Lição 03 - Lucas 3 e 4: O Início do Ministério Do Filho do Homem | 4° Trimestre de 2023 | EBD PECC

SUPLEMENTO EXCLUSIVO DO PROFESSOR Afora o suplemento do professor, todo o conteúdo de cada lição é igual para alunos e mestres, inclusive o ...


SUPLEMENTO EXCLUSIVO DO PROFESSOR

Afora o suplemento do professor, todo o conteúdo de cada lição é igual para alunos e mestres, inclusive o número de páginas.

ORIENTAÇÃO PEDAGÓGICA

Em Lucas 3 e 4 há 38 e 44 versos, respectivamente. Sugerimos começar a aula lendo, com todos os presentes, Lucas 3.1-23 (5 a 7 min.). A revista funciona como guia de estudo e leitura complementar, mas não substitui a leitura da Bíblia.
O zelo revelar o Salvador. historiográfico de Lucas não deixa dúvidas sobre os fatos registrados. Caro(a) professor(a), tamanho cuidado do autor torna sua narrativa confiável até para incrédulos. É fato que um profeta anunciava o Messias no deserto, tampouco se pode duvidar que o Espírito desceu sobre Jesus para ungi-lo. Vale notar que o Senhor nos dá testemunho de obediência e liderança ao descer às águas para cumprir tudo o que fora anunciado e para dar exemplo a todos. Não deixe de observar a autoridade daquele Galileu desconhecido. Certamente, muitos se perguntaram quem seria aquele pregador. Por isso Lucas dedica atenção à genealogia de Jesus, a fim de testificá-lo como o herdeiro do trono de Davi.

OBJETIVOS

Compreender que a genealogia de Jesus evidencia sua linhagem real.
Reconhecer que a autoridade de Jesus manifesta a perfeição da sua mensagem.
Compreender que no Jordão a Trindade se manifesta a fim de revelar o Salvador.

--------------------------------------------------------------

📥 ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI

Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você. Ajude-nos 🙏. Nós abençoe doando uma oferta voluntária de qualquer valor no pixpecadorconfesso@hotmail.com

--------------------------------------------------------------

PARA COMEÇAR A AULA

Inicie com a conhecida dinâmica do telefone sem fio. Você pode escolher 3 ou 4 versos bíblicos recitar baixinho no ouvido de um participante da turma. Ele deve dizer o que ouviu a mais alguém e, assim, sucessivamente até que o último participante receba a mensagem e diga a todos oque entendeu. O objetivo é compreender que a autoridade de Jesus vinha do seu ensino correto das escrituras, pois ele mesmo as vivia com perfeição. Qualquer distorção da Bíblia ou mau testemunho não procede do Senhor.

DINÂMICA DA LIÇÃO 03 - PECC: 


Título da Dinâmica: "Deserto Espiritual"


Objetivo: Levar os adultos a refletirem sobre os desafios e tentações que enfrentamos em nossas vidas espirituais, inspirados pelo início do ministério de Jesus.

Materiais Necessários:

  • Papel pardo ou flip chart.
  • Canetas coloridas ou marcadores.
  • Bíblias.

Passos:

  • Introdução (15 minutos):
    • Comece explicando que irão explorar juntos o início do ministério de Jesus, conforme descrito em Lucas 3 e 4, focando especialmente na tentação no deserto.
    • Leia ou resuma os principais eventos desses capítulos, destacando o batismo de Jesus, a tentação no deserto e o início do seu ministério público.
  • Atividade Principal (30 minutos):
    • Peça aos adultos que, individualmente, reflitam sobre um momento de "deserto espiritual" em suas vidas. Pode ser um período de dúvidas, tentações ou dificuldades espirituais.
    • Eles devem escrever esse momento em um pedaço de papel (ou no flip chart, se preferirem compartilhar abertamente).
  • Compartilhamento e Discussão (30 minutos):
    • Inicie uma discussão em grupo, encorajando os participantes a compartilharem, voluntariamente, os momentos de "deserto espiritual" que escreveram.
    • À medida que cada pessoa compartilha, a liderança pode oferecer palavras de encorajamento e apoio, destacando como Jesus enfrentou suas próprias tentações no deserto e como Ele pode ser um guia nesses momentos.
  • Reflexão e Aplicação (20 minutos):
    • Promova uma reflexão coletiva sobre o que podem aprender com a experiência de Jesus no deserto e como podem aplicar esses ensinamentos em suas próprias vidas.
    • Encoraje-os a discutirem estratégias práticas para enfrentar os desertos espirituais e fortalecer sua fé.
  • Conclusão (15 minutos):
    • Recapitule os principais pontos discutidos, enfatizando a importância de confiar em Deus durante os momentos de deserto espiritual.
    • Termine com uma oração, pedindo a Deus para guiar e fortalecer cada participante em suas jornadas espirituais.

Observação: É crucial criar um ambiente de confiança e respeito durante o compartilhamento, para que os participantes se sintam à vontade para compartilhar suas experiências. Lembre-se de que, em momentos de desertos espirituais, é fundamental buscar apoio na comunidade e em Deus.

  • Att: Pr. Hubner Braz

LEITURA ADICIONAL

Lucas faz um recomeço em seu evangelho. Os eventos narrados em Lc 1 e 2 haviam transcorrido de forma incógnita. Somente os humildes da terra haviam tomado conhecimento desses acontecimentos. Seguira-se um tempo de silêncio. O Filho de Deus crescia às escondidas na pequena Nazaré. O que o evangelista Lucas passa a relatar na sequência, entre o capítulo 3 e a morte do Salvador, aconteceu com ampla publicidade. João e Jesus saíram do anonimato. Depois que João Batista viveu trinta anos no anonimato, ele se apresentou publicamente. Pouco depois também Jesus, praticamente repetindo a pequena diferença cronológica entre o nascimento de ambos.

1- A INTRODUÇÃO HISTÓRICA, Lc 3.1ss. Agora se cumprem as palavras de Zacarias. Essa época relevante e especial do reino de Deus é combinada pelo evangelista Lucas com eventos da história universal e intelectual, não apenas para fixar a data do acontecimento divino, mas também para que essa visão histórica assinale toda a miséria e escuridão daquela época. A palavra de Paulo em Rm 5, já citada no início de Lc 2,”onde abundou o pecado”, também agora volta a causar impacto em nós A expressão César Tibério aqui em Lc 3 e o nome César Augusto em Lc 2 lembram que naquele tempo a Palestina não era um Estado soberano, mas pertencia ao Império Romano.

A força de ocupação que decidia sobre o povo de Israel era o exército romano. Tudo o que é relatado no Novo Testamento acontece no período desse poderio militar romano, cujo ápice estava nas mãos dos césares romanos. Em Lc 2 era César Augusto (de 31 a. C. até 14 d. C.). Livro: Evangelho de Lucas: Comentário Esperança (Fritz Rienecker, Curitiba, PR: Editora Evangélica Esperança, 2005).

TEXTO ÁUREO

“ e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.” Lucas 3:22


COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

        O versículo em questão é parte do relato do batismo de Jesus por João Batista nas águas do rio Jordão. Este evento é de grande importância teológica, pois marca o início do ministério público de Jesus. Vamos analisar o texto em profundidade.


Contexto:

        O batismo de Jesus ocorre após Ele ter alcançado a idade adulta, e serve como um ato público de consagração para o ministério messiânico. João Batista, o precursor, proclamava um batismo de arrependimento para a remissão de pecados (Lucas 3:3). Jesus, porém, não tinha pecados a serem perdoados, o que destaca Sua natureza ímpar como o Filho de Deus.


O Espírito Santo em Forma de Pomba:

        Ao ser batizado, o Espírito Santo desce sobre Jesus em forma corpórea, simbolizado como uma pomba. Esta imagem é rica em significado. A pomba é um símbolo clássico de paz, pureza e presença divina. Este evento confirma a unção divina sobre Jesus, capacitando-O para o ministério que teria pela frente.


A Voz do Céu:

        Além da manifestação do Espírito Santo, uma voz vinda do céu é ouvida, proclamando: "Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo". Esta declaração confirma a filiação divina de Jesus e expressa a profunda alegria e satisfação de Deus para com Ele. A frase "Tu és o meu Filho amado" ecoa as palavras do Salmo 2:7, que é uma referência messiânica clara.


Raiz Grega: A palavra grega para "amado" neste versículo é "ἀγαπητός" (agapētos), que denota um amor íntimo e especial, demonstrando a afeição profunda e singular de Deus por Jesus.


Comentário: Este evento é crucial para a compreensão da identidade de Jesus. Ele é proclamado publicamente como o Filho amado de Deus, e a presença do Espírito Santo sobre Ele confirma Sua missão divina. É também um poderoso testemunho da Trindade: o Pai falando do céu, o Filho sendo batizado e o Espírito Santo descendo como uma pomba.

Além disso, este evento destaca a humildade de Jesus, que se submete ao batismo de arrependimento, mesmo sem ter pecados próprios a confessar. Ele se identifica com a humanidade, solidarizando-se conosco em nossa jornada espiritual.


        Em resumo, o batismo de Jesus é um momento de grande revelação e confirmação de Sua missão divina como o Messias e Salvador do mundo. Este evento inaugura Seu ministério público e serve como um modelo de humildade e obediência para todos os crentes.


LEITURA BÍBLICA PARA ESTUDO - Lucas 3.1-23

# A pregação de João Batista

¹ No décimo quinto ano do reinado de Tibério César, sendo Pôncio Pilatos governador da Judeia, Herodes, tetrarca da Galileia, seu irmão Filipe, tetrarca da região da Itureia e Traconites, e Lisânias, tetrarca de Abilene,
² sendo sumos sacerdotes Anás e Caifás, veio a palavra de Deus a João, filho de Zacarias, no deserto.
³ Ele percorreu toda a circunvizinhança do Jordão, pregando batismo de arrependimento para remissão de pecados,
⁴ conforme está escrito no livro das palavras do profeta Isaías: Voz do que clama no deserto: Preparai o caminho do Senhor, endireitai as suas veredas.
⁵ Todo vale será aterrado, e nivelados todos os montes e outeiros; os caminhos tortuosos serão retificados, e os escabrosos, aplanados;
⁶ e toda carne verá a salvação de Deus.
⁷ Dizia ele, pois, às multidões que saíam para serem batizadas: Raça de víboras, quem vos induziu a fugir da ira vindoura?
⁸ Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento e não comeceis a dizer entre vós mesmos: Temos por pai a Abraão; porque eu vos afirmo que destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão.
⁹ E também já está posto o machado à raiz das árvores; toda árvore, pois, que não produz bom fruto é cortada e lançada ao fogo.
¹⁰ Então, as multidões o interrogavam, dizendo: Que havemos, pois, de fazer?
¹¹ Respondeu-lhes: Quem tiver duas túnicas, reparta com quem não tem; e quem tiver comida, faça o mesmo.
¹² Foram também publicanos para serem batizados e perguntaram-lhe: Mestre, que havemos de fazer?
¹³ Respondeu-lhes: Não cobreis mais do que o estipulado.
¹⁴ Também soldados lhe perguntaram: E nós, que faremos? E ele lhes disse: A ninguém maltrateis, não deis denúncia falsa e contentai-vos com o vosso soldo.

# João dá testemunho de Jesus

¹⁵ Estando o povo na expectativa, e discorrendo todos no seu íntimo a respeito de João, se não seria ele, porventura, o próprio Cristo,
¹⁶ disse João a todos: Eu, na verdade, vos batizo com água, mas vem o que é mais poderoso do que eu, do qual não sou digno de desatar-lhe as correias das sandálias; ele vos batizará com o Espírito Santo e com fogo.
¹⁷ A sua pá, ele a tem na mão, para limpar completamente a sua eira e recolher o trigo no seu celeiro; porém queimará a palha em fogo inextinguível.
¹⁸ Assim, pois, com muitas outras exortações anunciava o evangelho ao povo;
¹⁹ mas Herodes, o tetrarca, sendo repreendido por ele, por causa de Herodias, mulher de seu irmão, e por todas as maldades que o mesmo Herodes havia feito,
²⁰ acrescentou ainda sobre todas a de lançar João no cárcere.

# O batismo de Jesus

²¹ E aconteceu que, ao ser todo o povo batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu,
²² e o Espírito Santo desceu sobre ele em forma corpórea como pomba; e ouviu-se uma voz do céu: Tu és o meu Filho amado, em ti me comprazo.

# A genealogia de Jesus Cristo

²³ Ora, tinha Jesus cerca de trinta anos ao começar o seu ministério. Era, como se cuidava, filho de José, filho de Eli;

VERDADE PRÁTICA

Viver em comunhão com o Espírito Santo é o segredo para uma vida que agrada a Deus.

COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

A verdade prática destaca um princípio essencial na vida cristã: a importância da comunhão com o Espírito Santo. Essa comunhão não é apenas um elemento opcional, mas é o cerne da vivência cristã autêntica.


A Comunhão com o Espírito Santo na Bíblia:

A Bíblia nos ensina que o Espírito Santo é uma pessoa da Trindade, coigual e coeterno com o Pai e o Filho. Ele é o Consolador prometido por Jesus (João 14:16) e tem um papel vital na vida do crente. Paulo nos exorta em Efésios 5:18 a sermos cheios do Espírito, indicando um processo contínuo de comunhão e dependência dele.


O Papel Transformador do Espírito Santo:

Viver em comunhão com o Espírito Santo implica estar em sintonia com a Sua orientação e liderança em nossas vidas. É Ele quem nos guia, nos ensina, nos consola e nos capacita para vivermos de maneira que agrade a Deus.


A Evidência da Comunhão:

Uma vida que está em comunhão com o Espírito Santo será caracterizada por frutos espirituais, conforme Gálatas 5:22-23: "Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio". Esses frutos são a evidência palpável da obra do Espírito em nós.


Citações de Escritores Cristãos:

        A verdade prática destaca um princípio fundamental: a comunhão com o Espírito Santo é essencial para uma vida cristã frutífera e que agrada a Deus. É através dessa comunhão que somos transformados, guiados e capacitados para vivermos de acordo com a vontade do Pai. Portanto, buscar e cultivar essa comunhão deve ser uma prioridade na vida de todo crente.

INTRODUÇÃO
I- O MINISTÉRIO DE JOÃO BATISTA Lc 3.1-14
1– Precursor de Jesus Lc 3.1-3
2– A mensagem de João Lc 3.4-9
3– Os resultados de sua pregação Lc 3.10-14
II- BATISMO, GENEALOGIA E TENTAÇÃO DE JESUS Lc 3.15-4.1-13
1– O batismo do Filho do Homem Lc 3.15-22
2– Sua genealogia Lc 3.23-38
3– Sua tentação no deserto Lc 4.1-13
III- O INÍCIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO Lc 4.14-44
1- Leitura inaugural na sinagoga em Nazaré Lc 4.14-30
2– O endemoniado de Cafarnaum Lc 4.31-37
3– Sogra de Pedro e muitas curas Lc 4.38-44
APLICAÇÃO PESSOAL

DEVOCIONAL DIÁRIO

Segunda – Lc 3.5
Terça – Lc 3.16
Quarta – Lc 3.22
Quinta – Lc 4.1
Sexta – Lc 4.4
Sábado – Lc 4.8
Hinos da Harpa: 122 – 437

INTRODUÇÃO

O terceiro evangelho forma coro com os demais ao afirmar a relevância da pregação de João Batista para o ministério de Jesus. Para Lucas, o fato inaugural das boas novas do Reino é o surgimento do “preparador do caminho do Senhor” em cumprimento à profecia de Isaías (Lc 3.4,5; Is 40.3-5). João Batista foi, portanto, o último dos profetas e, simultaneamente, um cumprimento de profecias do Antigo Testamento.


COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

O início do evangelho de Lucas estabelece uma conexão vital entre o ministério de João Batista e a chegada de Jesus como Messias. Lucas ressalta a importância de João como o "preparador do caminho do Senhor", cumprindo assim as profecias de Isaías. Esta introdução revela a meticulosa providência divina em traçar um plano de salvação desde os tempos antigos.


João Batista: Último dos Profetas:

João Batista desempenha um papel singular na história da salvação, sendo o último dos profetas do Antigo Testamento e o precursor direto de Jesus Cristo. Ele não apenas ministra um batismo de arrependimento, mas anuncia a chegada do Reino de Deus e aponta para o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo (João 1:29).


Cumprimento das Profecias do Antigo Testamento:

A citação de Isaías é uma confirmação do cumprimento das antigas profecias messiânicas. Este evento demonstra que o plano de Deus estava sendo meticulosamente executado, desde o anúncio de Isaías até a realização em João Batista.


Relevância para os Leitores de Lucas:

Para os leitores do evangelho de Lucas, essa introdução destaca a continuidade e a autenticidade do ministério de Jesus em relação à história e às Escrituras do Antigo Testamento. Eles são lembrados de que o plano de Deus não é um evento isolado, mas uma narrativa contínua de redenção que abrange séculos.


Citações de Escritores Cristãos:

        A introdução do evangelho de Lucas com a ênfase em João Batista como o "preparador do caminho do Senhor" serve como um lembrete poderoso da meticulosa providência de Deus na história da salvação. Ela estabelece uma ligação inquebrantável entre o Antigo Testamento e o ministério de Jesus, demonstrando que o plano de Deus é coerente e cumprido de maneira perfeita. João Batista ocupa um lugar especial na narrativa da redenção e seu testemunho ressoa ao longo dos séculos, convidando a todos a prepararem o caminho para o Senhor em seus corações.

I- O MINISTÉRIO DE JOÃO BATISTA (Lc 3.1-14)

Depois de séculos de silêncio profético, a voz de João soou no deserto.

1- Precursor de Jesus (Lc 3.1-3) sendo sumos sacerdotes Anás e Caifás, veio a palavra de Deus a João, filho de Zacarias, no deserto. (3.2)

A perfeição com que Lucas descreve o contexto histórico de João é sem precedentes. Enquanto os demais evangelhos apresentam referências mais limitadas, pressupondo que seus ouvintes estavam familiarizados com o ministério do Batista, Lucas data o início da pregação de João tomando estas referências: um imperador, um governador romano, três tetrarcas da palestina e dois sumos sacerdotes de Jerusalém. Nos outros evangelhos, Jesus ganha destaque central nas introduções, mas Lucas guarda um espaço especial para apresentar detalhes acerca de João Batista. O autor desse evangelho, embora mostre a grandeza dos nomes e títulos dos detentores do poder político e religioso, evidencia João de forma diferente, mostrando que ele é um homem simples, sem títulos e sem lugar fixo para pregar sua mensagem aos que vem ao seu encontro, dando início às boas novas do Reino.

2- A mensagem de João (Lc 3.4-9) Produzi, pois, frutos dignos de arrependimento e não comeceis a dizer entre vós mesmos: Temos por pai a Abraão; porque eu vos afirmo que destas pedras Deus pode suscitar filhos a Abraão. (3.8)

Como preparador do caminho do Senhor, a mensagem de João possui um norte tão claro e conciso que pode ser resumida nesta palavra: arrependimento (gr. Metanoia). Trata-se, na língua original, de um termo de sentido com posto cujo significado é “mudar a mente e/ou a trajetória”, ou seja, não se refere a um movimento meramente emocional, mas de um real convencimento do intelecto diante da iminente manifestação do Reino de Deus, que resultam em mudança de hábitos e atitudes. João centra sua mensagem no arrependimento. Foi o que recebeu de Deus para pregar, é a única maneira de recebermos a Cristo. Sem arrependimento não há salvação. Ele não inventou nada, apenas foi fiel ao seu chamado.

3- Os resultados de sua pregação (Lc 3.10-14) Então, as multidões o interrogavam, dizendo: Que havemos, pois, de fazer? (3.10)

O terceiro evangelho dá testemunho claro dos efetivos resultados do ministério de João Batista. Lucas relata que, em meio a uma audiência diversificada: as multidões (v. 10), os publicanos (v 12) e soldados (v. 14) recebem o impacto da mensagem do Reino e reagem com a mesma pergunta: “Que havemos de fazer?” Em todos os casos apresentados por Lucas, a pergunta feita tinha o seguinte sentido: “o que farei após escutar esta mensagem de agora?”. Esta era uma reação comum ao anúncio de João. Fica demonstrado, portanto, a universalidade deste reino gloriosos, pois, desde o início, sua mensagem tem poder sobre indivíduos de toda tribo, língua e nação. Louvado seja o Rei por isso!


COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

        O ministério de João Batista é de fundamental importância na narrativa do evangelho de Lucas. Ele é apresentado como o precursor de Jesus, aquele que veio para preparar o caminho para a chegada do Messias. Lucas destaca vários aspectos cruciais sobre João Batista e sua mensagem.

  • Precursor de Jesus: A introdução de João Batista é feita com grande detalhe histórico, demonstrando o cuidado de Lucas em situar o ministério de João no contexto político e religioso da época. Ao fazer isso, ele destaca a singularidade de João como o "preparador do caminho do Senhor".
  • A Mensagem de João: O cerne da mensagem de João é o chamado ao arrependimento. O termo "metanoia" destaca não apenas uma mudança emocional, mas uma transformação profunda na mente e na trajetória de vida das pessoas. João enfatiza que o arrependimento é a única maneira de se preparar para a manifestação do Reino de Deus.
  • Resultados da Pregação de João: Lucas relata que a mensagem de João teve um impacto significativo em diversas classes sociais: as multidões, os publicanos e os soldados. Todos reagiram com a mesma pergunta: "O que havemos de fazer?". Isso demonstra a universalidade e a eficácia da mensagem de João, que ressoou nos corações de pessoas de diferentes origens e posições na sociedade.

        O ministério de João Batista é uma parte essencial na história da salvação. Ele preparou o caminho para a chegada do Messias, chamando as pessoas ao arrependimento e à transformação de vida. Sua mensagem ressoou em corações diversos, demonstrando que o chamado ao arrependimento é universal e atemporal. João Batista desempenhou um papel crucial no cumprimento das profecias do Antigo Testamento e na preparação para a vinda de Jesus como o Salvador do mundo.


Este blog foi feito com muito carinho 💝 para você. Ajude-nos 🙏. Nós abençoe doando uma oferta voluntária de qualquer valor no pixpecadorconfesso@hotmail.com

II- BATISMO, GENEALOGIA E TENTAÇÃO DE JESUS (Lc 3.15 4.1-13)

O Filho amado revelado no batismo (3.22) tem sua filiação rastreada até Adão, filho de Deus (3.38) e,por fim, é testado no deserto pelo Diabo (4.3-12).

1- O batismo do Filho do Homem (Lc 3. 15-22) E aconteceu que, ao ser todo o povo o batizado, também o foi Jesus; e, estando ele a orar, o céu se abriu. (3.21)

batismo no Jordão marca o início do ministério de Jesus. No evangelho, porém, Lucas narra a sujeição de Jesus ao batismo como todos os demais que eram ouvintes de João Batista (v.21), o que levanta uma questão importante: como o Filho de Deus encarnado se submeteria ao batismo de João? A resposta é simples: Jesus precisava identificar-se com todo o povo em solidariedade aos pecadores que veio salvar. Embora não tendo pecado, Ele se submete ao batismo e cumpre a justiça de Deus ao mesmo tempo em que honra e aprova o ministério de João seu precursor.

2- Sua genealogia (Lc 3.23-38) Ora, tinha Jesus cerca de trinta anos ao começar o seu ministério. Era, como se cuidava, filho de José, filho de Eli.. (3.23)

Vários aspectos tornam a narrativa lucana singular no que pertence à genealogia de Cristo. Geralmente relatos genealógicos são trazidos na introdução de documentos, mas em Lucas está contido no meio da narrativa. Outra peculiaridade marcante está em que, geralmente, genealogias são enumeradas do passado para o presente, como na descrição de Mateus (1.1-17); Lucas, entretanto, toma o caminho contrário, partindo do presente em direção ao passado. Se comparado com o relato de Mateus, percebe-se em Lucas outras particularidades, como: adota a linhagem do pai, José; a inexistência de mulheres; o fato de chegar em ” Adão, filho de Deus” e não sim, os laços entre os dois relatos.

E glorioso perceber que, onde Israel falhou, o Filho de Deus foi aprovado com louvores, deixando clara a sua moral condizente com a missão que lhe cabia executar O Cristo de Deus não foi somente um homem REAL, mas também um homem IDEAL, digno de ser seguido. Portanto, a narrativa da tentação resume os dois focos do batismo: a orientação do Espírito Santo e sua identidade como filho terminar em Abraão como em Mateus, entre outras. Lucas faz toda essa disposição em seu texto com este propósito: demonstrar que o Filho de Deus anunciado pelo próprio Deus no batismo é de fato quem Ele é.

3- Sua tentação no deserto (Lc 4.1-13) Durante quarenta dias, sendo tentado pelo diabo. Nada comeu naqueles dias, ao fim dos quais teve fome (4.2)

Como nos demais sinóticos, a narrativa da tentação de Jesus no deserto tem objetivo de confirmar a vocação recebida no batismo e de servir como prelúdio de seu ministério público. Vemos também um claro paralelo entre o teste de Jesus e o teste de Israel no deserto, pois os dois apresentam vários elementos em comum, por exemplo: os dois acontecem no deserto; neles é exigido obediência; fome e pão são fatores comuns; e o número 40 também aparece em ambos. Além disso, as respostas de Jesus ao tentador são extraídas de Deuteronômio 6 e 8, estreitando, assim, os laços entre os dois relatos.

E glorioso perceber que, onde Israel falhou, o Filho de Deus foi aprovado com louvores, deixando clara a sua moral condizente com a missão que lhe cabia executar O Cristo de Deus não foi somente um homem REAL, mas também um homem IDEAL, digno de ser seguido. Portanto, a narrativa da tentação resume os dois focos do batismo: a orientação do Espírito Santo e sua identidade como filho de Deus.


COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

        Este segmento aborda três eventos cruciais no início do ministério público de Jesus: Seu batismo, a apresentação de sua genealogia e a tentação no deserto.

  • O Batismo de Jesus: Este é um momento de grande significado. Jesus, embora sem pecado, submeteu-se ao batismo de João Batista. Isso não foi uma admissão de pecado, mas um ato de identificação com a humanidade e uma confirmação da validade do ministério de João. O céu se abrindo e o Espírito Santo descendo em forma de pomba são sinais divinos, indicando um novo estágio na história da salvação.
  • A Genealogia de Jesus: Lucas apresenta uma genealogia intrigante, iniciando com Jesus e retrocedendo até Adão, o primeiro homem. Ao contrário da tradição que lista genealogias de forma ascendente, Lucas a apresenta de forma descendente. A inclusão de "Adão, filho de Deus" sublinha a origem divina de toda a humanidade e aponta para Jesus como o novo Adão, trazendo redenção e restauração.
  • A Tentação no Deserto: Este episódio é crucial, testando a fidelidade e a preparação de Jesus para o ministério público. Paralelos com a jornada de Israel no deserto são evidentes. Jesus enfrenta o Diabo em um período simbólico de quarenta dias, respondendo a cada tentação com passagens de Deuteronômio, mostrando um profundo entendimento das Escrituras.

        Estes eventos inaugurais do ministério de Jesus evidenciam sua identidade como o Filho amado de Deus, sua genealogia que o conecta a toda a humanidade e sua vitória sobre as tentações do Diabo. Eles demonstram a preparação meticulosa e a plena capacitação de Jesus para a missão que Ele estava prestes a iniciar. Assim, cada um desses episódios tem uma relevância profunda na revelação do plano redentor de Deus por meio de Seu Filho.

III- O INÍCIO DO MINISTÉRIO PÚBLICO (Lc 4.14-44)

O Espírito Santo tem importância cabal em Lucas. Ao recapitular o que foi visto, percebe-se que, Somente no relato da infância de Jesus, seis pessoas são habitadas Jesus (1.35); Isabel (1.41); Zacarias (1.67) e Simeão (2.25-27). Já em idade adulta, a influência do Espírito continua sendo descrita: na unção batismal (3.22)e ao conduzi-lo à tentação no deserto (4.1). Agora como veremos, este mesmo Espírito o conduz à Galileia de modo que os feitos de Jesus correm por todas as terras ao redor (4.14,15).

1- Leitura inaugural na sinagoga em Nazaré (Lc 4.14-30) Então, passou Jesus a dizer-lhes: Hoje, se cumpriu a Escritura que acabais de ouvir (4.21).

É notório que o ministério de Jesus não se inicia neste relato (4.14,15).Além disso, uma análise das passagens correlatas nos sinóticos demonstra que Lucas provavelmente antecipou cronologicamente esse episódio, pois ele fornece uma síntese de abertura ideal da mensagem de Jesus. Tudo gira em torno da declaração lida na ocasião: “O Espírito do Senhor está sobre mim, pelo que me ungiu..” (Lc 4.18; Is 61.1,2), isso é, uma confirmação bíblica e profética dos assombrosos feitos de Jesus que o seguiam desde seu batismo e que o acompanhariam em todo seu ministério público.

E no poder do Espírito que cativos e oprimidos são libertos, enfermos são curados e a mensagem do Reino estremece os corações. A autoridade do sermão de Jesus deixa a plateia atônita e todos, maravilhados, perguntam: “Não é este o filho de José?” (4.22). O texto sugere que a recusa de Jesus em “validar” Sua mensagem com sinais semelhantes aos realizados outrora na Galiléia fez com que a plateia se enfurecesse contra Jesus a ponto de tentar matá-lo (4.29).Jesus, porém, passa por eles e retira-se ileso daquele lugar.

2- O endemoniado de Cafarnaum (Lc 4.31-37) Achava-se na sinagoga um homem possesso de um espírito de demônio imundo, e bradou em alta voz.. (4.33).

A narrativa continua agora em Cafarnaum, e os efeitos da unção do Espírito são manifestos também naquele lugar. Como de costume, Jesus ensinava no sábado em uma sinagoga quando se depara com um homem oprimido por espírito imundo. Jesus repreende o demônio que, por sua vez, sai imediatamente sem fazer mal ao homem em questão (4.35). A cidade, que já se maravilhara com o ensino do Cristo (4.32), agora o louva por Sua autoridade sobre espíritos imundos (4.36). Verdadeiramente, a unção do Espírito sobre Jesus o permitiu pôr em liberdade os cativos e oprimidos e apregoar com autoridade a chegada do Reino glorioso do Senhor.

3- A sogra de Pedro e outras curas (Lc 4.38-44) Ao pôr do sol, todos os que tinham enfermos de diferentes moléstias lhes traziam; e ele os curava, impondo as mãos sobre cada um. (4.40)

Jesus entra na casa de Pedro e depara-se com a sogra deste prostrada com “febre alta”. Boa parte dos estudiosos sugere tratar-se de um quadro de malária, doença endêmica comum na região por conta do clima e geografia da área. Jesus, diante do quadro, restabelece a enferma repreendendo a febre. Este é o único milagre de cura de Jesus em que o mestre se dirige à doença e não ao enfermo. A fama de Jesus se alastra na cidade de modo tal que o povo aguarda apenas o encerramento dos costumes sabáticos e, ao cair da noite, uma multidão de enfermos acometidos de “diferentes moléstias” (4.40) deságua aos pés de Jesus e todos são curados pela imposição de Suas mãos.

Demônios também eram expelidos aos gritos e, assim como no caso do homem da sinagoga, eram repreendidos por Jesus “para que não falassem, pois sabiam ser ele o Cristo”(4.41). Não é o testemunho de demônios que deve convencer os homens da missão de Jesus, mas sim os feitos do Espírito Santo, que o ungiu em Seu batismo e afirma inequivocamente que Ele é O FILHO AMADO, em quem está o prazer do Senhor.


COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

        Este trecho narra o início do ministério público de Jesus em Galileia, onde Ele demonstra Sua autoridade, tanto em ensino quanto em ações poderosas, confirmando assim a unção do Espírito Santo sobre Ele.

  • Leitura Inaugural na Sinagoga de Nazaré: O ensino de Jesus em Nazaré é altamente significativo. Ele proclama a realização das Escrituras naquele momento, identificando-se claramente como o Messias prometido. Ao citar Isaías 61, Jesus declara Sua missão de trazer boas novas aos pobres, proclamar liberdade aos cativos e recuperação da vista aos cegos, entre outras coisas. Este é um anúncio poderoso de Sua missão redentora.
  • O Endemoniado de Cafarnaum: Nesta passagem, Jesus demonstra Sua autoridade sobre os espíritos malignos. O homem possesso reage com temor e reconhecimento da divindade de Jesus. Ao ordenar que o espírito saia, Jesus revela Seu domínio sobre o reino das trevas. A fama de Jesus rapidamente se espalha pela região.
  • Cura da Sogra de Pedro e Outros Enfermos: Neste episódio, vemos o cuidado compassivo de Jesus com os necessitados. Ele cura a sogra de Pedro, demonstrando Sua autoridade sobre a doença. Ao anoitecer, uma multidão de enfermos é trazida a Ele, e Ele os cura com um toque das mãos. Novamente, isso evidencia Sua autoridade divina sobre todas as formas de aflição.

        Este trecho ressalta a autoridade e o poder de Jesus, que é evidenciado tanto em Suas palavras como em Suas ações. Ele se apresenta como o cumprimento das Escrituras e como o Messias esperado. Além disso, demonstra Sua compaixão ao curar os doentes e libertar os oprimidos. Assim, o ministério inicial de Jesus é marcado pela unção do Espírito Santo, que O capacita a trazer libertação e restauração a todos os necessitados.

APLICAÇÃO PESSOAL

O mesmo Espírito que ungiu Jesus e o conduziu em sua obra terrena está impulsionando a Igreja a executar a obra de Deus na terra. Busquemos, então, a unção do Espírito Santo!


COMENTÁRIO EXTRA


Comentário de Hubner Braz

        O relato do início do ministério público de Jesus nos oferece insights valiosos sobre a importância do Espírito Santo na obra de Deus. Assim como o Espírito ungiu Jesus e o capacitou para cumprir Sua missão, Ele também nos capacita para fazer a obra de Deus em nossas vidas.


        A palavra "unção" tem raízes profundas no contexto bíblico e significa ser consagrado ou separado para um serviço especial. Da mesma forma que Jesus foi ungido para proclamar as boas novas, somos chamados a sermos ungidos para compartilhar o evangelho com o mundo que nos cerca. Esta unção não se trata de uma capacitação meramente humana, mas é um poder divino que nos habilita a cumprir a missão dada por Deus.


        Assim como o Espírito conduziu Jesus em Sua jornada terrena, Ele também nos guia em nosso caminho de fé. Devemos aprender a ouvir a voz do Espírito e estar sensíveis à Sua orientação em nossas vidas. É Ele quem nos revela a vontade de Deus e nos capacita a viver de acordo com ela.


        Portanto, a aplicação pessoal deste texto é um convite para buscarmos a unção do Espírito Santo em nossas vidas. Devemos ansiar por Sua presença e poder, para que sejamos capacitados a proclamar as boas novas do Reino de Deus em nossos contextos. Assim como Jesus, somos chamados a ser instrumentos nas mãos de Deus para trazer libertação e restauração aos que estão em necessidade.


        Em última análise, a aplicação pessoal deste texto nos chama a viver de forma cristocêntrica, colocando Jesus no centro de nossas vidas e ministérios. É Ele quem nos capacita, guia e fortalece para cumprir a missão que nos foi confiada. Portanto, que busquemos diariamente a unção do Espírito Santo, para que possamos ser eficazes em fazer a vontade de Deus na terra. Como disse o apóstolo Paulo, "Tudo posso naquele que me fortalece" (Filipenses 4:13), e essa fortaleza vem do Espírito Santo que habita em nós.


*LUCAS 3 E 4 : INÍCIO DO MINISTERIO DO FILHO DO HOMEM*

Bom dia e a paz do Senhor Jesus a todos. Estamos iniciando nossa nova lição de numero 3, com o titulo *LUCAS 3 E 4: O INICIO DO MINISTERIO DO FILHO DO HOMEM*.

Lucas 3 continua a narrativa dos capítulos anteriores e apresenta o ministério de João Batista, uma figura significativa que prepara o caminho para Jesus Cristo.

O capítulo começa fornecendo um contexto histórico, mencionando várias figuras políticas e religiosas que estiveram no poder durante o ministério de João Batista. Em seguida, apresenta o próprio João, que vem pregando uma mensagem de arrependimento e batismo para perdão dos pecados. A mensagem de João enfatiza a necessidade de uma mudança de coração e de um afastamento do comportamento pecaminoso em preparação para a vinda do Messias.

A mensagem de João chama a atenção, e pessoas de diversas origens vêm até ele para serem batizadas. Ele repreende os líderes religiosos e adverte-os a não confiarem apenas na sua herança ou títulos, mas a produzirem frutos de arrependimento. João usa uma linguagem forte para transmitir a seriedade da sua mensagem e a necessidade de uma transformação genuína.

Neste capítulo, João também reconhece a superioridade de Jesus, afirmando que ele (João) batiza com água, mas aquele que vier depois dele batizará com o Espírito Santo e com fogo. João reconhece Jesus como o mais poderoso que vem para cumprir os propósitos de Deus.

O capítulo termina com uma genealogia de Jesus, traçando sua linhagem desde Davi e Abraão até Adão. Esta genealogia destaca a ligação de Jesus tanto à linhagem de David como à humanidade como um todo, enfatizando o seu papel como Salvador de todas as pessoas.

Em resumo, Lucas 3 centra-se no ministério de João Baptista, no seu apelo ao arrependimento e ao baptismo, e no seu reconhecimento de Jesus como o Messias. O capítulo também fornece uma ligação genealógica com a herança ancestral de Jesus, sublinhando a sua importância no plano de salvação.

Lucas 4 continua a narrativa do Evangelho de Lucas descrevendo eventos significativos no início do ministério de Jesus. Este capítulo destaca a tentação de Jesus no deserto, o início de Seu ministério de ensino e cura, e Sua rejeição em Sua cidade natal.

*Tentação no Deserto (Lucas 4:1-13):* Após Seu batismo, Jesus é conduzido pelo Espírito ao deserto, onde jejua por quarenta dias e é tentado pelo diabo. O diabo apresenta três tentações a Jesus: transformar pedras em pão para saciar Sua fome, adorar o diabo em troca de poder mundano e testar a proteção de Deus saltando de um alto pináculo. Em cada caso, Jesus responde com citações das Escrituras e resiste às tentações.

Este episódio destaca a humanidade de Jesus e Seu compromisso em cumprir a vontade de Deus sem sucumbir ao fascínio do poder mundano ou ao conforto pessoal. A sua confiança nas Escrituras como defesa contra a tentação demonstra a importância de conhecer e aplicar a Palavra de Deus nas batalhas espirituais.

*Ministério de Ensino e Cura de Jesus (Lucas 4:14-30):* Jesus retorna do deserto para a Galiléia, onde começa a ensinar nas sinagogas e a obter reconhecimento por Sua sabedoria e poderes milagrosos. Em Nazaré, Sua cidade natal, Ele lê o rolo de Isaías na sinagoga, declarando que a Escritura se cumpriu Nele: Ele é o Ungido que traz boas novas, libertação e cura. No entanto, o povo de Nazaré O rejeita, e Jesus salienta que os profetas são frequentemente rejeitados nas suas próprias cidades.

Esta seção revela a missão de Jesus como o cumprimento das profecias do Antigo Testamento e Seu papel como aquele que traz salvação e cura. Também prenuncia a tensão e a rejeição que Jesus enfrentará ao longo do Seu ministério.

*Demonstração de Autoridade (Lucas 4:31-37):* Jesus demonstra Sua autoridade expulsando um demônio de um homem possuído em Cafarnaum. Isto surpreende as pessoas e enfatiza o poder de Jesus sobre as forças espirituais das trevas. Sua autoridade não está apenas em Suas palavras, mas também em Suas ações.

Este episódio sublinha a autoridade divina de Jesus sobre todos os domínios, incluindo o domínio espiritual, e a Sua capacidade de libertar as pessoas da escravidão.

*Cura e Ministério (Lucas 4:38-44):* O capítulo termina com relatos de Jesus curando vários indivíduos com diferentes doenças. Ele também continua a pregar e ensinar em toda a região. Seu ministério de cura demonstra Sua compaixão por aqueles que estão sofrendo e Seu desejo de trazer integridade aos indivíduos, tanto física quanto espiritualmente.

Estas histórias de cura ilustram a missão de Jesus de restaurar e redimir, revelando a Sua identidade como o Grande Médico que atende às necessidades físicas e espirituais.

Em resumo, Lucas 4 retrata os primeiros estágios do ministério público de Jesus. Ele destaca Sua vitória sobre a tentação, a proclamação de Seu papel como cumprimento das Escrituras, Sua autoridade sobre as forças espirituais e Seu ministério de cura movido pela compaixão. O capítulo dá o tom para a missão de redenção, ensino, cura e, em última análise, de confronto com os poderes das trevas de Jesus.

A narrativa da tentação de nosso Senhor foi apresentada por Lucas e Mateus. Jesus, assim como Adão (Gn. 3:6), foi experimentado nas três áreas do apetite físico, da ambição temporal e do alcance espiritual, para que fosse provado competente em sua missão. Onde o primeiro homem falhou, ele triunfou.

Lembrando que este é somente um breve resumo dos capítulos 3 e 4 de Lucas. Bons estudos e que o Senhor abençoe a todos.

RESPONDA

Marque “V para a opção verdadeira e “F” para opção falsa:

(V) Lucas data o início da pregação de João tomando estas referências: um imperador, um governador romano, três tetrarcas da palestina e dois sumos sacerdotes de Jerusalém.
(F) O batismo no Jordão não marca o início do ministério de Jesus; no evangelho, porém, Lucas narra a sujeição de Jesus ao batismo como todos os demais que eram ouvintes de João Batista.
(V) Como nos demais sinóticos, a narrativa da tentação de Jesus no deserto tem objetivo de confirmar a vocação recebida no batismo e de servir como prelúdio de seu ministério público

SAIBA MAIS SOBRE ESCOLA DOMINICAL:

Gostou do site? Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site: Nos abençoe com uma oferta voluntária pelo PiX/TEL (15)99798-4063 ou (pix/email) pecadorconfesso@hotmail.com – Seja um parceiro desta obra. “(Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )”

SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

Clique aqui para Download das:

SUBSÍDIOS DAS REVISTAS| CLIQUE E ACESSE |

---------------------------------------------------------

Acesse nossos grupos, clique, entre e tenha mais conteúdo:

Muito conteúdo sem sobrecarregar seu celular.
Acesse mais Conteúdo pelo Telegram
Mais conteúdo pelo WhatsApp
Gostou do site? Ajude-nos a Manter e melhorar ainda mais este Site.
Nos abençoe Com Uma Oferta Voluntária pelo

PIX/e-mail: pecadorconfesso@hotmail.com
ou PIX/Tel: (15)99798-4063 ou PicPay: @pecadorconfesso

Seja um parceiro desta obra.

“Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. (Lucas 6:38)

---------------------------------------------------------

SEJA UM PROFESSOR DA EBD PREPARADO NO ENSINO. LEIA OS ARTIGOS:

(1) CURSO PREPARATÓRIO PARA PROFESSOR DA EBD - ESCOLA DOMINICAL
#ACERVO DE 900 MIL LIVROS EM PDF - ENCONTRE O QUE PROCURA

---------------------------------- 

Gostou do site? Ajude-nos a manter e melhorar ainda mais este Site: Nos abençoe e incentive está obra que demanda tempo com uma oferta voluntária pelo PiX/TEL (15)99798-4063 ou (pix/email) pecadorconfesso@hotmail.com – Seja um parceiro desta obra. “(Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também. Lucas 6:38 )”


COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,121,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,14,2º Trimestr,1,2º Trimestre,109,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,98,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,190,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,79,Adolescentes,22,adolescer+,7,Adoração,9,Adulto,121,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,57,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,16,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,8,As Bodas do Cordeiro,2,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,37,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,37,Batalha Espirítual,31,Batismo,10,Batismo nas Águas,4,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,4,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,151,Betel Adulto,87,Betel Jovem,40,Bíblia,83,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,4,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,10,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,14,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,16,Casamento Misto,4,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,26,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,CETADEB,1,Céu,8,Céus,5,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,2,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,476,CPAD Adolescentes,62,CPAD Jovem,118,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,14,Cristão,29,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,8,Cruz,11,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,11,Culto da Virada de Ano Novo,6,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,4,Cultura,1,Cura,4,Curado,2,Curso,5,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,105,Deus é Amor,24,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,12,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,89,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,2,Diáconos,12,Diante do Trono,3,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,9,Dinheiro,7,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,10,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,14,Dons de Maravilhas,14,Dores,1,Doutrina,21,Doutrinas Fundamentais,32,Download,81,Download Livros e E-books,144,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,36,EBD,708,EBF,1,Eclesiastes,15,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,4,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,38,Escavação,1,Escola,33,Escola Bíblica Dominical,899,Escola Dominical,85,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,5,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,34,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,206,Estudos Bíblicos,501,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,16,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,49,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,13,Falta,1,familia,49,Família,49,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,22,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,2,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,2,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,5,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,22,Hermenêutica,3,Hernandes,1,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,42,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,51,Inferno,3,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,1,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,47,Jesus Cristo,56,Jesus de Nazaré,9,Jezabel,1,Jó,18,João,11,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,9,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,228,Jovens,184,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,22,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,2,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,8,Lições Bíblicas da BETEL,409,Lições Bíblicas da CPAD,585,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,29,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,37,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,13,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,2,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,10,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,5,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,105,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,2,Notícia gospel,69,Notícias Gospel,216,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,6,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,1,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,12,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,5,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,8,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,24,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Osiel Gomes,2,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,22,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,21,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,68,Pecado,37,Pecador Confesso,14,PECC,55,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,3,Perigos,1,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,2,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,28,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,15,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,7,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,14,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,1,Revelação,5,Revelado,1,Revista,94,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,3,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,17,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,19,Salvador,12,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,9,Santificação,11,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,6,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,2,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,2,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,5,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,6,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,2,Subsídio,92,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,5,Teologia,16,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,2,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,2,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,5,Ver Deus,1,Veracidade,1,Verdade,2,Verdadeira,4,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 03 - Lucas 3 e 4: O Início do Ministério Do Filho do Homem | 4° Trimestre de 2023 | EBD PECC
Lição 03 - Lucas 3 e 4: O Início do Ministério Do Filho do Homem | 4° Trimestre de 2023 | EBD PECC
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEix5Wy6JVTBbZWZ35b_K-TSgrjIxVmSIykAgR61JLOCC8e7GgKuk7eL5FKC5tMU4w-MKgXHEFEDmHjUeyimZzrJON7jmEL1zqd0N2wcYgivLp3kwLFyCaMbGU6GKbFc1eAp2BA8Fz65mMwocK1w68VXIie4foDXqG2ygtLYo8inbbh7qcFUY3FCuT_Iu4nG/w640-h356/REVISTA-PECC-LICAO-03-LUCAS-PDF.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEix5Wy6JVTBbZWZ35b_K-TSgrjIxVmSIykAgR61JLOCC8e7GgKuk7eL5FKC5tMU4w-MKgXHEFEDmHjUeyimZzrJON7jmEL1zqd0N2wcYgivLp3kwLFyCaMbGU6GKbFc1eAp2BA8Fz65mMwocK1w68VXIie4foDXqG2ygtLYo8inbbh7qcFUY3FCuT_Iu4nG/s72-w640-c-h356/REVISTA-PECC-LICAO-03-LUCAS-PDF.webp
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2023/10/licao-03-lucas-3-e-4-o-inicio-do.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2023/10/licao-03-lucas-3-e-4-o-inicio-do.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy