Lição 09 - A Realidade Bíblica das Finanças | 2° Trimestre de 2024 | EBD JOVENS

TEXTO PRINCIPAL “Honra ao SENHOR com a tua fazenda e com as primícias de toda a tua renda.” (Pv 3.9) COMENTÁRIO EXTRA Comentário de Hubner B...



TEXTO PRINCIPAL

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Provérbios 3:9 faz parte de uma série de instruções práticas para a vida piedosa, fornecidas no contexto de Provérbios 3. O versículo 9 é uma instrução direta para honrar ao SENHOR com os bens materiais e os primeiros frutos de todas as posses. Esta instrução está intimamente ligada à sabedoria e ao temor do Senhor, temas centrais no livro de Provérbios.


Análise das Palavras na Raiz Hebraica:

  1. "Honra" (כַּבֵּד - kabbed):
    • A palavra "kabbed" deriva de "kavod" (כָּבוֹד), que significa "pesar", "ser pesado" ou "ser glorioso". Honrar a Deus implica reconhecer Seu valor supremo e dar-Lhe a devida glória. Este termo é usado em vários contextos na Bíblia para denotar respeito e reverência devida a Deus (1 Samuel 2:30; Isaías 29:13).
  2. "SENHOR" (יהוה - Yahweh):
    • "Yahweh" é o nome pessoal de Deus, enfatizando Seu caráter como o Deus da aliança que é fiel e digno de confiança. Este nome é usado consistentemente em contextos que exigem uma resposta de lealdade e reverência (Êxodo 3:14; Salmo 23:1).
  3. "Fazenda" (הוֹן - hon):
    • "Hon" se refere a "riqueza" ou "bens". É um termo abrangente que pode incluir propriedades, dinheiro e recursos materiais. A Bíblia muitas vezes aborda a responsabilidade de usar a riqueza de maneira que honre a Deus (Deuteronômio 8:18; Mateus 6:19-21).
  4. "Primícias" (רֵאשִׁית - reshith):
    • "Reshith" significa "primeiros" ou "inícios". No contexto agrícola de Israel, as primícias eram as primeiras colheitas oferecidas a Deus como um ato de reconhecimento de Sua provisão e soberania (Êxodo 23:19; Levítico 23:10).
  5. "Renda" (תְּבוּאָה - tevuah):
    • "Tevuah" refere-se a "produto" ou "rendimento". Pode ser aplicado tanto a colheitas agrícolas quanto a qualquer tipo de lucro ou aumento. Honrar a Deus com a "tevuah" implica consagrar os ganhos a Ele, reconhecendo que tudo vem de Sua mão (Deuteronômio 26:1-2).

Referências Bíblicas Relacionadas:

  • Malaquias 3:10: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.”
    • Este versículo destaca a promessa de bênção associada à fidelidade em dar.
  • Deuteronômio 26:2: “Então tomarás das primícias de todos os frutos da terra que trouxeres da tua terra, que te dá o Senhor teu Deus, e as porás num cesto, e irás ao lugar que escolher o Senhor teu Deus, para ali fazer habitar o seu nome.”
    • Este texto estabelece a prática de oferecer as primícias como um ato de adoração e reconhecimento da provisão divina.
  • 2 Coríntios 9:6-7: “E digo isto: Que o que semeia pouco, pouco também ceifará; e o que semeia em abundância, em abundância também ceifará. Cada um contribua segundo propôs no seu coração; não com tristeza, ou por necessidade; porque Deus ama ao que dá com alegria.”
    • A Nova Aliança reforça a generosidade e a alegria em dar como princípios que honram a Deus.

Comentário Final:

Honrar ao SENHOR com nossos bens e primícias é um ato de fé e reconhecimento de Sua soberania e provisão. Esta prática não só reflete nossa gratidão e submissão a Deus, mas também nos alinha com os princípios bíblicos de mordomia, onde somos chamados a administrar tudo o que possuímos de maneira que glorifique a Deus. A sabedoria em Provérbios nos lembra que a verdadeira riqueza não está apenas em acumular bens, mas em usar nossos recursos para honrar ao Criador, confiando que Ele suprirá todas as nossas necessidades conforme Suas promessas fiéis.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Bíblia oferece inúmeros ensinamentos sobre o uso e a gestão das finanças, refletindo a profunda conexão entre nossos recursos materiais e nossa vida espiritual. As Escrituras ensinam que a maneira como administramos nossas finanças revela quem ou o que está no controle de nossas vidas.


Contexto Bíblico:

  1. Mordomia Cristã:
    • A Bíblia ensina que somos mordomos de tudo o que Deus nos dá, incluindo nossas finanças. Como mordomos, somos chamados a usar nossos recursos de maneira que honre a Deus e demonstre nossa fé nEle.
  2. Mateus 6:19-21:
    • “Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”
    • Jesus ensina que a maneira como lidamos com nossos tesouros revela onde está o nosso coração. Investir em tesouros celestiais, em vez de terrestres, mostra uma vida controlada por valores espirituais e eterna perspectiva.
  3. Mateus 6:24:
    • “Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.”
    • Aqui, Mamom personifica a riqueza e o materialismo. Jesus afirma que a devoção ao dinheiro é incompatível com a devoção a Deus. A forma como tratamos nossas finanças indica quem realmente serve como nosso mestre.
  4. 1 Timóteo 6:10:
    • “Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores.”
    • Paulo alerta que o amor ao dinheiro pode levar à ruína espiritual. A busca incessante por riqueza pode afastar a pessoa de Deus, demonstrando que o dinheiro está no controle de sua vida.

Princípios Bíblicos sobre Finanças:

  1. Generosidade e Compartilhamento:
    • Provérbios 11:24-25: “Ao que distribui mais se lhe acrescenta, e ao que retém mais do que é justo, é para a sua perda. A alma generosa prosperará e aquele que atende também será atendido.”
    • A generosidade é um reflexo da confiança em Deus como o provedor. A disposição de compartilhar nossos recursos é uma indicação de que Deus, não o dinheiro, controla nossas vidas.
  2. Confiança em Deus para Provisão:
    • Filipenses 4:19: “E o meu Deus, segundo a sua riqueza em glória, há de suprir em Cristo Jesus cada uma de vossas necessidades.”
    • Quando confiamos em Deus para nossas necessidades, demonstramos que Ele está no controle. A preocupação excessiva com as finanças revela uma falta de fé na provisão divina.
  3. Dízimos e Ofertas:
    • Malaquias 3:10: “Trazei todos os dízimos à casa do tesouro, para que haja mantimento na minha casa; e depois fazei prova de mim, diz o Senhor dos Exércitos, se eu não vos abrir as janelas do céu, e não derramar sobre vós uma bênção tal, que dela vos advenha a maior abastança.”
    • O ato de dizimar e ofertar é um reconhecimento de que tudo o que possuímos vem de Deus. Esta prática é um reflexo de nossa obediência e submissão ao controle de Deus sobre nossas finanças.

A forma como tratamos nossas finanças é um indicador claro de quem está no controle de nossas vidas. A Bíblia nos chama a viver como mordomos fiéis, reconhecendo Deus como nosso provedor e Senhor. Quando usamos nossos recursos de maneira que honra a Deus, demonstramos nossa fé e submissão a Ele. Por outro lado, quando o dinheiro e as posses dominam nossas vidas, revelamos que eles têm um controle indevido sobre nós. A verdadeira liberdade financeira vem de confiar em Deus e seguir Seus princípios para a gestão dos recursos que Ele nos confia.

SEGUNDA – Pv 6.1-4 Não seja fiador de ninguém
TERÇA – Pv 6.6 O exemplo da formiga
QUARTA – 1 Tm 6.10 A raiz de todos os males
QUINTA – Pv 3.9 Honra ao Senhor com a nossa renda
SEXTA – Ml 3.7-10 Fidelidade nos dízimos
SÁBADO – Ag 2.8 A prata e o ouro pertencem ao Senhor

📥ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI(se quiser bem mais slides, diferentes, tops, dessa lição, adquira o acesso vip) 📩 Receba rápido a sua revista em PDF  | ou tenha o acesso vip 2ºTRIM 2024, saiba mais: 

👆ADQUIRA O ACESSO VIP | Pelo zap ou e-mail: hubnerbraz@pecadorconfesso.com

MOSTRAR a história e a utilidade do dinheiro;
SABER a respeito do que Deus pensa sobre o dinheiro;
RESSALTAR a advertência bíblica quanto ao mau uso do dinheiro

DINAMICA EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Dinâmica: A Realidade Bíblica das Finanças

Objetivo:

Refletir sobre a administração das finanças à luz dos ensinamentos bíblicos, identificando quem ou o que está no controle de nossas vidas financeiras.

Material Necessário:

  1. Cartões ou folhas de papel (20-30 unidades)
  2. Canetas ou marcadores
  3. Uma caixa ou cesto
  4. Bíblia
  5. Impressões de versículos bíblicos sobre finanças (ver lista abaixo)
  6. Uma tabela ou quadro branco

Versículos Bíblicos Sobre Finanças:

  1. Mateus 6:19-21
  2. Mateus 6:24
  3. 1 Timóteo 6:10
  4. Provérbios 11:24-25
  5. Filipenses 4:19
  6. Malaquias 3:10
  7. Lucas 16:10-11
  8. Hebreus 13:5
  9. 2 Coríntios 9:7
  10. Provérbios 3:9

Passos da Dinâmica:

  1. Introdução (5 minutos):
    • Comece com uma breve oração.
    • Explique o objetivo da dinâmica: entender a relação entre nossa fé e a administração das finanças pessoais, e como isso reflete quem está no controle de nossas vidas.
    • Leia João 11:40 e reflita brevemente sobre a importância da fé para ver a glória de Deus em todas as áreas, incluindo as finanças.
  2. Distribuição dos Cartões (5 minutos):
    • Entregue um cartão e uma caneta para cada participante.
    • Peça para que cada um escreva anonimamente uma palavra ou frase que descreva sua atitude atual em relação às finanças (por exemplo: "ansioso", "confiante", "generoso", "preocupado", "acumulador").
  3. Coleta e Mistura dos Cartões (5 minutos):
    • Colete os cartões em uma caixa ou cesto.
    • Misture bem os cartões para garantir o anonimato.
  4. Leitura e Reflexão dos Cartões (10 minutos):
    • Puxe um cartão de cada vez e leia a palavra ou frase em voz alta.
    • Peça para os participantes refletirem em silêncio sobre como essas atitudes podem refletir quem ou o que está no controle das finanças.
  5. Distribuição dos Versículos (10 minutos):
    • Divida os participantes em pequenos grupos.
    • Distribua os versículos bíblicos sobre finanças entre os grupos.
    • Peça para que cada grupo leia e discuta brevemente o versículo recebido, refletindo sobre como ele pode ajudar a alinhar suas finanças com os princípios bíblicos.
  6. Compartilhamento e Discussão (15 minutos):
    • Convide cada grupo a compartilhar o versículo que discutiram e suas reflexões.
    • Escreva no quadro branco os principais pontos discutidos por cada grupo.
  7. Aplicação Prática (10 minutos):
    • Discuta com os participantes formas práticas de aplicar os princípios bíblicos em suas finanças diárias.
    • Sugira ações como: criar um orçamento, priorizar dízimos e ofertas, evitar dívidas desnecessárias, praticar a generosidade e confiar em Deus para a provisão.
  8. Conclusão e Oração (5 minutos):
    • Resuma os principais aprendizados da dinâmica.
    • Encoraje os participantes a buscar a vontade de Deus em suas finanças e a permitir que Ele esteja no controle.
    • Termine com uma oração pedindo sabedoria e discernimento na administração das finanças pessoais.

Dicas Adicionais:

  • Sensibilidade: Esteja atento às possíveis dificuldades financeiras dos participantes. A dinâmica deve ser encorajadora e não causar constrangimento.
  • Interatividade: Incentive a participação ativa de todos os membros, criando um ambiente seguro e acolhedor.
  • Segurança Anônima: Garanta que os cartões e reflexões permaneçam anônimos para promover honestidade e abertura.

Esta dinâmica visa ajudar os participantes a refletirem sobre suas atitudes em relação às finanças e a buscarem alinhar essas atitudes com os ensinamentos bíblicos, reconhecendo a importância de permitir que Deus esteja no controle de suas vidas financeiras.

Deuteronômio 8.11-18
11 Guarda-te para que te não esqueças do Senhor, teu Deus, não guardando os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus estatutos, que hoje te ordeno.
12 Para que, porventura, havendo tu comido, e estando farto, e havendo edificado boas casas, e habitando-as.
13 E se tiverem aumentado as tuas vacas e as tuas ovelhas, e se acrescentar a prata e o ouro, e.se multiplicar tudo quanto tens.
14 Se não eleve o teu coração, e te esqueças do Senhor, teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão.
15 Que te guiou por aquele grande e terrível deserto de serpentes ardentes, e de escorpiões, e de secura, em que não havia água; e tirou água para ti da rocha do seixal.
16 Que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheceram; para te humilhar, e para te provar, e para, no teu fim, te fazer bem.
17 E não digas no teu coração: A minha força e a fortaleza de meu braço me adquiriram este poder.
18 Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder; para confirmar o seu concerto, que jurou a teus pais, como se vê neste dia.

Mateus 6.19-24
19 Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam.
20 Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam, nem roubam,
21 Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.
22 A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz.
23 Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!
24 Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Análise de Deuteronômio 8:11-18

Versículo 11:

“Guarda-te para que te não esqueças do Senhor, teu Deus, não guardando os seus mandamentos, e os seus juízos, e os seus estatutos, que hoje te ordeno.”

  • "Guarda-te" (שָׁמַר - shamar): Significa "guardar" ou "cuidar". A raiz enfatiza a vigilância e a observância cuidadosa.
  • "Esqueças" (שָׁכַח - shakach): Esquecer, negligenciar. A advertência é contra a negligência consciente dos mandamentos divinos.

Versículo 12:

“Para que, porventura, havendo tu comido, e estando farto, e havendo edificado boas casas, e habitando-as,”

  • "Farto" (שָׂבַע - saba): Estar satisfeito, cheio. Refere-se à saciedade física e ao bem-estar.
  • "Boas casas" (טוֹב - tov): A palavra "tov" significa "bom" ou "agradável". Implica casas de qualidade e conforto.

Versículo 13:

“E se tiverem aumentado as tuas vacas e as tuas ovelhas, e se acrescentar a prata e o ouro, e se multiplicar tudo quanto tens,”

  • "Aumentado" (רַבָּה - rabah): Crescer, multiplicar-se. Indica uma abundância crescente.
  • "Multiplicar" (רָבָה - ravah): Similar a "rabah", enfatiza a ideia de crescimento exponencial.

Versículo 14:

“Se não eleve o teu coração, e te esqueças do Senhor, teu Deus, que te tirou da terra do Egito, da casa da servidão.”

  • "Eleve" (רוּם - rum): Elevar-se, exaltar-se. Refere-se ao orgulho e à auto-suficiência.
  • "Servidão" (עֲבֹדָה - avodah): Trabalho, escravidão. Lembra a condição de escravidão no Egito.

Versículo 15:

“Que te guiou por aquele grande e terrível deserto de serpentes ardentes, e de escorpiões, e de secura, em que não havia água; e tirou água para ti da rocha do seixal.”

  • "Guiou" (הָלַךְ - halakh): Conduzir, liderar. Enfatiza a direção divina durante o êxodo.
  • "Deserto" (מִדְבָּר - midbar): Lugar árido, desolado. Simboliza dificuldades e provações.
  • "Rocha" (צּוּר - tsur): Pedra maciça. A rocha simboliza a provisão divina milagrosa.

Versículo 16:

“Que no deserto te sustentou com maná, que teus pais não conheceram; para te humilhar, e para te provar, e para, no teu fim, te fazer bem.”

  • "Sustentou" (אכל - akal): Alimentar, nutrir.
  • "Maná" (מָן - man): Alimento celestial provido por Deus.
  • "Provar" (נָסָה - nasah): Testar, examinar.

Versículo 17:

“E não digas no teu coração: A minha força e a fortaleza de meu braço me adquiriram este poder.”

  • "Força" (כֹּחַ - koach): Poder, capacidade.
  • "Fortaleza" (עֹז - oz): Força, poder. Refere-se ao poder físico e à autossuficiência.

Versículo 18:

“Antes, te lembrarás do Senhor, teu Deus, que ele é o que te dá força para adquirires poder; para confirmar o seu concerto, que jurou a teus pais, como se vê neste dia.”

  • "Lembrarás" (זָכַר - zakar): Recordar, trazer à mente.
  • "Força" (כֹּחַ - koach): Repetição para enfatizar que a força vem de Deus.
  • "Concerto" (בְּרִית - berit): Aliança, pacto. Refere-se à aliança entre Deus e Israel.

Contexto Histórico e Literário:

O livro de Deuteronômio é o quinto livro do Pentateuco, tradicionalmente atribuído a Moisés. Ele registra os discursos finais de Moisés ao povo de Israel antes de sua entrada na Terra Prometida. Deuteronômio serve como uma recapitulação das leis e mandamentos dados por Deus, com Moisés exortando o povo a permanecer fiel a Deus após a conquista de Canaã.

Contexto Imediato:

Deuteronômio 8 é um capítulo em que Moisés lembra ao povo de Israel as provações e provisões de Deus durante os 40 anos no deserto. Moisés adverte os israelitas a não se esquecerem de Deus quando alcançarem a prosperidade na Terra Prometida. Ele destaca que é Deus quem lhes deu força e capacidade para prosperar, e não seus próprios esforços. Essa lembrança é crucial para evitar o orgulho e a auto-suficiência, que podem levar ao afastamento de Deus.

Propósito:

Moisés quer garantir que o povo entenda a importância da obediência contínua a Deus. Ele deseja que Israel reconheça que toda prosperidade vem de Deus e que, sem Ele, eles não teriam sucesso. Esta seção sublinha a necessidade de humildade e gratidão, independentemente das circunstâncias.


Análise de Mateus 6:19-24

Versículo 19:

“Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam.”

  • "Ajunteis" (θησαυρίζετε - thēsaurizete): Acumular, armazenar.
  • "Tesouros" (θησαυρός - thēsauros): Riquezas, bens valiosos.

Versículo 20:

“Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam,”

  • "Céu" (οὐρανός - ouranos): Refere-se ao lugar onde Deus habita, o reino celestial.

Versículo 21:

“Porque onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração.”

  • "Coração" (καρδία - kardia): Centro dos pensamentos, emoções e vontades.

Versículo 22:

“A candeia do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz.”

  • "Candeia" (λύχνος - lychnos): Lâmpada, fonte de luz.
  • "Bons" (ἁπλοῦς - haplous): Simples, saudável, generoso.

Versículo 23:

“Se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será tenebroso. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes serão tais trevas!”

  • "Maus" (πονηρός - ponēros): Ruins, malignos. Refere-se à corrupção interna.

Versículo 24:

“Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou há de odiar um e amar o outro ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e a Mamom.”

  • "Servir" (δουλεύειν - douleuein): Ser escravo, estar sujeito.
  • "Mamom" (μαμωνᾶς - mamonas): Riqueza, posses materiais. Personificação da riqueza como um ídolo ou mestre.


Contexto Histórico e Literário:

O Evangelho de Mateus foi escrito para uma audiência judaica, destacando Jesus como o Messias prometido. Mateus 6 faz parte do Sermão do Monte (Mateus 5-7), um dos ensinamentos mais conhecidos de Jesus, onde Ele apresenta os princípios do Reino de Deus.

Contexto Imediato:

Em Mateus 6:19-24, Jesus aborda o tema das riquezas e das prioridades espirituais. Ele contrasta o acúmulo de tesouros na terra com o acúmulo de tesouros no céu, destacando a natureza temporária e vulnerável dos bens materiais em contraste com os valores eternos. Jesus ensina sobre a importância de manter um foco correto (olhos bons) e alerta contra a divisão de lealdades entre Deus e as riquezas (Mamom).

Propósito:

Jesus quer que Seus seguidores entendam que a verdadeira segurança e satisfação não vêm das posses materiais, mas de uma vida centrada em Deus. Ele desafia a tendência humana de confiar em riquezas e ensina que a devoção a Deus deve ser completa e indivisível. A ênfase é na fidelidade a Deus e na busca de valores eternos, em vez de preocupações mundanas.


Análise Comparativa:

Ambos os textos, Deuteronômio 8:11-18 e Mateus 6:19-24, tratam da relação entre fé e finanças, e ambos destacam o perigo de deixar que as riquezas materiais desviem o coração de Deus. Em Deuteronômio, Moisés adverte Israel contra o esquecimento de Deus em tempos de prosperidade, lembrando-os de que suas bênçãos vêm de Deus. Em Mateus, Jesus ensina sobre a futilidade de acumular riquezas na terra e a impossibilidade de servir simultaneamente a Deus e ao dinheiro.


Aplicação para Hoje:

Esses textos são extremamente relevantes para os cristãos hoje, oferecendo princípios para a administração das finanças e a vida espiritual. Eles nos lembram que nossa segurança e identidade devem estar em Deus, e não nas posses materiais. A fidelidade a Deus deve se refletir em como usamos nossos recursos, demonstrando que Ele está no controle de nossas vidas. Estes ensinamentos nos chamam a viver com gratidão, humildade e generosidade, reconhecendo Deus como a fonte de todas as bênçãos.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Um dos maiores desafios do ser humano é lidar com os recursos financeiros. Vivemos em um mundo onde o dinheiro é largamente utilizado, e sua influência alcança todas as pessoas, quer creiam em Deus, quer não. Mas o que o Cristianismo ensina a respeito do dinheiro, seu uso e de que forma esses ensinos podem ser aplicados à nossa vida? É o que veremos nesta lição.


Comentário Teológico

Para entendermos plenamente o que a Bíblia ensina sobre finanças, devemos aplicar a hermenêutica espiral, uma abordagem interpretativa que envolve um movimento contínuo entre o texto bíblico e o contexto contemporâneo. Essa metodologia permite que o intérprete compreenda a mensagem original da Escritura e veja sua relevância prática para hoje.


Passo 1: Contexto Histórico e Literário

Deuteronômio 8:11-18 e Mateus 6:19-24 oferecem uma base sólida para entender o ensino bíblico sobre finanças.

  1. Deuteronômio 8:11-18:
    • Contexto Histórico: Moisés entrega suas instruções finais ao povo de Israel antes de entrarem na Terra Prometida. Ele relembra os israelitas sobre a provisão de Deus durante o êxodo e adverte sobre o perigo de esquecerem de Deus na prosperidade.
    • Mensagens Centrais: A dependência de Deus, a gratidão e a humildade. Moisés enfatiza que todas as bênçãos vêm de Deus e que o povo deve se lembrar disso ao desfrutar da abundância.
  2. Mateus 6:19-24:
    • Contexto Histórico: Jesus, durante o Sermão do Monte, ensina sobre a verdadeira natureza do discipulado e a ética do Reino de Deus. Ele contrasta os valores do Reino com os valores mundanos.
    • Mensagens Centrais: A verdadeira segurança está em Deus e não nas riquezas materiais. Jesus adverte sobre a idolatria das riquezas e a necessidade de uma devoção singular a Deus.

Passo 2: Exegese Textual

  • Deuteronômio 8:11-18:
    • "Guarda-te" (שָׁמַר - shamar): Vigiar, manter-se diligente em obedecer a Deus.
    • "Esqueças" (שָׁכַח - shakach): Esquecer, negligenciar os mandamentos divinos.
    • "Força" (כֹּחַ - koach): Poder, capacidade dada por Deus.
  • Mateus 6:19-24:
    • "Ajunteis" (θησαυρίζετε - thēsaurizete): Acumular, armazenar tesouros.
    • "Tesouros" (θησαυρός - thēsauros): Riquezas, bens valiosos.
    • "Mamom" (μαμωνᾶς - mamonas): Riqueza material, personificada como um ídolo ou mestre.

Passo 3: Aplicação Contemporânea

  1. Dependência de Deus e Gratidão:
    • Deuteronômio 8: A mensagem de Moisés é relevante para nos lembrar que devemos reconhecer Deus como a fonte de nossas bênçãos. Em tempos de prosperidade, devemos evitar o orgulho e a autossuficiência.
    • Aplicação Prática: Manter um coração agradecido e reconhecer Deus em todas as áreas da vida, incluindo as finanças.
  2. Prioridades e Tesouros Eternos:
    • Mateus 6: Jesus nos desafia a reavaliar nossas prioridades. O acúmulo de tesouros na terra é fútil e temporário; devemos buscar tesouros no céu.
    • Aplicação Prática: Investir em ações que têm valor eterno, como atos de generosidade, justiça e fé. As decisões financeiras devem refletir nossa devoção a Deus e não às riquezas.
  3. Lealdade e Serviço Exclusivo a Deus:
    • Mateus 6:24: Jesus ensina que não podemos servir a dois senhores. A devoção a Deus deve ser completa e não dividida.
    • Aplicação Prática: Avaliar nossas vidas para garantir que nossas finanças, tempo e recursos estão sendo usados para a glória de Deus. Evitar a idolatria do dinheiro e manter a confiança em Deus como nosso provedor.

Conclusão

Através da hermenêutica espiral, vemos que o ensino bíblico sobre finanças é atemporal e profundamente relevante. Deuteronômio 8:11-18 e Mateus 6:19-24 nos convidam a uma vida de dependência de Deus, gratidão, e prioridades corretas. Devemos reconhecer que tudo o que temos vem de Deus e usar nossos recursos para servir ao Seu Reino. A verdadeira segurança e satisfação vêm de nossa relação com Deus e não das riquezas materiais. Que possamos aplicar esses princípios em nossas vidas diárias, refletindo a soberania de Deus sobre nossas finanças e demonstrando uma devoção singular a Ele.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Necessidade de Um Sistema Uniforme

A história do dinheiro remonta à necessidade humana de uma forma uniforme e justa de medir e trocar bens e serviços. A Bíblia reconhece essa necessidade de justiça e equidade nos negócios. Por exemplo, em Levítico 19:35-36 (NVI), lemos: "Não cometereis injustiça no juízo, nem na vara, nem no peso, nem na medida. Balanças justas, pesos justos, efa justo, e hin justo tereis. Eu sou o Senhor vosso Deus, que vos tirei da terra do Egito."

Este mandamento reflete a preocupação de Deus com a justiça nas transações comerciais, um princípio que se alinha com a necessidade de um sistema uniforme como o dinheiro. Assim, o desenvolvimento das moedas e do dinheiro como meio de troca é uma resposta à necessidade de justiça e equidade nas relações humanas.


Perspectivas de Autores Cristãos

David Jeremiah, em seu livro "What in the World is Going On?", observa que o dinheiro, enquanto ferramenta neutra, pode ser usado para o bem ou para o mal. Ele ressalta que a Bíblia não condena o dinheiro em si, mas o amor ao dinheiro. 1 Timóteo 6:10 (NVI) diz: "Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Alguns, nessa cobiça, se desviaram da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos."

Russell Shedd, um respeitado teólogo e autor, em suas obras publicadas pela Editora Cultura Cristã, enfatiza que a atitude correta em relação ao dinheiro é crucial. Em seu comentário sobre os ensinamentos de Jesus, Shedd destaca que Jesus frequentemente usava o dinheiro como uma metáfora para discutir questões de maior significado espiritual, como a devoção a Deus versus a devoção às riquezas (Mateus 6:24).


Aplicação Prática

O uso do dinheiro como um meio de troca nos ajuda a entender a importância da justiça e da equidade nas nossas interações econômicas. A introdução do dinheiro como um meio uniforme de troca foi uma grande evolução na história humana, facilitando o comércio e promovendo um senso de justiça e equilíbrio nas transações. No entanto, o foco bíblico está na atitude do coração em relação ao dinheiro. Proverbios 11:1 (NVI) afirma: "O Senhor abomina balanças desonestas, mas os pesos exatos lhe dão prazer."


Elienai Cabral, um dos autores da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), em seus estudos, aponta que os cristãos são chamados a usar seus recursos de maneira que honrem a Deus. Isso inclui ser generoso com os necessitados, contribuir para o trabalho do Reino e evitar a armadilha da avareza.


Conclusão

O dinheiro, desde seus primórdios como meio de troca até seu papel atual na economia global, é uma ferramenta poderosa que deve ser usada com sabedoria e justiça. A Bíblia nos oferece diretrizes claras sobre como devemos lidar com nossos recursos financeiros, enfatizando a importância da honestidade, da generosidade e da devoção a Deus acima das riquezas. A história do dinheiro nos lembra da necessidade de sistemas justos e equitativos, enquanto os ensinamentos bíblicos nos desafiam a manter uma atitude correta em relação aos bens materiais.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O Alerta contra o Amor ao Dinheiro

A Bíblia não condena ter bens materiais em si, mas adverte contra o amor ao dinheiro. Em 1 Timóteo 6:10 (NVI), lemos: "Pois o amor ao dinheiro é a raiz de todos os males. Algumas pessoas, por cobiçarem o dinheiro, desviaram-se da fé e se atormentaram com muitos sofrimentos."

Russell Shedd, em seus comentários sobre as epístolas pastorais, destaca que o problema não está na posse de riquezas em si, mas na priorização delas sobre as coisas de Deus. Ele ressalta que o dinheiro pode facilmente se tornar um ídolo quando ocupa o lugar de Deus em nossas vidas.

Elienai Cabral, autor cristão e teólogo da Casa Publicadora das Assembleias de Deus (CPAD), em suas obras, enfatiza a importância de uma perspectiva equilibrada em relação ao dinheiro. Ele destaca que, embora o dinheiro seja uma ferramenta útil, quando se torna o foco principal de nossas vidas, pode levar à destruição espiritual e emocional.


Aplicação Prática

É fundamental reconhecer que o dinheiro, em si mesmo, não é bom nem mau. É a maneira como o usamos e a importância que damos a ele que determina seu impacto em nossas vidas. Enquanto é legítimo buscar prosperidade financeira, devemos sempre priorizar nossa devoção a Deus e aos valores do Seu Reino sobre qualquer busca por riquezas materiais.

A sociedade contemporânea muitas vezes valoriza o sucesso material como medida de realização pessoal, mas como cristãos, somos chamados a uma visão mais profunda e equilibrada. Devemos lembrar que nossa identidade e segurança não estão nos bens que possuímos, mas em nosso relacionamento com Deus e na busca por Seu Reino (Mateus 6:33).


Conclusão

O dinheiro, seja em forma física ou digital, continua sendo um meio essencial de troca e uma ferramenta importante em nossas vidas. No entanto, como cristãos, devemos estar atentos ao perigo de colocar o dinheiro no centro de nossas vidas, em vez de Deus. Aprendemos com as Escrituras Sagradas que o amor ao dinheiro pode nos desviar da fé e nos trazer sofrimento. Portanto, devemos buscar um equilíbrio saudável em nossa abordagem ao dinheiro, reconhecendo-o como um dom de Deus a ser usado com sabedoria e generosidade para Sua glória e para o benefício dos outros.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Para alguns, tratar de finanças pode parecer um assunto meramente carnal, sem relevância espiritual. No entanto, as Escrituras nos mostram que Deus se importa com todas as áreas de nossas vidas, inclusive nossas finanças. Passagens como Ageu 2:8 e as narrativas do ministério de Jesus revelam que o dinheiro e sua administração têm implicações espirituais profundas.


A Soberania de Deus sobre as Finanças

Ageu 2:8 destaca que todas as riquezas pertencem a Deus. Esta afirmação ressalta a soberania divina sobre todas as coisas, incluindo o dinheiro. O fato de Deus reivindicar a prata e o ouro como Seus mostra que Ele é o verdadeiro provedor e dono de todas as nossas posses materiais.


Pastor Hernandes Dias Lopes, em suas reflexões sobre a importância das finanças na vida cristã, destaca que a administração sábia do dinheiro é uma forma de honrar a Deus. Ele enfatiza que, quando somos fiéis na administração de nossos recursos financeiros, estamos reconhecendo a soberania de Deus sobre todas as áreas de nossas vidas.


A Consciência Financeira de Jesus

O ministério terreno de Jesus foi marcado por exemplos e ensinamentos sobre o dinheiro. Ele observou a viúva dando suas últimas duas moedas como oferta, ressaltando a importância do sacrifício e da generosidade (Lucas 21:1-4). Além disso, Jesus lidou com questões financeiras práticas, como o pagamento de impostos (Mateus 17:24-27) e a gestão dos recursos do ministério (João 12:6).


Pastor Silas Malafaia, em seus escritos sobre a vida cristã e a administração de recursos, destaca que Jesus não ignorou o aspecto prático e espiritual do dinheiro. Ele ensinou sobre a importância de usar nossos recursos de maneira sábia e generosa, reconhecendo que a maneira como lidamos com o dinheiro reflete nossa devoção a Deus.


Aplicação Prática

A perspectiva bíblica sobre finanças nos lembra que o dinheiro não é apenas uma questão material, mas também espiritual. Como bons mordomos dos recursos que Deus nos confiou, somos chamados a administrar nosso dinheiro com sabedoria, generosidade e integridade. Devemos reconhecer que nossos recursos financeiros são um dom de Deus e usá-los de acordo com Seus princípios e propósitos.

Ao enfrentarmos decisões financeiras em nossa vida diária, devemos buscar a orientação do Espírito Santo e buscar a glória de Deus em todas as nossas transações. Isso significa praticar a justiça, a generosidade e a fidelidade em todas as nossas interações financeiras, refletindo assim o caráter de Cristo em nossas vidas.


Conclusão

Finanças é, portanto, um assunto espiritual, visto que todas as áreas de nossas vidas estão sob a soberania de Deus. Através das Escrituras e dos ensinamentos de Jesus, somos lembrados da importância de administrar nossos recursos de acordo com os princípios do Reino de Deus. Ao fazermos isso, demonstramos nossa confiança e devoção a Ele, e experimentamos Sua provisão e bênção em todas as áreas de nossas vidas.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Os dízimos têm uma longa história dentro da fé judaico-cristã, sendo uma prática estabelecida desde os tempos patriarcais e mantida ao longo das eras. Abrão (mais tarde chamado de Abraão) foi um dos primeiros a trazer o dízimo, quando ele deu o dízimo de tudo a Melquisedeque, o sacerdote do Deus Altíssimo, após a batalha contra os reis (Hebreus 7:1-2).


Pastor Silas Malafaia destaca a importância dos dízimos como uma prática espiritual e de fé. Ele enfatiza que, embora a Antiga Aliança possa ter suas especificidades, os princípios fundamentais, como a devoção e a gratidão a Deus através dos dízimos, permanecem relevantes na Nova Aliança.


Pastor Hernandes Dias Lopes aborda a questão dos dízimos como uma expressão de confiança e dependência de Deus. Ele ressalta que, ao trazer os dízimos para a casa do Senhor, os crentes reconhecem que todas as suas bênçãos e provisões vêm Dele e que Ele é digno de toda a honra e adoração.


O Ensinamento Bíblico sobre os Dízimos

Malaquias 3:7-10 é frequentemente citado como um texto fundamental que aborda os dízimos. Neste trecho, Deus repreende aqueles que retêm os dízimos e as ofertas, chamando-os de ladrões por roubar a Ele. Ele desafia o povo a trazer todos os dízimos ao templo, para que haja alimento em Sua casa, e promete abrir as janelas dos céus e derramar bênçãos sem medida sobre aqueles que forem fiéis nesta prática.

A Nova Aliança não aboliu a prática dos dízimos, mas antes a elevou a um nível mais profundo de compreensão espiritual. Em 2 Coríntios 9:6-7, Paulo incentiva os crentes a darem generosamente, não por compulsão, mas de acordo com o que decidiram em seus corações, pois Deus ama a quem dá com alegria.


Conclusão

Os dízimos são uma expressão tangível de nossa gratidão, fé e obediência a Deus. Eles não apenas sustentam a obra do ministério e da igreja, mas também refletem nosso reconhecimento de que tudo o que temos vem Dele. Ao praticar os dízimos com sinceridade e alegria, demonstramos nossa confiança na provisão de Deus e nossa disposição em participar de Seu trabalho na Terra.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O versículo de Provérbios 3:9 nos ensina um princípio fundamental de honra e gratidão a Deus através de nossos recursos financeiros. Honrar a Deus com nossos bens vai além de uma mera prática religiosa; é uma expressão de reconhecimento de Sua soberania sobre todas as áreas de nossas vidas, incluindo nossas finanças.


Honra e Prioridade

Ao dizer "Honra ao SENHOR com a tua fazenda, e com as primícias de toda a tua renda", o texto nos chama a dar destaque e prioridade a Deus em nossas finanças. Pastor Hernandes Dias Lopes observa que honrar a Deus com os primeiros frutos de nossa renda demonstra nossa confiança em Sua provisão e nosso reconhecimento de Sua bondade em nossas vidas. Essa prática também reflete uma postura de submissão a Deus como o provedor supremo.


O Princípio das Primícias

O conceito de primícias remonta aos tempos do Antigo Testamento, quando os agricultores ofereciam os primeiros frutos de suas colheitas a Deus como um ato de gratidão e reconhecimento de Sua fidelidade. Pastor Silas Malafaia destaca que, da mesma forma, devemos trazer os primeiros e melhores de nossos ganhos a Deus como um ato de adoração e confiança em Sua provisão contínua.


Promessa de Abundância

O versículo seguinte, Provérbios 3:10, promete uma recompensa para aqueles que honram ao Senhor com seus bens: "E se encherão os teus celeiros abundantemente, e transbordarão de mosto os teus lagares." Esta promessa não se trata apenas de prosperidade material, mas também de bênçãos espirituais e emocionais que vêm da comunhão e favor de Deus.


Pastor Elienai Cabral destaca que as bênçãos de Deus não se limitam apenas às riquezas materiais, mas também incluem paz, alegria e satisfação espiritual. Ao honrarmos a Deus com nossos bens, Ele nos recompensa abundantemente, suprindo todas as nossas necessidades de acordo com Sua riqueza e glória em Cristo Jesus (Filipenses 4:19).


Conclusão

Honrar ao Senhor com nossos bens é mais do que um dever religioso; é uma expressão de nossa fé, gratidão e dependência Dele como nosso provedor. Ao priorizarmos Deus em nossas finanças e trazermos os primeiros frutos de nossos ganhos a Ele, demonstramos nossa confiança em Sua provisão e abrimos o caminho para Suas bênçãos abundantes em todas as áreas de nossas vidas. Que possamos, portanto, praticar esse princípio com alegria e generosidade, confiando na fidelidade de nosso Deus que supre todas as nossas necessidades segundo as suas riquezas em glória.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O princípio da generosidade e solidariedade entre os irmãos é essencial no ensinamento cristão. O exemplo dos cristãos filipenses, mencionado por Paulo em 2 Coríntios 8:5, ilustra vividamente essa virtude, demonstrando como até mesmo aqueles com poucos recursos podem contribuir para o bem-estar dos outros.


Generosidade como Reflexo do Caráter de Cristo

A generosidade é um reflexo do caráter de Cristo, que deu tudo por amor à humanidade. Pastor Hernandes Dias Lopes ressalta que, ao nos envolvermos em ações de auxílio fraternal, estamos imitando o exemplo de Jesus, que veio para servir e dar sua vida como resgate por muitos (Mateus 20:28).


O Exemplo dos Filipenses

Os cristãos filipenses, apesar de suas próprias limitações financeiras, foram exemplares em sua disposição para ajudar os irmãos necessitados em Jerusalém. Pastor Silas Malafaia destaca que sua generosidade não foi determinada pela abundância de seus recursos, mas pela sua disposição de compartilhar o pouco que tinham em amor e solidariedade.


Partilha como Expressão de Comunhão

Pastor Elienai Cabral observa que a partilha entre os irmãos não é apenas um ato de caridade, mas também uma expressão tangível de comunhão e unidade no corpo de Cristo. Ao nos preocuparmos com as necessidades dos outros e estendermos a mão para ajudar, demonstramos o amor de Deus em ação e fortalecemos os laços de fraternidade na família da fé.


A Benção da Generosidade

A generosidade não apenas beneficia aqueles que recebem, mas também traz bênçãos sobre os doadores. Pastor Hernandes Dias Lopes ressalta que Deus ama aqueles que dão com alegria e generosidade, e Ele promete abençoar abundantemente aqueles que se dispõem a compartilhar com os necessitados (2 Coríntios 9:7-8).


Conclusão

A prática da generosidade e solidariedade entre os irmãos é fundamental no ensino cristão, refletindo o amor e a compaixão de Cristo por nós. Ao seguir o exemplo dos cristãos filipenses e buscar oportunidades para ajudar os necessitados ao nosso redor, participamos ativamente do ministério de Cristo na Terra. Que possamos, portanto, ser motivados pelo amor de Deus em nossos corações a compartilhar com aqueles que estão em necessidade, sabendo que Deus honra aqueles que dão com generosidade e alegria.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O texto aborda um aspecto crucial da vida cristã: a maneira como lidamos com o dinheiro e os bens materiais. Ele nos alerta sobre os perigos da avareza e do enriquecimento ilícito, ressaltando que o amor ao dinheiro pode nos afastar dos propósitos de Deus e nos conduzir à prática de injustiças.

A Raiz de Todo Mal: O Amor ao Dinheiro

O apóstolo Paulo, em sua carta a Timóteo, adverte que o amor ao dinheiro é a raiz de todo mal (1 Timóteo 6:10). Pastor Hernandes Dias Lopes enfatiza que a avareza pode nos levar a comprometer nossos princípios éticos e morais em busca de riquezas, tornando-nos cegos para as necessidades dos outros e nos distanciando da vontade de Deus.

Enriquecimento Ilícito e Injustiça

O texto também menciona o perigo do enriquecimento ilícito, seja por meio de roubo, propina ou exploração dos outros. Pastor Silas Malafaia ressalta que a Bíblia condena veementemente tais práticas, pois elas não apenas violam os mandamentos de Deus, mas também prejudicam o próximo e distorcem a justiça divina.

O Princípio da Honestidade e Integridade

O princípio bíblico fundamental é que Deus valoriza a honestidade e a integridade em todas as áreas de nossas vidas, incluindo nossas finanças. Pastor Elienai Cabral destaca que o Senhor não aceita ofertas que são provenientes de ganhos ilícitos ou imorais. Ele requer que nossos recursos sejam obtidos de maneira justa e ética, refletindo assim a santidade de Seu caráter.

Importância do Trabalho Honesto

O texto ressalta a importância do trabalho honesto e do fruto do nosso esforço como agradável a Deus. Pastor Hernandes Dias Lopes destaca que o Senhor valoriza não apenas o resultado final de nossas finanças, mas também o processo pelo qual elas são adquiridas. Ele deseja que busquemos meios lícitos e éticos de obter nossos recursos, honrando assim Seu nome e Sua santidade.

Conclusão

O texto nos lembra da necessidade de vigiarmos contra a avareza e o enriquecimento ilícito em nossas vidas. Devemos buscar a honra de Deus em todas as áreas, inclusive em nossas finanças, praticando a honestidade, a integridade e a generosidade em nossas transações. Que possamos, portanto, buscar em primeiro lugar o Reino de Deus e Sua justiça, confiando que Ele suprirá todas as nossas necessidades de acordo com Sua vontade e Sua graça.


Ilustração: O Tesouro do Coração

Cenário

Em uma pequena vila, havia um homem rico chamado Elias. Ele era conhecido por sua avareza e sempre buscava formas de aumentar sua riqueza, muitas vezes através de meios desonestos. Elias costumava subornar autoridades locais e explorava seus trabalhadores, pagando-lhes menos do que mereciam. Ele acumulava cada vez mais tesouros, mas sempre sentia um vazio em seu coração.

Personagem

Em contraste, havia um homem humilde chamado Joaquim, que trabalhava arduamente em seu pequeno campo. Joaquim ganhava o suficiente para viver modestamente, mas sempre fazia questão de ajudar os necessitados em sua comunidade. Ele dava dízimos regularmente, oferecia ajuda financeira aos que passavam por dificuldades e era conhecido por sua honestidade e integridade.

A Virada

Um dia, um grande desastre natural atingiu a vila, destruindo muitas casas e campos. Elias, temendo por sua segurança e posses, trancou-se em sua mansão, acumulando ainda mais riqueza, sem ajudar ninguém. Joaquim, por outro lado, usou o pouco que tinha para socorrer seus vizinhos, compartilhando comida e abrigo com aqueles que haviam perdido tudo.

O Ensinamento

Enquanto Elias continuava a viver em sua mansão, cercado por sua riqueza, mas solitário e amargurado, Joaquim foi abraçado pela comunidade. A gratidão e o amor que recebeu de seus vizinhos encheram seu coração de alegria e paz. Ele vivia uma vida simples, mas plena, cercado por pessoas que o amavam e respeitavam.

A Moral

Elias aprendeu, da maneira mais difícil, que o amor ao dinheiro e os métodos desonestos para adquiri-lo podem trazer uma riqueza temporária, mas também um vazio espiritual e emocional. Joaquim, por outro lado, demonstrou que a verdadeira riqueza vem de honrar a Deus com honestidade, generosidade e um coração disposto a servir aos outros.

Aplicação Bíblica

Esta história ilustra a advertência de 1 Timóteo 6:10 sobre o amor ao dinheiro e o princípio de Provérbios 3:9-10 de honrar ao Senhor com nossos bens. Ela também destaca o valor da integridade e generosidade, conforme ensinado em Levítico 19:13 e Deuteronômio 23:18. Através do exemplo de Joaquim, podemos ver como Deus abençoa aqueles que confiam Nele e vivem de acordo com Seus mandamentos, enquanto a vida de Elias nos lembra dos perigos da avareza e do enriquecimento ilícito.

Conclusão

Que possamos, como Joaquim, buscar uma vida de integridade e generosidade, honrando a Deus com nossos recursos e confiando em Sua provisão. Dessa forma, encontraremos a verdadeira riqueza e paz que só Ele pode dar.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Advertência Bíblica

A advertência contra ser fiador de alguém é destacada em várias passagens da Bíblia, especialmente em Provérbios 6:1-4:

"Filho meu, se ficaste por fiador do teu companheiro, se deste a tua mão ao estranho, enredaste-te com as palavras da tua boca, prendeste-te com as palavras da tua boca. Faze, pois, isto agora, filho meu, e livra-te, pois caíste nas mãos do teu companheiro: vai, humilha-te, e importuna o teu companheiro. Não dês sono aos teus olhos, nem repouso às tuas pálpebras."

A palavra hebraica para "fiador" é "עָרַב" (arab), que implica em dar uma garantia ou ser um garantidor. O livro de Provérbios frequentemente aborda a questão da prudência financeira e a importância de evitar compromissos financeiros que possam colocar nossa segurança em risco.

O Perigo de Ser Fiador

Ser fiador de alguém é assumir uma responsabilidade financeira que pode trazer grandes riscos. Pastor Hernandes Dias Lopes observa que a Bíblia nos exorta a sermos sábios e prudentes em nossas decisões financeiras, e uma dessas decisões é evitar ser fiador. Ele aponta que a sabedoria bíblica nos ensina a viver de maneira que não coloquemos em risco nossa estabilidade financeira nem a paz de nossa família.

Pastor Silas Malafaia também adverte contra os perigos de ser fiador, destacando que muitas vezes essa prática pode resultar em grandes prejuízos financeiros e emocionais. Ele argumenta que, ao se tornar fiador, uma pessoa está se expondo a uma obrigação que pode ser além de suas capacidades, especialmente se o devedor falhar em cumprir suas obrigações.

A Perspectiva Teológica

Teologicamente, a prudência financeira reflete a mordomia cristã. Dr. R.C. Sproul, um renomado teólogo, enfatiza que Deus nos chama a ser bons administradores dos recursos que Ele nos confiou. Parte dessa administração é tomar decisões que evitem colocar nossos recursos em risco desnecessariamente. Ser fiador pode ser visto como uma forma de negligência na mordomia, pois envolve garantir com nossos bens as obrigações de outra pessoa, algo que pode comprometer nossa capacidade de cuidar das responsabilidades que Deus nos deu.

A Sabedoria em Evitar Dívidas

Provérbios 22:26-27 também adverte:

"Não estejas entre os que se comprometem, e entre os que ficam por fiadores de dívidas. Se não tens com que pagar, por que tirariam a tua cama de debaixo de ti?"

Pastor Elienai Cabral explica que essas advertências visam proteger as pessoas de entrar em situações financeiras insustentáveis. Ele argumenta que a Bíblia não é contra ajudar os necessitados, mas nos chama a ajudar de maneiras que não comprometam nossa própria segurança financeira. A generosidade é uma virtude cristã, mas deve ser praticada com sabedoria e discernimento.

Conclusão

A Bíblia nos oferece conselhos práticos e espirituais para administrar nossos recursos com sabedoria. Evitar ser fiador de outra pessoa é um conselho claro para proteger nossa estabilidade financeira e viver de acordo com os princípios da mordomia cristã. John MacArthur enfatiza que nossa responsabilidade primária é ser fiéis administradores dos recursos que Deus nos confiou, o que inclui tomar decisões financeiras que refletem prudência e sabedoria. Que possamos seguir esses conselhos e viver de forma que honre a Deus em todas as áreas de nossas vidas, incluindo nossas finanças.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Lidando com os Recursos que Deus nos Dá

Sabedoria na Administração dos Recursos

A Bíblia nos ensina a lidar com os recursos que Deus nos confia com diligência e sabedoria. Salomão, no livro de Provérbios, usa a formiga como exemplo de planejamento e previdência:

"Vai ter com a formiga, ó preguiçoso; olha para os seus caminhos e sê sábio. A qual, não tendo superior, nem oficial, nem dominador, prepara no verão o seu pão: na sega ajunta o seu mantimento." (Provérbios 6:6-8).

O Exemplo da Formiga

As formigas são exemplos de prudência e trabalho árduo. Elas aproveitam o tempo de abundância para armazenar provisões para os períodos de escassez. Pastor Hernandes Dias Lopes ressalta que a lição das formigas é clara: devemos ser previsores e diligentes, planejando para o futuro e evitando a preguiça e a imprudência.

Guardar para o Futuro

Guardar recursos para o futuro é uma prática sábia e bíblica. Dave Ramsey, um conhecido autor cristão sobre finanças, destaca a importância de criar uma reserva de emergência e planejar para a aposentadoria. Ele afirma que viver sem um plano financeiro é uma forma de negligência que pode levar a crises evitáveis.

O Uso dos Cartões de Crédito

Os cartões de crédito, embora úteis, requerem um manejo cuidadoso. Howard Dayton, cofundador do ministério Crown Financial, adverte que os cartões de crédito podem criar uma falsa sensação de segurança financeira, levando as pessoas a gastar mais do que podem pagar. Ele recomenda usar o crédito de forma disciplinada e sempre pagar o saldo total para evitar os altos juros.

John MacArthur também comenta que a prudência no uso do dinheiro é um reflexo de nossa mordomia cristã. Ele argumenta que devemos evitar a dívida tanto quanto possível e ser responsáveis com os recursos que Deus nos deu.

Evitando Compras Desnecessárias

A tentação de comprar coisas desnecessárias pode nos desviar da sabedoria financeira. Larry Burkett, um autor renomado em finanças cristãs, sugere que antes de qualquer compra devemos nos perguntar se realmente precisamos daquele item e se estamos agindo com contentamento e gratidão pelo que já temos. Burkett enfatiza que o consumismo pode nos levar a uma busca incessante por satisfação material, que nunca pode realmente preencher nossas necessidades espirituais.

Aplicação Prática

  1. Planejamento: Como as formigas, devemos planejar nossas finanças, criando um orçamento e reservando recursos para o futuro.
  2. Disciplina: Use cartões de crédito com responsabilidade, pagando o saldo integralmente para evitar juros.
  3. Moderação: Avalie a necessidade real antes de fazer compras, evitando gastos desnecessários e o consumismo.

Conclusão

Administrar os recursos que Deus nos dá é uma responsabilidade séria e espiritual. A Bíblia nos fornece princípios claros para lidar com o dinheiro com sabedoria, prudência e gratidão. Hernandes Dias Lopes, Dave Ramsey, Howard Dayton, e Larry Burkett são vozes contemporâneas que ecoam essas verdades, nos chamando a viver de forma que honre a Deus em todas as áreas, incluindo nossas finanças. Que possamos seguir esses princípios, vivendo com contentamento e prudência, confiando na provisão de Deus enquanto administramos fielmente os recursos que Ele nos confia.

Professor(a), explique que certa vez Jesus disse que é preciso ter cautela quanto a avareza fLc 12,15). Isso significa que “fazer dos ganhos ou das riquezas da terra o propósito da nossa vida é um erro fatal que leva à perdição eterna.
(1)A palavra grega traduzida por “avareza ” (pieonexia), literalmente significa a sede de possuir mais.
(2) A avareza tem como provimento às nossas próprias necessidades e as da nossa família (Pv 6.6). Enquanto trabalhamos para suprirá as nossas necessidades, devemos ser ricos para com Deus e buscar em primeiro lugar o seu reino e a sua justiça; Cada crente deve atentar para esta advertência de Jesus e examinar se há egoísmo e avareza em seu próprio coração.” Bíblia de Estudo Pentecostal. Rio de Janeiro: CPAD, 2006, pg. 1533)

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Conclusão: A Mordomia Cristã e o Dinheiro

O Dinheiro e a Soberania Divina

A forma como lidamos com o dinheiro revela muito sobre quem está no comando de nossa vida. Jesus ensina que "onde estiver o vosso tesouro, aí estará também o vosso coração" (Mateus 6:21). Este versículo destaca a íntima ligação entre nossos valores espirituais e nossas finanças. John Piper, em seu livro Desiring God, argumenta que a forma como usamos nosso dinheiro é um reflexo direto do que consideramos mais valioso e daquilo que ocupa o trono de nosso coração.

Recursos como Ferramentas, não Ídolos

Não é errado possuir recursos financeiros. Randy Alcorn, no seu livro Money, Possessions, and Eternity, enfatiza que Deus nos dá recursos para que possamos usá-los de maneira que glorifique a Ele. O problema surge quando o dinheiro se torna nosso mestre, substituindo Deus como o centro de nossas vidas. Alcorn adverte que o dinheiro pode facilmente se transformar em um ídolo se permitirmos que ele controle nossas decisões e prioridades.

Advertências Bíblicas

A Bíblia é repleta de advertências sobre os perigos do amor ao dinheiro. Em 1 Timóteo 6:10, Paulo escreve: "Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé e se traspassaram a si mesmos com muitas dores." Howard Dayton, cofundador do Crown Financial Ministries, observa que essa passagem não condena o dinheiro em si, mas o amor desordenado por ele, que pode levar à perdição espiritual.

A Instabilidade das Riquezas

As riquezas são instáveis e podem desviar-nos dos propósitos divinos. Larry Burkett, em seus ensinos sobre finanças bíblicas, destaca a necessidade de depender de Deus e não das riquezas. Ele argumenta que a segurança verdadeira vem de uma fé inabalável em Deus, não em nossas posses materiais. Provérbios 23:4-5 reforça esta ideia, aconselhando-nos a não nos cansarmos para enriquecer e lembrando-nos da fugacidade das riquezas.

Uso Sábio do Dinheiro

Usar o dinheiro com sabedoria é uma marca de uma boa mordomia cristã. Dave Ramsey, em seu programa Financial Peace University, ensina princípios práticos de gestão financeira baseados em sabedoria bíblica, como evitar dívidas, poupar para o futuro e ser generoso. Ramsey insiste que a verdadeira paz financeira vem de viver de acordo com os princípios de Deus, priorizando a generosidade e a responsabilidade.

Prestando Contas a Deus

Finalmente, devemos lembrar que prestaremos contas a Deus de nossa mordomia. Em Lucas 16:10-12, Jesus ensina que quem é fiel no pouco também será fiel no muito, e que somos administradores dos recursos que Deus nos confiou. Hernandes Dias Lopes, um renomado pastor e autor brasileiro, afirma que a nossa responsabilidade é usar tudo o que temos para glorificar a Deus e servir aos outros. Ele destaca que, no fim, nosso uso do dinheiro refletirá nossa fé e obediência a Deus.

Reflexão Final

A forma como lidamos com o dinheiro é um reflexo direto de nossa vida espiritual e de quem realmente está no comando. Não é errado ter recursos financeiros, mas devemos ser vigilantes para que eles não se tornem nossos mestres. Devemos usar o dinheiro com sabedoria, sempre cientes de que um dia prestaremos contas a Deus de nossa mordomia. Que possamos viver de maneira que honre a Deus, administrando fielmente os recursos que Ele nos confiou, demonstrando assim que Ele é o verdadeiro Senhor de nossas vidas.



SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

📩 Receba rápido a sua revista em PDF de alta qualidade ou tenha o acesso Vip total ou por classe. 

ADQUIRA O ACESSO VIP 👆👆👆👆👆👆 Entre em contato.


Os conteúdos tem lhe abençoado? Nos abençoe também com Uma Oferta Voluntária de qualquer valor pelo PIX: E-MAIL pecadorconfesso@hotmail.com – ou, PIX:TEL (15)99798-4063 Seja Um Parceiro Desta Obra. “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. Lucas 6:38

Clique aqui para Download das:

COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,121,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,19,2º Trimestr,1,2º Trimestre,154,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,104,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,195,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,88,Adolescentes,31,adolescer+,8,Adoração,9,Adulto,145,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,58,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,24,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,14,As Bodas do Cordeiro,2,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,38,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,45,Batalha Espirítual,38,Batismo,17,Batismo nas Águas,4,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,5,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,161,Betel Adulto,96,Betel Jovem,40,Bíblia,84,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,6,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,18,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,14,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,19,Casamento Misto,6,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,28,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,CETADEB,1,Céu,12,Céus,9,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,7,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,501,CPAD Adolescentes,71,CPAD Jovem,126,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,14,Cristão,29,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,8,Cruz,11,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,17,Culto da Virada de Ano Novo,6,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,4,Cultura,1,Cura,10,Curado,2,Curso,5,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,106,Deus é Amor,25,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,12,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,93,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,3,Diáconos,12,Diante do Trono,3,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,10,Dinheiro,8,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,11,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,17,Dons de Maravilhas,20,Dores,1,Doutrina,30,Doutrinas Fundamentais,41,Download,87,Download Livros e E-books,150,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,38,EBD,755,EBF,1,Eclesiastes,15,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,editora crista evangelica,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,4,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,40,Escavação,1,Escola,34,Escola Bíblica Dominical,950,Escola Dominical,88,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,6,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,42,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,230,Estudos Bíblicos,526,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,20,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,50,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,13,Falta,1,familia,52,Família,51,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,22,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,7,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,2,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,5,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,22,Hermenêutica,3,Hernandes,3,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,42,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,54,Inferno,6,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,2,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,56,Jesus Cristo,57,Jesus de Nazaré,10,Jezabel,1,Jó,18,João,19,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,9,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,232,Jovens,194,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,23,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,4,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,11,Lições Bíblicas da BETEL,418,Lições Bíblicas da CPAD,597,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,29,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,39,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,13,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,3,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,15,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,6,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,106,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,2,Notícia gospel,73,Notícias Gospel,221,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,10,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,2,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,15,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,15,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,9,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,29,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Osiel Gomes,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,30,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,24,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,79,Pecado,42,Pecador Confesso,14,PECC,63,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,9,Perigos,7,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,5,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,29,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,15,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,8,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,18,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,3,Revelação,5,Revelado,1,Revista,108,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,5,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,17,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,29,Salvador,19,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,13,Santificação,15,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,7,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,9,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,7,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,9,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,7,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,5,Subsídio,96,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,9,Teologia,16,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,4,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,3,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,5,Ver Deus,1,Veracidade,10,Verdade,7,Verdadeira,8,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 09 - A Realidade Bíblica das Finanças | 2° Trimestre de 2024 | EBD JOVENS
Lição 09 - A Realidade Bíblica das Finanças | 2° Trimestre de 2024 | EBD JOVENS
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiQGIIq8-Nz4PDZp8WZyNyfxgs6g6fRaPcjEueRax6FfwMTP1Ij21BuG6_I6O6pYWnLYUKEpmH4Ovjx2m3l4_IUTTxL07VaKa3__Qnqc6I62hXscRTE1-519AqtQu0v-NRSBK1M2B8Q4-UesZi44EjpNn6NMKIChbP-fk431c4BUbsiPNXMlwzp8wfpj1pG/w640-h360/2-trim-2024-CPAD-JOVENS-Licao-09.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEiQGIIq8-Nz4PDZp8WZyNyfxgs6g6fRaPcjEueRax6FfwMTP1Ij21BuG6_I6O6pYWnLYUKEpmH4Ovjx2m3l4_IUTTxL07VaKa3__Qnqc6I62hXscRTE1-519AqtQu0v-NRSBK1M2B8Q4-UesZi44EjpNn6NMKIChbP-fk431c4BUbsiPNXMlwzp8wfpj1pG/s72-w640-c-h360/2-trim-2024-CPAD-JOVENS-Licao-09.webp
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2024/05/licao-09-realidade-biblica-das-financas.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2024/05/licao-09-realidade-biblica-das-financas.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy