Lição 10 - Ordenança para buscar a Paz e fazer o Bem | 2° Trimestre de 2024 | EBD BETEL

  TEXTO ÁUREO ‘Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” Hebreus 12.14 COMENTÁRIO EXTRA Comentário de Hubne...

 


COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Texto:

“Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor.” (Hebreus 12:14)

1. Contexto Geral

A Epístola aos Hebreus é uma carta escrita para encorajar os cristãos judeus a perseverarem na fé em Jesus Cristo, enfatizando a superioridade de Cristo e do Novo Testamento em relação ao Antigo Testamento. O capítulo 12 é particularmente focado em exortar os crentes a viverem uma vida de fé, paciência e santidade, mesmo em meio às dificuldades e perseguições.

2. Análise das Palavras no Grego

  • "Segui" (διώκω - diōkō):
  • No grego, "διώκω" significa perseguir ou buscar intensamente. Este verbo implica uma ação contínua e diligente, sugerindo que devemos constantemente e com empenho buscar a paz e a santificação.
  • "Paz" (εἰρήνη - eirēnē):
  • A palavra "εἰρήνη" não se refere apenas à ausência de conflito, mas a uma harmonia e bem-estar completos, tanto com Deus quanto com os outros. Esta paz é um fruto do Espírito (Gálatas 5:22) e uma marca da vida cristã.
  • "Santificação" (ἁγιασμός - hagiasmos):
  • "ἁγιασμός" refere-se ao processo de ser feito santo, separado para Deus. Envolve uma transformação moral e espiritual que reflete a natureza e o caráter de Deus. É essencial para o relacionamento com Deus.
  • "Ver" (ὁράω - horaō):
  • "ὁράω" significa ver ou perceber. No contexto deste versículo, implica ver Deus em um sentido espiritual e experiencial, tanto agora quanto na eternidade.

3. Comentário Teológico

"Segui a paz com todos"

O autor de Hebreus exorta os crentes a buscar a paz com todos, refletindo o ensinamento de Jesus nas Bem-aventuranças: "Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus" (Mateus 5:9). Esta busca pela paz envolve atitudes de perdão, reconciliação e amor ao próximo, como também instruído em Romanos 12:18: "Se possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens."

"e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor."

A santificação é apresentada como indispensável para ver o Senhor. Este processo de santificação é contínuo e envolve a transformação da nossa vida para refletir a santidade de Deus. Em 1 Pedro 1:15-16, somos chamados a ser santos em toda a nossa maneira de viver: "Mas, como é santo aquele que vos chamou, sede vós também santos em toda a vossa maneira de viver; porquanto está escrito: Sede santos, porque eu sou santo."

4. Conexões com Toda a Bíblia

  • Santificação e Ver o Senhor:
  • A Bíblia consistentemente ensina que a santificação é crucial para o relacionamento com Deus. Em 1 João 3:2-3, vemos que "seremos semelhantes a ele, porque assim como é o veremos. E qualquer que nele tem esta esperança purifica-se a si mesmo, como também ele é puro."
  • Paz e Harmonia:
  • A busca pela paz é um tema recorrente nas Escrituras. Em Filipenses 4:7, Paulo fala da "paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus." Além disso, em Romanos 14:19, somos incentivados a "seguir as coisas que servem para a paz e para a edificação mútua."

5. Opiniões de Pastores e Autores

  • John MacArthur: Destaca que a santificação é um processo de toda a vida, iniciado pela regeneração e levado adiante pela contínua obediência à Palavra de Deus e pelo poder do Espírito Santo.
  • Charles Spurgeon: Enfatiza que sem a santificação prática, a qual é evidenciada por um viver santo, a profissão de fé é vã. A santidade é a evidência visível de uma fé viva.
  • R.C. Sproul: Argumenta que a santificação é a vontade de Deus para cada crente e é a evidência do novo nascimento. Ele vê a santificação como uma obra da graça de Deus que transforma o crente à imagem de Cristo.

6. Aplicação Prática

Para aplicar este versículo em nossas vidas, devemos:

  1. Buscar a paz: Ativamente buscar reconciliar-se com os outros, perdoando e pedindo perdão quando necessário.
  2. Viver em santidade: Consistentemente buscar viver uma vida que reflita a santidade de Deus, evitando o pecado e se dedicando à obediência à Palavra de Deus.
  3. Perseverar na fé: Entender que a santificação é um processo contínuo que requer esforço diligente e dependência do Espírito Santo.

Hebreus 12:14 nos desafia a uma vida de paz e santidade, essencial para ver o Senhor. Esta busca não é passiva, mas uma diligente perseguição daquilo que agrada a Deus. Ao aplicar este versículo, somos chamados a viver vidas que refletem a natureza de Cristo, sendo luz no mundo e exemplos vivos do poder transformador do Evangelho.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

O chamado de Cristo para seus seguidores transcende a mera adesão a um conjunto de crenças. Implica uma transformação profunda no caráter e nas ações. O autêntico discípulo de Cristo deve ser reconhecido por sua busca incansável pela paz e por fazer o bem. Este comentário bíblico visa explorar o fundamento teológico e prático dessa verdade, fundamentando-se nas Escrituras.


Paz: Uma Marca Distintiva do Discípulo

Mateus 5:9: “Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus.”

Jesus, no Sermão da Montanha, destaca a importância da paz, identificando os pacificadores como "filhos de Deus". Este versículo não apenas valoriza a paz, mas também a coloca como uma evidência da filiação divina. A paz, portanto, é uma característica intrínseca do caráter divino e deve ser refletida na vida de seus discípulos.

Romanos 12:18: “Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens.”

O apóstolo Paulo exorta os cristãos a buscarem a paz com todos, na medida do possível. Isto implica um esforço ativo e contínuo para resolver conflitos e promover a harmonia. A paz, portanto, não é uma condição passiva, mas uma ação intencional e deliberada de reconciliação e amor.


Fazer o Bem: Um Chamado à Ação

Gálatas 6:9-10: “E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto temos tempo, façamos bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé.”

Fazer o bem é uma responsabilidade contínua e não deve ser limitada pela fadiga ou desânimo. Paulo incentiva os crentes a persistirem na bondade, com a promessa de que haverá uma recompensa. Este chamado à ação abrange todos, mas destaca uma prioridade especial para a comunidade de fé.

Tiago 1:27: “A religião pura e imaculada para com Deus, o Pai, é esta: visitar os órfãos e as viúvas nas suas tribulações e guardar-se da corrupção do mundo.”

Tiago define a verdadeira religião não como um conjunto de rituais, mas como ações concretas de amor e serviço aos necessitados. Este versículo enfatiza que fazer o bem é uma expressão prática da fé e uma manifestação tangível do amor de Deus.


Exemplos Bíblicos de Pacificadores e Benfeitores

Abraão: Em Gênesis 13, Abraão busca a paz com Ló, seu sobrinho, propondo uma solução pacífica para a disputa sobre as terras. Ele demonstra um espírito pacificador, priorizando o relacionamento sobre os direitos pessoais.

Dorcas (Tabita): Em Atos 9:36-42, Dorcas é descrita como uma mulher cheia de boas obras e esmolas que fazia. Sua vida é um testemunho do impacto de fazer o bem na comunidade, a ponto de sua morte ser lamentada e sua ressurreição celebrada.


Ser um autêntico discípulo de Cristo envolve mais do que crenças intelectuais; exige uma vida marcada pela promoção da paz e pelo fazer o bem. Este chamado é fundamentado no caráter de Deus e exemplificado em Jesus Cristo. Assim, o verdadeiro discípulo reflete essas qualidades em suas interações diárias, tornando-se um canal da paz de Deus e um agente de bondade no mundo. Ao buscar viver desta forma, o discípulo não só cumpre seu propósito, mas também testemunha do amor transformador de Cristo a todos ao seu redor.

Apresentar o significado da palavra paz.
Mostrar que para promover a paz é preciso ter paz.
Ressaltar que fazer o bem é um a ordenança bíblica.

ROMANOS 12
18 Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens.
19 Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor.
20 Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça.
21 Não te deixes vencer d o mal, mas vence o mal com o bem.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Versículo 18

"Se for possível, quanto estiver em vós, tende paz com todos os homens."

  • "Se for possível" (εἰ δυνατὸν - ei dynaton):
  • A expressão grega "εἰ δυνατὸν" sugere uma condição baseada em circunstâncias e capacidade. Paulo reconhece que, às vezes, a paz pode não ser alcançável devido às atitudes dos outros ou à natureza das situações.
  • "quanto estiver em vós" (τὸ ἐξ ὑμῶν - to ex hymōn):
  • Literalmente, "quanto depende de vocês". Isso enfatiza a responsabilidade pessoal de cada crente em buscar a paz, indicando que a iniciativa de reconciliar deve partir de nós, mas também reconhecendo que o resultado final pode não estar sob nosso controle.
  • "tende paz" (εἰρηνεύετε - eirēneuete):
  • Derivado de "εἰρήνη" (eirēnē), que significa paz. A palavra sugere viver em harmonia e trabalhar ativamente para evitar conflitos. Este mandamento está em consonância com as bem-aventuranças: "Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus" (Mateus 5:9).

Versículo 19

"Não vos vingueis a vós mesmos, amados, mas dai lugar à ira, porque está escrito: Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor."

  • "Não vos vingueis" (μὴ ἐκδικοῦντες ἑαυτούς - mē ekdikountes heautous):
  • "ἐκδικέω" (ekdikeō) significa vingar-se. Paulo proíbe a retaliação pessoal, instruindo os crentes a confiarem a justiça a Deus.
  • "mas dai lugar à ira" (ἀλλὰ δότε τόπον τῇ ὀργῇ - alla dote topon tē orgē):
  • A expressão sugere permitir que a ira de Deus tenha seu lugar, em vez de tomar a justiça em nossas próprias mãos. A ideia é deixar que Deus trate com os malfeitores.
  • "porque está escrito" (γέγραπται γάρ - gegraptai gar):
  • Paulo cita Deuteronômio 32:35, reforçando a autoridade das Escrituras: "Minha é a vingança; eu recompensarei, diz o Senhor." Isso ecoa em Hebreus 10:30.

Versículo 20

"Portanto, se o teu inimigo tiver fome, dá-lhe de comer; se tiver sede, dá-lhe de beber; porque, fazendo isto, amontoarás brasas de fogo sobre a sua cabeça."

  • "dá-lhe de comer" (ψώμιζε αὐτόν - psōmize auton):
  • A palavra "ψώμιζε" sugere alimentar generosamente. A ação contrasta a expectativa de vingança com uma atitude de bondade prática.
  • "dá-lhe de beber" (πότιζε αὐτόν - potize auton):
  • Semelhantemente, "πότιζε" significa dar de beber. A instrução é para prover as necessidades básicas do inimigo.
  • "brasas de fogo sobre a sua cabeça" (ἄνθρακας πυρὸς σωρεύσεις ἐπὶ τὴν κεφαλὴν αὐτοῦ - anthrakas pyros sōreuseis epi tēn kephalēn autou):
  • Esta expressão tem sido interpretada de várias maneiras. Alguns veem isso como provocando vergonha e arrependimento no inimigo, enquanto outros consideram uma metáfora para a convicção e transformação interior que a bondade pode trazer.

Versículo 21

"Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem."

  • "vencer do mal" (μὴ νικῶ ὑπὸ τοῦ κακοῦ - mē nikō hypo tou kakou):
  • "νικάω" (nikaō) significa vencer ou conquistar. Paulo adverte contra ser dominado pelo mal, o que poderia acontecer ao retribuir mal com mal.
  • "vence o mal com o bem" (νίκα ἐν τῷ ἀγαθῷ τὸ κακόν - nika en tō agathō to kakon):
  • O bem (ἀγαθὸν - agathon) é a arma com a qual o mal (κακόν - kakon) deve ser vencido. Isso reflete o ensino de Jesus em Mateus 5:44: "Amai os vossos inimigos, bendizei os que vos maldizem, fazei bem aos que vos odeiam."

Conexões com Toda a Bíblia

  • Paz com Todos:
  • Além de Mateus 5:9, encontramos exortações similares em 1 Pedro 3:11: "Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a paz, e siga-a."
  • Deixar a Vingança para Deus:
  • Além de Deuteronômio 32:35 e Hebreus 10:30, encontramos em Provérbios 20:22: "Não digas: Vingar-me-ei do mal; espera pelo Senhor, e ele te livrará."
  • Fazendo o Bem aos Inimigos:
  • A exortação de Paulo ecoa as palavras de Jesus em Lucas 6:27-28: "Mas a vós que ouvis, digo: Amai a vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, bendizei os que vos maldizem, e orai pelos que vos caluniam."
  • Vencer o Mal com o Bem:
  • Esta ideia está também em 1 Tessalonicenses 5:15: "Vede que ninguém dê a outro mal por mal; mas segui sempre o bem, tanto uns para com os outros, como para com todos."

Romanos 12:18-21 nos oferece uma visão profunda de como os cristãos devem se relacionar com os outros, especialmente com aqueles que nos fazem mal. A instrução de buscar a paz, evitar a vingança, tratar os inimigos com bondade e vencer o mal com o bem está fundamentada nos ensinamentos de Jesus e em várias passagens do Antigo Testamento. Este trecho nos desafia a viver de uma maneira que reflete o caráter de Deus, demonstrando o poder transformador do evangelho em nossas vidas.

SEGUNDA | Nm 6.26 O Senhor te dê a paz.
TERÇA | SI 4.8 Em paz me deitarei e dormirei.
QUARTA | Jo 14.27 Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou.
QUINTA | Jo 16.33 Em Cristo temos paz.
SEXTA | Fp 4.6-7 A paz de Deus excede todo o entendimento.
SÁBADO | 1Pe 3.10-11 Aparte-se do mal e faça o bem

📥ADQUIRA O SLIDE DA AULA => CLIQUE AQUI(se quiser bem mais slides, diferentes, tops, dessa lição, adquira o acesso vip)

📩 Receba rápido a sua revista em PDF  | ou tenha o acesso VIP 2ºTRIM 2024 ou 3ºTRIM 2024, saiba mais:  

👆ADQUIRA O ACESSO VIP | Pelo zap ou e-mail: hubnerbraz@pecadorconfesso.com

DINAMICA EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Dinâmica para Adultos: "Construindo a Paz e Fazendo o Bem"

Tema: Lição 10 - Ordenança para buscar a Paz e fazer o Bem

Objetivo: Refletir sobre a importância de buscar a paz e fazer o bem, conforme os ensinamentos bíblicos, e aplicar esses princípios de forma prática nas relações do dia a dia.

Duração: 15-20 minutos

Material Necessário:

  • Cartões ou papéis pequenos
  • Canetas ou lápis
  • Caixa ou cesto
  • Fita adesiva
  • Cartazes com os versículos: Romanos 12:18, Hebreus 12:14, e 1 Pedro 3:11

Passo a Passo:

  1. Introdução (2-3 minutos):
    • Explique brevemente o tema da lição, destacando a importância bíblica de buscar a paz e fazer o bem. Leia os versículos em voz alta e fixe-os em locais visíveis na sala.
  2. Atividade de Reflexão (5-7 minutos):
    • Distribua cartões ou papéis pequenos e canetas para cada participante.
    • Peça a cada pessoa para escrever uma situação recente em que teve a oportunidade de promover a paz ou fazer o bem, mas não conseguiu ou não soube como agir.
    • Depois de escreverem, peça que coloquem os cartões na caixa ou cesto.
  3. Discussão em Grupo (5-7 minutos):
    • Misture os cartões na caixa e peça a alguns voluntários que retirem um cartão e leiam em voz alta (sem identificar quem escreveu).
    • Em grupo, discutam possíveis maneiras de agir de acordo com os princípios bíblicos de paz e bondade em cada situação apresentada.
    • Incentive os participantes a compartilharem suas ideias e experiências sobre como poderiam ter agido ou como podem agir no futuro.
  4. Aplicação Prática (2-3 minutos):
    • Entregue novos cartões em branco para os participantes.
    • Peça a cada um que escreva uma ação concreta que se compromete a realizar na próxima semana para promover a paz ou fazer o bem em suas vidas.
    • Opcional: Cole os novos cartões em uma parede ou quadro, criando um "Mural da Paz e Bondade", onde os compromissos de todos ficam visíveis.
  5. Conclusão e Oração (2-3 minutos):
    • Enfatize a importância de aplicar os ensinamentos bíblicos diariamente.
    • Faça uma oração pedindo a Deus que ajude a todos a buscar a paz e fazer o bem, guiando suas ações conforme os princípios ensinados por Jesus.

Reflexão Final:

Lembre aos participantes que buscar a paz e fazer o bem não são apenas mandamentos, mas são formas de refletir o amor de Deus em nossas vidas e nas vidas daqueles ao nosso redor. Incentive-os a levar essa dinâmica para suas famílias e comunidades, promovendo um ambiente de paz e bondade onde quer que estejam.

Versículos de Referência:

  • Romanos 12:18: "Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens."
  • Hebreus 12:14: "Segui a paz com todos e a santificação, sem a qual ninguém verá o Senhor."
  • 1 Pedro 3:11: "Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a paz, e siga-a."

Esta dinâmica rápida e reflexiva ajudará os participantes a internalizar e praticar os ensinamentos bíblicos sobre a busca da paz e a prática do bem em suas vidas cotidianas.

Introdução
1- O significado de paz
2- A paz é representativa na vida do cristão
3- Fazer o bem é uma recomendação bíblica
Conclusão

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A introdução desta lição destaca a importância de o cristão viver conforme os princípios bíblicos, sendo um agente promotor da paz e perseverando em fazer o bem. Esta responsabilidade não é apenas um conselho, mas uma ordem divina para aqueles que seguem a Cristo. A Bíblia está repleta de passagens que incentivam e ordenam os crentes a buscar a paz e fazer o bem, refletindo o caráter de Deus em suas ações e atitudes diárias.


Ponto de Partida:

O cristão deve ser promotor da paz e fazer o bem. Esse princípio está fortemente embasado na Palavra de Deus. Jesus Cristo, o Príncipe da Paz, veio ao mundo para reconciliar a humanidade com Deus e, ao fazê-lo, estabeleceu um padrão de comportamento para Seus seguidores. A paz que Cristo oferece não é apenas ausência de conflito, mas uma paz profunda e duradoura que transforma relacionamentos e sociedades.


Comentário Bíblico

  1. Promoção da Paz:
    • Romanos 12:18: "Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens."
      • A palavra grega para paz aqui é "εἰρήνη" (eirēnē), que implica harmonia, tranquilidade e a ausência de tumulto. Os cristãos são chamados a buscar a paz ativamente, fazendo tudo o que está ao seu alcance para manter relações pacíficas com todos.
    • Mateus 5:9: "Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus."
      • Jesus exalta os pacificadores, ou "εἰρηνοποιοί" (eirēnopoioi), aqueles que não apenas evitam conflitos, mas ativamente trabalham para criar a paz. Esse chamado destaca a importância de ser um promotor da paz no reino de Deus.
  2. Fazer o Bem:
    • Gálatas 6:9: "E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido."
      • A expressão "fazer o bem" vem do grego "καλὸν ποιεῖν" (kalon poiein), que significa praticar boas ações ou fazer o que é nobre e excelente. Paulo encoraja os crentes a perseverar na bondade, sabendo que haverá uma recompensa divina.
    • 1 Pedro 3:11: "Aparte-se do mal, e faça o bem; busque a paz, e siga-a."
      • Aqui, "faça o bem" é "ἀγαθόν ποιείτω" (agathon poieitō), indicando uma ação contínua de benevolência e bondade. O apóstolo Pedro reforça que a busca pela paz deve ser ativa e persistente.

Referências de Livros e Pastores

Livros da Editora Betel:

  1. "Princípios Bíblicos para uma Vida Cristã" - Este livro explora como os princípios bíblicos podem ser aplicados no cotidiano do cristão, incentivando a busca pela paz e a prática do bem.
  2. "O Caráter do Cristão" - Uma obra que detalha os atributos que devem ser evidentes na vida de um seguidor de Cristo, incluindo a paz e a bondade.

Frases de Pastores da Assembleia de Deus Madureira:

  1. Pr. Samuel Ferreira: "A paz que Cristo nos dá é uma paz que excede todo entendimento e nos capacita a sermos agentes de transformação em um mundo conturbado."
  2. Pr. Abner Ferreira: "Fazer o bem não é apenas uma opção, mas uma demonstração do amor de Deus que habita em nós. Devemos ser conhecidos por nossas boas obras e pela paz que promovemos."

Conclusão

A responsabilidade de ser um promotor da paz e fazer o bem está profundamente enraizada nos ensinamentos de Jesus e nos escritos apostólicos. O cristão deve sempre buscar refletir o caráter de Cristo em suas ações, sendo uma testemunha viva do amor e da graça de Deus. Ao promover a paz e perseverar em fazer o bem, o discípulo de Cristo cumpre sua vocação e glorifica a Deus em todas as áreas de sua vida.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A palavra “paz” é um conceito rico e multifacetado nas Escrituras, com raízes profundas tanto no Antigo quanto no Novo Testamento. No Antigo Testamento, a palavra hebraica "shalom" não se limita à ausência de guerra ou conflito. "Shalom" envolve uma plenitude de vida e bem-estar, abrangendo aspectos físicos, emocionais, espirituais e relacionais. Quando Isaías escreve "Ah! Se tivesses dado ouvidos aos meus mandamentos! Então seria a tua paz como um rio, e a tua justiça como as ondas do mar" (Isaías 48:18), ele está descrevendo uma condição ideal de harmonia e prosperidade que resulta de um relacionamento correto com Deus.


Teologicamente, "shalom" representa o estado de ordem e equilíbrio que Deus originalmente planejou para a criação. É um reflexo do caráter de Deus e da sua intenção para a humanidade. Quando Deus criou o mundo, Ele viu que tudo era "muito bom" (Gênesis 1:31), indicando uma criação em perfeito "shalom". A ruptura desse "shalom" veio com a entrada do pecado, que trouxe desordem, conflito e separação de Deus. Portanto, a busca pela paz em um sentido bíblico é, na verdade, uma busca pela restauração do relacionamento correto com Deus, consigo mesmo, com os outros e com a criação.


No Novo Testamento, a palavra grega "eirene" continua essa tradição rica de significado, mas com uma ênfase adicional trazida por Jesus Cristo. Jesus é descrito como o "Príncipe da Paz" (Isaías 9:6) e Ele declara "Deixo-vos a paz, a minha paz vos dou; não vo-la dou como o mundo a dá. Não se turbe o vosso coração, nem se atemorize" (João 14:27). Aqui, a paz que Jesus oferece não é meramente a ausência de conflito, mas uma paz profunda e duradoura que surge do relacionamento reconciliado com Deus através de Cristo. Esta paz é uma dádiva divina que transcende as circunstâncias terrenas e temporais.


Na saudação e no cumprimento, tanto "shalom" quanto "eirene" carregam um desejo profundo de bem-estar integral para a pessoa saudada. Em Lucas 10:5-6, Jesus instrui seus discípulos a oferecer paz à casa que eles visitam, significando uma oferta de bênção divina e de boa vontade que transcende a mera cortesia social. Esse ato de oferecer paz é também um convite ao receptor para entrar na comunidade do Reino de Deus, onde a paz de Deus reina soberana.


Em suma, a paz bíblica é um conceito holístico que implica harmonia, justiça e bem-estar total. É um estado de ser que Deus deseja para toda a criação e que é possível através da obra redentora de Cristo. O chamado para viver em paz é um convite para participar da plenitude da vida que Deus oferece, uma vida em comunhão com Ele e em harmonia com todas as coisas.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Análise Bíblica Cristã de Romanos 12:18

Texto Bíblico

"Se for possível, quanto depender de vós, tende paz com todos os homens." (Romanos 12:18, ARA)

Contexto Geral

A epístola aos Romanos foi escrita pelo apóstolo Paulo e é considerada uma das mais importantes cartas do Novo Testamento, abordando doutrinas fundamentais da fé cristã. O capítulo 12 de Romanos é uma exortação prática sobre como viver a vida cristã em resposta às misericórdias de Deus, que Paulo explica nos capítulos anteriores.


Análise do Versículo

  1. "Se for possível": Paulo reconhece a realidade de que nem sempre será possível viver em paz com todos. Isso leva em conta a imperfeição humana e os conflitos inevitáveis.
  2. "Quanto depender de vós": A ênfase aqui está na responsabilidade individual do crente. Devemos fazer todo o possível para promover a paz, independentemente das ações dos outros.
  3. "Tende paz com todos os homens": A palavra "todos" indica que o esforço pela paz deve ser universal, abrangendo tanto crentes quanto não crentes, amigos e inimigos.

Explorando a Raiz do Texto

  • Grego Original: A palavra grega para "paz" é "εἰρήνη" (eirēnē), que significa não apenas a ausência de conflito, mas também um estado de bem-estar e harmonia.
  • Possível e Dependência: A frase "se for possível" em grego é "εἰ δυνατόν" (ei dynaton), sugerindo uma possibilidade realista mas nem sempre alcançável. "Quanto depender de vós" (το ἐξ ὑμῶν) coloca a ênfase na responsabilidade pessoal do crente em buscar a paz.

Comentário da Bíblia de Estudo do Expositor

A Bíblia de Estudo do Expositor destaca que a responsabilidade do crente é evitar ser a fonte de conflito. A culpa pela desarmonia não deve originar-se no cristão, refletindo o ensino de que devemos ser pacificadores, conforme Mateus 5:9: "Bem-aventurados os pacificadores, porque serão chamados filhos de Deus."


Esboço de Pregação:

Os esboços que preparo sobre o tema, frequentemente destacam a importância de atitudes práticas para manter a paz:

  1. Não Falar Mal de Ninguém: Controlar a língua é fundamental (Tiago 3:6).
  2. Não Enfrentar Ninguém: Evitar confrontos desnecessários (Provérbios 15:1).
  3. Não Entrar na Vida de Ninguém: Respeitar os limites e a privacidade dos outros (1 Tessalonicenses 4:11).
  4. Comprar e Pagar; Tratar e Cumprir: Integridade e honestidade nos negócios (Romanos 13:8).
  5. Pensar Antes de Falar: Refletir antes de responder (Provérbios 21:23).
  6. Saber que “toda ação gera uma reação”: Estar ciente das consequências de nossas ações (Gálatas 6:7).

Reflexão Final

Paulo nos chama a ser agentes de paz em um mundo frequentemente marcado por conflitos e desentendimentos. Embora nem sempre possamos controlar as ações dos outros, somos responsáveis por nossas reações e atitudes. Vivendo de forma pacífica, refletimos o caráter de Cristo e contribuímos para a harmonia e bem-estar da comunidade ao nosso redor.


Essa análise nos leva a uma compreensão mais profunda da importância de ser pacificadores, como reflexo do amor e da graça que recebemos de Deus. Devemos nos esforçar para manter a paz, sabendo que em última instância, a verdadeira paz vem de Deus, que nos capacita a viver em harmonia com os outros.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Paz Interior como Pré-requisito para Paz Exterior

Base Bíblica: Isaías 9:6

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu; o governo está sobre os seus ombros; e o seu nome será: Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz."


Jesus: O Príncipe da Paz

Jesus é identificado como o "Príncipe da Paz" (Sar Shalom) em Isaías 9:6, indicando que Ele é a fonte e o autor da verdadeira paz. A paz que Ele oferece não é apenas ausência de conflito, mas uma plenitude de bem-estar e harmonia interna.


A Paz de Deus vs. Paz com Deus

  • Paz com Deus: Resulta da justificação pela fé em Cristo (Romanos 5:1). É a reconciliação com Deus, resolvendo a separação causada pelo pecado.
  • Paz de Deus: Descrita em Filipenses 4:6-9, é a tranquilidade que Deus concede aos crentes que vivem em conformidade com Sua vontade, caracterizada por uma mente e um coração guardados pela paz de Deus.

Filipenses 4:6-9

"Não andeis ansiosos por coisa alguma; antes, em tudo sejam os vossos pedidos conhecidos diante de Deus pela oração e súplica com ações de graças; e a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus. Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. O que também aprendestes, e recebestes, e ouvistes, e vistes em mim, isso praticai; e o Deus de paz será convosco."


Análise Expositiva e Teológica

  1. Não Andeis Ansiosos: Paulo instrui os crentes a não se preocuparem, mas a apresentarem suas preocupações a Deus em oração.
  2. Oração e Súplica com Ações de Graças: A oração é um elemento central na manutenção da paz interior. Ações de graças são essenciais, pois nos lembram das bênçãos de Deus e nos ajudam a confiar nEle.
  3. A Paz de Deus Guardará: A promessa de Deus é que Sua paz, que vai além da compreensão humana, guardará nossos corações e mentes em Cristo.
  4. Pensar nas Coisas de Deus: Manter a mente nas coisas verdadeiras, nobres, justas, puras, amáveis e de boa fama contribui para a paz interior.
  5. Praticar o que foi Aprendido: A obediência à Palavra de Deus e ao exemplo dos líderes cristãos é crucial para experimentar a paz de Deus.

Opinião de Warren Wiersbe

Warren Wiersbe enfatiza a diferença entre a "paz com Deus" e a "paz de Deus." A primeira é obtida através da justificação pela fé, enquanto a segunda é a experiência contínua da presença de Deus que resulta da obediência à Sua vontade.


Esboços de pregações

Nos meus esboços sobre este tema, frequentemente destacam a importância do Espírito Santo na manutenção da paz interior. Eles ensinam que a transformação interna é necessária para uma vida de paz exterior.

  1. Temperança, Mansidão, Domínio Próprio: São frutos do Espírito que devem ser cultivados (Gálatas 5:22-23).
  2. Cuidado com o Interior: A amargura e o desequilíbrio emocional são barreiras para a paz interior. A cura e o equilíbrio vêm pela submissão ao Espírito Santo.
  3. Ação e Reação: O reconhecimento de que "toda ação gera uma reação" implica a necessidade de autocontrole e prudência nas interações.

A paz interior é essencial para a paz exterior. Jesus, como Príncipe da Paz, oferece uma paz que transcende a compreensão humana. Para vivermos essa paz, devemos cultivar uma vida de oração, gratidão, e obediência à Palavra de Deus, permitindo que o Espírito Santo nos transforme internamente. Assim, seremos capazes de viver em harmonia com os outros e sermos pacificadores em um mundo frequentemente tumultuado.


Aplicação Prática

  • Busca pela Paz Interior: Priorizar a busca pela paz com Deus e cultivar a paz de Deus através de práticas espirituais.
  • Vida de Oração e Gratidão: Desenvolver uma vida de oração constante e gratidão, entregando todas as ansiedades a Deus.
  • Cultivar os Frutos do Espírito: Trabalhar intencionalmente para desenvolver temperança, mansidão e domínio próprio.
  • Pensar nas Coisas de Deus: Manter o foco nas coisas que promovem a paz e a pureza, conforme ensinado em Filipenses 4:8.

Ao cuidar do nosso interior com a ajuda do Espírito Santo, estaremos melhor equipados para promover e manter a paz exterior em nossas vidas e em nossas interações com os outros.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Paz de Deus em Meio às Aflições

Base Bíblica: João 16:33

"Estas coisas vos tenho dito para que tenhais paz em mim. No mundo, passais por aflições; mas tende bom ânimo; eu venci o mundo."


A Promessa de Jesus

Jesus nos assegura que, apesar das aflições e dificuldades que enfrentaremos no mundo, podemos encontrar verdadeira paz nEle. Esta paz transcende as circunstâncias externas e é fundamentada na vitória de Jesus sobre o mundo.


Paz Interior em Meio à Tempestade

A verdadeira paz, que vem de Deus, permite que os crentes descansem tranquilos, mesmo nos momentos mais difíceis. O Salmo 4:8 reflete essa confiança:

"Em paz me deito e logo pego no sono, porque, Senhor, só tu me fazes repousar seguro."


A Natureza da Paz de Deus

  1. Não Depende das Circunstâncias Externas: A paz que Jesus oferece é independente das situações externas. Enquanto o mundo pode estar em caos, aqueles que confiam em Jesus experimentam uma paz profunda e duradoura.
  2. Entendimento e Aceitação: A paz interior vem da compreensão de que nem tudo está sob nosso controle e que o tempo de Deus não é nosso tempo. Esta aceitação alivia o fardo da ansiedade e do estresse.

Sacrifício Pacífico em Levítico 3

O Pr. Fernando Viana, ao comentar sobre o sacrifício pacífico em Levítico 3, destaca que esta oferta simboliza a paz e a comunhão entre Deus e o adorador:

"Uma oferta de paz. Na oferta pacífica, assim que o sangue era derramado, Deus e o adorador podiam estar em feliz e pacífica comunhão."


Contexto do Sacrifício Pacífico

  • Levítico 3: Este capítulo descreve o sacrifício pacífico, onde o sangue era derramado para estabelecer a paz entre Deus e o adorador. Este sacrifício prefigura a obra redentora de Jesus, que trouxe paz e reconciliação entre Deus e a humanidade.
  • Romanos 14:17: A verdadeira paz que Jesus trouxe é parte do reino de Deus:

"Porque o reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, e paz, e alegria no Espírito Santo."


A Inutilidade dos Esforços Humanos

O mundo tenta promover a paz através de diversos meios, mas esses esforços frequentemente se mostram inadequados e frustrantes. Somente em Jesus é possível alcançar a paz verdadeira e duradoura.


Opinião de Pastores da Assembleia de Deus

Pastores da Assembleia de Deus destacam a importância da paz interior, que é um resultado da nossa relação com Deus através de Jesus Cristo:

  1. Paz como Fruto do Espírito: A paz é uma das virtudes mencionadas em Gálatas 5:22-23 como fruto do Espírito Santo, indicando que esta paz é produzida em nós pelo Espírito Santo.
  2. Confiança na Soberania de Deus: A paz interior é fortalecida pela confiança na soberania de Deus e na Sua providência, sabendo que Ele está no controle de todas as coisas.

Reflexão Final

A verdadeira paz que vem de Deus nos permite enfrentar as aflições do mundo com bom ânimo, confiando na vitória de Jesus. Esta paz interior é um dom que nos capacita a repousar tranquilos, mesmo em meio às tempestades da vida. É uma paz que não pode ser alcançada pelos esforços humanos, mas somente através de uma relação pessoal com Jesus Cristo.


Aplicação Prática

  • Buscar a Paz em Jesus: Devemos buscar a paz em Jesus, reconhecendo que Ele é a fonte da verdadeira paz.
  • Desenvolver a Relação com Deus: Fortalecer nossa relação com Deus através da oração, estudo da Palavra e comunhão com o Espírito Santo.
  • Confiar na Soberania de Deus: Aprender a confiar na soberania de Deus, aceitando que nem tudo está sob nosso controle e que o tempo de Deus é perfeito.
  • Cultivar o Fruto do Espírito: Permitir que o Espírito Santo desenvolva em nós o fruto da paz, junto com as outras virtudes cristãs.

Em última análise, a paz interior que Deus nos concede é um testemunho poderoso da presença de Cristo em nossas vidas, permitindo-nos ser pacificadores em um mundo que tanto necessita da paz divina.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Paz como Virtude Representativa na Vida do Cristão

1. Paz como Fruto do Espírito

Gálatas 5:22-23

"Mas o fruto do Espírito é: amor, alegria, paz, paciência, amabilidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. Contra estas coisas não há lei."

A paz é uma das virtudes listadas como fruto do Espírito Santo. Este fruto é uma evidência do trabalho do Espírito na vida do crente, demonstrando uma transformação interna que se manifesta externamente em atitudes e comportamentos.


2. O Reino de Deus é Paz

Romanos 14:17

"Pois o Reino de Deus não é comida nem bebida, mas justiça, paz e alegria no Espírito Santo."

O apóstolo Paulo explica que o Reino de Deus não está nas práticas externas, mas nas virtudes internas, sendo a paz uma das principais características. Isso reforça a ideia de que a paz é uma marca distintiva da vida no Reino de Deus.


3. A Conexão entre Paz e Santidade

Hebreus 12:14

"Esforcem-se para viver em paz com todos e para serem santos; sem santidade ninguém verá o Senhor."

Este versículo mostra a ligação inseparável entre a busca da paz e a santidade. A santidade implica um relacionamento correto com Deus e com os outros, e viver em paz é uma expressão dessa santidade.


4. Jesus: O Príncipe da Paz

Isaías 9:6

"Porque um menino nos nasceu, um filho se nos deu, e o governo está sobre os seus ombros. E ele será chamado Maravilhoso Conselheiro, Deus Forte, Pai da Eternidade, Príncipe da Paz."

Jesus é referido como o Príncipe da Paz, indicando que Ele traz a verdadeira paz tanto em um nível pessoal quanto cósmico. Esta paz não é apenas a ausência de conflito, mas uma condição de plenitude e harmonia.


5. Unidade do Espírito e o Vínculo da Paz

Efésios 4:3

"Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz."

A paz é essencial para manter a unidade do Espírito entre os crentes. Sem paz, a unidade é impossível, pois o conflito e a divisão quebram a comunhão que o Espírito Santo busca estabelecer e manter.


Análise Teológica e Expositiva

Paz como Evidência do Espírito

O fruto do Espírito mencionado em Gálatas 5:22-23 inclui a paz como um dos aspectos centrais. Isso significa que a presença da paz na vida de um crente é uma evidência do trabalho contínuo do Espírito Santo. A paz não é algo que pode ser fabricado pela força de vontade humana, mas é um dom que resulta de uma vida cheia do Espírito.

Paz no Reino de Deus

Romanos 14:17 destaca que a paz é um componente essencial do Reino de Deus. Este versículo coloca a paz ao lado da justiça e da alegria no Espírito Santo, mostrando que uma vida caracterizada pela paz é um reflexo do governo de Deus na vida do crente.

Conexão entre Paz e Santidade

Hebreus 12:14 conecta a paz com a santidade, mostrando que ambas são necessárias para ver o Senhor. A busca pela paz implica um esforço ativo para resolver conflitos e viver em harmonia com os outros, enquanto a santidade envolve a pureza e a separação do pecado.

Jesus: Fonte de Paz

Isaías 9:6 profetiza que Jesus seria o Príncipe da Paz, o que foi confirmado em Sua vida e ministério. Ele oferece uma paz que o mundo não pode dar, uma paz que repousa sobre a confiança em Sua soberania e amor.

Unidade do Espírito

Efésios 4:3 enfatiza a importância de manter a unidade do Espírito através da paz. A paz serve como um vínculo que mantém a comunidade cristã unida. Sem paz, a unidade é frágil e suscetível a ser quebrada.


Reflexão e Aplicação Prática

Buscar a Paz como Prioridade Espiritual

Os crentes são chamados a buscar a paz ativamente, tanto em suas vidas pessoais quanto em suas interações com os outros. Isso envolve a resolução de conflitos, a promoção da harmonia e a prática do perdão.

Cultivar a Paz através do Espírito Santo

Cultivar a paz é parte de crescer no fruto do Espírito. Isso requer uma vida de oração, estudo da Palavra e submissão ao Espírito Santo.

Paz e Unidade na Igreja

A paz é fundamental para a unidade na igreja. Os crentes devem esforçar-se para manter a paz para que a comunidade de fé possa ser um testemunho poderoso do amor de Cristo.

Viver como Embaixadores da Paz

Os cristãos são chamados a ser embaixadores da paz no mundo, refletindo a paz de Cristo em suas vidas diárias e promovendo a reconciliação onde quer que estejam.

Em suma, a paz é uma virtude representativa na vida do cristão, evidenciando o trabalho do Espírito Santo e a presença do Reino de Deus. Buscar e manter a paz é essencial para a santidade e a unidade entre os crentes, e reflete a natureza de Jesus, o Príncipe da Paz.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Paz Requerida aos Cristãos


1. Paz Entre os Irmãos

Marcos 9:50

"O sal é bom; mas se o sal se tornar insípido, como lhe restaurar o sabor? Tende sal em vós mesmos e paz uns com os outros."

Atos 2:42-47

"Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração, louvando a Deus e tendo a simpatia de todo o povo. E o Senhor lhes acrescentava diariamente os que iam sendo salvos."


2. Paz Entre Parentes

Gênesis 13:8

"Disse Abrão a Ló: 'Não haja desavença entre mim e ti, entre os meus pastores e os teus pastores; afinal somos irmãos.'"


3. Paz com os que Presidem no Senhor

1 Tessalonicenses 5:12-13

"Agora lhes pedimos, irmãos, que tenham consideração para com os que se esforçam no trabalho entre vocês, que os lideram no Senhor e os aconselham. Tenham-nos na mais alta estima, com amor, por causa do trabalho deles. Vivam em paz uns com os outros."


4. Paz com Deus

Romanos 5:1

"Justificados, pois, mediante a fé, temos paz com Deus por meio de nosso Senhor Jesus Cristo."


5. Paz com a Igreja

1 Coríntios 14:33

"Pois Deus não é Deus de desordem, mas de paz. Como em todas as congregações dos santos."

Atos 9:31

"A igreja, na verdade, tinha paz em toda a Judeia, Galileia e Samaria, edificando-se e caminhando no temor do Senhor; e, pelo auxílio do Espírito Santo, se multiplicava."


6. Paz com os Homens

Romanos 12:18

"Se for possível, quanto depender de vocês, vivam em paz com todos."


7. Paz Consigo Mesmo

Salmo 4:8

"Em paz me deito e logo adormeço, pois só tu, Senhor, me fazes viver em segurança."

Suportar Uns aos Outros em Amor

Efésios 4:2

"Sejam completamente humildes e dóceis, e sejam pacientes, suportando uns aos outros com amor."

Paz como Fundamento para Pregar o Evangelho

1 Timóteo 2:8

"Quero, pois, que os homens orem em todo lugar, levantando mãos santas, sem ira e sem discussões."


Comentário de Pr. Fernando Viana

Sobre Paz com o Próximo Pr. Fernando Viana comenta que Deus criou o homem para viver em paz com seu semelhante e que Jesus estabeleceu um princípio para que a paz aconteça. Ele menciona que uma paz que negligencia a pureza não é aprovada por Deus, citando Tiago 3:17:

"Mas a sabedoria que vem do alto é antes de tudo pura; depois pacífica, amável, compreensiva, cheia de misericórdia e de bons frutos, imparcial e sincera."

Viana também adverte contra afastar-se de Cristo para agradar aos outros, afirmando que isso é fugir dos propósitos divinos.


Análise Bíblica e Teológica

Paz em Diversos Relacionamentos

  1. Paz Entre os Irmãos:
    • Marcos 9:50: Jesus compara a paz ao sal, enfatizando sua importância na vida cristã. Sem paz, a comunidade perde seu sabor e eficácia.
    • Atos 2:42-47: A igreja primitiva exemplificava a paz através da comunhão e unidade, resultando em crescimento e favor entre o povo.
  2. Paz Entre Parentes:
    • Gênesis 13:8: Abraão e Ló exemplificam a busca por paz familiar, optando por separar-se amigavelmente para evitar conflito.
  3. Paz com os que Presidem no Senhor:
    • 1 Tessalonicenses 5:12-13: A paz com líderes espirituais é vital para a harmonia e respeito dentro da comunidade de fé.
  4. Paz com Deus:
    • Romanos 5:1: A justificação pela fé resulta em paz com Deus, um fundamento para toda a vida cristã.
  5. Paz com a Igreja:
    • 1 Coríntios 14:33; Atos 9:31: Deus é um Deus de paz, e a igreja deve refletir essa paz em sua estrutura e relacionamentos.
  6. Paz com os Homens:
    • Romanos 12:18: Os crentes são chamados a viver em paz com todos, na medida do possível, demonstrando o amor e a paciência de Cristo.
  7. Paz Consigo Mesmo:
    • Salmo 4:8: A paz interior é essencial para a tranquilidade e confiança, permitindo um descanso seguro em Deus.

Suportar Uns aos Outros em Amor

Efésios 4:2: A paciência e o amor são cruciais para manter a paz entre os crentes. Sem suporte mútuo, a paz é difícil de alcançar.


Paz e a Pregação do Evangelho

1 Timóteo 2:8: A paz é um pré-requisito para a pregação eficaz do Evangelho. Quem não vive em paz encontrará dificuldades em ser um embaixador eficaz de Cristo.


Reflexão Final e Aplicação Prática

Buscando Paz em Todas as Relações

Os crentes são chamados a buscar a paz em todas as áreas de suas vidas. Isso envolve esforço consciente e dependência do Espírito Santo para superar conflitos e promover a harmonia.

Paz com Deus e Santidade

A paz com Deus é a base para todas as outras formas de paz. A santidade e a obediência a Deus são essenciais para manter essa paz.

Paz na Comunidade de Fé

A igreja deve ser um lugar de paz, onde a unidade e o respeito mútuo prevalecem. A liderança deve ser honrada, e os relacionamentos devem ser marcados pela paz e amor.

Paz no Testemunho Pessoal

Para pregar o Evangelho efetivamente, os cristãos devem viver em paz. A falta de paz compromete o testemunho e a credibilidade.

A Paz que Jesus Oferece

Jesus, como Príncipe da Paz, oferece uma paz que transcende as circunstâncias. Os crentes são chamados a viver nessa paz e a compartilhá-la com o mundo.

Conclusão

A paz é fundamental na vida do cristão, influenciando todas as áreas de relacionamento e ministério. Buscar, manter e promover a paz é um reflexo da presença e do trabalho do Espírito Santo na vida do crente, e um testemunho poderoso do Reino de Deus em ação.

2.2. Os três pilares da paz.
1) União – A união gera a força e juntar as forças e puxar para o mesmo lado é o ideal do cristão [SI 133];
2) Comunhão – Ter as coisas em comum , reunir-se nós mesmos lugares e participar das mesmas coisas, sem acepção de pessoas [At 2.42-46; Tg 2.1];
3) Unidade – A unidade do Espírito só é mantida pelo vínculo da paz.
A paz vai nos levar à unidade da fé e ao conhecimento do Filho de Deus e à medida da estatura completa de Cristo. Pensar no mesmo sentido, falar a mesma coisa, tendo o mesmo amor, trabalhar espiritualmente com um objetivo em com um [Ef 4.3,13; Fp 2.2]. A paz não elimina as diferenças nem apaga a personalidade, mas aceitar conviver sem brigas, sem se enfrentar. Aceitamos a personalidade de cada um sem querer remodelar ou entrar na sua vida particular. Aceitamos um ao outro com o seu ministério, seu talento, seu dom, sem disputas, sem discórdias. Deus usa quem Ele quer, do jeito que Ele quer e o que Deus preparou para você ninguém toma. Não podemos fazer nada com contendas ou nos vangloriar por aquilo que fazemos, para não apagar a paz [Fp 2.3].

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Os Três Pilares da Paz

1. União

Salmo 133:1-3

"Como é bom e agradável quando os irmãos convivem em união! É como o óleo precioso derramado sobre a cabeça, que desce pela barba, a barba de Arão, até a gola das suas vestes. É como o orvalho do Hermom quando desce sobre os montes de Sião. Ali o Senhor concede a bênção da vida para sempre."

A união entre os irmãos em Cristo é uma fonte de força e bênção. A imagem do óleo precioso e do orvalho representa a presença refrescante e abençoadora de Deus em meio à comunidade unida.


2. Comunhão

Atos 2:42-46

"Eles se dedicavam ao ensino dos apóstolos e à comunhão, ao partir do pão e às orações. Todos estavam cheios de temor, e muitas maravilhas e sinais eram feitos pelos apóstolos. Todos os que criam mantinham-se unidos e tinham tudo em comum. Vendendo suas propriedades e bens, distribuíam a cada um conforme a sua necessidade. Todos os dias continuavam a reunir-se no pátio do templo. Partiam o pão em suas casas, e juntos participavam das refeições, com alegria e sinceridade de coração."

Tiago 2:1

"Meus irmãos, como crentes em nosso glorioso Senhor Jesus Cristo, não façam diferença entre as pessoas, tratando-as com favoritismo."

A comunhão envolve ter as coisas em comum, participar das mesmas atividades e evitar a acepção de pessoas. A igreja primitiva exemplificava essa comunhão, compartilhando recursos e vivendo em unidade.


3. Unidade

Efésios 4:3,13

"Façam todo o esforço para conservar a unidade do Espírito pelo vínculo da paz." "...até que todos alcancemos a unidade da fé e do conhecimento do Filho de Deus, e cheguemos à maturidade, atingindo a medida da plenitude de Cristo."

Filipenses 2:2

"Então completem a minha alegria, tendo o mesmo modo de pensar, o mesmo amor, um só espírito e uma só atitude."

A unidade do Espírito é mantida pelo vínculo da paz, levando os crentes à unidade da fé e ao conhecimento completo de Cristo. Isso implica pensar da mesma forma, ter o mesmo amor e trabalhar espiritualmente com um objetivo comum.


Comentário de Bispo Oídes José do Carmo

Sobre Paz e União Bispo Oídes José do Carmo destaca que a paz é uma condição necessária para florescerem em união. Ele explica que a paz mencionada como fruto do Espírito (palavra grega "eirênê") significa concórdia, harmonia e reconciliação. Essa paz, que o Espírito promove no coração do crente, é muito diferente da "paz" que o mundo busca. A paz de Deus excede todo entendimento e é um fruto de uma vida cheia do Espírito Santo.


Análise Bíblica e Teológica

União

Salmo 133:1-3 destaca a beleza e a bênção da união entre os irmãos. A metáfora do óleo e do orvalho sugere que a união traz uma unção especial e refrescante de Deus, resultando em vida e bênçãos abundantes.

Comunhão

Atos 2:42-46 e Tiago 2:1 sublinham a importância de uma comunidade que vive em comunhão, compartilhando recursos e evitando favoritismo. A comunhão é caracterizada por um compromisso mútuo e pela igualdade entre os crentes.

Unidade

Efésios 4:3,13 e Filipenses 2:2 falam sobre a unidade do Espírito, que é mantida pela paz. A unidade é essencial para alcançar a maturidade em Cristo e refletir a natureza do corpo de Cristo. Essa unidade não elimina diferenças pessoais, mas promove convivência harmoniosa.


Reflexão Final e Aplicação Prática

Buscar União na Comunidade Cristã

A união é fundamental para a força e a bênção da comunidade cristã. Os crentes devem esforçar-se para viver em harmonia, promovendo um ambiente de apoio mútuo e amor fraternal.

Cultivar Comunhão Autêntica

A comunhão autêntica envolve compartilhar recursos, participar das mesmas atividades e tratar todos com igualdade. Evitar o favoritismo é crucial para uma comunhão verdadeira.

Promover a Unidade do Espírito

A unidade do Espírito é vital para a saúde espiritual da igreja. Os crentes devem fazer todo o esforço para manter a paz, trabalhar juntos com um objetivo comum e crescer na fé e no conhecimento de Cristo.

A Paz como Fundamento da Unidade

A paz é o vínculo que mantém a unidade. Sem paz, a união e a comunhão são impossíveis. A paz de Deus, que excede todo entendimento, deve ser buscada e mantida através de uma vida cheia do Espírito Santo.

Conclusão

Os três pilares da paz – união, comunhão e unidade – são essenciais para a vida cristã. Eles promovem a harmonia, fortalecem a comunidade de fé e refletem a natureza de Cristo. Buscar, cultivar e promover esses pilares é uma expressão da presença e do trabalho do Espírito Santo na vida do crente e da igreja.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Chamados para Sermos Promotores da Paz

1. Bem-Aventurados os Pacificadores

Mateus 5:9

"Bem-aventurados os pacificadores, pois serão chamados filhos de Deus."

Jesus ensina que os pacificadores são bem-aventurados porque serão reconhecidos como filhos de Deus. Promover a paz é uma marca distintiva dos seguidores de Cristo, refletindo o caráter de Deus em suas vidas.

2. A Atitude dos Promotores da Paz

Provérbios 15:1

"A resposta calma desvia a fúria, mas a palavra ríspida desperta a ira."

Os pacificadores agem com calma e sabedoria, usando palavras brandas para acalmar conflitos e evitando reações impulsivas que possam exacerbar a discórdia.

Romanos 12:17

"Não retribuam a ninguém mal por mal. Procurem fazer o que é correto aos olhos de todos."

Os crentes são chamados a não retribuir o mal, mas a agir com bondade e integridade, promovendo a paz e a reconciliação.

3. Benefícios de Promover a Paz

Salmo 119:165

"Grande paz têm os que amam a tua lei, e para eles não há tropeço."

Isaías 26:3

"Tu guardarás em perfeita paz aquele cujo propósito está firme, porque em ti confia."

Isaías 48:18

"Ah, se tivesses atendido aos meus mandamentos! Tua paz teria sido como um rio, tua justiça como as ondas do mar."

Filipenses 4:6-7

"Não andem ansiosos por coisa alguma, mas em tudo, pela oração e súplicas, e com ação de graças, apresentem seus pedidos a Deus. E a paz de Deus, que excede todo entendimento, guardará os vossos corações e as vossas mentes em Cristo Jesus."

Salmo 29:11

"O Senhor dá força ao seu povo; o Senhor abençoa o seu povo com paz."

Os pacificadores desfrutam de vários benefícios: paz abundante, paz perfeita, paz como um rio, paz que excede todo entendimento e paz como presente de Deus.

4. A Paz como Saudação

Lucas 10:5-6

"Quando entrarem numa casa, digam primeiro: Paz seja nesta casa. Se ali houver um homem de paz, a paz de vocês repousará sobre ele; se não, ela voltará para vocês."

João 14:27

"Deixo-lhes a paz; a minha paz lhes dou. Não a dou como o mundo a dá. Não se perturbem os seus corações, nem tenham medo."

João 20:21

"Novamente Jesus disse: Paz seja com vocês! Assim como o Pai me enviou, eu os envio."

Efésios 1:2

"Graça e paz a vocês da parte de Deus nosso Pai e do Senhor Jesus Cristo."

Os crentes são encorajados a usar a paz como saudação, refletindo a paz de Cristo em suas interações diárias e espalhando essa paz aos outros.

Comentário de Bispo Abner Ferreira

Sobre os Pacificadores Bispo Abner Ferreira enfatiza que os pacificadores são bem-aventurados porque são diferentes dos demais. Eles são pessoas possuídas pelo poder do Espírito Santo e pelo caráter de Deus. Ferreira observa que os problemas humanitários têm origem no coração do homem e que a paz verdadeira só pode ser alcançada purificando o coração humano. A paz contagiante dos pacificadores é uma resposta ao caos e às guerras do mundo, conforme Isaías 52:7 e Mateus 5:9.

Análise Bíblica e Teológica

Pacificadores como Filhos de Deus

Mateus 5:9 destaca a importância dos pacificadores no Reino de Deus. Eles refletem a natureza divina e são instrumentos de paz em um mundo conflituoso.

Atitudes e Comportamentos dos Pacificadores

Provérbios 15:1 e Romanos 12:17 mostram que os pacificadores usam palavras brandas e evitam retaliações. Eles buscam resolver conflitos de maneira calma e justa, promovendo reconciliação em vez de divisão.

Benefícios de Promover a Paz

As escrituras (Salmo 119:165, Isaías 26:3, Isaías 48:18, Filipenses 4:6-7, Salmo 29:11) listam muitos benefícios da paz, incluindo estabilidade, segurança, e bênçãos divinas. Esses benefícios demonstram que a paz é um aspecto essencial da vida espiritual saudável.

A Paz como Saudação

Lucas 10:5-6, João 14:27, João 20:21, Efésios 1:2 destacam que a paz é uma parte fundamental das interações cristãs. Saudando com paz, os crentes espalham a tranquilidade e a presença de Cristo em suas comunidades.

Reflexão Final e Aplicação Prática

Chamados para Ser Pacificadores

Os crentes são chamados a ser promotores da paz, refletindo o caráter de Deus em suas vidas e interações. Isso inclui usar palavras brandas, evitar retaliações e buscar reconciliação.

Benefícios de Viver em Paz

Viver em paz traz numerosos benefícios espirituais e emocionais, incluindo uma relação mais profunda com Deus e maior estabilidade emocional.

A Paz em Ação

Os crentes devem praticar a paz em todas as áreas de suas vidas, incluindo suas interações diárias e na maneira como resolvem conflitos. A paz deve ser uma marca distintiva de sua identidade em Cristo.

Conclusão

A paz é uma característica essencial da vida cristã e um reflexo do caráter de Deus. Os crentes são chamados a ser promotores da paz, vivendo e espalhando a paz de Cristo em todas as suas interações. Isso traz benefícios espirituais e emocionais significativos e demonstra a presença de Deus no mundo.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

Fazer o Bem é uma Recomendação Bíblica

Mateus 7:12 - A Regra de Ouro

Mateus 7:12

"Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lo também vós, porque esta é a lei e os profetas."

Este versículo é conhecido como a Regra de Ouro e encapsula um princípio fundamental da ética cristã: tratar os outros como queremos ser tratados. Jesus afirma que esta regra resume a essência da Lei e dos Profetas, indicando que o amor ao próximo e a prática do bem são centrais na mensagem bíblica.

Salmo 37:3 - Confiança e Fazer o Bem

Salmo 37:3

"Confia no Senhor e faze o bem; habitarás na terra e, verdadeiramente, serás alimentado."

O salmista liga a confiança no Senhor à prática do bem, sugerindo que a fidelidade a Deus é demonstrada através de ações benéficas. Este versículo também promete que aqueles que confiam em Deus e fazem o bem experimentarão segurança e sustento.

Análise Bíblica e Teológica

A Regra de Ouro

A Regra de Ouro em Mateus 7:12 resume o ensino moral e ético de Jesus. Este princípio é encontrado em várias culturas e religiões, mas Jesus o coloca no centro da vida cristã. Trata-se de uma aplicação prática do amor ao próximo, exigindo que os crentes ajam proativamente em benefício dos outros, da mesma forma que desejariam ser tratados.

Fazer o Bem no Antigo Testamento

Salmo 37:3 enfatiza a importância de fazer o bem como um reflexo da confiança em Deus. Fazer o bem é uma manifestação prática da fé, uma maneira de viver de acordo com a vontade de Deus. Este versículo também reflete uma promessa de provisão divina para aqueles que são fiéis e benevolentes.

Comentário de Pastores da Assembleia de Deus

Pr. Elinaldo Renovato (Comentário em Mateus)

Pr. Elinaldo Renovato comenta que a Regra de Ouro é um dos ensinamentos mais práticos e universais de Jesus. Ele destaca que esta regra exige uma ação ativa em direção ao bem, não apenas evitar o mal. Segundo Renovato, viver de acordo com a Regra de Ouro requer empatia e compaixão genuínas, refletindo o caráter de Cristo em nossas interações diárias.

Pr. Silas Malafaia (Comentário em Salmos)

Pr. Silas Malafaia sublinha que confiar no Senhor e fazer o bem são duas faces da mesma moeda. Ele argumenta que a fé verdadeira sempre se manifesta em ações concretas. Malafaia ressalta que a promessa de habitar a terra e ser alimentado é uma recompensa divina para aqueles que praticam a justiça e a bondade.

Reflexão Final e Aplicação Prática

Aplicando a Regra de Ouro

A Regra de Ouro nos desafia a tratar os outros com dignidade e respeito, mesmo quando não recebemos o mesmo tratamento em troca. É um chamado para a ação benevolente e empática em todas as circunstâncias.

Praticando o Bem

Fazer o bem deve ser uma expressão natural de nossa fé em Deus. Ao praticarmos boas ações, demonstramos nossa confiança no Senhor e nossa obediência aos Seus mandamentos.

Exemplos de Como Fazer o Bem

  1. Atos de Bondade Diária: Pequenos gestos de bondade, como ajudar um vizinho, ser gentil com estranhos, ou oferecer apoio a alguém em necessidade.
  2. Voluntariado: Participar em programas comunitários, ajudar em organizações sem fins lucrativos, ou servir em ministérios da igreja.
  3. Generosidade: Oferecer recursos financeiros, tempo ou habilidades para ajudar os menos afortunados.
  4. Perdão e Reconciliamento: Estender perdão a quem nos ofendeu e buscar reconciliar relacionamentos quebrados.

Conclusão

Fazer o bem é uma recomendação bíblica clara e uma expressão da nossa fé e confiança em Deus. A Regra de Ouro nos desafia a viver de maneira altruísta e empática, enquanto o salmista nos lembra que confiar no Senhor deve se manifestar em ações benevolentes. Ao praticarmos o bem, refletimos o caráter de Cristo e experimentamos as bênçãos de Deus em nossas vidas.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz



Não nos Cansemos de Fazer o Bem

Gálatas 6:9-10 - Perseverança no Bem

Gálatas 6:9-10

"E não nos cansemos de fazer o bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Então, enquanto tivermos tempo, façamos o bem a todos, mas principalmente aos domésticos da fé."

Paulo exorta os Gálatas a perseverarem na prática do bem, mesmo quando enfrentarem cansaço e desânimo. Ele assegura que haverá uma colheita no tempo certo para aqueles que não desfalecem. Além disso, Paulo destaca a prioridade de fazer o bem aos membros da comunidade de fé, embora o bem deva ser feito a todos.

Romanos 12:21 - Vencer o Mal com o Bem

Romanos 12:21

"Não te deixes vencer do mal, mas vence o mal com o bem."

Paulo instrui os romanos a não sucumbirem ao mal, mas a superá-lo através de ações benéficas. Esta é uma chamada à resiliência moral e espiritual, onde o bem é usado como uma arma contra o mal.

Romanos 12:9 - Apegar-se ao Bem

Romanos 12:9

"O amor seja sem hipocrisia. Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem."

Paulo enfatiza a sinceridade no amor cristão, pedindo que os crentes rejeitem o mal e se agarrem ao bem. Isso requer uma postura ativa e deliberada de escolher o bem em todas as circunstâncias.

Hebreus 13:15-16 - Sacrifícios Agradáveis a Deus

Hebreus 13:15-16

"Portanto, ofereçamos sempre, por ele, a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome. E não vos esqueçais da beneficência e comunicação, porque com tais sacrifícios Deus se agrada."

Além dos sacrifícios de louvor, o autor de Hebreus lembra os crentes de não esquecerem de fazer o bem e de compartilhar, pois essas ações são sacrifícios agradáveis a Deus.

Análise Bíblica e Teológica

Perseverança no Bem

Gálatas 6:9-10 destaca a importância da perseverança na prática do bem. A imagem da colheita sugere que o bem que fazemos produzirá frutos a seu tempo. É uma exortação a continuar fazendo o bem, mesmo quando os resultados não são imediatamente visíveis.

Vencer o Mal com o Bem

Romanos 12:21 enfatiza que a resposta cristã ao mal não é a vingança ou a reciprocidade negativa, mas sim o bem. Isso transforma a dinâmica das interações humanas, trazendo redenção e cura onde há conflito.

Sinceridade e Ação

Romanos 12:9 e Hebreus 13:15-16 reforçam a necessidade de um amor genuíno e de ações benevolentes como expressões de fé. Fazer o bem é visto como um sacrifício espiritual, agradável a Deus, e uma manifestação concreta de amor sincero.

Comentário de Donald Guthrie sobre Gálatas 6:9

Donald Guthrie destaca que Paulo inclui a si mesmo na exortação de Gálatas 6:9, reconhecendo que até ele pode sentir desânimo. Guthrie observa que a vida na carne pode parecer atraente devido aos seus efeitos imediatos, enquanto a vida cristã frequentemente envolve privações. O desânimo pode surgir quando se perde temporariamente o senso correto de valores. Portanto, perseverar em fazer o bem é crucial, mesmo diante de desafios e fadiga.

Reflexão Final e Aplicação Prática

Perseverar no Bem

A exortação de Paulo em Gálatas 6:9-10 nos lembra que a prática constante do bem é essencial, mesmo quando nos sentimos cansados ou desanimados. Devemos confiar que a colheita virá no tempo certo.

Responder ao Mal com o Bem

Em situações de conflito e maldade, a resposta cristã deve ser fazer o bem. Isso não apenas desafia a lógica humana de retribuição, mas também reflete a graça e o amor de Deus.

Praticar o Bem de Forma Sincera

Fazer o bem deve ser uma expressão sincera de amor e fé. Ações benevolentes não são apenas mandamentos, mas são sacrifícios espirituais que agradam a Deus.

Prioridade aos Domésticos da Fé

Embora o bem deva ser feito a todos, Paulo destaca a importância de cuidar especialmente dos membros da comunidade de fé. Isso fortalece a igreja e testemunha o amor de Cristo aos de fora.

Conclusão

Fazer o bem é uma recomendação bíblica clara e uma expressão da nossa fé e confiança em Deus. A perseverança no bem, a resposta positiva ao mal e a prática sincera do amor são características que devem marcar a vida do cristão. Mesmo diante do desânimo e da fadiga, somos chamados a continuar semeando o bem, confiantes na promessa de uma colheita abundante no tempo de Deus.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Importância de Fazer o Bem: Um Comentário Bíblico e Teológico

Fazer o bem é um princípio fundamental na vida do cristão, enraizado nos ensinamentos da Palavra de Deus. Vamos explorar mais a fundo cada aspecto dessa afirmação à luz das Escrituras:

1. Fundamentado na Palavra de Deus

A Palavra de Deus é a nossa autoridade final em todas as questões da vida, incluindo a prática do bem. Versículos como Efésios 2:10 nos lembram que fomos criados em Cristo Jesus para boas obras, que Deus preparou de antemão para que andássemos nelas. Isso mostra que a prática do bem não é apenas uma sugestão, mas uma parte intrínseca do propósito de Deus para nossas vidas.

2. Identidade Cristã

Quando João escreve que aqueles que fazem o bem são nascidos de Deus, ele está destacando a conexão entre a prática do bem e a nossa identidade como filhos de Deus. Esta é uma demonstração tangível de nossa nova natureza em Cristo. 1 João 3:10 reforça essa ideia ao afirmar que quem não pratica a justiça não é de Deus, nem aquele que não ama seu irmão.

3. Dever e Ordenança Cristã

Fazer o bem não é apenas uma opção, mas um dever e uma ordenança cristã. A prática do bem é intrínseca ao amor ao próximo, um dos dois grandes mandamentos destacados por Jesus em Mateus 22:37-40. Além disso, em Efésios 2:10, Paulo afirma que fomos criados em Cristo Jesus para boas obras, ressaltando a importância da prática do bem como parte essencial da nossa fé.

4. Recompensa Eterna

Embora o reconhecimento terreno das boas ações nem sempre seja garantido, Deus promete uma recompensa eterna para aqueles que praticam o bem. Mateus 6:2 nos lembra que aqueles que buscam recompensas terrenas pelas suas boas obras já as receberam, enquanto Lucas 6:35 nos encoraja a fazer o bem, esperando nada em troca, pois seremos recompensados pelo Altíssimo.

5. Tribunal de Cristo

O Tribunal de Cristo, mencionado em 2 Coríntios 5:10, é o momento em que cada crente será julgado por suas obras, sejam elas boas ou más. Isso ressalta a importância de vivermos de acordo com os princípios da Palavra de Deus e praticarmos o bem de forma consistente e sincera. Em Romanos 14:12, Paulo também nos lembra que cada um de nós prestará contas de si mesmo a Deus.

Conclusão

Fazer o bem é mais do que uma recomendação; é um mandamento e uma expressão de nossa identidade e fé cristã. À luz das Escrituras, vemos que a prática do bem é uma parte essencial do plano de Deus para as nossas vidas, refletindo Seu caráter e amor ao mundo. Enquanto aguardamos a recompensa eterna prometida por Deus, somos chamados a viver de acordo com os princípios da Sua Palavra, confiantes de que Ele nos capacitará a fazer o bem em todas as circunstâncias.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A Prática do Bem e a Advertência Contra a Omissão

Tiago nos adverte veementemente sobre a omissão na prática do bem. Ele nos lembra que aquele que sabe fazer o bem e não o faz está incorrendo em pecado. Esta é uma chamada à ação, um convite para sermos proativos em nossa busca por ajudar o próximo e promover o Reino de Deus na terra.

1. Advertência Contra a Omissão

Tiago 4:17 nos confronta com a realidade da omissão na prática do bem. Ao afirmar que aquele que sabe fazer o bem e não o faz está pecando, Tiago destaca a importância de agirmos de acordo com o conhecimento que temos. Essa omissão pode ser motivada por diferentes fatores, como comodismo, negligência ou egoísmo, mas é considerada pecado aos olhos de Deus.

2. A Urgência da Ação

Os conselhos de Provérbios 3:27-28 nos lembram da urgência em agir em prol do bem do próximo. Devemos aproveitar cada oportunidade para estender uma mão amiga, sem adiar para o futuro, pois não sabemos o que o amanhã nos reserva. Essa urgência em agir reflete a sabedoria de priorizar a prática do bem em nossas vidas diárias.

3. Vivendo para Fazer o Bem

Pr. Alex de Mello Cardoso destaca a importância de vivermos uma vida dedicada à prática do bem. Ele ressalta que fazer o bem é a essência do Evangelho e a maneira como Jesus viveu durante Seu ministério terreno. Seguir o exemplo de Jesus significa não apenas fazer o bem, mas também nos afastarmos do mal e testemunharmos o Seu amor através de nossas ações.

Opiniões de Livros Cristãos

Donald Guthrie, em seu comentário sobre Tiago, destaca a seriedade da advertência de Tiago contra a omissão na prática do bem. Ele enfatiza que o perigo de semear em solo errado é evidente, mas o perigo de arruinar um bom trabalho por causa do desânimo é mais sutil. Isso nos lembra que a inatividade diante das oportunidades de fazer o bem pode resultar em perda de recompensas espirituais.

Conclusão

A exortação de Tiago e a sabedoria dos Provérbios nos lembram da importância de não sermos omissos na prática do bem. Devemos aproveitar cada oportunidade para estender uma mão amiga ao nosso próximo, sabendo que nossa atitude de bondade não passa despercebida aos olhos de Deus. Que possamos viver cada dia em busca de oportunidades para fazer o bem, seguindo o exemplo de Jesus e promovendo o Seu Reino de amor e compaixão.

COMENTÁRIO EXTRA

Comentário de Hubner Braz

A conclusão ressalta a importância crucial de permanecer fiel aos princípios bíblicos em meio às adversidades e à crescente iniquidade que permeia o mundo. O discípulo de Cristo é chamado não apenas a resistir passivamente, mas a se tornar um agente ativo na promoção da paz e na prática contínua do bem, em conformidade com a vontade de Deus e impulsionado pelo poder transformador do Espírito Santo.


Essa convocação ecoa os ensinamentos e exemplos deixados por Jesus e pelos apóstolos, que enfrentaram tempos igualmente desafiadores. Em suas vidas e ministérios, vemos a prioridade dada à busca da paz, à prática da bondade e à perseverança na fé, independentemente das circunstâncias externas.


A paz e a prática do bem não são apenas conceitos abstratos, mas manifestações tangíveis do caráter de Deus. Desde o Antigo Testamento até o Novo Testamento, a Bíblia nos instrui a buscar a paz e a justiça, a amar o próximo e a fazer o bem, pois essas são expressões concretas do Reino de Deus.


Além disso, a conclusão ressalta a importância do papel do Espírito Santo na capacitação do crente para viver uma vida de paz e bondade. É somente através do poder do Espírito Santo que podemos verdadeiramente refletir a imagem de Cristo e cumprir nossa vocação como discípulos.


Portanto, em um mundo cada vez mais caótico e dividido, o desafio para o discípulo de Cristo é permanecer firme na fé, perseverar na busca da paz e da prática do bem, e confiar no poder transformador do Espírito Santo para capacitar e guiar em todas as situações. Que possamos responder a esse chamado com coragem, amor e compromisso, para a glória de Deus e o bem do próximo.


Referências Bíblicas: Mateus 5:9; Romanos 14:19; Gálatas 6:10; 2 Timóteo 2:22; Tiago 3:18.



SAIBA TUDO SOBRE A ESCOLA DOMINICAL:

📩 Receba rápido a sua revista em PDF ou adquira o acesso Vip | Saiba mais pelo Zap. 

ADQUIRA O ACESSO VIP 👆👆👆👆👆👆 Entre em contato.


Os conteúdos tem lhe abençoado? Nos abençoe também com Uma Oferta Voluntária de qualquer valor pelo PIX: E-MAIL pecadorconfesso@hotmail.com – ou, PIX:TEL (15)99798-4063 Seja Um Parceiro Desta Obra. “Dai, e dar-se-vos-á; boa medida, recalcada, sacudida, transbordante, generosamente vos dará; porque com a medida com que tiverdes medido vos medirão também”. Lucas 6:38

Clique aqui para Download das:

COMMENTS

BLOGGER

Sobre o Autor:
Ev. Hubner BrazÉ escritor, professor, blogueiro, pastor. Vivendo para o Reino de Deus. Trabalhando incansavelmente para deixar o blog sempre atualizado abençoando e evangelizando as vidas que acessam este espaço de aprendizado cristão. Criador do projeto Pecador Confesso e tem se destacado em palestras e cursos para jovens, casais, obreiros e missões urbanas | (Tecnologia WordPress).

Nos abençoe pelo PiX pecadorconfesso@hotmail.com

A Contribuição financiará os Projetos: • Mais Ferramentas para o Site. • Melhorar visual. • Manter o Site ativo e funcionando. • Ajudar nas compras de cestas básicas • Fazer parte das Missões Urbanas. • Distribuir Bíblias Grátis. • Discipular Novos Convertidos. • Adicionar Slides e Books em PDF. • Trazer mais Conteúdos para ajudar a ministrar as aulas. ••••Contribua pelo PiX•••• ||pecadorconfesso@hotmail.com || •• ou pix: •• (15) 99798-4063 (WhatsApp)

NOVOS COMENTÁRIOS$type=list-tab$com=0$c=4$src=recent-comments

Nome

#desafio42dias,6,1° Trimestre de 2020,2,10 Coisas,14,10 Sites,3,1º Trimestre,121,1º Trimestre 2018,1,2023,1,2024,19,2º Trimestr,1,2º Trimestre,154,36 Dias De Pureza Sexual,37,3º Trimestre,104,4° TRIMESTRE 2018,1,4º TRIMESTRE,195,A igreja local e missões,28,A Intervenção de Cercília,1,A Mensagem,1,A multiforme sabedoria de Deus,3,A Raça Humana,12,A volta do homem sem rosto,1,Abençoa,6,Abençoadas,6,Abominações,1,Abraão,6,Absalão. EBD,6,Abuso Sexual,5,Acabe,1,Ação de Graça,6,Acazias,1,Acepção,1,Achados,2,AD em BH,2,Adão,16,Adolescente,88,Adolescentes,31,adolescer+,8,Adoração,9,Adulto,145,Aflição,2,Ageu,3,Agonia,1,Agostinho,2,Air,1,Ajuda,2,Ajuda do Alto,3,Ajudando Vítimas das Chuvas,1,ajudar,1,Alcoólica,1,alegria,2,Ali,1,Aline Barros,1,Alisson,1,Alma,11,Alto,2,Amar,14,Amasiado,2,Amém,1,Amigo,7,Amizade,14,Amnon e Tamar,2,Amor,58,Amor de irmãos,4,Amor Perdido,8,Amor Proibido,10,Amós,1,amostra grátis,2,Ana,4,Ananias,2,Andreza Urach,1,Anfetamina,1,Angelologia,2,Angular,1,Aniquilacionismo,1,Anjo de Luz,2,Anjos,4,Anonimo,1,Anrão,1,AntiCristo,3,Antiga,1,Antigo Testamento,6,Ao Vivo,2,Apaixonado,1,Aparece,1,Aplicativo,1,Apocalipse,24,Apologia,12,Apostasia,2,Apostolo,24,Apóstolo dos pés sangrentos,1,apóstolo Paulo,42,Apóstolos,3,App,2,Apple Store,1,apreço imenso,1,Aprendendo,3,aprender,1,APRENDER+,1,Aprendizagem,1,Aprovação,1,aprovado,1,aquecimento,1,Arca da Aliança,3,Arqueologia,2,Arrebatamento,12,Arrebatar,2,Arrependimento,11,Artesão,1,Artista,1,As 95 Teses,1,As Bases do Casamento Cristão,14,As Bodas do Cordeiro,2,Asera,1,Aserá,1,Aspectos,1,Assalto,1,Assassinato,2,Assedio,1,Assembleia de Deus,5,Assista,1,Assista ao trailer oficial do projeto divulgado pela Hillsong.,1,ASSISTIR,1,Assustar,1,Astecas,1,Atacante,1,Atalaia,2,Ataque,3,Ataques,3,Ateísmo,3,Atenção,1,Atender,1,Atentado,1,Ateu,3,Atitude,1,Atitudes,1,Atitute,1,Atividade,1,Atos,16,Atributos,17,atriz,1,Audio Book,4,Auto Escola,1,autoajuda,2,Autoridade,1,Avareza do Amor,1,Avenida Brasil,1,Aviso da Anatel foi publicado no Diário Oficial da União nesta sexta. Mudança começa no dia 29 de julho; haverá um período de adaptação. App's para iphone.,1,Avivado,8,Avivamento,13,Avó,1,Baal,1,Babel,13,bailarina,1,Baixar,38,Balaão,9,Balada Gospel,1,Balzac,1,Banalização,1,Bangu,1,banner,1,Barack Obama,2,Barato,1,Barnabé,2,Base Bíblica,45,Batalha Espirítual,38,Batismo,17,Batismo nas Águas,4,Batista,2,Batom Vermelho,1,Baxterismo,1,BBB,1,Beber,1,Bebês,1,Beijo na Bíblia,1,Beijo Perfeito,3,Bençãos,6,Benhour Lopes,1,Berçário,5,Bernhard Johnson Jr,1,best-seller,5,Bestas,1,Betânia,1,BETEL,161,Betel Adulto,96,Betel Jovem,40,Bíblia,84,Bíblia Diz,22,Bíblias,7,Bíblica,28,biblicas,4,Bíblico,5,Bíblicos,4,Bibliologia,2,Bienal do Livro,10,Bigamia,1,Bilhete,1,Biografia,6,Bispa,1,bissexual,1,BléiaCamp,1,Blíblica,1,BLOG,7,BlogNovela,20,Boaz,2,Bob Marley,1,Boletim,2,Bolsonaro,1,Bom,6,bom-humor,6,Bombom,1,Bondade,2,Bons Sonhos,4,Borboleta,1,Brasil,2,Brasília,1,Brenda Danese,1,Brennan Manning,2,Briga,1,Brincadeira,1,Brother Bíblia,10,Budismo,1,Bullying,1,Busca,9,C. S. Lewis,1,Cadelabro,1,Café da Manhã,1,Calendário,1,Cam,1,Caminho,18,Caminhoneiro,1,Camisa,1,Camisetaria,1,Camisetas,1,Campanha,10,Canaã,1,canal,1,Canção,2,cançasso,1,Cancêr,1,Candidato,2,Cansei,1,canseira,1,Cantada,3,Cantar do Galo,1,cantares de salomão,14,Cantor,2,Cantora,1,Cantora Jayane,1,Cantores,3,capa,1,capacitação,1,Capítulo 1,1,capítulo 10,1,Capítulo 2,1,capítulo 3,1,capítulo 4,1,capítulo 5,1,capítulo 6,1,capítulo 7,1,capítulo 8,1,capítulo 9,1,Caráter,7,cardapio,1,Carência,4,Carismático,7,Carne,2,carreira,1,Carta,18,Carta de Amor,14,Cartas,5,Cartaz,5,Casa,15,Casa Branca,4,Casamento,19,Casamento Misto,6,Catarina Migliorini,1,Cativeiro,3,Cautela,1,CD,1,CDHM,1,Central Gospel,28,Centurião,1,Cerebral,1,Certificados,1,Cessacionismo,1,Cesto,1,CETADEB,1,Céu,12,Céus,9,CGADB,3,Chama,1,Chamada,1,Chamado,2,Champions League,1,Charges,8,Charles Darwin,1,Chegando,1,Cheios,1,CHIPRE,1,Chuva,1,Ciência,7,ciência de dados,1,Ciência vs Bíblia,10,Cinco,2,Cinco momentos mais felizes da minha vida - Série Confissões,1,Circuncisão,3,Ciro Sanches Zibordi,3,Ciúme,3,Civilização,1,Clara Tannure,1,classificação,1,Cláudia,1,Cleycianne Ferreira,11,Clipe Oficial HD,2,Coach,2,Código,1,Cólera,1,Colesterol,1,Colorida,1,com Pedro Bial,1,Combater,4,Comentários,5,Comer,1,Comer Rezar Amar,1,comigo,1,como instalar e usar,3,Como ser um missionário,12,Compartilhe,2,Completo,2,Comportamento,6,Compreender,1,comunhão,7,Comunidade Cidade de Refúgio,1,Concerto,1,Concubinas,1,Concurso Cultural,2,Condição,1,Conectar,6,Confecção,1,Conferência,2,Confession,1,Confirmando,2,Confissões,91,Confrito,3,Congresso,12,Conhecendo,16,Conhecer,4,CONHECER+,1,Conhecereis a verdade,1,Conhecimento,1,Conquista,7,Conquistas,6,Conselhos,14,Consequências,1,Conservador,1,Contra,1,Contra Mão do Mundo.,2,Contraria,1,Conversão,6,Copa America,1,Copimismo,1,Coração,6,Coragem,1,Coreografia,1,Cores,1,Coríntios,6,Corona Vírus,1,Corpo,7,Correios,1,Cortinas,1,Covid-19,1,Coxo,1,CPAD,501,CPAD Adolescentes,71,CPAD Jovem,126,Crack,1,Cracolândia,3,Crente,9,crescimento,4,Creta,1,Criação,24,Cristã,14,Cristão,29,Cristianismo,3,Cristo,38,Cronograma da Bíblia,4,Cronologia,1,Crucificação,8,Cruz,11,Ctrl C + Ctrl V,1,Cuidado,2,Cuide do Coração,5,Culto,17,Culto da Virada de Ano Novo,6,Culto dos Príncipes e das Princesas são destaque no Fantástico,4,Cultura,1,Cura,10,Curado,2,Curso,5,Cuxe,1,D. A. Carson,1,Dalila,1,Dança,1,Daniel,9,Daniel Berg,1,Daniela Mercury,1,Danilo Gentili,1,Dave Hunt,1,Davi,22,Davi e Bate-Seba,9,Davi e Jônatas,9,Davi e Mical,7,de apenas três anos pode ser transferida para SP,1,debate,1,Débora,2,Decisão,1,declaração,6,dedicação,1,deep learning,1,Degeneração,1,Deidade,1,Delírios,1,demissão,2,demônio,12,Demônios,14,Denominação,1,Dentro,1,Denúncias,5,Depressão,2,Deputado Federal,1,derrotando,1,Derrubar,1,Desabamento,1,Desafiando,10,Desafio,10,Desafio Insano,7,Desafio4x4,3,Desapaixonar,3,Descobertas,2,Desculpas,1,Desejo,2,Desenho Bíblico,8,Deserto,17,Desigrejados,3,Despedida,1,Despertamento,1,Destinatários,1,Desunião,1,Deus,106,Deus é Amor,25,Deus está Morto,3,Deus Negro,1,Deus quer te usar,1,deuses falsos,12,Deuteronômio,1,Devaneios,3,Devocional,93,Dez Mandamentos,1,Dez passos,6,Dia,1,Dia da Independência do Brasil,1,Dia de Missões,28,Dia do Evangelista,2,Dia dos Namorados,18,Dia dos Pais,9,Diabetes,1,Diabo,3,Diáconos,12,Diante do Trono,3,Diante do Trono; Lagoinha Solidária,1,Diário,3,Dias,2,Dicas,12,Dicionário,3,Diferente,1,Diferentes,1,Dilma,1,Dilma fala Contra o Aborto,1,Dinâmica,10,Dinheiro,8,Discernimento,2,Discipulado,32,Discipulos,32,Discípulos,34,discussão,1,Distância,1,Diva do Senhor,1,Divina,4,Divino,4,divórcio,3,Dízimos,11,Doação,4,Doação de Bebê,2,Dobrada,1,Doença,4,doença física,7,Dom,9,Domingo Espetacular,1,Dominical,29,Dons de Curas,17,Dons de Maravilhas,20,Dores,1,Doutrina,30,Doutrinas Fundamentais,41,Download,87,Download Livros e E-books,150,Doze,1,Drink de Baygon,1,Drogas,2,Drogas Alucinógenas,2,Drogas Estimulantes,1,DST,1,Duas,1,Duelo,1,e usa nos Smartphones,1,E-Book,38,EBD,755,EBF,1,Eclesiastes,15,ecológico,1,Ecumenismo,1,Éden,8,Edificados,1,Edir Macedo,2,Editar Foto,1,editora crista evangelica,1,Educação,1,Efatá,1,Efésios,3,Egito,6,Elcana,3,Ele,1,Eleição,6,Eleita,1,Eli,2,Elias,11,Eliasibe,1,Eliseu,2,Elizabeth Gilbert,1,Elizeu,4,Ellan Miranda,6,Elogios,1,emagrecer,1,Email,2,empresa,2,Empresa.,1,Encerramento,1,Enchente,1,Enciclopédia,1,Encontrar,1,Encontro,11,Encorajamento,4,Eneias,1,ENFRAQUECIMENTO DA IDENTIDADE PENTECOSTAL,1,Enquete,1,Ensaio Sensual,1,Ensina,1,Ensinar,4,Ensino,4,Ensinos,2,Entendendo,1,entender Deus,3,Entrevista,5,Envia,1,Envio,1,Epidemiologia,1,Epístolas,20,Época de Cristo,3,Esaú,3,Esboço Pregação,5,Escala de Professores da EBD,4,Escape,1,Escatologia,40,Escavação,1,Escola,34,Escola Bíblica Dominical,950,Escola Dominical,88,Escolha,5,Escravo,1,Escritor,1,Escrituras,4,Esdras,2,Espaço,2,esperança,6,esperança. razão,1,Espinhas no rosto,1,espinho na carne,2,Espírito,28,Espírito Santo,42,Espirituais,4,Espiritual,14,Espiritualidade,4,Estado de São Paulo,2,Ester,1,Estevão,2,Estrangeiro,1,Estranho,1,Estratagema de Deus,1,Estrutura,1,Estuda,2,Estudo Bíblico,230,Estudos Bíblicos,526,Estupro,1,Eterna,4,Eternidade,5,Eterno,3,Ética,2,Eu,1,Eu ainda te amo,1,Eufrates,1,Eva,15,evangelho,20,EVANGÉLICA,5,Evangelico,1,Evangélicos,2,Evangelismo,3,Evento,2,Evidências,1,evolução,1,ex-atriz pornô,2,Ex-BBB,1,executado,1,exegese bíblica,2,Exemplar,2,Exemplo de Tensorflow,1,Exemplos,1,exílio,3,Êxodo,2,Experiência de vida,26,Expositiva,2,Expressando,1,Extra,50,Exupéry,1,Ezequias,1,Ezequiel,4,F.F Bruce,1,Facada,1,Face de Deus,1,Facebook,1,fala,7,Falecimento,1,Falsos,13,Falta,1,familia,52,Família,51,Fat Family,2,Fazer,1,Fazer Ligação Gratuita com o App Viber é bem melhor que o Skyper,1,Fé,22,Feirinha,1,Felipe,1,Feminina,7,feminista,7,Férias,2,Ferramentas para Blogger/Twitter/Facebook,12,Festa Junina,3,Festividade,4,Ficar,1,Fidelidade,7,Fiel,4,Filha,6,Filho de Deus,9,Filho do Homem,6,Filho Pródigo,5,Filhos,17,Filipenses,1,Filisteu,1,Filme,3,Filmes,1,Fim,2,Fim de Relacionamento,7,Fim do Mundo,14,Fina Estampa,1,Final,1,Finanças,3,Firme,5,firmeza,2,Firmino,1,Fletar,1,Fogo,1,Fora,1,Forma,1,Formação,1,François Mauriac,1,Frase,5,Frases Sobre Amor,2,Frases Sobre Deus.,1,Free The Nipple,1,Friedrich Engels,1,Frutifica,6,Fundamentalismo,1,Fundamentos,1,Fúnebre,1,funk,1,futuro,1,G-JJHNKFDSCM,7,gadareno,1,Gálatas,1,Galaxy,1,Galileu,1,Galo,1,Game Of Crentes,7,Ganhe Um Livro,21,gastando pouco,1,Gay,8,Gênesis,20,Gênesis.,8,genro,1,Gentios,1,Geografia,1,Geográfica,1,Geração,2,Gestos,1,Getsemani,1,Gideões,16,Gideões Missionários da Última Hora,20,Gigante,3,Gilberto Carvalho,1,Gileade,1,Gilgal,1,Giom,1,GLBS,2,global,1,Globalismo,1,Globo,1,Glória,7,Gloriosa,1,GLOSSÁRIO,2,Glossolalia,1,Glutonaria,1,GMUH,13,Gogue,2,Goleiro,1,Golpe,1,Gômer,1,Gospel,6,Governo,4,Graça,5,Grande,5,Grande Tribulação,4,Grátis,3,Greta,1,Greve,1,grevista,1,grupos religiosos,1,Guardar,1,Guarde o Coração,3,guerra,6,Guia,2,Habacuque,4,Halloween,1,Haxixe,1,Hebraica,2,Hebreus,7,Hedonismo,4,Helena Tannure,1,Hematidrose,1,Herdeiros,1,Heresia,22,Hermenêutica,3,Hernandes,3,Hilquias,1,Hinduísmo,1,hipócrita,1,Hissopo,1,História,8,Historia Real,1,Holística,1,Holocausto,1,Homem,9,Homenagem,1,Homens,3,Homilética,3,Homofobia,15,homosexualismo,12,Homossexual,9,Honestas,1,Hóquei no Gelo,1,Hora,1,Horebe,1,Hubner Braz,23,Hulda,3,Humana,4,Humanas,1,Humanidade,2,Humano,12,Humanos,2,Humildade,2,Humor,11,I.E.Q,1,I.M.P.D.,1,Icabô,1,Identidade,2,Ideologia,1,idioma,1,Ídolos,3,Igreja,42,Igreja Assembleia de Deus dos Últimos Dias,1,Igreja Bola de Neve,1,Igreja Local,5,Igreja Mundial do Poder de Deus,3,Igreja Universal Do Reino de Deus,3,Ilha de Patmos,1,Iluminação,1,ilustração bíblica,9,Imanência,1,imersos,1,Imoral,1,Imoralidade,1,ímpio,1,Importa,1,Impostor,1,Impresso Normal,1,Impressora,1,Imutabilidade,2,Incas.,1,indenização,1,Individual,1,indústria,1,Inerrancia,1,Infantil,54,Inferno,6,infiéis,1,inglês,1,Inicio,1,Início,1,inimigo,2,injustiça,1,Insano,2,Insegurança,1,Inspiração,1,Instituição,1,Instrução,3,Integral,1,inteligência artificial,1,Intercessão,1,Internação,1,Internacional,1,Interpletação,2,interpretação,1,intertestamentários,1,Intimidade,4,Introdução,1,iPad,1,iPhone,1,Ira,1,Irmã Zuleide,1,Isaias,2,Isaque,8,Islâmico,1,Islâmismo,1,Israel,11,IURD,2,Jair Bolsonaro,1,Jair Messias Bolsonaro,1,Jardim de Infância,21,Javé,1,Jeito,1,Jejuando,1,Jejum,2,Jeroboão,1,Jerusalém,6,Jesua,1,Jesuíta,1,Jesus,56,Jesus Cristo,57,Jesus de Nazaré,10,Jezabel,1,Jó,18,João,19,João Batista. Ossada,2,Joás,1,JOEL,1,John Piper,1,John Stott,1,Jonas,2,Joquebede,2,Jornada,9,Jornal da Record,1,José,9,José Wellington,1,Josh McDowell,1,Josias,2,Josue,8,Josué,9,Jotta A,1,Jotta A lança 1º CD em culto evangélico,1,Jovem,232,Jovens,194,Judá,1,Judá e Tamar,1,Judas,1,Juízes,1,Juízo,1,Juízo Final,7,Julgamento,5,Julgamento Final,2,julgar,1,Julio de Sorocaba,1,Julio Severo,1,Juniores,42,Juramento,1,Justiça,4,Justo,1,Juvenis,23,Karkom,1,Karl Marx,1,Karma,1,Katy Perry,1,Kelly Medeiros,1,Kenneth E. Hagin,1,Kopimism,1,Lançamento,3,Lanna Holder,2,Layssa Kelly,1,Lázaro,4,Lei,5,Léia e Jacó,7,Leilão,3,Leis,2,Leitor,1,Leitora,1,Leitura,9,LEITURA BÍBLICA,3,Lembrancinhas,1,LeNovo,1,Lepra,1,Ler a Bíblia em 42 dias,3,Lésbica,1,leva Mr Catra e Sarah Sheeva para falar sobre infidelidade: “Para Deus pode tudo”. Assista ao vídeo,1,Levítico,1,Liberdade,2,Libertação,1,Libertador,1,Libertinagem,1,Libertos,2,Lição,25,Lição 5,1,Lições,1,Lições Bíblicas,11,Lições Bíblicas da BETEL,418,Lições Bíblicas da CPAD,597,Lições de Vida,28,Líder,8,Líder Adolescente,29,Líder Jovem,25,Liderança,16,Líderes,3,Lídia,1,LinkedIn,1,Lino,1,Lista,2,Litoral,1,Liverpool,1,livre,5,Livre Arbítrio,7,Livres,2,Livro,39,Livro do Trono,3,Livro em Audio,7,Livro Selado,2,Livros - Comentarios,94,Livros Evangelicos,49,livros poéticos,13,Localização,1,Logos,1,Loide,3,Loira,1,Longanimidade,1,Lopes,1,Louco,1,Louvor,10,LSD,1,Lua Nova,1,Lucas,14,Lucifer,1,Lutando,1,Lutas Marciais Mistas,1,Luto,7,Luz,1,Luz do mundo,2,Lya Luft,1,MacBook Air,1,machine learning,1,Maçonaria,1,Maconha,1,Madame de Stael,1,Mãe de Moises,8,‪Magia,1,Magogue,2,Maias,1,Mal,4,Malala,1,Malaquias,3,Manancial,1,Mandamento,1,Manifestação,3,Manifestação em Cristo,2,Manual de missões,22,Mãos,2,Maquiagem,2,Marcador de Páginas,1,Marcas,3,Marcha Para Jesus,2,Marco Pereira,1,Marcos Pereira,2,Mardoqueu,1,Maria Madalena,2,Mário Quintana,2,Martinho Lutero,1,Mártir,2,Mártires Cristãos,4,Massacre,1,Masturbação,7,Materialismo,1,maternal,16,Mateus,1,Matityáhu,1,Matrimonio,7,maturidade cristã,8,Max Lucado,2,Meditação,1,Mega Sena da Virada com Fé,1,Melhor Bíblia de Estudo,11,Melhores Blogs,3,Melhores Sites,4,Meninos de Rua,1,Menor,1,Mensagem,5,MENSAGENS,2,Mensagens para SMS,12,Mensagens SMS,2,Mensal,2,Messias,3,Mestre,4,Mesulão,1,metaverso,1,Meteoro,1,Metusalém,1,Michelle Bolsonaro,1,Mídias Sociais,2,Milagres,15,Milênio,3,Milionário,1,Millôr Fernandes,1,Milton,1,Minas,1,Ministério,20,Ministério Público Federal,2,Miqueias,2,Miriã,2,Misericórdia,6,Missão,44,Missiologia,30,Missionário,28,Missões,24,Mistério,1,Mitologia,1,Mitos,1,MMA,1,Mobilização,2,Moda Bíblica,2,Moda Cristã,2,Moda Evangélica,2,Modelo,3,Modelos,1,Moisés,21,Monarquia,3,Monte,4,Monte Tabor,1,Moralismo,1,Mordomia,9,Mordomo,1,Morrer,2,morte,13,Mortos,2,Motim,6,Motivos,1,Movimento,1,Muda,1,Mulçumano,1,Mulher,6,Mulher de Potifar,1,Mulheres,7,multiplicação,1,Mundo,9,Muro,1,Muros,1,Musica,8,Naama,1,Nacional,2,Namorado,18,Namorar,34,Namoro,106,Não,1,Não Prometeu,1,Nascença,2,Nascimento,3,Natureza,6,Naum,1,Necessidade,2,Neemias,4,Negar,2,Neimar de Barros,5,nem Cristo a Derrotaria,1,Neopentecostal,2,NetFlix,1,Nigéria,1,Ninrode,1,No Fundo Do Poço,1,Noadia,1,Noé,1,Nome,2,Nome de Bebê,1,Nomes,2,Nora,2,Normalização,3,Norte,1,Noruega,1,Nota,2,Notícia gospel,73,Notícias Gospel,221,Nova,16,Novas Lições,2,Novela,2,Novo,5,Novo Testamento,6,Novos Céus e Nova Terra,10,Novos Convertidos,14,Novos Valores,2,nutricionista,1,Nuvem,1,NX Zero,1,O adeus,1,O beijo de Vancouver,1,O Bom Samaritano,2,O Bom Travesti,1,O casamento negro,1,O Exército de Cleycianne,1,O MINISTÉRIO DE EVANGELISTA,6,O MINISTÉRIO DE PASTOR,15,O Quarto da Porta Vermelha,1,O que é visível e apenas o avesso da Realidade,1,Obadias,1,Obede-Edom,1,Obediência,15,Obesidade,1,Obra,4,Obras,3,obreiro,2,Obstáculos,1,Odio,1,Ofertada,8,Ofertas,9,Oficial,1,Olhando para direção errada,1,Olhar,3,Onde Estiver,1,ônibus,1,Onipotente,1,Onipresente,6,Onisciente,1,Online,1,Onri,1,ONU,1,Opinião,1,Opinião dos Outros,2,Oposição,1,Opressão,1,Oração,29,Orando,1,Orar,4,Orfanato,1,Organização,2,Origem,6,Os Melhores Livros,29,Os Valores do Reino de Deus,2,Oséias,5,Oséias e Gomer,5,Osiel Gomes,5,Outra Chance,3,Ovelha,8,Padrões,1,Paganismo,1,Pagãos,1,Pai,6,Paixão,3,Paixão e Cura,1,Palavra,6,Palavra de Deus,7,Palavras,1,Pandemia,5,Pânico,1,pão,2,Papa,1,Papa Francisco I,1,Papai,6,Papo,1,Paquera,2,Paquistanesa,1,Paquistão,1,Para Sempre,1,Parábolas,30,Paradoxo,2,Paródia Gospel,2,Paródia Gospel da música Kuduro com Jonathan Nemer #RiLitros,1,Participe,1,Partido Trabalhista PT,1,Páscoa,4,Pastor,24,Pastor Paul Mackenzie Nthenge,1,Pastor Presidente da Igreja do Evangelho Quadrangular,1,Pastor que cheirou a Bíblia como droga diz que essa foi a menor loucura que já fez por ela: “Eu já comi a minha Bíblia”. Assista ao vídeo,1,Pastora,2,Pastores,4,Paternidade,2,Patrick Greene,1,patristicas,2,Paulo,31,Pb. Renan Pierini,1,PDF,79,Pecado,42,Pecador Confesso,14,PECC,63,Pedindo,1,Pedofilia,2,Pedofilo,1,Pedra,1,Pedras,1,Pedro,9,peixe,1,Pelos,1,Pensamento,3,Pentateuco,6,Pentecostal,11,Pentecostes,3,Perda,3,Perdão,14,Perdidos,6,Perfeito,2,Perigo,9,Perigos,7,Perlla,1,Permanecer,1,Permitir,1,Perseguição Religiosa,3,Perseguidor,2,Personalizadas,1,Personalizar Foto,1,Perspectiva,1,Pesquisa,2,Pessoa,2,pessoas,5,Peter Moosleitner,1,Philip Yancey,8,Piada,1,Piercing,2,Pinguins,1,pintar unhas,1,Pira,1,Pirataria,1,Pirralha,1,Pison,1,Planeta Terra,2,Plano de Aula,7,PLANO DE LEITURA BÍBLICA,15,Planos,6,Plantador de Igrejas,2,Play Back,1,playboy,1,Plenitude,7,Poder,4,Poema,3,Poesia,4,Polêmica,4,Poligamia,2,Politica,1,Política,1,Pop Gospel,1,Porção,1,pornô,1,Porque caímos sempre nos mesmos pecados?,8,Portões,1,Posse,1,Possível,1,Posto,1,Povos,2,Pr Gilmar Santos,1,Pr Napoleão Falcão,3,Pr. Alexandre Marinho,1,Pr. Caio Fábio,2,Pr. Carvalho Junior,1,Pr. Ciro Sanches Zibordi,3,Pr. Claudionor de Andrade,1,Pr. Jaime Rosa,1,Pr. Jeremias Albuquerque Rocha,1,Pr. Marcelo Cintra,5,Pr. Marco Feliciano,8,Pr. Mário de Oliveira,1,Pr. Silas Malafaia,12,Pr. Yossef Akiva,1,Pragas,2,Praia,1,Prática,2,Praticar,3,Pré-Adolescentes,19,Preço,1,Predestinação,4,PrefiroBeijarABíblia,1,Pregação,14,Pregadores,4,Premier,1,Premium,1,Preocupar,1,Preparado,5,Preparativos,1,Presbíteros,1,presidente,4,Presídio,1,Prevenção,2,previdência,1,Primário,29,Primeira,2,primeiro,4,Primeiro Amor,18,Primeiro Beijo,5,Primícias,2,Primogênitos,1,Princípios,1,Prioridades,2,Prisão,4,Prisioneiro da Paixão,4,privada,1,Problemas,3,Profecia,21,Professor,21,Profeta,34,Profeta Jeremias,3,Profetas,25,Profetas Menores,23,Profética,4,Profético,9,Programa de Educação Cristã Continuada,1,Programa Na Moral,1,Programa Superpop,1,Progressista,1,Projeto,2,Projeto Cura Gay,2,Promessa,9,Prometida,2,Promoção,5,Promoção Blogosfera Apaixonada,2,Propósito,4,Prosperidade,1,Prostituta,2,Proteção,1,Protesto,1,Provai,1,Provê,1,Proverbios,15,PSDB,1,Pura,1,Purifica,2,Puro,1,Pv 4.23,1,Qualidades,1,Quando Deus diz não,9,Queda,10,Quem segue a Cristo,3,Quem Sou?,1,Querer,2,Querite,1,Raça,1,Racismo,1,Rainha de Sabá,3,Rainha Ester,2,Raptare,1,Raquel,2,Realidade,8,Rebeldia,3,Rebelião,1,Receber,1,Reconciliação,2,Reconstrução,1,Recuperação,1,Rede Globo,2,Rede Insana,2,Redenção,1,Redentora,1,redes neurais,1,reflexão,21,reformado,1,regime,1,Regininha,1,Registro Módico,1,regras,1,Rei,3,Rei Xerxes,1,Reinado,15,Reino,19,Reino de Deus,18,Reino dividido,8,Reino do Messias,6,Reis,1,Rejeição,1,Relacionamento,68,Relativismo,3,Relatos,5,Relógio da Oração,4,Remida,1,Renato Aragão esclarece polêmica sobre seu próximo filme sobre o “segundo filho de Deus” que gerou polêmica nas redes sociais.,1,Renuncia,1,Renúncia,1,Reportagem,2,Resenha,75,Reservado,2,Resguardar,1,Resistir,1,Resplandecer,1,Responde,1,Responsabilidade,2,Resposta,1,resposta bíblica,1,Ressurreição,6,Restauração,3,Restauracionismo,1,Resumo,8,Retorno de Cristo,3,Retribua,1,Reuel Bernardino,1,Rev. Augustus Nicodemus,3,Revelação,5,Revelado,1,Revista,108,revolução industrial,1,Rezar e Amar,1,Richard Baxter,1,Rico,4,Rio Tigre,1,Riqueza,3,Riscos,1,Roboão,1,Rock Gospel,1,Rodolfo Abrantes,1,Roupas,3,Rubem Alves,1,Ruins,1,Russel Shedd,1,Rute,5,Sá de Barros,3,Sábado,1,Sabedoria,17,SABER+,1,Sacerdócio,5,Sacerdotal,5,Sacrifício,4,Sadhu Sundar Singh,1,Safira,2,Safra,1,Sal da Terra,1,Salmos,30,Salomão,12,Salvação,29,Salvador,19,Sambalate,1,Samuel,14,Samuel Mariano,1,Sangue,3,Sangue no Nariz,1,Sansão,2,Santa Ceia,4,Santidade,13,Santificação,15,Santo,4,sapienciais,1,sapiências,1,Sara,2,Sarah Sheva,1,Satanás,7,Saudações,2,Saudades,4,Saul,10,Saulo,2,Savífica,1,Secrets by OneRepublic,1,Segredo,1,Seguidor,1,Seguir,1,Segunda,2,Segundo,1,Segundos,1,Segurança,1,Seita,2,Seja um empreendedor Polishop e ganhe dinheiro sem sair de casa,1,Selada,1,Seleção Brasileira,1,Sem,1,Sem Garantia,1,Semeador,9,Semente,2,Sementes,2,Seminário,1,Senhor,4,Senhorio. Jesus,1,Sensibilidade,1,Sentido da Vida,6,Sentimento,2,Sentimentos,4,Separação,2,Separar,2,Ser,3,será que é pago?,2,Serenata de Amor,1,Série Chá Com Professores,4,Série Dicas de Como Liderar,23,Série Mensagem Subliminar,1,Série Versículos Mal Interpretados,5,Sermão,4,Sermão do Monte,4,Sex,2,Sexo,5,Sexual,4,Sexualidade,7,Sidney Sinai,1,SIFRÁ e PUÁ,1,Significados,4,Silas Malafaia,5,Silêncio no Céu,9,Silk,1,Silk Digital,1,Símbolos,1,Simples,1,Sinal,1,Sincero,1,Sistema,2,Sites,3,Slide PC,2,Slider,462,slides,7,Smartphone começa a ser vendido por operadoras nesta quarta-feira (6). Galaxy S3 é o principal rival do iPhone 4S. Compare os dois modelos,1,SMS Gratuito com WhatsApp para seu Smartphone,1,Soberania,1,Sofonias,3,Sofrimento,4,Sogra,3,Soldados,5,Solidão,2,Solidariedade,1,Solução,1,Sonhos,5,Sonhos de Valsa,1,Sono,1,Sono da Alma,10,Sorrir,3,Sorteio,2,Sou,1,Subjugação,1,Sublimação,1,Sublimidade,1,Submissão,5,Subsídio,96,Sucessor,1,Sueca,1,Sujeição,1,Sul,1,Sulamita,5,suprema,2,Surface Pro 2,1,Suspenção,1,Sutiã,1,Sutileza,11,Sutilezas,1,tabela,1,Tabernáculo,4,Tabita,1,Tablet,1,Talentos Cristãos,3,Tarado,1,Tarso,1,Tatuagem,3,TCC,1,Tecido,1,Tecnologia,2,Tela Cinza,1,Telegram,1,Temas,2,Temática,2,Temor,8,Temperamento,1,Tempestade,2,Templo,3,Tempo,5,Tempo de Viver Coisas Novas,3,Tempos,2,tensorflow,1,Tentação,9,Teologia,16,Teologia da Libertação,2,Termino de Namoro,7,Término do Namoro,2,Termos,1,Terra,4,Terra Prometida,7,Terremoto,1,Testamento,1,Testemunho,21,Thalles Roberto,3,Thalles Roberto comenta da repercussão de música cantada por Ivete Sangalo,1,The Best,1,The Noite,1,Theotônio Freire,1,Tiago,3,Tigres,1,Tim Keller,1,timidez,2,Timna,1,Timóteo,13,Timothy Keller,1,Tipos,1,Tiras,1,Tirinha,4,Tirinhas Gospel,13,Tiro,1,tisbita,1,Títulos,1,Tomas de Aquino,1,Top,2,Top Blogs,4,TOP Canais,1,Top Sites Fotos,3,Top5,2,Torá,1,TPM,1,Trabalho,4,Tragedias no Rio de Janeiro,1,Traição,2,Transcendência,2,Transfer,1,Transforma,2,Tratando de uma leucemia,1,treinamento,1,Trevas,1,Tribunal de Cristo,2,Tribunal de Justiça,1,Trimestre,2,Trindade,3,Trino,2,Triunfal,1,Trono Branco,2,Tudo vê,1,Túnica,1,Tutelar,1,TV,1,TV Band,2,TV Record,3,Twitter,5,UFC,1,Ultimos Dias,1,Últimos Dias,1,um trono e um segredo,1,Uma crente,1,Uma História de Ficção,79,Unção,2,Ungido,1,Unidade,9,Universo,2,Uno,1,Urias,1,Utensilios,1,Uzá,1,Vagabundo Confesso,29,Valdemiro Santiago,4,Valores,1,Vanilda Bordieri,1,Velhice,3,Velho Testamento,1,Velório,1,Vem,2,Vencendo,2,Vencer,2,Vendedor de Droga,1,Vento,5,Ver Deus,1,Veracidade,10,Verdade,7,Verdadeira,8,Verdadeira História,1,Verdadeiro,4,verdades,1,Versículos,4,Viagem,5,Vício,1,Vida,29,VIDA CRISTÃ,2,Vida depois da morte,13,Vida Pessoal,3,Vidas,1,Vídeo,24,Vigilância,2,vinda,4,Vindouro,3,Vinho,1,Violência,2,Virá,2,Virgem,3,Virgindade,3,Virtude,1,Visão,2,Vitor Hugo,1,Vitória em Cristo,1,Vivendo,1,Viver,5,Voca,1,vocacionados,1,Volta,2,Volta de Cristo,5,Votação,1,Wanda Freire da Costa,1,webdevelops,2,Yehoshua,1,Yeshua,1,YOSHÍA,1,You Tube,2,youtuber,2,Zacarias,2,Zaqueu,1,Zelo,5,
ltr
item
Pecador Confesso: Lição 10 - Ordenança para buscar a Paz e fazer o Bem | 2° Trimestre de 2024 | EBD BETEL
Lição 10 - Ordenança para buscar a Paz e fazer o Bem | 2° Trimestre de 2024 | EBD BETEL
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh7R_IYOCn-kCbmLSXEvUY9yb3ILy0gm9n_1O3rf1UlH4nixRwNyimRFuziN6AJP4vxew7CedMGblwj4q4OEl9ZgaZ9IjD2EzOraE1M9I7Op7UfTbJgtIUtJqO-IeAbW8bQkA9qi2nwW_wkknxVspz4fSwlb45OkGRtOyfuynQXhS7HEjzaEwnw1W2S8Ia9/w640-h360/2-trim-2024-BETEL-ADULTOS-Licao-10.webp
https://blogger.googleusercontent.com/img/b/R29vZ2xl/AVvXsEh7R_IYOCn-kCbmLSXEvUY9yb3ILy0gm9n_1O3rf1UlH4nixRwNyimRFuziN6AJP4vxew7CedMGblwj4q4OEl9ZgaZ9IjD2EzOraE1M9I7Op7UfTbJgtIUtJqO-IeAbW8bQkA9qi2nwW_wkknxVspz4fSwlb45OkGRtOyfuynQXhS7HEjzaEwnw1W2S8Ia9/s72-w640-c-h360/2-trim-2024-BETEL-ADULTOS-Licao-10.webp
Pecador Confesso
https://www.pecadorconfesso.com/2024/06/licao-10-ordenanca-para-buscar-paz-e.html
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/
https://www.pecadorconfesso.com/2024/06/licao-10-ordenanca-para-buscar-paz-e.html
true
4561833377599058991
UTF-8
Loaded All Posts Mais Posts Clique Aqui Repetir Cancele a repetição Delete Por Home PAGES POSTS Mais Posts Eu Te Recomendo LABEL ARCHIVE SEARCH ALL POSTS Not found any post match with your request Back Home Sunday Monday Tuesday Wednesday Thursday Friday Saturday Sun Mon Tue Wed Thu Fri Sat January February March April May June July August September October November December Jan Feb Mar Apr May Jun Jul Aug Sep Oct Nov Dec just now 1 minute ago $$1$$ minutes ago 1 hour ago $$1$$ hours ago Yesterday $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago more than 5 weeks ago Followers Follow THIS PREMIUM CONTENT IS LOCKED STEP 1: Share to a social network STEP 2: Click the link on your social network Copy All Code Select All Code All codes were copied to your clipboard Can not copy the codes / texts, please press [CTRL]+[C] (or CMD+C with Mac) to copy