reconhecimento público. Esta terceira unção com óleo, selava o cumprimento pleno da promessa que Deus fez a Davi, de que ele seria o líder de todo o seu povo.

Isso me ensina algumas coisas:

  • O cumprimento da promessa de Deus em nossas vidas, passa por várias etapas, até a sua plenitude;
  • Precisamos ter paciência e saber viver cada uma delas, aprendendo o máximo que pudermos;
  • O bom propósito de Deus para nossa vida, se manifesta de maneira pública;
  • Seja em nossa família, na cidade, no estado, na nação ou em todo o mundo, um grupo de pessoas será diretamente impactada pelo chamado que Deus tem para nós;
  • Deus nos chama para ser uma bênção, seja em uma grande escala ou pequena;

O trabalhar d Deus na vida de Davi começou quando ele ainda era muito jovem. Foram quase duas décadas, entre a promessa e o cumprimento dela.

Mas quando o tempo da promessa se cumprir chega, veja o que acontece.

2 Samuel 5.4–5: “Começou a reinar, e reinou”

4 Davi tinha trinta anos de idade quando começou a reinar, e reinou durante quarenta anos. 5 Em Hebrom, reinou sobre Judá sete anos e meio, e em Jerusalém reinou sobre todo o Israel e Judá trinta e três anos. (2 Sm 5.4–5 NVI).

Davi começou seu reinado aos 30 anos, idade em que os sacerdotes começaram a servir na presença de Deus.

Depois de sete anos e meio em Hebrom, David decidiu mudar a capital. Sua provavelmente foi política, pois ele decidiu por Jerusalém, uma cidade na fronteira entre Judá e as tribos do norte.

Perceba que no texto, o autor cita Israel e Judá, isso indica que 2 Samuel foi escrito depois que a nação foi dividida em 931 a.C. nos Reinos do Norte e do Sul.

Embora curto, este trecho bíblico é carregado de significado, e me ensina algumas coisas:

  • Quando perseveramos em viver o plano de Deus para nossa vida, experimentamos o cumprimento dela;
  • Só é capaz de desfrutar das promessas de Deus, quem acredita, e continua acreditando, apesar das adversidades;
  • O processo que separa a promessa e o cumprimento dela, é fundamental para a nossa preparação;
  • O texto diz que Davi começou a reinar, reinou e continuou reinando;
  • O nome dele foi escrito na História bíblica e secular, enquanto ele fazia aquilo que Deus lhe chamou para fazer;

Embora tenha cometido muitos e graves erros, a melhor versão de Davi, se revela quando ele está no trono.

Veja como ele cresceu…

2 Samuel 5.6–9: “Você não entrará aqui”

6 O rei e seus soldados marcharam para Jerusalém para atacar os jebuseus que viviam lá. E os jebuseus disseram a Davi: “Você não entrará aqui! Até os cegos e os aleijados podem se defender de você”. Eles achavam que Davi não conseguiria entrar, 7 mas Davi conquistou a fortaleza de Sião, que veio a ser a Cidade de Davi…9 Davi passou a morar na fortaleza e chamou-a Cidade de Davi. Construiu defesas na parte interna da cidade desde o Milo .(2 Sm 5.6–9 NVI)

Jerusalém havia permanecido sob o controle dos jebuseus desde os dias de Josué, ela era considerada neutra, de modo que a residência de Davi ali, demonstraria imparcialidade com relação a preferência entre as tribos.

Mas o próprio fato de Jerusalém ter permanecido inconquistada indicava sua segurança e defesa.

Isso é visto claramente na resposta que os jebuseus deram ao cerco que Davi fez à cidade.

Em 1 Crônicas 11:6, lemos que Davi prometeu a seus homens que quem descobrisse um meio de acesso à cidade seria promovido a comandante-chefe.

O relato em 1 Crônicas mostra que Joabe conseguiu fazer isso, aparentemente passando pelo túnel de água que ligava o abastecimento de água de Jerusalém aos seus reservatórios internos.

Em todo caso, a cidade foi inserida às tribos e estabelecida como a capital.

Depois que a cidade foi capturada, o Monte Sião e o Monte Ofel foram consolidados em uma entidade descrita aqui e em outros lugares como a Cidade de Davi.

Com este relato bíblico eu aprendo algumas coisas:

  • Quando chegamos ao lugar da promessa, as lutas não acabam, elas só mudam de propósito;
  • Enquanto era perseguido por Saul, Davi lutava para sobreviver, agora ele luta para crescer no propósito para o qual Deus lhe chamou;
  • E prosperou nisso!

 Samuel 5.10-12: “Cada vez mais poderoso”

10 E foi se tornando cada vez mais poderoso, pois o Senhor, o Deus dos Exércitos estava com ele. 11 Pouco depois Hirão, rei de Tiro, enviou a Davi uma delegação, que trouxe toras de cedro e também carpinteiros e pedreiros que construíram um palácio para Davi. 12 Então Davi teve certeza de que o Senhor o confirmara como rei de Israel e que seu reino estava prosperando por amor de Israel, o seu povo. (2 Sm5.10–12 NVI).

A captura, expansão e ocupação de Jerusalém por Davi deixou claro para todo o Israel e também para os povos vizinhos que Deus estava com ele e que ele não era um chefe tribal renegado, mas um poder político com quem eles deveriam contar.

Isso é visto na atenção que ele recebeu de Hirão, rei de Tiro, que forneceu materiais e homens para construir um palácio para Davi como podemos ver em 1 Reis 5:1–11.

O reconhecimento por uma pessoa tão importante naquele contexto social e político convenceu Davi de que Deus realmente o havia estabelecido e exaltado seu reino.

  • Perceba, que quando estamos no centro da vontade de Deus, embora o crescimento seja gradual, ele é também, natural;
  • A bênção de Deus sobre a liderança de Davi, o fazia prosperar, em todos os sentidos;
  • Sua influência, apenas crescia, entre o povo de Deus e fora dele;

Mas como ser humano, Davi também comete erros. Mesmo os melhores de nós, cometem e em 2 Samuel 5.13-16, lemos que “Davi tomou mais concubinas e esposas, e gerou mais filhos e filhas”.

Essa foi uma escolha dele, que a Lei de Deus não aprovava. Era algo cultural à época que grandes homens, tivessem também um grande harém, ou seja, tivesse muitas mulheres.

Neste ponto, Davi escolheu seguir a cultura, ao invés de seguir a vontade de Deus, e como sempre acontece, mais à frente veremos as drásticas consequências dessa escolha.

2 Samuel 5.17–19,22-25: Deus nos dirige nas batalhas

17 Ao saberem que Davi tinha sido ungido rei de Israel, os filisteus foram com todo o exército prendê-lo, mas Davi soube disso e foi para a fortaleza. 18 Tendo os filisteus se espalhado pelo vale de Refaim, 19 Davi perguntou ao Senhor: “Devo atacar os filisteus? Tu os entregarás nas minhas mãos?”O Senhor lhe respondeu: “Vá, eu os entregarei nas suas mãos”…22 Mais uma vez os filisteus marcharam e se espalharam pelo vale de Refaim; 23 então Davi consultou o Senhor de novo, que lhe respondeu: “Não ataque pela frente, mas dê a volta por trás deles e ataque-os em frente das amoreiras. 24 Assim que você ouvir um som de passos por cima das amoreiras, saia rapidamente, pois será esse o sinal de que o Senhor saiu à sua frente para ferir o exército filisteu”. 25 Davi fez como o Senhor lhe tinha ordenado, e derrotou os filisteus por todo o caminho, desde Gibeom até Gezer. (2 Sm 5.17–19,22-25 NVI).

A prosperidade de Davi chamou a atenção dos. Talvez durante todos os seus anos em Hebrom eles o tivessem considerado como um servo leal ao governo de Isbosete.

Agora, porém, eles sabiam sem sombra de dúvida que Davi, como sucessor de Saul, era seu inimigo implacável.

Uma declaração de guerra foi feita entre eles.

E algo sensacional acontece!

Um pecador pede a instrução de Deus para a batalha, e Deus lhe diz EXATAMENTE, com riqueza de detalhes, o que ele deve fazer.

Ao seguir a direção de Deus, mais uma vez, Davi vence.

Eu aprendo muito com esse texto.

  • Ele me ensina, que Deus está disposto a me dirigir dentro do propósito para o qual ele me chamou;
  • Uma vez que eu chego ao lugar da promessa, Deus não me abandona nele, ele permanece comigo;
  • Pra isso, é preciso cultivar um coração sensível, e isso Davi faz;
  • Ele agora está no trono, mas mantém Deus por perto;
  • O mesmo Deus que falava com ele quando ninguém o via ou lembrava dele;
  • Agora esse mesmo Deus, lhe diz como enfrentar exércitos inteiros no campo de batalha;
  • Este texto me mostra, que se eu honro a Deus no dias das pequenas coisas, eu devo continuar horando, no auge!

Davi é um exemplo a ser seguido por todos os cristãos, em todo o mundo e em todas as gerações.

Motivos de oração em 2 Samuel 5

Oro para que:

  • A promessa de Deus se cumpra plenamente em nossas vidas;
  • Deus nos faça crescer, mais e mais em sua vontade;
  • O Espírito Santo nos dirija pelas muitas batalhas da vida.
Não deixem de entrar e fiquem antenados as novidades.



--------------------------------------------------------------
📥 ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI

Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você. 
Ajude-nos 🙏. Não leva nem 30 segundos.

Basta clicar em qualquer ANÚNCIO e você estará colaborando para que esse blog continue trazendo conteúdo exclusivo e de edificação para a sua vida. Pode ser também uma oferta voluntária no pixpecadorconfesso@hotmail.com

--------------------------------------------------------------


------------------------------------------------------------------------------------------------------

-------------------------------------------------------------------------------------

Gostou do site? Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site: Nos abençoe e incentive está obra que demanda tempo com uma oferta voluntária pelo PiX/TEL (15)99798-4063 ou (pix/email) pecadorconfesso@hotmail.com – Seja um parceiro desta obra. “(Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )”

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Clique aqui para Download das:

SUBSÍDIOS DAS REVISTAS – 3º Trimestre De 2023
| CLIQUE E ACESSE |

---------------------------------------------------------

VOCÊ TAMBÉM IRÁ GOSTAR - ACESSE.

Todos os Melhores Comentários Bíblicos em PDF

Todos Dicionários Bíblicos e Enciclopédia da Bíblia em PDF

Biblioteca Teológica On Line + 25 MIL Livros em PDF + Mais Brindes

Todos os Comentários Bíblicos de Hernandes Dias Lopes em pdf

Circuito 4X4 de Leitura da Bíblia de forma Cronológica

COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,121,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,19,2º Trimestr,1,2º Trimestre,155,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,104,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,195,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,88,Adolescentes,31,adolescer+,8,Adoração,9,Adulto,145,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,58,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,24,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,14,As Bodas do Cordeiro,2,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,38,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,46,Batalha Espirítual,38,Batismo,17,Batismo nas Águas,4,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,5,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,161,Betel Adulto,96,Betel Jovem,40,Bíblia,84,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,6,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,18,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,14,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,19,Casamento Misto,6,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,28,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,CETADEB,1,Céu,12,Céus,9,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,8,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,502,CPAD Adolescentes,71,CPAD Jovem,127,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,14,Cristão,29,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,8,Cruz,11,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,17,Culto da Virada de Ano Novo,6,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,4,Cultura,1,Cura,10,Curado,2,Curso,5,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,106,Deus é Amor,25,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,12,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,93,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,3,Diáconos,12,Diante do Trono,3,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,10,Dinheiro,8,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,11,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,17,Dons de Maravilhas,20,Dores,1,Doutrina,30,Doutrinas Fundamentais,41,Download,87,Download Livros e E-books,150,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,38,EBD,756,EBF,1,Eclesiastes,15,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,editora crista evangelica,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,4,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,40,Escavação,1,Escola,34,Escola Bíblica Dominical,951,Escola Dominical,88,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,6,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,42,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,230,Estudos Bíblicos,526,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,20,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,50,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,13,Falta,1,familia,52,Família,51,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,22,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,7,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,2,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,5,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,22,Hermenêutica,3,Hernandes,3,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,42,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,54,Inferno,6,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,2,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,57,Jesus Cristo,58,Jesus de Nazaré,11,Jezabel,1,Jó,18,João,19,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,9,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,232,Jovens,195,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,23,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,4,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,11,Lições Bíblicas da BETEL,418,Lições Bíblicas da CPAD,597,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,29,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,39,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,13,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,3,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,15,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,6,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,106,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,2,Notícia gospel,73,Notícias Gospel,221,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,10,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,2,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,15,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,15,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,9,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,29,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Osiel Gomes,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,30,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,24,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,79,Pecado,42,Pecador Confesso,14,PECC,63,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,9,Perigos,7,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,5,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,29,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,15,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,8,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,18,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,3,Revelação,5,Revelado,1,Revista,108,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,5,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,17,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,29,Salvador,20,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,13,Santificação,15,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,7,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,9,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,8,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,9,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,7,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,5,Subsídio,96,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,9,Teologia,16,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,4,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,3,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,5,Ver Deus,1,Veracidade,10,Verdade,7,Verdadeira,8,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 10 - 2 Samuel 1 a 7 - Davi, O Novo Rei de Israel
Lição 10 - 2 Samuel 1 a 7 - Davi, O Novo Rei de Israel
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi_w1ORi-PVRVBhYt8TIsYx4gqsHyceb1bdSSSR2zTlrApQvS-dPHP6SF7tZbXcYjR9xZ9MWB0hMIeiC7XHuwOZMSMPEQcilpMhdxwkLrQ2ko0lL8FI2mNiP68VNmbvuyOqRhiGFtHV9qzJ_40neVxGdzHJmdbbirTuOBCM4mXKiRmKoS0tlpWVLx9XpduY/w640-h356/PECC-LICAO-10-SAMUEL.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEi_w1ORi-PVRVBhYt8TIsYx4gqsHyceb1bdSSSR2zTlrApQvS-dPHP6SF7tZbXcYjR9xZ9MWB0hMIeiC7XHuwOZMSMPEQcilpMhdxwkLrQ2ko0lL8FI2mNiP68VNmbvuyOqRhiGFtHV9qzJ_40neVxGdzHJmdbbirTuOBCM4mXKiRmKoS0tlpWVLx9XpduY/s72-w640-c-h356/PECC-LICAO-10-SAMUEL.webp
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2023/08/licao-10-2-samuel-1-7-davi-o-novo-rei.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2023/08/licao-10-2-samuel-1-7-davi-o-novo-rei.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy