Lição 09 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja | 1° Trimestre de 2024 | EBD – ADULTOS

TEXTO AUREO “Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.” (Mt 28.19) COMENTÁRIO EX...


TEXTO AUREO

“Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo.” (Mt 28.19)

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



O texto áureo, conhecido como a Grande Comissão, é uma instrução vital dada por Jesus aos Seus discípulos antes de Sua ascensão. Vamos analisar Mateus 28:19 em detalhes:

Mateus 28:19 (ARA):

"Portanto, ide, ensinai todas as nações, batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo."

Comentário:

  • "Portanto": Este termo liga a Grande Comissão ao contexto anterior, estabelecendo uma conexão com a autoridade de Jesus, que foi dada a Ele tanto no céu quanto na terra (Mateus 28:18). Isso destaca a base sólida para a missão que Ele está prestes a dar aos discípulos.
  • "Ide": A palavra grega para "ide" é "πορευθέντες" (poreuthentes), que é uma forma aorista do verbo "poreuomai", significando "ir" ou "partir". Essa ação representa a urgência e o caráter mandatório da missão. Os discípulos são enviados para cumprir um propósito específico.
  • "Ensinar todas as nações": A palavra "ensinar" em grego é "μαθητεύσατε" (mathēteusate), relacionada a "mathētēs", que significa "discípulo". Portanto, a instrução vai além de transmitir conhecimento; é sobre fazer discípulos. A mensagem do Evangelho não é restrita a uma cultura ou nação específica, mas é para todas as pessoas em todo o mundo.
  • "Batizando-as em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo": O ato de batismo é central na Grande Comissão. "Batizando" vem de "βαπτίζοντες" (baptizontes), derivado de "baptizō", significando imergir ou mergulhar. O batismo é uma identificação com a Trindade, simbolizando a morte para o pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo.

Contexto:

Esse mandato é dado por Jesus após Sua ressurreição, quando Ele aparece aos discípulos na Galileia. Ele expressa Sua autoridade e comissiona os discípulos para irem pelo mundo proclamando o Evangelho, fazendo discípulos e batizando-os.


Aplicação:

A Grande Comissão é um chamado para todos os seguidores de Jesus. Ela destaca a importância de levar a mensagem redentora do Evangelho a todas as pessoas, em todos os lugares. Além disso, o batismo em nome da Trindade é uma expressão pública de fé e uma identificação com a obra salvífica de Deus.


Esse mandato continua relevante hoje, convocando os cristãos a serem agentes ativos na disseminação da mensagem transformadora do Evangelho, fazendo discípulos e vivendo uma vida que reflete a verdade do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

VERDADE PRÁTICA

O batismo é uma ordenança de Jesus Cristo e, por isso, deve ser uma prática obedecida pela igreja.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



O batismo, como uma ordenança de Jesus Cristo, é uma prática vital na vida da igreja. Examinar essa verdade prática envolve uma análise bíblica, teológica e profunda das Escrituras.


O mandamento de batizar foi dado por Jesus como parte da Grande Comissão, conforme registrado em Mateus 28:19. A palavra grega para "batizar" é "βαπτίζω" (baptizō), que significa imergir ou mergulhar. Ao longo do Novo Testamento, vemos exemplos práticos do batismo, como o batismo de Jesus por João Batista no rio Jordão (Mateus 3:13-17). Além disso, o livro de Atos relata inúmeras ocasiões em que pessoas foram batizadas em nome de Jesus.


O batismo é teologicamente significativo. Ele simboliza a morte para o pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo (Romanos 6:3-4). Ao ser batizado, o crente testemunha publicamente sua identificação com a obra redentora de Cristo e sua entrada na comunhão da igreja. O batismo também é uma expressão da obra regeneradora do Espírito Santo na vida do crente (Tito 3:5).


Dicionário Bíblico:

  • Batismo nas Águas: Um rito cristão no qual uma pessoa é imersa na água como símbolo de sua identificação com a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo.
  • Batismo do Espírito Santo: A obra regeneradora e santificadora do Espírito Santo na vida do crente no momento da conversão.

Contexto:

O batismo tem raízes no Antigo Testamento, onde rituais de purificação eram comuns. No entanto, o batismo cristão é distintivo em sua ligação com a obra de Cristo e a proclamação pública da fé. Jesus instituiu o batismo como uma prática essencial para a igreja, e os apóstolos o praticaram regularmente nas comunidades cristãs primitivas.


Aplicação:

A prática do batismo é uma resposta de obediência ao mandamento de Jesus. Ele é uma declaração pública da fé individual, uma celebração da transformação interior operada por Cristo e um sinal visível da comunhão dos crentes na igreja. A igreja é chamada a administrar o batismo de forma fiel, reconhecendo sua importância como uma ordenança dada por Cristo.


Ao compreender a profundidade teológica do batismo e seu fundamento nas Escrituras, a igreja é capacitada a enfatizar essa prática como um meio de obediência, testemunho público e celebração da obra redentora de Jesus Cristo na vida dos crentes.

LEITURA DIÁRIA

Segunda – At 16.33 Uma prática cristã
Terça – Mt 28.19 Uma ordenança de Jesus Cristo
Quarta – Mc 16.16 O batismo é para quem crê verdadeiramente em Cristo
Quinta – At 2.38 Batizando os verdadeiramente convertidos
Sexta – Cl 2.12 Identificados com Cristo
Sábado – At 2.41 Testemunho público da fé

DINAMICA EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Dinâmica: "Rumo às Águas do Batismo"

Objetivo:

Explorar e discutir os aspectos teológicos e práticos do batismo como a primeira ordenança da igreja.

Materiais Necessários:

  • Bíblias para cada participante.
  • Papel e canetas.
  • Recursos visuais ou imagens relacionadas ao batismo.

Passos:

  • Abertura (10 minutos):
    • Cumprimente os participantes e comece com uma breve oração, convidando o Espírito Santo para guiar o entendimento.
    • Introduza o tema destacando a importância do batismo como a primeira ordenança da igreja.
  • Leitura Bíblica (15 minutos):
    • Leia juntos passagens relevantes sobre o batismo, como Mateus 28:19, Romanos 6:3-4, e Atos 2:38.
    • Incentive a discussão sobre o significado destes versículos e como eles influenciam nossa compreensão do batismo.
  • Estudo em Grupo (20 minutos):
    • Divida os participantes em pequenos grupos.
    • Distribua trechos de livros bíblicos que abordam o tema do batismo (ex: Atos dos Apóstolos, Romanos).
    • Peça que os grupos explorem os versículos e discutam como o batismo é apresentado e qual é a sua relevância.
  • Dinâmica Visual (15 minutos):
    • Mostre recursos visuais que representam o batismo, como pinturas ou vídeos.
    • Inicie uma conversa sobre como essas representações refletem ou não o entendimento bíblico do batismo.
  • Testemunhos (20 minutos):
    • Se houver pessoas na classe que foram batizadas, convide-as a compartilhar seus testemunhos sobre o significado do batismo em suas vidas.
    • Abra espaço para perguntas e discussões.
  • Reflexão Individual (10 minutos):
    • Peça que os participantes, individualmente, escrevam ou desenhem reflexões sobre o que aprenderam durante a dinâmica.
    • Incentive-os a pensar em como podem aplicar esses ensinamentos em sua jornada espiritual.
  • Conclusão (10 minutos):
    • Reúna a classe para uma breve conclusão.
    • Destaque pontos-chave e encoraje a continuidade do estudo pessoal sobre o tema do batismo.
    • Finalize com uma oração de agradecimento pela compreensão e sabedoria recebida.

Essa dinâmica visa envolver os participantes em uma experiência interativa, promovendo o aprendizado colaborativo e reflexões individuais sobre o significado do batismo na vida cristã.


LEITURA BIBLICA EM CLASSE

Romanos 6.1-11
1 – Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça seja mais abundante?
2 – De modo nenhum! Nós que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?
3 – Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?
4 – De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim
andemos nós também em novidade de vida.
5 – Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressureição;
6 – sabendo isto: que o nosso velho homem foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, afim de que não sirvamos mais ao
pecado.
7 – Porque aquele que está morto está justificado do pecado.
8 – Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos;
9 – sabendo que, havendo Cristo ressuscitado dos mortos, já não morre; a morte não mais terá domínio sobre ele.
10 – Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus.
11 – Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus, nosso Senhor.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Vamos analisar versículo por versículo de Romanos 6.1-11:

Romanos 6:1 (ARA):

"Que diremos, pois? Permaneceremos no pecado, para que a graça seja mais abundante?"

Comentário:

Paulo antecipa uma objeção à sua ênfase na graça, que alguns poderiam interpretar como uma licença para continuar no pecado. Ele usa uma estrutura de pergunta retórica para enfatizar a absurdidade dessa ideia.


Romanos 6:2 (ARA):

"De modo nenhum! Nós que estamos mortos para o pecado, como viveremos ainda nele?"

Comentário:

A resposta enfática de Paulo destaca a incongruência da ideia de continuar no pecado para aproveitar a graça. Ele usa a imagem de estar "morto para o pecado", indicando uma mudança fundamental na condição espiritual do crente.


Romanos 6:3 (ARA):

"Ou não sabeis que todos quantos fomos batizados em Jesus Cristo fomos batizados na sua morte?"

Comentário:

Paulo faz referência ao batismo como um ato simbólico de união com Cristo. A palavra "batizados" vem do grego "ἐβαπτίσθημεν" (ebaptisthēmen), indicando a imersão. O batismo é visto como uma identificação com a morte de Cristo, simbolizando a união do crente com a morte e ressurreição de Jesus.


Romanos 6:4 (ARA):

"De sorte que fomos sepultados com ele pelo batismo na morte; para que, como Cristo ressuscitou dos mortos pela glória do Pai, assim andemos nós também em novidade de vida."

Comentário:

Paulo desenvolve a imagem do batismo como um sepultamento simbólico e uma ressurreição para uma nova vida em Cristo. A expressão "novidade de vida" destaca a transformação interior que ocorre através da identificação com a obra de Cristo.


Romanos 6:5 (ARA):

"Porque, se fomos plantados juntamente com ele na semelhança da sua morte, também o seremos na da sua ressurreição;"

Comentário:

Paulo continua usando a linguagem figurativa, comparando os crentes a plantas que foram enxertadas em Cristo. A ideia é que assim como participamos da morte de Cristo, também participaremos de sua ressurreição.


Romanos 6:6 (ARA):

"sabendo isto: que o nosso velho homem foi com ele crucificado, para que o corpo do pecado seja desfeito, afim de que não sirvamos mais ao pecado."

Comentário:

Paulo utiliza a metáfora do "velho homem" para descrever a natureza pecaminosa anterior à conversão. O termo "afim de que não sirvamos mais ao pecado" destaca a libertação do poder do pecado na vida do crente.


Romanos 6:7 (ARA):

"Porque aquele que está morto está justificado do pecado."

Comentário:

A morte espiritual com Cristo traz justificação do pecado. O crente é libertado da culpa e da penalidade do pecado.


Romanos 6:8 (ARA):

"Ora, se já morremos com Cristo, cremos que também com ele viveremos;"

Comentário:

Paulo destaca a confiança na ressurreição futura com Cristo, baseada na identificação com Sua morte.


Romanos 6:9 (ARA):

"sabendo que, havendo Cristo ressuscitado dos mortos, já não morre; a morte não mais terá domínio sobre ele."

Comentário:

Paulo enfatiza a ressurreição de Cristo como garantia da vida eterna e da vitória sobre a morte.


Romanos 6:10 (ARA):

"Pois, quanto a ter morrido, de uma vez morreu para o pecado; mas, quanto a viver, vive para Deus."

Comentário:

A morte de Cristo foi única e eficaz, eliminando o poder do pecado. Sua ressurreição é agora uma vida dedicada a Deus.


Romanos 6:11 (ARA):

"Assim também vós considerai-vos como mortos para o pecado, mas vivos para Deus, em Cristo Jesus, nosso Senhor."

Comentário:

Paulo conclui exortando os crentes a viverem em consonância com sua nova identidade em Cristo, mortos para o pecado e vivos para Deus.


Esses versículos destacam a importância da identificação com Cristo na vida do crente, através do batismo e da compreensão da obra redentora de Cristo na cruz. Eles enfatizam a transformação interior e a necessidade de viver uma vida consagrada a Deus.

PLANO DE AULA

1- INTRODUÇÃO
Batismo em águas é uma importante prática da Igreja de Cristo. É um rito valorizado pelo nosso Senhor Jesus e praticado por toda a Igreja Primitiva. Ao longo dos séculos, esse rito tem sido uma identidade da Igreja de Cristo. Infelizmente, também ao longo dos anos, temos visto desvios tanto no seu propósito quanto em sua forma. Por isso, esta lição trará uma exposição da doutrina bíblica do Batismo em águas e, também, lições da história com o objetivo de instruir-nos.
2- APRESENTAÇÃO DA LIÇÃO
A) Objetivos da Lição:
I) Pontuar os pressupostos bíblico-doutrinários do Batismo;
II) Explicar o símbolo e o propósito do Batismo;
III) Esclarecer a fórmula e o método do Batismo.
B) Motivação: o Batismo é a declaração pública da alma que abraçou a verdade do Evangelho. Por isso, o seu símbolo mais eloquente é o da alma que foi sepultada para o mundo e seus valores e ressuscitou para Deus a fim de andar em novidade de vida.
C) Sugestão de Método: Na exposição do primeiro tópico, há uma palavra que, talvez, algum aluno nunca tenha ouvido falar: sacramento. Por isso, aproveite a oportunidade para explicá-la e reforçar a diferença entre sacramento e ordenança. Explique que a palavra “sacramento” traz uma ideia de um ritual ou sinal que tem como resultado uma graça de Deus sendo transmitida ao indivíduo. Já a palavra ordenança traz a ideia de uma prática ou cerimônia prescrita
no Novo Testamento dentro de uma perspectiva memorial. Por exemplo, a Ceia do Senhor é um memorial do sacrifício do Senhor, instituído por
Jesus e, por isso, deve ser celebrada por seus seguidores.


3- CONCLUSÃO DA LIÇÃO
A) Aplicação: O Batismo é um símbolo que nos relembra de uma vida integralmente dedicada a Cristo. É uma imagem poderosa para que o nosso relacionamento com Cristo seja muito mais profundo, intenso e edificante.
4- SUBSÍDIO AO PROFESSOR
A) Revista Ensinador Cristão. Vale a pena conhecer essa revista que traz reportagens, artigos, entrevistas e subsídios de apoio à Lições Bíblicas Adultos. Na edição 96, p.40, você encontrará um subsídio especial para esta lição.
B) Auxílios Especiais: Ao final do tópico, você encontrará auxílios que darão suporte na preparação de sua aula:
1) O texto “A Ordenança do Batismo”, localizado depois do primeiro tópico, aprofunda a compreensão do Batismo em águas como uma ordenança de Cristo;
2) O texto “O Propósito do Batismo”, ao final do segundo tópico, amplia a reflexão a respeito do símbolo e do propósito do Batismo.


📩 Receba rápido a sua revista em PDF  | ou tenha o acesso vip 1ºTRIM 2024, saiba mais: 

👆ADQUIRA O ACESSO VIP | Pelo zap ou e-mail: hubnerbraz@pecadorconfesso.com


EBD 1° Trimestre De 2024 | CPAD Adultos – TEMA: O CORPO DE CRISTO – Origem, Natureza e Missão da Igreja no Mundo | Escola Biblica Dominical | Lição 09: O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja

INTRODUÇÃO

Nesta lição, vamos estudar uma importante prática cristã – o Batismo em águas. Veremos que o rito do Batismo foi praticado por João Batista, Jesus Cristo e seus apóstolos e, posteriormente, pelos cristãos da Igreja Primitiva. É uma prática, portanto, de grande importância para a Igreja de Cristo. Contudo, como toda doutrina cristã, a prática do Batismo também tem sofrido desvios ao longo da história, tanto no seu propósito quanto na sua forma. Assim, é necessário deixarmos a Bíblia falar a fim de que o propósito correto para o qual foi instituída essa importante prática seja observado.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



A introdução destaca a relevância do Batismo em águas como uma prática cristã fundamentada nas ações de João Batista, Jesus e os apóstolos. A prática é enraizada na própria tradição bíblica, começando com João Batista que batizava no rio Jordão como um sinal de arrependimento (Mateus 3:1-6). Jesus também foi batizado por João, não porque precisasse de arrependimento, mas para cumprir toda justiça (Mateus 3:13-17). Posteriormente, vemos a instrução de Jesus para Seus discípulos batizarem em nome da Trindade, conforme registrado em Mateus 28:19.


Teológico:

O Batismo em águas é uma prática teologicamente significativa. Representa a identificação do crente com a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus Cristo (Romanos 6:3-4). A palavra "batismo" tem sua raiz no grego "βάπτισμα" (baptisma), que significa imersão. A imersão completa simboliza a transformação espiritual profunda que ocorre na vida do crente.


Dicionário Bíblico e Referências:

  • Batismo: Um rito cristão que simboliza a união com a morte e ressurreição de Cristo, realizado por imersão em água.
  • João Batista: Introduziu o batismo de arrependimento e batizou Jesus no rio Jordão (Mateus 3:13-17).
  • Mateus 28:19: O mandato de Jesus para os discípulos batizarem em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

Contexto:

O contexto histórico inclui a prática inicial do Batismo por João Batista, seguida pelo batismo de Jesus e a posterior instrução de Jesus aos discípulos. A prática do Batismo foi mantida na Igreja Primitiva, conforme registrado nos Atos dos Apóstolos (Atos 2:38-41; Atos 8:12; Atos 10:44-48; Atos 16:14-15). O contexto bíblico destaca a continuidade dessa prática na comunidade cristã.


Aplicação:

A aplicação prática do Batismo em águas é uma expressão pública da fé e uma entrada formal na comunidade cristã. Além de ser uma obediência ao mandato de Jesus, o Batismo simboliza a morte para o pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo. A prática deve ser mantida em sua forma bíblica, que envolve a imersão, refletindo a profundeza da transformação espiritual que ocorre quando alguém se torna um seguidor de Jesus.


Existem vários tipos de batismos praticados em diversas tradições religiosas, cada um com suas próprias crenças e significados. Aqui estão alguns dos principais tipos de batismos em diferentes religiões, juntamente com referências bíblicas relevantes:

  • Batismo Cristão:
    • Definição: O batismo cristão é uma prática comum entre os seguidores de Jesus Cristo, simbolizando a identificação com a morte, sepultamento e ressurreição de Jesus.
    • Referência Bíblica: Mateus 3:13-17; Mateus 28:19; Romanos 6:3-4.
  • Batismo Católico:
    • Definição: Similar ao batismo cristão, os católicos praticam o batismo como um sacramento que remove o pecado original e inicia a pessoa na vida da graça de Deus.
    • Referência Bíblica: O batismo católico é fundamentado em várias passagens, incluindo Mateus 28:19, João 3:5, Atos 2:38.
  • Batismo Protestante:
    • Definição: Diferentes denominações protestantes podem ter práticas distintas de batismo, mas em geral, o ato simboliza a fé pessoal em Jesus Cristo e a aceitação do perdão dos pecados.
    • Referência Bíblica: Baseado nas passagens que mencionam o batismo, como Mateus 28:19, Atos 2:38, Romanos 6:3-4.
  • Batismo no Espírito Santo:
    • Definição: Alguns grupos cristãos enfatizam um segundo batismo, conhecido como batismo no Espírito Santo, que é acompanhado pelo falar em línguas e é visto como uma capacitação para o serviço cristão.
    • Referência Bíblica: Atos 2:1-4; Atos 10:44-48; Atos 19:1-7.
  • Batismo de Crianças (Pedobatismo):
    • Definição: Praticado por algumas denominações cristãs, o batismo infantil envolve batizar bebês como um sinal da aliança com Deus e da inclusão na comunidade cristã.
    • Referência Bíblica: Embora não haja exemplos explícitos de batismo infantil na Bíblia, algumas tradições o baseiam na ideia de que as crianças foram incluídas nas alianças do Antigo Testamento.
  • Batismo Judaico:
    • Definição: No judaísmo, o mikveh é um ritual de imersão em água para purificação, realizado em várias ocasiões, como a conversão ao judaísmo.
    • Referência Bíblica: Embora não seja especificamente chamado de "batismo" na Bíblia, o conceito de purificação ritual através da água é encontrado em várias passagens, como Levítico 11:36.
  • Batismo Sikh:
    • Definição: No Sikhismo, o batismo é conhecido como Amrit Sanskar, onde os sikhs recebem amrit (água adoçada) para marcar sua dedicação ao caminho do Sikhismo.
    • Referência Bíblica: O Sikhismo não tem referências bíblicas, pois é uma tradição religiosa independente.

Cada tipo de batismo tem suas próprias crenças e práticas específicas, e as interpretações podem variar entre diferentes tradições dentro de uma religião. É essencial entender o contexto e as crenças específicas de cada grupo ao explorar essas práticas.


Essa introdução destaca a importância de compreender o propósito e a prática do Batismo em águas com base nas Escrituras, evitando desvios históricos e mantendo a pureza da doutrina bíblica. Ao deixar a Bíblia falar, a Igreja pode preservar e transmitir adequadamente o significado desta prática cristã central.


Vem aí, as revistas do 2º Trimestre de 2024 - Lições Bíblicas feito com carinho 💝 para você.


I- PRESSUPOSTOS BÍBLICO-DOUTRINÁRIOS DO BATISMO

1- O Batismo visto como sacramento: a origem de um erro. A tradição católica e alguns segmentos do protestantismo histórico veem a prática do batismo como um sacramento. A palavra “sacramento” vem do latim sacramenntum, significando um sinal sagrado capaz de conferir graça àquele que dele participa. Nesse sentido, Agostinho (354-430 d.C), bispo de Hipona, que introduziu esse desvio na igreja, entendia que o batismo, como sacramento, é um rito que transmite graça espiritual independentemente da fé de quem o pratica. Esse entendimento teológico doutrinário define um sacramento como sendo um sinal visível de uma graça invisivel. Dessa forma, na visão de algumas tradições cristas, o batismo torna se necessário para a salvação.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Origem do Termo "Sacramento":

A palavra "sacramento" deriva do latim "sacramentum", que em seu contexto original não tinha necessariamente uma conotação religiosa. No entanto, ao longo da história, principalmente com os escritos de Agostinho, o termo passou a ser associado a elementos sagrados e rituais da fé cristã.


Agostinho e o Conceito de Sacramento:

Agostinho, um dos pais da igreja, teve uma influência significativa na formulação do conceito de sacramento, especialmente em relação ao batismo. Ele defendia a ideia de que os sacramentos, incluindo o batismo, eram canais de graça divina, independentemente da fé da pessoa que os recebia. Essa perspectiva contribuiu para a visão de que os sacramentos, em si mesmos, eram eficazes para a obtenção da graça divina.


Sacramento como Sinal Visível de Graça Invisível:

A concepção de sacramentos como "sinais visíveis de uma graça invisível" sugere que o ato em si, como o batismo, tem o poder intrínseco de conferir a graça de Deus àquele que o recebe, independentemente de sua fé ou compreensão. Essa visão diverge da ênfase bíblica na fé como meio de apropriação da graça divina (Efésios 2:8-9).


Contexto Bíblico e Aplicação:

O Novo Testamento não apresenta o batismo como um meio automático de conferir graça, mas como um ato simbólico de identificação com a morte e ressurreição de Cristo (Romanos 6:3-4). A salvação é sempre ligada à fé em Cristo, como visto em passagens como João 3:16 e Efésios 2:8-9. O batismo, nesse contexto, é uma expressão externa da fé interna, não um meio automático de graça.


Desvio Teológico e a Salvação pela Fé:

A visão sacramental, que coloca o batismo como um meio necessário para a salvação, representa um desvio teológico da ênfase bíblica na salvação pela fé. O Novo Testamento enfatiza que a graça de Deus é recebida pela fé em Jesus Cristo como Senhor e Salvador (Atos 16:31; Romanos 10:9).


Conclusão:

É vital compreender que o batismo, embora seja uma prática significativa na vida cristã, não confere salvação automaticamente. O entendimento bíblico ressalta que a salvação é pela graça, através da fé, e não por obras, incluindo os sacramentos (Efésios 2:8-9). A ênfase deve permanecer na obra redentora de Cristo e na resposta pessoal de fé, em vez de atribuir uma eficácia intrínseca a cerimônias sacramentais.


2- O Batismo não é sacramento, mas ordenança de Cristo.
 O ensino bíblico concernente ao Batismo é que ele é uma ordenança e não um sacramento: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espirito Santo” (Mt 28.19). Não há, portanto, no Batismo, um poder mágico capaz de transmitir graça para a salvação. O ensino bíblico é que o Batismo é uma ordenança dada por Cristo a quem já foi alcançado pela graça, e não a quem quer obter alguma graça através dele.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Ordenança em Contraste com Sacramento:

A compreensão do batismo como uma ordenança, em oposição ao conceito de sacramento, enfatiza a natureza da prática como um mandamento instituído por Cristo. A palavra "ordenança" destaca a autoridade e o comando de Jesus aos seus seguidores.


Matriz Bíblica:

A base bíblica para a visão do batismo como uma ordenança é encontrada na chamada "Grande Comissão" em Mateus 28:19. O termo "ide", que se origina do grego "πορευθέντες" (poreuthentes), implica uma ação contínua, destacando a natureza imperativa do mandato.


Raiz das Palavras:

A palavra "batizando" em grego é "βαπτίζοντες" (baptizontes), derivada de "baptizō". Esta palavra tem uma raiz significativa relacionada a imersão ou submersão. Isso reforça a ideia de uma profunda identificação com a morte e ressurreição de Cristo.


Contexto Bíblico:

O contexto bíblico para o batismo como ordenança é encontrado não apenas na Grande Comissão, mas também nas práticas da igreja primitiva registradas nos Atos dos Apóstolos. Em Atos 2:38, Pedro instrui as pessoas a se arrependerem e serem batizadas "em nome de Jesus Cristo".


Natureza da Graça e Batismo:

Ao entender o batismo como uma ordenança, reconhecemos que não há um poder mágico inerente na água, mas sim um ato de obediência e identificação simbólica. A graça que leva à salvação não é conferida automaticamente pelo ato do batismo, mas pela fé na obra redentora de Cristo.


Aplicação Bíblica:

A aplicação do batismo como uma ordenança destaca a importância da obediência e da resposta consciente à graça divina. A prática do batismo é uma resposta pública da fé já estabelecida, representando a identificação do crente com Cristo e a comunhão com a comunidade dos seguidores de Jesus.


Conclusão:

A compreensão do batismo como uma ordenança reforça a centralidade da Palavra de Deus e da autoridade de Cristo na vida da igreja. Ele destaca a importância do batismo como um ato de obediência e expressão visível da fé, enquanto evita atribuir a ele um papel mágico ou sacramental na obtenção da salvação. A graça é recebida pela fé em Cristo, e o batismo, como ordenança, é um passo significativo na jornada do discipulado cristão.

3- O Batismo deve ser administrado aos adultos. O mesmo Agostinho que entendia o Batismo como um sacramento, defendeu também que os bebês, por haverem nascidos com o pecado original, precisavam ser batizados para serem salvos. Nesse caso, o Batismo deveria ser administrado a eles para anular o pecado original Evidentemente que esse entendimento do bispo de Hipona está contra o ensino de Cristo, que afirmou que as crianças fazem parte do Reino de Deus: “Jesus, porém, disse: Deixai os pequeninos, não os estorveis de vir a mim, porque dos tais é o Reino dos céus” (Mt 19.14). Logo, não há vestígios no Novo Testamento de crianças sendo batizadas, pois nosso Senhor disse que o Batismo deveria ser administrado a quem cresse (Mc 16,16). Uma criança, que ainda não chegou á idade da razão não tem maturidade para crer e fazer escolhas.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Bebês e o Batismo:

A questão do batismo infantil versus o batismo de adultos é historicamente significativa, e as raízes dessa prática podem ser rastreadas até a época de Agostinho. Agostinho, influenciado pela ideia do pecado original, defendeu a prática de batizar bebês para a remissão desse pecado. No entanto, essa perspectiva está em desacordo com o ensinamento de Cristo, que destacou a importância e a participação das crianças no Reino de Deus.


Matriz Bíblica:

A referência a Jesus acolhendo as crianças em Mateus 19:14 é crucial neste contexto. A palavra "deixai" implica não apenas permitir, mas também encorajar e receber. A afirmação de Jesus sobre o Reino dos céus pertencer às crianças destaca a predisposição divina em relação a elas.


Raiz das Palavras:

A palavra-chave aqui é "pequeninos" ou "crianças", derivada do grego "παιδία" (paidia). Jesus usa uma palavra que abrange tanto bebês quanto crianças mais velhas, indicando uma ampla inclusão de idade.


Contexto Bíblico:

A ausência de relatos no Novo Testamento sobre o batismo de crianças é notável. As narrativas de batismo geralmente envolvem adultos ou pessoas que fizeram uma confissão pessoal de fé, como o caso do eunuco etíope em Atos 8.


Ensino de Cristo sobre a Fé:

O argumento central contra o batismo infantil é baseado no ensino de Cristo sobre a necessidade de crer para ser batizado (Marcos 16:16). A fé é frequentemente associada à maturidade espiritual, e uma criança que ainda não atingiu a idade da razão não tem a capacidade de fazer uma confissão consciente de fé.


Aplicação Bíblica:

A aplicação deste ensino reside na ênfase na responsabilidade pessoal e na confissão de fé como pré-requisitos para o batismo. O batismo é uma expressão externa da fé interna, e a prática de esperar que os indivíduos atinjam a idade da razão para serem batizados respeita o princípio bíblico da responsabilidade pessoal na decisão de seguir a Cristo.


A discussão sobre o batismo infantil versus o batismo de adultos é intrincada e tem implicações teológicas significativas. No entanto, a ênfase bíblica na fé, responsabilidade pessoal e a inclusão das crianças no Reino de Deus, conforme afirmado por Jesus, sugere que a prática bíblica mais alinhada é o batismo de indivíduos que fazem uma confissão consciente de fé. A compreensão e prática do batismo devem ser guiadas pela fidelidade ao ensino de Cristo e ao exemplo das primeiras comunidades cristãs registradas nas Escrituras.


Diferenças entre os Tipos de Batismo (Aspersão, Efusão e Imersão):

  • Aspersão:
    • Contexto Histórico e Teológico: A aspersão envolve a aplicação de água por meio de respingos ou aspersão. Esse método de batismo foi historicamente associado a situações em que a imersão completa não era prática, como em regiões com escassez de água ou em casos de saúde.
    • Referências Bíblicas: Embora não haja exemplos explícitos de aspersão no Novo Testamento, algumas tradições defendem sua prática com base em versículos que mencionam a água sendo derramada (Atos 2:17; Joel 2:28).
  • Efusão (Derramamento):
    • Contexto Histórico e Teológico: A efusão envolve o derramamento de água sobre a pessoa. Esse método é frequentemente utilizado em cerimônias litúrgicas e liturgias que destacam o simbolismo do derramamento do Espírito Santo.
    • Referências Bíblicas: Algumas tradições associam a efusão com a ideia de derramamento do Espírito Santo, como mencionado em Joel 2:28 e Atos 2:17.
  • Imersão:
    • Contexto Histórico e Teológico: A imersão, submersão completa na água, é considerada por muitos como a prática mais alinhada com a simbologia do batismo, representando a morte e ressurreição de Cristo e a identificação do crente com esses eventos.
    • Referências Bíblicas: O termo grego "baptizo" sugere imersão, e exemplos bíblicos de batismos, como o batismo de Jesus por João no rio Jordão (Mateus 3:13-17), favorecem a prática da imersão.

Pontos de Vista Teológicos:

  • Aspersão e Efusão:
    • Argumentos Favoráveis: A aspersão e a efusão são defendidas por alguns com base na flexibilidade e praticidade desses métodos. Argumentos teológicos incluem a ênfase na purificação simbólica e no derramamento do Espírito Santo.
    • Argumentos Contrários: Críticos argumentam que esses métodos podem perder parte do simbolismo bíblico da morte e ressurreição de Cristo e da identificação do crente com Ele.
  • Imersão:
    • Argumentos Favoráveis: Defensores da imersão veem este método como mais fiel à prática bíblica, destacando a simbologia mais clara da morte, sepultamento e ressurreição de Cristo. Argumentam que a imersão reflete a total entrega à nova vida em Cristo.
    • Argumentos Contrários: Críticos sugerem que a forma exata do batismo pode ser menos crucial do que o significado e a intenção por trás do ato.

Raiz das Palavras:

  • Aspersão: Do latim "aspersio", que significa espalhar ou salpicar.
  • Efusão: Do latim "effusio", que significa derramamento.
  • Imersão: Do latim "immersio", que significa mergulhar.

A escolha entre as diferentes formas de batismo frequentemente reflete a ênfase teológica e a interpretação da prática bíblica. Enquanto alguns enfatizam a fidelidade à forma específica, outros veem a essência simbólica como mais crucial. Independentemente da prática específica, o significado teológico e a compreensão bíblica do batismo devem permanecer no centro da discussão, promovendo a unidade na diversidade de práticas entre as diferentes tradições cristãs.

SINOPSE I

O Batismo em águas é uma ordenança que deve ser ministrada aos adultos.

TEOLÓGICO

A ORDENANÇA DO BATISMO
A ordenança do batismo nas águas tem feito parte da prática cristã desde o início da Igreja. Era tão intima da vida da Igreja Primitiva, que F. F. Bruce comenta: ‘A ideia de um cristão não batizado realmente sequer é contemplada no Novo Testamento’. Existiam, na realidade, alguns ritos batismais similares já antes do Cristianismo, inclusive entre algumas religiões pagas e a comunidade judaica (para os prosélitos gentios convertidos ao Judaísmo). Antes do ministério público de Jesus, João Batista enfatizava um ‘batismo de arrependimento’ aqueles que desejassem entrar no prometido Reino de Deus. A despeito de algumas semelhanças com esses vários batismos, o significado e propósito do batismo cristão vai além de todos eles. Cristo estabeleceu o modelo para o batismo cristão quando Ele mesmo foi batizado por João, no início de seu ministério público (Mt 3.13-17). Posteriormente, ordenou que seus seguidores saíssem pelo mundo, fazendo discípulos, ‘batizando-os em [gr. eis para dentro de’] nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo’ (Mt 28.19)- Cristo, portanto, instituiu a ordenança do batismo, tanto pelo seu exemplo quanto pelo seu mandamento” (HORTON, Stanley. Teologia Sistemática: Uma Perspectiva Pentecostal. 1.ed. Rio de Janeiro: CPAD, 2023, pp. 569-70).

EBD 1° Trimestre De 2024 | CPAD Adultos – TEMA: O CORPO DE CRISTO – Origem, Natureza e Missão da Igreja no Mundo | Escola Biblica Dominical Lição 09: O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja


II- O SÍMBOLO E O PROPÓSITO DO BATISMO

1- Símbolo do Batismo: Identificação com Cristo. O Batismo por imersão simboliza a união do crente com Cristo, por meio de sua a morte, sepultamento e ressurreição. Essa verdade é afirmada pelo apóstolo Paulo aos cristãos que estavam em Roma (Rm 6.3-5). Dessa forma, o apóstolo mostra que o ato de emergir da água onde havia sido submerso, retrata com precisão a identificação do cristão com a ressurreição de Cristo. Essa mesma verdade é afirmada na Carta aos Colossenses “Sepultados com ele nu batismo, nele também ressuscitastes pela fé no poder de Deus, que o ressuscitou dos mortos (Cl 12.12). Isso simboliza que a cristão morreu para a velha vida e agora entrou na nova vida em Cristo.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Símbolo do Batismo: Identificação com Cristo:

  • Raiz das Palavras:
    • A palavra "batismo" tem origem no grego "baptisma," que significa imersão. Essa raiz destaca a ênfase na imersão completa, reforçando a ideia de identificação profunda com Cristo.
  • Texto Bíblico - Romanos 6.3-5:
    • O apóstolo Paulo, ao escrever aos cristãos em Roma, utiliza uma linguagem rica para descrever o simbolismo do batismo. Ele destaca que o ato de imersão representa a união do crente com a morte, sepultamento e ressurreição de Cristo. A imersão na água simboliza a morte para o pecado, o sepultamento da velha natureza e a ressurreição para uma nova vida em Cristo.
  • Texto Bíblico - Colossenses 2.12:
    • A referência em Colossenses reforça a mesma verdade, enfatizando a ideia de ser sepultado com Cristo no batismo e ressuscitar para uma nova vida pela fé no poder de Deus. Isso destaca não apenas a ação simbólica, mas a realidade espiritual da transformação que ocorre no crente.
  • Contexto Bíblico:
    • O contexto histórico e cultural dos escritos de Paulo é crucial. O batismo, no contexto da igreja primitiva, era uma prática pública que simbolizava uma transformação interna e uma identificação com a mensagem central do Evangelho.
  • Livros Cristãos e Teologia:
    • Diversos teólogos e autores cristãos ao longo da história têm enfatizado a riqueza simbólica do batismo como uma expressão tangível da fé. Livros que exploram a teologia do batismo, como "Baptism in the Early Church" de Everett Ferguson, podem oferecer insights adicionais sobre o simbolismo do batismo.
  • Aplicação Bíblica:
    • A aplicação prática desse simbolismo envolve uma compreensão profunda da jornada espiritual do crente. O batismo não é apenas um ritual; é um testemunho público de uma mudança interior, marcando o início de uma nova vida em Cristo.

Conclusão:

O batismo, quando compreendido como um símbolo de identificação com Cristo, torna-se um ato profundamente significativo na vida do crente. Não é apenas um ritual externo, mas um testemunho visual da realidade espiritual da morte para o pecado e ressurreição para uma nova vida em Cristo. Este simbolismo, fundamentado nas Escrituras, convida os cristãos a viverem de acordo com a realidade transformadora que o batismo representa.

2- O Propósito do Batismo: Testemunho público da fé cristã. No contexto da fé biblica, o Batismo é uma pública profissão de fé. Isso significa que o crente, quando desce as águas batismais, está testemunhando de forma pública perante mundo da sua nova vida em Cristo (At 2.41). Quem se candidata ao Batismo deve estar convicto e consciente da fé que abraçou. Aqui, não há território neutro (Cl 2.6). Enfim, o batismo é para salvas e convertidos que estão dispostos a seguir Jesus (At 8.12; 16.14,15).

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Propósito do Batismo: Testemunho Público da Fé Cristã:

  • Contexto Bíblico - Atos 2.41:
    • O texto em Atos 2.41 retrata a prática do batismo logo após o discurso de Pedro no Pentecostes. Nesse contexto, o batismo é uma resposta pública à mensagem do evangelho, indicando a aceitação da fé cristã. O testemunho público é evidente, pois aqueles que creram foram batizados.
  • Texto Bíblico - Colossenses 2.6:
    • A passagem em Colossenses 2.6 destaca a importância de permanecer firmemente arraigado em Cristo. A menção a "território neutro" enfatiza que na vida espiritual, não existe um meio-termo; ou estamos crescendo na fé, ou estamos regredindo. O batismo, como parte desse crescimento, é um compromisso visível.
  • Teologia do Batismo:
    • A teologia do batismo destaca sua natureza simbólica, representando a morte para o pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo. Essa identificação com a obra salvadora de Jesus é central para a compreensão do batismo.
  • Testemunho de Cristãos:
    • Frases de cristãos ao longo da história, como Agostinho de Hipona que afirmou: "O batismo é o sacramento da regeneração pela água e no Espírito Santo", refletem a compreensão teológica do batismo como um ato significativo na vida do crente de forma herética porque é uma ordenança.
  • Aplicação Pessoal:
    • A aplicação pessoal do propósito do batismo envolve a conscientização da decisão. O crente, ao descer nas águas, está declarando publicamente sua fé em Cristo e seu compromisso com uma nova vida. Essa ação simboliza a identificação pessoal com a morte e ressurreição de Jesus.
  • Contexto Histórico e Sistemático:
    • Considerando o contexto histórico, o batismo era uma prática vital nas comunidades cristãs primitivas. Sistematicamente, o batismo é muitas vezes considerado um dos sacramentos, mas nós cremos ser uma ordenanças da igreja, evidenciando sua importância sistemática na vida cristã.

Conclusão:

O propósito do batismo, como uma profissão pública de fé, está profundamente enraizado nas Escrituras e na teologia cristã. Essa prática não é apenas um rito ritualístico, mas um testemunho tangível do compromisso do crente com Cristo. O batismo é um marco significativo na jornada espiritual, simbolizando a transformação interior e a disposição de seguir Jesus, não apenas como Salvador, mas como Senhor.

3- Não há espaço para indecisão. Somente cristãos indecisos rejeitam ser batizados. As vezes isso acontece por ignorância ao sentido do ato. Outras vezes é por falta de convicção de fé. No primeiro caso, ás vezes o crente entende que após ser batizado não pode mais cometer qualquer tipo de falha. Embora a Bíblia mostre que o crente deve evitar o pecado (1 Jo 2.1), contudo, o Batismo não pode ser visto como uma vacina que imuniza o cristão contra o pecado. Este é vencido quando se anda no Espírito (Gl 5.15). Por outro lado, há muitos que rejeitam o Batismo justamente por falta de conversão. Estão conscientes das implicações que esse rito traz e não estão dispostos a cortar o cordão umbilical com o mundo.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



A Decisão e Significado do Batismo:

  • Falta de Compreensão e Indecisão:
    • A indecisão em relação ao batismo muitas vezes surge de uma falta de compreensão do significado e propósito desse ato na vida do crente. Isso pode resultar em hesitação devido a concepções equivocadas, como a ideia de que o batismo impede qualquer falha futura. No entanto, é crucial esclarecer que o batismo não é uma garantia de perfeição, mas um testemunho público de compromisso com Cristo.
  • Ignorância e Necessidade de Instrução:
    • A ignorância sobre o significado do batismo destaca a necessidade contínua de instrução na fé. A falta de entendimento pode levar a concepções distorcidas, e é responsabilidade da comunidade cristã fornecer ensinamentos claros sobre o propósito do batismo, fundamentados nas Escrituras.
  • Biblicidade do Batismo:
    • O fundamento bíblico do batismo é vital para dissipar concepções erradas. Textos como 1 João 2:1 afirmam a necessidade de evitar o pecado, mas a eficácia do batismo não reside em tornar o crente imune ao pecado. O verdadeiro poder sobre o pecado está em andar no Espírito, como enfatizado em Gálatas 5:15.
  • Rejeição por Falta de Conversão:
    • Alguns resistem ao batismo devido à falta de uma verdadeira conversão. Estão cientes das implicações que o batismo traz, incluindo a separação do mundo, mas não estão dispostos a abandonar seus vínculos com o sistema de valores mundano. Nesse caso, a rejeição do batismo pode ser um sinal de resistência à transformação genuína.
  • Conversão e Corte com o Mundo:
    • O batismo, como uma ordenança de Cristo, simboliza não apenas a morte para o pecado, mas também o rompimento com o domínio do mundo. A decisão de ser batizado deve refletir uma verdadeira conversão, onde o crente está disposto a abandonar o antigo estilo de vida em favor de seguir a Cristo.
  • Desafios Pastorais e Discipulado:
    • Pastores e líderes têm a responsabilidade de abordar essas questões, oferecendo ensino sólido, orientação pastoral e discipulado. A jornada espiritual do crente não termina com o batismo; é um passo inicial em uma vida de crescimento e transformação contínuos.

Conclusão:

O comentário destaca a importância de compreender profundamente o significado do batismo, reconhecendo que é um testemunho público de compromisso com Cristo, mas não uma garantia de perfeição. A indecisão pode surgir de equívocos teológicos ou falta de conversão genuína. O papel da comunidade cristã é esclarecer, ensinar e pastorear, garantindo que cada crente compreenda plenamente o propósito do batismo e esteja disposto a seguir a Cristo em uma vida transformada.

SINOPSE II

Batismo em águas simboliza uma identificação com Cristo e o testemunho público de fé.

AUXÍLIO TEOLÓGICO

O PROPÓSITO DO BATISMO
“[…] O batismo indica que o crente morreu para o velho modo de viver e entrou na ‘novidade da vida mediante a redenção em Cristo. O ato do batismo nas águas não leva a efeito essa identificação com Cristo, ‘mas a pressupõe e a simboliza’. O batismo, portanto, simboliza a ocasião em que aquele antes inimigo de Cristo faz sua ‘rendição final’. O batismo nas águas também significa que os crentes se identificaram com o corpo de Cristo, a Igreja. Os crentes batizados são admitidos na comunidade da fé e, com sua atitude, testificam publicamente diante do mundo sua lealdade a Cristo, juntamente com o povo de Deus. Essa parece ser uma das razões principais por que os crentes nectestamentários eram batizados quase imediatamente após a conversão. Num mundo hostil à fe crista era importante que os recém-convertidos tomassem posição lado a lado com os discipulos de Cristo e se envolvessem imediatamente na vida total da comunidade cristă. Talvez um dos metivos por que o batismo com água não orupa mais lugar de destaque em muitas igrejas seja por estar tão frequentemente separado do ato da conversão. O batismo é mais que ser obediente ao mandamento de Cristo. Relaciona se com o ato de se tornar seu discipulo” (HORTON, Stanley. Teologia Sistemática: Uma Ferspectiva Pentecostal. ted. Rio de Janeiro CPAD, 2023, p. 570).

EBD 1° Trimestre De 2024 | CPAD Adultos – TEMA: O CORPO DE CRISTO – Origem, Natureza e Missão da Igreja no Mundo | Escola Biblica Dominical | Lição 09: O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja

III- A FÓRMULA E O MÉTODO DO BATISMO

1- Fórmula trinitária do Batismo. Durante a Grande Comissão, Jesus orientou seus discípulos: “Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19). Essa é a fórmula trinitária do batismo cristão. Isso porque esse texto cita as três pessoas da Trindade: Pai, Filho e Espirito Santo. Um só Deus, três pessoas distintas, com uma só essência. No rito do Batismo, portanto, a orientação de Jesus precisa ser seguida pela invocação do nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Fórmula Trinitária do Batismo:

  • Fórmula Trinitária na Grande Comissão:
    • A fórmula trinitária do batismo é explicitamente apresentada por Jesus na Grande Comissão, conforme registrado em Mateus 28.19. Nesse mandato, Jesus instrui seus discípulos a fazerem discípulos de todas as nações, batizando-os no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
  • Essência da Trindade:
    • A fórmula trinitária destaca a compreensão cristã fundamental da Trindade: um único Deus em três pessoas distintas. O Pai, o Filho e o Espírito Santo são coiguais e coeternos, compartilhando uma única essência divina. Essa formulação transcende a compreensão humana, refletindo a natureza complexa e profunda de Deus.
  • Significado Teológico:
    • Teologicamente, a fórmula trinitária enfatiza a natureza relacional de Deus. O batismo, ao ser administrado no nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, incorpora o crente na comunhão da Trindade. Cada pessoa da Trindade está envolvida no ato redentor, desde o plano divino até a aplicação da salvação na vida do indivíduo.
  • Textualidade da Passagem:
    • A expressão "em nome de" denota mais do que uma simples fórmula ritual; é uma invocação e uma identificação. O batismo não é apenas um ato simbólico, mas uma entrada consciente na relação redentora com o Deus trino. A textualidade da passagem reforça a importância da invocação específica do Pai, do Filho e do Espírito Santo.
  • Desafios Teológicos:
    • Desafios teológicos relacionados a esta passagem incluem a compreensão da unidade e distinção nas pessoas da Trindade. O batismo, ao ser administrado de acordo com essa fórmula, destaca a igualdade essencial e a cooperação divina na obra salvadora.
  • Prática Litúrgica e Adoração:
    • A prática litúrgica de invocar o nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo no batismo torna-se uma expressão de adoração trinitária. Essa prática não apenas segue a ordem de Jesus, mas também enfatiza a importância da Trindade na experiência cristã.

Conclusão:

A fórmula trinitária do batismo, dada por Jesus na Grande Comissão, não é apenas uma instrução ritual, mas uma revelação profunda da natureza de Deus. A compreensão e prática corretas desta fórmula são essenciais para a teologia cristã e para a vivência da fé, incorporando o crente na vida da Trindade e na obra redentora de Deus.

2- Fórmula herética do Batismo. Nem todos os grupos dentro da tradição cristã seguem a fórmula trinitariana. Há grupos que seguem um tipo de doutrina modelista. Um exemplo é o unicismo. Esse grupo batiza seus membros somente em nome de Jesus. O suporte bíblico dele é buscado em alguns textos do livro de Atos, onde supostamente se negaria a prática trinitariana (At 2.38; 19.5). Convém dizer que esses textos não negam a fórmula trinitária nem tampouco negam a Trindade. Na verdade, o que é dito é que o Batismo era feito na autoridade de Jesus, isto é, naquilo que Ele fez e ensinou.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Fórmula Herética do Batismo:

  • Doutrina Modelista e Unicismo:
    • Algumas tradições cristãs, como o unicismo, adotam uma doutrina modelista ao batizar seus membros exclusivamente em nome de Jesus, rejeitando a fórmula trinitária. O unicismo sustenta que Deus é uma única pessoa que se revela de diferentes maneiras, negando a distinção de pessoas na Trindade.
  • Alegação de Suporte Bíblico:
    • Grupos unicistas frequentemente buscam apoio em passagens específicas dos Atos dos Apóstolos, como Atos 2.38 e 19.5, argumentando que esses textos contradizem a prática trinitariana. No entanto, uma análise mais aprofundada revela que esses versículos não negam a Trindade, mas destacam a autoridade de Jesus no ato do batismo.
  • Contexto de Atos 2.38 e 19.5:
    • Ao examinar o contexto desses textos, percebe-se que a ênfase está na autoridade de Jesus Cristo, não na negação da Trindade. O batismo realizado em nome de Jesus é uma expressão da autoridade dada por Ele para a remissão de pecados e para identificação com Seu ensino.
  • A Natureza Exclusiva da Autoridade de Jesus:
    • Ao batizar em nome de Jesus, a ênfase recai na natureza exclusiva da autoridade de Jesus sobre o ato do batismo. Isso não implica na negação da Trindade, mas destaca a singularidade e centralidade de Cristo na obra redentora.
  • Abordagem Teológica Unicista:
    • A abordagem unicista do batismo reflete uma compreensão teológica específica sobre a natureza de Deus. No entanto, é crucial observar que essa interpretação se afasta do entendimento tradicional da Trindade mantido pela maioria das correntes cristãs ao longo da história.
  • Respeito ao Contexto e à Intenção Original:
    • Um comentário profundo e expositivo desses textos destaca a importância de respeitar o contexto e a intenção original dos autores. Enfatizar a autoridade de Jesus não deve ser interpretado como uma negação da Trindade, mas como uma afirmação da singularidade e suficiência de Cristo.

Conclusão:

A fórmula herética do batismo, adotada por alguns grupos unicistas, destaca a importância de uma análise teológica cuidadosa e exegese bíblica precisa. A interpretação desses textos em Atos não invalida a Trindade, mas sublinha a autoridade exclusiva de Jesus na prática do batismo. O diálogo respeitoso e uma compreensão profunda das nuances teológicas são essenciais para abordar divergências doutrinárias dentro da tradição cristã.


3- Imersão: o método bíblico do Batismo.
 Convém dizer que não há vestígios da prática do Batismo por aspersão no Novo Testamento. Esse tipo de Batismo se caracteriza por aspersão de água sobre o candidato. Entretanto, o contexto do Novo Testamento mostra claramente que o Batismo nos dias bíblicos era por imersão. A palavra grega baptizo possui o sentido de “mergulhar” e “submergir” tanto na Bíblia como fora dela. Vários textos bíblicos mostram a prática bíblica do Batismo por imersão: o povo saía para ser batizado por João no (dentro de) rio Jordão (Mc 1.5); da mesma forma, quando foi batizado, Jesus “saiu da água” (Mc 1.10); João batizava onde havia muita agua (Jo 3.23).

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Imersão: o Método Bíblico do Batismo:

  • Vestígios Bíblicos e Aspersão:
    • O comentário inicia destacando a ausência de vestígios da prática de batismo por aspersão no Novo Testamento. A aspersão é caracterizada pela aplicação de água sobre o candidato, e a argumentação aponta para a clareza do contexto bíblico, onde a imersão é evidenciada.
  • Sentido da Palavra "Baptizo":
    • A análise da palavra grega "baptizo" revela seu significado de "mergulhar" e "submergir". A profundidade semântica tanto dentro como fora da Bíblia enfatiza a imersão como o modo primário de administração do batismo.
  • Contexto Bíblico - Batismo de João e de Jesus:
    • Textos bíblicos são citados para sustentar a prática do batismo por imersão. O exemplo do povo sendo batizado por João no rio Jordão, o relato do batismo de Jesus com a menção de que Ele "saiu da água", e a observação de João batizando onde havia muita água (João 3.23) reforçam a compreensão da imersão.
  • Hermenêutica Espiral:
    • A hermenêutica espiral é aplicada ao contextualizar o método do batismo. Ao observar como o batismo era realizado nos dias bíblicos, utilizando a imersão, cria-se uma espiral interpretativa que reforça a consistência do método em diferentes passagens.
  • Teologia da Imersão:
    • Teologicamente, a imersão reflete simbolicamente a morte para o pecado e a ressurreição para uma nova vida em Cristo. A imersão completa expressa visualmente a profundidade do significado espiritual do batismo.
  • Ausência de Base Bíblica para Aspersão:
    • O comentário destaca a ausência de base bíblica para a prática da aspersão, reforçando que a imersão é a forma consistente e contextualmente respaldada no Novo Testamento.

Conclusão:

O método bíblico do batismo, defendido neste comentário, é a imersão. A análise hermenêutica espiral leva em conta a consistência da prática de imersão nos relatos bíblicos, reforçando não apenas a metodologia, mas também a riqueza simbólica envolvida nesse ato. A compreensão da palavra "baptizo", o contexto bíblico e a teologia subjacente sustentam a prática da imersão como o método bíblico do batismo.

SINOPSE III

A fórmula trinitária do Batismo é: em nome do Pai, do Filho e do Espirito Santo.

CONCLUSÃO

Procuramos abordar as questões mais relevantes concernentes ao Batismo em águas. Mostramos que, embora não tenha a atribuição de salvação a quem dele participa, o Batismo é, sim, uma prática que deve ser levada a sério por todo crente que quer seguir as Palavras de Jesus. Por meio do Batismo nos identificamos com Cristo Jesus e tornamos pública a nossa profissão de fé.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Ao refletirmos sobre as questões centrais relacionadas ao Batismo em águas, percebemos a profundidade e a riqueza teológica dessa prática na vida do crente. Em toda a abordagem, buscamos destacar pontos cruciais que vão além da mera ritualística, ressaltando a significância espiritual do Batismo.

  • Não Atribuição de Salvação ao Batismo:
    • Foi enfatizado que o Batismo, em si, não confere salvação. Este é um ponto vital que evita a instrumentalização da prática como um meio de mérito para a redenção. A salvação é pela graça, mediante a fé em Cristo, como expresso em Efésios 2.8-9.
  • Seriedade e Compromisso no Batismo:
    • A seriedade do Batismo foi sublinhada como uma prática que deve ser encarada com compromisso pelos crentes. Não é apenas um rito vazio, mas um ato que segue as instruções de Jesus na Grande Comissão (Mateus 28.19).
  • Identificação Profunda com Cristo:
    • A análise do método trinitário do batismo evidenciou que esse ato é mais do que uma cerimônia; é uma profunda identificação com o Deus triúno. O batizado torna-se parte da narrativa redentora de Deus ao passar por essa ordenança.
  • Profissão Pública de Fé:
    • Destacamos que o Batismo é uma profissão pública de fé. Ao descer nas águas, o crente testemunha diante do mundo sua identidade em Cristo, expressando a transformação interior pela fé em Jesus.

Aplicação Pessoal:

Diante desse estudo, a aplicação pessoal se torna crucial. Cada crente é desafiado a avaliar sua compreensão e prática do Batismo à luz das Escrituras. O compromisso com Cristo, a seriedade na identificação com Ele e a expressão pública da fé através do Batismo são convites para uma jornada mais profunda e comprometida com o caminho traçado por Jesus.


Conclusão Final:

O Batismo, quando compreendido teologicamente, praticado com fidelidade às Escrituras e vivido de forma pessoal e comprometida, revela-se como uma ordenança rica em significado espiritual. Não apenas um ato cerimonial, mas uma profissão de fé que ecoa a obra redentora de Deus na vida daqueles que seguem a Cristo. Que cada crente, ao considerar essas verdades, seja impulsionado a uma caminhada mais profunda, comprometida e transformadora em sua jornada cristã.

REVISANDO O CONTEÚDO

1- Explique o significado da palavra “sacramento”.
A palavra “sacramento” vem do latim sacramenntum, significando um sinal sagrado capaz de conferir graça àquele que dele participa.
2- De acordo com a lição, qual é o ensino bíblico sobre o Batismo?
O ensino bíblico concernente ao Batismo é que ele é uma ordenança e não um sacramento: “Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo” (Mt 28.19).
3- O que o Batismo simboliza?
O Batismo por imersão simboliza a união do crente com Cristo, por meio de sua morte, sepultamento e ressurreição.
4- Qual é o propósito do Batismo?
No contexto da fé bíblica, o Batismo é uma pública profissão de fé.
5- Quais são a fórmula e o método bíblico do Batismo?
A fórmula do batismo é trinitária: Em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo; o método de batismo é por imersão em águas.

VOCABULÁRIO

Estorvar: importunar, incomodar, embaraçar.
Modalismo: doutrina herética que nega a existência das três pessoas da Santíssima Trindade na fé cristã.

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

📩 Receba rápido a sua revista em PDF ou adquira o acesso Vip | Saiba mais pelo Zap. 

ADQUIRA O ACESSO VIP 👆👆👆👆👆👆 Entre em contato.


Os conteúdos tem lhe abençoado? Nos abençoe também com Uma Oferta Voluntária de qualquer valor pelo PIX: E-MAIL pecadorconfesso@hotmail.com – ou, PIX:TEL (15)99798-4063 Seja Um Parceiro Desta Obra. “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. Lucas 6:38

Clique aqui para Download das:

COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,121,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,19,2º Trimestr,1,2º Trimestre,157,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,104,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,195,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,89,Adolescentes,32,adolescer+,8,Adoração,9,Adulto,146,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,59,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,25,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,14,As Bodas do Cordeiro,2,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,38,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,46,Batalha Espirítual,38,Batismo,17,Batismo nas Águas,4,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,5,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,161,Betel Adulto,96,Betel Jovem,40,Bíblia,84,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,6,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,18,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,14,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,19,Casamento Misto,6,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,28,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,CETADEB,1,Céu,12,Céus,9,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,8,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,502,CPAD Adolescentes,72,CPAD Jovem,127,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,14,Cristão,29,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,8,Cruz,11,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,17,Culto da Virada de Ano Novo,6,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,4,Cultura,1,Cura,11,Curado,2,Curso,5,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,106,Deus é Amor,26,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,12,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,93,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,3,Diáconos,12,Diante do Trono,3,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,10,Dinheiro,8,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,11,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,17,Dons de Maravilhas,21,Dores,1,Doutrina,30,Doutrinas Fundamentais,41,Download,87,Download Livros e E-books,150,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,38,EBD,758,EBF,1,Eclesiastes,15,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,editora crista evangelica,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,4,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,40,Escavação,1,Escola,34,Escola Bíblica Dominical,953,Escola Dominical,88,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,6,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,42,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,232,Estudos Bíblicos,528,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,21,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,50,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,13,Falta,1,familia,52,Família,51,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,22,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,7,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,2,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,5,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,22,Hermenêutica,3,Hernandes,3,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,42,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,54,Inferno,6,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,2,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,58,Jesus Cristo,58,Jesus de Nazaré,11,Jezabel,1,Jó,18,João,20,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,9,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,232,Jovens,195,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,23,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,5,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,11,Lições Bíblicas da BETEL,418,Lições Bíblicas da CPAD,597,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,29,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,39,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,13,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,3,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,15,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,6,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,106,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,2,Notícia gospel,73,Notícias Gospel,221,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,10,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,2,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,16,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,15,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,9,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,29,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Osiel Gomes,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,31,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,25,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,79,Pecado,42,Pecador Confesso,14,PECC,64,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,9,Perigos,7,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,6,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,29,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,15,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,8,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,19,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,3,Revelação,5,Revelado,1,Revista,109,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,5,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,17,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,29,Salvador,20,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,13,Santificação,15,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,7,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,9,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,8,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,9,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,7,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,5,Subsídio,96,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,9,Teologia,16,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,4,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,3,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,5,Ver Deus,1,Veracidade,10,Verdade,8,Verdadeira,8,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 09 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja | 1° Trimestre de 2024 | EBD – ADULTOS
Lição 09 - O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja | 1° Trimestre de 2024 | EBD – ADULTOS
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgMVOph0iDehyphenhyphen-uAHreJiioHVYeIjnO1CndPqpzDkdKHPBezzZE4PgMODt2Ce86cIZs7EqstOBhQ7TlU3bY3OO6xBxcpsqKmIVy2MQ5x4G0kdPBB06ANenrtFpUFU1DBO5EsZ_cLvecfOYjewXqGIcK4cRvxMS_oIzVUH82p7p-B_Oif2X-BU8JzeVZboV4/w640-h360/Subsidio-adulto-1-trimestre-2024-licao-09.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEgMVOph0iDehyphenhyphen-uAHreJiioHVYeIjnO1CndPqpzDkdKHPBezzZE4PgMODt2Ce86cIZs7EqstOBhQ7TlU3bY3OO6xBxcpsqKmIVy2MQ5x4G0kdPBB06ANenrtFpUFU1DBO5EsZ_cLvecfOYjewXqGIcK4cRvxMS_oIzVUH82p7p-B_Oif2X-BU8JzeVZboV4/s72-w640-c-h360/Subsidio-adulto-1-trimestre-2024-licao-09.webp
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2024/02/licao-09-o-batismo-primeira-ordenanca.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2024/02/licao-09-o-batismo-primeira-ordenanca.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy